Dando muito pro Pedreiro Dotado


Click to Download this video!


Meu nome é lucas sou novinho e essa historia aconteceu a pouco tempo, a minha casa tinha entrado em reforma e meu pai chamou o juca, um negro de uns 1;82 de altura forte devido ao trabalho de pedreiro, quando o vi meu cusinho piscou discaradamente, ja podia imaginar aquele homem em cima de mim, pois bem a obra começaria na segunda, pela manhã como meus pais trabalham me pediram para ajudar o pedreiro no que ele precisa-se, logo comecei a imaginar varias coisas, concordei, quando chegou a segunda, acordei cedo ja imaginando o que poderia acontecer, fui tomar um banho, meu nervosismo tava a mil, queria muito que aquele homem me comesse, nunca tinha tido nenhuma relação sexual, e isso ajudou a me deixar mais ansioso e nervoso, acabei metendo uns dedinhos no meu cu,na intenção de alarga-lo, sai do banho e fui tomar o caffe, minha mãe estava de saida, e disse que o pedreiro ja estava trabalhando, sentei e tomei meu cafe, mais mil ideias passavam pela minha cabeça, estava com um shortinho que uso pra dormir as vezes, e uma camiseta, fui ate o pedreiro vê se ele queria algo( ou alguem) cheguei la e falei:- Bom dia
Ele:- Bom dia Lukinhas
Ele estava com uma bermuda jeans toda surrada e com alguns rasgos, e uma camisa toda surrada tambem, aquele homem estava me deixando louco.
Perguntei se ele estava precisando de algo
Ele respondeu: To sim Lukinhas, tem como voce dar uma ajudinha aqui?
Aceitei na mesma hora e fui ajuda-lo
-Não se preucupa Lukinhas, não vai ser nada pesado pra voçê! disse ele.
Ele pediu pra mim trazer um balde d'agua, fui buscar, tava pesado, não sou la muito forte, e mais o nervorsismo, tambem nao ajudou, quando cheguei perto dele com o balde, acabei derramando nele, meu senhor, aquele homem suado, forte, na minha frente todo molhado, assim não da, pedi desculpas ele riu e disse:- Sem problemas lukinhas
E começou a tirar a camisa, gente fui no céu, definitivamente eu tinha que dar pra aquele homem.
Ele ficou sem camisa, se levantou pediu se eu pudesse levar a camisa pra secar, eu peguei e fui levar, quando voltei la estava ele, comecei a ajuda-lo,volta e meia ele coçava o pau, e eu nao perdia nenhuma oportunidade ver, conforme o tempo ele estavamos conversando ele falando da sua vida, que tinha terminado um relacionamento, etc, bla bla bla, não prestei atenção, ai ele perguntou se eu namorava e tals, se não agarrava nenhuma gatinha, etc
Eu ri meio sem jeito, e disse que não, nessa hora ele coçou o pau e eu olhei, e acho que ele reparou que eu estava vendo, mais nao disse nada, quando eu levantava fazia questão de mostrar minha bunda carnuda, bem discaradamente, ele disse que precisava dar uma mijada, e foi para um canto, eu não me contive fui espia-lo, so que nao conseguir ver o seu pau, quando ele virou tentei correr mais acho que ele me viu, quando ele voltou estava meio sorridente, disse pra mim ver se a camisa ja estava seca, fui ate la, peguei a camisa e começei a cheirar, aquele cheiro de macho me deixou no cio, quando de repente eu sinto um volume na minha bundinha e uma respiraçao perto da minha orelha, ele disse:- Sabia que tu era viadinho, agora vai ter que dar pra mim.
Gente eu desmontei, definitivamente, ia me estabacar no chão, so que ele me segurou firme, me puxou e ficou encoxando minha bundinha, aquilo tava muito gostoso, eu levei a mão ate seu pau, e meu deus, aquilo era enorme, me bateu um medo, de ser enrabado por aquela jebona, apertei firme, e aquilo parecia crescer mais e mais, ele me puxou e me levou ate meu quarto, trancou a porta, e foi tirando aquela calça e ficando so de cueca, que tratou logo de tirar, gente na hora que eu vi aquela jebona, fiquei sem reação, não sabia se corria pra ele ou se corria dela, aquilo tinha uns 25 cm e muito grosso e mais aquele saco pesado, com aquelas bolas gigantescas,ele veio balançando aquilo em minha direção me puxou da cama arrancou minha roupa e disse:- Mama tudinho viadinho jaja eu vou meter tudinho em voce!
Sem demora comecei a mamar aquilo como se fosse o ultimo caralho do mundo, na cabia tudo na minha boca era muito grande e grosso, mais eu forcei muito, meu queixo doia mais eu não parava de mamar, ele gemia, e dizia: - Mama viadinho, mama tudo, unh que delicia, que boquinha gostosa, quero teu cusinho tambem, anh mama.
Quando eu ouvi, gente ai que eu mamei mesmo, comecei a lamber o saco chupar as bolas, dar umas chupadinhas na cabecinha, ele gritou:- AAAAH CARAAALHO CHUPA SEU VIADO, VO TE DAR LEITINHO, ABRE ESSA BOCA, UUUUNHHH VO GOZAAAAR CARALHOOOOO
Eu enfiei tudo na boca ele puxou minha cabeça e enfiou mais, e eu senti o primeiro jato enchendo minha boca, seguido de outro e mais outro etc, não sei quantos so sei que tentei tomar tudo, so que não consegui, acabou escorrendo pela minha boca, me melando todo de porra, era uma delicia beber todo aquele leitinho quente, ele riu tirou o pau da minha boca e começou a bater com ele na minha cara, mandou eu ficar de quatro, começou a lamber meu cusinho eu gritei, so de prazer, me contorcia todo, aquilo e muito bom, ele começou a meter uns dedos,e eu rebolando, ele disse:- Rebola bem seu viadinho,jaja tu vai chorar na minha pica, abre bem esse cuzinho, ele abriu mais minhas pernas e colocou aquela pica enorme na porta do meu cusinho, eu dei uma gemida, ele bateu na minha bunda, me chamou de vadia, começou a pincelar o pau no meu cu, eu não aguentava mais, precisava ser comido, ele disse:- Implora pela minha pica vai sua vadia, quero ver tu pedindo pau, vamo. Eu comecei a pedir:- Me come, por favor, me fode, me abre todinho, quero rola, me fode juca, quero tua rola!!!
Ele riu e começou a penetrar, fui sentindo aquilo enorme me abrindo, era muito grosso, tentei sair, ele me puxou e me segurou,e disse:- Ah seu viadinho, não vai sair não, tu não queria rola no cu? agora aguenta, to so começando vo te fuder muito.
Eu estava morrendo da dor, mais aguentei, ele ria, e ia enfiando, aquilo parecia nunca chegar ao fim, por uma ultima vez tentei sair, e ele me puxou, me abraçou pela cintura e enfiou de vez sem dó, gemeu alto, e junto com seu gemido, o meu grito, de dor, ele disse:- grita viadinho, grita na minha rola, ta sentindo, ela ta todinha em você, rebola nela. Na hora que eu ouvi aquilo não sei o que deu em mim, comecei a rebolar naquilo, nem lembrava mais de dor eu queria era ser póssuido de toda forma, eu gritei:- ME FODE, ME ARREGAÇA,UUUNH.
Ele começou a bombar que nem um animal, podia sentir seus pelos na minha bunda e seus testiculos enormes, não pensava em mais nada so ser possuido por aquele macho, ele disse:- Que delicia, rebola minha cachorrinha, rebola pro teu macho, quero te encher de porra, sua vadia.
Ele me virou de frango assado, e começou a me fuder como um animal, eu não conseguia falar nada, so gemer, não queria parar nunca, queria dar pra sempre, ele começou a apertar os biquinhos dos meus peitos,eu fiquei completamente louco, aquilo estava de uma intensidade fora do normal, começei a rebolar mais ainda, e ele aumentou o ritmo das bombadas, me xingando de tudo, eu so sabia gritar e gemer, ele gritou:- UNNNH QUE GOSTOSO REBOLA MAIS MINHA CADELINHA. VO GOZAR,ANNNH, VAI... VO GOZAR...AI REBOLA....ETA CARALHO VO GOZZZAR, AAAAAAAAAAAAHNHHHHH. ele me abraçou enfiou ate o fundo, e senti os jatos de porra invadindo meu cu, na mesma hora, gozei sem tocar meu pau, ele caiu por cima de mim, nos ainda estavamos gozando, eu comecei a tremer de prazer em seus braços, ele em cima de mim, eu apertava seu pau com meu cu, por fim terminamos de gozar, eu me sentia lavado por dentro, ele tirou o pau do meu cu, me senti tão vazio, iria pedir pra ele colocar denovo mais ele veio e colocou na minha boca, eu chupei como nunca, limpei completamente aquele pau, eu levantei e pude sentir aquele rio de porra descendo pela minha perna, me ajoelhei e voltei a mamalo, ele disse:- Essa foi a melhor transa da minha vida, se eu soubese ja teria te comido antes, mais não importa, rola não vai te faltar, vo meter em voçe sempre seu viadinho, agora chupa meu pau, deixa ele bem limpinho, depois eu encho esse cu de porra denovo, terminei de chupar seu pau, e fomos tomar um banho, eu ensabuei todo, inclusive seu pau, e o punhetei,ele gemia, mandou eu virar de costas que ele ia lavar meu cu, quando eu virei, ele enfiou dois dedos,e começou a brincar, seus dedos vinham cheios de porra,ele colocou na minha boca e me mandou chupar, o que eu fiz sem demora, depois ele me lavou, lavou me cu, e fui chupalo, eu gemia muito,aquele homem me deixava louco, me mandou ajoelhar e urinou em mim me chamando de putinha, eu adorei,tornei a me limpar, ele me virou e me comeu, me apertava contra a parede eu so sabia dizer:-me fode seu pedreiro gostoso, quero tua rola no meu cu, me fudeu muito debaixo do chuveiro, depois mandou eu mamar ele denovo, o que eu fiz, denovo sem demora, começou a fuder minha boca ate eu sentir seu gozo, em pouca quantidade comparada as outras mais que eu bebi, de bom grado, nos limpamos e voltamos para a "obra".

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico sounovinhoequerorola

Nome do conto:
Dando muito pro Pedreiro Dotado

Codigo do conto:
75567

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
13/12/2015

Quant.de Votos:
18

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erotico mostrando pau pra cobradoraconto eroticos cheguei em casa com o cu cheio de porrae arrombadoliga da justiça porno gayconto da casas do contos lesbica de orgia na colegio de mocas sexo anal lesbic com cosolo de cintaConto erotico: fui violentada e dei a xoxota e o cuso contoseroticos completos no sofa do padrinho maria alice deu ate o cuzinhocontos eroticos de putaria e muito tragoContos eróticos de noraConto erotico primacontos eroticos visitando meu amigo e cheirando a calcinha de sua esposacontos eroticos podolatria com a madrasta dormindocontoeroticofilhamaridoporno quadrinho familia e assim parte 3pornos incesto tio concretzou seu sonho tirou o cabacinho da sobrinhasexo incesto em casa abertamente em famíliamulher fudeno com garotocontos sadomasoquismo filhinhaconto erotico de torneio de sinucaconto erotico: meu pai e seus amigos me comeram gostosoporno fodi minha meninhaquadrinho erotico DBZ hentaicontos eroticos arrombei a coroabuceta da minha tiacontos eroticos minha sogra mamou no meu pau e depoi choroulpornografiaface bookhentai gay dragon rangercontos eroticos minha sogra quis ebucetinha da Maria Joaquina do carrosselporno quadrinhoscontos eroticos neguinho mega pauzudo fudeu minha mulhertio tarado pega enteadanuaContos eroticos com fotos de podolatria tentando encostar nos pes da primacontos eróticos brincando de pique-esconde com priminho de ococasa do conto erotico meu imao mulhe delicontos carona magrinhacontos erroticos de incertos filha amante pai 2017 ltimas publicaes Contos eróticos:meu querido professorConto podolatria gay, policial[email protected]conto erotico travesti se vestindo para darsiririca ba amigas contoporno história de experiência conjugaisminha filha de seis anos ja tem a bucetona bem larga/contos eroticoshistorias eroticas de genro bem dotado fudendo a sogracontos minha irmã casada adoro tapar comigoconto erotico agostosada minha mãe na cada de praiaavo pelada e cu de margarinacontos papakugostosa caucinha xsvideosConto erotico com novinha casadacontos moleque gordo gaycontos erotico mãe com absorvente grande dormindocontos eróticos mamãe e eu no carnavalcontos eroticos cm foto minha erma me seduziu o fude ela e seu maridoconto banho com a titia minha mãe q falouultimos contos sadoconto erotico em quadrinhõpadrasto chupando a enteada conto ilustradocontos eroticos putinhas arronbadas se fazendo de inocente vovo comeuseu madruga comeu chiquinha enqunto ela dormia historias eroticasConto dr estrupo na mesa de sinucaQuadrinhoseroticosirmascontos eroticos incestos sai e voltei e vi meu pai comendo a sua noraformando para menstruar xota abertaquadrinhos eroticos gays de jogadores com calcao folgado021 997180802ajudei um amigo a ser corno conto erotico de torneio de sinucaerotico meu paiestórias eróticas reais de sequestrocontospornogostosoquadrinhos GTa,eroticocontos punheta pro morador de ruagay chupando casado contowww.tv inceto a tia 1contos erótico com mulheres com 35 zanos separadas ou viuvasconto fragei meu enquilinoConto porno bate punheta no meu irmao.contos eroticos gay host daddynegao pirocudo eminha esposacontos de sexo casada traindo com picudo e a filha ouvido tudoquadrinhos idosas no cio lesboscristine com negoes contos eroticoscontos avelha madre e o negrao caseiro do conventocontos dormindo sem calcinhaconto erotico com fotos/ rabo da maeconto eroticoco traindo com 26 cmfudendo a buceta da menina com síndrome de downpornô grátis só contos eróticos sogra cozinhaconto gay uber dotadopai sai do banheirode pau duronivinhas rabudas gosando os pulos etremendo