Dormindo com a irmã


Click to Download this video!


Esse fato aconteceu a vários anos atrás, quando eu e minha irmã ainda éramos adolescentes. Temos 3 anos de diferença, e sempre moramos juntos (antes de eu casar é claro). Éramos de classe média baixa, e dividíamos o mesmo quarto. Crescemos juntos, brincávamos juntos e dormíamos juntos, e foi assim por toda infância e pré adolescência.

O tempo passou, nós crescemos, eu magro, branco, corpo definido, barriga tanquinho de adolescente, e ela ainda com corpinho de criança demorou mais tempo para se desenvolver. Porém a mudança, quando chegou, foi rápida. Em pouco tempo, os seios dela aumentaram, o quadril ficou mais largo, as coxas mais grossas e ela passou a usar roupas mais curtas.

Tudo foi rápido, quando comecei a reparar, ela já era uma adolescente gostosa, branquinha, cabelo castanho claro chegando na cintura, magra, pele macia, um tesão. Eu novinho, sem experiência, não pegava mulher, acabei ficando com tesão pela minha irmã.

Uma certa noite, acordei para ir ao banheiro (esqueci de mencionar que dormíamos em uma beliche, eu em baixo e ela em cima) e quando voltei, vi ela virada de lado, a camisola tinha subido e a calcinha entrado na bunda, deixando aquelas nádegas lisinhas e durinhas à mostra. Fiquei com tesão na hora! Parei bem próximo e fiquei um tempo ali olhando. Como ela não se mexia, fiquei à vontade para bater uma, e gozei rápido. Lavei as mãos e voltei a dormir mas aquela imagem não me saia da cabeça.

Confesso que senti remorso no dia seguinte e durante algum tempo, eu evitava levantar a noite para não ter que repetir aquilo. Mas conviver com ela estava ficando cada vez mais difícil, pois ela ainda não tinha se acostumado com o seu corpo, usava algumas camisas de quando era mais nova e sem sutiã e quase sempre eu via os seios dela quando ela ficava em alguma posição. Às vezes eu reprimia ela dizendo para ter mais cuidado, mas muitas vezes eu ficava parado só olhando. E em quase todo banho meu, a punheta era pra ela.

Algumas semanas depois eu não resisti novamente. Acordei, levantei e fui ver como ela estava. Dessa vez ela usava um shortinho que deixava a polpinha da bunda à mostra. Dessa vez a punheta não iria me satisfazer, eu fui lá e toquei na perna dela. Ela não se mexeu. Devagarinho, fui colocando minha mão toda na coxa dela, mas ela permanecia lá, de bruços e imóvel. Fui subindo a mão, louco de medo e tesão, até chegar naquela bundinha deliciosa. Passei a mão e nada, apalpei e nada, então resolvi continuar e comecei a subir o shorts. Cada fez que eu subia um pouco, meu coração batia mais forte. Consegui deixar a bunda dela quase toda a mostra. Meu pau parecia que ia explodir! Resolvi ir mais além, e fui empurrando a calcinha pra dentro da bunda dela. Aquele rabinho era a melhor visão que eu já tinha tido na vida! Novamente passei a mão, só que dessa vez, ela deu um suspiro e acordou! Voltei pra cama mais rápido que um ninja e fingi estar dormindo. No dia seguinte como ela não conversou a respeito, fiquei aliviado.

Passei novamente algum tempo sem visitar ela na cama, com medo de que ela acordasse. Mais alguns dias passaram e resolvi fazer diferente, da minha cama, eu fui com minhas mãos até na cama dela e de lá eu fui tocando ela, até chegar novamente na bunda. Dessa vez ela estava de camisola, deitada de ladinho e por sorte, acertei o lado que ela estava virada com a bunda apontada. Comecei novamente a apalpar, só que dessa vez, não precisei tirar o shorts, só enfiei a calcinha. Apertei aquela bunda um tempão, só que ela não acordava. Isso acabou me deixando mais atrevido, e comecei a tirar a calcinha dela devagar. Cada vez que eu tirava um pouco, me dava mais tesão e mais medo, mas eu continuei até o fim! Logo, ela estava despida. Enfiei o dedo na boca, e comecei a procurar a entrada da bucetinha dela. Quando achei, meu peito parecia que ia explodir! Era a primeira vez que eu tocava uma buceta! Era tão quente, e estava molhada!Enfiei o dedo e tirei, num movimento devagar, até que não aguentei, parei, e toquei uma ali mesmo na cama, com o dedo ainda úmido. Quando eu já ia gozar, ela se mexeu, vestiu novamente a calcinha e virou. Que medo! Será que ela tinha acordado e me descoberto? E se ela contasse pros meus pais?

Depois desse dia, fiquei mais um tempão sem mexer com ela, com medo de que algum dia ela percebesse e me dedurasse.

Até que algum tempo depois, mudamos nosso quarto e desmontamos a beliche, agora tínhamos duas camas, uma em cada canto do quarto. Algum tempo depois da mudança, tomei meu primeiro porre com os amigos e voltei pra casa chapado. Levei aquela bronca dos pais. A noite, ainda bêbado, resolvi visitar ela de novo.

Desse vez ela não usava nada sexy, estava de camisa comprida e calça de moletom, mas como eu estava bêbado, fiquei meio sem noção. Comecei a apalpar sem cuidado, e me lembro dela ter mudado de posição umas 3 vezes. Acho que a essa altura ela já tinha até acordado, mas eu bêbado, nem prestei atenção. Ela deitou de barriga pra cima, e como eu não podia mais passar a mão no rabinho dela, resolvi ir até os seios. Fui levantando a camisa dela aos poucos, até chegar quase no pescoço, e que sorte a minha, ela estava sem sutiã! Quando ví aqueles seios lindos, tamanho médio, biquinhos rosadinhos, meu pau quase explodiu! Apalpei eles com com vontade, acariciei os mamilos e percebi eles aumentando de tamanho e ficando durinhos. Não resisti, aproximei minha boca e comecei a tocar a ponta da língua no biquinho. Como ela não se moveu, comecei a beijar de leve, e em pouco tempo, eu já estava mamando nela. Que delícia, meu tesão foi a mil, já não ligava pra mais nada! Comecei a beijar a barriga dela e fui descendo até o umbigo. Ela se mexia, mas eu não ligava, agora eu sei que ela já estava acordada, mas ali, na hora, eu não percebi.

Enquanto beijava o umbiguinho dela, fui baixando a calça dela devagar, junto com a calcinha. Ela até levantou a bunda pra ajudar a sair, mas juro que na hora eu achava que ela ainda dormia! Quando tirei as calças e a calcinha dela, passei a beijar as coxas dela e fui me aproximando da xaninha dela. Que delícia! Pouquinhos pelos castanho-claros, quentinha, rosadinha, caí de língua ali! Quando comecei a chupar, ela imediatamente abriu as pernas e segurou minha nuca, foi nessa hora que ví que ela estava acordada. Enquanto eu lambia o clitóris dela, ela fazia movimentos de vai e vem com o quadril, sempre apertando minha nuca. Não resistí mais, eu já estava fora de controle, comecei a beijar a barriga novamente e fui subindo, chupei os seios mais um pouco e quando ela percebeu o que eu queria, tentou me segurar e me empurrar para baixo, mas eu estava com tanto tesão que não liguei, me joguei com tudo por cima dela. Segurei meu pau e comecei a pincelar a entrada, ela dizia que era melhor não, mas não tentava me impedir, ao invés disso, ela passou a apertar minha bunda com as duas mãos. Tive dificuldade de tirar a virgindade dela, mas quando rompeu e o pau entrou todo, foi a melhor sensação do mundo! Para ela também, a primeira coisa que ela fez foi dar um suspiro e me beijar na boca! Nos beijamos de língua de formas que eu nem imaginava, enquanto eu metia nela devagar. Ela segurava minha bunda e guiava meus movimentos de vai e vem, fui seguindo o ritimo dela até aumentar.

Nos beijávamos loucamente, nos abraçávamos, e acabamos gozando juntos! Que loucura, eu gozei dentro dela! Por sorte, não aconteceu nada!!!

Tirei meu pau, e só depois percebi que estava sujo de sangue. Que tesão, perdí minha virgindade com uma das pessoas que eu mais amo nessa vida!
Depois disso, eu fiquei mais confiante com mulheres e comecei a namorar, ficar, etc. Ela também. É claro que repetimos a foda, mas foi muitos anos depois, e essa eu deixo para outro conto!

Foto 1 do Conto erotico: Dormindo com a irmã

Foto 2 do Conto erotico: Dormindo com a irmã

Foto 3 do Conto erotico: Dormindo com a irmã

Foto 4 do Conto erotico: Dormindo com a irmã


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario bruninhosp

bruninhosp Comentou em 28/04/2017

Fiquei me lembrando de minhas investidas com minha irmã e uma prima..quanta saudade.

foto perfil usuario bianor

bianor Comentou em 27/02/2017

Bjus na piriquitá de sua irmã, muito bom perder a virgindade com a irmã

foto perfil usuario josimario

josimario Comentou em 21/02/2017

Excelente, já vivi coisas parecidas

foto perfil usuario cordeiroleite

cordeiroleite Comentou em 20/02/2017

Delicioso conto. amei a narração.

foto perfil usuario vadinhosantos

vadinhosantos Comentou em 17/02/2017

Que delicia! Não aguentei e me punhetei junto com você,

foto perfil usuario reginha.larga

reginha.larga Comentou em 17/02/2017

Este caso comum, bem narrado, acontece com mais frequência do que se imagina. Votado.

foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 17/02/2017

que irmã deliciosa! E quanto carinho vc, irmão! Betto(o admirador do que é belo)




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


96855 - Perdeu a timidez no córrego (Verídico) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
96955 - Bebeu demais e apostei a namorada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
97065 - Encoxando a tia gostosa no show de axé - Categoria: Incesto - Votos: 12
97153 - O primeiro anal da Irmã - Categoria: Incesto - Votos: 15
97455 - Comi a esposa peituda do amigo na piscina - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
98315 - Fodendo a meia-irmã com raiva! - Categoria: Incesto - Votos: 7

Ficha do conto

Foto Perfil lesle31
lesle31

Nome do conto:
Dormindo com a irmã

Codigo do conto:
96950

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
17/02/2017

Quant.de Votos:
15

Quant.de Fotos:
4


Online porn video at mobile phone


meninas da family guy peladasvelha e novinho conto eróticocontos eroticos gay saunaseiren porno a filha gostosa da empregadaxvideos eu dei pro cara sem ve o tamanho do pau dele quando eu vi me asusteicontos corno leva blac cocks monster pra casanovinho fazendo sexo com barbeiro contos gayConto inseminando a sobrinhacontos eroticos de lendo contos eroticos no computador femininocontoprofesoracomo comi a mana virgem contoconto erotico eu e meu cunhado e um casalcontos eroticos peguei a pastora chupndo a buceta da obreira acabei comendo o cuzinho das duas no altacontos eroticos gay muay thaiSogra sem calcinha no jardim seachcontos eroticos - minha esposa na saunaquadrinho gay porno amigoscontos erticos com fotos de casadas que chegou em casa toda arrombadafilha do pastor conto eróticove contos herotico Minha filha deficirnte mentalconto chupando buceta de bebadaconto patroa vagabundacontos de estrupeiContos de cedezinhas seno encochadastrai lado corno ele rocavarPorno conto eroticos minha namorada me traiu por pau grandexvedeo porno gay ponhetaultimos contos sadoContos erodico de mães e país com filhos transandoxvideo gay capoeira 2 o gingado do sexofilhaputacontoúltimos contos de incestocheiro da bucetinha da minha filhinhaSogra sem calcinha no jardim seachconcunhadacontoeroticocontos eroticos de vovo fodendo a força neto gay com fotosmilitares rabudas contoscontoeroticoburronao resisti enteada novinha conto eroticopausudo faz gostosa desmontarler contos tio comendo sobrinha virgem de 2017asisti video porno loira buceta vermelinhacontos eróticos entre tio e sobrinha ainda bebezinha adotivaquadrinho de alunas pornocontopunheteiroContos erotico uma suruba regada a pepinoimagem gay nu dotado. animado em movimentowww.contoerotico.meu pai mim trasformou em mulherconto sexo no carrosexo com putona de fio dental com argolas na orelhaContos eroticos inocente forcawalter comeu minha esposaContos eroticos comida no barraco poe um negãogozando na buseta da sograContos erótico dei meu cu no estacionamentocontos erótico sexo na cadeia incertocontoeroticonovinhoconto de sexo com esposa traindo marido com o gasor em o marido corno fica na mesahq de sexoengravidando a loiraincesto visitei mamae no sitio e comiporno soutinhoconto erticos 2017me tarada minha irma casada conto eroticoofereci carona pro hetero contosfogosas do dwollandpresente de aniversario pro meu pai porno conto eroticocontos eroticos com imagensde sirgir blog comda sikis indirconto erotico acabei batenndo umma punheta para o meu aluno novinhomae e filha adoram q fiho gosa dentrocucontos eroticos lesbícoputa exibindo contocontos eróticos botei o pau na buceta de minha filha de sete anosavozoofiliaComtoerotico chupando a coroaFotos em quadrinhos de homem gozando na buceta da orcscontos eroticos Chiquititasapostei e perdi a mulher hentai e contos eroticosconto erotico uma pica gostosacontos de sexo forçado com velhos taradosfamyli business contos eroticosperdi as preguinhas do cu quando era pequenaconto erotico policialso as gostosa cunhadinha linda. tirando a calcinhamolhadacontos eroticosvizinho conto realdei a buceta para meu pai e casei com elecomendo minha tia gostosa dormindocontos eroticos um negao tirou minha virgindade e fiquei gravidaContos e fotos de sobrinhos pauzudosquadrinhos pornor filho atrevidocontossexo menininhas na chuvasexo conto vi meuConto Erótico Incesto Gay – Meu tio me comeucontoerotico baby bliz