Me enfiei em uma vida de safadezas


Click to Download this video!


Foi difícil decidir a categoria desse conto pois ele tem um pouco de tudo, incesto, traição, fetiche e sexo gay, mas achei a traição mais apropriada.

Olá, quero dividir com vocês como se iniciou uma vida de muita putaria, meu nome é Eduardo e tenho 19 anos, sou branco, loiro, magro tenho um corpo definido, olhos azuis cabelo comprido, sou skatista e por isso ando sempre a caráter e com meu skate debaixo do braço, em uma festa de amigos eu conheci a Luiza, uma menina linda que todos babavam por ela, tinha um rosto de menina, um corpo muito bem definido, olhos castanhos e algumas sardas no rosto, começamos a conversar e na festa rolou uns amaços, ela beijava muito bem, fomos para o jardim e ficamos um bom tempo em um beijo maravilhoso, já estava esfregando meu pau duro nela, senti que ela queria ir além, mas precisava ir pra casa, trocamos contato e fomos nos falando.
2 semanas depois estávamos namorando sério, frequentávamos a casa um do outro, os pais dela sempre foram muito liberais e por isso permitiam eu dormir com ela no mesmo quarto, e foi em uma dessas “dormidas” que eu conheci o verdadeiro potencial dela, pouco depois de todos deitarem, eu parti para os amaços, logo ela se entregou se esfregava em mim como se quisesse fundi nossos corpos, tirei pela primeira vez toda sua roupa e vi uma delícia de corpo esperando para ser possuído, a buceta dela já babava muito, coloquei ela para chupar minha pica, foi um dos melhores boquetes que recebi, ela sabia tratar uma pica, em um 69 enfiei minha língua naquela buceta sedenta e ela se contorcia muito, gemia alto, fiquei preocupado de alguém escutar, mas como estava na casa dela, imaginei que ela sabia o que fazia, senti ela gozar algumas vezes ela agarrava minhas pernas com força enquanto eu a chupava, já não aguentando a tudo aquilo, meti rola nela, meti com força e vi que ela gosta de sexo mais violento, a cama batia na parede, ela passou de gemidos a gritinhos, prendeu meu corpo com as pernas e sentia ela se tremer toda, não teve como não gozar dentro, era o que ela mais queria, transamos mais 2 vezes nessa noite.

Acordei com ela me chupando, gozei de imediato, a safada bebeu toda minha porra, me beijou e fomos tomar banho, quando descemos para nos juntar a família dela no café da manhã, eu estava com vergonha pois bem provavelmente todos escutaram o escândalo que ela fez enquanto trasavamos, ela tinha uma irmãzinha chamada Sofia, uma mãe linda igual a filha chamada Mariana, tinha cerca de 40 anos, com um aspecto muito jovial, o pai dela era super enxuto também se chama Mauricio, notava-se que ele malhava, algo sem exageros, no geral era uma família muito bonita, gostaram bastante de mim, Dona mariana me enchia de comida enquanto o Sr. Eduardo fazia várias perguntas sobre minha vida, no fim das contas disseram que eu era sempre bem-vindo a casa deles e que queriam me ver mais vezes, precisei ir embora pois tanto eu quanto Luiza ainda estudávamos.

Como nossas escolas eram diferentes, eu a deixei na dela e fui para a minha que era perto, na aula só pensava na trepada da noite anterior, precisava de mais o quanto antes, no fim da aula resolvi abusar do convite feito pelos pais de Luiza, peguei meu skate e fui correndo para a casa dela fazer uma surpresa, ao chegar lá, dona Mariana me recebeu e logo me pediu para entrar, tirei meu tênis e deixei no canto da sala junto com meu skate, Sofia já estava em casa na sala vendo tv, e seu pai trabalhava, só chegava a noite.

Mariana me chamou para a cozinha para conversamos enquanto ela finalizava o almoço, estava meio tímido ainda, achei que já encontraria Luiza em casa, estava de pau duro só queria fuder novamente como na noite passada, Mariana puxou assunto:
- É tão bom ver minha filha apaixonada por alguém tão legal.
- Obrigado, estou muito apaixonado por sua filha também, e achei toda sua família muito legal, acho que temos tudo para dar certo.
- Também acho, pelo barulho de ontem a noite eu vi que a sintonia de vocês é muito forte.
Como sou muito branco, nessa hora fiquei visivelmente vermelho, queria enfiar a cara em um buraco.
- Desculpa dona Mariana, não queria incomodar ninguém.
- Não precisa me chamar de Dona nem pedir desculpas, eu estou acostumada, Luiza é meio escandalosa mesmo, mas não se preocupe, não nos importamos, você pode continuar fazendo minha filha feliz.
- Então pode deixar!
Fiquei impressionado como eles eram liberais quando o assunto era sexo, nesse momento Luiza chegou, almoçamos, e subimos para o quarto, trasamos umas 4 vezes, ela era insaciável, eu estava preocupado com a irmã, seria complicado explicar aqueles barulhos, mas como a mãe dela disse que já estava acostumada, eu nem liguei, meti forte mesmo, fiz ela gritar mais que na noite anterior, gozei as 4 vezes dentro dela, vi que ela gosta de sentir leite quentinho dentro da buceta, quem sou eu pra negar né?

Precisava dar sinal de vida em casa, tomei banho e me despedir, ela ficou no quarto e eu desci para ir embora, o pai dela já tinha chegado e estava na sala, o cumprimentei ele pediu pra sentar um pouco para ver jogo com ele, me ofereceu cerveja, eu nem gosto de jogo, mas aceitei para ser simpático, ele reforçou as perguntas que fez de manhã:
- Onde você mora mesmo?
- No bairro vizinho, é bem perto.
- há, é verdade, bom que você pode vim sempre que quiser aqui.
- É verdade, eu agradeço a receptividade comigo.
- Que nada rapaz, minha filha soube escolher o namorado, ela está muito feliz e isso que importa, você é todo bonitão, educado e parece se importar com ela, não tem porque não te receber bem, sem falar que vocês parecem ter se entendido bem na cama rsrs
Depois que a mãe dela disse que já estava acostumada com os barulhos eu imaginei que o pai também estava, ela devia levar sempre os namorados para transar em casa.
- Obrigado Sr. Mauricio, ela é uma menina especial, de fato nos entendemos na cama e em todos os sentidos, eu peço desculpas pelos barulhos, ela não consegue se controlar.
- Eu sei como a Luiza é...
- Sr. Mauricio eu preciso ir para casa, vai fazer 1 dia que não apareço por lá, a gente se vê em breve.
- Tudo bem rapaz, quer que eu te leve?
- Não precisa, vou de skate, chego rapidinho.
- ok então, até mais.

Fui pegar meu tênis e meu skate que tinha deixado no canto da sala e notei que só tava o skate, perguntei ao Mauricio pelo meu tênis, e ele disse que provavelmente a Mariana tinha levado para área de serviço, fui buscar, ao chegar lá, encontrei Sofia com minhas meias, cheirava uma enquanto esfregava a outra no rosto, ela não me notou, fiquei olhando um tempo, sai e voltei fazendo barulho, ela já estava na mesa e as meias no lugar, fiquei mexido com a cena, de alguma forma aquela menina tão nova tinha tesão em mim. Como dormi lá na noite anterior e fui direto para a escola e voltei para a casa deles, as meias já estavam suadas de um dia todo e mesmo assim ela tinha cheirado e esfregado no rosto, mas só calcei meu tênis, me despedi e fui embora, satisfeito com as trepadas violentas com Luiza, com a receptividade dos pais dela e curioso com a cena de Sofia.


Ainda tem muita coisa para acontecer, como o relato é muito extenso eu preferi dividir tudo para não ficar cansativo, dependendo a aceitação, em breve eu coloco a continuação.

Foto 1 do Conto erotico: Me enfiei em uma vida de safadezas


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario kasalsc

kasalsc Comentou em 19/08/2016

Curiosos para saber o restante do conto...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


88891 - Me enfiei em uma vida de safadezas 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico skatistadfm

Nome do conto:
Me enfiei em uma vida de safadezas

Codigo do conto:
87760

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
14/08/2016

Quant.de Votos:
11

Quant.de Fotos:
1


Online porn video at mobile phone


Pegqui minha hitiada no banhi i x video pornoconto alex e danielcontos eroticos gay. com irmao adtivoconto gay espalhoucontos sexuais esposa na farradesliguei a fazer quando um homem vídeo de neguinha fazendo sexo com homem neguinha fazendo sexo com homemso no cu apedadiho da esposaensinando a sobrinha conto eroticogata da noite usuaria contos eroticoscontos eroticos gays de dotado quicando na rola do amigopretinha deu o cu apertdo pro negao chorou e gritoucontos eróticos gay cumplices se um resfatecontos como e gostoso dar o cuzinhocontoeroticoirmãoscomtos eroticos com fotos comendo a gringa na fasendacuzuda com celulite babadaconto erótico deixei ele sem andarcontos eroticos incesto na cachoeiraCONTO REGRAS SEQUESTRDOR SEGUNDA PARTEminha duas sobrinhas gostosas me seduzindo conto eroticonivinhas rabudas gosando os pulos etremendodeficiente foda mozcontos eroticos incesto mae com fotoscontos eróticos sou pequeno mas adora chupar um paumae de amigoquadrinho erotico"conto" "fisting" "buceta"filho pentelhudo mamando no cacetao do paicontos eroticos gay sendo estuprado por taradosconto erotico pega no flagraQuadrinhos eroticoseu pai me comeucasada amasso coroa caronacontos com fotos esposas loba de cornoQuadrinho erotico me apaixonei por um inquilinovou vou transa com neta de camisolinha e enche a boca dela de gozoContos e fotos de tias e sobrinhos pauzudosconto erotico descobri que minha esposa estava me traindo com dois roludos fotosfilho dando banho na mae contos eroticoscomida barbamente contos eroticoso vaqueiro do pau sebento - conto eróticocontos erôticos chantagiadas pelos proprio filhoscotoerodico de cornocontos erotico gay menino na escolinha de futebol com volume no calçao de futebolConto erotico de maesinha gostosa de camisolinha transparentemeu filho goza nas minhas calcinhas contos eróticosenchi a bucetinha da minha cadela de porra/contoscomfotosconto erotico gay com tio gemeoscontos eroticos- suruba no tremContos meu cu mordei o pal enormecontos eroticos engravidei minha maecontoeroticodfcontos eróticos minha vizinha na praiaConto tio safado ui ui metecontoseroticossodomizadaultimos contos sadopornou tia prima i mãe gostoza provocano eli qui peguichupei meu irmao contosxvido mulher gozádo sim paragay gemendo e apertando colchao com forca sendo estrupado pornocontos erotico fingindo quadradinhocontos eroticoas a professora submissaWww contos erotico a madrinha gostosa e o afilhado pirocudo.com.org.Contos eroticos dei a buceta para um pêao de obracontos eróticos papai meu amorwww.contos+de+zoofilia+minha+mae+com+meu+cachorro+de+rols+gg.com.brconto erotico gey com foto o pedreiro negãocomeu meu cuzinhoquadrinhos de desenho pornoconto erotico virei viadoporno fantasia eu comi minha maecontos eroticos comi a biscatinhaconto erotico gordadotoado furou minha xana conto eroticoSogra quadrinho rabaoconto sexo em quadrinhos incesto 3dcontos eroticomeu padrasto me cumeu na casa de praia na praia entiadaru.confesso vi.homem.mijando.na ruaconto erotico gabrielacontos eroticos incesto maravilhosoConto erotico fui fagrada brincando de esconde escondeimagens de pai filho e avo macho transando em quadrinhostransa com irma conto eroticoCarlton eroticos