Minha namorada e sua amiga brincam comigo parte 1


Click to Download this video!


Bem, confesso que é um tanto estranho escrever esse tipo de coisa pela primeira vez, ainda mais sabendo que alguém alguma hora irá lê-lo. O que vou contar aconteceu comigo há uns dois anos atrás. Chamo-me Terry (nome fictício)sempre fui um cara um tanto delicado, rosto fino, boca pequena, entre outras caracteristicas que algumas garotas gostariam de ter, além de ter um pau não muito grande. Eu namorava uma garota muito linda e gostosa, morena, cabelos castanhos escuros que iam até as costas, olhos castanhos bem claros, boquinha carnuda e bem macia, peitinhos pequenos, mas pernas bem grossas e uma bundinha grande. O único problema era sua timidez, ela era muito recatada e timida, e seus pais eram um tanto severos quanto a namoro, o que dificultava tudo ainda mais. O máximo que faziamos era ela deixar eu pegar na sua bunda e ela pegava no meu pau por cima do short, fazendo eu ficar muito excitado e soltando muito pré-gozo. Um dia, eu fui na sua casa e sua mãe veio me atender. Ela disse que precisava sair, e que Luana, minha namorada estava lá em cima com a sua amiga. Eu subi, e me deparei com a porta de seu quarto fechada. De dentro, eu ouvia risinhos, então resolvi dar uma olhada pela fresta da porta. Ela estava junto com Andréia, uma amiga dela de estilo roqueirinha, magrinha mas muito bonitinha, porém o que me chamou mesmo a atenção é que as duas estavam semi-nuas, só de lingerie, enquanto olhavam para a tela do computador e soltavam risadinhas. Eu nunca tinha visto minha namorada de calcinha e sutian então aquilo fez meu pinto subir na hora, fiquei tão excitado que pensei em bater uma ali mesmo, mas resolvi olhar mais. As duas então começaram a se tocar e a se beijar no pescoço, o que não pude aguentar e desabotoei minha bermuda ali mesmo e peguei meu pau. Nem deu tempo eu tocar, Andreia percebeu minha presença. "Tem alguem olhando a gente amiga" ela disse bem baixinho e gelei na hora. "Deve ser meu irmão" minha namorada disse e começou a chamar por ele, mas eu não falei nada. "Acho melhor você ir olhar" Andréia falou e então minha namorada veio na minha direção. Eu não pude me mexer, pois estava encantado com aquele par de pernas vindo em minha direção, e ela acabou abrindo a porta e me vendo. Cobri-me com a camisa para esconder minha ereção e ela berrou exclamada:
- Terry? O que você ta fazendo aqui!? Você tava espionando!?
- Eu.. N-não - gaguejei.
- Ah é? Então o que você ta cobrindo aí? - Eu disse que era nada - então mostra. Anda mostra eu to mandando!
Estava prestes a tirar a camisa da frente quando Andréia apareceu.
- É seu namorado? - Ela perguntou - ele é fofo - e riu. - Porque não chamou ele pra entrar amiga?
- And não! - Minha namorada respondeu.
- Não seja mal educada. Vem, entra. É Jerry não é?
- Terry - respondi. No tempo em que elas entraram eu pude me vestir adequadamente. Minha namorada parecia nervosa.
- O que estavam fazendo que eu não podia saber? - Perguntei desconfiado. Minha namorada logo daria uma desculpa, mas a sua amiga falou a verdade na lata. Mostrou a tela do computador, em que havia um homem de corpo atlético, aparecendo só até o peito, masturbando um enorme pênis, até deslogar impacientemente.
- Isso responde sua pergunta? Estávamos vendo homens - ela então colocou em outra página e mostrou inúmeras fotos de homens fortes e pelados.
- Que palhaçada é essa? - Perguntei furioso pra minha namorada e ela não respondeu. Andréa riu.
- Ta com raiva de que? Aposto que vê muito pornô e fotos de mulheres peladas na internet. Além do mais, o homem que estava do outro lado da cam não viu nossos rostos, nunca vai saber que era a gente, fica tranquilo mocinho.
- Ficar tranquilo? Até hoje nunca tinha visto minha namorada de calcinha e um sujeito qualquer pode?
- Nunca tinha visto e agora está vendo ela e amiga dela, e aposto que ta de pauzinho duro ai debaixo da cueca.
Fiquei vermelho. Eu mal falava com aquela garota e ela dizia palavras desse tipo pra mim? Mesmo assim fiquei mais excitado, muito excitado. - Olha, a gente demorou um bocado pra encontrar um cara sarado e de pau grande e a gente perdeu ele por sua causa. Agora você vai ter que nos recompensar. O que você tem aí pra gente?
- And ele é meu namorado! - Luana era bem ciumenta ela já devia estar furiosa por eu estar vendo sua amiga semi-nua.
- E daí, não vou roubar ele de você a gente só vai se divertir e você vai com a gente.
- Não sei não...
- AH que é isso, você já viu uma foto do pau do meu namorado e eu não tive ciúmes.
- Como é?! - Eu perguntei irritado. Eu não me dava bem com o namorado dela por ele ter dado em cima da Luana.
- Deita aí - Andréia me empurrou na cama - quero ver se o que minha amiga disse sobre você é verdade. - Ela então me beijou no pescoço e apertou meu pau por cima da bermuda. - Não - ela riu - só isso?
- Ei do que você ta falando? - Perguntei irritado.
- Levanta - ela pediu. Eu continuei deitado já estava irritado com aquela situação - amiga, seu namoradinho não quer colaborar.
- Levanta Terry - minha namorada ordenou e cheio de tesão fiz como foi pedido. Sua amiga se ajoelhou na minha frente e então abriu minha bermuda, abaixou até o joelho junto com a minha cueca, libertando meu pinto já animado e gotejando de tesão. Andréa riu - disso que eu tava falando. Que Você tem um pintinho pequeniniho, o do meu namorado é bem maior nao é amiga? Mas é bonitinho, branquinho e durinho.
Enrubesci, mas tinha que admitir que ela falava a verdade. Meu pinto devia ter 12 cm duro,e a pele que cobria a cabeça fazia parecer de uma criança. Mesmo duro, ela cobria quase tudo, deixando somente o buraquinho pra fora. Eu estava envergonhado de ser humilhado assim na frente da minha namorada, embora estivesse com muito tesão.
- Você disse que era grandinho amiga, mentiu pra mim?
- Eu nunca tinha visto um pessoalmente, só o do meu pai e do meu irmãozinho.
- Do seu irmão da pra entender, mas o do seu pai?
- Era só um pouco maior, mas estava mole.
- Agora entendi - riu Andréa ainda mais. Ela então pegou meu pinto colocando toda mão nele, mexendo um pouco de leve e eu gemi. Minha namorada parecia enciúmada, mas parecia ainda mais excitada. Ela se aproximou de mim e me beijou, subindo em cima de mim e nos fazendo cair em cima da cama. Toquei na sua buceta por cima da calcinha, e pude senti-la bem quente e molhada. Eu estava a ponto de explodir. Andréa colocou meu pinto na boca e deu duas chupadas. Em seguida ela abaixou minha pelinha e lambeu em volta da cabeça e eu senti que ia gozar mas ela parou na hora. Minha namorada saiu de cima de mim e pegou meu pinto.
- Seu pintiho é tão fofo - ela disse - a cabeça é rosadinha - ela riu e então mexeu umas duas vezes antes de eu não aguentar e acabar gozando, lambuzando tudo ao meu redor.
- Já amor? - Minha namorada perguntou rindo e sua amiga riu também.
- Pequeno e rápido amiga, olha só o namorado que você foi arranjar - e riu mais. - Pelo menos ainda ta duro. Você é um virgenzinho né? - Confirmei, fazendo-a rir. Ela então tirou toda minha roupa me deixando nu, limpou minha porra na minha blusa, e pegou o seu celular, tirando fotos minhas. - Agora vai fazer o que a gente quiser ou eu posto essas fotos na internet e todo mundo vai saber do seu pintinho com fimose.
- Não é fimose - protestei, mas ela me mandou calar a boca.
Luana se sentou numa cadeira e Andréa mandou que eu lambesse seus pés. Eu fui, gostava o suficiente da minha namorada para fazer isso nela, o problema foi que fiquei nu e de quatro no chão, deixando minha bunda exposta para Andréa que ria e fotografava. Ela deu um tapa na minha bunda.
- Ficou marcado - ela riu segurando minha bunda e separando-as, para conseguir ver tudo - olha é rosado também igual sua cabecinha - ela riu tocando no meu cu.
- Ai não - quis protestar.
- Ta bom posso tirar meu dedo daqui, assim fica fica mais fácil de postar umas fotos de um garoto de pinto pequeno.
Não disse mais nada e voltei a lamber as pernas de minha namorada. Depois de um tempo mexendo no meu cu, mas sem introduzir o dedo, Andréa levantou e disse que queria fazer algo diferente. Primeiro, ela tirou seu sutian e calcinha mostrando peitinhos pequenos com mamilos rosados, e bucetinha fechadinha com alguns ralos pentelhos por cima. Ela mandou eu me deitar e pediu que minha namorada sentasse nas minhas pernas o que foi atendido prontamente. Logo depois ela sentou em meu rosto de pernas abertas e eu pude sentir o cheiro de sua xaninha molhada. Ela não precisou dizer o que eu tinha que fazer, chupei aquela buceta como um louco, nunca havia sequer visto uma buceta de verdade na minha frente e agora havia uma no meu rosto. Andréa gemia como louca enquanto eu a chupava e minha namorada começou a me masturbar e um minuto depois já tinha gozado novamente, mas continuava duro, e Luana continuava a me masturbar. Andréa gozou duas vezes na minha boca, e Luana me fez gozar pela terceira vez só com sua mão. Andréa saiu de cima de mim e viu meu pinto ainda duro na mão da minha namorada.
- Isso ainda ta duro? Você é um tarado mesmo em - ela deu dois beijinhos na cabeça - eu quero ver que tamanho que fica essa piroquinha mole - e riu puxando a pelezinha pra cima e depois para baixo, lentamente - se bem que isso aqui é tão pequeno que talvez a gente nem pudesse ver - ela riu e minha namorada acompanhou - quando você for la em casa amiga, eu chamo meu namorado e ai você vai ver uma piroca de verdade - novamente elas riram e eu protestei.
- Calado pintinho - minha namorada ordenou apertando minhas bolas - ou eu esmago essas bolinhas.
- Ta aprendendo a ser má em amiga - riu Andréa - agora você é nosso brinquedinho, Terry, e ai de você se nos desobedecer - ela riu.
- É - Luana concordou - agora veste a roupa e guarda essa minhoquinha antes que minha mãe chegue.
Me vesti e assim me tornei brinquedinho delas.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil terry-03
terry-03

Nome do conto:
Minha namorada e sua amiga brincam comigo parte 1

Codigo do conto:
74975

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
30/11/2015

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erotico de loira gostosa transando de biquini com dois homenscomo faço para foder a minha mae contosContos com fotos novinha peituda de baby dollbuceta da minha tia"corninho fala"contos eroticos negao jumento e minhas esposaDopei minha mulher e o jorge a comeuwww.conto camionero meteno .com.brconto erotico minha namorada dançando forro com meu tioinstagram raffa_kaconto erotico gay iniciando incesto enganei inocentecontodebucetinhasMorena bunduda peituda de calça legging gemendo muitocontos eroticos de xifrudosConto eroticos com anã safadinhaporno sofucado ate desmaircontos heroticos com fugitivoscontoeroticolobaContos eroticos com motorista macho do uberentiadacontoeroticoContos animados papai tio e padrinho me foderam muito quando novinhadeixei meu marido chupar a b******** da minha amiga contoscontos eroticos velha lesbica abusando de novinhaultimos contos sadovideos porno tia bunduda deixando sobrinho passa mão na bundafilhas gostosas contosPorno dei o cu pro titio e acabei chorando com a pica no cukomik porn illustratedcontos corno felizassaltei meu genro com minha busseta e me fudeu bemsuruba com minha mae contosconto erotico só no cuconto com entregador da farmáciaConto erotico minha buceta ficou ixanda mae fitnes milftoonbuceta virada mozfudeno a sobrinha cheirando a leite vídeos caseiroscontos eroticos de casadas com instaladoresconto ele deixou seu semen dentro da minha esposacoto erotismo novimha tarada por velhimhoprima damo chota pro primocontos com fotos comendo cu travesti bebadaconto erótico grelo enorme briga de grelocontos gostava de mamarna pica do padastrocontos eroticos sendo arrombada pela pica xgcontos eroticos de maes e filhoscontos erotico estrupo loira esculturalcontos eróticospai e filha hantai mulher do cornocontoeroticomulhervadiaconto erotico caguei no pau deledoce nanda contos eroticoscdzinha depravadacontos eróticos agarraram a minha esposa e comeram ela até ela gozarsobrinhacabacinhomulhe de corno baiano comto eroticoa virgem e o cavalo zoo comixconto erotico: levei um tapa na bundacontos eroticos casadinha assediada pelo vizinhojogando strip poker com minha mulher verídicoajudado pela esposa,cunhado pauzudo fode a sogra,contos e relatos eroticosContos eroticos minha mulher traz porra para mimcontos meu.tio roludo doeu pediu arregocontos eroticos amante bem.maiorthalia conto travesti com fotosContos animados papai tio e padrinho me foderam muito quando novinhaporno.com negao levanta a saia da gostosa casada enfia até o saco surpresa pra o corninhoQuadrinho erptici vovocontos de podolatriatiranda o cabasocontos eróticos tiaso mostrei a bunda pro meu cunhado e ele gozouconto erotico masturbationspai não conia o cu da madrasta eu comi incestocontos eróticos pepino no cuzinhomulher desmaiada engatada zoofiliacontos de sexo com meu pai dormindo aiii metiiii aiiconto pornô de marido e chamando o sogro para poder ir junto com eleConto erotico de viuva evangelica.conto erotico filho encoxa amaeCONTO EROTICO PRINCESA E O SAPOporno gay quadrinho mozto rucontos de chantagem com fotos e coroas fodendo com garotoscontos eróticos de encoxando coroa no tremcontos de biza scatesposa com caseiro conto eroticoWww.imagemporno.com.brconto erotico formaturaconto eroticos com fotos comi rabao da madrinha namarra