COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 3


Click to Download this video!


COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 3
Continuando este conto da minha cunhada e das filhinhas virgens esta é a última parte do conto como prometi estou aqui relatando e também é a parte final tendo em vista que as putinhas e o corno foram embora ontem dia 01/01/82017 após o almoço, pois bem no meio da semana entre o natal e o ano novo em casa estava uma agitação todos os dias, festa churrasco a noite piscina essas coisas pessoal saia as compras voltava saia para bares coisas de semana de festa de fim de ano, e numa dessas saídas eu estava afim de comer a buceta virgem da minha sobrinha a filhinha da cunhadinha a mais velha que estava quase noiva apesar de bem novinha (QUEM LEU OS DOIS PRIMEIROS CONTOS JÁ ESTA ENTENDENDO A MINHA CONVERSA, VC QUE NÃO ESTÁ PEÇO QUE LEIA O CONTO 1 E O CONTO DOIS OK), bem eu falei que estava cansado e que ia deitar era de dia e todos estavam se arrumando para sair, ai do meu quarto eu mandei um watt para a minha sobrinha pedi para ela ficar que estava morrendo de tesão e queria ela e que se ela ficasse eu ia lê dar um presente, bom o barulho se encerrou e após alguns minutos eu achei que todos tinham saído inclusive a putinha da sobrinha, mas para minha surpresa ela abre a porta do quarto e vem até minha cama e diz eu falei que tinha marcado com a manicure da quadra de baixo eles me deixaram na porta e eu vim correndo para cá, não queria que titia cobrasse ciúmes de ficar aqui sozinha com o senhor, eu disse menina esperta já está aprendendo assim quando casar vai saber enganar o maridinho certinho para pôr galho nele, ela fala, que isso tio quando casar jamais vou enganar meu marido eu disse está bom sei, ai já mandei fica pelada, ela tirou o vestidinho e ficou só de calcinha, deitou na cama eu falei deixa eu tirar umas fotos ela concordou tirei antes porque depois ela poderia não deixar já que eu não estava afim de manter minha promessa de manter ela virgem e tinha que ser agora pois elas estavam para ir embora e talvez não teria outra chance porque da próxima vez que nós encontrasse outro esperto já teria arrancado seu cabaço, e aquele cabaço tinha de ser meu, como foi o da irmã mais nova, ai tirei algumas fotos, e já arranquei sua calcinha ela disse tio o senhor não vai me machucar igual aquele dia eu disse olha não ai coloquei ela para mamar meu pau, mamou gostoso, eu coloquei ela de quatro e chupei sua buceta e seu cuzinho, beijei sua boca chupei seus peitos pequenos eu ia aproveitar, passei creme no cu dela e comecei a enfiar ela trancava eu disse relaxa que doe menos agora suas pregas já estão rasgada fica tranquila mas o cu estava ainda bem apertado pois seria a segunda vez que um pau entrava ali, mas desta vez a putinha deixou legal gemeu se torceu mas aguentou a vara, gozei no rabo dela mas ela também gozou bastante, ai deitamos um pouco e coloquei ela para me chupar de novo não poderia demorar pois poderia chegar alguém ali estava muito exposto, ai pau duro novamente, eu mandei ela deitar de barriga para cima abri suas pernas e comecei a chupar sua bucetinha toda gozada, macia pentelhos finos e macios, ai quando ela já estava virando os olhinhos eu subi em cima beijei sua boca, ela com as pernas aberta eu em cima roçando o pau na entrada da bucetinha virgem ela com olhos fechado delirando ai pronto coloquei a cabeça na porta e empurrei ela quis fechar as pernas e pedi que não fizesse aquilo mas era tarde o pau já estava rasgando seu cabaço ela agora desesperada começa falar o senhor prometeu o senhor prometeu ai esta ardendo tira por favor eu forçando o cacete e enfiando cada vez mais até enfiar tudo ai ela se largou na cama como diz agora fodeu tudo não adianta mais pode foder, eu entendi e comecei a bomba como um doido nossa bucetinha proibida que estava sendo guardada para o noivo otário que deveria ter comido na primeira vez mas não o fez deixando assim para o titio dela fazer o trabalho difícil assim ele vai pegar já o caminho aberto kkkk, nossa fodi gostoso ai não aguentei e gozei mas estava tão tarado que gozei dentro da buceta da sobrinha e quando tirei o pau veio porra misturado com sangue ela estava em estado de desmaiada delirando esqueceu a dor o ardume e gozou também, fui beijá-la ela me deu um tapa na cara e falou e agora como vou explicar isso para meu namorado, eu fiquei quieto, ela saiu do quarto foi para o banheiro se banhar, eu fiquei ali, ai ela veio enrolada na toalha para buscar seu vestido e sua calcinha, eu olhei e falei esta brava ela falou um pouco, eu falei, e ai como fará com o namorado ela disse bom vou terminar não gosto dele para casar mesmo, e além do mais porque aquele babaca não tirou minha virgindade antes, eu falei nossa que decidida você é, gostei, mas diz para mim quando vem para cá de novo, ela falou, talvez no meio do ano se papai deixar mas o senhor podia ir lá em casa passear seria uma boa, eu falei vou sim e um dia que você se casar ainda vai dar para o titio, ela riu e falou quem sabe seu tarado, e saiu do quarto, o pessoal chegou mais tarde ela inventou uma história sobre a manicure e ficou por isso mesmo só que vi o olhar de sua mãe para mim acho que ela estava desconfiada, mas não podia falar nada e falar a verdade estava doido para comer o rabo da cunhada novamente mas o cunhado estava em marcação cerrada, ai minha fixa caiu eu pensei nossa se ela ficar gravida ai sai e fui a farmácia comprei alguns comprimidos aquelas pílulas do dia seguinte, ai voltei disfarcei e dei logo dois para ela beber disse é para evitar a gravides eu não aguentei e gozei dentro de você ela disse ok vou tomar e foi até a cozinha eu fui atrás para certificar que iria tomar mas ela tomou mesmo ai me senti aliviado, bom coisa continuou isso aconteceu no dia 28/12/16, e eu ainda tinha que comer o cuzinho virgem da mais nova eu só tinha tirado seu cabaço queria acabar de alargar sua bucetinha e ainda de sobremesa comer seu cuzinho, e no dia seguinte dia 29 eu encontrei a sobrinha mais nova na cozinha pela manhã e falei para ela olha tenho que te dar a grana do celular mas quero você mais uma vez antes de ir embora, ela falou está mas onde, eu falei olha após o almoço que todos estão cansados eu vou falar que vou a chácara para limpar para nossa festa de fim de ano ai você diz que vai me ajudar e para não ficar ruim você combina com sua irmã e ai vocês duas se oferece para me ajudar e ai ficamos juntos lá ok, ela disse ok tio deixa comigo, mas o celular que quero passa de mil eu disse fica sossegada, ai aconteceu mas quando fomos sair a mãe delas já desconfiada falou, olha eu vou junto elas não tem muita experiência, ai eu pensei porra cunhada filha da puta, mas tudo bem peguei umas cervejas e alguma coisa para nos comer e fomos, chegando lá começamos a faxina a cunhada estava empenhada e a mais velha caiu na piscina e a mais nova ficou fazendo lanche para nos eu fiquei na sala só assistindo televisão ai a cunhada reclamou olha gente eu não sou empregada e tem muito serviço vem me ajudar, ai começamos a ajudar a cunhada, mas pensei lascou mas pelo menos a cunhada eu vou comer, ai falei para a mais nova olha quando acabar o serviço eu vou tomar uma cerveja com sua mãe ai você chama sua irmã para conhecer a chácara, ela falou cerveja nada você vai comer a mamãe, eu ri e disse algum problema, ela falou, não nem um, e deu uma risada, e fez o que pedi saíram as duas a caminhar, eu fui a cozinha e falei as meninas saíram quero você, ela falou, você está doido elas vem logo eu disse não elas não vem, ela falou eu notei que as meninas estão bem próximas de você o que você está fazendo, eu disse, nada só dando carinho de tio, ela falou olha olha se o pai delas saber de alguma coisa ele te mata, eu falei mata nada é um corno, ela falou, nossa não fala assim, eu disse e corno mesmo e vem aqui vai eu sei que ele não te pega como eu tira a roupa ela obedeceu e ali mesmo na cozinha eu comecei a chupar sua buceta ela não aguentou e gozou e em seguida abaixou e começou mamar meu pau ai falou, e melhor nos parar as meninas vem logo eu disse vem nada vamos para o sofá você já gozou eu ainda não, ai fomos eu coloquei ela de quatro e comi sua buceta gostoso ai tirei e coloquei tudo no cuzinho dela que agora já estava tranquilo de foder já estava alargado na grossura do meu pau encaixava certinho, ela gozou de novo e me beijou e falou que pena que isso está acabando e sei que muitas noites só vou ter meu dedo como consolo eu dei risada e falei olha suas filhas me convidou para ir lá e logo eu estarei lá, ela falou de novo olha você está mexendo em casa de marimbondo, eu disse, se eu for na sua casa vai me dar na cama do corno, ela falou, se surgir oportunidade sim mas cuidado com isso, ai nos arrumamos e saímos atrás das meninas e achamos e falei, vamos meninas já acabamos a faxina as duas olhava para sua mãe com cara de quem sabia que a mãe tinha entrado no ferro, elas sabia que a mãe virou minha puta como elas, a mãe toda desconcertada, e ai fomos mas eu ainda tinha um cuzinho para arregaçar as pregas, e chegamos em casa, e meu cunhado já estava assando carne era mais ou menos umas dezoito horas, ai tomei um banho e quando ninguém estava observando falei para a mais nova olha você não dorme e quando for lá pelas duas da manhã quando todos vai estar dormindo você vai até a cozinha tomar agua vai só de camiseta como você fez aquele dia coloca uma camiseta comprida eu quero você tem que ser hoje depois amanhã iremos para a chácara e ai não dá mais, ela disse ok, eu disse ai vou aproveitar e já deixar a grana do celular seu e de sua irmã com você guarda na mala e faz o que te falei ela falou ok, e assim aconteceu eu motivei minha esposa beber bastante meu cunhado minha cunhada, lá pelas meia noite estavam todos moles já de cerveja e canseira eu falei, bom gente vamos dormir que amanhã temos que ir cedo para a chácara, e assim fizeram todos foram dormir e lá pelas duas eu desci a cozinha mas antes fui quarto a quarto me certifiquei que todos estavam dormindo e ai ela estava lá na cozinha bebendo agua ai peguei em sua mão abri a porta da cozinha sai na varanda dos fundos fechei a porta e falei para ela. espera já volto, voltei no quarto peguei a vaselina que tenho no criado mudo e voltei a varanda, eu peguei a rede estendi no chão a claridade era só da luz da lua mas estava uma noite bem clara, ai ela tirou a camiseta estava peladinha nossa que tesão ai beijei ela gostoso deitei ela no chão em cima da rede e chupei sua bucetinha gostoso ai subi em cima e enfiei meu pau com gosto na bucetinha foi muito rápido gozei gostoso enchendo a buceta dela de porra, ai fiquei ali em cima dela quase desmaiado, ai passado uns cinco minuto eu falei você vai dar o cuzinho para o tio ela falou mas minha irmã diz que doe eu falei doe mas eu faço gostoso e afinal eu mereço olha aqui a grana para seu presente mas tem que merecer se não vai embora sem nada ela falou ok eu aceito ai se virou dei tadinha ali com aquele rabinho virgem virado para cima eu de pau duro passei vaselina no pau inteiro e na bunda dela enfiei com o dedo lá dentro e deitei em cima com uma mão eu mirava o pau com outra eu tampei sua boca sabia que ela não podia fazer barulho e ai eu fui enfiando ela gemia com a boca abafada com minha mão e requebrava mas era ainda melhor para o pau deslizar para dentro daquele cuzinho virgem, e fui enfiando sentindo as pregas rasgando ela começa a chorar lágrimas quentes escorrendo por cima da minha mão eu falando isso seja uma boa menina deixa o titio acabar pode chorar o choro em bom para aliviar eu falei vai relaxa ela deu uma largada e com isso consegui enfiar tudo no rabo dele e fui socando socando estava alucinado de tesão esqueci onde estava e o risco que corria, mas fui até o fim fiquei fodendo aquele rabo uns dez minutos ela chorando e soluçando até que gozei lá no fundo fiquei em cima dela alguns segundos i levantei ela ficou deitada eu peguei dois comprimidos sabe a pílula do dia seguinte e fui até a cozinha peguei um copo de agua e falei para ela tomo isso vai parar sua dor, ela tomou e continuou ali deitada choramingando mas tomou eu me senti aliviado não queria ter um filho com a sobrinha ainda mais a sobrinha novinha, falei vou subir você sobe depois ok, ela quieta calada só soluçando, ai deixei a grana do seu lado e vesti meu shorts e subi fiquei na cama acordado um pouco e logo ouvi o barulho dela subindo, na manhã seguinte ela ainda estava no quarto quando estávamos a mesa o meu cunhado perguntou o que aconteceu com fulana que estava gemendo a mãe respondeu então fui até ela e ela falou que estava com dor de cabeça até dei umas gotas de dipirona para ela, mas eu sabia o motivo do choro era dor de cabeça sim mas cabeça de pau no cuzinho kkk, bom e assim aconteceu foi o melhor fim de ano que tive, melhor que ir para a praia, comi uma casadinha fiz ela de puta várias vezes, e ainda comi dois cabaço e arregacei pregas de dois cuzinhos virgens, elas foram embora satisfeita e eu vou arrumar um jeito de ir na casa delas sei que arrumei três putas para comer pelo resto da vida, até mais e abraço se você gostou não custa votar né, beijo.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


78280 - COMI O CASAL DE NOIVOS - Categoria: Fantasias - Votos: 23
79955 - COMI A CATADORA DE RECICLÁVEL PARTE 1° - Categoria: Virgens - Votos: 14
80390 - COMI A BUNDA VIRGEM DA CATADORA DE RECICLAGEM 2º - Categoria: Virgens - Votos: 11
84833 - FIZ A CASADINHA DE PUTA RASGUEI SEU CUZINHO VIRGEM - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
85298 - FIZ ELA TRAIR O MARIDO PARA NÃO PERDER O EMPREGO E - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
86310 - MINHA PRIMEIRA VEZ COM UM CASAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
90353 - COMI OUTRO CASAL - Categoria: Fantasias - Votos: 8
90431 - COMI A ESPOSA E A FILHA VIRGEM DO MEU PEDREIRO 1º - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
90436 - COMI A ESPOSA E A FILHA VIRRGEM DO MEU PEDREIRO 2º - Categoria: Virgens - Votos: 11
90746 - COMI A ESPOSA E A FILHA VIRGEM DO MEU PEDREIRO 3º - Categoria: Fantasias - Votos: 15
90841 - ARREGACEI AS PREGAS DO RABO DO MEU ESTAGIÁRIO NOVI - Categoria: Virgens - Votos: 8
91637 - A CASADA TRAIU O MARIDO PARA TIRAR DA CADEIA parte - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
91911 - A CASADA TRAIU O MARIDO PARA TIRAR DA CADEIA parte - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
92391 - O NOIVO TRAIU A NOIVA, E A NOIVA TRAIU O NOIVO NA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
93011 - COMI A ESPOSA DO MEU TIO COM ELE DENTRO DE CASA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
93323 - ARREGACEI O CÚ DA ESPOSA DO MEU SOBRINHO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 19
94615 - COMI A CUNHADA NO QUARTO AO LADO E VOU COMER AS FI - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
94781 - COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
96286 - COMI O NAMORADINHO DA MINHA SOBRINHA - Categoria: Virgens - Votos: 16
103732 - EMPREGADA CRENTE DA CCB - Categoria: Traição/Corno - Votos: 30
104310 - A CASADA TRAIU O MARIDO PARA TIRAR DA CADEIA PARTE 3 - Categoria: Virgens - Votos: 4
104519 - ARREGACEI O CÚ DA ESPOSA DO MEU SOBRINHO parte 2. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
105036 - EMPREGADA CRENTE DA CCB parte 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
106373 - EMPREGADA CRENTE DA CCB parte 3 - Categoria: Virgens - Votos: 13
106856 - ARREGACEI O CÚ DA ESPOSA DO MEU SOBRINHO parte 3. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
107199 - ARREGACEI O CÚ DA ESPOSA DO MEU SOBRINHO parte 4. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil marcussex
marcussex

Nome do conto:
COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 3

Codigo do conto:
94970

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
02/01/2017

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


lesbicas da bucetas grandes esfregando a buceta uma na outrapai foi viajar conto eroticoentai histórias em quadrinhos reforma na mansãoconto erotico comi meu primo dormindo gayporno na praia de nudismo homens com pau monstrosfilha e nora putas cu pequenomeu primo me fodeu gostoso com fotosdescabacei a buceta da crentizinha magrela a fora - contos eroticosconto erotico ilustrado travesti bem dotado arrombou a buceta da esposa do corno de pau pequenocontos eróticos em serra negra sp 2017Conto porno de avo da minha amiga me comeucontos eroticos gay pastorContos eroticos meu marido levou varios homens para dividirmos as porras delesconto erotico transex linda no empregocontos eroticos ninfetinhas virgens do papaiContos eroticos com bezeirasdei a bucetapromeu filhocontos eroticos levei surra de piça do marido da amigaconto comendo a babahatai minnha mae e muita gostosacontos gozei fazendo tatuagemContos eróticos picantes de gays com fotos ilustrativascontos erticos menino enraba catadora de lixoler contos sou puta mais figindacontos erotico coroacasado comendo onovinhocontos eróticos meu genro comeu meu c******puberdade cdzinha calcinhacontos de incestos chupando a bucetinha da filhinha ainda bebecontos gay apartamentocontos eroticos virei corno e me vingueimeu marido e minha mãe me trairam como comi a mana virgem contoprima da pra primo conto eroticoconto esposa paquerando outrofotos de loiras taradas f******ler contos eroticos onlinetravesti comeu priminha novinha de chortinho curtoconto eurotico amigo pouzano junto com casalNegro pirocudo comendo a ninfeta contocontos eroticos com vovo e papaia descoberta de um corno contos eroticoContos eroticos maldososcontos eroticos gay o trote parte IIsaite porno desfilando nua ou votacao nuatravesti dptadocontos eroticos comir uma dengozinhavides porno cazeiro mulher c nega da pro amante na frente do maridocontos eroticos duas garotas divide mesmo homemcontos em quadrinhos eroticos evangelicosmeninas irmas transandomeu pai abusou de mim-contos heroticoscontos eróticos casada novinhaque deu pro instalador datvsocando a pica na ansãvovo do sexorecepcionista pauzudoconto buceta filhavelho com mau hálito beijando neta pornocumplices de um resgate contos eroticos gayscontos veridico travesti bem dotado,fodi o cu e a boceta da minha irmaquero leitinho papaimunheres de biquini fio tetaucontos eróticos eu meto e conto tudo oro meu maridomangaerotico/mobilesogro tarado eroticocontos eróticos de gay comi meu colega de trabalhoincesto veridico mae cinquetona filho conto fotocontos eroticos afilhada dando o cu pra padrinhomeu montador de moveis gostosocontos eroticos me comeraoo no onibus quando eubera novinhaorgia em sala de aula elas vao sem calcinhavizinhasvirgenscontos zoofilia na fazendaconto moleque comeu a sograconto tia e prima casadaSexo de vovôContos porno gay chiquititascontos gay banheiro publico brasiliacontos erotico de policial femininasobrinhacabacinhocontos eroticos gay dormindo hentayHq de sexo mulher velha dando pro negaoConto inseminando a sobrinhaxvidios porno a mae chupador a rola dor filho no martoContos erotico travesti ta me comendoconto porno com obconto erotico chantagemContos sou casada e chupei dois caralhos ao mesmo tempoperdi as preguinhas do cu quando era pequenawww.contos de incesto deixei titio chupar minha bucetinha1° vez masturbando contoeroticoContos eroticos namorado leva namorada para conhecer pintudoconto erotico meu marido morre de ciumeseu sai do bamhero e papai mi fudeo sexo gay conto eroticocontoerotico virei escrava do vizinho velhoQuadrinhoseroticossobrinhaswww.vizinho pega a vizinha gostaea do rabao.comfotos da mae nua no dwolland