Tia safada 2


Click to Download this video!


Este fim de semana estive novamente na casa de minha mãe, e como disse no primeiro conto minha tia Lurdes mora em uma casa que faz funfos com a casa de minha mãe, na manhã de domingo eu estava na varanda da casa vendo meu zap e minha esposa havia saído para ir ao mercado, então o interfone toca era minha tia Lurdes, ela entra na casa e logo que me vê percebo que os bicos de seus seios ficam um pouco rígidos, ao cumprimentá-la faço questão de abraçar forte para sentir seus seios em mim, e percebo que ela retribui, pois, também me aperta, ela e minha mãe começam conversar sobre o almoço e eu saio e vou até a cozinha mas contínuo ouvindo a conversa delas, quando ouço minha tia dizendo por duas vezes em tom baixo para minha mãe "nossa que carrocho pintudo" e ela continua: nossa que vontade de sentir um pinto desse no cú, e logo em seguida as duas caíram na risada. Sei que minha tia é uma safada, mas não sabia que ela tinha esta intimidade com minha mãe, ao ouvir isso minha imaginação foi a mil, porque sempre tive curiosidade sobre o assunto "zoo", e então me levanto e vou até a varanda e vejo o cachorro de minha mãe grudado na perna de tia Lurdes fazendo aqueles movimentos de cachorro viciado, quando elas me viram ficou um silêncio só, e minha tia estava tentando tirar o cachorro, até que por fim ele saiu, minha tia ficou toda vermelha e envergonhada, mas como eu já a conheço um pouco pude perceber que ela gostou porque seus seios pareciam que iriam furar a blusinha de seda que ela usava, realmente minha tia é muito gostosa, seu corpo dá de "10" em muita garotinha, meu pau já estava duro e minha tia percebeu olhando para meu pau e dando um sorrisinho, realmente ela é fogosa e safada e eu fico louco para comê-la. Depois ela foi se despedindo de minha mãe dizendo que já iria embora, minha mãe estava ocupada fazendo algumas coisas para o almoço e por isso quem a acompanhou até a porta fui eu, não podia perder a oportunidade de ficar sozinho com ela um pouco por isso quando fui me despedir dela a abracei e dei uma passada de mão bem gostosa em sua bunda, ele tentou tirar mas sorriu bem safada para mim.
O almoço foi na casa de minha mãe, estavam alguns parentes reunidos, e minha tia e meu tio estavam entre eles, quando terminou o almoço e as mulheres foram para a cozinha pude perceber ainda mais o quanto minha tia era gostosa, quando terminaram de lavar as louças fomos todos para sala onde ficamos conversando, alguns ficaram assistindo um filme e outros conversando, aproveitei e vi que minha tia estava olhando em seu celular e aproveitei e peguei o meu também e mandei um zap para ela dizendo que estava louco de vontade de ver aquele corpão novamente, ela me respondeu dizendo que iria estar sozinha em casa na segunda-feira que se eu quisesse poderia dar uma passada lá.
Na noite de domingo quando eu já estava em casa com minha esposa não conseguia tirar minha tia da cabeça e o quanto ela era safada lembrava da conversa dela com minha mãe falando do cachorro e a vontade que ela estava de sentir um pau naquela bundona gostosa, quando fui dormir dei uma bela de uma metida com minha esposa, chupei muito sua boceta, fiz ela gozar em minha boca, chupei todo seu melzinho, e meti como louco em sua bocetinha gostosa, quando gozei limpei toda sua bocetinha em um beijo bem gostoso e a safada gozou novamente, nos beijamos como sempre fazemos, minha esposa também gosta de sentir aquele gosto de sexo na boca dos nossos líquidos misturados, só não comi seu cuzinho porque ela disse que já não aguentava mais e estava cansada.
Quando foi na segunda-feira passei um zap para tia Lurdes perguntando se poderia ir lá na hora do almoço, ela disse que sim, que estava sozinha, liguei para minha esposa e disse que iria ter que almoçar na empresa, fui direto para casa de titia, ela já havia deixado o porão aberto, quando a encontrei na sala com um vestido "tomara que caia" cor rosa, de comprimento um pouco para cima dos joelhos, mas bem apertado marcava seu corpo, pude perceber que ela não estava usando sutiã, os bicos de seus seios estavam rígidos, fui logo beijando-a e passando a mão naquele corpo, ela tentava me fazer parar e dizia se eu era louco, que eu era safado, mas ela ao mesmo tempo que resistia em palavras pegava meu pinto já duro como pedra e enfiava a mão por dentro de minhas calças, coloquei minha mão em sua calcinha e pude perceber o quão estava molhada, comecei a chupar seus peitos, e ela já estava me punhetando, meu pau já estava todo para fora, ela passava a mão na cabeça do meu pinto que já soltava aquele líquido ficando todo melecado, a boceta de titia parecia que pingava de tanto tesão, foi quando passei os dedos naquela gruta molhada e passei em minha boca para sentir aquele melzinho doce, foi quando ela disse : você gosta de uma boceta melecada safado; só consegui fazer movimentos de sim com a cabeça, tiramos a roupa e fomos para sua cama, sentei na beirada da cama e titia veio e se sentou em meu colo, colocou meu pinto em sua gruta, percebi meu pau entrado cada centímetro, titia virara os olhos enquanto meu pau entrava, ela sentia meu pinto preenchendo ela e começou a fazer movimentos lentos, ela se esfregava fazendo meu pinto entrar e sair, eu podia também sentir seu grelinho se esfregando em mim, sua boceta escorria melzinho e eu podia sentir sua gruta molhada, e então sem eu pedir titia abocanhou meu pau todo melecado de seu melzinho e o limpou, sentou novamente em meu pau voltando a meter, e vinha e me puxava para beijar-lhe e sentir nossos líquidos, que gostoso fazer isso, ela repetiu isto umas três vezes e eu adorava, isso era o êxtase para mim, que mulher gostosa é titia, e então ela anunciou seu gozo, ela metia com força e violência, meu pinto entrava e saia de sua gruta toda molhada e fazia barulhos, o cheiro de sexo estava naquele quarto, titia gemia, gemia alto, sua boceta apertava meu pinto, eu podia sentir sua boceta quente e molhada, parecia até que titia gozava como homem, porque sua gruta latejava e eu sentia seu gozo quente em meu pau, até que ela diminuiu os movimentos mas não parou, continuou a meter, e novamente abocanhou meu pinto, limpou ele todo com a boca, havia melzinho até na altura da minha cintura e ela lambeu tudo, mandei que ela se deitasse de barriga para cima porque queria chupar aquela gruta, comecei a chupá-la que delícia titia era doce, nunca havia sentido algo assim, enfiei dois dedos em sua boceta e chupava seu grelinho, depois continuei só que coloquei um dedo seu seu cuzinho, percebi que ela começou a rebolar, então com uma mão coloquei três dedos em sua bocetinha e com a outra mão coloquei dois dedos em seu cuzinho e continuei chupando aquele grelo que estava duro, titia rebolava e apertava minha cabeça contra ela, a gruta de titia escorria e eu não perdia uma gota daquele mel, titia começou a falar baixo mais eu não entendia, estava perdido no meio de suas pernas, foi quando ouvi ela dizer que queria que eu comece seu cú, não perdi tempo verei-a de costas e comecei a penetrá-la de quatro, fui colocando devagar em sua bunda até sentir que meu pau fosse até o fim, e então comecei com leves bombadas, titia era apertadinha, mas ela não reclamou sequer um minuto, pelo contrário ela forçava seu corpo para trás, ela realmente queria foder no cú, comecei a bombar com força e titia também dizia para meter com força e arrombá-la, para comer aquele cú, ela passava a mão em seu clítoris e de vez em quando pegava em minhas bolas, titia gemia e empurrava seu corpo para trás com força me ajudando a bombar, até que ela se deitou mas eu continuei em cima dela bombando com força aquele cú, titia contraia a bunda e eu podia sentir no meu pau o seu cú me apertando, percebia que ela estava louca para gozar, que ela estava gostando muito de me dar sua bunda gostosa, e aquilo era um prêmio para mim, então aumentei a velocidade de minhas bombadas, eu já metia de uma forma incontrolável, puxava seus cabelos e queria que ela gozasse, não demorou muito e ela começou a falar meio abafado no travesseiro que estava gozando pelo cú, que era para eu arrombá-la, para meter com força, para não parar, que era para meter sem parar, ela erguia sua bunda e meu pinto entrava todo inteirinho naquele cú, não aguentei e comecei a gozar também, já estávamos suados, gozei muito no cú de titia, foram pelo menos uns sete jatos de porra naquela bunda gostosa, meu pinto entrava e saia todo melecado de porra, começou a escorrer em suas pernas, enchi a bundinha de titia com meu sêmen, ela dizia que podia sentir os jatos de minha porra em sua bunda, que podia sentir dentro dela, que era para mim comer sempre aquele cú, que ela gostava de dar o rabo, que aquilo era gostoso, ficamos ali deitados um do lado do outro, titia estava de lado cansada, sua bunda escorria meu sêmen, estávamos cansados mas satisfeitos, nos beijamos um pouco, quando meu celular desperta, já era 13h00min. tinha voltar ao trabalho, me troco, vou ao banheiro, me despeço de titia e ela novamente me repreende mas dessa vez com um sorriso no rosto dizendo "anda logo safado se não vai se atrasar".
Beijos titia, quero te ver logo.
Foto 1 do Conto erotico: Tia safada 2

Foto 2 do Conto erotico: Tia safada 2

Foto 3 do Conto erotico: Tia safada 2

Foto 4 do Conto erotico: Tia safada 2

Foto 5 do Conto erotico: Tia safada 2


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario voyspmen

voyspmen Comentou em 07/11/2016

humm, q delicia, se as fotos for de sua titia, vc está bem, heim

foto perfil usuario drkarinhoso

drkarinhoso Comentou em 07/11/2016

Porra meu amigo que tia gostosa e safada, fala pra ela que ia adorar deixar todo meu leite na boca dela, depois de mamar muito gostoso esses seios deliciosos

foto perfil usuario coroa70

coroa70 Comentou em 30/10/2016

Que delicia de tia deixa eu comer o cusinho dela .votei

foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 27/10/2016

Coroa rabuda e gostosa! Lamberia essa porra de seu corpo! Betto




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


90775 - Tia Carente - Categoria: Incesto - Votos: 11
91536 - Titia boqueteira e com fetiche em zoo - Categoria: Incesto - Votos: 11
96433 - Realizando o Desejo de Titia - Categoria: Zoofilia - Votos: 8
96870 - Minha tia minha é uma cadela - Categoria: Zoofilia - Votos: 3
97795 - Esfregando meu pau na sogra - Categoria: Incesto - Votos: 6

Ficha do conto

Foto Perfil edsonfernandopolis
edsonfernandopolis

Nome do conto:
Tia safada 2

Codigo do conto:
91067

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
26/10/2016

Quant.de Votos:
13

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


ultimos contos sadofui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticosConto porno desdi pequena pai e mae me comeenfiando a pika na priminha da 8 aninhos contos eroticoscontos eroticos icestos tia de saiacontos eroticos cunhada encinano a fazer chucamulher gosta de fuder com gigante igozacontos eroticos cara jovem pediu coroa casada p fazer massagem em seus pesconto erotico corno virtual comi a mulher do meu amigo no meu aniversário no banhero ela mi deu o presenteContos de incestos recentes em 2017conto gay urologistaeu e minha esposa adoramos chupar uma piroca juntos com minha enteadacomendo calcinha vizinhacontos de incesto estava com medo da chuva e dormir com a mamãeContoeroticoprofessoras putasMinha colega era virgem na casa de praia conto eroticotetas sendo mamadas lactofiliacontosincesto gay pai gozandona boca do filhocontos cd porno climaxminha vizinha safada casada heleniceconto erotico femdom traiçaocontos eroticos icesto de estrupocontos de scatchupando a buceta da esposa do meu irmao contosquadrinho erotico sendo arombadacontos eróticos novos de incesto. a pica do meu filhowww.contos+filho+pega+mãe+calvacando+na+rola+pai.com.brbucetinha da d8 lro adotafcontos eroticos como deixei meu filho me comerCavalguei no pau da Samantha travesti e gostei contoshistorias eroticas de tritãocontos heroticostravestiesposa de mini biquini no churrascoconto erotico a costureiraContos de ninfetas sem calcinhaMorena bunduda peituda de calça legging gemendo muitoContos eroticos tia em surub familiaxxvideo morenahfilho tarado contoBombado pauzudo conto gayconto erotico filho fode maeboy sex xxxi futoconto erotico fui encoxada no onibuscontos gay arrombado pelo paicontos eróticos corno mansocontos heroticos cornos inversão de papéis explícitoscatvedeocomi o cu garoto contocontos erroticos de incertos filha amante pai 2017 ltimos conto incesto o desabafo de uma mae capitulo 21pai xoxota da mae e doce contos eroticosencoxei e empurreicontos eróticos novinha aí meu cuzinho tá rasgando seu pau é muito grossosubmissa no sexoConto eroticos de sogra presenteia genro com uma punhetacontos eroticos tio sobrinhazinhasvizinha chantagem anal contoconto da casas do contos lesbica de orgia na colegio de mocas sexo anal lesbic com cosolo de cintaclimax conto eroticocontos errotico porno gay com fotos com dentista contos eroticos colega de quarto vira femea gayConto eroticos papakucontos meu.tio roludo doeu pediu arregoconto erotico porno 15 estrupadaconto erotico incistindo fudendo tiapunheta gordovoce e meu tio nao posso dar a bucetacontos eroticos enteado chantageando madrastaEngravidando pornôO medico assistente hentaicontos erótico com fotos a bunda da costureirasexo a três conto safadocontos eroticos de incestos em bh mgfotos da minha esposa cavalona puta querendo provocarconto erotico colocontos eroticos tio com sobrinha virgemcontos eróticos afilhadaEu e papai conto eroticocontos gays-dando meu cusinho a meu pai pela primeira vez/ a saga