Glaucia 15 dias que não passa.


Click to Download this video!


Rio das Ostras é uma cidade linda com pessoas lindas, praias belíssimas, nos dias que Luiz estava folgando fizemos um tour pra conhecer a cidade e procurar uma igreja Presbiteriana ou Metodista mais próxima a nossa casa para frequentarmos, achamos uma um pouco distante e decidimos frequentar uma Batista que era em nosso bairro. Fomos recepcionados pelo Pastor e irmãos e irmãs da igreja nos enturmando as mulheres estavam mais interessadas em saber de nossa vida umas fofoqueiras de primeira não dei muita bola a elas pra não criar vinculo de amizade apenas na igreja. Luiz vivia convidando todo mundo para ir em nossa casa e nesses 15 dias que ele estava folgando era uma romaria só. Volta e meia aparecia um casal querendo fazer estudo bíblico ou jogar conversa fora, uma chatice só não tinha mais liberdade pra ficar com Dick, Luiz só fodia de 3 em 3 dias meteu gozou saiu dormiu, uma monotomia louca minha buceta pedia pica muita pica nem Dick estava aguentando ficava alucinado correndo como um louco querendo foder tava brabo. Tinha uns maridos das irmãs que eram um tesão mas mantinham o respeito e pouco me davam abertura de tara-los foram 15 dias entediantes uma verdadeira via crucia estava subindo pelas paredes e Luiz não dava trégua só saia se eu saísse, vivia enfurnado em casa lavando o carro ou dando banho em Dick. Pra completar minha menstruação desceu aí acabou de foder ou não foder meu fogo aumentou e apagou o de Luiz. Apelei pra o entregador de gás nada o cara era evangélico também correu como o diabo da cruz, o da água mineral disse que mulher casada era suicídio, saiu no pinote, porra tava mal amada e mal fodida me rogaram uma praga precisava urgentemente que Luiz viajasse não aguentava mais. Porém como não há mal que perdure e a oportunidade surgiu de onde eu menos esperava: da igreja. Uma das irmãs estava atravessando uma fase difícil em sua residência com seu marido, o cara era um beberrão inveterado e as irmãs resolveram que iriam formar um grupo para irem a sua residência fazer uma sessão de leitura bíblica afim de tocar o coração do indivíduo meio a contra gosto lá fui eu na levada de irmãs, foi um golpe de sorte, fomos num total de nove mulheres bíblia debaixo do braço, lá chegando a mulher havia convencido o marido a escutar a palavra. Chegamos e nos sentamos na sala de visitas aquele monte de crentes mal amadas querendo resolver a vida da outra. A dona da casa chamou o marido e ele surgiu na sala e tudo ficou iluminado minha buceta aplaudia meu cu acendeu meus seios arrepiaram me tremia dos pés a cabeça. O cara podia ser o pior cheirador de cocaína do mundo eu tinha que foder com aquele homem, mulato 1,80 m cabo verde cabelos de índio negro nos ombros, musculoso, uma coisa de louco, fiquei em transe quando nossos olhares se cruzaram e ele malandro notou na hora cumprimentou uma a uma me deixando por ultima segurando minha mão numa pegada de macho me dando um recado, amoleci meus olhos brilhavam não conseguia desviar meu olhar dele. Uma das irmãs fez as apresentações e falou do propósito de nossa visita e ele apenas balançava a cabeça em aprovação. Fizemos cada uma, uma leitura das escrituras sagradas era um tanto monótono porém nossos olhos não desgrudavam um do outro e ele tolerou tranquilo e serio a todas, no final em agradecimento ele ofereceu um suco e bolo a todas agradecendo a visita e que teria imenso prazer em ver-nos outras vezes olhando fixamente para mim. Tomamos o suco e ao despedirmos ele se inclinou e falou em meu ouvido que adoraria que eu viesse qualquer hora para uma visita. Agradeci e respondi que viria sim com muito prazer, frisando bem o 'prazer'. Despedi de sua esposa e ela questionou o que o marido ter me dito, respondi que ele perguntou se ministrava ensino bíblico que ele teria interesse em tomar só que em casa nada de igreja que não era sua praia, menti. Ela esboçou um sorriso amarelo desconfiada. Nos retiramos em bando cada uma tomando um rumo. Caminhei uns 200 metros eu e outra irmã que morava próximo a minha casa ela entrou em casa e eu me dirigir à minha, nem notei a aproximação do homem e fui pega de surpresa ele segurando meu braço assustei-me e ao olhar pra trás vi que se tratava dele o marido de nossa amiga. O cara era doido mesmo me seguiu discreto sem ninguém notar, meu coração acelerou e nem tive tempo de esboçar qualquer reação fui engolida pela boca daquele monumento em meus lábios me derreti toda fiquei molinha molinha ele sugando minha língua me deixando sem fôlego empurrei ele olhando ao redor não vendo ninguém me esgueirei arrastando ele pelo braço fora da luminosidade da rua numa viela entramos. Ele me disse que tinha certeza que eu o queria desde que pós os olhos em mim. Mandei ele calar a boca e me beijar ficando na ponta dos pés oferecendo meus lábios fui tragada por aquele homem imenso e gostoso queria me foder ali mesmo. Expliquei que gostaria muito dar a ele agora neste momento mas 2 motivos nos atrapalhava não teria como justificar minha demora e minha menstruação que teimava em descer. Que teríamos todo tempo possível, bastava ele pedir a esposa que nós pudéssemos ministrar ensino bíblico em sua casa de preferência nos dias e horários que ela não estivesse ou ele iria a minha casa que eu ministraria não ensino bíblico mas terapia sexual. Trocamos telefones e disse-lhe que Luiz meu corninho iria viajar daqui a cinco dias e ai ele teria 15 dias só dele, todo dia se ele desejasse. Ele abriu um sorriso de orelha a orelha e disse gosto assim mulher decidida pois vou te foder dos pés a cabeça gostosa, você não perde por esperar. Trocamos mais alguns beijos ele apalpando minha bunda e seios com suas mãos enormes e eu alisando sua pica monstruosa me deixando com agua na boca e minha buceta escorrendo e meu cu piscando, nos despedimos e apontei onde eu morava estávamos a menos e cem metros de lá e meu corninho a me aguardar. Entrei em casa apressada precisava tomar uma ducha urgente aquele homem acendeu uma labareda entre minhas pernas fui direto ao banheiro tirei o vestido alucinada e entrei no chuveiro tentando em vão apagar o fogo alisei todo meu corpo imaginando ele me agarrando masturbei-me clitóris e cu gozando longamente com meus dedos. Foram os 5 dias mais demorados que já passei. Ia a igreja e lá estava ele um deus grego na porta do bar me olhando me comendo com os olhos guloso e gostoso, fazia de conta que não o conhecia, mãos dadas com o corno, voltava do culto lá estava ele esperando paciente lata de cerveja na mão coçando o pau olhava discretamente suspirando não vendo a hora de ter aquele poste enfiado em minha buceta meu cu boca ouvidos, onde houvesse buraco ele meteria, imaginava louca pra foder. Felizmente chegou o dia do embarque de Luiz e precisaria de um motorista pra leva-lo ao aeroporto, falei discretamente com a esposa do deus índio se ela conhecia algum motorista de confiança que pudesse levar Luiz ao aeroporto torcendo que seu marido pudesse ir, como sei que as crentes são doidas por dinheiro, exagerei no valor da viagem dizendo que Luiz pagaria uma soma fora da realidade e assim ela cresceu o olho no valor e disse que iria saber se o marido estaria interessado em leva-lo, acertei na mosca e é claro que ele ao saber de quem se tratava iria dar um jeito de ir. Foi dito e feito no outro dia aportou em nossa casa ela e o marido lindo, pra acertar a viagem falei com Luiz que era aquele senhor que iria leva-lo ao aeroporto e que já havia acertado valores com ele. Luiz como corno manso disse que tinha uma mulher maravilhosa que resolvia todos os problemas sem preocupa-lo com nada, agradecendo a Deus pelo nosso casamento. O nome fiquei sabendo nesse dia era Marcelo, queria os detalhes da viagem, expliquei que ele ficaria com o carro levaria pra abastecer calibrar pneus, ver se precisava trocar óleo, isso ele logo avisou que iria trocar sim o óleo, me olhando com cara de tarado. E combinamos dele vir buscar Luiz às 18:00 horas pois o voo seria a 1:00 hora da madrugada assim daria tempo suficiente. Ai vem a parte mais interessante, corno é corno de qualquer jeito, até quando a mulher não quer dá ele arruma um jeito de tomar. Luiz me sai com essa pérola; Gláucia por que você não vai conosco me embarca e retorna com Marcelo pra ele não vir sozinho? que tal? vejam vocês o que é corno. levando carne para a churrascaria. Perguntei se não seria um peso morto sabe como é motoristas tem suas manias e gostam de andarem só. Marcelo disse que não tinha nada contra afinal de contas eu iria levar o marido pra viajar nada mais justo ir junto para se despedirem. Até a esposa de Marcelo, crente burra concordou dizendo que era até bom que eu poderia ir lendo uns salmos e tal pra Marcelo dirigir mais tranquilo e em paz. Vibrei por dentro não pensei que fosse tão fácil dar corno e ainda agradar a mulher de quem vai me foder. Dei-lhe as chaves do carro, e dinheiro para as despesas de abastecimento e tal, ele retirou o carro da garagem, conduziu sua esposa até em casa e levou pra oficina e de lá pro bar como sempre, porém ele não bebeu se manteve sóbrio. No horário marcado lá estava ele lindo eu vestir uma roupa discreta como boa crente que sou toda coberta só faltou o véu, e por precaução coloquei numa pequena mochila uma muda de roupa sobressalente, roupa de puta mesmo, calcinha fio dental, vestidinho curtinho colado ao corpo, sutien meia taça tudo vermelho combinando e pus discretamente na mala do carro escondido do corno. Partimos Marcelo ao volante, apesar de Luiz querer ir dirigindo porque é fominha por carro, Marcelo o convenceu de que ele iria chegar para o voo cansado seria melhor ele ir dirigindo assim Luiz poderia avaliar se ele era bom ou não para futuras viagens. Luiz simpatizou de cara com os argumentos de Marcelo e de primeira fez sua avaliação, o Marcelo além de ter dado uma geral no carro ainda mandou lava-lo estava uma maravilha isso agradou em cheio Luiz. Que já foi logo avisando que quando retornasse do embarque que fazia questão de tê-lo junto com sua mulher para um almoço ou jantar em nossa casa. O corno sabe como agradar meus machos. Chegamos ao aeroporto 22:00 horas fomos devagar sem nenhuma pressa na base dos 80 km por hora, Marcelo propôs que esperássemos o voo e só depois do embarque voltaríamos. Luiz achou desnecessário atrasar nosso retorno e disse que poderíamos voltar desde já para chegarmos mais cedo, que ele encontraria os colegas de embarque e ficaria de papo com eles, estava tudo se encaixando direitinho e o corno ainda arrumava mais tempo pra Marcelo me foder inteira. Nos despedimos assim que os amigos de Luiz apareceram, nos apresentamos saudando-os e desejando boa viagem a todos. Fiquei de olho em uns 3 dos amigos de Luiz bem interessantes, saímos do aeroporto em direção ao carro, e durante o trajeto Marcelo quis saber qual era a estratégia? falei você liga pra tua esposa e diz que nós chegamos agora e vamos esperar o corno embarcar à 1:00 da madrugada ganhamos esse horário de agora 10:30 até 1:00 hora de foda, ela vai calcular quanto tempo levaremos de volta cerca de 4 horas devemos chegar 5:00 da manhã. Se você quiser nós vamos direto pra casa agora sem ninguém saber e chegaremos justamente no horário do avião do corno. Ficamos ou lá em casa ou num motel até às 5:00 da manhã você escolhe. Ele ligou pra esposa e assim procedeu dando os horários direitinho e falou que assim que estivesse perto ligaria de novo. Marcelo rumou direto pra um motel lindo preferindo me comer logo do que arriscar chegar lá e ter algum filho da puta pra atrapalhar a foda. Eu nessa hora já estava entalada com a pica de Marcelo toda enfiada em minha boca a saia comprida já estava na cintura e ele metendo os dedos na minha buceta em tempo de bater o carro, entramos no motel já nos desfazendo das roupas agoniados nunca vi um homem tremendo daquele jeito ao me ver toda nua ele partiu com uma ferocidade parecendo que nunca tinha comido mulher nenhuma. Atacou mesmo não sabia se beijava minha boca sugava meus peitos lambia a buceta mordia minha bunda, o homem endoidou de tal maneira que quando me abaixei para chupar seus culhões o cara deu uma gozada que mais parecia um cavalo de tanta gala acertando minha cara e meus peitos lambi o que pude chupando seu pau extraindo o que tivesse ainda engoli tudo um pau maravilhoso tinha que agasalhar com as duas mãos de tão grande, cavalguei naquele cacete quicando sentindo bater contra meu útero feroz, tendo orgasmos múltiplos um atrás do outro minha buceta virou uma lagoa, Marcelo chupava meus peitinhos que sumia em sua boca enorme guloso me deixando ainda mais louca de prazer gozando mais uma vez agora junto com Marcelo me enchendo a buceta de esperma. Desfalecemos eu ainda com sua pica enfiada na buceta cai sobre aquele índio arfando ouvindo mil declarações que era linda era gostosa demais, a melhor crente do mundo, a melhor buceta que ele já comeu exagerou, fora os palavrões de cachorra gostosa, vagabunda da igreja, puta corneira, mas eu já estava acostumada e vinha mais por ai. Entrei na banheira de hidromassagem e relaxei por alguns minutos tempo suficiente de Marcelo tomar um whisky e uma cerveja, eu que nunca havia bebido resolvi experimentar e abri uma cerveja achei amarga, e pedi um whisky que sorvei de uma vez só, desceu queimando minha garganta e estomago quase vomitando desistir não era minha praia. Marcelo me pegou no colo levou-me até a cama redonda com um espelho incrível no teto me deitando posicionou sua pica em minha direção puxando minha cabeça socou em minha boca aquele caralho maior que o pau de Dick goela adentro fodendo minha boca como se fosse minha buceta,me fazendo engasgar de tirar lágrimas, maltratou muito minha boca e eu estava adorando aquilo, depois de gozar de novo me virou e disse que iria me descabaçar meu cu (coitado dele mal sabia que meu cu era mais rodado que minha buceta) foi enfiando aquela tora devagar pensando ele que me machucaria até os culhões baterem na minha bunda e foi tirando e metendo devagar fui mexendo e pedindo mais fundo mete mais me lasca todinha enfia tudo mais forte falava, ele começou a acelerar os movimentos de entra e sai e contrair meu cu apertando seu pau o deixando louco aumentou as estocadas e batia na minha bunda socando com vontade derramos mais esperma inundando meu intestino inteiro, levamos duas horas de pura putaria até não ter mais gala nem eu ter mais liquido a descarregar. Eram 1:30 da manhã ele ligou para a esposa comunicando que estávamos saindo neste momento do aeroporto, na estrada quando estivesse chegando ligaria de novo, tranquilizando-a. Tomamos um banho nos trocamos coloquei o modelito de putinha vestidinho colado vermelho calcinha enfiada no rabo sutien meia taça sandália salto 15 uma verdadeira piranha e saímos partiu estrada, nem sei o que aconteceu só fui acordar entrando na garagem de casa eram 3:00 horas da manhã Marcelo veio voando, ele me falou que foi pegar a estrada eu desabei no sono, ele disse que veio metade da viagem metendo o dedo em minha buceta e lambendo a mão e eu desfalecida. Ao estacionar o carro na garagem ele ligou pra esposa e disse que dentro de mais 2 horas estaria chegando se nada de errado acontecesse, mentiu. Ela se deu por satisfeita afinal de contas ele estava dando satisfações. Fui levada para dentro de casa carregada por aquele índio gostoso e tomei outra surra de pica na cama do corno recém comprada, no sofá, na mesa da cozinha na pia, tomei no cu de quatro no coqueiro, em diferentes posições algumas loucas invenções, que nem o Kama Sutra deve ter, o cara é insaciável, foram duas horas de pura putaria um festival de fodas de todas as maneiras possíveis. Esgotados e ele ainda queria ligar pra mulher e dizer que o pneu do carro havia furado, afim de foder ainda mais, porém fiquei com medo já estava dia claro e as pessoas iriam já começar a sair pro trabalho e poderia vê-lo saindo daqui de casa resolvi não abusar da sorte, por mim ele ficaria dormindo comigo, mas teríamos tempo demais serão longos 15 dias.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario drsexooralbuctcu1954

drsexooralbuctcu1954 Comentou em 16/09/2017

Não sou Evangélico mas,adoro uma evangelicuzinho,cadê as fotos da BuctCu e do Grelo 81 zap 993544977...

foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 28/06/2017

colossal

foto perfil usuario leo1san13

leo1san13 Comentou em 10/03/2017

Seus contos são realmente ótimos. Dá um tesão do cacete.

foto perfil usuario jhou2013

jhou2013 Comentou em 24/02/2017

Quero ler sua história de quando perdeu a virgindade ..... Ou quando distribuiu rsrs

foto perfil usuario voyspmen

voyspmen Comentou em 21/02/2017

q puta vadia vc é, pena q vc ta Bahia, ia fode vc, como merece, bjs

foto perfil usuario

Comentou em 21/02/2017

Que delícia em e de dar muito tesão a eu metendo em vc em gostosa




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


96824 - Cunhado não é parente. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 19
96898 - De evangelica a puta completa. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 28
96906 - De crente a puta a continuação. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20
96949 - Glaucia a crente insaciável. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
96963 - Crente puta de sorte. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
96977 - Glaucia, Crente na aparência, puta na essência. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
97004 - Glaucia e Dick uma paixão animal. - Categoria: Zoofilia - Votos: 10
97032 - Glaucia e o Taxista - Categoria: Traição/Corno - Votos: 19
97061 - Glaucia e a mudança de cidade. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
97083 - Glaucia se adaptando à nova cidade. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12

Ficha do conto

Foto Perfil glaucia69
glaucia69

Nome do conto:
Glaucia 15 dias que não passa.

Codigo do conto:
97094

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
20/02/2017

Quant.de Votos:
20

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eroticos eu dexei meu marido come nissa filhacontos eroticos amiga rabudacontos eroticos mega surubaconto erotico gay mecanicocontos eróticos meu sobrinho acabou com as pregas do meu c******quadradinho porno bbarContos o homem rasgou a buçeta da vovovizinha gostosa gozei dentro contoscontos de uma ninfomaníacaconto porno peguei minha mae com o amante na cama de meu paiconto erotico madurovideos menina dando cu virge grita manda tira tira aiiiii meu cuuuu porracontonerotico menininhadoce nanda conto eroticoconto erótico de gay fudendo com desconhecido na rua de madrugadaconto erótico gay meu colega gostoso e picudoconto. eroticopegando cunhadabanhado com a irma contos eroticosconto erotico apostei minha namoradascat a força contopornony mas nadacontos eroticos porno cu da noia de ruacontos eróticos de corninhoconto eroticos seduzi meu paicontos pornocomtos eroticos ajudei.meu sogrocontos eroticos gostosa de camisola e a rola grossachequei em casa e mao aquentei ver minha enteada dormindo peladamulher de bocão enorme engole caralho ggminha esposa numa dupla penetração contodei gostoso pro rockeiro traindo conto eroticoconto erotico boqueteenpurando o cara xvideoguardete noturna chupando picaprovoquei meu padrasto contosConto erotico primatravestis ctbaconto erotico dormindo com minhas irmazinhas encoxei e bulinei a bucetinhaQuadrinho erótico no chuveirovovó bundudaO patrao do meu irmao me fudeu no motel conto eroticoSogra nuaconto de sexo gay comi meu bisavocontoseroticos idosos e netos com fotosquadrinhos gay pornContos eroticos vi meu cunhado cravado no cu da minha mulherencanador conto gayContos eróticos foda de sobrinha que foi fodida pelo tio e o primo ao mesmo tempoFui comida no óbito pelo meu primo porno contocontos carona casadadepilei minha tia contos eroticosporno quadrinhosconto erotico a mulher do.meu irmaoConto ui ui passa lingua cuflanelinha contosconto erotico busão dogcontos eróticos 082 anos chupando o cu e o pinto do velho e idosoconto errorico scatcontos real comendo cu da filhacontos eroticos de pro meu cachorocontos eróticos aulas com maestroputa da patroa casada quadrinho eroticoConto erotico fudendo a irma da adventistafui violada com um velho de pau de 27cm conto eeoticoconto erotico olhando bucetao da mulher vizinha buraco murroconto erotico corno fudidogemendo na pica grande do namorado da minha amiga, aiii...me come se caralhudo mete tudo na minha buceta. conto eróticoConto erotico de virgemgay femboy dolaceradocontos eroticos chuva douradacontos de crentes caretesContos eroticos tetas mordidascontos de mulheres q ja deram a buceta p aitianocontos eroticos: exibindo a picaContos eroticos de moleques de treze anos emos dando bunda para amigos em casaContos gay fio dental com madurocontos eroticos de lesbicas-comi minha professora de filosofiaator porno de cabelo cacheado masculinowww.contos eroticos netinha da cu pro avo pauzodo escondidocontos eróticos minha sogra ru comoconto erotico em quadrinhõ