O vizinho safado me deu porra de presente


Click to Download this video!


Fabio é o nome do macho; E o meu é Érick como muitos sabem.

Essa é uma longa narrativa. Eu gosto deste tipo de conto. Se você prefere os curtos e objetivos sem muita enrolação este não é o conto pra você, sorry gurls

Vou começar explicando como esse homem surgiu na minha vida. Foi há um ano atrás quando minha mãe decidiu abrir um comércio e eu como bom filho sempre a ajudei. Lá do lado morava uma familia: Fabio, sua esposa e filha.

Ele tem em média de 1,80, uns 30 anos. tem um corpo musculoso de academia e aquelas tatuagens que cobram o peito. Então vocês imaginem, um tesão de homem. Minha mãe e irmã viviam comentando que ele era gostoso. Eu também ficava de olho naquele macho mas acontece que o cara é o maior babaca. Dava em cima das mulheres na cara dura, não segurava a lingua e falava demais. Por amizade a mulher dele inevitavelmente todos começamos a perder o encanto por Fábio que se mostrava de péssima indole.

Bom, passaram-se um ano desde que nos conhecemos e no mês passado, no dia 31 de agosto seria o meu aniversário. Em um sábado a noite, antes dessa data, estava eu sozinho no bar me preparando para fechar quando ele chega.

Ele sempre teve umas brincadeirinhas do tipo "Você me acha gostoso" e etc, ele é o maior convencido. Chegou já mandando esses comentários. Ele sempre fazia isso e eu dava aquelas respostas do tipo "Sai fora" ou "Vai se fuder" pra cortar o assunto e não dar muita bandeira. Qualquer hipótese de uma relação com esse cara era inexistente e não gosto que os clientes saibam que sou gay mesmo a familia já tendo conhecimento.


Nessa noite, ele estava exagerando um pouco (coisa que só pude analisar agora) mas não dei atenção. Pra encerrar a brincadeira lhe disse que meu aniversário se aproximava e perguntei o que ganharia de presente. Fabio se aproximou do balcão e o clima pesou, eu senti, mas fingi que nada acontecia. Ele perguntou seriamente "Oque você quer de presente?".

Eu me fiz de inocente. Aquela pergunta e aquele olhar sério pairavam na minha cabeça e eu só conseguia pensar em esquivar, poderia ser uma armadillha dele pra dizer que dei em cima dele e mesmo se não fosse, eu pensei em sua mulher e filha. Já fiquei com homens casados, não tenho problema com isso até o ponto em que sejam conhecidos. Dessa forma eu me sinto babaca, então nem queria.

Me fiz de bobo, pedi um livro, e ele dizia - "Isso não, vou te dar outra coisa, fala aí o que quer." - Seu olhar era extremamente sério e seu tom de voz diferente, um tom que eu nunca tinha escutado.

Resolvi parar de me fazer de sonso. Pedi pra ele parar, falei que era errado e ele persistia; "Mas você quer? Eu não vou contar, você vai?". Falei que não firmemente.

Ele percebeu que não teria e apelou, tirou o pau pra fora da bermuda. Quando eu vi aquele membro, por volta de 19cm (pois era similar ao meu) duro, com a cabeça coberta e as veias destacadas eu não me aguentei. Olhei e me esqueci de tudo. Fazia semanas que eu estava louco pra mamar um cacete e aquele, daquele homem tão gostoso, estava ali, duro por mim, me desejando. Não deu outra.

Caí de boca. Engoli de primeira, arrancando gemidos e elogios. O problema era que estávamos expostos. Meu padrasto viria me buscar e um grupo de pessoas que passavam na porta do bar me alertaram sobre isso.

Parei de mamar e no exato momento meu padrasto chegou. Fabio veio me cobrar, colocou minha mão em seu pau duro e pediu pra mim despersar meu padrasto reclamando que eu não poderia deixar-lo sem gozar.

Eu já pensava mais claro nesse momento e torcia para meu padrasto me levar pra casa pra mim não continuar essa burrada mas não deu outra. Fabio convenceu ele a ir abastecer o carro e buscar uma pizza enquanto eu iria a sua casa para lhe passar alguns filmes, coisa que eu geralmente fazia.

Quando meu padrasto arrancou o carro ele me puxou para dentro de sua casa e me pressionou contra o carro enquanto mordia minha orelha. Eu já virei outra pessoa novamente, aquilo tomou conta de mim e eu já não pensava em qualquer outra pessoa senão nele. Ele me soltou e disse que iria lavar seu cacete para que eu não o chupace todo babado (infelizmente) e eu nem tinha voz para impedi-lo. Era uma mulherzinha nas mãos daquele homem.

Ele voltou e eu ja fui prontamente me abaixando pra poder chupar aquele pau maravilhoso. O engolia inteiro enquanto ele dizia palavras gostosas em meio a gemidos grossos e respirações profundas.

Me acabava naquele caralho enquanto ele me fazia carinho e me dizia que eu era maravilhoso. Depois de um tempo chupando ele anunciou que iria gozar. Normalmente eu iria parar de chupar mas aquele pau tinha um gosto tão bom e eu precisava sentir o gosto daquela porra. Enfiei tudo na boca e comecei a chupar mais forte e mais rápido arrancando gemidos ainda mais altos e caricias mais agressivas. Seu pau começou a latejar na minha boca e eu senti os jatos em minha garganta. Ele mordia os lábios e se contorcia na parede enquanto eu não largava aquele cacete. Não deixei cair sequer uma gota e continuei chupando seu pau duro enquanto me punhetava até eu gozar também.

Lavei minha boca e sentei na calçada indignado pensando no que eu teria feito. Estava meio desacreditado e meio decepcionado. Ele sentou-se ao meu lado e olhou para a rua enquanto acariciava minha coxa. Perguntou se eu queria de novo e eu na pressão disse que não. Inclusive acho que por isso ainda não tivemos nada mais. Ele também me perguntou se eu já teria dado e se eu queria lhe dar. Confirmei que sim mas disse que gostava mais de fuder, o que é verdade, mas não dispenso um cacete.

Enfim, penso em desfazer o erro e dizer a ele que quero de novo. Quero sentir aquele cacete na minha boca e quem sabe dentro de mim? Essa história ainda vai dar e e vou contar tudo pra vocês. Obrigado galera <3


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario coroaaventura

coroaaventura Comentou em 20/09/2016

Gosto muito de contos assim, cheio de detalhes. Não é longo, não. Fui muito gostoso.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


57397 - Paulo Henrique, meu primeiro cuzinho. - Categoria: Gays - Votos: 22
57784 - O cara da padaria (Iniciação) - Categoria: Gays - Votos: 19
58929 - Conheci meu tio da melhor maneira possível. - Categoria: Gays - Votos: 19
61227 - amor adolescente, a melhor foda - Categoria: Gays - Votos: 17
62834 - O Faveladinho da Escola - Categoria: Gays - Votos: 27
67173 - O filho gostoso do padrinho. - Categoria: Gays - Votos: 22
68651 - Fudido Pelo Policial Sarado (E dotado) - Categoria: Gays - Votos: 30

Ficha do conto

Foto Perfil bhpassv
bhpassv

Nome do conto:
O vizinho safado me deu porra de presente

Codigo do conto:
89374

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
19/09/2016

Quant.de Votos:
13

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos veridico travesti roludo bem grandecontos eroticos fodendo a vendedora de rifas novinhaconto erotico sexo com o noivo no casamentocontos o ginecologista abriu minha buçeta na frente do meu filhorelato de primeiro analconto erotico vigilante noturno heterocontos eroticos fudendo submisuComendo a irmãzinha hq pornotravestis com maridos em praia de nudismocontos eróticos - gravida de um piveteme encantei com uma trans dotada contoscontos e fotos de coroas velhas fodendo no dwollandcontoeroticodfcontos primeiro sexo primeira suruba de uma novinhacaminhoneiro meteu em mimnegao me estrupou conto erotticocontos eroticos duas garotas divide mesmo homembaixar video xvideo piralho com pal piqueno comendo bucetacontos erótico minha cunhada e minha sogra pelo minha p***contoeroticodesdecedocontos eroticos entupidacontos fudi com meu paiconto esposa pratica nudismo em nossa casamalandro gay passivo dando o cu contoConto erotico gay: estuprei meu enteadocontos de mulheres viuvas sendo rasgadas pelo penis grandequadrinhos pronohentai moms conto mae pelada na piscinaconto de magrelão comendo o cu do.amigo. heterotoda vez que brigo traiu meu namorado contosgrelao 3cm entrava contoscontos eroticos de rabo inocentecontos buceta chupando:isso chupa vai issoo deliciacontos sexo minha tia grávidaconto erotico patroa taradasquadrinho erotico jiu jitsu. gaycontos cdzinha e o negroContos eroticos meu irmãozinho d é um profissional em chupar bctx men quadrinho gay pornperdi as preguinhas do cu quando era pequenaConto meu primeiro fodadona neusa do cusao contoshentai contosconto erotico casal n praia e dp p hotel esposa n resiticonto erotico: meu pai e seus amigos me comeram gostosocontos erotico gay empresarioconto erotico novinho passando protetor solaresposadopada.contomeu cunhado me frago tocando uma ciririca contos eroticosMadrasta e antiado sex foto quadradinhosultimos contos sadono escuro comedo a mae por engano a mae filho incesto travesti comedo a maequadrinhopornotraicaoos peões da obra me estupraramcontos eroticos de namoro safado e liberalhomem fode a anã carceleiraConto erotico acordo de cueca meladaa princesa do poder pornox men quadrinho gay porncontos eroticos incesto comendo a bucetinha novinha da minha filhinhaconto erotico trazas gostosa detro carroContos eroticos com fotos papai me flago se masturbando com objectoscontos de vovos safadas cachorrasFreira quadrinho rabaocontos eroticos cariciano buceta virgemmarido escutando gemidos da mulher escondidomeu filho dotado contofudi minha priminha novinha contolinah quadrinhos eroticos cfmConto no cu da titiaporno novinha lesbicaseroticos minha mae gorda deume a conaconto erotico engulo tudocontos eeoticos minha familia na praia de.turismocontos erodicos minha mulher me deu gostoso