Vizinho bonito me queria desde criança!

Click to this video!


Morava bem em frente à minha casa, chamava-se Alan.
Era branco, com o sol ficava com as bochechas coradas. Em seus ombros havia sardas, o que lhe dava um certo charme.
Era mais velho que eu uns cinco anos.
De vez em quando conversava comigo pela grade do portão ou pela janela. Como meus pais trabalhavam o dia todo, a babá não nos deixava brincar na rua, nem que estranhos entrassem para brincar conosco. Adorei quando mudamos para apartamento. Por incrível que pareça ficamos mais livres. E foi no condomínio, anos mais tarde, que uma vez peguei o elevador e vi aquele cara familiar, mas com um corpo bem definido, vestido de personal.
-André?
-Sim?
-Sou eu - Alan, lembra? Morava na frente da tua casa.
Por um momento um turbilhão de lembranças passou na minha cabeça - aquele menino loirinho, vermelhinho e de quem eu gostava até do cheirinho suado estava na minha frente e, melhor, lindo.
- Cara, tá diferente, fortão!
-Ah, é que me formei em Educação Física e agora sou personal. FAz parte!
- Legal te encontrar, moro no 1604.
- Ah, to passando dois meses no 1602. Amiga viajou e pediu para eu ficar aqui e tomar conta da cadelinha dela.
- Ah, a pincher barulhenta!
- É, todo mundo conhece.
- Pô, passa lá amanhã, sexta, tipo 21h, vamos tomar uma gelada e ver um filme, lembrar da infância.
Aquele convite me deixou ouriçado. Eu já tinha 19 anos, tinha rolado pegação com alguns amigos, mas até namorada eu tinha. Que porra eu estava sentindo, algum trauma de infância?
Sexta-feira, pontualmente eu fui lá. E ele abriu a porta com uma samba canção azul marinho, mas que deixava ver o tamanho e a liberdade da mala.
- Entra aí! Senta, fica à vontade. Vai beber o quê?
-Cerveja mesmo, mas sou mole pra bebida.
Antes de sair não disse para onde iria, mas disse que talvez não dormisse em casa. Sei lá, precisava ficar com aquele cara.
-Conversamos, bebemos, lembramos de vizinhos engraçados e bebemos mais. E de repente o assunto:
- Você era bem presinho quando pequeno, né? Teus pais não te deixavam brincar na rua.
-Era, preocupação exagerada.
-Sabe que eu achava que você ia ser gay?
-Porra, só porque não brincava na rua?
-Sei lá, o jeito como me olhava, como pegava na minha mão.
-Já bebeu muito, tá falando besteira, acho que vou dormir.
-Não, não, desculpa aí. Deu fome, vamos fazer alguma coisa na cozinha pra comer?
-Vamos lá.
Cozinha de apartamento o espaço é pequeno e às vezes a gente acabava se esbarrando e se esfregando sem querer.
Numa dessas eu me abaixei para ver o forno e ele se encaixou atrás de mim e pegou na minha cintura e deu um puxão como se estivesse me comendo.
Levantei assustado e ele me olhando bem no olho disse falando bem pertinho da minha boca.
-Pena que você não é gay... sua bunda é linda!
Sem responder, ri desconfiado. E ele entendeu como uma permissão.
Segurou minha cabeça com força e me deu o beijo mais molhado e gostoso de língua que eu já recebi na vida.
Ainda inebriado com a situação, meio sem vontade de reagir, quando abri os olhos tentei criar uma reação.
-Ê, bebeu muito, hein. Nada a ver.
-Nada a ver é o caralho, você gostou que eu sei. Desde criança era doido para beijar tua boquinha. A gente tá bem crescidinho para fingir.
E me tascou outro beijo e a mão já foi trabalhando, tirando a minha blusa, apertando a minha bunda, me puxando para sala e me jogando no chão, no tapete bem macio.
Deitou por cima de mim e me beijava como se quisesse realmente matar a saudade, realizar o desejo de criança.
-Cara, como você ficou gostoso. Criança eu sentia uma atração por você, mas com o tempo achei que era tipo o fruto proibido, mas quando te vi no elevador, tive certeza, era tesão mesmo.
Ouvindo isso, também me senti solto para falar:
-Também te desejava e nem sabia,mas tudo isso é novo para mim, já sarrei com outros caras, mas vai devagar, nunca cheguei nos finalmentes.
- Caralho, meu. Vou tirar o cabacinho dessa bundinha grande????
Eu só conseguia rir do jeitinho bêbado lindo dele e simplesmente não conseguia resistir. E se aproveitando dessa minha inércia, ele me deitou de bruços e veio beijando da minha orelha, nuca, coluna todinha, arriando a minha bermunda (frouxa de propósito), jogando minha cueca longe depois de dar aquela cheirada, até que chegou no meu reguinho e começou a brincar devagar com a língua. E eu subindo pelas paredes já.
-Quer mais? quer? o que você quer? Pede vai...
-Quero você!
-Mas como? como amigo, como vizinho, como brother, ou como macho?
-Macho, macho, quero que você seja meu macho.
-Então macho come o outro, falow? Val liberar essa rosquinha pro macho, não vai?
-Calma, não sei, ahhhhh, vou liberar, vou liberar.
Então fala - vou te dar minha bunda, meu cuzinho... fala?
-Vou te dar minha bunda, meu cuzinho.Ahhhhhhh
-Pede para eu meter logo, pede
-Mete, mete, por favor, tô todo melado, cara. Não aguento mais de tesão.
Ele meteu o dedo médio na minha boca, salivei bastante e ele meteu devagar no meu rabo.
-Ah, mete vai, mete.
-Mete o quê? Dedo, pau, língua?
-Mete tudo, porra, vou acabar gozando.
-Vai levar pirocada, já já.
Colocou uma almofada embaixo de mim, que já estava de bruços e deitou por cima, penetrando devagar. Seu pau não era grande, mas era grosso, e eu senti, afinal era a primeira vez.
-Ai, tá doendo!
-Dar o cu dói mesmo, mas você gosta. Aguenta, aguenta que já vai entrar todo.
-Ainda não entrou?!?!!?
-Calma bebÊ, só metade. (E dizendo isso socou de uma vez e eu dei um grito.)
-Pára, pára, tira, tira, me rasgou porra.
-Agora só depois que eu gozar. Você não é mais aquele menininho preso no portão. Relaxa, aproveita, rebola na minha caceta, vai, cuzinho gostoso.
Aquelas palavras tiveram sentido libertário para mim. Acho que ali eu me senti impulsionado a realizar o desejo de infância e da vida. Queria ser comido sim, era viado sim, e passivo! E uma força se apoderou de mim. Fiquei de quatro e me comportei como uma fêmea tarada. Eu rebolava, falava putaria, gemia, chorava um pouquinho com aquela pica entrando e saindo, esquentando meu cuzinho.
-Vira de frente, quero um franguinho assado.
E eu, obediente, virei. Ele abriu bem minhas pernas, apoiando-se nelas e encostou bem no meu peito, de forma que conseguia me comer e me beijar e por vezes, não me pergunte como, até chupar meu pau!
Naquela posição não tem muito como opor resistência. E eu sentia aquele pau grosso entrando e saindo, me afrouxando todo.
As estocadas ficaram mais rápidas e ele me apertava forte até que gozou e gritava:
-Caralhoooo, sonho realizado, comi o gostosinho da rua. Só eu, só eu, ninguém mais.
-Eu comecei a rir e também ali senti que ele resolveu um problema da infância, o desejo reprimido.
Gozou muito e se deitou do meu lado, suado, cansado, esgotado, não sem antes me beijar bem gostoso.
-Sua vez de gozar - e pagou um boquete maravilhoso, brincando com os dedinhos na entrada do meu cuzinho e depois metendo e massageando a minha próstata.
Eu disse que queria comer ele,mas ele não reagiu bem.
-Quer não, quer não. O macho aqui sou eu. Eu mando. Goza, gostosinho goza.
E eu gozei litros.
Praticamente me mudei para o 1604 o tempo que ele ficou lá. E mesmo depois que a amiga voltou a gente continua se encontrando e, acho que namorando. E sabe como ele me apresenta pros amigos?
-Esse aqui é o cara que te falei. Que eu queria comer desde criança e consegui.
Ele é lindo e estou apaixonado.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 06/07/2016

Quem me dera hj, encontrar um dos meus amigos de infância, que sempre desejei ser viadinho para eles...e me desse uma cantada, com certeza, hj, eu cederia para ele me comer! Betto

foto perfil usuario garotogay

garotogay Comentou em 20/02/2016

Lindo conto e muito exitante parabens

foto perfil usuario felipemacedor

felipemacedor Comentou em 19/02/2016

Caraiooooo vey, que foda!!! A vida te colocou com ele mais uma vez, e você ta junto com ele. Votado, ótimo conto, tem continuação??

foto perfil usuario

Comentou em 19/02/2016

Bom d mais! Faz uma continuação...

foto perfil usuario olavandre53

olavandre53 Comentou em 19/02/2016

Conto excelente. Sabe de uma coisa? Fiquei com inveja do Alan. Sejam felizes, pois é isso q importa. Felicidades ao casal. Votei. Bjus molhados

foto perfil usuario haroldolemos

haroldolemos Comentou em 19/02/2016

P.Q.P., que cara de sorte esse personal! Tesão de conto, mano! Os diálogos sacanas dão um tesão fora do normal! Parabéns!

foto perfil usuario misteriosolife

misteriosolife Comentou em 18/02/2016

Conto maravilhoso

foto perfil usuario gugu7l

gugu7l Comentou em 18/02/2016

muito bom, virou putinha dele, votado

foto perfil usuario tirolativo

tirolativo Comentou em 18/02/2016

Ola me chama no zap 31 987750803




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


41639 - MECÂNICO LEGAL - Categoria: Gays - Votos: 20
41640 - No estacionamento do supermercado - Categoria: Gays - Votos: 11
41641 - Condomínio legal - Categoria: Gays - Votos: 18
41743 - Meu primo me fez homem (ou gay) - Categoria: Gays - Votos: 20
41815 - COMI MEU CUNHADINHO - Categoria: Gays - Votos: 39
43017 - Depilei o moto boy. - Categoria: Gays - Votos: 15
44372 - O grandão do 2º Andar - Categoria: Gays - Votos: 34
44854 - Primo economista - Categoria: Gays - Votos: 18
45419 - Chave de roda - Categoria: Gays - Votos: 8
45715 - Meu primo e o melhor amigo dele. - Categoria: Gays - Votos: 23
46640 - Vingança do meu vizinho - Categoria: Gays - Votos: 17
55241 - Gaúcho colega de alojamento - Categoria: Gays - Votos: 34
55546 - Carona na faculdade. O grandão me enrabou. - Categoria: Gays - Votos: 35
55720 - Estudando - Categoria: Gays - Votos: 6
55722 - Sem câmera...ação! - Categoria: Gays - Votos: 5
55741 - Primo+banho=sexo - Categoria: Gays - Votos: 8
55940 - O moleque que ensinei cresceu! - Categoria: Gays - Votos: 26
56030 - Desengonçado e gostoso - Categoria: Gays - Votos: 5
56110 - FORTE - MUITO PALAVRÃO - Categoria: Gays - Votos: 5
56874 - AMEIXA, FRUTAS VERMELHAS E CREME DE LEITE NO RABO - Categoria: Gays - Votos: 10
61517 - Iniciação com o primo mais velho. - Categoria: Gays - Votos: 21
72926 - Meu primo contou pro amigo - Categoria: Gays - Votos: 11
73329 - Meu primo mais velho me consolou - Categoria: Gays - Votos: 14
73597 - Amigo do meu irmão mais velho me pegou e espalhou - Categoria: Gays - Votos: 23
74925 - Meu vizinho me convenceu a dar para ele - Categoria: Gays - Votos: 19
75688 - MONITOR DE PORTUGUÊS - Categoria: Gays - Votos: 9
75806 - Fui pegar goiaba e fui enrabado - Categoria: Gays - Votos: 3
75856 - Dançando o boi bumbá! - Categoria: Gays - Votos: 2
76463 - Primo me descabaçou - Categoria: Gays - Votos: 7
78188 - Só uma socadinha! - Categoria: Gays - Votos: 18
78736 - Primão me enrabou no Carnaval - Categoria: Gays - Votos: 14
80862 - Meu primo se separou e veio morar aqui em casa 01 - Categoria: Gays - Votos: 8
80863 - Meu primo se separou e veio morar aqui em casa 02 - Categoria: Gays - Votos: 5
80864 - Meu primo se separou e veio morar aqui em casa 03 - Categoria: Gays - Votos: 5
80866 - Meu primo se separou e veio morar aqui em casa 04 - Categoria: Gays - Votos: 5
80868 - Meu primo se separou e veio morar aqui em casa 05 - Categoria: Gays - Votos: 9
82315 - Vizinho experiente me ensinou a ter prazer. - Categoria: Gays - Votos: 14
83007 - Amigo do meu irmão abriu o caminho... - Categoria: Gays - Votos: 11
101328 - MEU PRIMO ME FEZ CHUPAR O RABO DELE! - Categoria: Gays - Votos: 8
103321 - PRIMO - ME PEGOU COM MACONHA E ME COMEU - Categoria: Gays - Votos: 13
103618 - RAPIDINHA COM O PRIMO 1 - Categoria: Gays - Votos: 4
103620 - RAPIDINHA COM O PRIMO 2 - Categoria: Gays - Votos: 4
103622 - RAPIDINHA COM O PRIMO 3 - Categoria: Gays - Votos: 4
103624 - RAPIDINHA COM O PRIMO 3 - Categoria: Gays - Votos: 3

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico herson

Nome do conto:
Vizinho bonito me queria desde criança!

Codigo do conto:
79172

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
18/02/2016

Quant.de Votos:
29

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos tava de vestido i fui comida[email protected]ultimos contos sadoagradecer cheirando a calcinha da enteada se masturbandocontos eroticos tirando a virgindade da namorada santinhaconto erotico comento minha cunhadinha"me come"..."me fode" (contos eróticos)tirei o cabaço da minha enteadaSobrinha pagando no pau do tio. Taradinhaconto ballbusting sado relato cuecagarotinha sapekinha da bucetinha gorda em contos eroticosperdi as preguinhas do cu quando era pequenaquadrinhos eróticoscontos vacilei e engravidei do meu filhoconto erotico bunda lindacontos erotticos bebendo espermacontosbuceta inchada incestocontos erótico prima da minha esposaquadrinho.porno gaymae e filha lesbicas esfregandocontos eroticos: fodi com meu filho no carroquero ler conto erótico de primo come a mãe um do outro sendo sua tiacontos empregada do vizinhoporno casada de saia humilhando o corno no onibus lotadocontos eróticos novinha aí meu cuzinho tá rasgando seu pau é muito grossoCarnaval conto eróticoconto erotico com. melhor amigoconto recem casado virou corno de coroa picudoavo comendo a neta a forçaqudrinhos eroticos hentai comics vovo taradocontos erotico com vizinho velhinhoprovoquei papai porn conto erotico"contos eroticos" filha despidaConto erotico neguinho pintudoxvido mulher gozádo sim paracontos erotico brivadeira de esconde em grupoSexo aclimação menagebuceta na giletecontoeroticoxvidio.comO pedreiro me estuprou contoscontos eroticos de escrava sadomizada pelo tutorcontos eroticos com tamanco salto altoúltimos contoseroticos morro por minha sobrinhacontos eroticos minha mae cedeuporno o pai da minha amiga me estrupouwww.souloucoporbuceta.com.brconto erotico em quadrinhõimcesto papai goza muito me deixa garsdaConto erotico de meninaaluna conto eroticosexo cdzinhaHQ porno justincontos papakucontos eróticos de gay comi o meu enteadogay femboy dolaceradotripla penetração na buceta mulher estrupadda virgem por tres belo sexocontos de incesto papai filmou meu beijocontos incestos dupla penetraçaowww.mulherescasadascontoseroticos.comcontos eróticos meu irmão me beijava e metia com muita forçasob um short azul conto videocontos eroticos virgindade anal e vaginal de pai e padrasto conto erotico perdeu aposta no jogo e teve que chupar um pal e dar o cuzinhocontos de corno minha esposa me trocou por outroavozoofiliaporno buceta capu de fusca irma gemiascontos eroticos fudendo com uma travestiultimos contos sadoQuadrinho erótico no chuveiroporno quadrinho professorascontoeroticoputa