Prima safadinha


Click to Download this video!


Sou o mais novo entre meus irmãos e quase todos os meus primos. Enquanto eles na adolescencia curtiam as matinês e beijavam as meninas no colégio, eu era o cara que ficava jogando bola na rua ou videogame em casa. Entretanto, tinha uma prima que frequentava essas baladinhas com eles e desde cedo, já se mostrou como seria adulta….uma tremenda vadia. Ela tem 4 anos a mais que eu aproximadamente e lembro que quando tinha 13 anos, ela me deu meu primeiro beijo e deixou que eu apertasse seus seios e então nunca mais rolou nada, a não ser sorrisinhos e provocações que sempre partiam dela.

Depois de uns anos eu me mudei e acabamos perdendo o contato completamente e então quis o destino que nos encontrássemos em uma balada na Vila Madalena em SP. Estava em uma mesa com uma galera e eu nem precisei cumprimentar...assim que me viu se levantou e pulou em cima de mim me dando um abraço e me enchendo de beijos, juntamos a nossa galera e passamos a noite curtindo juntos até que me chamou pra dançar. Ela se esfregava enquanto dançavamos colocando sua coxa entre as minhas, os seios bem encostados no meu peito e um sorriso malicioso no rosto, se aproximando perigosamente do meu. Estava bem diferente de como era na nossa adolescencia, estava mais alta, com um corpo firme de academia, os seios não eram grandes mas surpreendentemente duros, conseguia senti-los me tocando, uma barriguinha chapada e um piercing no umbigo (e para quem acompanha meus contos, sabe o quanto tatoos e piercings me enlouquecem) e um par de coxas incriveis.

Resolvi investir, sempre quis aquilo e aparentemente ela também, sem nada dizer apenas a segurei pela nuca firme e a puxei, dando um beijo em sua boca. Nossa dança parou e ficamos apenas ali, nos beijando e tocando safadamente nossos corpos. Resolvemos fugir da nossa galera, saindo de fininho ate o estacionamento, entramos no meu carro e lá continuamos nossas preliminares, enquanto dirigia, ela abriu o ziper da minha calça e me olhando com aquele mesmo sorriso sacana colocou a mão por dentro e começou a massagear meu pau que naquele momento estava completamente teso, com as veias saltadas e pulsantes, o tira lentamente para fora e vejo o liquido pre espermatico escorrendo na cabeça já vermelha e inchada dele. Ela abaixa e encosta a ponta da língua e levanta fazendo um fio que liga meu pau ate ela, suga todinho e depois me da um beijo, voltando em seguida para abocanha-lo e chupa-lo freneticamente, fazendo uma pressao nos labios que nunca tinha sentido e quase me fazendo bater o carro várias vezes. Não ia dar tempo de chegar ao Motel, queria fode-la ali mesmo, naquela hora….

Coloquei a mão por baixo de sua saia e me surpreendi que a vadia já estava sem calcinha, nunca me enganou, tinha ido para a balada para isso, queria uma boa foda e para minha sorte, eu estava lá. Parei o carro em uma rua mais tranquila, na época o insulfilme não deixava ver muita coisa dentro e já passava das 4 da manhã, deitei o banco e a puxei para se sentar no meu rosto, queria sentir o gostinho daquela buceta que sempre quis desde os 13 anos. Ela segurava meus cabelos e esfregava no meu gosto, rebolava, me fazia perder o ar e me sufocava, eu enfiava a língua e a abocanhava inteira, quanto mais molhada ficava, mais eu pedia para esfregar no meu rosto, adoro me lambuzar numa bucetinha molhada.

Desceu se esfregando no meu corpo ate tocar meu pau com sua buceta, segurei ele pela base eqnaunto ela foi engolindo cada cm dele, já com os olhos fechados e com a boca aberta, soltando gemidinhos enquanto ia entrando ate que estivesse completamente dentro dela. O suor fazia grudar a granja no rosto e então me disse “Que pau grosso, primo! Vai me arrombar?” começando a mexer o quadril num rebolado incrível. Eu apertei sua cintura forte e a puxei fazendo entrar tudo de uma vez “Quero te arrombar desde aquele dia, e hoje vai ser minha putinha, prima!”. Comecei a puxar seu corpo com força, enterrando fundo meu pau dentro dela, apertando seu rosto e dando tapas e ela sorria, gemendo com o braço em volta do meu pescoço, sussurrando no meu ouvido, pedindo que a fodesse mais forte e mais rápido. Quando disse que ia gozar, ela rapidamente pulou para o banco do passageiro e começou novamente com aquela chupada maravilhosa e frenetica, punhetando até que soltei meus jatos quentes de porra em sua garganta, que ela tomou me olhando e depois abrindo a boca, mostrando que não desperdiçava nada.

- Adorei as preliminares primo, agora vamos pra valer! - Ela disse e me deu um beijo e mordeu meu lábio com tanta força que chegou a sangrar, fiquei novamente de pau duro, menos de 5 minutos depois da nossa foda.

Procuramos um Motel e passamos o restante da noite fodendo de todas as formas possíveis e hoje em dia, ainda nos lembramos, conversando via fFacebook Messenger dessa vez e de muitas outras que fizemos essas loucuras e juramos um dia matar a saudade, quando o atual marido dela não estiver perto e nem a minha esposa. apollo costa

Foto 1 do Conto erotico: Prima safadinha

Foto 2 do Conto erotico: Prima safadinha

Foto 3 do Conto erotico: Prima safadinha

Foto 4 do Conto erotico: Prima safadinha

Foto 5 do Conto erotico: Prima safadinha


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 23/03/2017

Maravilhas que admiro! Betto(o admirador do que é belo)

foto perfil usuario dotado35safado

dotado35safado Comentou em 23/03/2017

Ótimo conto...Adoro mulher safada... Quer seja por curiosidade... Quer por desejo... Adoro ver uma mulher sentir prazer e descobrir seus desejos e vontades... Leia meus contos tbm. Se quiser whats (quatro, sete) nove, dois, doze, meia, quatro, onze.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


98149 - O dia em que me fudi - Categoria: Fetiches - Votos: 9
98550 - a vodka e a esposa do melhor amigo. - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
99270 - eu feio duro com carro do patrao - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
99271 - minha vizinha apanhou do marido - Categoria: Coroas - Votos: 6

Ficha do conto

Foto Perfil apolocosta
apolocosta

Nome do conto:
Prima safadinha

Codigo do conto:
98408

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
23/03/2017

Quant.de Votos:
8

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


Ultimos contos de coroaConto erotico com ator famosoComi o Cu da minha ex com farinha contos eroticosxvideo impinotisa a familia depois comítripla penetração na buceta mulher estrupadda virgem por tres belo sexoo amigo negro do meu filho desenho enthai erotico em quadrinhoincesto zenildawww.casadanocio.comconto erotico enrabei o flanelinhaContos gay negrocontos eróticoshistória de porno na cantoCorno primos contocomendo a bucetinha da lucinha e o cuzinho da ritinha contos eroticosentiadacontoeroticoConto eroticolesbico violento c orgasmoCANTOS FOTOS EROTICAS DE MAE E FILHAS COM NEGAO PIROCUDOxxx.met.art.comconto erotico amiga novinha bebadacontos de putinha no chicotecarolzinha santos baixinha gostoza trepanocontos no colinho do vovôcontos eroticos coroa dando gostoso p 2novinhosconto fuder cona peludacontos porno fui violentada no presidio femininome apaixonei pelo um bandido ele e muito gostoso conto herticoXVídeos irmao estrupardo airmar na maldandeporno.masdrata.filhono.riuxota roxa escorrendo com bera aberta comcontos.pornos primo.pegando.a.priminhaConto comi minha irmãminha+mulher+chupando+o+pausao+do+amantequadrinhos de incesto ay papiwww.comto erotico minha tia me pegou fodendo a eguacamilasafada1983 yahooConto erotico comendo a sobrinha novinha de minha esposamulheres sendo curradas e bebendo porra peladasporno coroas das pernas bem grossas do quadril largo só de vestidinho bem curtinhominha esposa arrumou macho chegou mandando em tudo contosHentai quadrinhos pai ve a filha de vestido e sem calsinha filho ve a mae de vestido e sem calsinhacontodebucetudinhaconto esposa gozada farta no úteroconto erótico fudendo com a priminha com os pais seladoa filha gringa do chefe conto eroticoconto erotico esposa na baladadividindo macho com filha contocontos eroticos como convencer esposa a um menagemarido recebeu ajuda mau intecionada contos eroticoultimos contos sadoavo hentaieroticocontover menina novinhagordinhas fodendohentai gay dragon rangercontos eroticos pai viu a filha tomando banho.sexo quente na xoxota roçandocontos eróticos gay meus amigos mi levaro para matomeu filho mamau meu pau contos gaycontos eróticos de corno com fotocontos erotico de estradacontos de corno esposa gravidaconto comi minha filha por enganoo pai fudeu minha bucetinha quando eu ainda tinha 11 aninhos ele tirou meu qabasinho qontos erotiqosmeu pau e tao grosso que rasgo cuzinhovídeo pornô gay só dotado historia de prederoAos meus onze anos fui comida pelo namorado de mia baba conto eroticosexo conto erotico socando bombando bucetacontos eroticos gay enrustidocontos de incestos flagrando minha mulherbuceta da minha tiao aluguel atrasado contos pornoFZIOKaV03vm6GImXosofV3