Meu marinheiro tesudo!

Click to this video!


Relebrando um encontro acontecido em novembro de 2015. Ainda hoje relembro com saudades.

Eu administro alguns grupos pela internet...e através deles conheci uma pessoa por nome de Fernando. Ele sempre muito solícito, gentil, postagens maravilhosas. Nos identificamos imediatamente. Ele pediu a minha amizade e passamos a nos falar pelas redes sociais e skype. Conversa vai, conversa vem...acabamos adentrando no mundo erótico do sexo. E pasmem...ele surtou com as minhas loucuras e fantasias e eu com o tamanho do cacete dele! Rssss...sério! Ele é muito alto e mede 25 x 7....nunca vi algo parecido!! Ele trabalha singrando os mares...sempre penso que seja um “MARIA EM CADA PORTO’. Casado...pena! Mas, 24 anos mais novo que eu. Foi uma luta para eu aceitar essa amizade tão estranha. Eu com 66 anos e ele com 42. Vcs sabem que eu só gosto de homens muito mais velhos!! Foi um longo namoro virtual...com shows quentíssimos pela internet! Eu o conheci virtualmente em janeiro de 2015 e em novembro do mesmo ano, após uma viagem do seu navio ao nordeste, foi uma oportunidade de ouro para nos conhecermos pessoalmente. Ele mora de um lado do Brasil e eu do outro!! Mas, finalmente tivemos uma oportunidade de ouro. Nos encontramos em Recife...e o primeiro encontro foi simplesmente fascinante. Eu já o conhecia por fotos e cam...nos falávamos diáriamente! Então não foi surpresa vê-lo...nossa, que felicidade! Meu coração batia tão descompassado que parecia um tambor fora do ritmo. Ele me deu um abraço tão apertado, me senti tão querida! O abracei forte também!! Sentamos em uma mesa no jardim da pousada e ficamos bebericando uma cerveja. Ele me olhando e eu olhando ele...nossa! Nossos olhos faiscavam de tanto tesão!! Ele passavam o dedo pela minha coxa e eu me arrepiava toda. Como a pousada era à beira mar, eu estava vestida de roupa de banho....ainda uso biquine. E ele falou...- estou de pau duro!! E eu disse...- vc vive de pau duro!! Fiquei um pouco apreensiva, pois alguém poderia perceber os nossos afagos. Não vou mentir...estava morrendo de vergonha por ser bem mais velha que ele. E ele nem aí...me deixou bem à vontade. Fomos para o quarto aonde eu estava hospedada e nem fechamos a porta direito...roupas foram arrancadas, beijos loucamente lascivos foram dados. Me senti uma menina de 20 anos na sua primeira transa! Que loucura sentar em cima daquele mastro duríssimo!!! Me encheu, me completou...acabou comigo. Cavalguei frenéticamente...e logo gozamos! E seu pau continuava duro...beijos loucos...linguas enroscadas numa união de lascívia. Segurei aquele membro enorme com as duas mãos, e mal conseguia abarcar...coloquei na minha boca... e era tão grande que doeu o meu maxilar!! Ele sugou os meus seios com cuidado e maestria...me levava as nuvens. Colocou o bico entre os dentes e apertou, mordiscando de leve. Voltei de novo a chupar seu pau...- que boquinha gulosa e gostosa vc tem, ele disse. E eu chupando, sugando até que litros de gala inundaram a minha boca...ele colocou o dedo na minha boca e passou a gala no meu rosto. Ele sabia dessa minha mania...eu dizia que era a minha fonte da juventude. E após isso...ele mesmo lambeu o meu rosto e eu engoli o resto. Fomos ao banheiro tomar um banho e ao sair me enxuguei e vesti uma calcinha...ele falou: - quem mandou vestir calcinha?? E riu...e eu respondi... – não seja por isso e o pau dele já estava duro de novo! – Agora vou comer o seu cú, sua safada! Vc passou meses me dizendo que me agüentaria...agora eu quero ver! Me colocou de quatro em cima da cama, passou gel no meu cu e na pomba dele...e arregaçou o meu cú. Nunca senti tanta dor....pois não conseguia relaxar. Depois que a cabeça entrou, ele parou e ficou olhando para mim “deliciado”... – finalmente, estou comendo um cú! Que delícia!! Pensem, era a primeira vez que ele enrabava alguém. Disse-me que nenhuma mulher o agüentava. Mas, era o meu sonho! Ser comida por um cacetão daquele!! Então tive de agüentar...já tive outras experiências anais, mas com pau bem menores!! Lentamente, ele começou a socar minha bunda. Consegui relaxar finalmente...mas a pressão daquela batida na minha bunda começou a crescer, com o aumento do nosso tesão. Ele agarrou os meus cabelos como se agarrava a crina de uma égua...e começou a falar palavras desconexas. – Finalmente, sua puta estou te comendo! Minha quenga gostosa...meu rabão lindo! A pressão no meu cú era tão grande, que eu achava que ia me acabar em merda! Pá pá pá...a batida das bolas dele no meu cú e eu gritando...- para...para...eu vou morrer. – Morre não sua cadela, não era isso o que vc queria?? Agora agüente!! Eu tinha certeza que ele iria destruir útero, ovários pois eu sentia aquele pau me enchendo toda!! Eu gritava e ele berrava...até que gozamos juntos! Oh homem prá ter gala...eu sentia os jatos quentes batendo no meu útero...nossa, ele caiu exausto em cima de mim. Ele um homem enorme de 1,96 e 118 ks...eu uma baixinha de 1,58. Eita! Vcs imaginem...meu cu expelia jatos de gala...estava literalmente arrombada!! Foi a melhor tarde da minha vida....passamos quatro horas trepanbdo direto sem parar. Oh tesão doido!!...Passamos quatro dias juntos, só durante o dia. Pois a noite ele tinha que dormir no navio. Resultado: Ficou me comendo só pelo cú...porque a xoxota ficou em “carne viva”...nunca mais nos encontramos, pois o navio dele não viaja pelo nordeste, aquela foi uma rara exceção. Presente dos deuses!! Ainda hoje nos comunicamos, pela internet. Quem sabe aparece outra viajem para os meus lados??!!


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 18/01/2017

gostei

foto perfil usuario cadima1

cadima1 Comentou em 23/12/2016

Gostei do conto só falta mesmo as fotos




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


94571 - Sonho realizado - Categoria: Incesto - Votos: 17
94572 - O avô da professora - Categoria: Incesto - Votos: 11
94606 - Meu paciente - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
94607 - O idoso da casa vizinha - Categoria: Coroas - Votos: 10
94626 - Idoso pausudo - Categoria: Incesto - Votos: 11
94670 - O sargento - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
94720 - O capataz - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
94770 - Paulo meu enteado - Categoria: Incesto - Votos: 16
95012 - Lembranças do meu avô - Categoria: Incesto - Votos: 14
95027 - Diana - Categoria: Travesti - Votos: 15
95606 - Mário - Categoria: Incesto - Votos: 2
95657 - Nina e o avô da minha amiga - Categoria: Incesto - Votos: 21
95707 - Meu tesudo! - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
95917 - Continuação do conto O MÁRIO... - Categoria: Gays - Votos: 3
95966 - Cont. do AVÔ DA PROFESSORA II - Categoria: Incesto - Votos: 11
96012 - Meu sonho virando realidade... - Categoria: Gays - Votos: 7

Ficha do conto

Foto Perfil coroapraiana
coroapraiana

Nome do conto:
Meu marinheiro tesudo!

Codigo do conto:
94621

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
22/12/2016

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eroticos como fode a ben novinhacontos eroticos papai e seu amigoquadrinhos de incestosfrancinecross crossdressconto erótico de gordinha cavalaconto erotico perdi mulher em jogoContos eroticos fui arrombada por um poliçialcontos eroticos incesto com fotos pag 50Conto de mulhe minha esposa e o caminhoneiromae do amigo porno quadrinhosFts de bucetas grandes fazendo volume no shortsurrou a esposa conto eróticoconto erótico com fotos dei o cuzinho pro meu filhoporno guaxinim putinha libera pro tio safadaofilhaputacontocontos eroticos gay viajando com meu cunhadoconto erótico dedo melado grelo melConto erótico interacial tema pedreirovideo sexo minha esposa com negao pintor me traindopica zooxxxvideothiago tirou foto do pau duroengravidando puta de corno contoConto reas rasgaran ucuzinho virgem da minha mulher na minha frentepunheteirahentalcontos eróticos meu sobrinho acabou com as pregas do meu c******Conto eroticos papakucaralhos duro e babandosexo gay negro roupão fazendo novinho gemer nerdesposa com amigo de corno no banheiro xhamaterfilhaputacontoajudado pela esposa,cunhado pauzudo fode a sogra,contos e relatos eroticosconto erotico homem faninto Contos eroticos com fotos de podolatria chupando pes na academiacontos eroticos de incestos com padrasto cacetudoscontos erotico fui obrigada atransa ate com cachorovideo porno tio arromba o cuzinho do subrinho com muita força ele pede para pararMinha tia bebada conto eroticominha namorada me traio com meu tiocontos pornôs tiazinha boazinhafoto do cuzinhodaminha filhaConto erotico gay a minhoca do vizinhocontos erotico de estradaarregaçando conto heteroConto erotico de ménina 12 mostrando a bucetinhamassagem cariciosaConto de tia metedeiracontos eroticos em ônibushistorias em quatrinhos eroticos legal pra lerconto erotico com padreputinhodecuritibaconto erotico consoloDei o cu pornoconto erotico sou fisioterapeuta e dei pro meu clientecontos_gozei na hora que papai meteu sua pica grossaincesto porno/mamae no quintal estendendo roupacostume de comer parente conto eroticaperdi as preguinhas do cu quando era pequenacontos corno leva blac cocks monster pra casaa minha cunhada e o cavalaoContos erotico corintiano enteado como empregadacontos veridico menino bem dotado conseguiu fode a professora casadaso gostosa de shortinho socadocontos veridico mulher casada fode com um deficienteconto erotico de tanto ciumes meu irmao me fudeomilftooncontos eroticos policialrelatos eroticos incentivei meu marido a fuder gostoso nossa filhacoroa cuzinho academia conto eroticoconto mama no grelinho dessa vadiazinhaconto erotico com a minha maeContos eroticos dei a buceta no barracoCONTOS EROTICO CHANTAGEANDOvídeo ksaliniciantecontos eróticos gay festa faculdadecomendo a bucetinha da lucinha e o cuzinho da ritinha contos eroticoscontos eroticos casal bi enpaladotrepada travecocontos erotico dividindo a esposaporn amador pau 22 cmultimos conto sadocontos de um corninho safadogozou na minha garganta contocontoserotico cunhado malandro xcunhada timida