A Anã parte 1


Click to Download this video!


Este relato começa na real, mas termina em uma fantasia.
Nem lembro mais onde conheci a garota, acho que algum bate papo de vida. Começamos a conversar muito, lentamente começamos a ficar íntimos, falar de coisas pessoais e eu muito sacana ia conduzindo para assuntos mais, digamos indecentes e logo estávamos trocando confidencias e desejos. Ela me contou que era virgem ate os 40 anos e que so teve 9 caras ate agora (ela hoje tem 43 anos).
Quando ela me contou que era anã minha curiosidade foi la para cima. Nunca tinha conversado com uma anã e queria ver como era a sua visão de mundo. Seria uma oportunidade única de conversar com alguém que via as coisas de uma maneira diferente.
Achei legal o fato de que houve, desde o começo, uma total confiança dos dois. Ela também me contou, ingenuamente, de que bastava o cara dizer que queria casar com ela e já estava dando.... rsrs
Alguns destes acontecimentos eu transformei em conto (vide contos 70820 – a garota que perde a virgindade, 71002 – amiga perde a virgindade – parte 2 e 71212 – amiga perde a virgindade – parte 3). Uma coisa que me surpreendeu foi o fato de que, da minha parte também tive a tranquilidade de contar que já tinha tido relações com homens e que gostava de receber um pau no cu. Não somente aceitou numa boa como me chamava de “meu viadinho predileto”.
A vantagem do Skype é que você pode trocar fotos ou se ver em realtime. Logo estávamos nos vendo e ai pude ver a bela, divina bunda que ela tem. Que delicia. Estávamos nos mostrando pelados um para o outro, ela com aquela bucetinha deliciosa, bunda gostosa, tetas bonitas.
De meu lado não podia ser diferente. Eu, de pau duro, na maior punheta, admirando aquele bundão delicioso. Sempre acabava num gozo delicioso e ela adorava.
Mas, como eu fui franco com ela, e disse que não pretendia morar junto ela não queria dar aquele rabo delicioso pra mim.
Porem deixou uma brecha aberta pra mim. Disse que gostaria de se encontrar comigo e dar uns beijos e amassos.
Já que havia esse desejo eu teria que atende lo... rsrs. Tanto fiz que acabamos marcando um encontro em um belo dia de verão. La fui eu todo animado, fazia séculos que não tinha nenhuma intimidade com uma mulher. Pelo menos ia saciar minha sede de beijos e, quem sabe, ate passar a mão naquela bunda gloriosa.
Logo nos encontramos e ficamos conversando numa boa. Mas não era para isso que a gente estava ali. Cutuquei ela, “você quer, ou não, me beijar?”
- “Quero sim”, disse ela.
-“Então o que estamos esperando?” disse lhe. Fomos para um local mais reservado e começamos a sessão de beijos. Nossa, como beija gostoso esse mulher. De língua, bem babado, sentia sua língua Indo no fundo da minha boca, me invadindo sem cerimonia. Mal conseguia respirar. Eu correspondia na mesma moeda. E assim ficamos por um bom tempo so parando para respirar e recobrar o folego. O tempo passou rapidamente e já estava na hora de cada um ir para a sua casa.
A noite voltamos a conversar e eu aproveitei para atiça la mais um pouco... rsrs.
- “E ai? Gostou dos beijos?”
- “Claro que gostei... não pensei que você fosse tão gostoso”.
- “Você tem certeza que não quer transar comigo? Posso te deixar nas nuvens...”
Ela ainda ficou indecisa. Portanto, na próximas conversas fiquei tentando ela. Ate que acabou derretendo... o tesão e a vontade de transar foram maiores que as duvidas do casamento. Combinamos dia e local.
Quando entramos no quarto já começamos a nos beijar, aquele beijo que ia ate o fundo da boca, arrebatador e de tirar o folego. Mas eu não pretendia ficar so nisso. Queria muito mais, então fui descendo minha boca. A medida que descia a minha boca ia tirando os panos que estavam no caminho. Abri a blusa pra chupar o pescoço, desci mais, tirei o soutien e chupei os seios. Um de cada vez, enquanto apertava o outro. Ia alternando os lados ate deixa la com vontade de mais.
Ai desci mais, tirei as calças dela, sua calcinha também. Tirei uns instantes para admirar a sua buceta. Que logo ataquei, chupei, lambi, beijei. Fiquei um tempão dando minha total atenção ate que ela gozou muito. Mas não parei, aproveitei que ela estava meio grogue do orgasmo que ela teve e ataquei o cuzinho dela. Deu um belo trato, meti a língua, chupei gostoso, lambi ate disser chega. O resultado? Outra gozada que, depois me disse, foi delicioso, mas muito diferente.
Mas tinha mais coisas a fazer. Ai que ela percebeu que eu estava vestido. Então ela me mandou levantar e, com um puxão, abaixou minha bermuda e cueca de uma so vez. Meu pau estava duro e bateu na cara dela. Assustou? Não, mas gostou do que viu. E não perdeu tempo, já foi chupando e lambendo meu cacete.
Que delicia. Fazia tempo que alguém tinha me chupado e nunca foi tão delicioso assim. Mas teve um momento que tive que falar para ela parar. Não era o momento de gozar ainda. Pedi para ela ficar de quatro na cama e comecei a pincelar meu caralho na buceta dela. Queria deixa la com vontade e deu certo
-“ Me come,,, enfia esse pau gostoso na minha buceta...”
- “você quer isso mesmo? Tem certeza?”
- “Deixa de frescura e me come, seu viadinho...”
Já que ela queria sou obrigado a atender, meti, mas meti bem devagar. Era para ela sentir meu cacete entrando nela. Mas foi so enfiar a cabeça do meu pau e ela deu um empurrão para traz, o que me fez enterrar o cacete ate o talo. Ai comecei um entra e sai bem devagar, mas não era o que ela queria. Queria que metesse com gosto, so que se eu fizesse isso iria gozar antes da hora.
Antes que eu gozasse tirei o meu pau e voltei a chupar, so que agora alternava entre a buceta e o cu. lambia com muita saliva. Pois tinha uma ideia maldosa em mente e precisava do seu cu bem molhado e pronto.
Voltei a ficar atraz dela, me preparando para meter. Mas, em vez da buceta, meti no seu cu. Ela já tinha me dito que dava o cu também numa boa. Resolvi aproveitar. Enfiei e comecei a socar. Queria encher o cu dela de porra. E como já estava quase la foi o que eu fiz. Ela já estava gritando que estava gozando. Então so deixei a natureza seguir o seu curso. Gozei como nunca. Nunca tive uma oportunidade de gozar em um cuzinho, e esse era uma delicia.
Depois ambos caímos na cama e demos um tempo. Precisávamos descansar um pouco e recuperar o folego.
Logo mais terminamos com um daqueles beijos, molhados e babados. Nos vestimos e saímos com a promessa de repetir essa transa.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


45613 - o japones - Categoria: Gays - Votos: 5
45674 - Engana trouxa - Categoria: Fantasias - Votos: 1
45741 - o japones parte 2 - Categoria: Gays - Votos: 2
45821 - Frustração - Categoria: Gays - Votos: 2
46325 - a velhinha safada - Categoria: Coroas - Votos: 4
47456 - Seria tão bom.. continuação parte 2 - Categoria: Fantasias - Votos: 12
47501 - Travesti - Categoria: Travesti - Votos: 5
47681 - Seria tão bom.. continuação parte 3 - Categoria: Fantasias - Votos: 4
47900 - Seria tão bom.. continuação parte 4 - Categoria: Fantasias - Votos: 4
51774 - Sera que dessa vez da? - Categoria: Gays - Votos: 2
69645 - Espero q goste - primeira parte - Categoria: Gays - Votos: 3
69738 - Espero que goste - segunda parte - Categoria: Gays - Votos: 3
70820 - a garota q perde a virgindade - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
71002 - Amiga perde a virgindade parte 2 o caminhoneiro - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
71212 - Amiga perde a virgindade parte 3 o funcionario - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
77510 - Desabafo - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 4
79776 - A Anã - parte 2 - Categoria: Fantasias - Votos: 1
86933 - ze parte 1 - ssabado feliz - Categoria: Gays - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil grisal
grisal

Nome do conto:
A Anã parte 1

Codigo do conto:
79721

Categoria:
Fantasias

Data da Publicação:
28/02/2016

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


marido facilitando traição da esposa gostosacontospoeno pai filha e tiosContos erotico de incesto putaria entre familia em gang bang no sitioporn corno contos eroticos amarrada e espancadaindefeso e fragil conto erótico gayporno conto erotico virei putinha do chefever contos eróticos transei com minha sogra taradaporno 2017 novinha traidora semtira a roupacontos eroticos cu virgens incestoultimos contos sadoConto reas mae bebada sem calcinha rasquei seu cuzinho virgem finge dormiconto erotico negao 20117Engravidando a filha erótico com o dedo no meu cu contoflagrei esposa socando vibrador no cu do vizinho novinho contospeso conto heteroenganada quadrinho eroticoMinha lua de mel contos eróticos com fotosmaninha taradonamulher maravilha fudendoConto erotico de tiamulher desmaiada engatada zoofiliaconto erotico marido viado e submissocontos dei pro meu patrao do estagio gaycontos eroticos fudendo a mae travesticontos eróticos se continuar vou te fuder aqui mesmo contra sua vontademulheres nuas com cu melado de manteigaxvideis 2017comi a minha tiaestória cu irmãzinhapai e filho pelado conto erotico cruzeirocontos eroticos engravidei minha maeContos e fotos de travestis pauzudasconto erotico coroa do interiorcontos eroticos minha tia flagrou mr mastubandoPorno contos incesto pais e maes iniciando filhinhas no banho e na camafotos de buceta negra molhadatroca de casal contosconto erótico evangélicas gostosascontos de dei o cu p meu irmão na brincadeiraConto porno desdi pequena pai e mae me comecontos eroticos cariciano buceta virgemquadrinho porno gay dbzContos eroticos seios mordidascom maninho contosContos eroticos gays irmao pai e tio dotados trasandocontos eróticos as jumentinhas da fazendaContos eroticos odio e amorconto erotico comi a gravidaConto erotico foda com empregadaConto porno desdi pequena pai e mae me comeDando, pro roludo' contoerotico vaninha coroa gostosa conto erotico com fotocontos de mototaxista e gayMeu Irmao Conto Incestoquadrinho porno gaynora tarada.contos eroticosfoder no jardim contosler contos erotico de xoxotinhas picaporno zoofilia enchendo um copo com porra de cavalocontodegay dormindocontos fudi a mulher do meu irmaopunheta gordoFODER!DOEÑte!.TRAtada!E!ORTAScontos eroticos pai e amigo com um pau de 27cm fode filha rabudaengasgado com a gala do mendingoContodeputacontos eróticos com minha irmanzinhaconto zeladorcoroa gayConto erotico evangelicameutio cacetudo conto cornoconto erotico marido viado e submissoconto o meu filho me fodeucontos gays chiquititasquadrinhos pornover conto erotico sobre padeirotrai lado corno ele rocavarrelatoscomi minha sogracontos eroticos com fotos violentaram a esposacontos flagrei minha esposa traindo numa festaconto erótico que menininha que mete gostosoContos e fotos maes e filhos pauzudoscontos erotico,incesto,entre avos e netos,fotosano fazendo sexo com neta .sexo quentecontos pornô de incesto fodi a buceta cabeluda da mamãe no mato igual animaisTransando com Irmãsfui transformada em escrava sexual conto eroticopassando a mao no decote e chupando os peitoscornos mais troxas do mundo conto eroticos com fotosContos eróticos bezerra zoofiliameu corninho vc quer ver sua mulherzinha feliz e realizada arruma um macho novinhoPONODOIDO CONTOcontoscom fotos travecas safadasContos erotico abuzei das filhas do meu amigoconto erotico casado gayconto erotico sou viuva levei varacontos gays arrombando cu de casados e sendo pego no flagraeu corno e minha esposa safada