Game Over


Click to Download this video!


Sara uma mulher linda com seus 20 anos, casa dom Jairo de 30, eles moravam na parte de cima da casa dos pais de Sara, mulher gostosa, adorava fazer academia como seu pai, que era musculoso, sua mãe que por sinal era tão relaxada e preguiçosa quando o marido de sara, pareciam até que eram casais diferente para seus padrões.

O começo do casamento foi bom para Sara, pois Jairo era dedicado e dava a atenção que ela queria, mas depois de cinco anos de casamento as coisas mudaram, Jairo se aprofundou nos gemas on line, passava horas jogando e esqueceu de sua linda e gostosa mulher, seu tempo era só trabalho, comida, jogo e cama, Sara sempre fiel ao seu marido pois respeitava mesmo com seu vicio, mas naquele verão algumas coisas começaram a mudar, Sara era deficiente auditiva, portanto surda.

Certo dia, o Paulo, sogro de Jairo e pai de Sara, subiu para ir chamar a filha para academia, pois os dois freqüentavam juntos, o calor estava forte, mas Jairo estava vidrado no jogo na sala com ar condicionado ligado, como sempre nem dava atenção aos que chegavam, e quando seu Paulo entro na casa, perguntando pela filha, ele apenas apontou para o quarto direcionando o dedo para trás indicando o local, quando Paulo entrou no quarto pode ver a filha quase pelada, ela meio sem graça cobriu os seios que estavam livres, mas foi o que pode esconder, a calcinha fio dental não escondeu quase nada, ele pediu desculpa, disse que estava na hora de ir para academia, com o pau começando a endurecer, ele rapidamente foi para sala ficar sentado no sofá e esperar.

Depois desse dia, seu Paul o que era tarado por mulher e adorava um sexo, não pode resistir a tentação de começar a sentir prazer pela filha, antes ele a respeitava, mas depois daquele dia, começou a sentir atração por ela, e essas ocorrências foram ficando cada vez mais freqüente, por varias vezes pegando a filha só de calcinha, as vezes de toalha, uma vez ele quase viu a buceta dela, quando ia entrando no quarto e ela estava de quatro na cama, mas bem no momento que ele entrou ela havia mudado de posição, Sara adorava o fato de alguém ainda adminirá-la dentro de casa alem dos homens da rua e da academia.

Ate que dois meses depois a coisa ficou ainda mais quente, era Fevereiro mês e carnaval, e Jairo havia ganhado uma passagem para participar de um campeonato de jogo on line, ele foi todo feliz, e mau deu atenção a sua esposa, na primeira semana, Paulo o pai de Sara, começou a freqüentar mais vezes a casa de Sara, para ver se precisava de ajuda em casa, ela estava limpando a casa, e pediu para seu pai ajudar a lavar a louça que era pouca, sara foi passar pano no quarto, com aquelas calças de academia super colada, estava quase terminando de saindo de costas do quarto seu Paulo esbarrou na bunda de Sara, ele apenas abriu passagem pra ela, os dois sentiram um clima estranho começando por ali.

Outro dia aconteceu alto ainda mais inusitado que deixou Sara com fogo na buceta, o Banheiro da casa de seu pai estava em reforma, portanto ele ficou com o único acesso que tinha a casa de Sara, sua mãe havia saído para fazer compras de roupas, coisa de mulher, e geralmente só voltava a noite, Sara estava no trabalho, Paulo foi tomar banho na casa de Sara e como tinha certeza de que as duas não iria voltar cedo, resolveu tomar banho e não fechou a porta do banheiro, com todos os esbarrões que ele havia feito na sara, começou a pensar besteiras, e seu pau foi ficando duro, até que seus pensamentos perversos com a filha foram ficando mais forte, começou a imaginar ela naquela cama e ele a comendo de quatro, por instinto próprio, suas mãos começaram uma punheta nervosa, minutos depois Sara abre a porta com tudo e pega seu pai de pau duro no banheiro dela, os dois ali parados e travados, Paulo por não acredita que a filha voltara cedo pra casa, e Sara por ver aquele pau enorme do seu pai, lindo de cabeça lisa, brilhando, ela achava que os homens musculosos tinham paus pequenos, já que era os comentários das mulheres, mas em relação a seu pai ela se enganara, era um pausão e bem suculento, mas Sara estava muito apertada pra fazer xixi e como não havia opção, disse que iria fazer xixi, foram os minutos mais tenso da vida de Sara, ver seu pai tomando banho com pau duro ali do seu lado, enquanto Paulo sabendo que a filha tinha visto seu pau, não fez mais questão de esconder sua ereção, e ali de pau duro tomando banho, ele fechou os olhos e os pensamentos vieram ainda mais forte, seu pau pulsava enquanto sua filha não tirava os olhos dele, parecia hipnotizada por aquele pau, a dois meses praticamente sem uma boa foda, sua buceta começou a bater palmas chamando aquele pau, ficou difícil resistir aquela tentação ali do seu lado, ela saiu para tentar evitar o pior, quando seu pai abriu os olhos ela já havia saído do banheiro, depois desse dia, eles já não escondiam mais seus desejos, Paulo se tornou mais freqüente para ajudar a filha na casa, o primeiro mês ficou cada vez mais quente para os dois, pois os esbarrões se tornaram mais intencionais, ela começou a perde a vergonha quando certo dia, Ela deixou o computador ligado, e passando um vídeo pornô de sexo onde o homem metia com gosto no cuzinho da mulher enquanto com as mãos fazia sinal de enforcamento no pescoço dela, mas o vídeo estava sem áudio, Paulo subiu para chamar a filha para academia, e quando se deparou com o vídeo ficou alguns segundos olhando, seu pau ficando duro, ele acordou do transe e foi chamar a filha, ao entrar no quarto a porta do banheiro totalmente aberta, a cena foi contraria aquele dia, Sara se masturbando e seu pai a pegou em um momento de muito tesão, ela estava gozando de olhos fechados, paralisado com aquela cena, ele de pau duro, ficou em transe novamente, quando ela abriu os olhos viu seu pai ali, sentiu um pouco de vergonha por poucos segundos, depois a cena de seu pai de pau duro no banho naquele dia a fez perder a vergonha, e já nem fez questão, pois os esbarrões entre os dois havia deixado o clima quente demais para ficar com vergonha um do outro.

Ele voltou para sala para esperar a filha, e quando ela saiu do banho de toalha, ele perguntou se gostava de sexo anal, ela disse que nunca fez, e que ficou com muita curiosidade e vontade de fazer, ela perguntou ao seu pai se ele fazia anal com a mãe dela, Paulo respondeu que sim, mas que ela não gostava muito, pois reclamava do tamanho, Sara sorrindo, brincou com o pai, dizendo que não é toda mulher que vai agüentar um pausão daquele, Paulo ficou com o pau duro só de ver a filha falando com liberdade, ele disse que não era tão grande, ela disse que sim, ele insistiu que não, mas sabia que era e estava provocando a filha, ela então foi no quarto, pegou uma régua para medir, fechou a porta da sala, e disse para seu pai tirar o pau pra fora para fazer a medida, seu pai sabia que não teria mais volta, o tesão entre eles já estava plantado no corpo e na mente, ele ficou enrolando para tirar, e ela disse que não precisava ter vergonha pois já tinha visto o pau dele, Paulo sabia que seu pau estava muito duro com aquela situação, Sara segurou seu pau e fez a medida, mas ela muito safada que estava, arrumou desculpa falando que não estava totalmente duro para fazer a medida certa, então foi no quarto, e voltou com óleo comestível que tinha, colocou bastante lubrificando bem o pau de seu pai, e bateu uma punheta pra ele, a safada sabia que estava duro pra tirar a medida, mas fez isso só para poder tocar mais no pau do seu pai, a casa estava com o ar desligado e as coisas ficaram mais quente ainda, ela punhetou seu pai e depois colocou a régua, e viu que dava 22 cm de pura pica linda e suculenta, aquele cheiro de morango exalando estava deixando louca de tesão, seu pai disse que não estava duro totalmente entrando no joguinho dela para poder receber mais punheta, Sara já não conseguia mais resistir, e instintivamente começou a chupar o pau do seu pai, do saco até a cabeça do pau todinho, ele se contorcia de prazer, o tesão falava mais alto agora para os dois, puro sexo em suas mentes o fizeram esquecerem que eram pai e filha, apenas o sentimento de prazer era o ápice do momento, Sara chupou bastante e não resistindo com a buceta chamando, puxou o short do pai, jogou a toalha no chão e sentou naquela pica enorme, Paulo estava doido para fazer sentir tudo de uma vez, mas Sara queria experimentar cada centímetro, segurou aquela pica do seu pai, e desceu bem devagar como uma torturadora de prazeres, mas quando chegou no saco do pai, ele segurou forte em seus cabeços com uma mão, e com a outra chupou seus seios, e pescoço, Sara não podia mais controlar seu tesão, nem ela sabia que poderia agüentar toda aquela pica do seu pai dentro dela, e quando descobriu foi tesão puro, cavalgou feito uma viciada em pica, seu pai, louco de sexo, só pensava em chupar, e chupar, e chupar todo aqueles seios lindos, segurou forte em sua bunda, fazendo-a cavalgar ainda mais forte naquela pica, o tesão era tanto entre os dois, que não conseguiram segurar por muito tempo, tudo durou quase dez minutos, mas de puro tesão entre eles, foi a foda mais deliciosa dos dois, nem foram a academia nesse dia, como sabiam que Alice a mãe de Sara não voltaria tão cedo, pois quando ia para folia de carnaval, só voltava meia noite, fizeram questão se foderem varias vezes, Paulo comeu sua filha Sara na mesa, na pia, na cama, era tanta vontade de sexo, que Sara quase deu o cu para seu pai, mas resolveu deixar para outro dia, já que o sexo entre os dois era mutuo, certamente haveria mais vezes, o que não esperavam é que naquele primeiro dia, os dois fizeram tanto sexo louco, que sara havia esquecido de tomar o anticoncepcional, o resultado foi um misto de medo e felicidade, Sara porque queria ser mãe, e Paulo por ser Pai e de um filho com a própria filha, mas essa menina que veio a nascer seria fruto de um incesto e ninguém iria saber, pois Quando seu marido voltou do campeonato, ela pediu o divorcio, e meses depois disse que ele iria ser pai, ela conseguiu enrolar ele para ser pai de uma menina que não tinha sido feito com ele, mas sim com o próprio pai dela, Ele assumiu e pagou pensão, por sorte a menina nasceu com a cara de Sara, Paulo agora é pai e avo da própria filha, bem estranho isso, Paulo comeu Sara inúmeras vezes quando estava grávida, ele ficou ainda mais com tesão, pois ela ficou ainda mais gostosa e carnuda, Paulo tinha 40 anos, e se tornou pai avô muito babão, foi até um motivo a mais para poder foder com Sara mais vezes, pois ele era o homem das duas casas, sua mãe Alice só queria beber e engordar cada vez mais a ponto de ter preguiça de subir a casa da filha, o que Paulo fazia com freqüência, por uma buceta ainda melhor.

E assim é a vida de Sara, Paulo e Alice, e o Jairo, levou Game Over.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 06/10/2016

Sera que a filha neta ja esta no ponto?




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


60399 - Família Unida, Fode Unida - Categoria: Incesto - Votos: 17
60471 - O brinquedinho da NASA - Categoria: Incesto - Votos: 4
60473 - Whats App é fóda mesmo. - Categoria: Incesto - Votos: 10
64209 - Realizando Dois Dezejos - Categoria: Fantasias - Votos: 5
64211 - O Jogo ( FPS - First Person Shooter ) - Categoria: Incesto - Votos: 3
83281 - A Enteada - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
83494 - Papai Devasso "A Descoberta" - Categoria: Incesto - Votos: 14
83548 - Papai Devasso “Tentação” - Categoria: Incesto - Votos: 12
90029 - Cuidando Bem do Papai - Categoria: Incesto - Votos: 12
90080 - Mensagem Errada - Categoria: Incesto - Votos: 16
90638 - Doce Pecado (Indução) - Categoria: Incesto - Votos: 4
90991 - Culpa da Crise no Brasil - Categoria: Incesto - Votos: 6
90992 - Doce Pecado (Realização) - Categoria: Incesto - Votos: 3
92629 - Tentação foi culpa da Depressão. - Categoria: Incesto - Votos: 4
92696 - Brincadeira Gostosa - Categoria: Incesto - Votos: 4
120558 - Apostando Alto - Categoria: Incesto - Votos: 6
125319 - Minha Filha nos pegou fazendo Sexo. - Categoria: Incesto - Votos: 26

Ficha do conto

Foto Perfil superdevasso
superdevasso

Nome do conto:
Game Over

Codigo do conto:
90078

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
05/10/2016

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


www.contos eroticos filho caçula pauzudo come cu da mae viuvaconto de homens heteros entre homens heteros trazandohq forumdesexo.gratesconto zoofilia a gorda e o poneconto erótico bebadoporno contos chantagem a casadasTravesti inceto desde pequena Contosincesto contos eroticos gay chupei o cu de paiconto mamae flagaeu batendo umakomik hot ngentotmamadas seios coroas contosimagem frases liberdades por irmaolzinhosContoseroticosdeiocuconto erotico sexo oral namoradacontos eroticos no hotel com mamaecontos eroticos ambientados no nordesteFode meu cu sogro em contoscontos eroticos a cozinheiraPornomulher pebada q mexe muitocontos eroticos + punheta 2018hentai lucia e arthur quadrinho completocontos eroticos incesto. papai ahhhhh pai o que é isso?incesto quadrinhos irmaos virgensincest hentai comics meninas safadas do titio da roçaesposa tioo contoconto erotico metrohermafroditas conto eroticoconto erotico meu pradinho e muito picudocontos eróticos bolinando e fudendo com minha cunhadinha novinha novinha e virgem encinando ela fuder gostosowww,punheta2017,comconto erotico velho no onibusdeu na minha frente conto2017contos eroticos minha irmã é apaixonada por mimo padrasto tarado ver a enteada se depilando e que fazer sexosultimos contos sadoconto erotico de caralho do tamanho de um bracocontos mamadas coroasconto de cunhada peladinha no banheirocontos erotico coroacasado comendo onovinhoadoro ser dividida pelo meu macho contos eróticoContos meu cu mordia dois pal ao mesmo tempo no meu cuquadrinho herotico gaycontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãoporno gay dei o cu numa apostacontos em quadrinhos porno maes putas garotos roludosPorno contos mamaes iniciam incesto chupando bucetinhas de suas filhinhas e ensinando tudoconto erotico coroaConto podolatria gay, policialcontos heroticos gay meu tio de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosloucas posexo fotos lidascontos eróticos professora submissaquero ve coto erotico de menina bebe virgem que foi estruprada pelo homemcontoseroticosporno en quadrinho condo a mamaifilmes de pornô comendo as bucetas das reconhecidas na cabine eróticaultimos contos sadoconto erotico pivetes 2017conto incerto o dia em que peguei minha própria mãe transando com meu filhocontoeroticomininobucetudas dando explosao de gozadasgozando quentinho na buceta da maninhacontoeroticodfçizgi+film+porno noel babacontoeroticoquadrinhos de incesto ay papicontos comi minha mae e engravidei elacontos erotico sendo comida por travesticonto erotico gozada na bucetaconto erótico tia alaide conto anal irmasMeu vizinho veio trocar o gaz na minha casa e acabou me fidendoxvdeos o meubarastoconto erótico mamando no mendigogay novinhos relatam q da o cu doiwww conto erotico gay de irmao com irmao com brxvideo porno gay tocando pulheta anjos até gozacontos velha mae de colega dando cucontos eroticos a negrinha atolou o cu na pica do cunhado chegou a impolar a bucetinhacomendo a chapada conto eroticovídeo erótico com açougueiro bombadomeu namorado me emtendeu contos eroticosvideo de mulheres relatano sua trepadsMinha mulher disse pra eu fuder a buceta da minha filha na frente dela eu fudi a buceta da minha filha e fudi minha mulher elas duas juntas eu depois eu levei minha filha pro motel pra eu fuder seu cu virgem conto eroticocontotaradapau e xana peludos contos eróticosperdi as preguinhas do cu quando era pequenamundo erotico contos