Passeio no parque


Click to Download this video!


Passeio no parque
Estava com muito tesão naquela noite, então resolvi que iria passear pela cidade toda montadinha. Escolhi uma calcinha pretinha, de rendinha e fio dental. Minha bundinha fica deliciosa com essa calcinha – desejo de qualquer macho, com certeza.
Escolhi um espartilho especial. Rosinha com bolinhas pretas. Lembrando aquelas danças de can-can. Coloquei o espartilho e meias pretas sete oitavos, presas pelas ligas. Estava ficando linda. Escolhi uma saia preta, curtinha, que ficava na altura das rendinhas da meia e com o caminhar mostrava as ligas prendendo na renda. Por último uma blusinha de oncinha, semi transparente – não esqueci de colocar enchimento nos meus peitinhos...
Escolhi um scarpin preto, brilhante, de salto altíssimo. Me olhei no espelho. Estava uma putinha deliciosa, mas faltava a maquiagem e a peruca. Primeiro uma base de corretivo. Em seguida uma primeira camada de máscara, para meus cílios se destacarem.
Uma sombra nos olhos. Batom vermelho piranha. E uma pouco de cor nas bochechas, para ficarem rosadinhas. Delineador nas sobrancelhas. Estava linda. Coloquei um par de brincos de pressão lindos e a peruca loira comprida. No-ssa... estava lindamente gostosa. Ainda coloquei umas pulseirinhas e estava pronta.
Mas não queria apenas desfilar. Queria fazer algo diferente. Escolhi um consolo de tamanho grande, negro, com fixador. Peguei o tubo de lubrificante e dois pacotinhos de preservativo (vai que né)...
Entrei no carro e sai de casa alucinada de tesão. Que delícia. Depois de andar um pouco parei em uma rua secundária e desci do carro. Caminhei até a rua principal. Como já era mais de duas da manhã, poucos carros passavam. Comecei a desfilar e vi que mais para frente tinha um parque com aqueles equipamentos para exercício. Voltei até o carro e dirigi até o parque.
Desci e caminhei com o consolo, o lubrificante e as camisinhas até o parque e comecei a analisar os equipamentos e descobri o sonho de consumo de qualquer viadinho. Um equipamento para exercitar pernas e braços em que você senta em um banco e faz força com os braços e pernas para levantar o banco (seu pesso serve para estimular a força)... meus pensamentos voaram... pois não precisava sentar no banco... bastava eu movimentar com as mãos as barras de cima que o banco subia e descia. Hmmmmmm...
Fixei o consolo no banco e passei lubrificante. Me posicionei como se fosse sentar no banco, mas com os pés no chão, encaixei a cabeça do consolo na entrada do meu rabinho e comecei a descer lentamente, sentindo cada centímetro do pau de borracha entrando em mim... e não eram poucos... 22 cm com 5,5 cm de largura... claro que entrou tudo... meu cuzinho de putinha já levou picas bem maiores.
Me acostumei com o pau e então levantei aos poucos até quase tirar o consolo do rabo. Ficando apenas a cabeça. Então começou o show. Comecei a movimentar as barras das mãos fazendo o banco subir e descer e o pau entrar e sair do meu cu.... aaaaaiiii que delícia... nosssaaaa.... comecei a movimentar super rápido... alucinadamente... o pau entrava e saia muito rápido me fazendo gemer de tesão... cada vez mais rápido... depois de bombar por quase dez minutos... nosssssaaaaa... meu cu estava todo arrombado e do meu pau escorria a gosminha que antecede o gozo... continuei o movimento lentamente e fui ganhando velocidade aos poucos... me segurava para não gritar de tesão... cada vez mais rápido, até que comecei a movimentar o banco super rápido, o pai entrava e saia de dentro de mim super rápido... minhas pernas já tremiam e eu continuava o movimento na barra das mãos... então, uma jato explodiu do meu pintinho... que gozo delicioso... nossa... quase cai de prazer... então escutei...
- Delícia... agora é minha vez...
Não tinha percebido, mas um guarda municipal assistia tudo, já de pau de fora e batendo uma punheta. Nem olhei direito para ele e sai do pau e fui em sua direção. Me abaixei e coloquei a pica na boca. Era de bom tamanho... um pouco menor que o consolo, uns 20 cm, mas grosso, quase tanto quanto o consolo. E tinha a cabeça empinada para cima e uma pouco para o lado.
Comecei a chupar deliciosamente. O guarda já devia estar se masturbando há um bom tempo, pois chupei pouco mais de alguns minutos e senti um jato de porra minha cara. O sujeito gozou rápido. Chupei seu pau limpando tudo.
- Agora volta lá para o brinquedo, que depois vou te comer.
Obedeci. Voltei para o equipamento e sentei no cacete de borracha. Fiquei movimentando o banco bem devagar, sentindo o pau entrando e saindo lentamente por algum tempo até que o guarda se aproximou e mandou eu tirar o consolo do rabo.
Tirei o pau de borracha e me apoiei nas barras do equipamento, deixando meu rabinho empinadinho e o banco a disposição. O guarda tirou o conosolo do banco e sentou.
- Agora senta numa pica de verdade, seu viadinho.
Comecei a descer. O pau do guarda era menor que o consolo, mas como estava duro... parecia uma para de ferro me rasgando ao entrar. Senti todo o pai dentro de mim com as bolas tocando no meu reguinho. Que delícia. Comecei a subir a descer. De repente o guarda se levantou me jogando contra a barra do equipamento, me prendendo e começou a socar forte, bem fundo e bem rápido... ai ai ai que delícia... não conseguia me segurar e gemia como uma cadela no cio.
O guarda bombou durante um bom tempo e então lembrei do preservativo... agora era tarde... o guarda metia forte, minhas pernas tremiam e eu gozava novamente... outra jato... menor... de porra saiu do meu pintinho...
O cara não parava... parecia que não trepava há séculos... metia fundo e tirava quase tudo... super rápido... até sentir ele socar bem fundo e gemer... senti ser inundada de leite quentinho... a porra vazava pelas minha pernas... que delícia...
O quarta se recuperou, levantou a calça e saiu sem nem olhar para trás... ainda fiquei ali parada um tempo, me recuperando... me ajeitei... baixei a saia e sai caminhando devagar e cambaleante. Delícia de passeio no parque.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


18905 - Esposa vagaba comida pelo técnico da lavadoura - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
18929 - Esposa putinha - corno fingindo dormir - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
19110 - Mandei completar o serviço - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
19111 - Corno e viado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
19132 - Festinha em casa - esposa, vizinha e negão - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 7
19222 - O carteiro e a vagabunda - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
19233 - Montadinha pela esposa, chupando o policial - Categoria: Travesti - Votos: 11
19580 - Corno montadinho arrombado pelo negão - Categoria: Travesti - Votos: 8
29066 - Levando rola dos dedetizadores - Categoria: Travesti - Votos: 5
29849 - Técnico ejaculador - Categoria: Gays - Votos: 2
30300 - Passando a borracha - Categoria: Travesti - Votos: 8
31047 - Montadinha para o gostoso da academia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
37492 - Corno no baile de formatura - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
37641 - Taxista comeu a minha esposa e eu - Categoria: Traição/Corno - Votos: 37
50287 - CDzinha no parque - Categoria: Travesti - Votos: 4
74183 - O pintor do vizinho - Categoria: Travesti - Votos: 3
86143 - Dando na obra - Categoria: Gays - Votos: 2
92218 - Jardineiros gostosos - Categoria: Gays - Votos: 6
95034 - Arrombada no boteco - Categoria: Travesti - Votos: 5
99830 - Montadinha na obra - Categoria: Travesti - Votos: 8
100871 - Me exibindo no hotel... ganhei um super café da manhã - Categoria: Travesti - Votos: 3

Ficha do conto

Foto Perfil butt_johnny
butt

Nome do conto:
Passeio no parque

Codigo do conto:
74961

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
30/11/2015

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erotico gay o afeminado timidomeu irmao mete a rola com força na minha buceta contoconto erotico acordando com uma bela chupadaararashentairelato de primeiro analcontos com pm gaycontos erotico ingravidando asogra ja que afilha nao pode te filhocontoeroticoCasal velhinhos praia safadezacomi minha cadela conto eroticocontos eroticos vovozinho jumentocontos eroticos novinha arrebentadaconto erotico em quadrinho de menina e pedreirocasada e afilhado corno viajando contoscontos peguei meu cunhado masturbandicontos eroticos meu marido e minha amigaConto erotico a promocao da esposaconto erotico de cornomeu maridinho me deixou fuder na madrugadasoquei tudinho no c* da minha noraMateriais heroticos para mulheresfamilias nua praia de nusdemosconto arebentei cu meu tio forcacontoerotico sou uma mulher muito vulgarcontos de bixinhas safadas peerdendo cabacocontos eroticos de cornos e veiasÇonto erotico meu primeiro cucontos eroticos fudendo a aluna do futsalquero ver sua rolaconto erotico fui fodida pelo delegado gostosocontos comi irma na viagem pornoCravinhos porno fotosconto erotico com padrinhocontos eróticos titia negra interracialencoxada no onibus contoaté que... num súbito segundo de orgasmo absoluto, César derrama em forma de líquido eIncesto com a filha no onibus sarrando nela quadrinhoscontos com fotos de casadas sendo fudidas por pirralhos do pau giganteconto eroticocomendo minha cunhada ia filha dela juntaconto erotico -comi minha namorada e airmabebada no onibus conto eroticoPrimo skatista conto gayconto decu de esposa traindo com camioneiocontos e relatos sexoincesto irmã gordinha com irmao dotadocontoeroticodfvídeo pornô das coroa buchudinha das coroa do buchãocontozoofiliaquadrinhocontos de dotados gostosoporno em imagens em quadrinhos conto eroticos cumi minhas mulheres a força num assaltofiquei sozinha na casa do titio e provoquei ele sem calcinha pornocontos erotico minha sogra doidina pra mida a bocetachrisrían and pornogrelao contos eróticosconto enrabada pelo negaoconto de incesto minha mae e uma vacacontos eróticos comi neta loira fotoscontopequeno tio agarrou os seios e mamou nos seios damocacontos heroticos gay meu tio de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosnosso iquilino viu a calcinha da minha esposa calcinha contos eroticomozto.rucontos eroticos dei pra o meu cunhado quadrinhosporno hentai amigo negro do meu filmefoda do sexo .sexo com patraocontos pornor lebian incestuosoContos eroticos de perdendo as pregas do lado da namoradaconto erotico dei meu cuzinho para meu filhocontos gay novinho bebadocontos de sexo com a fran mulher do meu amigo fotosdezenho do curubinhocontos eroticos incesto. papai ahhhhh pai o que é isso?conto erotico meu marido trouse os amigos pra casacontos orgia e beijo com porracontos desse ano da revista abusada ano de 2017 maridos que viraram cornos mansosConto erotico porno em quadrinhoso velho comeu minha noiva contoconto porno velho roludocontos gay virei mulher hormonioconto erotico dei o cu pro meu filhosexo maninhasexogosto corno manso contos erroticoscontos eroticos de lactofilia