Passeio no parque


Click to Download this video!


Passeio no parque
Estava com muito tesão naquela noite, então resolvi que iria passear pela cidade toda montadinha. Escolhi uma calcinha pretinha, de rendinha e fio dental. Minha bundinha fica deliciosa com essa calcinha – desejo de qualquer macho, com certeza.
Escolhi um espartilho especial. Rosinha com bolinhas pretas. Lembrando aquelas danças de can-can. Coloquei o espartilho e meias pretas sete oitavos, presas pelas ligas. Estava ficando linda. Escolhi uma saia preta, curtinha, que ficava na altura das rendinhas da meia e com o caminhar mostrava as ligas prendendo na renda. Por último uma blusinha de oncinha, semi transparente – não esqueci de colocar enchimento nos meus peitinhos...
Escolhi um scarpin preto, brilhante, de salto altíssimo. Me olhei no espelho. Estava uma putinha deliciosa, mas faltava a maquiagem e a peruca. Primeiro uma base de corretivo. Em seguida uma primeira camada de máscara, para meus cílios se destacarem.
Uma sombra nos olhos. Batom vermelho piranha. E uma pouco de cor nas bochechas, para ficarem rosadinhas. Delineador nas sobrancelhas. Estava linda. Coloquei um par de brincos de pressão lindos e a peruca loira comprida. No-ssa... estava lindamente gostosa. Ainda coloquei umas pulseirinhas e estava pronta.
Mas não queria apenas desfilar. Queria fazer algo diferente. Escolhi um consolo de tamanho grande, negro, com fixador. Peguei o tubo de lubrificante e dois pacotinhos de preservativo (vai que né)...
Entrei no carro e sai de casa alucinada de tesão. Que delícia. Depois de andar um pouco parei em uma rua secundária e desci do carro. Caminhei até a rua principal. Como já era mais de duas da manhã, poucos carros passavam. Comecei a desfilar e vi que mais para frente tinha um parque com aqueles equipamentos para exercício. Voltei até o carro e dirigi até o parque.
Desci e caminhei com o consolo, o lubrificante e as camisinhas até o parque e comecei a analisar os equipamentos e descobri o sonho de consumo de qualquer viadinho. Um equipamento para exercitar pernas e braços em que você senta em um banco e faz força com os braços e pernas para levantar o banco (seu pesso serve para estimular a força)... meus pensamentos voaram... pois não precisava sentar no banco... bastava eu movimentar com as mãos as barras de cima que o banco subia e descia. Hmmmmmm...
Fixei o consolo no banco e passei lubrificante. Me posicionei como se fosse sentar no banco, mas com os pés no chão, encaixei a cabeça do consolo na entrada do meu rabinho e comecei a descer lentamente, sentindo cada centímetro do pau de borracha entrando em mim... e não eram poucos... 22 cm com 5,5 cm de largura... claro que entrou tudo... meu cuzinho de putinha já levou picas bem maiores.
Me acostumei com o pau e então levantei aos poucos até quase tirar o consolo do rabo. Ficando apenas a cabeça. Então começou o show. Comecei a movimentar as barras das mãos fazendo o banco subir e descer e o pau entrar e sair do meu cu.... aaaaaiiii que delícia... nosssaaaa.... comecei a movimentar super rápido... alucinadamente... o pau entrava e saia muito rápido me fazendo gemer de tesão... cada vez mais rápido... depois de bombar por quase dez minutos... nosssssaaaaa... meu cu estava todo arrombado e do meu pau escorria a gosminha que antecede o gozo... continuei o movimento lentamente e fui ganhando velocidade aos poucos... me segurava para não gritar de tesão... cada vez mais rápido, até que comecei a movimentar o banco super rápido, o pai entrava e saia de dentro de mim super rápido... minhas pernas já tremiam e eu continuava o movimento na barra das mãos... então, uma jato explodiu do meu pintinho... que gozo delicioso... nossa... quase cai de prazer... então escutei...
- Delícia... agora é minha vez...
Não tinha percebido, mas um guarda municipal assistia tudo, já de pau de fora e batendo uma punheta. Nem olhei direito para ele e sai do pau e fui em sua direção. Me abaixei e coloquei a pica na boca. Era de bom tamanho... um pouco menor que o consolo, uns 20 cm, mas grosso, quase tanto quanto o consolo. E tinha a cabeça empinada para cima e uma pouco para o lado.
Comecei a chupar deliciosamente. O guarda já devia estar se masturbando há um bom tempo, pois chupei pouco mais de alguns minutos e senti um jato de porra minha cara. O sujeito gozou rápido. Chupei seu pau limpando tudo.
- Agora volta lá para o brinquedo, que depois vou te comer.
Obedeci. Voltei para o equipamento e sentei no cacete de borracha. Fiquei movimentando o banco bem devagar, sentindo o pau entrando e saindo lentamente por algum tempo até que o guarda se aproximou e mandou eu tirar o consolo do rabo.
Tirei o pau de borracha e me apoiei nas barras do equipamento, deixando meu rabinho empinadinho e o banco a disposição. O guarda tirou o conosolo do banco e sentou.
- Agora senta numa pica de verdade, seu viadinho.
Comecei a descer. O pau do guarda era menor que o consolo, mas como estava duro... parecia uma para de ferro me rasgando ao entrar. Senti todo o pai dentro de mim com as bolas tocando no meu reguinho. Que delícia. Comecei a subir a descer. De repente o guarda se levantou me jogando contra a barra do equipamento, me prendendo e começou a socar forte, bem fundo e bem rápido... ai ai ai que delícia... não conseguia me segurar e gemia como uma cadela no cio.
O guarda bombou durante um bom tempo e então lembrei do preservativo... agora era tarde... o guarda metia forte, minhas pernas tremiam e eu gozava novamente... outra jato... menor... de porra saiu do meu pintinho...
O cara não parava... parecia que não trepava há séculos... metia fundo e tirava quase tudo... super rápido... até sentir ele socar bem fundo e gemer... senti ser inundada de leite quentinho... a porra vazava pelas minha pernas... que delícia...
O quarta se recuperou, levantou a calça e saiu sem nem olhar para trás... ainda fiquei ali parada um tempo, me recuperando... me ajeitei... baixei a saia e sai caminhando devagar e cambaleante. Delícia de passeio no parque.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


18905 - Esposa vagaba comida pelo técnico da lavadoura - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
18929 - Esposa putinha - corno fingindo dormir - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
19110 - Mandei completar o serviço - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
19111 - Corno e viado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
19132 - Festinha em casa - esposa, vizinha e negão - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 7
19222 - O carteiro e a vagabunda - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
19233 - Montadinha pela esposa, chupando o policial - Categoria: Travesti - Votos: 11
19580 - Corno montadinho arrombado pelo negão - Categoria: Travesti - Votos: 8
29066 - Levando rola dos dedetizadores - Categoria: Travesti - Votos: 5
29849 - Técnico ejaculador - Categoria: Gays - Votos: 2
30300 - Passando a borracha - Categoria: Travesti - Votos: 8
31047 - Montadinha para o gostoso da academia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
37492 - Corno no baile de formatura - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
37641 - Taxista comeu a minha esposa e eu - Categoria: Traição/Corno - Votos: 37
50287 - CDzinha no parque - Categoria: Travesti - Votos: 4
74183 - O pintor do vizinho - Categoria: Travesti - Votos: 3
86143 - Dando na obra - Categoria: Gays - Votos: 2
92218 - Jardineiros gostosos - Categoria: Gays - Votos: 6
95034 - Arrombada no boteco - Categoria: Travesti - Votos: 5
99830 - Montadinha na obra - Categoria: Travesti - Votos: 8
100871 - Me exibindo no hotel... ganhei um super café da manhã - Categoria: Travesti - Votos: 3

Ficha do conto

Foto Perfil butt_johnny
butt

Nome do conto:
Passeio no parque

Codigo do conto:
74961

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
30/11/2015

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Contos gay negroContos erotico de fodessao de mulher casada com fotoswww.contos camionero fudeno .com.brtreinando zangoose pornô menina.motara.abucetaConto no cu do meu amigoconto erotico minha priminha tardavaConto erotico-peao da obra avantajado mulher do Engenheiro entrou sem querer no alojamentoermãgostoza de chotinhoConto erotico de tiaturistas conto eróticoquadrinho porno gordas sedutorasCunhados putinhos contossedutoras e marrentas parte dozeMinha mulher gostosa e seus vestidinhos curtinhos no barcontos eroticos pai viu a filha tomando banhoConto erotico gay cunhados sexo cueca volume tesão pau suor chupada camaconto esposa praia nudismoconto erotico perfil lcsgarotinha sapekinha da bucetinha gorda em contos eroticosas vadias feiosas fudendoporno em familia em quadrinhoscomics hentai as aventuras de liaContos excitantes de pau gozando na buceta engravideifodendo a buceta da tiaA minha esposa mim traiu e eu castiguei ela contos eroticosnão gozes dentro incestoContos erpticos menininha de ruairma dormindo peladinha no dwollanddesenho do meu papai semtil o meu tesao porno em qhconto minha mae me iniciou no lesbianismofilho pentelhudo mamando no cacetao do paiquadrinhos porno freira omaley gravida sendo fodidahistória em quadrinhos pesados meu irão mijou na minha bocabunda madrasta contos eróticosporno homem sente macho te dando cutucada no onibusdei o cuzinhorevista private anuncios fotosconto erotico porno 15 estrupadaconto trai 3 percebeu larga contei perdou cornoConto erotico seduzindo comadrelambi o pezao 44 conto gaycontos eroticos de dupla penetraçãocontos incesto mae galinhas e filhosconto erotico homem faninto Conto erotico me marido e mais uma mulherconto erotico de motorista de pau duro novinhoconto eroticoesposa e filhodei minha bunda para meu irmão gozarcontoeroticolobacontos sexo dildos duplosdwolland coroa gauchaputtinha de aguaboa mtgrossopenescontos erotico gay na infância com amigosquadrinhos porno de policiais gaycontos erotocos.comde namorados virgemo meu chefe ta mi fasendo de escrava sexual contos erotcontos eroticos incesto maravilhosoporno ceduzido no jogo de bilharContos caseiro reais traindo e marido descobrecontos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu bebado quando eu tinha oito anoscontos eroticos de esposas que pedem para os maridos vestirem suas calcinhas durante a transacontos incesto na praia de nudismocontoseroticosporno en quadrinho condo a mamaicontodebucetaconto tirei o cabacinho da minha enteada na marravovo bucetuda dando gostosofilha da namorada conto eroticoConto erotico corno capixabaContos eroticos caseiros fui no rio pesca com minha esposa e meu irmão ai metemos nelacontos de podolatriaQuadrinhoseroticossobrinhasquadrinhos eróticos realistaPirralhos fudendo casais contosminha mãe me surpreendeu contos de incestoconto erotico dando para o namorado da amigacontos avo biigode peludo eeoticos netatravesti com mulher contoscomto.eroticos. mastubacaocontos eróticos no baile comeu cracudoultimos contos sadofilmes porno de incesto listacontos erotico viadinho do meu irmao marcelo.comConto erotico de primaContos eroticos marido leva roludo para esposa certinhavelha di90 ta anos pau enome xvidei