Prima safadinha


Click to this video!


Sou o mais novo entre meus irmãos e quase todos os meus primos. Enquanto eles na adolescencia curtiam as matinês e beijavam as meninas no colégio, eu era o cara que ficava jogando bola na rua ou videogame em casa. Entretanto, tinha uma prima que frequentava essas baladinhas com eles e desde cedo, já se mostrou como seria adulta….uma tremenda vadia. Ela tem 4 anos a mais que eu aproximadamente e lembro que quando tinha 13 anos, ela me deu meu primeiro beijo e deixou que eu apertasse seus seios e então nunca mais rolou nada, a não ser sorrisinhos e provocações que sempre partiam dela.

Depois de uns anos eu me mudei e acabamos perdendo o contato completamente e então quis o destino que nos encontrássemos em uma balada na Vila Madalena em SP. Estava em uma mesa com uma galera e eu nem precisei cumprimentar...assim que me viu se levantou e pulou em cima de mim me dando um abraço e me enchendo de beijos, juntamos a nossa galera e passamos a noite curtindo juntos até que me chamou pra dançar. Ela se esfregava enquanto dançavamos colocando sua coxa entre as minhas, os seios bem encostados no meu peito e um sorriso malicioso no rosto, se aproximando perigosamente do meu. Estava bem diferente de como era na nossa adolescencia, estava mais alta, com um corpo firme de academia, os seios não eram grandes mas surpreendentemente duros, conseguia senti-los me tocando, uma barriguinha chapada e um piercing no umbigo (e para quem acompanha meus contos, sabe o quanto tatoos e piercings me enlouquecem) e um par de coxas incriveis.

Resolvi investir, sempre quis aquilo e aparentemente ela também, sem nada dizer apenas a segurei pela nuca firme e a puxei, dando um beijo em sua boca. Nossa dança parou e ficamos apenas ali, nos beijando e tocando safadamente nossos corpos. Resolvemos fugir da nossa galera, saindo de fininho ate o estacionamento, entramos no meu carro e lá continuamos nossas preliminares, enquanto dirigia, ela abriu o ziper da minha calça e me olhando com aquele mesmo sorriso sacana colocou a mão por dentro e começou a massagear meu pau que naquele momento estava completamente teso, com as veias saltadas e pulsantes, o tira lentamente para fora e vejo o liquido pre espermatico escorrendo na cabeça já vermelha e inchada dele. Ela abaixa e encosta a ponta da língua e levanta fazendo um fio que liga meu pau ate ela, suga todinho e depois me da um beijo, voltando em seguida para abocanha-lo e chupa-lo freneticamente, fazendo uma pressao nos labios que nunca tinha sentido e quase me fazendo bater o carro várias vezes. Não ia dar tempo de chegar ao Motel, queria fode-la ali mesmo, naquela hora….

Coloquei a mão por baixo de sua saia e me surpreendi que a vadia já estava sem calcinha, nunca me enganou, tinha ido para a balada para isso, queria uma boa foda e para minha sorte, eu estava lá. Parei o carro em uma rua mais tranquila, na época o insulfilme não deixava ver muita coisa dentro e já passava das 4 da manhã, deitei o banco e a puxei para se sentar no meu rosto, queria sentir o gostinho daquela buceta que sempre quis desde os 13 anos. Ela segurava meus cabelos e esfregava no meu gosto, rebolava, me fazia perder o ar e me sufocava, eu enfiava a língua e a abocanhava inteira, quanto mais molhada ficava, mais eu pedia para esfregar no meu rosto, adoro me lambuzar numa bucetinha molhada.

Desceu se esfregando no meu corpo ate tocar meu pau com sua buceta, segurei ele pela base eqnaunto ela foi engolindo cada cm dele, já com os olhos fechados e com a boca aberta, soltando gemidinhos enquanto ia entrando ate que estivesse completamente dentro dela. O suor fazia grudar a granja no rosto e então me disse “Que pau grosso, primo! Vai me arrombar?” começando a mexer o quadril num rebolado incrível. Eu apertei sua cintura forte e a puxei fazendo entrar tudo de uma vez “Quero te arrombar desde aquele dia, e hoje vai ser minha putinha, prima!”. Comecei a puxar seu corpo com força, enterrando fundo meu pau dentro dela, apertando seu rosto e dando tapas e ela sorria, gemendo com o braço em volta do meu pescoço, sussurrando no meu ouvido, pedindo que a fodesse mais forte e mais rápido. Quando disse que ia gozar, ela rapidamente pulou para o banco do passageiro e começou novamente com aquela chupada maravilhosa e frenetica, punhetando até que soltei meus jatos quentes de porra em sua garganta, que ela tomou me olhando e depois abrindo a boca, mostrando que não desperdiçava nada.

- Adorei as preliminares primo, agora vamos pra valer! - Ela disse e me deu um beijo e mordeu meu lábio com tanta força que chegou a sangrar, fiquei novamente de pau duro, menos de 5 minutos depois da nossa foda.

Procuramos um Motel e passamos o restante da noite fodendo de todas as formas possíveis e hoje em dia, ainda nos lembramos, conversando via fFacebook Messenger dessa vez e de muitas outras que fizemos essas loucuras e juramos um dia matar a saudade, quando o atual marido dela não estiver perto e nem a minha esposa. apollo costa

Foto 1 do Conto erotico: Prima safadinha

Foto 2 do Conto erotico: Prima safadinha

Foto 3 do Conto erotico: Prima safadinha

Foto 4 do Conto erotico: Prima safadinha

Foto 5 do Conto erotico: Prima safadinha


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 23/03/2017

Maravilhas que admiro! Betto(o admirador do que é belo)

foto perfil usuario dotado35safado

dotado35safado Comentou em 23/03/2017

Ótimo conto...Adoro mulher safada... Quer seja por curiosidade... Quer por desejo... Adoro ver uma mulher sentir prazer e descobrir seus desejos e vontades... Leia meus contos tbm. Se quiser whats (quatro, sete) nove, dois, doze, meia, quatro, onze.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


98149 - O dia em que me fudi - Categoria: Fetiches - Votos: 9
98550 - a vodka e a esposa do melhor amigo. - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
99270 - eu feio duro com carro do patrao - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
99271 - minha vizinha apanhou do marido - Categoria: Coroas - Votos: 6

Ficha do conto

Foto Perfil apolocosta
apolocosta

Nome do conto:
Prima safadinha

Codigo do conto:
98408

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
23/03/2017

Quant.de Votos:
8

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


contos meu irmãozinho boto o piruzinho no cuzinhoadorador das minhas calcinhas usadas contos eroticosContos namorada arrombada por doiscumi tia da minha namorada contos eroticosabraco conto heteroaniversário para puta de buceta mozsogro chupando a noraoh familia 11 pornozoofilha cachorro enfia nu cu daputa encatacontos eroticos moznegao soca duma vez no cu fe mulher fais ela grita muito video pornocontos erotico arrombada 2017contos eroticos gays bonitos afeminados namorando com beijosconto chantagem prima e tiacontos dopou irmã fuder guadrinhocontos eróticos padrasto e vizinhoswww.casadanocio.comcontos eroticos guardetes noturna trepandocontos eroticos eu feia e gordaConto meti meu pau de.28cm. No cu da maninhaCú arregaçado.com/sadomazoquismo.porno contos marido contratou negao pra limpar quintal de sua casamundo erótico o peludo me pegou e fudeu meu raboos convidados comeram minha mulher hentai e contos eróticosmulher desmaiada engatada zoofiliavireo amante do meu filhomãebriga com filho pq ele gosa dentocontos c**** manso obedienteconto erotico conquistado homem casadomeu cunhado rancou sangue do meu cuconto aventura no onibushentai gay quadrinhocontos eróticos de padrasto e enteada fondendo ba frente da mãe sem ela percebeFotos de cusinhos judiado de tanta pistoladaquadrinho porno freiraconto erotico rapidinha putinhacontos eroticos com vovo e objetosconto erotico mendiga novinhaContos eróticos picantes de gays com fotos ilustrativasConto dr estrupo na mesa de sinucacontos de crentes caretesquadrinho erotico-a mulher do marceneiroContos eroticos gordas e fudidacomendo a bucetinha da lucinha e o cuzinho da ritinha contos eroticosContos eroticos de professora bate cinco punheta pro alunoce1 15 a/gande viagemcontos e relatos eroticos de traicao peguei minha esposa transando com dois negao dotadosContos eroticos marido pede para esposa quero ser cornoContos eroticos gays pescador dotadoquadrinho real de sexo com o vovôcontos sou putinha do cunhadoConto eroticos papakunanda conto 021 997180802foder no jardim contosContos esposa santinhatrepeo com irmanzinha contosfantasia de mulher no carnaval conto eroticopadrasto a proveita a donselinha dormindo a mulhe a vai desvirginar a entiadatransando com a interna contoscontos eroticos amigos do meu maridoContos e fotos de senhoras de bundas grandescontos erotico surpresa pra minha mulher troca de casaisdando no exercito conto gay 2017Contos eroticos os negoes estruparam a avo mae e a neta juntascontos camioneros fudeno.com.brbunda toda marcada de arranhada e porrada sexo porno branquinhascontos eróticosperdendo a virgindade pro pai hantai mulher do cornocontos eroticos sogro tarado me pegou na pescariaconto chantagem da minha irmatitia bateu uma punheta pra mim no sofa contoscontos erótico paizão enrabou filinho gayConto erotico samadoquista quando eu extrupei minha mãe vó irmã filha tiacontos eroticos de xifrudosdoce nanda contos eroticosCont erot fragante de mamaeporno gay com nsgao xvideo arregouflagrei o amigo do meu pai batendo punheta com minha callcinha usada/contosEu e minha mae gorda conto eroticocontos gozando com tio desde pequena no incestoMULHERES GOZANDO COM FORTES MODISCADAS NA ROLA DO CARA DE MUITO TESAOlimomada giibi pornoConto erotico com fotos de podolatria cheirando e chupando pes de primas embaixo da mesahq pornô gay com o professor de violãocarne mijadas casadas conto eroticos com fotosdei para 3negos contosfilhaputacontográvida do amante contoputaqueriu gozei toda pornogay+sentando+na+rola+grossasedutoras e marrentas parte dozeO verdadeiro marido Corno . . . Simplemente adora lamber o clitoris da esposa . . . Enquanto o amante dela enche sua buceta de PorraPorno incesto bisexual em família suruba orgia contosvariedades de conto quadrinho nacional corno manso pornôtive que comer ela /contoestava bebada e meu filho me comeuconto eróticos boa noite Cinderela em despedida de solteiraultimos contos sadoPONODOIDO CONTOa filhinha do papai contos