COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 2


Click to this video!


COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 2
Bom quem quiser saber o começo e só ler o meu penúltimo conto na seção de cornos/traição com o título: “COMI A CUNHADA NO QUARTO AO LADO E VOU COMER AS FILHINHAS VIRGEM”, bom quem me conhece sabe que só relato aqui contos reais por isso não coloco nomes, eu sou advogado tenho quarenta anos sou bem sucedido e dês de novo estou neste mundo de putaria é a coisa que me dá mais prazer, então não me importo de gastar um pouco já que é para minha diversão, bom vamos lá para a segunda parte deste conto, dia 22/12/16 foi quinta feira recebemos uns amigos em casa para jantar minha cunhada e suas duas filhas estão em casa dês do começo da semana veio passar o fim de ano aqui, e como já relatei comi a mãe já dentro de casa e suei com a filha menor e já combinei com a filha mais novinha que antes dela ir eu iria quebrar o cabacinho dela, ela pegou eu no flagra comendo a mãe enfim e só vocês ler o conto anterior ok, bom demos o jantar em casa e veio bastante amigos um jantar comemorativo veio amigos de profissão e tal, eu pelo WhatsApp conversava com minha cunhadinha e com a sobrinha mas elas nem percebia que eu estava conversando com as duas ao mesmo tempo a sobrinha estava com a gurizada na sala de jogos e a cunhada na mesa de jantar conosco e ninguém percebeu nada, mais tarde fomos para a sala de estar e eu e elas falando putaria no WhatsApp mas ninguém percebeu combinei com a cunhada que após todos ir embora eu queria sua bunda ela falou só a bucetinha eu falei ok, e combinei com a sobrinha de chupar sua bucetinha na dispensa após todos dormir falei para ela olha vou entrar no quarto de vocês e vou comer o rabo da sua mãe assim que sair após uma hora mais ou menos você desce vai até a cozinha e me espera lá, ela disse ok, tio safado, vai fazer minha mãe gritar eu disse não ninguém pode ouvir, ela falou aproveita hoje porque amanhã papai chega, ai fizemos lá pelas duas da manhã todos cansados eu sai de cueca e fui até o quarto ao lado a cunhada estava de camisola e de calcinha eu tirei umas fotos e deitei coloquei ela de bruços e mandei ela empinar a bunda ela fez eu chupei seu cu junto com buceta, estava toda molhada ai dei umas enfiada na buceta após eu deitei em cima dela e cuspi na mão passei no pau e enfiei sem do no cu dela ela choramingava rebolava se torcia eu tarado enfiava sem do ela chorou eu beijei sua boca chamei de puta e quando acabei ela se virou e me beijava como louca se transou em mim e disse nossa queria que meu esposo fosse tarado assim queria morar aqui queria sentir você dentro de mim toda noite, mas amanhã acaba a festa meu marido chega eu disse fica sossegada antes de acabar as festa ainda vou te arregaçar várias vezes putona, e sai do quarto tudo escuro passei a mão no rosto da filha era o tok, fui ao meu quarto e fiquei observando pelo vão da porta após uns quarenta minuto vi quando passou um vulto no corredor ai desci atrás e ela estava na cozinha bebendo agua com uma camiseta bem grande eu peguei na mão dela e levei ela para a despensa pois se chegasse alguém não veria nós, ai quando chegamos na despensa ela tirou a camiseta estava peladinha só vestia aquela camiseta, e eu já tirei a cu]eca uma loucura nos dois pelados ali na dispensa com a casa cheio de gente, mas na hora nem estava ai o pau já duro eu roçava na bucetinha pequena macia e com pelos sabe pelos de puberdade, ai ela se abaixou e engoli-o meu pau gostoso eu coloquei ela de quatro com as mãos no chão me abaixei e lambia bucetinha com cuzinho mordia as poupas da bunda tudo junto lambuzei seu cuzinho e esfregava a cabeça do caralho no buraquinho esfregava na bucetinha deitei no chão mandei ela esfregar a bucetinha no meu rosto, que delicia ai coloquei ela de joelhos e enfiava quase tudo na boca dela ela engasgava ai fui até encher a boca de porra ela deu anciã de vomito quase vômito mas engoliu uma boa parte e falou vai me comer eu disse não aqui não dá perigoso, mas nós iremos sexta para a chácara e todos ficaremos lá, ai você dá um jeito de ficar aqui em casa ou sei lá ai eu como você, ela disse e ai vai me dar o celular eu disse não porque vai pegar mal, só que eu te dou o dinheiro você guarda e quando chegar na sua casa depois de uns dias você diz que achou o dinheiro na rua e ai vai lá e compra o celular ok, ela concordou eu falei olha fica ai eu vou subir após uns dez minutos se você ver que está tudo quieto você sobe ok, ela falou está bom, e assim fizemos, gozei no cu da mãe e na boca da filhinha ninfeta virgem, mas não parou por ai, no outro dia meu concunhado chegou beijou sua esposa eu olhava fui lá complementei dei boas-vindas a cunhada olhava para mim com cara de mulher seria e a filhinha com cara de puta mesmo, a mulher puta dês de novas já dá pinta de puta seguiu as vontades da mãe que era uma putona gostosa e taradinha, bom sexta estávamos arrumando as coisas para ir todos para a chácara passar o fim de semana e o natal, ai ela convenceu meu filho ficar com a namorada e os primos para eles irem no shop e ai eles iriam para a chácara no sábado de manhã, eu concordei já sabia que ela estava armando algo e ai ela na hora de sair para o shop arrumou desculpa disse que não estava bem, pediu para meu filho me ligar para buscá-la, ai meu filho me ligou eu falei olha porque você não traz ele disse pai não dá já estamos indo para o shop agora a tarde e mais a noitinha vamos assistir o filme ela vai ficar aqui eu falei ok eu pego ela só que só posso mais tarde porque vou ter de sair para atender um amigo, falei isso porque minha esposa estava ao lado eu tinha que ter uma desculpa da demora do regresso, ai ficou combinado após uns quarenta minutos eu liguei em casa ela atendeu eu disse e ai esta sozinha ela falou não eu e minha irmã ficou comigo eu falei nossa ai e foda estragou tudo ela falou não tio eu contei tudo para ela eu disse você ficou doida ela falou olha ela quer ver e talvez fazer também só que ela quer um celular também o dela e muito velho e deu risada eu não pensei duas vezes despedi e falei olha vou passar para atender um amigo mas fica tranquila a outra sua filha ficou com ela para ela não ficar sozinha, falei só venho um pouco mais tarde ok, eles disseram sem problemas elas estão juntas beijei minha esposa e sai fui perto de casa deixei meu carro na quadra de traz um caminho que meu filho e minha esposa não costuma passar e cheguei em, casa de a pé, ai entrei elas estavam na sala assistindo TV, eu falei olha como as sobrinha do tio estão bonitas, ai falei olha se alguém tocar a campainha ou chegar eu vou sair pelos fundos e vocês faz de conta que eu não cheguei ainda ok, elas concordaram eu fui em direção da mais velha e beijei sua boca e já apalpei seu peito durinho pequeno e fomos para o quarto mandei ambas tirar a roupa elas ficaram meio envergonhadas ai a mais velha falou olha tio o senhor só brinca comigo sabe eu tenho namorado e ele sabe que sou virgem eu disse você não deu para ele ela disse não só brincamos eu disse um, ai falei faz assim vou brincar com sua irmã mais nova e você espera na sala depois eu te chamo ela foi eu falei para a mais novinha tira tudo agora você é a putinha do titio, ela ficou peladinha que delicia vocês não imagina a visão, ai eu chupei ela inteirinha e coloquei ela deitada na cama de pernas aberta bem arreganhada dava para ver seu ir-me, ai eu vi que não ia aguentar tirar seu cabaço sem gozar, então parei e falei fica aqui quieta o tio vai brincar com sua irmã e já volta ela riu balançando a cabeça, fui até a sala ela sentada no sofá eu falei tira toda a roupa ela obedeceu mais envergonhada e mais tímida que a irmã falou vou ganhar o dinheiro do celular eu disse lógico, ai ela peladinha sentada no sofá eu cheguei perto peladão com o pau duro já quase gozando e falei engole chupa faz do jeito que você faz com seu namorado ela engoliu meio desajeitado ai foi poucas chupadas eu gozei que a porra escorria nos cantos da boca ela engasgou e tirou sem fôlego eu abri suas pernas agachei e comecei a chupar sua buceta também peludinha mas com pelos mais formados que a irmã mais nova, ela fechava as pernas puxava meus cabelos gemia gritava baixinho e fui chupando até ela gozar, fui a cozinha tomei agua e falei para ela fica ai que ainda tem mais ela riu eu fui para o quarto e a outra estava lá peladinha e geladinha do ar condicionado toda repiadinha encolhida ai eu deitei ao seu lado beijava chupava seus peitinhos ela me punhetava ai após uns quinze minuto meu pau já duro como não ficar do lado de uma ninfeta virgem e fogosa, eu coloquei ela de quatro fui até meu quarto peguei um creme e chupei sua bucetinha até ela virar os olhos ai enchi meu pau de creme e coloquei a cabeça deixei meu corpo cair sobe o seu coloquei minha boca engolindo a boca dela e comecei enfiar rasgar aquela bucetinha virgem novinha pequenininha que delicia ela começou a querer sair disse tio esta ardendo eu disse eu sei minha sobrinha só que é assim só no começo após você virar putinha e começar a dar todo dia você não vai mas sentir este ardume ela falou para tio está doendo eu nem liguei e fui enfiando todo o pau até sumir ai não resistir e comecei a bomba o cacete naquela grutinha apertada e quente ela começa a chorar sair lágrimas dos olhos eu socava e beijava ela me agarrava unhava minhas costa eu socando fui uns dez minutos até que vi que ia gozar e não queria engravidar a sobrinha tirei e gozei na barriguinha, vi sangue misturado com porra lambi seu rosto beijei ela limpou os olhos me beijou e falou nossa e assim o senhor gostou eu disse adorei ela falou que bom, e minha irmã eu disse já já eu vou fazer o mesmo com ela ai disse vai ao banheiro e se lava ok ela disse está bom, eu limpei meu pau e fui até a sala e chamei a outra e disse vem aqui ai ela veio até o quarto e fui ao banheiro e falei para a mais nova assim que você acabar espera nos na sala ela falou está bom tio, ai tranquei a porta do quarto ela tinha vestido a calcinha mandei ela tirar e sentar na cama ai fui conversar com ela sobre seu namorado, perguntei mas ele nunca tentou ela disse não ele só manda eu chupar e quase nunca me chupa falou que quer que virgem para dia de núpcias eu falei nossa mas você e tão novinha já pensa em casar ela riu eu estava sentado na beira da cama falei para ela ajoelha ai e me chupa vai deixar meu pau duro ela falou mas o senhor disse que não ia tirar minha virgindade eu disse da buceta não mas da bundinha sim ela riu e disse está bom coitada não sabia o que esperava achava tudo simples, ai abaixou e foi me chupando até o pau ficar duro ai coloquei ela na beirada da cama com o rabo bem arrebitado bem na beirinha e chupei seu botãozinho bastante ela toda melada acho que gozou só com a língua no cu ai enchi seu cu de creme com o dedo devagar enfiei creme dentro do buraquinho ai mandei ela deitar e aumentei o volume da TV no máximo e subi em cima dela mirei o pau e mandei ver coitada ela se requebrava gritava esperneava mas meu pau foi rompendo aquele buraquinho e até o saco bater na bunda senti pregas rasgando literalmente eu segurei ela por um tempo depois soquei sem do ela chorava gritava pedia implorava titio para por favor eu socava sem do e fui até encher o rabo dela de porra ai segurei firme lá no fundo e gozei fiquei agarrado com ela quando tirei o pau ela sujou tudo correu para o banheiro choramingando, a irmã veio peladinha ainda pois a roupa estava dentro do quarto eu peguei a pequena e encostei na parede perto do corredor e beijava ela meu pau ainda estava gozando e sujo ai fui com ela para o banheiro a irmã estava com a porta aberta e embaixo do chuveiro entramos embaixo e ela se tocou num canto e não olhava ai passou um tempo eu puxei ela e ela veio meio sem graça e disse nossa tio isso doe muito eu falei só agora depois que fizer outras vezes fica gostoso ai embaixo do chuveiro eu ainda enfiei a rola na bucetinha da irmã ela ainda estava dolorida mas deixou eu fazer para a irmã ver, ai saímos nos enxuguemos pois eu não conseguia gozar mais arrumamos fechamos a casa fomos a pé até a rua de trás peguei o carro e fomos para a chácara no caminho orientei elas a falar que eu fui só agora buscar elas e falei olha se vocês quiser dinheiro para mais coisas e só vocês criar situação para ficarmos sozinhos e ai o titio da tudo o que vocês quiser elas riu e falou está bom tio, safado o nosso tio uma falou para a outra ai chegamos na chácara já pelas vinte horas, hoje e dia 26/12/16 já estamos em casa, mas antes delas ir embora elas só vai embora dia 05/01/17, antes disso quero comer o cuzinho da mais nova e a buceta da mais velha e vou conseguir mas conto aqui para vocês se conseguir ok até mais abraço.
Ai vai umas fotos da cunhada ok a pedido do leitor.


Foto 1 do Conto erotico: COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 2

Foto 2 do Conto erotico: COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 2

Foto 3 do Conto erotico: COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 2

Foto 4 do Conto erotico: COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 2

Foto 5 do Conto erotico: COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 2


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 27/12/2016

Cada rabo gostoso, me masturbei gostoso! Betto




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


78280 - COMI O CASAL DE NOIVOS - Categoria: Fantasias - Votos: 16
79955 - COMI A CATADORA DE RECICLÁVEL PARTE 1° - Categoria: Virgens - Votos: 13
80390 - COMI A BUNDA VIRGEM DA CATADORA DE RECICLAGEM 2º - Categoria: Virgens - Votos: 10
84833 - FIZ A CASADINHA DE PUTA RASGUEI SEU CUZINHO VIRGEM - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
85298 - FIZ ELA TRAIR O MARIDO PARA NÃO PERDER O EMPREGO E - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
86310 - MINHA PRIMEIRA VEZ COM UM CASAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
90353 - COMI OUTRO CASAL - Categoria: Fantasias - Votos: 7
90431 - COMI A ESPOSA E A FILHA VIRGEM DO MEU PEDREIRO 1º - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
90436 - COMI A ESPOSA E A FILHA VIRRGEM DO MEU PEDREIRO 2º - Categoria: Virgens - Votos: 8
90746 - COMI A ESPOSA E A FILHA VIRGEM DO MEU PEDREIRO 3º - Categoria: Fantasias - Votos: 9
90841 - ARREGACEI AS PREGAS DO RABO DO MEU ESTAGIÁRIO NOVI - Categoria: Virgens - Votos: 6
91637 - A CASADA TRAIU O MARIDO PARA TIRAR DA CADEIA parte - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
91911 - A CASADA TRAIU O MARIDO PARA TIRAR DA CADEIA parte - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
92391 - O NOIVO TRAIU A NOIVA, E A NOIVA TRAIU O NOIVO NA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
93011 - COMI A ESPOSA DO MEU TIO COM ELE DENTRO DE CASA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
93323 - ARREGACEI O CÚ DA ESPOSA DO MEU SOBRINHO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
94615 - COMI A CUNHADA NO QUARTO AO LADO E VOU COMER AS FI - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
94970 - COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
96286 - COMI O NAMORADINHO DA MINHA SOBRINHA - Categoria: Virgens - Votos: 12

Ficha do conto

Foto Perfil marcussex
marcussex

Nome do conto:
COMI A CUNHADA E AS FILHAS VIRGEM PARTE 2

Codigo do conto:
94781

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
26/12/2016

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


conto erotico casada fodendo gostoso com um entregador de gasheitai porns mãe e filho xxconto erotico em quadrinho a esposa e o cachorrofilha e nora putas cu pequenoconto primeira suruba com minha esposacontos eroticos casada crentehentai quadrinho chavesconto erotico gay arrombadocontos eróticos gay pedreirosconto erotico enteada brincadogata da noite usuaria contos eroticoscontos erotico de mulhere que trairao seus maridosSexo com Beto Papakuporno vi minha esposa dando pra outro mais fpi sem quereCont erot virgemmae e filho porno em quadrinhoporno gay transando grudadinhos na camacontos eróticospai e filha hantai mulher do cornomeu amigo funkeiro conto gaybombiei ate ela gozar pornoConto erotico ninfetinhaquadrinho porno mae e filhoconto tia depilandoconto erotico de casadaconto erotico sentou no fuzilA amiga da minha filha cheira minhA cueca contoeroticiconto erótico ai mamãeVovo especial do pau grande contosgostosa d shortinho arumando a cozinhacontos eroticos gay eu limpando pal sujo de sebonovos contos eroticos de pastoresconto erotico capo de fuscaContos fudendo com professor coroa gordo dlcnegao pega a mulher a forca ela nao aguada e mija pornocontos eroticos estupro de novinho gays com os colegas da escolaasbucetudaobucetamarleneincestoquatrinho porno amigo do filhoporno quadrinhosconto erotico amando meu amantehistoria em quadrinho mundo erotico gaycunhadinha linda gostosa me dando o cuzinho e gritando de dor e tezaoconto erotico medica no salao de dancacunhado me comeu contocontos eroticos.inquilino fudendo a vizinha coroa safada casada no banheiroacomi minha cachorra bace zoofiliacontos gay virei mulher hormoniopedindo pru amante gosar denntrro ds busetaContos eroticos minha mulher traz porra para mimconto erotico a crente estuprada contos comi o cuzinho da minha irmãzinhacontos eróticos gay entre colegas da escoladei pro meu irmao mais velho a forca gaycontos eróticos fudendo afilhadinhas novissímas a troco de presentinhoscantos eroticos so casado mais dou meu cuzaoputinhodecuritibacontos eróticos com fotoscom o dedo no meu cu contoContos eróticos picantes de gays com fotos ilustrativascontos eróticos publicados perdi a virgindade com meu padrastocontos erodicos de zoofilia da tia e as sobrinhas e seus cachorrosperdi as preguinhas do cu quando era pequenaconto viado corno putaConto de Incesto por vingançapique esconde com uma branquela gostosa conto erorticominha esposa aviou dois gajos..conto tugacontos eroticos reais dividindo o quartode hotelgrelo lindocotoerodico de cornocomeram e arregacaram a buceta da minha namorada contocunhadinha sempre grita no analconto erotico com gosto dechupaconto erotico comi o filho do meu amigoComi.a cunhada na marra contoscontos erótico com fotos a bunda da costureiracontos eroticos incesto com fotos pag 50irmao nem exita em foder buceta da irma dormindocdcris2015contos erotico tia mae e filho casetudo comedor pausudoa so de sungaFreira quadrinho rabaoporno onibos lotado casada e agarrada por outro na cara do cornocontos reais punheta gozadasconto como tornei escravo do patraoque novinha safada contoေအာစာအုပ္minha Mae Rabuda de Calcinhaconto esposa paquerando outrocontos eroticos bato na cara de vadia e arrombo buceta sou selvagem