A tia do interior


Click to this video!


A tia do interior

criada na roça, Márcia cresceu ao redor de deus avós recebendo muitos mimos durante toda infância, longe das grandes metrópoles Márcia mantinha contato apenas com animais da fazenda de seus avós.
Ela foi crescendo e se tornou uma boa dona de casa, não havia nada que ela não soubesse fazer, corte,costura,cozinhava além de uma boa educação dada pelos avós, Seu joão o avô era lavrador e mantinha a pequena família de três pessoas tranquilamente e a fartura era certa todos os dias em que márcia viveu ali Porém pela idade já avançada márcia sabia que ela teria que assumir a lavoura mais cedo ou mais tarde, mas joão não gostava nada da idéia de márcia assumir aquele trabalho era muito pesado para ela,e ele não queria aposentar-se era o que ele amava.
Márcia estava com 25 anos, sabia escrever e ler mas todo seu conhecimento não era o esperado para levar uma vida longe dali, Seu avô lembrou do bisneto filho de seu falecido neto que morava na cidade, seu nome era Júlio, um rapaz educado de 20 anos cursando medicina em uma renomada universidade, Após conversarem por uns dias, márcia tinha medo mas aceitou o pedido de seus avós de ir morar na cidade para melhorar de vida.

Então joão seu avô liga para o seu bisneto avisando e acertando tudo entre eles combinaram de que ele a buscaram na rodoviária.
Márcia não usava cosméticos e seu único brilho estava em seus olhos, mulher simples do campo usava vestidos floridos feitos em casa.
Na rodoviária júlio sentado na área de espera e com uma placa na mão escrito o nome de sua tia que nunca havia visto em toda sua vida, depois de esperar uma hora e não encintra-la após o movimento ter ficado calmo júlio avistou ao longe uma moça de aparência jovem aparentava ter a mesma sua idade, cheia de sacolas e bolsas, ele viu que ela era muito pobre então deduziu ser aquela sua tia, júlio foi até ela ..." Oi, tudo bem você é Dona Márcia ?"
e ela " Sim, você é Júlio, ?
"Sim prazer !"
"Acho que sou sua tia "
" É ...parece que sim kk "
júlio estava feliz por ter uma parente para lhe fazer companhia, era um jovem solteiro com um rosto de estudante simples, então ela entrou em seu carro e levou-a para sua casa, durante o caminho Márcia encantada com a cidade grande, nunca seus olhos haviam contemplado coisas tão diferentes quanto o que vira no campo, sem intimidade, os dois ficaram em silêncio até chegar na casa, júlio tímido mas atencioso mostrou logo o quarto onde ela ficaria, ela viu que aquele quarto tinham muitas coisas de homem ali como roupas dvds revistas perfumes, ela percebeu que aquele quarto deveria estar ocupado, como estava tarde júlio perguntou se ela estava com fome se ela queria comer algo, já cansada da viagem disse que só queria descansar.
Ela dormiu naquele quarto aquela noite e ao amanhecer foi até a cozinha e viu uma mesa incrível de café preparada pelo sobrinho e um bilhete para ela dizendo que ele voltaria só a noite pois do trabalho ele ia para a faculdade, Durante o dia todo Márcia não queria ficar sen fazer nada ali então decidiu arrumar a casa, fez uma geral em todo lugar lavou roupas lavou louça encerou o piso, tarde da noite e exausta Márcia colocou seu vestido que acabou molhando com a faxina para lavra ficando apenas de calcinha, foi para sala e viu que o sofá estava estranho como se tivesse algo dentro, ela nunca tinha visto aquilo era um sofá cama, ela abriu e viu travesseiro e lençóis ali dentro e viu que júlio tinha aberto mão de todo o conforto do seu quarto para que ela pudesse dormir ali, ela ficou muito incomoda pois já estava ali de favor.

Júlio chegou e a mesa do jantar estava pronta, mas nem sinal de márcia, então ele foi até seu quarto a luz do abajur acesa, sua tia tapada com um lençol ele chega perto e a chama "Tia Márcia ..." mas ela.não responde, nisso, ela faz um movimento com o quadril levantando o lençol deixando uma perna a mostra, júlio pode ver que eram lindos pares de coxas e por ser solteiro estava a muitos anos sem mulher, aquilo parecia loucura caso Márcia acordasse e visse seu sobrinho lhe espiando, então ele manteve o controle e voltou para sala e jantou e dormiu.
No outro dia antes que júlio saísse para o trabalho Márcia acordou mais cedo e foi até a sala falar com seu sobrinho pela segunda vez "Júlio ?" ele " Sim tia, você quer alguma coisa? "
" Não,é que eu notei que você está dormindo na sala"
" Sim estou "
" É que eu não quero incomodar "
"Capaz, você é da família fica tranquila "
"Mas o sofá não deve ser confortável para dormir, e você trabalha e estuda o dia inteiro "
" Isso é verdade não é nada confortável kkk " num clima de descontração júlio faz uma brincadeira com sua tia Márcia
"Mas se você não se importar eu posso voltar para meu quarto e dormir no chão kkkkk "
responde a tia : " No chão não, você está louco ? eu não ligo você pode dormir na cama "
júlio ficou nervoso e não acreditava no que ouvia, " Mas e você vai dormir onde ?"
"Ue, a cama é de casal " Isso foi o suficiente para júlio entender, é claro que márcia estava sem malícia mas júlio não queria nem saber.
Já chegada a noite júlio toma seu banho e põe seu shorts de futebol sem cueca como gostava de dormir com o bicho solto, então entra no quarto e márcia já estava dormindo, ele entra embaixo dos lençóis já se depara com sua tia nua, tenso não era a melhor palavra para descrever o que júlio sentia ao ver o corpo de márcia alí do seu lado, era costume da roça dormir daquele jeito mas júlio nem imaginava, seu pau começou a ficar duro como roxa, ele não queria fazer nenhuma besteira para não assustar márcia, ele tirou seus shorts e começou uma leve punheta, interrompido por marcia desligando a única luz, o abajur, então júlio esperou márcia cair no sono profundo até que ele sentiu que ela avião ficado de bruços e a chamou " Tia? ....Tia márcia ?"e nada além de suspiros, então ele acende a luz do abajur deescobre Márcia dos lençóis e vê uma bunda enorme e morena, seu pau duro babava em cima daquele.monumento, ele abriu suas nádegas e encostava a cabeça de seu pau no rabo dela que dormia pesarosa, então eufórico júlio não se reconhece mais, decidiu ir.mais longe abaixando-se até aquele rabo pensou duas vezes e lascou uma lambida firme naquele cuzinho rosado de ia tia que no início não percebia nada dormindo mas a intensidade de júlio estava acordando márcia sem que ele percebe-se, e em um de seis movimentos contra aquele rabão márcia abre os olhos e consegue entender aquilo, sabia que era errado, mas não queria constrange-lo pois ele estava endocrinologista um príncipe para ela, então ela decidiu fingir que ainda dormia, suspiroscada vez mais fortes, márcia estava gostando de era lambida daquela.maneira, até começar a revelar suavemente no rosto de júlio que percebeu viu que estava fingindo que dormia, com a rola babando ele coloca seu travesseiro embaixo da cintura de márcia, posiciona seu pau na xoxota e enfia de uma só vez arrancando de márcia um : " Uffh !!!"
ela não parava de revelar mesmo com a rola atolada na xoxota que pingava líquido vaginal fazendo júlio alucinar aumentando o ritmo das estocadas como um animal batia na bunda da tia que não tinha coragem de abrir os olhos ...mas o tesão era tão grande que Márcia esquece o fingimento e começa a temer como uma puta na rola do sobrinho
" Isso mete, mete vai ....ai isso "
" Ooooh ....caramba ....que rabo gostoso "
"Vai sobrinho ...come vai mete mete forte isso vaaaaiiiii "
"Não resisto a uma bunda dessas tia "Ai júlio que delícia tá gostoso não para vai não para ...."
Como loucos foram entregando-se aquele prazer proibido e gostoso a cada estocada júlio levava márcia as alturas revirando seus olhos e temendo como uma vagabunda, até que seus. corpos suados deslizando-se um no outro aumentaram o tesão daquela transa Márcia estava irreconhecível de jovem educada simples da roça criada pelos avós agora queria minar seu bruno aquele jovem macho faminto por buceta ela senta em cima da rola e diz "Quer comer a titia quer? então come safado "
cavalgando cada vez mais forte era a ezequiel ela levar júlio as alturas não acreditava a habilidade com que Márcia deslizava subia e descia seu mastro com maestria
"Ahhhhhh ...Uuuuff ..isssssss "
" Que delícia ....mete vai ooooohhhh "
" Vaiiii rebola sua vaca !"
"IUiiii que gostoso eu IUiiii g ozaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaar !!!
os dois tomaram juntos naquela alucinada transa, cairam na cama desmontados com tanto esforço, ficaram alguns minutos beijando se acariciando e conversando por um bom tempo até que júlio prometeu que ela seria sua mulher dali todos os as de sua vida

Foto 1 do Conto erotico: A tia do interior

Foto 2 do Conto erotico: A tia do interior

Foto 3 do Conto erotico: A tia do interior

Foto 4 do Conto erotico: A tia do interior


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario henriqueadvsp

henriqueadvsp Comentou em 08/03/2016

Que conto meu amigo, ficou muito curioso em saber se houveram outras fodas com a professora.... A foto é dela na primeira parte do conto?




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


80042 - A formatura - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
80045 - A formatura Final - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
80154 - O Craque da Familia Parte 1 - Categoria: Incesto - Votos: 2
80157 - O Craque da familia parte 2 Amor entre primos - Categoria: Incesto - Votos: 4
80475 - Rafaela A história da minha vida - Categoria: Incesto - Votos: 8
80517 - O irmão protetor - Categoria: Incesto - Votos: 18
84787 - Cláudia, advogada e mãe solteira - Categoria: Incesto - Votos: 24
87015 - Roberto e Márcia ( dormindo na casa de seu pai) - Categoria: Incesto - Votos: 11
87016 - Roberto e Márcia parte 2 - Categoria: Incesto - Votos: 7

Ficha do conto

Foto Perfil thelook
thelook

Nome do conto:
A tia do interior

Codigo do conto:
80070

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
07/03/2016

Quant.de Votos:
16

Quant.de Fotos:
4


Online porn video at mobile phone


bucetao veiaVou amarrar você braços cordas contoeroticopraia de nudismo contoshostoria em quadrinhos sexocontos de Cornos Syssi em Fortalezaxupei pau no cinema contocontoerotico pequena norando aluguelimagem frases liberdades por irmaolzinhospriminha da bunda empinada contos eroticoscheirinho.gostoso da bucetinha contoscontos eroticos levei surra de piça do marido da amigachequei em casa e mao aquentei ver minha enteada dormindo peladacontos comi o cuzinho da minha irmãzinhaQuadrinhos porno dpcontos eroticos de cornoscontos veridico mulher casada traiu o marido com um traveco mega dotadocontos eroticos sala de esperaeroticos veridicosconto erotico putinha de dois amigosConto erotico porno dp com marido e amigoladrao de calcinha contos eroticosconyo erotico ajudei a trocar o pneuquadrinhos erotico meninaComi o cu do meu pequeno Ele cago no meu pale incestoexibicionismo público sem calcinhamulher desajeitada dando o cu pornhomenagem conto erotico filhaContos eroticos comi vireicadelinha do pedreirocontos erotico iniciando calcinhanudes+das+mulheris+mais+lunda+do+mundoa novinha n imaginava que pica do venho era grandecontos eróticos- novinhas safadspeitos pequenos com rodelas grandesconntos erotecos fudei rabao de menha irmameu amigo tem uma rola enorme foi em caza e comeu minha mulher e minha filha conto eroticocontos eroticos com garotas com primeira transaFui comida no óbito pelo meu primo porno contocunhada tava lavando lousa e cunhado começar a alisa ela sozinha em casa e diz o marido sexo real[email protected]contos eroticos cunhadacontos erótico pai ficou muito bravo ao saber que seu filho é gayContos de noras bem loquinha pra dar a bucetinha para osogro maias fica se fazsndo de dificelchupando cachorro contoconto erotico homenageando esposaFoder e mamar em família contoseroticosde quatro com cinta liga e bojo dando a bucetacamioneiro e carreteiro travestisVOVO NETAS PORNO FAVORiTOconto erotico no cuzinho da garotinhacontos gravida do sogroesposa transandolembrancinha de pornô de mulher de pornô da irmã da Fazenda de pornô para baixarhomem+nu+da+cintura+para+baixoajudinha da mamãe hentaino conto erotico melho tramsa d minha vida foi com minha mae e minha tiapunheta contos videos encoxada publicoconto eroctico.comxvidioempregadascontos eroticos com norascomo comi a mana virgem contosobrinhacontoeroticoconto erotico de novinhoquadrinhos de porno kelly negãoContos eróticos de inces entre mâe e filho com fotocontos eroticos em quadrinhos sogro e noraconto herotico irmã usa shortimho apertado pra provocar irmão em casacu da prima conto eroticox vidio comtos eroticos eu minha mulher e sua maeconto erotico meu comeu cu na cachoeira femininocontos eroticos de noiva traindoconto erótico peguei minha tia se masturbando com a calcinha de ladoBucetas das Sogras Rabudasconntos eroticos de incertos com mega pauzudo pegando irmanzinha e sua amiguinhacontos erotico presente. para esposaconto erótico boquete chantagemvideo pono pesado eaberto do popaycuzinhos todos estragados de rolas todos judiadosdei a buceta meu filho na frente de todoTraficante comer o amigo dele do tráfico conto erótico