O segundo menage


Click to Download this video!


Gabriela era uma amiga colorida que eu tinha, vez ou outra nos procurávamos em momentos de carência e desfrutávamos da excelente química que havia entre a gente (ainda postarei mais histórias sobre ela e a maneira curiosa que nos conhecemos!).

Sempre conversávamos a respeito de nossas fantasias e ela me contava que, apesar de já ter vivido esta experiência, morria de vontade de fazer um ménage a tróis comigo e outra mulher.

Obviamente que eu me empolgava com a situação, mas nunca conseguíamos realizar esse nosso desejo.

Gabriela à época tinha 28 anos, baixinha e magra, por volta de 1,63 e em seu corpo se destacavam suas pernas torneadas e um bumbum deliciosamente empinado. Ela ainda possuía um lindo sorriso e olhos castanhos, que se destacam em sua pele clara e macia.

Nossos encontros eram bem esporádicos e aconteciam quase que de forma inesperada, uma mensagem no celular, uma ligação de surpresa e no menor tempo possível dávamos um jeito de nos encontrarmos e nos entregar ao desejo que nos consumia.

Numa dessas oportunidade, Gabi me mandou uma mensagem, perguntando como estava a minha agenda no final da tarde, pois ela tinha uma surpresa pra mim e disse que eu não iria me arrepender.

Terminei de almoçar, conclui minhas tarefas do dia e segui para o motel que habitualmente nos encontrávamos e onde Gabi já devia estar me esperando.

Ao me identificar na portaria, recebi a indicação da suíte que Gabi estaria e, para a minha surpresa, ela havia escolhido uma suíte especial, com todas as amenidades possíveis: piscina, sauna, teto retrátil, entre outras.

Estacionei meu carro na vaga da suíte, pois Gabi sempre se locomovia de taxi e entrei lentamente no quarto, morrendo de vontade de matar a saudade que sentia da minha querida amiga.

Já na suíte do motel, ouço algumas risadas e o som da água da piscina sendo movida, quando me surpreendo com Gabi e uma outra mulher, nadando completamente nuas e bebendo um espumante diretamente na garrafa. Acho que ambas perceberam a minha cara de espanto com a situação, totalmente surpreso pela presença de outra bela mulher.

Passado o momento inicial, Gabi sai pela escada da piscina, vindo em minha direção e me beijando de forma intensa, virando e sorrindo para sua amiga, perguntando para ela se eu era como havia sido descrito.

Sua amiga sorriu timidamente e disse que ela não havia mentido. Ainda tímido pela situação, Gabi nos apresentou e disse que era uma amiga que ela tinha feito em seu curso de pós graduação e que elas haviam se aproximado bastante recentemente e dividiam essa fantasia em comum.

Mais a vontade no ambiente e já conversando com Marcela, percebi que teria uma tarde maravilhosa com elas. Marcela era bem morena, pele super queimada de sol e marquinhas que me deixavam louco.

Possuía a altura aproximada da Gabi, com lindas formas naturais e seios bem maiores que sua nova “melhor amiga”. Com seu cabelo preso num belo coque, talvez com a intenção de evitar que o molhasse, nos chamou para entrar na piscina, talvez ainda um pouco tímida por estar numa pela primeira vez na minha frente.

Gabi se apressou e entrou rapidamente na água, beijando a boca de sua amiga, com a descarada intenção de provocar e perguntando se eu demoraria para ir nadar com elas. Me livre rapidamente da minha roupa e revelando o meu inegável estado de excitação, entrando na água e me aproximando daquelas duas delícias à minha disposição.

Peguei a garrafa de espumante das mãos de Marcela e dei uma bela golada, chegando próximo delas e voltando a beijar a boca de
Gabi, enquanto Marcela nos olhava cada vez mais de perto, me convidando a beijá-la também.

Virei o meu rosto eu sua direção e nos beijamos pela primeira vez, denunciando imediatamente a química gostosa que se confirmaria no transcorrer daquela tarde.

Ora beijava Gabi, ora beijava Marcela, com as duas procurando meu corpo e me acariciando de maneiras diferentemente excitantes. Gabi era mais ousada e direta, me apertando e acariciando com mais vontade, já me masturbando de forma vagarosa, enquanto Marcela tentava me seduzir, me acariciava de forma mais suave, procurando chamar a minha atenção e provocando uma sensação deliciosa.

Acho que Gabi percebeu a situação e disse que iria buscar mais uma bebida para elas, me deixando sozinho com Marcela por alguns minutos. Esse tempo foi suficiente para Marcela se entregar por completo, me beijando de forma mais intensa, sentindo minhas carícias e tomando atitudes mais ousadas. Marcela logo me prensou contra a parede de azulejos, grudando seu corpo moreno junto ao meu, evidenciando um contraste lindo entre nossos tons de pele e dizendo que não via a hora de realizar essa fantasia,

Poucos segundos depois ela já havia entrelaçado suas pernas em minha cintura, enquanto eu a penetrava suavemente, me encaixando todo em seu ventre, que contraia tamanha a sua excitação.

Marcela gemia no meu ouvido, pedindo para eu continuar metendo gostoso, enquanto mordia meus ombros e me apertava todo, meu puxando cada vez mais pra dentro de seu sexo.

A virei contra a parede e aumentava a velocidade e a intensidade das estocadas, fazendo Marcela gemer cada vez mais gostoso, liberando aquela mulher fogosa que era. Gabi retornou com outra garrafa que havia pedido na recepção e sorria dizendo-se injustiçada por começarmos a festa sem ela.

Gabi se sentou na borda da piscina, com as pernas abertas e o corpo de Marcela entre elas, bebendo uma taça do espumante e me olhando fixamente nos olhos, como se me autorizasse a prosseguir com aquilo.

Voltei a beijar a boca de Marcela, que cada vez mais a vontade, rebolava gostoso no meu pau, me deixando completamente excitado, enquanto as mãos de Gabi procuravam os seios da amiga, acariciando e apertando, pedindo licença para entrar na brincadeira.

Gabi entrou na piscina lentamente, se posicionando ao nosso lado e procurando nossas bocas para beijar, provocando nosso primeiro beijo triplo, o que me deixava completamente tomado pelo prazer.

Sentia as mãos da Gabi passeando pelos nossos corpos, aumentando a nossa sensação de prazer naquela transa. Aos poucos ela se posicionou atrás do meu corpo, segurando meu pau pela base, dando leves apertadas quando eu o retirava de dentro de Marcela, me deixando todo arrepiado.

Diminui a intensidade naquele momento, com o objetivo de controlar as sensações, caso contrário gozaria em segundos, tamanho o tesão que estava sentindo.

Gabi nos afastou por alguns segundos e pediu sua amiga emprestada, pedindo para eu sentar na borda da piscina e assistir um pouco e relaxar. Sentei-me num dos degraus da piscina, com a água cobrindo acima do meu joelho, enquanto as duas se beijavam intensamente, como se tivessem esquecido a minha presença.

Sinceramente, não havia motivo para me incomodar em ser deixado de lado por alguns instantes, até porque a visão que eu tinha compensava qualquer espera.

Bebia mais um pouco da bebida largada na beira da piscina, curtindo os beijos e gemidos que tomavam conta do ambiente, quando Gabi cochichou algo no ouvido de Marcela e ambas vieram caminhando em minha direção.

As duas se dirigiram diretamente ao meu pau, que por motivos óbvios permanecia totalmente ereto e iniciaram uma chupada dupla sensacional. Marcela, por algum motivo, deixava Gabi tomar sempre as primeiras atitudes e ia beijando a base do meu pau, enquanto Gabi já engolia a cabeça e seguia acariciando minhas bolas, enquanto eu gemia e pedia para elas continuarem me chupando sem parar.

Continuava delirando com aquela situação prazerosa, quando senti as suas bocas se afastando e Gabi iniciando uma punheta deliciosa. As suas se beijavam de olhos abertos, com os seus olhares procurando o meu, parando somente para Gabi me pedir para dar leitinho para as duas.

Tomado pelo prazer do momento, perguntei pra Marcela se ela também queria tomar o meu leitinho e Marcela me disse que sim, dizendo que a Gabi já havia comentado que meu gosto ela delicioso.

Não demorou muito e logo estava gozando com as duas disputando a minha porra, se lambuzando e sugando cada gota que saia do meu pau, se revezando em me dar prazer.Logo as duas deixaram meu pau completamente limpo, sem nenhuma gota da minha porra, rindo e falando sobre o gosto que estavam sentindo.

As duas saíram da piscina e se secaram, me convidando para irmos a cama da suíte, que ainda não havíamos conhecido.

Pedi licença para ir ao banheiro, tomar uma ducha quente e terminar de me enxugar, porém ao voltar, me encontro com as duas na cama, fazendo um 69 digno de ser registrado.

Me deito na cama ao lado delas e vou logo acariciando o corpo de ambas, dando mais atenção a Gabi, que estava posicionada por cima de Marcela no momento.

Vou beijando Gabi na linha da cintura, apertando sua bundinha deliciosa e procurando acariciar a região entre sua buceta e seu cuzinho, já sabendo o quanto aquela região é sensível para ela. Neste instante Gabi para de chupar Marcela e começa a curtir minhas carícias, acompanhadas de minha língua, que já percorre a sua bundinha, fazendo-a se contorcer todinha de prazer. Gabi pede pra Marcela parar um instante e me posiciono por trás, começando a comer Gabi em sua posição preferida, de 4!

Gabi rebolando cada vez mais gostoso, enquanto eu a penetro de forma suave, sentindo Marcela ainda debaixo dela, acariciando e chupando seu clitóris.

Não demora muito e Gabi tem seu primeiro orgasmo, contraindo seu corpo todo comigo dentro dela e quase sufocando Marcela que logo sai debaixo de seu corpo.

Gabi se deitou na cama, com a respiração ofegante e nesse momento Marcela veio em minha direção, me deitando na cama e montando sobre mim com extrema velocidade, iniciando uma cavalgada deliciosa. Marcela subia e descia no meu pau com uma habilidade incrível, depois movendo somente seu quadril e me fazendo penetrá-la cada vez mais fundo.

Marcela pela primeira vez se sentia no controle da situação e me dominava aos poucos, enquanto Gabi sorria e assistia a cena de camarote.

Marcela controlava a intensidade de nossa transa e pedia para que eu fizesse tudo do seu gosto, guiava minhas mãos e minha boca e eu fazia de todo o possível para enlouquecer aquela mulher de prazer.

Seus gemidos deram lugar a palavras cada vez mais baixas e xingamentos, mostrando que aquele vulcão adormecido havia despertado. Marcela era realmente uma mulher muito fogosa e ordenou que eu a pegasse de 4, da forma que fiz com a Gabi.

Atendi ao seu pedido o mais rápido possível, mas sabendo de suas preferências, a penetrei com violência e logo a fodia de forma frenética, tornando seus gemidos descontrolados.

Puxava o seu cabelo e transava numa velocidade que habitualmente não fazia, mas sentia que toda aquela situação deixava Marcela cada vez mais excitada. Aproveitando do momento, introduzi um dedo em seu cuzinho, fazendo com que ela rebolasse mais gostoso ainda e anunciasse que estava quase gozando, me fazendo transpirar sobre seu corpo.

Quase no mesmo instante, gozamos encaixados um ao outro, tornando aquela transa sem duvida a coisa mais gostosa daquela tarde, me deixando totalmente louco por aquela mulher que Gabi havia me apresentado.

Caímos deitados e totalmente exaustos na cama e Gabi ria do nosso estado, dizendo que ela havia saído perdendo no dia e que eu ainda teria que compensá-la futuramente.

Logo nos recompomos e tivemos de ir embora por conta do horário, nos despedindo quando o taxi chegou para buscá-las e prometendo repetir essa deliciosa tarde.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario cristina23livre

cristina23livre Comentou em 14/11/2016

muito gostoso o conto, votado!

foto perfil usuario lulu1972

lulu1972 Comentou em 19/01/2016

Gostei bastante... conto bem real e bem escrito. O que não vale ter amigas assim. Um beijo. Leila




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


30676 - Prima dos Sonhos - Categoria: Incesto - Votos: 42
30677 - Prima dos Sonhos II - Categoria: Incesto - Votos: 21
30823 - Prima dos Sonhos III - Categoria: Incesto - Votos: 21
31273 - Encontro Mágico - Categoria: Heterosexual - Votos: 22
31527 - Vinho para três - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 32
32263 - A Outra Prima - Categoria: Incesto - Votos: 23
32571 - O Pré-Reveillon - Categoria: Heterosexual - Votos: 14
32973 - A noite de Reveillón - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
33626 - Estágio Quente - Categoria: Heterosexual - Votos: 18
34201 - Happy hour com a cliente - Categoria: Heterosexual - Votos: 29
63578 - Na calada da noite - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
63580 - Hora extra recompensada - Categoria: Heterosexual - Votos: 11
71482 - Hora extra recompensada II - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
71674 - Bruna, a escritora de contos - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
79131 - O café cancelado! - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
80738 - Brincando de Christian Grey - Categoria: Fetiches - Votos: 6
84332 - Lembranças de Família - Categoria: Incesto - Votos: 5
84533 - Mais um dia de chuva em São Paulo - Categoria: Fantasias - Votos: 3
85372 - A colega mais quente - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
88449 - Você já transou no mar? - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
88759 - A minha medalha de ouro - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
89209 - Acumulando Milhas - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
90101 - Destinatária errada - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
97523 - Dessa vez a prima não era minha - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
97524 - Dessa vez a prima não era minha II - Categoria: Heterosexual - Votos: 3

Ficha do conto

Foto Perfil anjo discreto
anjodiscreto

Nome do conto:
O segundo menage

Codigo do conto:
77586

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
18/01/2016

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eroticos engravidei minha maeConto erotico novinha grita na pica do cavalobucetnha negra praiacontos erótico casada seduzindo vizinho novinhocontos eroticos de comi minha tia ana e sua filha cris pt 2quadradinhoerotico sexo no barconto erotico trepei e paguei o debitoxvideos.com raladinho no ônibusquadrinhos eróticos3D madrinha casadaconto erotico de cornocontos secretaria traindo esposo com o chefemae fitness completo pornvidio porno negro a desvirginar nifetinhasporno sobrinho come tia afogadorelatos eroticos menina novinhagay gemendo e apertando colchao com forca sendo estrupado pornolambida no onibusconto eroticoconto eroticovideos de porno para ver agora cunhada dorme so de camisola e deixa sobrinho ver sua raxa molhadinhaContos vovô transado netacontos eróticos vovó gay dando o cucontos eroticos amiga e seu cuzinho que pisca na minha rolagravidezcompenisconto erotico caralhudofotosbucetavelhasmeu pai veio mevizitar e dei pra ele contocarmemhotconto erótico de gay fodendo com lixerocontos dou cu desde novinhohq porno gay com dotadoscontos de sexo com a minha avoxvideis 2017comi a minha tiacontos de tia espiando sobrinho na punhetacontos eroticos mamae mandou eu chuparFoda com coroa contoscontos erotico mestre de obra.pauzudocontos de lesbicas amigas contos de dartezaohttps://mozto.ru/conto/9128/872058/se-escondendo-da-chuva-no-drive-in.htmlsogra atisa o genro ate ele fuder elsFilha fudendocom seu pai contosfestival de pau bem dotadopornohup irmaos novinho virgemContos eu fasso meus sogros de putas fodo ele e sograComto porno de madrinhacontos eróticos minha mulher e meu cunhadoentalei conto eroticoconto erotico minha mulherzinha honestapornô grátis só contos eróticos sogra cozinhaXVídeos irmao estrupardo airmar na maldandeGambar Komik hentai meme mama sama tante sama rasanyaconto gay empurrando rola no meu sobrinhoincesto excitante contos eroticosconto erótico gay com estupro e muito sanguequadrinho pono reaiscontos eróticos dei o cu ea buceta da cunhadinhaporno anal filho comendo a maecontos eróticos lesbicos Edna e Sôniadepilei minha tia contos eroticosxvidio homem come uma mulher com um cinturao com burachudo e acaba levando no cucontos eroticos bv e virgindadecontos eroticos o menininho pequeno e o camionheiro malfadoxv gosando na filhae napatroaconto erotico sakamotominha mulhe nuaXvideo.pesasorsedutoras e marrentas parte 4 contos eroticosimcesto papai goza muito me deixa garsdaPorno pokemon femea versioncontos minha irmã casada adoro tapar comigosissy conto eroticocontos eroticos sodomizada pelo velhotravetiquadrinho erotico cavernaquero+ler+história+de+mãe+e+pai+transando+com+o+filhoperdi as preguinhas do cu quando era pequenacomendo nerdisinha contosTransando com IrmãsContos eroticos incesto apos a lua de meltio tarado pega enteadanuacontos eroticos a cadela do tio caralhudoquero vídeo de conto erótica de lésbica mamando no seios como um bebê na praiaConto erotico gravidaconto erotico trepado no onibusContos eróticos de gai com dotados negãocontos gay mulherzinhA safada obedientecontos eroticos avo e netasdesde pequena iniciada em zoofiliafoi encoxar e astrupouConto porno putinha do velho desde de novinha