Contando o estoque na virada do mês


Click to Download this video!


Me chamo Carlos, tenho 1,89 de altura, cabelos lisos bem baixo, corpo atletico e atualmente estou com 43 anos de idade, tenho uma loja de sapatos no Shopp Morumbi, e comigo trabalham mais 10 pessoas na minha loja, 7 garotas e 3 rapazes, a pouco mais de um mês contratei duas garotas aumentando o meu quadro de pessoal para 12 pessoas, uma mulatinha de 18 anos com um corpinho globeleza e principalmente uma bunda de rainha de bateria e um loirinha meio gordinha com uns peitões de enlouquecer qualquer um. Num sabado ao meio dia chamei as duas novatas na minha sala e enformei que precisa contar com elas para contar o estoque no final do dia, as duas ficaram preocupadas porque moravam longe e mais ou menos perto uma da outra e sabiam da dificuldade de conseguir onibus para aquele bairro no final da noite, tranquilizei as duas e disse que as levaria em casa de carro, sem problemas, elas pediram permissão para ligar para os seus familiares para avisar que iriam chegar um pouco mas tarde. E assim ficamos trabalhando na loja e por volta da 20:00 horas chamei as duas para o estoque para adiantarmos o serviço, educadamente deixei as duas subirem a escada caracol e logo fui atras da bunda da mulatinha, que mal dava para saber se estava de calcinha ou não de tão enfiada que estava. Expliquei para elas como seria o serviço e ficamos ali naquele apertado sarrando uns nos outros, percebi em determinado momento que ao passar roçando o rabo da loira os bicos dos seus peitões ficaram durinhos, que ela tentou disfarçar, mas meu pau já tinha dado sinal de vida e estava fazendo volume na minha calça, a mulata estava sentado no chão e eu de proposito com desculpe de mexer em uma pilha sobre a sua cabeça, fiquei naquele estado bem proximo do seu rosto, e disfarçadamente forçei meu corpo para frente colocando meu pinto duro bem proximo a sua boca que disfarçadamente tambem virou o rosto, ficamos naquela cumplicidade os tres por volta de 21:30 começaram a fechar a loja e desci e ajudei os outros a fechar a loja e me despedi do pessoal, passei no banheiro já com segundas e terceiras intenções e coloquei um short que tinha de educação fisica de lycra sem cueca, deixando evidente o volume do meu caralho e voltei para o estoque, passei por tras da Cristiane a mulatinha e pude ver o seu reguinho com uma calcinha de tirinha preta, com um fio enfiado naquele bundão, fiquei com o caralho duro de novo, e sem querer mas querendo, encostei o pé no seu cuzão arrumando as caisa que estavam sobre a prateleira, pedi desculpa mas fique olhando para o seu reguinho, foi ate onde estava a Sheila a loirinha, que estava com dificuldade para colocar umas caixas nas prateleiras mais altas, cheguei atras dela encostei forte na sua bundinha que logo sentiu o meu caralho durão roçando nela, uma das caixas caiu e eu rapidamente peguei ela no ar bem perto dos seus peitões que aproveitei para dar um roçada. Voltei minhas atençoes para a mulata que não tirava o olho do meu caralho, fui andando na sua direção segurando outras caixas e pedi a sua ajuda para colocar na prateleira mais alta, e quando ela levantou do chão fez questão de empinar a bunda para o meu lado e roçar no meu pau. Quando sentiu o quanto eu estava com tesão, ela gritou que não aguentava mais, e falou: "o que vc esta pensando seu gostoso, que vai ficar roçando esta pica em mim e eu não vou fazer nada", ainda esboçei uma reação de me desculpar, mais já tinha o short arriado e o caralho sendo chupado pela aquela boquinha carnuda, olhei para o lado e já via a Sheila com as mãos apertando os peitões e com a outra no buceta por cima da calça se tocando, a Cristiane chamou ela para participar mas ela não estava querendo, qual não foi a minha supresa quando vi a mulata largar o meu pau, e caminhar em direção a loira já tirando toda suas roupas, ficando so de calçinha de putinha enfiada na bunda já que não usava sutiã, parou em frente a Sheila e beijou a loira na boca que ficou com os olhos arregalados enquanto tinha a sua lingua sugada pela aquela neguinha, logo os olhos da loira foram fechando e as linguas se misturando um bailado sensual, fiquei louco com a cena tirei toda a minha roupa, fui para tras da Cristiane puxei a sua calcinha de lado e enfiei a fundo no seu cuzinho, ela ficou eletrica, abraçou forte a Sheila, e gemia com uma gata no cio, me levantei fui para tras da loira e começei a beijar o seu pescoço e suas orelhas dizendo o quando achava ela gostosa e o quanto tinha tesão pelos seus peitões, que logo agarrei já enfiando as maos por dentro da blusas e apertando os bicões, e ela pedia para apertar mais, para machucar, "Vai Seu carlos machuca eles, aperta que eu gosto", logo a mulatinha levantou a sua blusa e já mordia os bicões dela quase fazendo sangrar, enquanto com os dedos eu enfiava na xoxota da Cristiane fazendo ela revirar os olhos e gemer mais alto "Vai meu patrão gostoso, soca os dedos nesta buceta hummmmm, gostoso hummmmm, quero dar muito para vc", já estavamos os tres pelados no estoque, as duas de joelhos disputavam o meu caralho, peguei a minha pica enfiei fundo na boca da loira ate ela se engasgar, enquanto tampava o seu nariz e ela quase sufocando tirava a picona la de dentro toda babada, saliva, mas adorava e pedia mas, os olhos da mulata brilhavam mas tambem de medo porque logo foi a vezes dela que não quis abrir muito a boquinha, dei uns tapinhas na sua carinha e disse para abrir com gosto que irai fazer o mesmo, enfiei fundo na sua garganta e fechei o seu nariz fazendo ela quase vomitar, aquilo dava um tesão na loira fudido, que enfiava dois dedos na sua buceta bem la no fundo, peguei a mulatinha no meu colo e virei ela de cabeça para baixo fazendo um 69 em pé e começei a chupar a sua buceta e o seu grelo sem parar, ela fica louca mexendo as pernas que estavam para o alto, chamei a Sheila e mandei ela lamber o cuzinho da amiga, arreganhei o seu cuzinho e a Sheila enfiou a lingua com tudo, que cena o meu caralho era punhetado e chupado pela mulata que esperneava no meu ombro tendo o seu grelo sugado e mordido pela minha boca enquanto sentia a lingua forte da loira no seu cú, Desvirei a mulatinha que estava com a xoxota pingando de tesão e fiz o mesmo com a loira, que ficou com medo, de ficar de cabeça para baixo, peguei ela forte pela nunca e mandei ela vir, ela relutou, e eu mandei o tapa na cara dela, vem sua puta, vem logo e logo ela veio, percebi que o tratamento tinha que ser diferente os seus olhos brilhavam quando era mandada, quando era obrigada a fazer as coisas, coloquei ela no 69 em pe, e logo tive o meu pau quase arrancado pela aquela boca voraz, não contei historia começei a morder e chupar o seu grelo com força e logo a Cristiane veio ate a sua bunda coemçou a dar tapões na bunda dela para depois enfiar a lungua bem n fundo do seu cuzão que estava todo vermelho de tanto apanhar,, fui deitando no chão e continuei a chuapr a sua xoxota e logo senti o meu pau desaparecer na buceta quente daquela neguinha, que foda, como era gostoso aquele rebolado, ela fudia sem parar e sentia a minha pica bater no fundo da sua buceta, enquanto isso eu chupava a buça da Sheila que beijava a Cristiane na boca, que loucura, logo a mulata avisou que estava gozando e gritava e gemia toda dengosa sobre o meu pau e logo caiu par o lado tremendo o corpo todo, e meu pau em pé foi enfiado todo na buceta da loira, que trepava feito uma louca pulando sobre o meu corpo, e pedindo para bater na cara dela, que logo foi atendido e quando percebi que estava quase gozando e enforquei a sua garganta, sem usar muita força mas fazendo pressão no pescoço, dela a mina gozou para caralho parecia que estava mijando e eu ali de pica dura via ela cair sobre a Cristiane e puxar ela para cima do seu corpo e beijar e começar a beijar a sua boca deixando a bundinha da neguinha virada para mim, enfiei a lingua no seu cuzinho deixando bem molhadinho, peguei a cabeça no meu pau e fiquei pincelando no seu cuzinho, no meu cu não vai doer a sua pica é muito grossa, fui ate o seu ouvido beijando a suas costas e disse para ela relaxar que iria colocar devargazinho, e fui colocando enquanto dedilhava o seu grelo, o meu cacetão foi desaparecendo naquele rabão, que delicia, era muito apertado, ela chorava e pedia para botar, não queria que eu parasse de colocar, enquanto isso a Sheila falava cheia de tesão "come o cu desta neguinha, arreganha as pregas dela, rasga, faz ela sangrar", a Cristiane começou a treme o corpo de novo anunciando outro gozo e eu estava com tanto tesão que não conseguia gozar, fiz ela gozar tirei ela de cima da outra e de frango assado enfiei sem dó no cu da loira, que deu um berro tão forte que eu acho que as ultimas pessoas do Shopp escutaram, "aí meu cu seu viado" foi o suficiente para eu enfiar a mão na cara dela e mandar ela ficar calada, e ela chorando pedia para eu fazer com ela que quisesse que eu era o seu dono, que podia arregaçar ela tambem, começei a gemer forte feito um garanhão anunciando o meu gozo, pedia que as duas juntassem os rostos e gozei forte naquelas duas tesudas que se chupavam e se lambia bebendo toda minha porra, que delicia, nunca gozei tanto, beijei forte cada uma fazendo, jurando paixão por elas, pedi que cada uma escolhesse o sapato ou tenis que quisesse e fui leva-las para casa, as duas combinaram de dormir na casa da Cristiane e eu perguntei para elas se queriam arrumar o estoque todo dia, e as duas falaram que: "e logico que sim, todos os dias".

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


7562 - Fui enrrabada no muro de contenção. - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 1
7569 - A anãzinha - Categoria: Fetiches - Votos: 3
7570 - Eu, minha namorada e sua amiga - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 0
7571 - O Convento - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 1
7572 - TATOO - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 0
7592 - Só alegria no Telemarketing. - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 0

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico jhora

Nome do conto:
Contando o estoque na virada do mês

Codigo do conto:
7574

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
30/03/2006

Quant.de Votos:
0

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Marcia coroa buceta cu santa cruz do sul rsminha sogra é um tesão gostosacomo meu tio me viciou na rola dele gayContos e fotos de tias e sobrinhos pauzudosentrevista de emprego brasileiro acaba em sexo contosconto erotico patroa taradasContos eroticos de roludos fudendo ascunhadas e sograsContos negro fodendo marido e mulherquadrinho porno gayconto erotico casada chupa pau cavaloconto erotico esposinha gostosaquadradinho errotico com negão com pau gigantemeu filho comeu minha bunda quando eu fingia dormir contos eroticoContos eroticos de perda de virgindade incestocasada urra com caminhoneiro dotado.adorador das minhas calcinhas usadas contos eroticoso velho e minha esposa cavalona e timida contos eroticosconto erotico crente bebendo leitecontos eroticos icesto de estrupoHistórias em quadrinhos porno meu pai é um putocontoerotico esposa e o mulequemeu filho aromba minha bucetabuceta em fido a rola bucetinhaconto erotico ia ser corno de qualquer jeitocontos eroticos com mts mamadas nos peitos/sexo com o amigocontos ainda pequena perdi meu cabaso em um pauzaoContos gay pau pequenoContos eróticos sograamigoporno gay quadrinho mozto rucontos eroticos comi a titiaquadrinho eroticos ilustradocontoeroticodfcontos erotico surpresa pra minha mulher troca de casaiso aluguel atrasado contos pornoconto porno inaugurando a xaninhacontos gay viado sendo esfolado pelos carasultimos contos sadocontos eroticos vizinha crente kkkkconto erotico na ruaDopei minha mulher e o jorge a comeucontos eroticos me entreguei como puta ao inimigo d meu marido pauzudoconto herotico homen crossdresserela ddu pra 6 no insesto conto eroticoquadrinhos eroticos filho atrevido 2gravida tarada traindo maridocontosreoticoszoofiliacontos eroticos de noiva rabuda estuprada na praia por garotos cacetudos e noivo vendover conto erotico sob caminhoneiro pirocudocontos veridico travesti bem dotado,fodi o cu e a boceta da minha irmacontos eroticos engravidando a loiracontos comi a gostosa na chantagemempregada gostosa porntodo corno e viado contocontos de incestos eorgias entreirmas nudismocontos heroticos com fugitivosContos eroticos de gays que foram estupradoscontos eroticos comendo sua madrasta gostosaxivideos maça imperatorele pegou minha mamae quadrinoeroticoconto erotico gay mecanicocontos titia do cuzinho gostosocontos porno em quadrinhos de mulheres casadas com muito tesao traindo marido com negao roludoFoder e mamar em família contoseroticosContos eróticos picantes de gays com fotos ilustrativascontos provoquei meu tioempresario comedor de casadas cssa dos contos eroticosirmazinhaconto eroticomeu pai me viu nuaconto sexo casada ricardaoContos eróticos abusando do cu apertado da esposa a forçacumplices de um resgate pornoconto erotico vendo.a.minha filha gemendo toquei siriricacontos eroticos minha filha e eu vamos para as boates para dar e o corno do meu maido vai junto para verConto boquete escondido em quadrinhoConto erotico homem com ninfetinhaconto amigo heteromerens chupando e tranzando calcinha molhadacontos eroticos chuva douradaconhecendo senhora conto eroticoencoxando a minha tia contoso cassetao duro fotomae e filha iniciada na zoofiliacontos sexo corno a tresconto erotico meu irmao me coecontos eróticos com fotos de apostaavo comendo a neta a forçaContos eroticos eu flagrei a minha sobrinha casada com outroContoeroticoporcoContos eroticos de garotinha estuprada pelo o capataz da fazenda.contos de eroticos mamae e filhinhodois pião fudendo na obraconto erotico com velho chupa xotaver conto eroticodando por dinheiroxvedeo anal aproveitador e comi cuconto erotico eu meu pai noos convidados comeram minha mulher hentai e contos eróticosporno a nao aguentei falei pra minha prima quero comer ela