O Antenista, O casal e o Strip Poker

Click to this video!


Em mais um atendimento residencial, segui para um endereço de um cliente indicado, chegando lá fui recebido pelo senhor Márcio, um homem de 54 anos, aposentado por grande e famosa estatal brasileira E muito bem resolvido financeiramente. Casado e com 3 filhos, todos formados e dois deles morando no exterior. Sua esposa Isabela uma mulher de 39 anos, contudo, aparentando muito menos idade, traços fortes e muito simpática e comunicativa.

Fiz o orçamento e na semana seguinte voltei para executar o serviço, novamente encontrei com senhor Márcio que ficou conversando comigo enquanto executava minhas tarefas de Antenista.

Ao final do serviço, me despedi de todos e segui para outro atendimento.

Dois dias se passaram e novamente recebo a ligação do senhor Márcio me pedindo pra passar em sua casa, perguntei-lhe se havia algo de errado com o serviço e ele disse que não, que precisava mesmo era de outro orçamento.

Depois de alguns minutos de conversa, fiquei sabendo que o local da instalação era na casa deles situada na cidade de Petrópolis, como era bem distante de minha cidade, o senhor Márcio me propôs que eu fosse com eles no final de semana e que no sábado e domingo eu realizasse o serviço e voltaria com eles no domingo a noite, concordei e assim o fizemos.

O serviço não era tão complicado, ficando pouca coisa para arrematar no domingo, portanto, sábado a noite, fui com o casal a um restaurante com música ao vivo na cidade, local lindo e muito bem frequentado, pessoas chegando bem vestidas e dirigindo carrões. Sem deixar de mencionar o frio que era tremendo e não teve jeito, somente vinho para ajudar a aquecer.

Quando voltamos pra casa, isso já lá pelas 2 da manhã, seu Márcio me segurou na sala com uma conversa animada e dona Isabela já chegou com mais 3 taças e uma garrafa de vinho. Seu Márcio acendeu a lareira e o ambiente foi ficando mais agradável e o frio foi desaparecendo chegando até a ficar um tanto quanto calor.

Eu estava cansado, mas, a companhia dos dois era muito legal e fui ficando até que seu Márcio começou a dizer:

“Amigo Fabio, Isabela tem uma coisa pra te dizer”.

Fiquei meio apreensivo e olhei para dona Isabela aguardando suas palavras.

“Pois é Fabio, lembra da Bia, aquela mulher de vestido preto que eu te apresentei no restaurante?”

“Sim me lembro”.

“Pois é, ela é muito amiga minha e me confidenciou que gostou muito de você e que queria te conhecer melhor”.

“Ô dona Isabela, ela é uma mulher lindíssima, porém, aquele homem de camisa vinho e barba cerrada não é o marido dela? (risos)”.

“Sim é o marido dela, mas, ela é liberada pelo marido entende?”
“Desculpe dona Isabela, mas, eu não sei o que significa ser liberada pelo marido”.

Nesse momento, dona Isabela olhou para seu Márcio e perguntou-lhe:

“Posso explicar a ele amor?”.

“Sim querida, não só pode como deve”.

“Bom Fabio, ser liberada pelo marido é quando a mulher tem a liberdade de ficar com quem ela quiser, seja homem ou mulher que o marido não se importa, em alguns casos, até incentiva, entendeu agora?”.

Fiz cara de espantado e balancei a cabeça demonstrando entendimento sobre o que havia acabado de ser dito.

“Que bom que entendeu, pois, o Márcio, por exemplo, me libera também” (risos).

“Hum legal” (foi o máximo que eu consegui dizer diante daquela confissão).

Seu Márcio então interrompe a conversa e diz:

“Que tal uma partidinha de Poker?”.

Eu respondi que adoro jogar cartas e ai dona Isabela sentenciou:

“Mas, nós não jogamos por jogar, tem que apostar alguma coisa”.

Então respondi que estava fora porque não tinha dinheiro, daí seu Márcio entrou no papo e disse bom, vamos fazer que nem os americanos, portanto, vamos jogar assim, quem perder tira uma peça de sua roupa até que o apostador não tenha mais o que tirar desta forma será declarado o perdedor do jogo.

Estava meio alegre em função do vinho, mas, estava percebendo que o casal tinha uma intenção clara e objetiva por trás de tudo aquilo.

Começamos o jogo e os derrotados foram se alternando até que houve 4 ou 5 derrotas da dona Isabela seguidas, o que a fez ficar apenas de calcinha. Em meios a muitas encarnações, ela levantou-se e foi buscar mais petiscos na cozinha e não pude deixar de olhar pra aquele corpo, aquele rebolado e aquele cheiro de perfume caro que exalava. Seu Márcio ao perceber que eu a estava comendo com os olhos perguntou:

“Gostou?”.

“Com todo respeito seu Márcio, sua mulher é muito bonita”.

“Eu sei, todo mundo diz isso, é muita mulher pra eu comer sozinho (gargalhadas), por isso é que eu a libero”.

Acompanhei suas risadas e quando ela voltou seu Márcio disse:

“Isabela, pelas regras do jogo, se você perder sua última peça de roupa, além de ser decretada como perdedora do jogo terá que pagar uma prenda para os vencedores, você sabe né? Só que você ainda tem o benefício da carta desafio pra usar”.

Explicaram-me que a tal carta desafio se trata de quando o jogador perde sua última peça de roupa, ele pode escolher um dos vitoriosos para pagar a prenda com ele, contudo, o vitorioso que não concordar com o desafio, perde 3 peças de roupas instantaneamente.

“Sei sim querido, vou lutar até o fim” (gargalhadas).

Mais duas rodadas e finalmente Isabela perde a última peça de roupa levanta-se vai para frente de nós dois e de costas e de forma muito sexy vai tirando a calcinha preta de rendinha que estava enfiada todinha no bumbum nos deixando hipnotizados com aquele showzinho particular.

Dona Isabela então recorre a Carta Desafio e escolheu o marido para pagar a prenda com ela então assim que acertaram os detalhes ela veio pra cima de mim, lascou um forte e demorado beijo na boca, abriu as pernas e sentou-se sobre mim, encostando seus seios em meu peito e com as duas mãos me despentearam inteiro, fazendo isso sem parar de me beijar e depois de uns 5 minutos intensos falou baixinho no meu ouvido:

“Agora chegou o momento de o Márcio pagar o desafio junto comigo”.

Como eu já estava entendendo que o Márcio não iria brigar comigo por estar começando a pegar a mulher dele, fiquei relaxado e a vontade. Só que para minha total surpresa e a princípio espanto, foi ver a sua mulher e ele dividindo meu cacete em um boquete que jamais esquecerei e ela dizia coisas do tipo:

“Viu amor, não te falei que era grande e gostoso?”

E ele ia se deliciando, ela segurando e ele mamando dizendo “hum rum” e ela lambendo meus ovos ao mesmo tempo e continuava falando sacanagens.

“Vai seu corninho manso, mama o pauzão do Fabinho, é esse pauzão que vai comer sua mulherzinha todinha”

Eu não estava acreditando no que estava vendo, aquele boquete duplo e ao mesmo tempo a certeza de que foderia aquele mulherão na frente do marido, isso nunca tinha acontecido comigo.

“Ô meu amor, estou deixando ele bem durão pra você sentar nele tá minha cadelinha, putinha, gostosa”.

“Então deixa eu mamar nele também, lambe os ovos do comedor da sua mulher vai seu corninho”.

Depois de alguns minutos a mulher veio pra cima de mim e foi o próprio marido que vestiu a camisinha no meu cacete e o apontou na entrada da buceta dela que já veio descendo escondendo a pica dentro daquela xota gulosa, nossa, a mulher deu um urro de prazer e eu a ajudei a subir e a descer no meu cacete, como ela fala coisas excitantes:

“Aiiii gostoso, mete, mete nessa buceta vai meu macho, fode a buceta da casadinha mulher do corno... hummmm mostra pra ele como se fode uma puta vai seu pirocudo”.

Eu estava nas nuvens e o marido dela passou a filmar com o celular e incentivava a mulher a fazer as coisas comigo, teve um momento que a pica escorregou e saiu de dentro da buceta e ele mesmo pegou no meu cacete e novamente direcionou pra dentro.

Fodi aquela delícia em várias posições e nem estava ligando para as filmagens, até que o marido dela veio próximo da cama e disse:

“Amor, você não vai dar o cuzinho pra ele não?”.

Ela então perguntou pra mim:

“Meu macho, você quer comer meu cuzinho, quer?”

É claro que eu disse que sim, então ela ficou de 4, o próprio marido veio e cuspiu no cuzinho dela, abriu suas nádegas e falou:

“Fabinho, castiga vai, não tem pena não, fode com força esse cu, ela é piranha, putinha mesmo, fode o cuzinho dela, soca até o talo”.

Eu obedeci a seu Márcio e assim o fiz, a mulher gritava e xingava o marido de corno filho da puta, chorava, rebolava, mordia o braço e me pediu pra avisar quando iria gozar.

Depois de muitas estocadas no bumbum gostoso de Isabela senti que o leite estava pronto pra sair e avisei, ela então se abaixou na minha frente, continuou mamando e punhetando meu cacete, até que eu explodi em um gozo que parecia não terminar mais, joguei muito leite no rosto dela, na boca, nos peitos (siliconados diga-se) e enchi sua boca, assim que ela percebeu que não ia mais sair nada, foi em direção ao marido e o beijou na boca, dividindo meu sêmen com ele e ele adorando, Isabela o colocou de 4 e passou a lamber o cu dele ao mesmo tempo que o punhetava e ele gozou forte desta forma.

Entramos pelo domingo fodendo direto e somente vim acabar o serviço duas semanas depois, quando voltamos a casa. O bom dessa história é que além de ter recebido uma grana bem acima do que costumo receber por serviços de instalação de antenas, ainda curti 2 finais de semana transando com Isabela que é uma verdadeira puta na cama (adoro).

Semana passada ela me ligou e perguntou se eu queria ficar com ela e com a amiga que conheci no restaurante, só que havia uma condição, teria que foder o cuzinho do marido dela também, pois, ele estava apaixonado pelo meu cacete. E agora, o que eu faço?

Aguardo opiniões dos meus queridos amigos e amigas, leitores dos meus contos.
Forte abraço.

Fabio “O Antenista”

Foto 1 do Conto erotico: O Antenista, O casal e o Strip Poker

Foto 2 do Conto erotico: O Antenista, O casal e o Strip Poker

Foto 3 do Conto erotico: O Antenista, O casal e o Strip Poker

Foto 4 do Conto erotico: O Antenista, O casal e o Strip Poker

Foto 5 do Conto erotico: O Antenista, O casal e o Strip Poker


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 22/08/2016

Me candidato a ser parceiro de fodas! Betto

foto perfil usuario sofa

sofa Comentou em 01/12/2015

Parceiro vc tem dúvidas? Fode geral...o negócio é ser feliz...kkk

foto perfil usuario roger46

roger46 Comentou em 30/11/2015

come todos e ainda com duas mulhers ai se fosse eu

foto perfil usuario big6969

big6969 Comentou em 28/11/2015

Aproveita e come o marido corno e a amiga! Se precisar de ajude me chama

foto perfil usuario cascudo

cascudo Comentou em 28/11/2015

come todo mundo!!!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


73971 - O Antenista e a mulher do corno - Parte 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
74267 - A melhor encoxada da minha vida. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
74278 - O Antenista e a mulher do corno - parte final - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
74330 - Ela é amiga da minha mulher, pois é... pois é... - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
74950 - O Antenista e a Empresária Paulista - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
75399 - O Antenista e a Mulher de Sta Rita do Sapucaí - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
75921 - O Antenista e a Casada Gostosa! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 22
76218 - O Antenista e sua Irmãzinha Casada - Categoria: Incesto - Votos: 16
76243 - O Antenista e a Encoxatriz - Categoria: Fetiches - Votos: 0
79067 - O ANTENISTA E A COROA SAFADA DA CONDUÇÃO - Categoria: Coroas - Votos: 8
84821 - Água e pica não nego a mulher alguma! - Categoria: Incesto - Votos: 14
85124 - O ANTENISTA - Amiga da minha filha, pediu levou e - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
85538 - O Antenista - Inesquecível Vizinha da Melhor Idade - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
87391 - O Anteniasta e a Jovem Transex - Categoria: Heterosexual - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil fabiomacae
fabiomacae

Nome do conto:
O Antenista, O casal e o Strip Poker

Codigo do conto:
74774

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
26/11/2015

Quant.de Votos:
14

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


conto erotico comendo a bucetinha da doidinhacontos eroticos de incesto filha casada rabuda chora no cacete do pai de 27cmscontos eroticos perdi meu cabaso e adoesposa gozada dentri contoscasa dos contos fudendo namorada cunhada e maezona todas putonascontos eroticos jade casaislojas gloryroleconto zoofilia gay meu pai me pego dando o cuzinho pro nosso cavaloContos lesbicos a amante do meu maridoNo meu carro eu levei minha prima pra uma praia de nundismo eu fudi ela nais pedras conto eroticoIncestos com vovô e papaiSexo a tres com gostosasconto erotico mamada tuganão gozes dentro incestosexo entre pais e filhos desenhocontos eroticos secretaria peitudaesposas casadas se depilar contos eroticoscontos eroticos mulheres 50tonascontos erotico com cavalocontos eroticos incesto ensinando a tia a dirigirver conto erotico sobre animais diferenteConto erotico priminhatravesti pagamdu boketi no caruadorador das minhas calcinhas usadas contos eroticosContos eroticos mae gravida do proprio filhocontos ensinando minha sobrinha dirigir acabei comendo a gostosaminha cunhada me provocou acabei transando com ela na chácarafilha puta conto eróticopica solucando no cu xnxx 2017fiz anal com meu filhoContoeroticoprofessoras putascontod eroticos virgem novinha dez anosbuceta da angelica do huckcontos buceta chupando:isso chupa vai issoo deliciadeve aluguel de o cu pornocorno bebendo mijo contopornou tia prima i mãe gostoza provocano eli qui peguimulher confessando sobre padatroquadrinho eroticos de big black cock 1hot blondeconto erotico minha amante cinquentonadowloadd fotosde negrosbundudo de calsinhacontos fiquei doida incesto filhoconto minha mae me iniciou no lesbianismovacilei e engravidei do meu filho conto inceztoContos eroticos sarrei no meu bebe inocentesMeu tio e carreteiro sou menina viagei cm ele n hr de dormi um delcia senti seu penis em minContos erotico de titio safado e sobrinha bobinhaconto bundonaporno contos eroticos filho pauzudo arroba maeContos eroticos incesto casos reais pag 136conto erotico gay: arrombado por japonesnovinho filho de macumbeiro batendo punhetataboo estou apaixonada pelo meu filho sexo incesto contoseu e a sogra contoscontos eróticos de doutor advogado e clienteporno conto coroa insaciavelconto erotico cumi minha subrinha no onibos lotadowww conto erotico gay de irmao com irmao com brconto eroticos minha enteada abusadacontos gay dei pro meu primo marginalcontos tava de vestido i fui comidacontos eroticos em quadrinhos a sogra .em quadrinhosConto erotico obedecendo vovôporno gozo um litro de porra na cara da sogracontos veridico de incesto tirando o cabaco do cunhadinho bem dotadoconto bundinha brancaminha mulher e filhas os pedreiros entai e contos eroticoscontos sexo estupro e sadomasoquismoa mulher maravilha beijando com a mulher cilarconto erotico com concunhadocontosincesto gay pai gozandona boca do filholoirinha de sainha curta e assediada e estuprada no onibusquadrinhos eroticos joaozinhoconto erotico angelica dei pro amigo do meu maridothe willing ward hq porno