Tirei o cabaço de mamãe 02


Click to Download this video!


Acordei com mamãe me chamando já vestida com um vestidinho habitual, eu ainda estava de pau duro e fui me aliviar no banheiro, pensando na noite anterior, não conseguia pensar em outra coisa além do corpo de minha querida mãezinha envolvido com o meu e em seus seios majestosos, passei então a ser muito mais carinhoso com ela e tudo era motivo para abraça-la e sentir seu corpinho jovial em meus braços.
Não sei se ela notara minha mudança, pois continuava agindo naturalmente comigo, mas o seu odor de fêmea me deixava louco, era um vicio pra mim e ao abraça-la passei a beijar seu pescoço o que provocava arrepios por todo seu corpinho, mas como ela achava que era um carinho natural de filho, nada ela falava e por muitas vezes eu colocava a parte da língua para fora e lambia seu pescoço em quanto dava um jeito de manter minha mão em sua bundinha ou em um de seus seios, passamos a andar pela cidade feito um casal de namoradinhos, comigo sempre agarrado à cintura dela ou de mãos dadas, passaram-se algumas semanas e eu já estava tão louco por mamãe que passei a espiona-la no banho e batia punhetas enérgicas ao ver sua bucetinha de menina com pelos ralos pela a fechadura da porta.
Certo dia ao tentar colocar um pote numa dispensa elevada, mamãe não estava alcançando então fui por trás dela e dizendo que ia lhe ajudar a suspendi no ar pondo-a em minha cacunda, o contato com suas pernocas grossas em torno do meu pescoço e o calor de sua prexeca em minha nuca, fizeram meu pau se enrijecer de uma forma muito mais rígida do que anteriormente, ficando nítido o seu contorno no meu calção, ao descê-la fiz isso de forma que seu corpo ficasse bem juntinho ao meu, o que fez seu vestido subir e pude roça minha pica mesmo no meio de sua bunda empinada, apenas com a calcinha e pude sentir a maciez das suas nádegas afagando meu pau por cima do calção "que carninhas deliciosas" pensei, nessa hora mamãe me olhou meio assustada e disse “filhote” e disse que eu já estava virando um homem e que iria pedir meu avô pra conversar comigo a respeito de mulheres, meu avô não demonstrou muito interesse e de minha parte muito menos em ter contato com ele.
Naquela noite minha mãe veio se deitar apenas com um vestidinho curto quase uma camisola onde pude perceber que ela parecia estar sem sutiã e também puder ver as poupinhas de sua bunda e eu alegando que estava com muito calor perguntei se poderia dormir nu, ela ficou pensativa por um curto tempo e disse que tudo bem, pois também estava mesmo muito quente, tirei a cueca e logo minha pica subiu, mas fiquei de bruços para que ela não percebesse e após esperar um bom tempo me virei com a pica estourando de dura para o lado de mamãe e comecei a passar ela pelo rasgo de sua bunda, brincava pressionando a pica no meio de sua bundinha, e ao dar uns beijinhos em seu pescoço, seu corpo ficou arqueado, deixando sua bunda bem mais exposta em minha direção, pensei comigo que tinha de ver aquela bucetinha deliciosa novamente, então com todo cuidado baixei sua calcinha ate o meio das coxas e pude vislumbrar aquele cuzinho lindo de minha mamãe e sua bucetinha de pelos ralos, foi então que fiz a coisa mais louca ate aquele momento da minha vida, mire minha cabeçorra no meio de sua bunda e fiquei ali pressionando aquele cuzinho, senti entrar um pouquinho da cabeça em sua bunda, nisso mamãe começou a se mexer então tirei rapidamente, mas continuei virado para ela, que virou para o meu lado como se procurando um abraço, mas permanecia dormindo, então me aproximei e a abracei, aproveite a forma como suas pernas estavam para remover completamente sua calcinha e levantei sua camisola ate os seios, pronto mamãe estava nua em baixo e eu também, me abaixei, beijei e chupei um pouco seus seios, subi suas coxas de forma que ficaram atreladas em minha cintura e fiquei com a cabeça da piroca em contato direto com os lábios vaginais de mamãe, sentindo o quanto era úmida e quente, ao tentar por minha pica dentro, notei que algo impedia e como já estava cansado de todo aquele esforço para não acorda-la, acabei dormindo, e dormimos ali abraçadinhos e peladinhos.

Oi filhote, foi assim que mamãe me acordou no outro dia já vestida novamente, eu estava me sentindo ótimo e um sentimento de macho me dominava, passei a querer exibir meu corpo para ela e sempre tomava banho com a porta aberta, e percebi por varias vezes que ela ficava na porta do banheiro conversando comigo e admirando o meu corpo másculo, principalmente meu falo e falava que seu filhote estava virando um homão muito bonito, passei a dormir nu com ela na cama e sempre aproveitava para abraça-la e roçar minha pica no corpinho dela.
Em certas noites, eu sugava seus seios suculentos com uma fome insana em quanto me masturbava freneticamente ate gozar no lençol, só dai eu dormia, mas logo isso se tornou insuficiente para mim e eu precisava possuir mamãe a todo custo, foi que aconteceu, de uma noite ela vir para a cama completamente nua, eu me assustei e perguntei se ela não ia vestir nada, no que ela me respondeu que não, que o calor estava lhe incomodando bastante e que também todas as manhãs ela acordava pelada mesmo, então não via diferença em ir dormir pelada ou vestida, eu notei algo diferente no tom da voz de mamãe e então naquela noite, por medo não fiz nada, fiquei bem quietinho do meu lado da cama, e estava tão nervoso que nem mesmo com o seu corpo nu bem ali ao meu lado, meu pau conseguiu endurecer, eu dormi muito mal aquela noite, ate por que ela em alguns momentos pôs a perna em cima de mim e a mão no meu peito, se aninhando a mim.
A parte posterior de seu joelho, ou seja, a sua perna fico bem em cima do meu pau, foi uma noite bem difícil, pela manhã ela me acordou como sempre já vestidinha e tudo, o dia transcorreu normalmente com o diferencial que mamãe tomou seu banho de porta aberta e eu pude ver toda a formosura de seu corpo com a luz do dia, e naquela noite quando o mesmo se repetiu e passamos a dormir pelados, já não tive mais medo, pois quando ela veio para cima de mim pondo a mão no meu peito e sua perna no mesmo modo anterior, pinha pica endureceu e ficou lhe roçando a perninha, e me veio as narinas seu perfume de fêmea, sai da cama com cuidado para não acorda-la, e fui ao banheiro e bati a punheta mais prazerosa ate aquele momento de minha vida, gozando forte melecando o espelho e a pia.
Quando voltei que ela estava deitadinha de bruços com as pernas bem abertas e aquela bundinha empinada bem à vontade apontada pro ar, meu pau endureceu novamente com fome de mulher, ai não tive duvidas e fui pra cima de mamãe, eu precisava comer aquelas carninhas, então fiquei como um touro em cima dela e apontei meu caralhão naquela bucetinha e comecei a meter, nessa hora ela meio que acordou e disse meio gemendo “não filhote, num é pra meter na mamãe não, a mamãe é virgem meu bebê”, mas ignorei suas palavras e seu chorinho, estava alucinado de tesão e fui empurrando a pica ate sentir uma resistência, mas continuei investindo com força e vigor redobrados e a bucetinha mimosa da minha mãezinha foi cedendo e engolindo minha piroca, quando senti aquela xerequinha rasgando meu pau também, foi quando mamãe começou a emitir um “ai, ai, ai filhinho você esta descabaçando a mamãe” o que revigorou meu tesão e minha fome de possui-la.
Continuei metendo, quando ela disse para mim “tenha calma filhote” era lindo ver o corpinho de mamãe se debatendo em quanto lhe cravava a pica, então fui pondo com cuidado ate que só restou um pouco de rola pra entrar e soquei o resto com vontade, fazendo-a dar um gritinho estridente delicioso, que só aumentou ainda mais o meu tesão, logo comecei a comer minha mãezinha com fome de leão bombando-a com velocidade fulminante e ela berrava como uma cabritinha, em quanto minha pica rasgava lhe a buceta recém-estourada “Isso, Isso filhote come a mamãe come, isso” seu gemidinho e seu corpinho de menina me levavam a loucura me fazendo arregaçá-la com mais vontade, apertando suas carnes macias e lambendo sua carinha chorosa, estava alucinado de sentir que minha rola estava nas carnes dela, rasgando as entranhas de minha adorada mãezinha.
Quando comecei a senti que ia gozar e minha mãe sentiu também, pois começou a me bater para sair de cima dela, nisso eu sai de dentro de mamãe fazendo um barulho forte como um estampido em sua bucetinha que agora estava um bucetão bem vermelho e arregaçado, com algum sangue, mas ao tirar dei uma gozada tão forte que pareceu uma chicotada lhe atingindo as costas e parte da bochecha e boca, nunca tinha gozado com tamanha intensidade, como quando gozei com mamãe, ela por sua vez me olhava chorosa e com cara de cansada, eu me sentia acabado e com as pernas tremulas, mas vitorioso e muito feliz, meu pau ainda deu mais duas golfadas de menor intensidade atingindo lhe a bunda e a coxa.
Perguntei a ela se estava tudo bem, no que ela me disse que não deveríamos ter feito aquilo, mas já que tínhamos feito, ela gostou bastante e disse também que agora além de seu filho, eu era também o seu homem, seu macho, pois havia lhe descabaçado lhe feito mulher de verdade e que sempre a teria, então pela primeira vez fui ate mamãe e beijei-lhe a boca com volúpia, enfiando minha língua em sua boquinha doce, logo ela correspondeu me beijando e dando sua linguinha para que eu chupa-se, e ficamos namorando na cama ate cochilarmos.
Pela manhã tomamos banho juntos e todas as noites tenho comido minha mãe direto, mas sempre tendo o cuidado de gozar fora dela, pois não quero dividir minha mãezinha gostosa com ninguém, quanto ao meu avô acho que ele tem raiva de mim ou inveja, pois passei por uma parte da filha dele que ele adoraria passar, se ele soubesse que fui eu que tirei o cabacinho dela e ainda a fodo direto, acho que ele morreria...FIM

Foto 1 do Conto erotico: Tirei o cabaço de mamãe 02

Foto 2 do Conto erotico: Tirei o cabaço de mamãe 02

Foto 3 do Conto erotico: Tirei o cabaço de mamãe 02

Foto 4 do Conto erotico: Tirei o cabaço de mamãe 02

Foto 5 do Conto erotico: Tirei o cabaço de mamãe 02


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 15/10/2016

Deliciosa cavala! Betto

foto perfil usuario caracomum

caracomum Comentou em 07/10/2015

Tesão de conto!

foto perfil usuario boxboxbox

boxboxbox Comentou em 01/10/2015

Enviei-lhe um pedido de amizade porque gostei muito do seu último conto. Conto interessante e excitante. Votei Se puder leia o meu conto nº 71545 "coisas sérias, sexo e comprimidos" publicado ontem. Para melhor entender o meu percurso de vida comece por ler o meu 1º conto. Se gostar comente e vote. Umbeijo Maria

foto perfil usuario jhtg

jhtg Comentou em 28/09/2015

adorei o conto, parabens..........votado

foto perfil usuario casadosp2

casadosp2 Comentou em 28/09/2015

Um tesão!!! Votado

foto perfil usuario arabe

arabe Comentou em 28/09/2015

votado, belo conto

foto perfil usuario apeduardo

apeduardo Comentou em 28/09/2015

delicia de conto, parabens




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


71147 - Meu vizinho roubou a inocência da minha noiva - Categoria: Traição/Corno - Votos: 25
71289 - Meu vizinho roubou a inocência da minha noiva 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 32
71331 - Tirei o cabaço de mamãe 01 - Categoria: Incesto - Votos: 25
71641 - Tio roludo arregaçou minha jovem esposa bunduda 01 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 35
71642 - Tio roludo arregaçou minha jovem esposa bunduda 02 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 24
71643 - Tio roludo arregaçou minha jovem esposa bunduda 03 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 25
71645 - Tio roludo arregaçou minha jovem esposa bunduda 04 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 27
71647 - Tio roludo arregaçou minha jovem esposa bunduda 05 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 23
71649 - Tio roludo arregaçou minha jovem esposa bunduda 06 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 32
73854 - Meu Amigo Pintudo Estourou A Buceta da Minha Namor - Categoria: Traição/Corno - Votos: 30
73855 - Esposa nova é foda - Categoria: Fantasias - Votos: 26
89249 - Minha esposa abusada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 33
90565 - O namorado da minha mãe comeu minha namorada part1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
90572 - O namorado da minha mãe comeu minha namorada part2 - Categoria: Virgens - Votos: 19
91015 - O namorado da minha mãe comeu minha namorada part3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13

Ficha do conto

Foto Perfil scanalha
scanalha

Nome do conto:
Tirei o cabaço de mamãe 02

Codigo do conto:
71366

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
27/09/2015

Quant.de Votos:
30

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


seios bonitos peladosvovos peludos gay contos eroticospenis se rinocerontes zoofilia contos vídeosgoza dentro das mulheres em transe hipnose pornocontos erotico subrinho do pal pequenocontos comi irma na viagem pornorelatos de fragantes com novinhas fazendo sexoconto erotico fudendo meu maridomeus dois machos parte 1 dando pro sobrinhode sirgir blog comda sikis indir[email protected]Contos eroticos fui arrombada por um poliçialdona terezuda chupando uma picaconto gay filho flagrado dando pra 2porno mae eroticoporno anal. giratirio rromboconto falado depiladora travestiConto erotico obedecendo vovôConto erotico foda com empregadaporno tia não acredita ao ve o sobrinho engoli o proprio pintosou puta e pratico zoofiliacontos eroticos amiga rabudahentai contos sexopacei a vara na minha sogra tarada e gostosawww.contos eroticos filho caçula pauzudo come cu da mae viuvamelkor hentai hdcontos eroticos como fode a ben novinhaconto gay irmaos gemendo no pirocao do irmao c fotovestiu shortinho incesto lesbica contosVadia com os Africanos contos eroticosIncesto 7 em nome da mae e do filho phConto erotico gay amigo do meu paicontos eroticos com meninas bem nivinhas bbsexo gay de tapas na cara catarradascontos eroticos mamae mandou eu chuparcontos gays chiquititasbebezinho pistoludogrossopenescomo me tornei prostitutafoda com o primo contos.contos eroticos cunhada e sogrAConto erotico primaQuadradinho erotico conto 2006contos eroticos xilocainaglory hole conto eroticoContos eroticos menage incestuosaclimaxcontoeroticocontos eróticos gay chupei a pica fedidacontos eróticos churrascomeu pai fez amor comigo na piscina conto erocticocontos eroticos cunhada e sogrAputas do moz no sexoquadrinhos pornor filho atrevidocontos arrombei uma africanacomtos da dielysogra metendo com genro e a nora olhandoContos eróticos de inces entre mâe e filho com fotoconto ele deixou seu semen dentro da minha esposacomeu ate o meu cuzinho contosContos Porno gay meu tio descobriu que meu amigo é gayhq gay sexo pai e filhoquadrinhos eróticos com fotos reais cornosnora bunda gostosa provaca sogro conto eroticoconto erótico incerto padrasto pervetidohistorias em quadrinhos XxXcontos com fotos cornocomi minha cachorra bace zoofiliacontos gays ordenhando papaiporno mae eroticoxvideos velhinho supano bureta de mulher ultimos contos sadominha esposa com meu amigo pauzudoComo e bom fuder com o velhinho contospai e filho rasgando o cu filha quadrinhoconto erotico mmaporno contos velhinho limpando quintal da casadafilhaputacontoquadrinhos porno Conto erotico fudendo a irma da adventistacontos eroticos gay pag 114conto errotico apostando a esposaconto namorada e sogras vivem nuasconto eroticocomendo minha cunhada ia filha dela juntaquadrinho erotico prostitute parte 5contos eroticos de mulheres evangelicas fuderam com sobrinhocontos eróticos de sexo entre mãe e filhoConto erotico pivete pintudo com gostosaContos eroticos ultimoscontos eróticos- novinhas safadscontos eroticos. fodendo com meu filhocontos eroticos padrasto e seus amigosxvidio veridico patroaver video porno de incesto anal tramando a posse da maezinhaLingua na buceta contosavó tirando c******** da sua netinha bem gostosinhohentais eroticos quadris com o sogroconto erótico maridoconto erotico mãe vergonha