VIUVA, CRENTE E QUENTE


Click to Download this video!


Como moro sozinho, contratei uma diarista crente, ela tinha 47 anos quando veio trabalhar em casa 3x por semana .
Era mulata misturada com índio, linda, porém muito tímida e sempre se vestia com roupas de crente: blusa apertada no pescoço, de manga longa e saia sempre abaixo da canela. Seu nome era Natália. O tempo foi passando e eu sempre elogiando sua eficiência.
Eu sempre insistia para que ela deixasse de usar roupas tão recatadas, pois era muito nova e apesar de viúva ainda e tinha que aproveitar.
Contou-me que era viúva há oito anos e, desde então, não se aventurara no amor, com receio de se magoar. Confidenciou a sua solidão. Além de ela ser assim recatada, eu podia perceber que, por baixo daquelas roupas havia uma mulher gostosa. Suas panturrilhas era grandes e fortes, sua saia não era justa, mas suas coxas eram tão grossas que pressionavam o jeans, muitas vezes marcando a saia. Sua bunda (Ah! Que saudades dessa bunda!) era enorme, e pressionava o jeans da saia de uma maneira que para mim era indecente.
Eu batia inúmeras punhetas pensando nela, mas como conseguir chegar nesse assunto já que ela era tão fechada e tímida?
Fui para a cozinha e vi Natalia lavando a louça. Passei por ela esfregando o pau na sua bunda e peguei uma cueca no varal. Voltei esfregando a rola em sua bunda, entre a mesa e a pia(apesar de ter espaço) ela gemeu levemente. Parei no meio do caminho, ou seja, com o pau no seu rego, e perguntei se ela havia dito algo.
Ela respondeu:
_"Ai Jesus, me ajuda".
Apalpei seus peitos e beijei sua nuca. A coitada tremia feito vara verde, e sua pele estava toda arrepiada.
_"Não faz isso comigo não. Eu não aguento".
Estou a anos desejando muito....aiiiiii.....nãooooo
Enfiei as mãos em sua camiseta e levantei o soutien para pegar seus peitos diretamente. Peitos grandes, firmes e com os faróis acesos. Virei-a de frente para mim e vi que ela espremia os olhos para não ver nada. Abaixei e chupei seus seios. Ela começou a orar bem baixinho. Soltei o botão da bermuda e deixei-a cair. Vi que não usava calcinha. Passei o dedo na sua xoxota e vi que estava babando de tesão. Peguei ela no colo e levei-a para o quarto. Ela abraçou meu pescoço mas não parou de falar baixinho. Antes de deitá-la na cama livrei-a da camiseta e do soutien. Ela tremia sem parar. Eu voltei a chupar seus seios e desci a língua pela sua barriga até chegar na xoxota. Fiquei entre suas pernas que estavam esticadas, quase fechadas e muito rígidas. As orações pararam pois sua respiração ficou ofegante demais. Lambi sua xoxota e caprichei no grelo. O tremor passou com a timidez. A safada separou as pernas e levantou os joelhos, deixando a xoxota escancarada à minha disposição. Chupei, lambi, enfiei um dedo na xoxota e outro no cuzinho. Nossaaa ela mexia os quadris e rosnava de tesão. Então senti seu cu se contrair com força. A xoxota também se contraiu mas o cu fazia toda pressão no meu dedo. Derrepente ela soltou um gemido mais parecido com um uivo. Mais relaxada, ela finalmente olhou para mim. Fui para cima dela e beijei sua boca. O pau entrou direto na sua xoxota apertada. Ela gemeu na minha boca e me abraçou. Levantou sua pernas e as cruzou nas minhas costas. Passei a meter forte e rápido. Gostosamente ... gemia baixinho, sem dizer nada, e apenas olhava nos meus olhos. Alguns minutos depois ela fechou os olhos, espremendo-os, e fez uma careta mostrando todos os dentes. Novamente gozou urrando. Eu me segurava para não gozar. Quando ela relaxou eu sai de cima e fiz ela deitar-se de bruços. Beijei sua nuca e seus ombros e lambi da nuca até a bunda. Ela ficou toda arrepiada e arrebitou a bunda. A safadinha sabia minhas intenções e estava se oferecendo. Separei suas nádegas e vi seu cuzinho marrom, um pouco mais escuro que sua pele, pequenininho, peladinho, fechadinho, cheio de pregas, cheiroso e à minha disposição. Lambi o cuzinho, enfiei a língua, senti seu gostinho, suas contrações apertadas. Ela quietinha, não tirou da reta nem pediu para parar, mas parecia que seu cuzinho piscava de medo de ser arrombado. Enfiei um dedo e hummmm ela gemeu. Abriu mais as pernas e arrebitou a bunda. Parei e peguei na gaveta um tubo de gel. Pedi para ela ficar de quatro e ela obedeceu, mas logo puxou o travesseiro e o abraçou abaixando o peito e deixando a bunda levantada. Nesta posição o cuzinho estava exposto, desprotegido das nádegas naturalmente separadas. Impossível resistir. Cai de língua e toquei uma siririca ao mesmo tempo que enfiava dois dedos na xoxota. Parei antes que Hosana gozasse. Passei gel no seu cuzinho e enfiei dois dedos.
_ "Ai, dói!".
_ "Quer que eu pare?".
_ "Continua. Quero experimentar".
Deitei-a na cama, fiquei por cima dela, levantei suas pernas até meus ombros expondo assim sua vagina e anus. Segurei seus braços e encostei a cabeça do pênis na entrada daquele cuzinho maravilhoso.- Nãooooooooooo. Me solta, me solta. Ví lagrimas rolarem. Segurei seus braços com mais firmeza e comecei a entrar.- Nãooooooooo. Aiiiiiiii. Para. Vai doer. Seu pau é grosso e faz anos que não dou. Aiiiiiiiiiiiii.- Calma. A cabeça já entrou.- Aiiiii. Aiiiiiii. Assim,assim,devagar. Agora não para. Vaiiiiii. Enterra tudo seu puto. Voce quer me violentar não é tarado. Enterrei tudo de uma vez em um golpe só.- AAAAIIIIIII.Soltei seus braços, segurei suas pernas para cima e comecei a bombar. A pricipio devagar e ritmado e a medida que o tempo passava aumentava a velocidade. .Ela revirava os olhos e lambia os lábios. Com as mãos apertava os mamilos e esfregava seu clitoris.Eu bombava vigorosamente e naquela posição suava muito devido ao calor dos nossos corpos. Ela gemia como uma doida e rebolava mesmo que com dificuldade. Fiquei bombando um bom tempo. Senti seu corpo estremecer, suas mãos agarrarem o travesseiro. Ficou tendo espasmos e gemendo muito. Gozava como uma alucinada. De repente amoleceu e desfaleceu mas eu continuava bombando. Continuei segurando firme suas pernas para cima, tirei o penis e novamente encostei no anus. Ela tentou se safar mas na posição em que estava era impossivel sair.Como o penis já estava bem lubrificado, empurrei com força.- AIIIIIIIIIII. Tiraaaaaaaa. começou a gostar de ter um pinto grande em seu cu apertado e ela gemia e entre sussurros dizia e gritos dizia: "Hummm…. aiiii… meu cu….aiii…eu nunca…aiii…pensei em fazer…hummm…essas coisas….aiiii…meu cu….aiiii" Ela rebolava e eu enterrava cada vez mais meu pau em seu rabo ate ela começar a dizer como uma melodia: "Por deus…. Aiiiii… estou gozando de novo… aiiii…aiiiii…ta doendo…aiiiii…mas…to…aiiiii…gozando…ta doendo…aiiiiii…" Então eu senti uma eternidade de contrações de seu cuzinho apertando meu pau ela gemia feito louca e eu enfiava fundo dentro do seu cu ela ao mesmo tempo acariciava seu clitóris agressivamente ela estava descobrindo uma infinidade de prazeres ate então desconhecidos ela balbuciava: "Aiiii….meu cu….mais….fundo…aiiiii….hoooo…" Agora ela já estava acostumada com meu pau em seu cu me deitei na cama e pedi que ela viesse por cima de mim e cavalgasse meu pau...ela assim o fez e de cara deu logo um grito pois meu pau entrou todo em seu rabo ela gritava: "Aiiii….ta…aiii…ta fundo….aiiii….ta me rasgando…..aiiii…ta doendo…." Aí nãooooooo. Eu nunca dei a bunda. Voce vai me rasgarrrrrrrrr. Tá doendooooooo.Tapei novamente sua boca para não gritar e empurrei mais um pouco. Apesar de estar bem lubrificado, senti uma certa dor pois o seu anus era muito apertado mas isso me excitava muito mais e nem ligava para minha dor. Ela devia estar sentido uma dor fascinante pois tentava escapar de todas as formas mas não permitia. Ela retesava o anus tentando contrair mas aquela pressão na cabeça do pênis me deixava mais alucinado. Deixava o peso do meu corpo arriar o que fazia o penis entrar mais um pouco.
De repente seus olhos começarar a lacrimejar mas notava um certo brilho de satisfação.Senti-a se soltar.- Aiiiiiiiiiii. Voce está me rasgandooooooooo seu bandidooooo. -Isso seu cachorro põe com força ....ahhh que delícia ...põe macho....aiiiiiii qye saudade de uma pica .....põe ....ahhh ahhh enfia .....fode fode .....ahhhnnniimmm.....ahhhnnniimmm fooodeeee !!!
isso me arregaça, me come…..me fode …….come gostoso meu cuzinho agora, vai……arromba esse cuzinho que é só seu…
Seu cu piscava apertando o caralho inchado de tesão enquanto ela gozava, seu corpo franzino e gostoso tremia de leve enquanto seu cu contraía mastigando o meu pau.
Ela gemia e pedia: _ vai meu tesão, me come bem gostoso…..fode meu cuzinhooooo…… ái que delícia…..só você pra me foder gostoso assim……só você pra me fazer gozar pelo cúúúúúúú…
-De..de..lícia. ..seu wabs ...- Arromba sua putaaaaaa. Enterra tudoooooo. Essa dorrrrr é gostosaaaaa.- Me bateeeeeeeee, me estupraaaaa, me chingaaaaaa.- Eu sou sua escravaaaaaa faz de mim o que quiser. Ouvindo isso forcei e enterrei o resto de uma vez.- AIIIIIIIIIIII.Até eu senti a dor pois era muito apertado aquele anus.- Voce tirou a virgindade do meu cú seu safado. Que coisa, estava comendo o cú de uma masoquista. Isso me deixou alucinado. Me sentia um senhor comendo sua escrava.Comecei a bombar com violência pois sentia a cama ranger e ao mesmo tempo enterrei dois dedos na sua vagina. Ví escorrer do seu anus um filete de sangue e o pênis todo vermelho mas continuava bombando pois ela pedia mais. Com uma mão ela apertava com força seus mamilos e com a outra começou a bater na cama e gritar. Senti meu pênis ser espremido pelo seu anus. Ela forçava o corpo para cima para que eu entrasse mais fundo. Seu anus parecia uma boca querendo mamar uma pica e tirar todo o esperma. Não aguentei e gozei junto. Nunca ejaculei tanta porra. Ela arriou o corpo e disse.- Arrombou sua putinha? Gostou do estrago que fez seu tarado. Quando tirei o penis do seu anus, levou um certo tempo para fechar. Só ví esperma misturado com sangue escorrer para fora do seu traseiro. Viu só o que voce fez. Me rasgou toda. Está satisfeito seu canalha.- Bem que voce gostou não é cadela.
- Vá ao banheiro e tome um banho! Daqui a pouco pára de sair de sangue - eu disse a ela.
- Vamos comigo! Estou com tanto medo!! - ela disse um pouco assustada.
Fui ao banheiro com ela e tomamos um banho juntos, lavei a bocetinha eo cuzinho dela com muito cuidado e carinho. Em segundos já estávamos nos beijando e nos agarrando no banheiro.
Mal deitamos e ela iniciou um gostoso boquete, meu cacete cresceu dentro da boca da mulata. A safada lambia tudo com avidez. Chupava minha tora, sedenta e gulosa. Ela segurava firme o meu caralho na palma da mão, começando a me masturbar fortemente. Nesse exato momento, ela falou; ?Quando for gozar, me avisa! Eu curti o máximo que pude toda aquela punheta que recebia. Natalia apertava e balançava o meu pau com tanta força que eu achei que ela pretendia arrancá-lo com tudo. Conforme sua solicitação, eu lhe avisei que o meu gozo estava porvir. Assim, eu tive o privilégio de sentir aqueles lábios carnudos chuparem minha pica até o gozo chegar. Nossa como ela engolia com gosto toda a quantidade de esperma que saía do meu cacete.

Foto 1 do Conto erotico: VIUVA, CRENTE E QUENTE

Foto 2 do Conto erotico: VIUVA, CRENTE E QUENTE

Foto 3 do Conto erotico: VIUVA, CRENTE E QUENTE

Foto 4 do Conto erotico: VIUVA, CRENTE E QUENTE

Foto 5 do Conto erotico: VIUVA, CRENTE E QUENTE


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario gugu7l

gugu7l Comentou em 16/02/2016

conto perfeito, manda essa diarista pra ca..kkkk cara tesão mesmo seu conto, votado...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


75168 - Minha visinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
75173 - Como comi a irmã da vizinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
75345 - Uma ninfetinha gostosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
75348 - A Japinha gostosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
75403 - Carnaval(inesquecivel) na praia de nudismo - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
75411 - Carnaval(inesquecível) na praia de nudismo parte 2 - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
75489 - Aula de Sexo para a novinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
75516 - Um desabafo e real/ quero amar de verdade... - Categoria: Fantasias - Votos: 5
75572 - W Drácula e suas chupanças...uma historia de T.... - Categoria: Fantasias - Votos: 1
75573 - A historia de Maria sem bunda - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
75755 - Recebi a visita de Mamãe noela - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
75763 - O lado bom da traição consentida - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
75772 - Carnaval(inesquecível) na praia de nudismo parte 3 - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
75821 - Symoninha a viciada em sexo, um sonho realizado. - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
75823 - Um casal bem liberal - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
75824 - A escrava loira e seu rabão - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
75847 - Uma coroa muito gostosa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
77749 - Uma Jovem senhora casada e tarada. - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
77764 - Comendo a Personal Capixaba - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
77765 - Comendo a Personal Capixaba - Parte II - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
77766 - Minha linda e doce Ninfeta - Categoria: Heterosexual - Votos: 19
77864 - Louco desejo por uma mulata deliciosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
77869 - Coisas de Muleke, o rabinho dos sonhos - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
78248 - Panela velha faz comida boa, que coroa deliciosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
78263 - Neguinha, virgem, tarada e sedutora - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
78268 - Neguinha, virgem, tarada e sedutor - Parte 2 - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
78270 - Pecado da carne, desejos de um sedutor - Categoria: Fantasias - Votos: 1
78514 - Uma ruivinha deliciosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
78523 - Mineirinha pervertida - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
78526 - Morena sensação - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
78528 - Trepei com a morena no onibus circular - Categoria: Exibicionismo - Votos: 1
78562 - Puro tesão, o ponto G de Iasmim - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
78565 - Puro tesão, o ponto G de Iasmim parte 2 - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
78568 - Marina(prima)loira Marina que me encantou - Categoria: Incesto - Votos: 8
78655 - Salvando Marina - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
78769 - Titia bêbada perdeu as pregas - Categoria: Incesto - Votos: 13
78789 - Suzana uma cadeirante ...Eficiente até demais - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
78848 - UM CASAL MAIS QUE ESPECIAL - Categoria: Fantasias - Votos: 4
79059 - SOFRI, CHOREI,CAGUEI + QUE DEI AHHHH DEI - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
79235 - MINHA FREIRA, MINHA NINFA ENFERMEIRA. - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
79658 - MINHA AFILHADA VIROU MINHA CADELINHA - Categoria: Incesto - Votos: 12
79691 - EU E JU SAPEKA NUMA PRAIA DE NUDISMO - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
79695 - LIVIA A NINFA NINFOMANIACA - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
79862 - AVENTURAS TESUDAS C/DANI BAHIANINHA/SYMONINHA - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
79924 - CARROTEL - UMA FODA FASCINANTE - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
81315 - 1 É BOM, 2 É NORMAL 3 É OTIMO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 21
81336 - 1 É BOM, 2 É NORMAL 3 É OTIMO 2a Parte - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8

Ficha do conto

Foto Perfil wabs09
wabs09

Nome do conto:
VIUVA, CRENTE E QUENTE

Codigo do conto:
79041

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
16/02/2016

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


na minha caza meu amigo comeu o cuzinho da minha mulher comto eroticocontos eroticos shortinho com metade da bunda de foracontos eroticos aliviando os peoesvidiopomo de2.minutuCssadas que gostam de rolas grandescontos eroticos levei surra de piça do marido da amigaUltimos contos ensesto de 2018 com tiaFotos erlticasconto lambendo porracontos eróticos sobrinha senta no colo do tio e fica exitadacontos de incesto meu pai serra em mimconto - bucetinha virgem leva pau enormecontoerotico.com quadrinhos mãe e filhoconto comi o cu cunhada virgemfiquei bebada e me levaram pra orgiabranquela+deliciosaQuadros eroticos OS substitutocontos eroticos com aldoconto erotico vizinha filipatravestibebadacalcinhao desmarcado me arrombou conto gayContos erodico so escravo sexual da minha sogracontos cornos orgias[email protected] http://googleweblight.com/?lite_url=http://mozto.ru/conto/75623/270189/meu-padrasto-nao-para-de-me-comer-mais.html&ei=3OhdBsVg&lc=pt-BR&s=1&m=840&host=www.google.com.br&ts=1504559040&sig=ANTY_L3NL5rkrEoVxCRsCJl2PMlI2ywMOAContos erotico esposa ouvindo a cunhada chorando na pica do marido arrombadorcontos gay na pescaria com os padrinhoscontos primeiro sexo primeira suruba de uma novinhaContos erotico de fodessao de mulher casada com fotosultimos contos sadominha mae incestodupla penetração meu filho e o meu maridocontos com cinco ano dei bucetacontos eroticos comendo cu da amiga e da mae delacontos eroticos gay dando pro irmaoContoerotico com foto-bucatao da coroa evangelicamulheres confesando insesto 2016 contoscontos meu filho me viu peladacontos eroticos incesto comendo a bucetinha da minha filhinhavideos pornos de homens colocando vibrador interno dentro da glande e ficando loucos gozando varias vezescorno e esposaconto erotico sogro pausudo de cuecahistoria em quadrinho porno traicaoContos erorico de esposa de osasco S.P traiu com irmao do maridoconto 12 eroticominha tia pelada fotos tireiapaixonado pelo coroa dominador casa dos contos eroticosconto erotico empregoconto erotico desde novinharabudas praia do pinhoContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiacontos eróticos quadrinhos caverna do Dragãodesenhos de incestoquadrinho real de sexo com o vovôsexo vovóConto inseminando a sobrinhaconto erotico com novinha que comchece na praiacontos eroticos de patrinhas novinhas sapecas perdendo o selinhocontos bucetinha linda da vizinha polacaMeu filho atrevido hqcontos fogosaquadrinhos GTa,eroticocontos erticopatroConto erotico de novinhaContosQuadrinhosporno incesto.ALEX_pirocudo.spConto erotico emquadrinho corno chupaomulher fudeno com garotoeu minha mulher e nossa vizinha contos eroticosPorno incesto pais e maes iniciando masturbando tranzando com suas ninfetinhas contosmeu corninho vc quer ver sua mulherzinha feliz e realizada arruma um macho novinholoirinha novinha contos eroticosporno contos eroticos comi minha maeConto erotico virando gay cem quere e a força e chContos eroticos de velhas sendo fudidascontos eróticos com travestis bem novinha gritando napica várias vezesarmei p foderem minha esposa honesta contos eroticossexo em quadrinho gay a forçacontos eróticos crossdresser com negaoquadrinhoseroticos/pauzudoconto erotico sogro pausudo de cuecacontos eróticos vovô gaycontoerotico michele baixinhaquero ver o homem enfiando a mão por baixo da saia da mulher no metrô encoxando por baixo da saia da mulher cochichandoConto erotico tive que dar minha filhaFalei q quero ser corno conto erotico