Noite especial


Click to Download this video!


Desde que Bruno dobrou os treinos, ele tem melhorado muito sua performance tanto como lutador quanto como macho. Essa intensificação do treinamento foi a desculpa perfeita para que nós dois alugássemos um quitinete próximo da academia e desde então, estamos morando juntos. E é claro que com isso, o sexo tem sido muito mais frequente e tem melhorado a cada dia.
Bruno tinha uma bunda tao linda e um cuzinho rosado e pelourinho tão perfeito, que era quase impossível que eu não terminasse por fode-lo quase toda noite. Ainda que eu ache meu pau pequeno, ele dizia que o tamanho era perfeito, pois tocava numa parte muito sensível que o deixava louco! E, de fato, ele gozava como um touro com meu pau metido no rabo. Eu não sei como ele produzia tanto esperma de uma noite para outra! Mas era sempre um gozo em profusão! E se a gente passava uma noite sem trepar, o gozo era como o de um filme pornô. Uma delicia! Ainda que eu gostasse de ser passivo, Bruno só tinha me comido uma ou duas vezes e de forma rápida.
Mas naquela noite, isso mudou. Eu subi uns quinze minutos depois dele, pois tive que arrumar algumas coisas que chegaram na academia naquela tarde. Quando cheguei no apartamento, as luzes estavam apagadas, só os spots sobre a cama estavam acesos… Ele estava deitado na cama usando somente uma cueca branca.
-Hoje eu vou te dar o que voce ta querendo, Toni…
-Eu mal posso esperar! - respondi ja tirando minha camiseta, chutando meu tênis e me aproximando da cama. A visão daquele homem deitado sob a luz indireta, rosto lindo, peludo, com uma pau enorme claramente marcado naquela cueca branca, já fez meu pau subir como um foguete - mas, deixa eu tomar uma ducha antes… tô suado…
-Nem pense nisso - disse ele, pulando de seu lugar e me puxando pelo braço - eu fico maluco com esse teu cheiro de macho, esse suor…
-Mas eu to fedendo! - ponderei.
Ele, de joelhos na cama, ainda me segurando pelo pulso, levantou meus braços e me fez cruzá-lo atrás da cabeça, flexionando meus bíceps e exibindo meu sovaco.
-Fedendo, não… cheirando a suor… cheiro de macho… Voce me deixa maluco!
Ele me beijou deliciosamente, chupou minha língua com vontade enquanto segurava meus braços com uma mão e com a outra me puxava para si. Ele era grande e podia fazer o que quisesse! Desceu chupando meu pescoço e logo enfiando o nariz no meu sovaco. Achei aquilo estranho, mas excitante demais! Para meu espanto, realmente não havia mau cheiro - o tal do cecê, mas sim um cheiro de suor natural. Comecei a gemer a cada chupada que ele me dava… Ele passou de um lado ao outro beijando, lambendo e chupando meu peito e meus mamilos. Fiquei doido! Ele mordiscou meus mamilos e eu senti meu pau começar a babar.
-Caralho, Antonio… voce é delicioso… que corpo lindo… fico louco com voce, cara… - falou e voltou a chupar meu peito, passando log para o outro sovaco. De novo, senti uma excitação diferente, mas deliciosa. Depois de um tempo e muitos gemidos, ele parou e olhou longamente nos olhos. Os dele pareciam um mar, ladeados por cílios longos e negros, emoldurados por sobrancelhas perfeitas. Aproximou seus lábios dos meus. Tentei beija-lo, mas ele me segurou e se afastou. Sorriu e disse:
-Hoje nao. Hoje eu estou no comando.
E começou a me dar selinhos, beijinhos. Soltou meus braços e me abraçou forte. Segurou meu rosto com firmeza, mordiscou meus lábios e enfiou a lingua na minha boca. Chupei aquela lingua deliciosa por um longo tempo. Meu pau estava encharcando a cueca, pulsando. De repente, como num golpe de caratê, ele me jogou na cama e de uma vez, arrancou minha cueca. Ficou em pé na cama e tirou a dele também. O pau dele apontou para cima, grande, grosso e babando muito! Era o conjunto perfeito com o saco e os pentelhos. Os pêlos negros em contraste com a pele branca, os músculos avantajados, aquelas coxas grossas… Se ajoelhou e ja foi me beijando pela barriga abaixo e abocanhou meu cacete. Soltei um urro de prazer. Começou a me chupar como um louco!! E que boquete delicioso!! Ele sabia mesmo como chupar um caralho! E de um salto, ele inverteu a posição na cama e colocou o caralho dele perto da minha boca e começamos um sessenta-e-nove espetacular. Gemíamos muito! Era difícil abocanhar aquele pauzão grosso, mas eu adorava sentir o sabor da babinha que ele expelia. Ele passou a chupar meu saco, minhas bolas e desceu mais… Quando ele encostou no meu cu, eu fui a loucura! Tirei o pau dele da minha boca e disse:
-Caralho, Brunão… assim voce me vai me deixar maluco!
-Essa é a intenção, meu macho delicioso! - disse ele sorrindo. Outro movimento rápido e ele levantou minhas pernas, olhou para minha cara, sorriu e enfiou a lingua no meu rabo. Eu urrei! Ele passou a me foder com a lingua dele. alternava entre lamber do cofrinho ate o saco e enfiar a lingua no meu cu. Cuspia e enfiava a lingua e voltava pro saco. Meu pau estava babando tanto que pingava nos pelos da minha barriga! Ele se colocou de joelhos, segurando minhas pernas para cima. Me apressei em ajudar e passei os braços por trás de joelhos, deixando meu cu exposto. Ele cuspiu no meu rabo, passou a cabeça do pau dele na portinha e, como estava melado de baba do pre-gozo, lubrificou ainda mais. Senti ele pressionando aquele cabeça enorme no meu rabo. Relaxei e senti quando começou a entrar. Senti uma grande dor. Quis gritar, mas ele abafou com a mao enorme. Parou por um momento e meteu mais. Parou novamente e logo voltou a meter. Eu sentia aquele caralhão me abrindo o cu e estava bom demais!! Quando notei, ele ja tinha enfiado seus vinte e tantos centímetros até os pentelhos! E começou a me foder. Caralho, que foda deliciosa! Sentir aquele cacete me arrombando foi gostoso demais!! Ainda mais olhando Bruno, lindo como é e escutando-o dizer o quanto eu era delicioso.
Sem tirar o cacete do meu rabo, ele me puxou, me abraçou e eu passei as pernas por atras das costas. Ele me olhou profundamente nos olhos e me beijou. Senti sua lingua numa extremidade do meu corpo e sua pica grande e grossa na outra. Que coisa deliciosa!! Ele então se deitou, fazendo que eu ficasse por cima e comecei a cavalgar aquela rola deliciosa. Ainda que eu estivesse sentindo dor, meu pau estava duro como rocha e babando muito. Ele espalhou esse pre-gozo pela cabeça do meu pau e me fez travar o cu.
-Isso meu macho… Morde meu pau com o cu, morde! Agora cavalga minha vara, vai!
Obedeci. Levantava até o pau dele quase sair do meu cu e sentava novamente ate sentir o saco dele. Ele se contorcia e revirava os olhos e falava todo tipo de putaria, me deixando mais louco de tesão ainda. Com essa massagem toda na minha próstata, mesmo que eu quisesse segurar, o gozo veio. E veio forte! Esporrei muito e sobre o abdome perfeito e peludo do meu homem. Com os espasmos, ele não conseguiu segurar o gozo dele e eu senti quando ele inundou meu cu com tanta porra que começou a sair porra mesmo como a vara dele metida no meu rabo.
Eu me deixei cair sobre o corpo dele e fiquei com o rosto sobre o peito peludo, coberto com minha porra. Ainda sentia o corpo dele e tremer junto com o pau que ainda latejava, ainda meia-bomba, dentro do meu cu. A gala dele escorria para fora do meu rabo por meio do cacete dele. Estávamos eu e ele ofegantes e extasiados. Com um movimento, tirei o pau dele do rabo e senti a porra escorrer. Era muita porra! Deitei do lado dele, em seus braços e nos beijamos longamente.
Sim, eu estava completamente apaixonado! Pegamos no sono ali, suados, melados de porra. Quando acordei, o relógio mostrava uma hora da manha. Ele dormia a meu lado, de bruços, com aquela bunda peluda deliciosa exposta para mim. Passei a mão nela. Desci um pouco mais e senti o cu dele úmido. Meu pau deu sinal de vida na mesma hora… Tentando não acorda-lo naquela hora, me posicionei e comecei a beijar e chupar o cu dele. Ele acordou gemendo… E lá fomos nós… Dessa vez, fui eu que comi o cu dele. Mas essa fica para a próxima.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


85448 - Mais que um colega - Categoria: Gays - Votos: 3

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico harddick

Nome do conto:
Noite especial

Codigo do conto:
85449

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
28/06/2016

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos seios judiadosfotos de buceta negra molhadapornocontoincestosporno contos eroticos mae e filho carnavalconto erodico tentado comer avisinha casadaContos eroticos adestrando o viadogostoso chega com uma camisa de desabotoar aberta e comeca a transar com gay porno gaypadrinhocontoeroticoCamila minha enteada e******** ainda tireiContos eróticos sograamigocontos eroticos dominacaoultimos contos sadocontos casal van cornoliga da justiça porno gaymeu padrasto me estrupou e eu me vingueicontos gays casados um negao socou forte em meu intestinoporno cssada trai com catador de papelaoContos Padrasto tirando cabaçosConto erotico defoto menina 2017Comto porno de madrinhacontos eroticos mozultimos contos sadomasoquistavovos peludos gay contos eroticosconto erotico casal n praia e dp p hotel esposa n resitiincesto pai que bolinou suas filhas pequenas de oito e seis anoscom o dedo no meu cu contocontos de tio safadocontos eroticos arombei o cu da minha tia pornoConto goza pai ui ui no cuIncesto com a filha no onibus sarrando nela quadrinhosconto erotico comi o cuzinho de casadaxvıdıo VENDOU A ESPOSA PRA NAO VER OUTRO COMER ELAcontos eroticos policialnao era pra enfiar no meu cuzinho virgemcontos eroticos pescariametendo a pica divaguarconto erotico bandidocontos erotico meu filho e amigosconto - gorda esfomeada por porraOlhar Fotos meu tio mecomeu gostozomilf+toons+brasilcontos transex fudendo com entregador de pizzabanda desenhada pornoconto erotico ela gosta de mete o dedo no cuconto erótico chupa greloconto gay casado no cinemaContos eroticos.meu filho e minha calcinhasconto exortico gay colega d serviçosexo em quadradinho de pokemoncontos eroticosConto erotico negao interracial comeu m mulherconto+dei a bunda e meu marido ganhou empregoconto gay garoto hetero pirocudo comendo garoto c fotoconto de incesto deixei o irmão da minha esposa comer elacontoeroticoburrocontos veridico travesti bem dotado,fodi o cu e a boceta da minha irmapornô grátis comendo o cu madre no coventoerguas com gozovideo de corno tranca a esposa no quarto com amigo forçando ela bater punhetafotos porno de desenhos equadrinhoscontos eróticos na areia com minha maecontos eroticos entre engravidei do meu filhosexo irmã so faz merda contocontos eroticos estou ficando louca de vontade de chupar meu cunhadocontos erotico meu filho me violentouContoerotycowww.garota cota comu pedeu u cabasu du cucomto eroticochupando os peitos da vizinha tdconto erótico de gato bi CONTOS DE INCESTOS DE GORDINHAS COM 45ANOS COM FOTOS DELAS PELADASconto erotico gravida dos piõesfoto meninas virgem peladinhaConto erotico peludacontos eroticos comeram a minha esposa na marra no hospitalPriminha gostosa da cadeira de roda conto.eroticocontos eroticos ela mentiu pra mepunheta na infancia com amigoconto cu abertoxvideo molheno boracoconto da mulher que nao aguento o pauzudocontos eroticos gay o nilmaminha esposa gordinha puta no bar contoEmpregada virgem que seu patrao coroa rico dava dinheiro pra ela conto eroticoúltimos contos de incestonegro coroa eletricista,contossentadinha no colo do titioA buceta da esposa para um jovem negro 3 -contos eroticos comi minha empregada na minha camaquadrinhos eroticos mae gravidahentai gay porno meu filho atrevidoeu corno e minha esposa safadacontos titia do cuzinho gostosoFotos mulher manda marido chama dotado pra fuder contos eroticoboquete da coroa contoconto herotico.novinha e coroa