Grávida pelo noivo de minha filha


Click to Download this video!


Grávida pelo noivo de minha filha

Eu me chamo Maria, tenho trinta e quatro anos, estou felizmente casada e tenho uma filha de dezoito anos chamada Jennifer.
Acabei de descobrir que minha filha estava de namorado novo e que por alguma razão nos tinha ocultado tal informação, não entendi o porquê, sempre tivemos muita liberdade e confiança entre nós duas. Quando a questionei sobre o assunto, apenas me disse que se chamava Marcus. Pedi a ela que o trouxera à nossa casa e que nos apresentasse ao rapaz. Ela negou veementemente. Eu disse que então ela deveria terminar o relacionamento, pois eu não admitiria a continuidade daquela situação. Ela então me disse que quando nós o conhecêssemos, não o aprovaríamos.
A resposta da mesma me intrigou. Eu sabia que ela não tinha aula nas manhãs de terça-feira e assim, fingindo sair para o trabalho, fiquei nas imediações de minha casa observando, algo me dizia que algo ocorreria.
Pela janela aberta de seu quarto a vi falando ao celular, possivelmente com seu namorado, dizendo estar sozinha em casa e que ele poderia ir vê-la e se divertirem. Passaram-se pouco mais de uns dez minutos e vejo um homem chamando em minha casa, quando o vi, fiquei sem saber o que falar apenas uma surpresa monumental. O namorado de minha pequena Jennifer era um negro, alto, cerca de dois metros de altura, com um corpo musculoso, possivelmente devia pesar por volta de cem quilos de puro musculo e virilidade, careca e mãos grandes.
Esse homem devia duplicar a idade de minha filha e assim, era também mais velho que eu mesma, pensei porque um homem maduro se envolveria com uma ninfeta e a resposta era óbvia, ele queria apenas comer minha filha, ter um bombom a sua disposição para usufruir sexualmente.
Minha filha abriu a porta e se jogou em seus braços, ele a elevou e a beijou, eu podia imaginar a língua dos dois se digladiando, enquanto ela sustenida por aquelas duas colunas de músculos que eram os braços daquele homem, procurava se apertar contra seu corpo. As mãos seguravam sua bunda e os dedos deslizavam acariciando aquelas duas montanhas de carne que eram os glúteos de Jennifer. Ainda com minha filha suspensa, ele entrou pela porta e com os pés a fechou às suas costas e subiram as escadas em direção ao quarto de minha pequena, as roupas foram ficando pelo caminho e acredito que já tenham chegado ao quarto da mesma já completamente desnudos.
Entrei em casa silenciosamente e procurei me posicionar de modo tal que visse o que estava acontecendo dentro daquele quarto, foi então que vi Marcus de perfil, de seu quadril saia o maior cacete que já vi em toda a minha vida, era enorme, bem negro, cabeçudo e grosso.
No mesmo instante entendi o porquê do comportamento de minha filha. Aquele homem era um verdadeiro animal, um cavalo puro sangue em toda a sua beleza e virilidade.
Rapidamente estavam na cama, deitados e nus, completamente nus. Eu via o pequeno corpo de minha filha, ante aquele gigante núbio. E ele não teve dó, meteu nela com disposição, de uma maneira selvagem, intensa. Jennifer gemia e gritava o prazer que recebia daquele homem enorme. A cama rangia diante daquela luta e quando ele percebeu que iria gozar se retirou de dentro dela e apontou seu mastro para o rosto de minha filha, gozando e lambuzando sua face, cabelos, tudo, com jatos de esperma branco amarelado, demonstrando a quantidade de nutrientes aqueles jatos continham. Era surpreendente a quantidade de esperma que jorrava daquele pênis e tenho certeza que se ele tivesse gozado dentro dela, com certeza a teria engravidado.
Presenciar esses momentos fizeram com que eu também ficasse excitada, sentia como minha xoxota começou a umedecer, eu me recusava a entender que estava excitada vendo minha filha com seu namorado, mas em minha mente, havia apenas aquele enorme negro e seu grande cacete entrando em mim. Eu havia me transportado para o lugar de minha filha, queria ter trocado de lugar com ela.
Passaram os dias e a imagem daquele enorme negro metendo em minha filha, rompendo sua jovem vagina, não saia de meus pensamentos, inclusive nas vezes em que fiz amor com meu marido, somente podia imaginar que era aquele enorme macho que metia em mim, me submetia ao seu prazer e enfiava aquele enorme e negro cacete até minhas entranhas.
Estive assim por umas duas semanas, até que não pude mais. Havia decidido que teria que sentir aquele enorme cacete negro dentro de mim. Assim, uma manhã bem cedo, entrei no quarto de minha filha e peguei seu celular, escondendo-o. Assim, quando ela saiu de casa para ir à escola, usei o celular para mandar uma mensagem ao macho. Fingia ser Jennifer e assim pedi que ele viera até em casa, que havia faltado à aula e que não me aguentava de vontade de estar com ele. Ele aceitou no mesmo instante e eu por meu lado, já me tocava, imaginando as sensações quando estivesse sendo possuída por ele.
Fui me preparar para sua chegada, me vesti apenas com uma camisola sexy, decotada e que deixava ver os contornos de meu corpo, uma sensual figura de mulher madura, sei que não sou uma jovenzinha como minha filha, mas ainda estava com um belo corpo, meus seios eram imponentes, maiores que os dela, mas firmes, minhas cadeiras arredondadas e uma bunda arrebitada e firme, quase nada de barriga, enfim era ainda uma bela mulher.
Enviei uma ultima mensagem dizendo que deixaria a porta aberta e que o esperaria no quarto de meus pais, ou seja, em meu quarto. Que o esperava na cama já pronta para ser sua.
Ao chegar a minha casa o macho começou a desnudar-se ainda na entrada, espalhando suas roupas enquanto subia as escadas em direção aos dormitórios, quando ele chegou defronta a minha porta, já estava completamente desnudo.
Empurrou a porta que estava apenas encostada e levou um grande susto e maior surpresa ainda, ao ver-me deitada sobre minha cama, apenas de camisola, acariciando meu corpo, dedilhando minha xoxota, olhando-o com luxuria, quase implorando por seu enorme e negro cacete.
- Mas o que temos aqui, disse olhando-me com luxuria.
- Sou Maria a mãe de Jennifer.
- São a mesma coisa, uma vadia é uma vadia, disse aproximando-se da cama.
Aquelas palavras a principio me ofenderam, mas eram verdadeiras, nesse instante eu era apenas uma vadia, que havia usado de subterfúgios para atrair o namorado de minha filha até minha casa, onde o esperava seminua, na cama, masturbando-me. Com seus potentes braços me levantou da cama, me examinou por um momento, olhava minhas tetas, depois me girou para olhar meu traseiro.
- Que delicia que você é, inclusive, melhor até que sua filha.
Eu estava muito excitada, com o elogio de que era melhor que minha filha, mais ainda e sabia que dentro de instantes, sentiria seu enorme cacete dentro de minha buceta.
Com um puxão, ele rasgou minha camisola deixando-me completamente desnuda diante de seus olhos, puxou meu corpo e colei o meu ao dele, pude sentir seu enorme cacete apontado, cutucando meu ventre, enquanto seus enormes braços me enlaçavam.
Comecei a deslizar minhas mãos por seu corpo, primeiro seu tórax, seus enorme braços e depois, abaixei minha mão até seu enorme e negro cacete. Senti-lo em minhas mãos era algo maravilhoso e surpreendente, era enorme e nem com as duas mãos podia abarca-la completamente. Por meu lado, minha xoxota estava ensopada, eu estava muito excitada.
Marcus percebendo minha excitação deitou-me sobre a cama, montou meu corpo e começou a enfiar pouco a pouco seu enorme cacete dentro de mim. Eu gritava e gemia de prazer, sentia como esse enorme tronco abria minha vagina, procurando espaços, alargando carnes, separando o canal, era algo que jamais havia sentido em toda minha vida.
Quando finalmente estava totalmente encravado em mim, começou os movimentos de entrar e sair, com força. Movimentos bestiais, com uma força incrível, fazendo com que eu me excitasse mais ainda e gritasse alto o prazer a que estava exposta.
Eu apena gania e pedia que não parasse, gemendo em seu ouvido, como uma gata, ronronando e assim excitando-o mais ainda.
Não sei por quanto tempo ficamos nessa posição, até que ele girou o corpo e deitou de costas em minha cama e eu fiquei montada sobre ele como se fosse um cavalo selvagem. Eu estava cravada em seu membro até que consegue me assentar sobre ele e sentir seu cacete na profundezas de meu canal vaginal, no fundo de minhas entranhas, foi quando comecei a cavalgar como uma amazona. Nessa posição eu sentia seu cacete profundamente encravado em mim, alargando minhas carnes que se amoldavam com prazer ao seu formato cilíndrico, jamais havia sentido algo tão grande e grosso dentro de mim, nada com essa magnitude. Comecei a gritar e gemer cada vez mais forte à medida que ele segurava em minha cintura e me mostrava o ritmo e forma que o agradava, meus movimentos e rebolados eram cada vez mais rápidos e intensos.
Após um tempo, novamente mudamos de posição e ele então me colocou de quatro sobre a cama, rosto apoiado no colchão. Ele se colocou atrás de mim, segurou minha cintura com força e enfiou todo seu cacete de novo dentro de mim. Restou-me apenas gritar de dor, surpresa e prazer, pois nessa posição ele entrou ainda mais fundo em mim. Eu estava sendo amada como uma cadela no cio. Uma cadela que gritava e gemia de prazer, eu só queria que ele continuasse metendo forte e fundo. O prazer e a excitação que experimentava nesse instante, jamais havia sentido com meu marido ou com qualquer de meus antigos namorados antes do casamento. Não havia como comparar Marcus a nenhum dos homens que conheci nem na maneira de meter, ou nas dimensões de seus membros, esse macho era um selvagem, um leão que me dominava e me mostrava toda sua força e virilidade, que possuía a fêmea de forma intensa e completa, que me fazia gemer e gritar.
Ele ficou ali, cavalgando-me durante um tempo, meus mamilos estavam completamente duros, intumescidos, minha xoxota parecia uma fonte, tamanha lubrificação que eu vertia. Eu estava vencida, de quatro, sendo montada por esse enorme negro que era meu macho.
Comecei a sentir que um calor subia, minhas entranhas ardiam, estava tendo um orgasmo como nunca antes pudera sentir. Gritei tão forte e alto de prazer, que com certeza diversos vizinhos ouviram se estivessem em casa, mas nada disso me importava, havia sido levada ao melhor orgasmo de minha vida e este foi conseguido pelo enorme e negro namorado de minha filha.
Eu havia gozado com força, mas isso não iria terminar assim. Marcus era um semental, um reprodutor, um macho com todas as letras e que aguentava meter numa mulher por longo tempo sem gozar. Ele novamente me pegou e deitou-me na cama, de costas, de frente pra ele; levantou minhas pernas e montou em mim novamente, ele estava metendo agora no estilo tradicional, papai e mamãe. Ele olhava meu rosto e via a expressões de prazer que eu fazia e sentia. Eu estava vulnerável diante dele.
Até que ele começou a rugir, gemer, arfar, foi quando me dei conta de que iria gozar.
- Espere Marcos, não goze dentro de mim, você não colocou camisinha!
- Nada disso vadia, foi você a puta que se ofereceu a mim e agora me terá completamente.
- Não espere, não faça isso! Goze em meu rosto como fez com minha filha, dentro de mim não, por favor!
- De maneira nenhuma vadia, eu encherei sua xoxota com meu leite e você vai gostar de sentir meus disparos dentro de você, no fundo de suas entranhas. Quero te encher com meu esperma.
Então ele começou a acelerar suas metidas. Eu estava assustada, mas ao mesmo tempo sentia que também meu próprio orgasmos se aproximava, era a terceira ou quarta vez que gozava debaixo daquele macho.
- Não, por favor! Suplicava você vai me engravidar, o que irá dizer meu marido, minha filha, minha família. Não faça isso comigo, por favor, não faça!
- Sim vadia, vou engravidar você. Vou plantar um filho negro dentro de você e farei o mesmo com sua filha, assim, seu esposo, terá em casa duas mulheres grávidas de mim.
Nesse instante sabia que não havia volta, era inexorável e apenas pude balbuciar.
- Sim Marcus, que macho você é mais que todos os anteriores, sei que está me engravidando e mostrarei orgulhosa seu filho, assim como minha filha também ficara orgulhosa de estar grávida de você. Goze agora, faça logo esse filho em mim, estou pronta. Me dê sua semente e eu a transformarei num lindo bebê.
Nesse momento, comecei a gozar, um grande e escandaloso orgasmo. Gritava de prazer ao mesmo tempo em que ele rugia e disparava em meu ventre sua semente branco amarelada. Eu apertava seu corpo de encontro ao meu, minhas pernas rodeavam sua cintura, apertando-o, de modo que seu disparos fossem o mais profundo possível dentro de mim, eu não queria que nenhuma gota caísse fora de minha vagina, estava completamente convencida que esta manhã estava encomendando outro filho.
Eu olhei seu rosto e senti como seu olhar profundo dominava minha visão, sabia que era submissa a ele.
- Bem sua vadia já está grávida, terá um enorme bebe negro, sinceramente não sei como vai explicar isso a sua família e nem me importa. Tenha certeza que depois voltarei para engravidar também sua querida filha.
Assim ele saiu de minha casa, deixando-me nua, exausta e satisfeita, com a xoxota cheia de esperma. Eu me sentia extasiada pela monumental foda a que fora submetida, sem romantismo, não fui amada, fui fodida literalmente por aquele gigante de ébano, adormeci com a preocupação de que realmente havia a possibilidade dele ter-me engravidado.
E assim aconteceu, semanas depois comecei a sentir os sintomas, fui à farmácia, comprei um teste rápido e contatei, estava realmente grávida. Agora não sei como explicarei a meu marido e a minha filha, que terei um enorme e negro bebê filho de Marcos, o namorado de minha filha.
Na semana seguinte, percebi que após o almoço, minha filha correu para o banheiro e começou a vomitar, me dirigi a ela e por seu olhar entendi tudo, também estava grávida. O macho havia cumprido a promessa e havia deixado nós duas cheias com seus filhos.
Armei-me de coragem e procurei meu esposo, contei ao mesmo o acontecido, omitindo alguns detalhes evidentemente. Ele pediu transferência do emprego e mudamos de cidade, onde tivemos nossos filhos, não saíram tão negros como pensávamos, mas eram dois garotos bem moreninhos, que nasceram com apenas duas semanas de diferença um pro outro.
Estava na sala assistindo ao noticiário nacional, quando uma chamada me chamou atenção. Tratava-se de um crime, possivelmente passional, pois um negro enorme de nome Marcus, fora atingido na nuca por dois disparos e não havia mais nenhuma informação sobre autoria, mas que a policia já estava investigando.
À noite, quando meu marido chegou a casa, beijou-me ternamente, acariciou o bebe em meus braços.
Eu comentei com ele a noticia que ouvira no noticiário e ele apenas disse:
- Marcus, que Marcus, não conheço, nada aconteceu, sigamos nossas vidas.

Foto 1 do Conto erotico: Grávida pelo noivo de minha filha

Foto 2 do Conto erotico: Grávida pelo noivo de minha filha

Foto 3 do Conto erotico: Grávida pelo noivo de minha filha

Foto 4 do Conto erotico: Grávida pelo noivo de minha filha


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario mayara 29

mayara 29 Comentou em 12/02/2017

Com certeza um conto lindo,e cheio de detalhes como é feitio de grandes escritores como você. Fotos lindas, também adoro uma pica negra, principalmente se é grande e grossa. O lamentável é que quem quer só se aproveitar e não tem respeito pela outra pessoa sempre acaba se dando mal, se ele tivesse sido compreensivo com ela acabaria comendo mãe e filha, e dando prazer as duas por muito tempo,mas ele só queria sacanear as duas, teve o fim que mereceu. Votado amigo.

foto perfil usuario mich

mich Comentou em 04/10/2016

Amei kralho!!!

foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 01/10/2016

A mulher é uma POTRANCA, mas ele é um CAVALO! Quero os dois! Betto

foto perfil usuario notório

notório Comentou em 01/10/2016

Esta narrativa baseia-se no sexo rústico, aonde a medida do falo premeia a excitação e não as tradicionais preliminares. Neste contexto, o escritor não foge a sua origem criadora. Mil vezes o parabenizo por manter sua marca registrada ! O professor e os assíduos leitores de suas obras eroticas sabem do que estou falando ! Fotos bem originais !! Votado com louvor !!!

foto perfil usuario terranova

terranova Comentou em 28/09/2016

Criativo, elegante, mas sem recorrer a subterfúgios. Parabéns

foto perfil usuario boquinha de mel

boquinha de mel Comentou em 26/09/2016

Brutal! muito sensualidade super excitante adorei fique com tesão enorme bjs

foto perfil usuario silverprateadosurfer

silverprateadosurfer Comentou em 25/09/2016

Que estoria mais maluca, adorei e fiquei apertada com o que passou com sua personagem, e a vingança ao final, sinceramente não nem pensei nessa possibilidade quando lia o conto, adorei, simplesmente adorei sua estoria, intensa e crua como é a vida que não perdoa erros. Li certa vez em uma reportagem que as mulheres, não se cuidam quando traem e que isso resulta em muitas gravidez,seu conto é isso.

foto perfil usuario anya

anya Comentou em 25/09/2016

Parabens pelo conto meu amigo, como sempre uma estoria fenomenal, não sei porque o leitor safado65, disse que a estoria é sem sentido, ao contrário, achei super explicita em sua linha, ou seja, com toda a excitação presente, foi possível ver que o marido se vingou discretamente do chifre que recebeu por parte do Marcus. Fiquei muito excitada com a estoria, voce brilhou como sempre. Parabens

foto perfil usuario safado65

safado65 Comentou em 25/09/2016

História sem sentido.

foto perfil usuario luizmiorim

luizmiorim Comentou em 25/09/2016

conto super exitante parabens

foto perfil usuario luizmiorim

luizmiorim Comentou em 25/09/2016

conto super exitante parabens

foto perfil usuario ingredcajaty

ingredcajaty Comentou em 25/09/2016

Amei kralho!!!

foto perfil usuario pauferro

pauferro Comentou em 25/09/2016

Essa Estória esta me Parecendo um clássico da Música Sertaneja Olhos de Luar...Uma mistura de Racismo e vingança.

foto perfil usuario Soninha88

Soninha88 Comentou em 25/09/2016

delícia de conto, fiquei molhadinha lendo, sou loura e adoro um negão pirocudo...fotos super sensuais...voto mais que merecido...

foto perfil usuario flavio1775

flavio1775 Comentou em 25/09/2016

que tesao




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


89203 - Prêmio em Espécies - Categoria: Traição/Corno - Votos: 29
89425 - Quero lhes contar um segredo - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 27
89578 - No Refugio do Quarto - Categoria: Incesto - Votos: 15
89894 - Um sultão : minha filha e três mulheres mais. - Categoria: Incesto - Votos: 27
90258 - Minha vizinha casada me deseja tanto quanto eu a e - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
91652 - Meu Compadre me Engravidou - Categoria: Traição/Corno - Votos: 22
92337 - Olhares - Categoria: Incesto - Votos: 10
92531 - Esposa Compartilhada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
93467 - MÃE DE MEU NETO - MEU RELÓGIO BIOLÓGICO NÃO PARA - Categoria: Incesto - Votos: 9
96052 - As Chinelas de minha sogra - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 10
96271 - Meu chefe substituiu meu marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 19
98147 - Mãe fica gravida do próprio filho - Categoria: Incesto - Votos: 12
98760 - Me descontrolei e dei, isso não podia ter acontecido - Categoria: Incesto - Votos: 29
98832 - Um Enorme Instrumento - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
99257 - Tenho um segredo: Comi minha mãe - Categoria: Incesto - Votos: 18
99914 - Por Fim Penetrei Minha Mãe - Categoria: Incesto - Votos: 10
100810 - A MASTURBAÇÃO DE UMA MÃE - Categoria: Masturbação - Votos: 10
101402 - Infidelidade Consentida - Categoria: Traição/Corno - Votos: 19
102351 - Uma Noite Inesquecivel - Categoria: Incesto - Votos: 15
104830 - MÃE FAMINTA, EXCITADA E APAIXONADA - Categoria: Incesto - Votos: 16

Ficha do conto

Foto Perfil apeduardo
apeduardo

Nome do conto:
Grávida pelo noivo de minha filha

Codigo do conto:
89579

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
25/09/2016

Quant.de Votos:
37

Quant.de Fotos:
4


Online porn video at mobile phone


contos fazendeira casada dá o rabo por Capatazmenina conto eroticoesporraram no meu utero e fiquei com o estomago cheio de porraConto erotico bucetinhacontos eroticos de xifrudosContos sexo com mãe e filhacontos de fio terrahomem+nu+da+cintura+para+baixocontos eroticos coroa dando gostoso p 2novinhoscontos erotico dei calmante a minha maê para lhe comercontos eroticos sentada no colo do papai na pracinhaContos eroticos de travestis do dote avantajado.minha sogra nuaconto erotico tive que ver minha namorada com os bandidos e não pude reagircdzinha salto alto e corpeteSou magrinha e gosto de rolas enormes contos eróticosconto de casada tesudaConto erotico primacontos de corno na baladanora bunda gostosa provacando sogro conto eroticopassando a mao no decote e chupando os peitosmeu filho me pegou com a buceta peludamulher metendo roludo na frente batidoSexo com o pai conto erotecoconto erotico: meu pai e seus amigos me comeram gostosoporno gay brocado de cabacome comeram na festasexo conto erotico socando bombando bucetaContos eroticos com fotos de moleques de dez anos dando cu para tios caminhoneiros na viagemcontos eroticos escada prediofilha minha femea contoay papy haitai nrgoescontos eroticos de bichinhas novinhas qierendo pica duraporno conto bandido e a donaConto aposta com a maebuceta sussurrantepaguei caguei boca da puta sexo scat contoistoria ti mulher transando com entiadacontos eróticos traficantecontos eroticos como fode a ben novinhaSO IRMA NEGRA DE MINI VESTIDO EM VIDEO PORNO GRATIS DEITADA COM O IRMAO NA MESMA CAMApunheta na escola contoconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cuhentai quadrinho chavesporno koreanas lesbicasiaty com mae e filha dano o cu pai ve tudo pornoContos Eróticos De Gay Fui Comido Pelo Pai do Meu Melhor ColegaContos eroticos com fotos de podolatria com a novinha metelonaconto porno banho com tias na fazenda pra nao acabar águaContos gay com malhadocontos eroticos transando com esposa e sendo brechadocontoerotico safada meu nome e nayanne.contos eroticocontos eroticos sogro fudendo genrochrisrían and pornocontos meti com minha vizinha gozei onhando para tatuagem delabiancamontenegro putinha casadacorno bêbado contos eróticosconto erotico dona sonia velha safadaa cu invocante 3 parte 2contos eroticos gosto de dar pra estranhosbranca dos cabelos pretos e longos melando o pau do amigo de bosta xvideoscontos eroticos de incesto ladroes pegando a novinha.contos eroticos a mendiga rabuda hentaio aluno pauzudo da minha esposa comeu elaconto erotico gay imperadorcomendo nerdisinha contosContos: gatinha seduzindo o motorista uberconto minha esposa bebadacontos eroticos brincando peladoquadrinhos eroticos gays de jogadores com calcao folgadoconto erotico viado afeminado chora na piroca do negao dominadorskatista porno numero do zapfudendo um cuzinho gostoso brasilconvenci minha esposa dar para outros homensdiarista tesuda trepando com patrão contocontos eróticos eu recem casado e o patrao comeu minha mulhercontos de menage e dupla penetraçaovideo porno di qeutirecontos eroticos pai e amigo com um pau de 27cm fode filha rabudacontos climax eroticopai xoxota da mae e doce contos eroticos