Meu primeiro contato com Nathaly


Click to Download this video!


Olá, sou Carlos, tenho 25 anos sou estudante de arquitetura, vivo em Toronto Canadá. Tenho 1.73, branco, olhos verdes, cabelos loiros, não magro nem bombado.
Essa é a história de quando acabei de chegar no Canadá para estudar e conheci Nathaly.
Ganhei uma bolsa para intercâmbio para estudar no Canadá, por não ter muito dinheiro para gastar com moradia, fui atrás de uns contatos e consegui dividir o apartamento com uma pessoa. Era coisa simples, no subúrbio, barato e prático.
A minha grande surpresa quando chego no apartamento, foi quem abriu a porta, uma mulher linda, e muito tesuda (tinha mais ou menos 1.60, pele muito branca, cabelo tingido de azul, estava de moletom, o que não permitiu ter certeza do seu corpo, mas tinha jeito de ser muito gostosa), naquele momento tava nas alturas pensando que ela seria minha companheira de ap.
_Bom dia sou Nathaly, vc deve ser Carlos, meu novo companheiro de quarto.
_Sou, sou sim... Prazer, muito prazer
_Hihihi(ela riu já me puxando pra dentro do ap), fizemos um tur pelo ap, era pequeno sala/cozinha, e dois quartos. O que mais chamava a atenção era o sofá velho na sala.
_Entao este quarto com porta é o meu, este sem porta será o seu beleza.
Estrangeiro, mas afirmei q sim com a cabeça.
_ Ah, antes que me esqueça, eu sou homem, mas exatamente um transexual.
!?!?!?! Meu cérebro bugou nesta hora, como todo bom homem, eu estava olhando cada detalhe dela - prestei mais atenção no rebolado dela do que na casa - e aquela informação não batia, como assim? Ela era perfeita? Ela deve ta mentindo para me manter afastado?! Tem que ser isso! Acabei que ficando meio travado deste ponto para frente da conversa, acertamos os últimos detalhes, e acertamos que iríamos dividir o ap.
Com o tempo é com o convívio, nos tornamos bons amigos, o único horário que realmente conviviamos era o café da manhã, já que era o único que os dois tinham livre e desfrutar da companhia um do outro. Isto se tornando a melhor hora do meu dia, sentavamos a mesa e ficávamos trocando ideia até a hora de nos arrumar e sair, todo dia era a visão do paraíso, como nos dois éramos preguiçosos, tovamos café ainda com a roupa de dormir, eu sempre de tive o costume de dormir só de cueca, ela não se incomodava com isso, e ela sempre com uma camisa larga e um shortinho.
Eu comia ela com olhos todos os dias, seu corpo era muito perfeito, e seu jeito de ser -menina sapeca - me deixa muito duro nas manhãs. A intimidade, é fogo, com o tempo, as conversas foram tornando cada vez mais íntimas, e como qualquer bom convívio, começou as piadas de duplo sentido, as indiretas, coisas assim, mas não sai disso, não tinha muito coragem de tirar a prova do sexo dela.
Em uma noite mal dormida, percebi que estava sendo observado enquanto dormiu, estrangeiro e coloquei, um espelho que me permitia ver se tinha alguém na porta. Dito e feito, na mesma semana, olho pelo espelho e vejo a Nathaly na porta, aparentemente se masturbando, olhando para minha bunda - na minha infelicidade, eu tinha o costume de dormir de bruços com as maos segurando meu brinquedo, o que deixava minha bunda de certa forma arrebitada - me assustei na hora, ela se sustou também com isso, que acoubou saindo correndo para seu quarto. Meio sem saber o que fazer, fui atrás dela, estava chorando de bruços na sua cama.
Sem muito saber o que fazer tentei dialogar com ela, mas nada muito inteligente saiu da minha boca, só acabei questionando ela o pq daquilo.
_Sei lá, eu não tava me controlando, eu... eu... to ficando louca, é estranho demais, desculpa! Desculpa! Nunca mais faço algo do tipo. Realmente aquilo foi estranho, mas eu acabei entendo, querendo ou não, se ela não trancasse o quarto para dormir, eu faria o mesmo com ela... Então percebi algo de meu interesse, ela estava sem seu shortinho, e aquela bundinha redondinha, branquinha está ali para me deliciar.
_sabe Naty, não ligo de vc ter feito isso, mas acho injusto, vc ficar se deliciando com a minha é eu ficar só na vontade. Dei um tapa muito gostoso naquela bunda deliciosa.
Ela virou de lado rapidamente, ainda com os olhos lacrimejando, me olhou, rapidamente percebeu meu olhar sacana pra ela e pra bunda dela.
_uhn, já que assim, vem se deliciar nessa bundinha. Na hora seu tom de voz mudou e sua feição se tornou de uma safada. Não pensei duas vezes, pulei para cima dela, e comecei a deliciar me coloco à visão da sua bunda.
Era maravilhosa, de mais um tapas, aoertei aquela coisa macia, tava ficando duro que nem pedra. Quando ela sentiu o meu pau a bater em sua perna, ela começou a rebolar, e fazer movimentos para trás como se quisesse que a penetrasse.
Não pensei duas vezes, encaxei meu pau entre suas abas, e comecei a sarrar ela, só pra deixar ela louca. Meu pau não é muito grande tem 15cm meio grosso e torto para cima, mas nunca fiquei na mão, e encaixava certinho naquela bunda deliciosa.
Depois de fazer ela pedir para penetrar ela, comecei a forçar a portinha do seu cu rosado, como estávamos sem lubrificante, estava bem difícil para penetrar, e o gemidos dela mostraram que estava doendo. Olhei para os lados e não vi nada que pudesse usar pra lubricar ela, não pensei duas vezes, cai de boca, pra deixar aquele cu molhado.
_Ahhh...Ahhh... isso... isso enxarca esse cu.... deixa esse cu pronto pro seu cacete.... ahhh... vai delícia... ahhh... ahhh.
Nessa frenisi, senti o olho piscando na minha cara, rapidamente me ergui e comecei a bater na porta, agora consegui penetrar ela lentamente. Ela deu um gemido, e uma apertada no meu pau com seu cu.
Deixei daquele jeito para ela se acostumar e ficar prazeroso, mas como também sou maldoso, enfiei o resto de uma só vez, ela soltou um gemido longo, que me deixou cheio de tesão. Comecei o movimento de vai e vem, lentamente, quase tirava o caralho pra fora e depois o colocava até as minha bolas baterem naquela bunda lisa. Juntei ela pela cintura deixando ela de quatro e comecei a ir mais rápido e forte.
_isso meu...ahhh.aaahhh... TESUDO!!! ISSO...ISSOO... AHH...QUE DELICIA!!!
Fui as faturas, comecei a bombar mais forte, e ela correspondia jogando o corpo pra trás, não aguente mais, e gozei naquele buraco apertado, do nada ela para começa a gemer e seu anel começa a morder meu pau. Essa foi uma gosada épica, me cansei tanto que acabei caindo sobre ela, estávamos tão cansados que acabamos que por dormimos ali mesmo.
(Obrigado pela atenção, continua)

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario marcosnegao

marcosnegao Comentou em 23/06/2016

SHOW AMEI O SEU CONTO... SOU LOUCO POR TRAVESTIS (COM TODO RESPEITO)...SOU DE FORTALEZA/ CE BRASIL E ESPERO CONHECER ALGUEM DAUQI...

foto perfil usuario morcegonoturno

morcegonoturno Comentou em 22/06/2016

Ansioso pela continuação...

foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 22/06/2016

Conto que te prende,mas faltaram as imágens! Betto

foto perfil usuario hugomkt

hugomkt Comentou em 22/06/2016

Delicioso.

foto perfil usuario eutoaquipraver

eutoaquipraver Comentou em 22/06/2016

lindo conto, isto mesmo o tesão tem de ser liberado.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil ursonerd
ursonerd

Nome do conto:
Meu primeiro contato com Nathaly

Codigo do conto:
85153

Categoria:
Travesti

Data da Publicação:
22/06/2016

Quant.de Votos:
16

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


A irmãzinha de calcinha branca porno em quadrinhos hentai xxxcheirando fundo da calcinha da gostosas meladinhatrepei com minha filha contos incestosConto mauricinho pirocudoxvıdıos.commeninas da family guy peladasconto erotico hostel em salvadorcontos eróticos massagista casada abusadaporno gratis caseiro víu a entiada trocado de roupacontos eroticos coroa casada bancaria traiu com seu clientevidioporno mulher fodendo gosando con bastante pentelho gosando jato de porar u s mexendo no glilinho ela gozaconto de sexo fui chantageada pelo meu paicontos comi minha mae e engravidei elaContos eroticos com motorista macho do ubercontod eroticos virgem novinha dez anoscontoseroticospossuidaconfissoes e relatos swing brasilConto erotico gay garotos bundudos fazendo troca-trocafiquei de quatro e deixeo cavalo meter a piroca na minha bucetacontos eroticos de velhos que praticam lactofiliaamadoras chorou quando pediu pro namorado enfiar so a cabecinha na boca dela mas ele enfiou a rola na garganta e ela engasgouqero ver Novinhas transando cor caxorrocontos eroticos de velhosgostosa da minha irmã veio morar comigo no meu apartamento contoporno do padre fudeno casada comfusaesposa manda dotado comer seu marido contoscontoeroticoputacontos eroticos com negao levando casada no cinema pornomamae gravuda contorelatos minha sogra anda pelada en casa con a buceta cabeludaCasa dos contos eróticos Minha vida com meu filho pt10Cantos fotos eroticas de cazeiros pirocudo com patroa e a filhas virgemContos erotico com fotos menagesexo so com de menor videos gratis contos realcaipira dano abuceta para goratao come ela e enchela de galaCANTOS FOTOS EROTICAS DE NEGAO PIROCUDO COM TRAVESTI NOVINHASamei ver o pauzao contoscontos eroticos com fotos de transando com as cunhadas casadas na frente de seus maridosquadrinhos eroticos novela eroticascontos casal van cornoEsfolando a piminha inocenti contos eroticosvideos de moças de chortinhos curto parecento buceta rachadamulher desajeitada dando o cu pornContos eroticos lebicos de professoras e alunascontos carona magrinhaContoerotico filinha pré adolecenteextraordinário quadrinho e contos incesto pornoconto incesto engravideicontos eroticos de jovem transando menstruadas com o professorconto erótico gay. meu amigo gamou no meu paiconto ertico com formigasxvideopirocudos na punhetacontos transando com vôvôConto Erotico Gay conhecendo o prazer com o vizinhoHISTORIETASxxxContos o dia que mae do meu amigo pediu pra ve meu penis se tem fimosecontoerotico com velho safadonovinha na piscina conto eroticocontos narrados de casada que adora um boquetecontos fogosaporno real em quadrinhos imagenssedutoras e marrentas parte 4 contos eroticoscontos eroticos imagensContos reais sobre maes fudidas por amigoscontos comendo menininha de 10contos eroticos com vendedora de cocada baianairmãincestoconto porno desenho em cuadrinhohetay gay melhor dia dos paisestrupei meu primo gay conto[email protected] priminha dormindo linda aproveitar beija a buceta delacontos eróticos fui fragada pelo titioporno gay vestido demulher com espartilhocontos de incesto iniciandocontos provoquei meu tiovideos de moças de chortinhos curto parecento buceta rachada[email protected]conto erotico minha mae é uma piranhaGay gosando e punhetiandocontos eroticos guardetes noturna trepandoconto gay professorcontos fio terra da mulherconto porno me exibiram feito um trofeuconto erotico orgiaContos eroticos de expo