O flagra da sogra


Click to Download this video!


O flagra da sogra

Conforme já contei tenho duas mulheres, minha esposa e minha enteada, somos um casal tri como elas brincam, e nos amamos muito. A sociedade ve isso como imoral, mas trato minhas mulheres como rainhas, elas são amadas e idolatradas, mas isso somente da porta pra dentro de casa, na rua somos uma família normal, inclusive para a família dela, porém, tudo mudou quando numa manhã minha sogra entrou em casa sem avisar, moramos no mesmo bairro e minha esposa esqueceu suas chaves na casa dela no dia anterior, ela querendo ser engraçadinha entrou e nos flagrou pelados na cama, fez um escândalo, deu um trabalho do cão fazer ela ficar quieta, mas demos um jeito. Passaram dias em que ela sumia, era viúva há 10 anos já, estava com 62 anos, era bonita de rosto, tinha um bundão e peitões, pouca barriga mas não queria mais saber de homem, o marido era alcolatra e ela sofreu a vida toda com isso. As vezes parecia que ela queria atrapalhar, porque vinha todas as noites em casa, eu gostava dela, conversávamos muito, e como ela já sabia do nosso modo de vida, via sempre minha enteada ne beijar na boca na hora de deitar. Por causa dessas visitas montamos o quarto da Marcinha de novo, ai a sogra dormia la, mas na madrugada a menina fugia e vinha transar comigo e com a mãe, e numa dessas madrugadas minha sogra a seguiu, ficou na porta enquanto eu comia minha mulher de quatro, fudia com força enquanto a enteada ficava se masturbando, e a menina é fogo, viu a avó ali parada e fez um gesto para ela vir perto da cama, sentou a velha na poltrona e deitou comigo, empinou a bundinha linda e enfiei um dedo no seu cuzinho, minha mulher começou a gozar e desabou, parti pra cima da menina e cravei na sua bunda, ela gemia alto e olhei pra minha sogra, que apertava os seios com a mão, vidrada na netinha sendo enrabada, minha mulher viu e ficou assustada, fiz com a mão que não dissesse nada, comi minha enteada com gosto aquela noite, gozei um litro no seu cuzinho, cai entre elas e apaguei, ainda vi minha sogra saindo do quarto e apagando a luz. Aquilo virou rotina, transavamos com ela em casa normalmente, ela assistia a tudo, até que minha mulher comentou comigo que a mãe já estava curtindo ver a gente juntos, que naquela tarde agradeceu por deixar ela nos ver de verdade, que entendia que tinha amor ali, que eu era um homem de sorte e que elas tb eram, porque não tinha promiscuidade ali, apenas amor e sexo. Não entendi muito bem a narrativa e perguntei: ela quer brincar com a gente? Minha mulher ficou pensativa e disse que não tinha visto daquela forma, não tinha pensado nas intenções da mãe, mas me disse que nos saberíamos se ela queria isso, pq minha sogra não é de pedir, vai e faz. Numa noite minha enteada foi dormir na casa de uma amiga para viajarem na manhã seguinte, minha sogra chegou, jantamos, vimos tv e la pelas 23:00 deitamos, começamos a nos beijar e em pouco tempo ela entrou, sentou na poltrona e ficou ali olhando a gente, sem dar uma palavra, minha esposa ficou incomodada, mas nada que uma bela chupada na buceta não a fizesse relaxar, e eu ali com o pau duro apontando pra cima, com a cara enfiada na buceta da minha mulher senti uma mão apertando meu pau, olhei e era minha sogra encantada por ele, com a boca a poucos centímetros dele, então afaguei sua cabeça e puxei de leve, ela enfiou na boca e ficou sem saber o que fazer, e eu disse: chupa sogra, sei que sabe o que fazer com ele! Minha mulher olhou assustada, mas meu dedo no seu cuzinho fazia mais sucesso do que a mãe chupando o pau do marido, então, minha sogra passou a chupar com força, parecia que queria arrancar ele com a boca, para controlar a situação sai dali, levantei e sem falar nada tirei a camisola dela, soltei seu sutiã e sua calcinha, ela estava tensa, coloquei minha mulher de quatro e passei a meter na sua buceta, coloquei a sogra sentada do lado e ataquei sua buceta peluda, lambi e chupei, ela deitou quase do lado da filha enquanto eu chupava sua buceta e arranquei um orgasmo barulhento, a sogra gemia e apertava os peitões, minha mulher gemia e gozava junto com a mãe, quando terminou nem dei tempo pra nada, tirei d aminha mulher e montei na sogra, num papai mamãe meti na velha arrancando gemidos, bombava com força e ela me agarrou tentando controlar a velocidade mas não adiantava, metia na velha com força, ela gemia e gozava, e eu fui até encher a buceta da minha sogra de porra, gozei muito dentro dela, cai de lado e ali ficamos, até que ela levantou e foi tomar banho. Minha mulher estava preocupada com a mãe, mas esperei um tempo e fui até o quarto onde ela estava, deitei junto dela, ela estava nua, beijei suas costas, virei e beijei sua boca, ela estava assustada, chupei seus seios e meti de novo, desta vez sem pressa, e descobri como ela gostava, deitado sobre ela vi ela dobrar os joelhos e levantar o corpo enquanto eu metia e ia cada vez mais fundo, ela ficou assim até gozar. Coloquei ela de lado e meti muito apertando seus peitões e beijando sua boca, ela rebolava até que me disse: goza em mim meu genro querido, goza porque adorei sentir você me enchendo de porra! Acelerei o movimento e enchi minha sogra de porra de novo, ela gozou comigo, rebolando até o fim, apagando logo depois. Deitei com minha mulher e ela disse que viu o qe fiz, me beijando me agradecendo por cuidar tão bem delas. Minha enteada voltou e pirou quando ficou sabendo, a sogra ficou com vergonha mas 3 dias depois estávamos na sala e a encapetada da minha enteada sentou no meu colo e começamos a transar ali mesmo, a sogra sentou ao meu lado e logo tinha os peitões chupados enquanto a neta cavalgava no meu pau, assim que gozou puxou a avó para seu lugar e a assistiu até ela gozar no meu pau, deixei elas ali e comi o rabinho da minha esposa na cozinha, gozei dentro dela e assim viramos uma família maior ainda. Minha sogra curte ser comida com exclusividade, tanto que sempre que sabe que estou sozinho em casa vem pra ser fudida, e nessas ocasiões pego pesado com a velha, ela curte um tranco, então fodo seu cuzinho com força, ela chora e goza horrores, e avisa que voltará!
Passados dois anos nesta vida minha enteada decidiu casar com o namorado, ele tem cara de bobo, mas ela diz que ele a satisfaz tanto quanto eu na cama, e prometeu que sempre vai ter tempo pro papai, então, que seja feliz!
Como as três até hoje, juntas ou separadas, são minhas mulheres!!!


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario oliveira956

oliveira956 Comentou em 24/05/2017

Vadinho e suas três mulheres.Muito bom.Votado.

foto perfil usuario fudedordecu

fudedordecu Comentou em 16/01/2017

Vc e um cara des sorte come todas as mulheres da familia




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


92604 - A enteada - Categoria: Incesto - Votos: 14
92767 - A Enteada – o Retorno da mãe - Categoria: Incesto - Votos: 22
96339 - A enteada e a amiga de trabalho e muito mais! - Categoria: Incesto - Votos: 7
96537 - A amiga da sobrinha - Categoria: Incesto - Votos: 7
100989 - Minha cunhada e seu chefe rico - 1 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10
101087 - Minha cunhada e seu chefe rico - 2 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico jonaspedro77

Nome do conto:
O flagra da sogra

Codigo do conto:
95641

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
15/01/2017

Quant.de Votos:
21

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


oral creampie combinacaoconto gay fui estuprado pelo meu domos peitinhos da minha filha nascendo contoscriamos uma putinha contosconto gay meninode calcinha e o vizinhoConto eróticoVídeo póro estuprada na praiahentai+cunhadaConto erotico gay o amigo do meu paiconto minha enteada de dez anos sentou no meu pau sem calcinhacasal sem saida esposa chatagiada contos eroticocontos eroticos como deixei meu filho me comercontos erótico pique escondecontos de desmaiei na pica grande de meu irmão no meu cuContos erótico dei meu cu no estacionamentoo renato de bunda de vora pelado e meio gordinodando no exercito conto gay 2017so pintao buraco parede16b contos eroticosjapacdpassivoconto erodico em quadrinhoContos.encesto.drogada.mamaecontos eroticos com casal gaucho em tambabaContos.encesto.doparo.mamaeMeu tio me faz gozar toda noite contos eroticos de gayconto gay o cadeirante pauzudo [email protected]contos eroticos em quadrinhos noite de nupciasconto enrabada pelo negaofui me confessar e padre roludo me fodeu gostoso contowww.xvidio prima neguinha virgemcontos eroticos soldado gay[email protected]Contos animados papai tio e padrinho me foderam muito quando novinhaconto erotico de vizinhacontos inxesto mae e filho piroculdo veridicohomem mostrando para a filha como fuder uma mulhesona bucetuda conto erotico quentaomeu padrasto disse que me ama contos eroticoshentae mae e filho 3dcontos eróticos inversão chantagemconto quero outro engravidando minha esposaContos erpticos menininha de ruacriada pra ser putinha do vovo e.do papaisogra atisa o genro ate ele fuder elsFilha fodida por seu papai ela grita de tezo me engavida s papaiii. Conto conto erotico de bixinha bundudatraficante pirocudo contos e fotosconto erotico dp mesa sinucacontos eróticos incesto férias c a mãecontossado de submissao realcontos eroticos gay. violentadocontos erticos mimica eroti a na casa da sograContos e fotos de sobrinhos pauzudosxvideo impinotisa a familia depois comíComtos erotico na escolaxxvideo curumimconto erótico com cena de sexoparte 5contos gay 2017conto erótico novinha fudendo com o delagadoperdi as preguinhas do cu quando era pequenavai corno fode conto eroticocontos eróticos corno mansoconto erótico imcesto mãesConto erotico gay dois gpquadrinho porno gay tedyconto erotico fomos estrupados em familique pescaria boa,contos eroticos insestostirei a virgindade do meu irmao duducontodevaginaconto erótico de i****** Comi minha irmãcaminhonheira hetaiconto erotico boquete ceagespconto erotico de mae que de cobre que o filho que come elaperfil sapegadorsedutoras e marrentas parte 4 contos eroticoscontos de podolatriaNegao tirou meu cabaçinha aos onze anos e ainda gozou dentrocontos eróticos sobrinha senta no colo do tio e fica exitadaContos de incestos tomando conta do sogro doenteentrevista de emprego brasileiro acaba em sexo contoscontos eroticos coroa casada dra viaja sozinha para um curso e descobre gosto traicaobuceta melada conto eroticotravesti nua gostosaconto erótico corneei com o chefeencanador conto gaygorotinho tetudo contos eróticos