TRAÇOU A TIA, A PRIMA E A SOBRINHA


Click to Download this video!


Lucas é uma pessoa encantadora. Atraente, charmoso, sedutor. Seu único defeito é quando extrapola no álcool. Torna uma pessoa insuportável, agressiva e violenta.
Na última sexta-feira passou o dia no barzinho bebendo com os amigos desocupados. Tomou todas jogando sinuca. Quando chegou em casa, tarde da noite, não podia acontecer boa coisa.
Estava em estado de graça. Alucinado e com a cabeça repleta de más intenções. Não sei se fez pelo excesso de álcool ou por pura safadeza. O certo é que entrou no quarto da tia, uma cinquentona, ainda com tudo em cima e caiu matando a coroa.
Se alguém perguntar se a velha se opôs aos desejos sexuais do sobrinho, engana-se redondamente. Tirou a roupa e deixou as coisas acontecerem. Ao levar a primeira mamada nas tetas, não rígidas, como à vinte anos atrás, sentiu um prazer indescritível. Posicionou-se de joelhos sobre o corpo do sobrinho, estirado na cama e mamou gostoso na sua rola até ela entrar em total erupção.
Sentou com as pernas em volta do rapaz e fez uma penetração espetacular. Não precisou de lubrificante. Estava molhada de prazer. Cavalgou no pênis do sobrinho até atingir um orgasmo perfeito, entre gemidos e soluços pungentes. Fazia tempos que estava a perigo e por sentir uma atração acentuada por Lucas, foi como se estivesse com seus dezoito anos de idade, no auge de sua vida sexual ativa e brilhante.
Mandou que Lucas fosse para o quarto dormir para melhorar do porre, enquanto fazia uma higiene e voltava para a cama em estado de graça. E quem diz que o sobrinho ouviu seus conselhos? Entrou direto no quarto da prima dengosinha e cheia de frescura e antes mesmo dela despertar do sono profundo, já estava relando a pistola no seu rabo.
Aproveitando que a menina estava de bruços, mordeu sua bunda carnuda e empinada, chupou seu rabo, lambeu com vontade sua vulva para deixar umedecida e meteu a rola sem piedade. A menina só não gritou porque mordeu a fronha do travesseiro. Ainda sem saber o que estava acontecendo, sentiu o cheiro de bebida e logo imaginou que o primo estava te possuindo.
Rebolou com força, mexendo de um lado para outro até chegar a um orgasmo que deixou Lucas completamente alucinado. Era louco para transar com a prima, mas nunca teve uma oportunidade tão latente como aquela. Antes de ejacular, tirou a rola para fora e deu uma tremenda gozada nas nádegas carnudas e sensuais da prima que sentiu o calor do esperma escorrendo pelo seu rego.
Passaram um tempo entre beijos e lambidelas nos seios durinhos da prima até saltar da cama como um lobo, sem dar pormenores e ir para seu quarto.
Qual o que. Ao cruzar o corredor e ver a porta do quarto da sobrinha entreaberta, não teve dúvidas.
A menina era um tesãozinho e estava de caso com um amigo seu e ele já sabia que estava rolando sexo entre eles. Não perdoou a sobrinha. Trancando a porta com chave, deitou ao lado da garota, que dormia nua e começou relando o pau melado de esperma na sua bunda deliciosamente bronzeada.
Ela ainda tentou argumentar que já estava tarde e precisava dormir, mas foi impedido por uma excitação imensa, quando Lucas tocou sua bunda com o pênis completamente ereto.
Ficou de costas na cama e ele deitou por cima, beijando seus lábios sensuais, apalpando seus seios rosados e tenros e fez a rola escorregar até encaixar e fazer uma penetração perfeita na sobrinha que gemia e contorcia nua na cama.
Não estava acostumada ainda com o tamanho e a grossura do membro do tio. Dos coleguinhas com quem transou a coisa era diferente. Mas agarrou o tio pelas costas e mandou que enfiasse com vontade em sua vagina latejante e quente.
Bombeou até sentir a garota chegar ao orgasmo com gemidos que oscilavam entre dor e prazer. Não quis ejacular dentro por respeito a sobrinha e tirando o pau, ajoelhou na barriga da menina e gozou gostoso no meio dos seus seios.
Ela não desaprovou o comportamento do tio. Tinha essa fantasia entre as muitas que guardava em sua cabecinha infausta.
Recebeu o jato quente de esperma entre os seios e esfregou com as mãos para espalhar por igual e por fim, lambeu os dedos para sentir o calor do sêmen do tio na boca. Estava excitadíssima. Queria mais. O tio não aguentava mais nada naquela noite. Estava extenuado. Não conseguindo ir para seu quarto, enrolou o pênis com a calcinha da sobrinha para não sujar a cama da menina e dormiu por ali mesmo com o pênis encaixado no rego da sobrinha que ainda remexia, tentando friccionar o ânus no membro já em estado de repouso.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 13/07/2016

Olá, querida amiga e escritora Marinna. Deliciosa leitura para se apreciar antes de dormir. Grande beijo em teu doce coração. Good night and sweet dreams 4 you!!!

foto perfil usuario sabrinna

sabrinna Comentou em 04/07/2016

Delicia.

foto perfil usuario laureen

laureen Comentou em 04/07/2016

lindoooooooooooooooooooooooooo bjos Laureen

foto perfil usuario beats

beats Comentou em 04/07/2016

Que tara!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


83450 - MINHA, QUASE, PRIMEIRA VEZ - Categoria: Travesti - Votos: 147
83520 - O HOMEM DO MATO - Categoria: Heterosexual - Votos: 109
83570 - UM SERVENTE DE PEDREIRO, UMA CAMA E EU - Categoria: Travesti - Votos: 108
83610 - DEFLORANDO A ENTEADA - Categoria: Incesto - Votos: 128
83621 - MARCELO, MEU AMANTE, MEU IRMÃO - Categoria: Incesto - Votos: 93
83648 - AS BELAS DO SUPERMERCADO - Categoria: Lésbicas - Votos: 80
83742 - MINHA PRIMEIRA VEZ COMO PROFISSIONAL - Categoria: Travesti - Votos: 107
83819 - PITANGA E O BANDIDO - Categoria: Exibicionismo - Votos: 78
83908 - O HOMEM DO MATO II - Categoria: Heterosexual - Votos: 82
84868 - MARIZA E O GERENTE DA SEGURADORA - Categoria: Heterosexual - Votos: 76
84873 - PAPAI PROVOU E GOSTOU - Categoria: Incesto - Votos: 95
84884 - OS ENCANTOS DA FILHA NUA - Categoria: Incesto - Votos: 103
85015 - A PAIXÃO ENTRE DOIS IRMÃOS - Categoria: Incesto - Votos: 73
85017 - MINHAS FANTASIAS ERÓTICAS - Categoria: Fantasias - Votos: 66
85122 - O CURANDEIRO E O CORONEL - Categoria: Heterosexual - Votos: 64
85681 - MEU NAMORADO E EU - Categoria: Gays - Votos: 54
85683 - O MOTOBOY E O FILHO DO PATRÃO - Categoria: Gays - Votos: 60
85684 - A FAZENDEIRA E O COWBOY - Categoria: Heterosexual - Votos: 60
85715 - PAIXÃO ARDENTE PELA PRIMA - Categoria: Fantasias - Votos: 47
85751 - UM AMIGO DE VERDADE - Categoria: Gays - Votos: 53
85813 - QUANDO O SOL É MAIS AVERMELHADO - Categoria: Heterosexual - Votos: 47
85818 - MICHELLE, A MUSA DO BANCO - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 54
85922 - MASTURBANDO NA SALA DE AULA - Categoria: Incesto - Votos: 72
85996 - CAVALGANDO COMO UMA ÉGUA - Categoria: Heterosexual - Votos: 44
86097 - MEU PRIMO E EU - Categoria: Incesto - Votos: 36
86216 - DESDE ENTÃO, NÃO SAI MAIS DE CASA - Categoria: Fantasias - Votos: 37
86347 - TROCA-TROCA DOS AMIGOS DE COLÉGIO - Categoria: Gays - Votos: 33

Ficha do conto

Foto Perfil marinna
marinna

Nome do conto:
TRAÇOU A TIA, A PRIMA E A SOBRINHA

Codigo do conto:
85682

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
03/07/2016

Quant.de Votos:
56

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos biscatinha,conto meu pai foi cornogordinha bucetuda metendo obijeto grande na buceta conto eroticocontos erotico castiguei a buceta da vadiacontos eróticos fui fragada pelo titioconto porno velho roludofamila favela pornoconto erotico com fotos/ rabo da maepics japinha com pimenta na bucetaconto erotico fui comida pelo mendigo de fio dentalquadrinho gay meu selvagem e atrvido filho parte 2fodendo+a+buceta+da++professoralevei chifre contoconto me masturbo bastante minha xotaengravidei a mulher do amigo contos eroticos com fotosay papy haitai nrgoescontos eroticos policialconto esposa nua no hotel banhoporno quadrinho sograhq porno na praia de nudismotirou cabaco da enteada dormindoconto erotico gay menino solitario da o cuidosastesaoconto eróticos de sexo com irmão engravidando e irmãConto eroticos papakumontando numa rola inocentemente contos pornômaegravidafilhocontocontos eróticos meus tios mederam leite com bananaConto porno desdi pequena pai e mae me comecontos eróticos me comeram tanto que não conseguia nem andarconto erotico taradoNovinhoviadocontosmamando no padrinho contos gaysexo casada infiel caiu na labia do amigocontos eroticos virei meninavovo peludo gay contosconto erotico escravacontos de dois heteros juntosfilme porno nacional garoto mordendo o pescoço da namorada xvideoscontos erótico de massagitas dotados comendo madames e ninfetasconto erotico com padrinhoContos eróticos de orgias tripla penetraçao com os negaosconto erotico em quadrinhõminha vizinha puta contocontoerotico dando de mamar pro velhinhoquadrinho porno mae e filhoMe insinuei para meu genro da rola grande contos femininocontos de incesto modelo para meu filhoconto erotico porno mc kevinho sissy conto eroticoconto erotico armando uma arapucacachorro chupando meu pau contocontos erotico cheirei a calcinha de renda da irmacasa do conto erotico meu imao mulhe deliContos ertico em quadrinhos. O cabao nasce outra vezContos eroticos relatos reais incestos pag 170No cuzinho doi loirinha novinha conto eroticoConto erótico de foda com fotocontos de madrasta se exibindo para enteadofilmes eroticos de casadas sendo fodidas por borracheirocontos de c**** esposa e seu plano eróticom u lhergostosaporno gay quadrinho mozto rugostosas coroas transando com filho e genroconto erótico ilustradoconto erotico vendo mamae enfiar consolo no cu de papaiporno engraxado em qudrinhoorgias anaiswww conto erotico gay de primo com primo com brpapai fode a filiha ate goza na bucetinha delacontos eroticos minha esposa conservadora entrou na putariaconto eroticos fodadosexocomi meu tio de 70 anosContos com casadas em surubas com marido e dotados que colocam sem cuspecontos eroticos sogro tarado me pegou na pescariacontos eróticos sobrinha senta no colo do tio e fica exitadazoofilia com pimtiercontos de brincando comi o viadinho do meu irmãozinhoContosputariafamiliarquero ver cabacinnha gemer de tesaosendoporno em quadrinho milfE se o pai for massinha cabaço com rola muito grossa no cu de rola grandecontos eroticos dopando cunhada virgem pra meter no cu delaconto ofereci minha mulher para os amigosContos eróticos de tio fôlego sobrinhacontos eroticos gay de dando uma mamada no moleque moreninho clarotraicao quadrinho humor erotico pornocorno do genro contosconto erotico mimha mulher gosta de pau groso e grande e o meu e piquemoconto erotico uma depilação atrevidacontos eroticos enteado pe de mesasexo com enfermeira gostosa de fio dental com argola na orelhaquadrinho pornocontos eroticos maes com filhos roludoscontos erótico pai enrabou filinho gay