Encoxando a mãe do meu amigo - parte 2


Click to Download this video!


Caros leitores, essa é uma continuação do conto anterior e resgatando algumas informações falarei um pouco de dona Rita:

Como posso descrever dona Rita? Se não me falhe a memória ela era uma mulher de pele branca parda, cabelos castanhos lisos caído nas costas e com franjinha na testa, corpo cheinho, não era gorda e nem magra mas tinha tudo na medida, seios médios, coxas grossas e bunda gostosa. Quando ela usava shortinho para ficar em casa, ela gostava de usar uma coisa que me atraía muito e que acho muito sensual numa mulher que tem coxas grossas e usa shortinho curto exibindo-as, ela usava uma correntinha no tornozelo isso é muito sensual pra mim.

No conto anterior foi relatado que dona Rita, mãe do Juninho" em uma brincadeira inocente me ensinou a encoxar, mas Juninho já tinha esse privilégio há muito tempo com sua mãe. Em uma manhã de domingo dona Rita, Juninho e uma amiga dela foram à praia e ela como gostava muito de mim me chamou junto pedindo consentimento a minha família já que dona Rita era vizinha e muito bem vista como uma mulher séria.

Ao tomar o ônibus, dona Rita estava usando um maiô de cor roxa e um shortinho curto jeans desfiado, o mesmo que ela usou quando pinduramos em suas coxas e um chapéu feminino. Durante a viagem de ônibus seu filho estava sentando no colo de sua mão já encoxando-a na coxa dela e ela sabia disso e disse baixinho no ouvido dele: -Se comporte hoje! Viu?

E eu sentei no colo da amiga dela que era uma mulata que estava também estava usando maiô e uma bermudinha pequena. Só de ver o Juninho encoxando no colo dela, eu já fiquei excitado.

Ao chegar na praia, dona Rita tira o short e nós dois vemos aquela visão do manjar dos deuses, aquele par de coxas que só vendo minha pintinha ficou logo durinha e eu fui mais safado corri em direção a ela agarrei sua coxa e pindurei gostoso e ela deixou mas depois disse: - pára com isso menino!

E eu continuando e o Juninho querendo também foi junto e ela conseguiu se soltar e correu da gente nos vaiando e ela disse: - você dois estão ficando tarados.

Foi a primeira vez que ouvir essa palavra "tarado" fomos pra água nos banhar e na água a amiga dela me botou nos braços dela suspenso em sua cintura e a dona Rita fez o mesmo com o Juninho e ali mesmo nos aproveitamos.

Nesses banho de mar, eu já estava excitado e tirei casquinha com amiga dela que também não era de se jogar fora e o juninho também com sua mãe depois queríamos trocar eu ia ficar com dona Rita e Juninho com a amiga dela e logo que eu subir nos braços de dona Rita eu estava com o pintinho ereto e tocou bem nos seios dela e ela notou e disse:

- Eita menino!

Aí ela se cansou e não quis mais. As duas deitaram nas espreguiçadeiras passaram protetor solar e ficaram lá. Quando eu vi as duas passando protetor, nossa! Que visão! Mas meu olhar se direcionava para dona Rita depois elas foram pra água e pediram para que não fossemos somente elas e elas se banharam e depois do banho elas voltaram e corremos em direção as duas e cada um agarrou uma perna da outra para encoxar. Foi o passeio todo nisso.

Já era início de tarde quando voltamos pra casa, eu e juninho fomos totalmente eretos e durante a volta o ônibus estava cheio lotado e ficamos em pé e não podíamos encoxar em nossas mulheres e quando chegamos em casa, dona Rita deu um recado bem ameaçador ao Juninho e a mim para nos fazer medo na intenção que devíamos párar com a orgia dizendo:

-Se vocês fazerem isso de novo não levo vocês de novo para passear e enquanto a você (comigo) vou tomar banho e quando eu voltar se você bater no meu quarto eu chamo a polícia para lhe prender!

Quando ela disse isso eu fiquei cheio de tesão porque o medo que ela me fez em chamar a polícia era para se temer mesmo porque naquela época polícia de tinha fama de ser violenta e bater nas pessoas e eu fiquei com medo e ao mesmo tempo ousado e quando ela voltou do banho enrolada na toalha ela foi para seu quarto e se trancou e voltou toda cheirosa e gostosa usando um outro shortinho de um tecido maleável e uma blusa decotada só que imediatamente tanto eu como o Juninho corremos em direção a ela e agarramos de a encoxamos ignorando o tom de ameaça dela e ela deixou.

Hoje eu penso comigo mesmo que toda mulher das coxas grossas eu quero encoxar ou pindurar mesmo antes de comer sua buceta e fazer um anal que é mais difícil e nem toda mulher permite a não ser que seja uma ocasião especial e também com um homem especial.

Essa fantasia só envolve encoxada que é o meu principal feitiche e recomento a todo casal que o prazer é o mesmo e é muito bom, saudável e anti-concepcional (não engravida ou nem se contamina).

Confesso que nunca mais vi dona Rita desde que ela saiu de Maceió e se mudou para São Paulo com o Juninho em janeiro de 1993. sentir falta de meu amigo e nunca esqueço aquele mulherão da mãe dele que me iniciou e me transformou no homem que sou carinhoso com as mulheres. Hoje, dona Rita deve ser uma senhora e o Juninho um homem que pode está casado, com filhos e encoxando sua mulher.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


92797 - Encoxando a madrasta - Categoria: Incesto - Votos: 3
92879 - 1ª Encoxada da vida - Encoxando a mãe do meu amigo - Categoria: Incesto - Votos: 5
93205 - Conheci uma Daniela - Categoria: Heterosexual - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil brunnomaximus
brunnomaximus

Nome do conto:
Encoxando a mãe do meu amigo - parte 2

Codigo do conto:
92922

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
08/12/2016

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


sissy conto eroticominha namorada contoabusaramcontos eroticos o filho e a filha do pastorcontos eroticos sou gordinha e me exibo sem calcinhaContos erotico orgia no meu cucontos eroticos de pezinho dormindoroupas para putas exibicionistas irem jantarconto erótico por ligaçaonegros dotados tarados por cu me foderao contos gaycontos de encestos no metrowww.contoerotico.com/conto/381/443071/a-putinha-do-papai.htmlporno conto erotico de mãe meu filho me fode e eu fijo dormircontos de Vizinhas que Adoram analcontos eroticos de mulheres que trai o marido cm o melhor amigo do pausadoConto erótico vizinha separouFotos sexo vovo novinhasconto erotico orgiano meio da minha bundinha contos eróticoscontos eróticos a professora submissa[email protected]vídeos sexo homem fode gay e bate bulheta nele levantando gay nos braçosputonanocioadoro contos anaiscontos cdzinhasdominando com hipnose tesudaamamentando o eletricista contosPapai fudeu meu cuzinho virgem sem do conto hentaimulher metendo roludo na frente batidocontos eroticos vovo gays dado cu para cavaloscontos:pênis do meu filho endurececasada safada dupla contovelha leve garato novinho pra casa fodertia fazendo limpeza na cozinha pelada sobrinho bate punhetax men porno quadrinhosconto erotico com meninascontos veridico de incesto meu marido nao sabe que eu realizei minha fantasia fodi com meu irmao bem dotadoinicio de uma fantasia conto eróticoConto erotico quando eu era pequena mamae fazia eu pega no pinto do meu paiconto erotico gay bundodovideos sexo incesto filha desfila nua pela casa enquanto pai a olha ate nao aguenta mais de tezao e fude elacontos herptico u grafitanosso iquilino viu a calcinha da minha esposa calcinha contos eroticoconto erótico gay rei jek conto interessantequadrinho porno sograContos eroticos gordas e fudidatransei com minha irmaContos eroticos gay no martodei tanto minhA buceta no carnaVaL q to toda ardidacontos eroticos meu vizinho chupava minha bucetinha entroca me dava bombonsminha cunhada me de moral na feata dela e ela me deu sua bucetaconto erotico fazenda casada veterinariaContos eu trai minha mae com meu paifotonovelas pornos quadrinhoscontos eroticos suruba das cinquentonasconto eroticohomem chupando pau de travesticontos de corno triangulo amoroso de minha esposasexocomsogradormindocantores sertanejo tocando punheta nos showscontos erótico minha cunhada e minha sogra pelo minha p***Quadradinho erotico conto 2006 fui trair meu marido e chorei arependida o cara comeumeu cuconto erotico pastorcontos eróticos meu avô cuidou muito bem de mimanythingquadradinho de erotico bom de lercontos incesto mae galinhas e filhosContoeroticosacanagemfamiliaconto viado corno putaFotos bucetinha apertadinha sendo arrobada com picaosexo e vovacontos eroticos gosto de dar pra estranhoscontos eroticos gozada e fala no telefonefotos esposa putaGATA KERENDO FODER RAPIDOquadrinho porno de pokemon