Mãe e filho se masturbam


Click to Download this video!


Olá!!

Repassando um conto do qual encontrei navegando em sites do tema.

Oi! Então…isso é estranho e então, hoje em dia, todo mundo faz tudo errado. Mas não que seja tudo errado com a gente não, apesar de saber que isso é meio, humm, diferente.

O que acontece comigo é com meu filho, mas primeiro tenho de falar de como eu cresci.

Moro no Rio, zona oeste, em Guadalupe…sim, sim, sou suburbana, sempre fui. No morro, onde o sexo acontece sempre mais cedo, as meninas são mais safadas e adolescente a gente perde a virgindade…

_Aí Wendel tua filha ta ficando gatinha hem?! Vem cá neném, dá uma voltinha pro tio ver.

E eu ia, dava uma voltinha e aquele amigo do papai já me olhava com interesse.

_De shortinho em Wendel, daqui a pouco tão pegando. Se deixar ir pro baile, já foi.

_Deixa a menina, a gente cria filho pros outros mermo…aí nem vou falar o que que a tua faz a noite aí no portão com o neguinho porteiro da escola.

_A minha já rodou…

Foi com esse tipo de conversa que eu cresci e no final de semana eu gostava de ficar na laje sol de bikini, bem pequenininho. Minha mãe era meio gordinha e tb ficava lá com o bikini todo enfiado. As vezes meu pai ficava lá bebendo e fazia xixi lá de cima e eu via o penis dele. Ninguém ligava. As vezes ele começava a passar bronzeador nela, mas isso era disfarce, ela ficava era passando a mão nela aí eles iam para o banheirinho do lado e faziam sexo. Depois saiam e se lavavam na mangueira, na minha frente mesmo, deixando aparecer o penis e buceta depois de terem transado.

Desse jeito eu fui crescendo…com 18, numa noite que teve ensaio de escola de samba, meu pai voltando bêbado pra casa foi chegando e eu estava dando pro Neguinho, que trabalhava na mercearia. Eu quis parar mas o neguinho tava acelerado e disse que bêbado meu pai nem notaria então a gente ficou metendo sem fazer barulho enquanto ele entrava (O Neguinho tava só com o pau de fora e eu só tinha subido um pouco a saia e puxado a calcinha). Mas o Neguinho era safado e qdo meu pai entrou, ele deu boa noite. Meu pai tomou um susto e tentou ver melhor.

_EERRrr, quem é?

_Eu tio o Neguinho, tamo aqui na boa.

Meu pai tentou ver. Eu fiquei quieta de costas pro Neguinho, com o pau dele na minha buceta, pra fingir que ele tava só me abraçando.

_Vai, vai, pricisa fica dando no portão, Vanda, vai pra laje q essa hora ninguém vê.

Fiquei surpresa com aquilo e depois do comentário o Neguinho começou a meter de novo, segurando no quadril e fazendo vai e vém, com meu pai ali mesmo. Meu pai virou as costas e saiu cambaleando e sem perceber o Neguinho já tava gozando.

Fiquei puta da vida. Não era para gozar dentro…saí andando e xingando com o leite escorrendo pelas minhas pernas e fui pra casa.

Até que pra quem começou a dar desde cedo eu escapei bem da gravidez, mas quando eu tinha 24, não escapei e 9 meses depois nascia meu filho, eu com 24 anos. No começo meu namorado até ajudou. A gente alugou uma casinha, mas aí passaram 2 anos e nosso filho não ficou nem moreno e meu nego começou a desconfiar, mas o que que eu podia fazer se o menino não escurecia? Meu nego então disse que ia começar a trabalhar numa empreiteira, foi e nunca mais voltou.

Meu pai não me deixou voltar pra casa e tudo ficou difícil. Para dar comida para o meu filho e trabalhava na faxina, deixava ele na creche e a noite deixava ele com a vizinha e fazia programa.

A vida era difícil, mas foi num desses programas que eu conheci o Antônio. Um português dono de uma venda no Meyer e que dizia que ia me dar vida boa.

Numa noite eu tinha apanhado do pai e o Antônio queria programa. Eu disse que não podia porque eu estava machucada. Então ele disse que queria minha ajuda na venda e eu fui. Ele me deu emprego, me deixou junto com o Fabinho morar nos fundos. Parei de fazer programa e só ficava ali com o Antônio.

Depois, como ele viu que ficava quieta, só dava pra ele e nem dava mole pra malandro, ele me levou pra dentro de casa. Depois disse que a venda precisava de alguém bom nas contas e eu voltei a estudar e aprendi contabilidade e depois cuidava de tudo na venda e ele me levou pra casa e eu virei esposa, com tudo certinho e depois ele deu novo pro meu filho e o Fabinho virou filho dele.

O Antônio é mais velho que eu 25 anos mais e era bom pra mim. Mas, uma vez suburbana, sempre suburbana. Eu gostava de tomar sol, mas agora não tomava mais na laje, mas no terraço. O Antônio não ligava, como ninguém via mesmo, tava tudo certo e eu aproveitava e usava meus bikinis bem enfiados. O Antônio gostava de olhar e de vez em qdo, ia lá pra cima e ficava me olhando com a bunda pra cima e tocava punheta, gozava e ia embora. As vezes até eu me masturbava lá em cima…

O tempo foi passando e tudo corria bem. O Fabinho estudava e era um menino ótimo e estava sempre colado na gente. Eu ia pra laje e ele ficava lá também tomando sol.

Nem tinha reparado. Acho que essas coisas a gente nem repara direito. O tempo foi passando, Fabinho fazendo aniversários, crescendo e eu ia curtindo a vida com meu português, que sempre me levava para os ensaios de escola de samba. Sempre me deixava colocar meus shortinhos, me deixava sambar sem ciúmes e eu também não aprontava.

Mas o Antônio me ensinou a uma coisa que nem ligava muito no começo. Aquele hábito dele, de ir para o terraço e tocar punheta pra mim me deixou viciada nisso e eu me masturbava muito lá em cima. Tinha dia que era umas 3 siriricas.

Quando o Fabinho fez aniversário, nós demos pra ele uma máquina digital e era uma febre, tirando foto o tempo todo e teve um dia em que eu tomava sol e ele veio, tirou foto como sempre fazia, conversou comigo e depois saiu para a escola. Como estava ali só tomando sol, resolvi dar uma olhada na máquina. Tinha um monte de foto, foto minha tomando sol e até umas fotos dele de cuecas. E minha curiosidade aumentou….vi minhas fotos e achei show aquilo de ver como a gente fica. Então comecei a tirar umas fotos minhas. Foto em pé, de costas pra ver as celulites, foto de 4 pra ver, várias…

Nem pensei que tinha de apagar as fotos, esqueci completamente. No outro dia o Fabinho ficou mais tempo no quarto. Saiu depois e disse que tinha esquecido as fotos na máquina e disse que tinha ficado muito bonita. Nem liguei.

No sábado, tomando sol, ele foi pra lá e ficou tirando foto minha. Eu gostei da brincadeira e fiquei fazendo poses. E foi quando eu comecei a notar que ele tb gostava de me olhar. Ele me disse pra ficar de 4 e eu fiquei, pra tirar foto da minha bunda. Perguntei como estava e ele disse minha bunda era linda, que morreria fácil se eu não fosse a mãe dele.

O tempo passou mais um pouco e o Fabinho já tinhas umas namoradas, tudo normal e eu levando minha vida normal.

Fabinho com 18, eu com 43 e o Antônio com 68. Final de semana no maior calor, fomos a praia, depois fizemos um churrasco em casa. Fabinho com uns amigos e namoras e uns amigos da rua, meus e do Antönio.

Tudo ótimo. O pessoal saiu e ficamos só o Antônio e eu. Ficamos de safadeza no terraço, nos masturbamos e depois eu fiquei de bikini pois estava muito calor, mesmo por volta das 10 da noite. Tínhamos bebido muito e eu estava meio bêbada, então, desmaiei no sofá.

Lá pelas tantas meio que acordei no sofá da sala ouvindo um barulho meio diferente. Aos poucos fui dando conta do que estava acontecendo. Eu tinha dormido de bikini e estava ali na sala com a bunda pra cima e o bikini enfiado e o barulho era do Fabinho que esbarrou em alguma coisa e estava me olhando.

Fiquei sem saber o que fazer e então chamei pelo Antônio e foi o suficiente para o Fabinho ir para o quarto. No dia seguinte fiquei pensando naquilo. Gente, meu me olhando. Fiquei sem saber se era certo ou não.

Nesse período o Antônio pediu uma casa numa vila ali na Tijuca, que foi da família dele e depois ele herdou. Nos fomos morar lá, pois ele estava mais velho e tinha medo da venda ser roubada

Mas aquela situação ficou na minha cabeça e numa noite que o Antônio foi dormir cedo, não agüentei, tinha que tirar a prova daquela situação. Coloquei uma camisola curta e uma calcinha em enfiada e dormi na sala, pois o Fabinho foi pra festa e quando voltasse ia me encontrar daquele jeito e aí queria ver a reação dele.


Continua...

Foto 1 do Conto erotico: Mãe e filho se masturbam

Foto 2 do Conto erotico: Mãe e filho se masturbam

Foto 3 do Conto erotico: Mãe e filho se masturbam

Foto 4 do Conto erotico: Mãe e filho se masturbam


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario boxboxbox

boxboxbox Comentou em 09/10/2015

Gostei. Votei

foto perfil usuario mulatogato

mulatogato Comentou em 02/10/2015

Tava aguardando o desfecho....kkkk




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


71412 - Masturbação com o filho - Categoria: Masturbação - Votos: 10
72206 - Emprestando a barriga da esposa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil evandropg
evandropg

Nome do conto:
Mãe e filho se masturbam

Codigo do conto:
71411

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
28/09/2015

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
4


Online porn video at mobile phone


porno 2017 novinha traidora semtira a roupaConto erotico a promocao da esposagoza dentro das mulheres em transe hipnose pornogorotinhos gayfiume porno mae safada nobanhocoroas crentes fudendo o cu contos reoticosso as tarada dolecente quebrando a sua virgindade de mini saia sem tirar a calcinhamolhada.Conto erotico porno em quadrinhosconto dupla penetraçãoCú arregaçado.com/sadomazoquismo.xvideo com.ima negona dando o cu pro negso loprafocontos me assustei na praia de nudismowww.contoerotico.com/conto/381/443071/a-putinha-do-papai.htmlgordo camiomeiro pauduruconto erotico com padreCravinhos porno fotosContos com fotos fui duplamente penetrada por meus quatro alunos pauzudoscontos eroticos medingo com um pau de 30cms fode casada rabudaQuadrinhos porno engravidando mae 2contos eroticos gay putinhaconto casei com uma loira do cu largoconto erotico sexo com o noivo no casamentoconto erotico gay com o motoboybuceta gostsa de pruwContos eróticos de tio e subrinhamassagem cariciosacontos erotico-de costas pra vocêPorno contos familhas incestuosas boquinas e maozinhas das suas meninas delicia dos paisnao resisti enteada novinha conto eroticomulher passa margarina no cu da amigaconto porno com velhoeroticotransando com cunhada mais sobrinhaConto erotico taradamulhertraz.comomarido e um travestimloiros dotadosconto erotico fazendo massagem gostosa na maninhapunheta sentado no mesmo banco dela no onibusConto erotico neguinho pintudocantos eroticos com maes ciumenta seduzindo filhogostoso chega com uma camisa de desabotoar aberta e comeca a transar com gay porno gaycontos eroticos eu minha amiga e meu maridomulheresse.masturbando.locmente.ate.gozaremcontos eroticos me comeraoo no onibus quando eubera novinhaminha esposa me traiu com um dotadocontos porno espiei minha mulher com um negro e me apavorei com o tamanho do penisconto gay socada no filhocontos eroticos gay de dando uma mamada no moleque moreninho clarocontos eroticos fudi o padrinho gaycontos eroticos levei surra de piça do marido da amigaContos erótico errei de quarto e comi a mulher do meu amigoContos erot travesti garota vaidesenho hentae vendo o pau do mendigo em minha portadei pro amigo do meu marido/contosconto eroticocomendo minha cunhada ia filha dela juntatetas sendo mamadas lactofiliaconto erótico de gay fudendo com desconhecido na rua de madrugadahomem malhando pelado do pau maior do mundo e do ovo grande comendo masagistacontos casada e a vizinha dando e tomando porracontos eroticos no comicio vendo o maridocontos eroticos sexos sobre evangelicas pornorealxvideos de nifesta teno priqueto rasgado pelo negãoContos eroticos fudi a minha sograConto erotico gay soldado mete com fio dentalConto erotico sogra e sogrocontos sexuiascontos eróticos dei para o meu próprio filho pauzudo a mando dos bandidosvideos comi o priquito da mae aforca e gozei dentroContos de sexo com sobrinha demenorcontos de casadas o caminhoneiro brutogozando na mamae quadrinhoContos eroticos dp com o namorado e um negao roludoVirgindade arrancada a força contovideos porno gratis surpotandoContos dei o cu para um roludoroludos descomunalconto roludo regacou minha esposaconto erótico traiçãoconto erotico gay negao escraviza viado submissocontos eróticos sobrinha senta no colo do tio e fica exitadaquadrinhos de familia pornôComtos erotico na escolaimagens de jacira de novo mundo nua bucetalindacontos fotos esposas fudendo manausshemale nua desenho animadocontos eroticos gay masculino menino com cowboyminhamulhenuacontos gay meu filhinho bebezinho viadinhoporno aquelas buseta diferensiada morenas do grelinho pequeni as mais lindacontos eroticos fui bem fodida feito puta e chingada feito uma vadia pelo meu tioPorño Penis frisos na boceta xoxotasó provocar amigo conto erótico cornosexo na grécia antiga hqContos de corno pede mulher pra usa roupa desenhando a buceta no shorte e dando pra um picao não queria