Estuprada pelo zelador e gostei


Click to Download this video!


Estuprada pelo meu zelador e gostei
Estava em casa A toa e meu zelador safado me mandou uma mensagem pedindo que fosse até o salão de festas e me mandou a foto do pau duro delicioso dele, tinha acabado de dar pro meu vizinho, então como estava saciada, não desci, disse que estava ocupada, aí ele mandou outra mensagem : EU NÃO PEDI SUA PUTA DO CARALHO, TO MANDANDO, DESCE LOGO PORRA, me asssustei e disse que ele não mandava em mim, a buceta era minha e dava pra quem quisesse e já tinha dado hoje e não tava afim .
Como tinha dado pro meu vizinho estava nua na cama do quarto cheirando a sexo relaxando, ai ouço a campanhia tocando muito forte, levantei, pus a camisola e fui atender era o zelador estava puto, assim que abri a porta me pegou pelos cabelos e me empurrou e entrou falando :
VAGABUNDA, QUANDO CHAMO É PRA VIR ENTENDEU ? AÍ PEGOU O CELULAR E ME MOSTROU UM VÍDEO MEU REBOLANDO NO PAU DELE QUE NEM UMA PROSTITUTA, SE NÃO DESCER EM 5 MINUTOS ESSE VÍDEO VAI PRO CORNO E ME JOGOU NO CHÃO .
Fiquei assustada, mas ao mesmo tempo um calor percorreu meu corpo molhando minha buceta, sempre gostei de violência, sexo forte, aquilo me excitou, mas fingi que não queria, não ia admitir chantagem . ele se aproximou e deu um tapa na minha cara e disse que estava me esperando e saiu .
Fiquei ali no chão excitada e com medo, mas resolvi descer, meu marido não podia descobrir essa minha vida . peguei o interfone liguei no salão e disse que estava descendo, ele ouviu e desligou, me troquei rápido, coloquei uma blusa e uma saia e peguei uma calcinha e fui.
Quando entrei no salão de festas que é todo fechado, as janelas estavam cobertas com uma tela preta, o salão tem abafador de som, por causa das festas, então dá pra gritar e ninguém ouve e no meio do salão tinha um colchão de casal onde ele estava nu me esperando deitado e na TV passava um filme pornô de orgia . ele me viu se levantou e veio, me pegou pelo cabelo e começou a me beijar .
Ai foi institivo, empurrei ele e dei um tapa forte na cara dele e disse : SEU VIADO, VC NÃO MANDA EM MIM, A PARTIR DE HOJE NOSSO CASO ACABOU, VOU TE DENUNCIAR, NÃO TOLERO CHANTAGEM
Ele riu, me puxou pelo cabelo e disse que quem mandava era ele, me encostou na parede e vi que tinha uma algema na mesa, ele pegou e prendeu minhas mãos com a algema e me amarrou no gancho da parede, fiquei ali apavorada, com a mao pra cima, presa, imobilisada, disse pra ele me deixar em paz e ele só ria e se masturbava me olhando, aquela cena me molhava, mas tentei me controlar, ele se aproximou e rasgou minha blusa, minhas tetas saltaram e ele começou a mamar nelas, bater e eu controlando a excitação .
Ai ele abaicxou e rasgou minha saia e arrancou a minha calcinha assim que minha xotinha ficou exposta ele abriu minhas pernas e começou a me lamber na xota e não consegui escapar um gemido, ele percebeu e continuo me chupando e eu pedindo pra ele parar, mas não querendo ao mesmo tempo, aquela chupada estava uma delicia, estava enlouquecendo .
Ai ele percebeu e parou, levantou e veio me beijar, eu tentava esquivar, mas ele me segurava a força, me tirou do gancho e me jogou na cama e veio por cima e mesmo dizendo não, me fudeu, e começou um vai e vem, um papai e mamãe a força e ficou falando ADMITE QUE ESTA GOSTANDO, QUE QUER GOZAR NESSE PAU, CADELA, VC TA ENCHARCADA VADIA, VAI SUA PUTA PEDE PRO TEU HOMEM, PEDE PAU, FICAVA FALANDO ISSO E ME BEIJANDO .
E eu me mantendo firme, chamandoo ele de puto, filho da puta, estuprador, que ele ia me pagar, até que ele tirou o pau da minha xota e começou a esfrega –lo na portinha da xota sem enfiar, so esfregando e mandando eu pedir
Fiquei louca, senti o vazio, chinguei ele mais ainda, mas não resisti, acabei cedendo e gritei ME FODE SEU ESTUPRADOR DO CARALHO, ENFIA ESSE PAU, JORRA LEITE NO MEU UTERO CAVALO, ME FODE, ANDA, ele não perdeu tempo meteu sem dó, dei um ggrito e ao mesmo tempo explodi num gozo contido, mesmo eu tendo gozado ele não parou de meter e logo ele mesmo explodiu num gozo, enchendo minha xota de porra, ficamos ali suados e nos beijando, pedi que me desamarra-se, ele tirou as algemas que marcaram meu pulso e me pos uma coleira, disse que eu era dele e deveria usar e obedecer o dono como uma cadelinha, ou seria punida . disse que ia obedecer.
Ai ele me virou na cama e me pos de quatro, e sem pedir permissão cuspiu no meu cu e meteu, e ficou falando REBOLA CARALHO, MEXE ESSA BUNDA NESSE PAUZAO, VAI MEXE, REBOLA PORRA, VAI CADELA
E nisso instantaneamente comecei a rebolar e a gemer como uma vadia enquanto ele metia e puxava meus cabelos, o tesão era tanto que chorei, meu corpo queria mais mais, estava enlouquecida com aquela brutalidade ., nisso senti que estava sendo penetrada na xota tbm e vi que ele estava enfiando um consolo na xota enquanto fodia meu rabo e naquela posição, fui rebolando, gemendo, pedindo, e novamente explodi num goso e pela segunda vez meu homem encheu meu cu de porra .
Assim que tirou ele se levantou, foi ate a cosinha do salão e pegou uma cerveja para bebermos e ficamos ali bebendo, eu estava toda gozada, marcada, vermelha, dolorida, mas saciada .
Ele parou de beber e disse que tínhamos que sair, já tinham se passado duas horas e não percebi, minhas roupas estavam rasgadas, estava nua e não sabia como ir pra casa .
Ele pegou uma blusa dele me mandou vestir e disse que as câmeras do prédio estavam desligadas, que poderia ir pela escada que nimguem ia ver . vesti a blusa, aquele cheiro de macho me excitou, e o beijei e fui pra casa . assim que cheguei em casa não resisti, me deitei e toquei uma siririca sentindo o cheiro do meu homem. Quando ia gosar a campanhia tocou, peguei um roupão e fui atender, olhei no espelho mágico e vi que meu homem estava ali, ele entrou e já foi abaixando a bermuda, disse que faltou eu mamar nele e me mandou fazer isso .
Peguei ele pela Mao e levei ao meu quarto, La a sede era gigante e comecei a mamar enlouquecida . babava, chupava, sugava, e ele gemia, apertava minha cabeça, punhetava e comecei a tocar um siririca enquanto mamava
Ate que ele gritou gfalando que ia me alimentar e comecei a sentir aquele leite na boca, fui bebendo, engolindo e gozando junto .
Nos levantamos fomos tomar um banho, ele tomou uma cerveja e desceu pra trabalhar e eu fui ajeitar as coisas para esperar meu marido.depois desse dia virei escrava dele, sempre que ele me quer eu estou disponível, não consigo evitar, sou viciada em sexo e em porra de macho, amo fazer boquete, amo leite . minha buceta sempre quer mais .
Ele pelo menos não proibi meus amantes, até encoraja a pegar outros homens, depois conto como ele me levou num cinema pornô no centro e bebi muito leite.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


78677 - Meu primeiro Taxista - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
78908 - primeira vez que dei a bundinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
79297 - Fogo aceso - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
79668 - Velho tarado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
80854 - VIREI AMANTE DO MEU ZELADOR - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
83264 - Estuprada pelo meu visinho velho - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 12
83931 - meu negão dominador - Categoria: Interrraciais - Votos: 5
84350 - minha primeira orgia - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 7
85675 - meu primeiro homem - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
85865 - viajem com meu negão - Categoria: Exibicionismo - Votos: 1
86348 - Sexo com meu taxista - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
87285 - safada no metro - Categoria: Exibicionismo - Votos: 8

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico gordinhaputa

Nome do conto:
Estuprada pelo zelador e gostei

Codigo do conto:
86409

Categoria:
Fetiches

Data da Publicação:
17/07/2016

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos usando botas cano longoc.erotico virei puta do meu chefe gaycolo do vovo conto gaymerens chupando e tranzando calcinha molhadahentai mulher maravilhamulheres chupando pica de cavaloquadrinho porno freiraconto erotico dei em cima do meu alunocontos erótico comendo a japonecinha de onze anosconto erotico fui encoxada no onibusfudendo rapidinha a xereca lisinha ca bacinhoentiadacontoeroticocontos papakuConto eroticos papakuContos eroticos minha esposa gostou quando eu disse que eu ia fuder o cu virgem da minha filha no motelporno. coroas com ps big Black cockcorninho hormonios femininos conto eroticovelho e conto eroticocontos sexo minha esposa minha enteadafui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticosfilme porno de empregadasConto eroticos papakumulheres negras de Minas Gerais transando no cafezal em casa traindo o maridoa nissei casada e o negãofiz amor com meu amor pela 1 vez porno conto eroti cocontos eróticos me vez chantagem meu amigo me comeucontos porno gratis estupro submissãocontos eroticos de sexo com pai da amigana sauna contoarrombando um cu incesto contoconto erotico gay molequequadrinho gay meu selvagem e atrvido filho parte 2contos eroticos de namoro safado e liberalcontos eroticos de zoofilia atualfilhas conto eróticoatores pornos novinhos hetero americanos eseus nomesa linda bucetona da minha tia incestor u s mexendo no glilinho ela gozaconto erotico biConto erotico corno humilhado e usado[email protected]porno Mãe cunhadoporno a nao aguentei falei pra minha prima quero comer elacartoon mom xnxxContos eroticos cm a cunhadaContos metendo na titiaultimos contos sadoporno de nuas de margarinas ate no cu da amigasconto erticos quebrei a perna minha irma mim ajudou a tomar banhoengravidei conto eroticoFotos do chaves em chiquinha virgem quadrinho pornocontos eroticos novos secretarias que ficam com chefes para nao prrder o empregoconto erotico amigocontos eroticos eu dexei meu marido come nissa filhalevei minha mulher na casa de swing contoscontos eroticos amor profundosalinas vampcontos de mulher tranzando com homem do pau inormeConto erotico gozei na buceta peluda da menina inocenteCONTO BUNDAultimos contos sadoconto erotico no metrocoras d buceta peken foder com ponemenor foyandopodendo com a sogra pornôcontos eroticos gay meu pai de vinte e dois anos bebado comeu meu cu quando eu tinha oito anosfamília parte 1 contos eróticoskomik hot ngentotCumplices de um resgate Cumpli conto erótico nua da moz mostra buceta tirando espermawww.conto erotico cumendo o cu virgem da mulher do enpregadocunhado fodendo a cunhadacontos eroticoscontos gostosas dando juntas sem frescuracontos no cu do pai e da mãedepois do vôlei, comi o rabo do meu adversário - Sexo Gaydownload videos de fiho dotado comendi a mae gostosacontos de incesto iniciandoquadrinhopornotraicaoContos com fotos novinha peituda de baby dollconto tirei o cabacinho da minha enteada na marra