Papai Devasso "A Descoberta"


Click to Download this video!


Ola me Chamo Carina, e o que vou contar de fato aconteceu comigo a pouco mais de um mês, a um tempo atrás pouco mais de seis meses, descobri coisas interessantes dentro da minha casa, como era muito namoradeira e vivia na casa de amigas não prestei muita atenção dentro de casa, mas um pequeno acidente no meu braço, me obrigou a ficar em casa, como meus pais eram chatos com visitas, minhas amigas pouco apareciam e foi ai que descobri alguns segredos de família.

Estava em casa e me dirigia para o médico para dar uma olhada no meu braço para poder ver se já estava pronto para retirar, mas no meio do caminho minha mãe recebeu um telefonema da empresa, dizendo que ela teria que comparecer em outra cidade para tentar convencer alguns acionistas, me perguntou se eu poderia ir sozinha, disse que sim, então ela me deixou em frente ao consultório do médico, o processo foi rápido, e logo estava saindo livre do médico e livre para curtir a vida novamente, o período com o braço quebrado durou apenas um mês graças a deus, e como fiquei todos os dias em casa, nada de estranho aconteceu, ia pegar um ônibus para casa, mas resolvi aproveitar um motoboy que tinha acabado de chegar com um cliente em frente ao consultório médico, e rapidinho cheguei em casa, ia fazer uma surpresa, mas quem realmente se surpreendeu foi eu.

Ao chegar em casa, tentei fazer o mínimo de barulho possível, chegando na sala, não encontrei ninguém, fui a cozinha e nada, comecei a ouvir alguns barulhos vindo da piscina que ficava nos fundos da casa, fui como uma gatinha a passos lentos e em silencio, como fiz dezoito anos no mês em que estava de braço quebrado, ainda não me deram as chaves de casa para me tornar independente por completo, e minha mãe deixou a chave comigo para voltar e disse que retornaria a noite, com o calor forte, encontrei meu pai, e minha irmã Catia, os dois se encontravam muito coladinhos, em um lugar da piscina na qual eu tinha visão lateral dos dois, de modo que se percebessem algo eu poderia me esconder rapidinho, eu estava próximo a churrasqueira, no corredor externo da casa, comecei a desconfiar do dois muito colados, pois estavam conversando muito próximo mesmo, não demorou muito para ver os dois aos beijos como dois namorados, Notei papai puxando o cabeço dela, com uma mão, e com a outra acariciando os seios da minha irmã Catia, que era um pouco mais velha que eu, minutos depois ele abaixou sua mão, abaixando a parte de baixo do biquíni com uma mão, e com a outra puxando para o lado a parte de cima do biquíni e chupando seus seios, minha irmã Catia muito safada rebolava como uma putinha, logo em seguida, desceu a sunga de papai e ficou batento punheta pra ele, eu não pude ver muito, consegui apenas ver uma cabeça rosada de pica na água, eles ficaram nessa sacanagem por alguns minutos, papai virou a Catia de costa de modo que ela ficou debruçada na beira da piscina, e puxando seu cabeço como quem domava uma égua, socou a pica na minha irmã safada, não sei lhe dizer se foi no cuzinho ou na buceta, só sei que fiquei vendo aquela foda dos dois transando na piscina, enquando ele puxava e chamava ela de éguinha do papai, ela gemia e falava que estava com saudade daquela pica, que não via a hora da casa ter ficado livre da irmã dela, no caso, eu, enquanto papai falava para ela calar a boca e levar pica do papai como ela sempre levava.

Quando ela disse sempre levava, comecei a pensar mil besteiras entre eles dois, transaram por mais um pouco, e depois que papai gozou naquela safada, ele a colocou na beira da piscina e começou a dar um bom banho de língua nela, ela chupava a buceta dela e eu notei pela cara dela que estava amando, minha irmã Catia nunca foi de namorar por muito tempo, mal começava o namoro em poucos meses se separava, depois que terminaram, ouvi papai falando pra se arrumarem que ele teria que limpar a piscina pra ninguém notar o esperma dele dentro da água, quando ele disse isso, deduzi que era um segredo, e como todos nós sabemos, segredos apenas são para atiçar ainda mais nossa curiosidade, enquanto eles iam saindo da piscina tentei sair o mais rápido possível de casa, aproveitei pra dar uma volta, fui na padaria fazer um lanche que estava com fome, enquanto comia, mil coisas vinha na minha mente, a quanto tempo eles faziam isso, e porque os dois transavam, poxaaaa, eram pai e filha, meu pai e minha irmã transando as escondidas, tinha que descobrir como isso aconteceu, mas turbilhões de coisas acontecendo na minha mente, apenas pude perceber uma coisa, minha buceta estava babando com tudo aquilo, me senti toda molhadinha, e minha buceta chamando pica, a partir desse dia, quando arrumava algum paquera, e transavamos, meus pensamentos começavam a chegar a imagem deles dois transando na piscina, em alguns casos eu me via no lugar da minha irmã Catia, eu estava começando a ficar louca, e aquilo me deixava ainda mais excitada, e o tesão falava tão alto que nem me importava quem estava comigo, só queria imaginar meu paizinho me comento, os dias ficaram cada vez pior, pois alguns dias ficava em casa, e só de sacanagem eu sempre arrumava desculpa para sair justamente quando minha mãe falava que iria sair para alguma cidade pra falar com acionistas da empresa, esqueci de falar que depois que tomei aquele lanche na padaria aproveitei para ir ao chaveiro e pedir uma copia das chaves da casa, então sempre dava um jeito de chegar em casa, eles sempre ligavam para eu e minha mãe para saber onde estávamos e eu claro, mentia descaradamente falando que estava na casa da minhas amigas, o que me permitiu pegar eles transando varias vezes na piscina, algumas vezes no banheiro podia ouvir gemidos dos dois como dois animais, minha irmã Catia gemendo e dizendo que adorava o leitinho do papai, já peguei até mesmo eles dois transando na cama da mamãe, com a porta fechada, e assim descobri que meu pai comia minha irmã Catia, a própria filha, mas as coisas ficaram ainda pior, quando minha mãe disse que precisava viajar para outro país e havia pedido para minha tia Alice iria ficar esses dias na nossa casa para poder preparar a comida para nós, no primeiro dia tudo normal, no segundo dia quando minha tia estava preparando o almoço, estava assistindo filme na teve, enquanto minha irmã tomava banho, ouvi meu pai falando para Catia sair do banho que ele precisava tomar banho também, mas notei que meu pai havia aberto a porta do banheiro, ou para falar mais baixo com ela, ou para ver toda peladinha, e quando a tela da TV ficava preta, podia ver pelo reflexo meu pai, por trás da minha tia, fazendo movimentos para frente e para trás, como a cozinha era americana eu tinha esse privilégio, eu não queria acreditar no que estava vendo, mas fingi inocente e aumentei um pouco o volume e pedir para fazer silencio que eu queria ver a matéria na TV, sem olhar para trás, no que foi o ponto que eles queriam para poder brincar enquanto eu olhava, mas discretamente, vi meu pai pegando nos seios da minha tia, e ela com uma mão para trás como quem batia punheta, quando resolvi levantar arrumando desculpas que precisava para ir ao banheiro, minha irmã saindo, eu pude ver na cozinha que meu pai estava somente de toalha, e vi que ele disfarçou e virou possivelmente para eu não ver seu pau duro, nesse momento minha calcinha já estava babando de tesão e desejo, que loucura, enquanto estava no banheiro, tentei fazer o máximo de silencio para tentar ouvir algo, e só pude ouvir algo do tipo “calma suas safadas, vamos dar um jeito”, minha buceta ficou ainda mais louca, limpei minha buceta babando com aquilo tudo e sai como se nada tivesse acontecido, minha irmã ao ouvir o barulho da porta do banheiro, rapidinho foi para seu quarto, e minha tia se recompôs, falei ao meu pai enquanto me dirigia a sala, que ele poderia ir tomar o banho dele, que ainda disfarçando disse que já iria, mas foi apenas eu sentar no sofá para ele entrar no banheiro.

A noite comuniquei a eles que iria para uma balada e iria dormir na casa de uma amiga, como eles não imaginavam que eu tinha a copia da chave acharam que estaria com a casa livre para fazer a festa.

Por volta de onze horas da noite recebi a ligação da minha irmã Catia perguntando se iria dormir mesmo na casa da minha amiga, e respondi que sim, foi a confirmação que ela queria para aprontarem, minutos depois cheguei sorrateiramente, e comecei a ouvir barulhos na casa, pareciam três crianças brincando de correr um atrás do outro, só dava pra ouvir meu pai, falando que o lobo mau iria comer elas, enquanto rindo falavam que o lobo mau não iria mesmo comer elas, e logo ouvi as duas falando de forma alternada, então foi ai que descobri o porque de tudo aquilo, e foi algo assim:

- Catia, Nossa que olhos grande você tem!

+ Papai, É para de olhar melhor.

& Tia, que boca grande você tem!

+ Pai, é para de beijar melor.

- Catia, que Lingua grande que você tem!

+ Pai, é para te chupar melhor.

& Tia, nossa que pau grande você tem!

+ Pai, é para te comer melhor.

Depois disso, começou a brincadeira de correr novamente, enquanto ouvia a Catia correndo e meu pai provavelmente atrás dela, ouvi minha tia dizendo que iria pegar o chantily e a calda de chocolate, mas não demorou muito tempo, e comecei a ouvir no lugar de risos, gemidos dentro da casa, era minha tia e minha irmã Catia, pude notar beijos altos e palavras obscenas, meu pai xingando as duas de varias e que iria fuder gostoso com as duas, enquanto elas apenas se deliciando com o pau do meu pai, falavam que vão chupar tanto aquele pau que iria afinar ele em um único dia, e papai pedia para as duas chupar o pau dele ao mesmo tempo, que homem mais safado, e aquelas duas, eu não podia acreditar em toda safadeza que pude ouvir, enquanto papai beijava minha irmã Catia, minha tia pedia pau dentro dela falando, “mete essa pica linda dentro da buceta da sua irmã seu safado, já faz tempo que não sentia essa pica, quero tudo”, enquanto o sexo rolava, era uma transação só, ouvi muitos xingamentos, e muita sacanagem, minha buceta estava ficando louca, ao mesmo tempo que ficava com raiva, pois agora pior ainda, meu pai comia a própria filha e a própria irmã, incesto puro, mais tarde quando voltei pra casa umas 2 da manhã, reclamando que minha amiga saiu com um paquera e não daria pra eu ir dormir na casa dela, cheguei em casa com o corpo pegando fogo, e fui tomar um banho reclamando, os três deram risadas da minha cara falando que eu havia perdido playgirl, acho que eu estava com raiva é de não ter participado daquela transa, e será que meu pai tinha o pau tão grande assim que elas adoravam tanto, ouvi os três reclamando que havia acabado com a brincadeira da madrugada, no que meu pai disse que haveriam outros dias para os três ou para os dois, no qual minha irmã Catia falou toda alegre debochando da tia que teria aquela pica sempre em casa, e minha tia reclamando que daria um jeito para chupar aquele pau de novo, tudo aquilo de modo baixo para eu não ouvir, mas eu estava com o ouvido tão colado no buraco da fechadura que pude ouvir tudo, então nesse momento fui tomar meu banho e bati uma siririca com tanta loucura na minha cabeça, que gozei muito rápido, esfreguei minha bucete pouco e já gozei, mas o tesão estava tão grande que no meu quarto sozinha fechado, bati mais outras duas siririca na madrugada, agora eu tinha apenas uma única meta.

Descobri qual o segredo do pau do papai que ele tinha essa vantagem para comer minha irmã Cátia e minha Tia, irmã dele.

Continua...


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 19/05/2016

Que tesao gostoso, ou amiga conte logo o resto dessa historia. Quero gosa com vc.

foto perfil usuario notório

notório Comentou em 18/05/2016

Parabéns, gostei do conto, principalmente, por ser de incesto entre pai e filha !! Estou querendo ler a continuação !!! Votado com louvor !!!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


60399 - Família Unida, Fode Unida - Categoria: Incesto - Votos: 17
60471 - O brinquedinho da NASA - Categoria: Incesto - Votos: 4
60473 - Whats App é fóda mesmo. - Categoria: Incesto - Votos: 10
64209 - Realizando Dois Dezejos - Categoria: Fantasias - Votos: 5
64211 - O Jogo ( FPS - First Person Shooter ) - Categoria: Incesto - Votos: 3
83281 - A Enteada - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
83548 - Papai Devasso “Tentação” - Categoria: Incesto - Votos: 12
90029 - Cuidando Bem do Papai - Categoria: Incesto - Votos: 12
90078 - Game Over - Categoria: Incesto - Votos: 2
90080 - Mensagem Errada - Categoria: Incesto - Votos: 16
90638 - Doce Pecado (Indução) - Categoria: Incesto - Votos: 4
90991 - Culpa da Crise no Brasil - Categoria: Incesto - Votos: 6
90992 - Doce Pecado (Realização) - Categoria: Incesto - Votos: 3
92629 - Tentação foi culpa da Depressão. - Categoria: Incesto - Votos: 4
92696 - Brincadeira Gostosa - Categoria: Incesto - Votos: 4
120558 - Apostando Alto - Categoria: Incesto - Votos: 6
125319 - Minha Filha nos pegou fazendo Sexo. - Categoria: Incesto - Votos: 26

Ficha do conto

Foto Perfil superdevasso
superdevasso

Nome do conto:
Papai Devasso "A Descoberta"

Codigo do conto:
83494

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
18/05/2016

Quant.de Votos:
14

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erótico de objetos no cuconheci no happn e comeuo coroa pescador fudendo o amigo conto gayContos e fotos de idosas boqueteirasconto erotico safada provocadoracontos eroticos 2017 na rua com travesti negraconto anal irmascontos eroticos de genro fazendo xixi a sogra veconto erotico de cornoleomar1111Conto erotico meu avô e avóconto erotico de cornoempurrei a rola grossa toda no cu do novinho e ele pede tiratiracontos de coroas vendedorasconto de corno bêbado e amigo mulher timidabiancamontenegro putinha casadaconto eroticos cheguei em casa com o cu cheio de porrae arrombadoconto sobrinho safado da o cu para todos da famíliaadora ser enrabada quadrinhosexo gay contos eroticos 220contos erotico minha meu bebezinhoencoxando a mamae conto erotconto erotico eu gozei dentrocontos eróticos dei o cu ea buceta da cunhadinhame fuderam depois de casada contoxvideo. amas. gostosa. dengozinha. gemendo. falandocomics porno de negrosconto gay socada no filhoContoeroticofaveladaconto erotico reuniaoconto erotico gay: tenho cinquwnta anos e dei meu rabo para um garoto de desesseteperdi as preguinhas do cu quando era pequenaquadrinhos pornor filho atrevidomeninAcrenteputaContos eróticos de incesto ai mamae que chupetinha mais gostosa é essameu capataz fudeu minha esposa e encheu a buceta dela de porraconto erotico comi minha empregada cinquentonaconto erotico;eu e a professora de artescontos de sehoras coxudas que deram o cucontos eróticos gay chupei a pica fedidacontos eróticos com mulher gordameu pai conto eroticocontoeroticoputaconto porno meu marido levou amigos pra jogar baralho em casaHq de sexo mulher velha dando pro negaocontodevaginasogra gostosa metendovcom o genroporno contos eroticos adoro mamar no papaicontoeroticodfConto pelado na casa ela viufudendo a esposa do amigo na estrada contos eróticosconto erotico esposa descobriu q sexo a tres e melhorquadrinho erótico sexo entre irmãosconto erotico briga de espadas gay 2017porno travest de saia dentro do oniboscontos eroticos pensa nim pau gostosoconto erotico minha filha pequenafotos coroas cu arrrgacadosConto porno desdi pequena pai e mae me comeminha esposa deu para o amigo viadoxvideofoto meu marido pauzodoContos linda mulher gostosa (travestirporno zoofilia enchendo um copo com porra de cavalocontos eroticos sobrinhahistoria de contos eroticos de negao fudendo neguinha novinhaconto erotico mulheres esfoladas na pica grossa e giganteler contos eroticos com mulhres virgem sendo em caixada no metro ate o cara gozarconto falado depiladora travestiinquilina casada transa com o dono cormo vai trabalhacontos.encesto.mae.fas.gostosodei o cuzinhocontos eroticos gay quando eu tinha oito anos dei para meu pai bebado de vinte cinco anosfudida por garoto pausudo inimigo do meu filho. conto eroticoconto erotico_tio do meu marido mi comeu na frente delevideos de mulheres esfregando a buceta na cara do velhotecontos erotico cheirei a calcinha de renda da irmahistorias eroticas de genro bem dotado fudendo a sograquadrinhos porno kelly e jennybuceta primaminha esposa perdeu aconta de quantas rola ja comeu conto erotico