amiga da titia 8


Click to Download this video!


em continuação ao conto anterior, ficamos deitado na cama com posições inversas D.Wilma tinha a respiração ofegante" Minha nossa, to com as pernas bambas e tonta, foi demais pra mim, essas nossas brincadeiras estão me levando a exaustão, voce é incansavel", fui mexer em sua buceta e ela "Não perai, agora me de um sossego, quase me mijei toda com seus dedos lá dentro", respondi pelo jeito voce se mijou porque a cama tá toda melada, mas não é mijo não é gozo mesmo, ela sorriu e disse voce tambem soltou jatos na minha boca eu percebi que voce ia explodir, queria sentir o gosto, mas foi muito e me engasguei, to com a cara toda melada, ja tinha feito isso com meu marido mas assim foi demais, sua tia me falou que voce foi casado mas a mulher não aguentou sua sede por sexo e depois de um ano separou de voce foi por isso né? mais ou menos respondi o problema foi que um dia fui na casa do irmão dela e com umas bebidas há mais fui ao banheiro e qdo tava fazendo xixi percebi uma sombra debaixo da porta como se alguem tivesse me olhando pela fechadura, estava de pau duro e qundo fui sair era a mulher dele que me empurrou pra dentro do banheiro querendo ver meu pau, eu relutei, mas ela pegou no meu cacete por cima e ficou doida pra me dar, mas eu resisti e qundo fui sair advinha quem estava na porta do banheiro, minha mulher foi um bafafa danado mas ela viu que não teve nada e não disse nada pro seu irmão e fomos embora sem ele entender nada foi o fim, mas tudo bem ainda bem que estava so no começo, ela me perguntou e dpois voce pegou a mulher do irmão dela, eu não gosto de expor as mulheres acho que isso não interessa agora. Subi em cima dela e começei a chupar sua buceta encharcada "Lá vem ele de novo", lógico disse eu já que vou ficar só nas brincadeiras quero aproveitar....Acho melhor telefonar pra sua tia vir aqui apagar esse fogo porque eu não vou dar conta não....e voce teria coragem de chamar ela D.Wilma, imagina eu aqui com as duas seria completo;;;não é melhor não rapaz ela me disse que qdo voce voltar ela vai te fazer uma outra surpresa e que era pra eu aproveitar bastante. E caiu de boca de novo na minha rola eu por cima de quatro e ela me punhetando e esfregando seus peitões em meu pau, começou alisando minhas bolas e foi com e dedo no meu rabo, percebi sua intenção e então sai de cima me virei e fui esfregar meu cacete em seu bucetão saindo pelo rasgo do collant, fiquei pincelando o pau em seu bucetão vermelho e inchado e ela percebendo minha intenção "Rapaz voce me prometeu, toma cuidado" Poxa D;Wilma eu não sou de ferro, prometo que faço devagarinho, e que não vai doer deixa eu por só a cabeçinha" ela riu e disse Cabecinha isso ai é grande demais parece uma laranja"...mas não impediu fui pincelando e a cabeçorra deslizou pra dentro, ela fechou os olhos e se entregou, fui devagarinho e a cada cm dava uma pausada pra acostumar, a roupa não ajudava pois apertava sua buceta, então fui abaixando o collant, ela levantando o corpo fez ele deslizar, foi demais ela estava se entregando pra mim, botei sua pernas no meu ombro e no paipai mamae fui deslizando minha caceta pra dentro, abri sua pernas e seu bucetão se alargou e meu pau entrou até a metade...UUUiiii...tá ardendo...vai devagar...fica assim não bota mais que tá doendo" Relaxa D.Wilma depois que passou a cabeça o resto é facil", ela: pra voce é facil mas sou eu que to sentindo ele aqui na minha barriga me rasgando", então fiquei bem devagarinho no entra e sai, tava gostoso demais, pedi a ele que virasse e ficasse de bruço, ela se virou com mewu cacete lá dentro e ele entrou mais um pouquinho sem ela perceber estava engolindo mais que a metade, levantei suas ancas e com o movimento entrou mais "Minha nossa que pau grande, ele não acaba, falta muito ainda", falei a ela pra por a mão pra sentir. ela pois a mão e "MInha nossa entrou só a metade e eu estou e to aqui me ardendo, acho melhor ficar por ai, vai rapaz acaba logo com isso", fui com os dedos e começei a massagear seu pinguelo, ela então ficou de quatro e num movimento "AAAAIIiiiii....que que isso...minha nossa....ele vai sair pela boca...uuii...sua tia é doida de aguentar tudo isso" segurei pelas ancas sua buceta apertava meu pau como uma forca realmente ela era muito apertada, mas não ia largar aquele momento e segurei firme e entra e sai bopmbeando até a base, ela colocou a boca no travesseiro e me deixou trabalhar sempre gemendo de dor a coitada suava na mistura de dor e prazer, pensei cvou acabar logo com isso e pensar em gozar e naquela visão daquele bundão e seus bucetão saindo as avessas quando eu puxava pra fora até a cabeça e voltava a enfiar sempre com ela gemendo alto abafado pelo travesseiro, enfiei a ponta do dedo no seu rabo" Não chega;;;...para,....tá doendo...para...tá machucando..assim não..quero não" mas enfiei o dedo de uma vez e D.Wilma se calou e começou a chorar, mas não pediu pra eu tirar então em varia estocadas senti meu cacete inchar pra gozar ela deu um grito "CCCCCCHHHHHHHEEEEEEGGGGGAAAAA>>>>PAPAPAPAPARARARARRRRAAA.......TÀ doendo muiiitttooo.... Tirei meu cacete pra fora e ela saiu soltando porra pra tudo qto é lado e ela com a cara no travesseiro chorando de dor e eu me acabei com o pau na mão tirando as ultimas gotas de porra, queria ter gozado lá dentro mas percebi que era capaz de ela ter um treco, ficou por uns instantes com a cara no travesseiro sem falar uma palavra eu me deitei ao seu lado fazendo carinho em seus cabelos e pedindo desculpas, mas tinha que ser assim e sei que voce resistiu bravamente e que voce tambem queria isso", ela me olhou com lagrimas nos olhos e sorriu "Doeu muito mas foi bom, é dificil me acostumar ele é muito grande e grosso, sua tia me disse que no começo foi assim tambem com ela, mas ela resistiu porque tava bom e ela queria ter esse prazer antes de morrer eu nesse resto do dia espero conseguir e deixar voce mas satisfeito ainda", dei um beijo em sua boca e enchuguei suas lagrimas.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


61899 - surpresa com minha tia - Categoria: Coroas - Votos: 14
62223 - surpresa com minha tia 2 - Categoria: Coroas - Votos: 5
62979 - surpresas com minha tia 3 - Categoria: Coroas - Votos: 5
63595 - surpresas com minha tia 4 - Categoria: Coroas - Votos: 10
64805 - surpresas de titia 5 - Categoria: Coroas - Votos: 3
64949 - supresas da titia 6 - Categoria: Coroas - Votos: 4
66588 - surpresas da titia 7 agora foi sua amiga - Categoria: Coroas - Votos: 3
66843 - amiga da titia 2 - Categoria: Coroas - Votos: 4
67396 - amiga da titia 3 - Categoria: Coroas - Votos: 5
68187 - amiga da titia 4 - Categoria: Coroas - Votos: 4
69180 - amiga da titia 5 - Categoria: Coroas - Votos: 3
70546 - amiga da titia 6 - Categoria: Coroas - Votos: 2
70598 - amiga da titia 7 - Categoria: Coroas - Votos: 1
73613 - despedida com a titia - Categoria: Coroas - Votos: 2
77184 - despedida da titia - Categoria: Coroas - Votos: 3
77678 - despedida da titia 2 - Categoria: Coroas - Votos: 1
79798 - despedida da titia 3 o final - Categoria: Coroas - Votos: 0
80737 - amiga da minha mãe e vizinha - Categoria: Coroas - Votos: 6
82367 - amiga da minha mãe e vizinha 2 - Categoria: Coroas - Votos: 2
82496 - amiga da minha mãe e vizinha 3 - Categoria: Coroas - Votos: 4
83557 - comprando cerveja - Categoria: Coroas - Votos: 4
85103 - comprando cerveja 2 - Categoria: Coroas - Votos: 2
85569 - comprando cerveja 3 - Categoria: Coroas - Votos: 5
91093 - foi a vez da filha - Categoria: Coroas - Votos: 2
92953 - a vez da filha 2 - Categoria: Coroas - Votos: 4
94971 - ainda não foi a vez da filha - Categoria: Coroas - Votos: 2
95344 - filmando pra D.Maria - Categoria: Coroas - Votos: 4
96792 - D.Maria veio em casa - Categoria: Coroas - Votos: 5
97472 - D.Maria em casa sofreu uma decepção - Categoria: Coroas - Votos: 3
98409 - O retorno de D. Eunice - Categoria: Coroas - Votos: 2
98611 - Com D. Eunice e D.Maria não resistiu - Categoria: Coroas - Votos: 6
106053 - surpresa da meia sobrinha - Categoria: Incesto - Votos: 7
106696 - surpresa da meia sobrinha 2 - Categoria: Incesto - Votos: 6
107118 - meia sobrinha 2 - Categoria: Incesto - Votos: 2
107687 - primeira visita de um casal bi - Categoria: Coroas - Votos: 11
108275 - a visita do casal bi parte 2 - Categoria: Coroas - Votos: 6
110797 - minha diretora - Categoria: Coroas - Votos: 9
111107 - minha diretora 2 - Categoria: Coroas - Votos: 8
111377 - minha diretora 3 - Categoria: Coroas - Votos: 4
111650 - a irmã da diretora - Categoria: Coroas - Votos: 4
112374 - a irmã da diretora 2 - Categoria: Coroas - Votos: 6
112562 - irmã da diretora 3 - Categoria: Coroas - Votos: 4
112729 - irmã da diretora 4 - Categoria: Coroas - Votos: 6
113263 - amigo do meu tio - Categoria: Gays - Votos: 5
114482 - amigo do titio 2 - Categoria: Gays - Votos: 4
115086 - minha merenda - Categoria: Coroas - Votos: 9
116135 - minha merenda 2 - Categoria: Coroas - Votos: 4

Ficha do conto

Foto Perfil euenadamais
euenadamais

Nome do conto:
amiga da titia 8

Codigo do conto:
70794

Categoria:
Coroas

Data da Publicação:
14/09/2015

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


soquei consolo ate no meu utero contos eroticosconto pica ni cu da minha filha cabacosou casada e transei com o meu padrastoadoro ser dividida pelo meu macho contos eróticomulher de marombeiro sendo fodidaconto erotico comendo o cu da Drica Fotos quadrinhos da Chiquitita da o cuperdi as preguinhas do cu quando era pequenaconto corno cachorraO patrao do meu irmao me fudeu no motel conto eroticoConto porno putinha do velho desde de novinhaseduzi meu sobrinho conto eroticosexo com filhos contosloiros dotadoscontos eroticos com aldoquadrinho erotico-a mulher do marceneirocontos porno gratis estupro submissãocontos eroticos peguei minha enteadase masturbandovideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiaContos erotico de titio safado e sobrinha bobinhacontos eroticos possuida por uma estranha gostosaconto erótico com cena de sexoparte 5temcurva xvideoQuadrinho novo: “Ônibus Lotado!”A filha branquinha e o pai negrão!liga da justiça quadrinhos de sexocontos porno fui violentada no presidio femininofilhaputacontoquadrinho pornográficovídeos porno de corno minha esposa saindo da cabine erótica com o rosto todo gosado e se exibindo na ruacontos de virgindade e tesao ilustrativasmeu amigo funkeiro conto gayPorno de irma voila irmao se pensar de problemacontos comeu minha cunhada e minha esposahentai travesti . a vinganca das alunas 2conto mae nua filho metemeu avô transou comigo.incesto conto eroticpos melhores contos de corno manso que bota sua esposa pra fude muito com o comedorpretinha deu o cu apertdo pro negao chorou e gritouviciada em porra contovirei putinha na pescaria gayA força contosEróticospornô.comcontos casado by o dia que eu goseipelo cu gostosoContos. Padres caralhudos fudendo putasContos Incesto tio faminto devorando sua sobrinhaconto porno da casada enrabada por cacete de 30cmconto sendo estrupada pelo travestiincesto sem saber contosbonecas dotadadesliguei a fazer quando um homem vídeo de neguinha fazendo sexo com homem neguinha fazendo sexo com homemConto erotico gay cunhados sexo cueca volume tesão pau suor chupada camacontos papakuconto.eroticos.2017novinha.safadaconto erotico buceta azeda da irmacontos eróticos hipnotizei minhamãe parte2eu conto peguei o meu cunhado cheirando a minha calcinhacontos porno de seducao de tiaincestocontogaymeninas novinhas dando a bucetinhas para seus pais e padrastos estruparen elascontos zoofilia na fazendacontos eroticos no metrodei pro amigo do meu marido/contoscontos orgia e beijo com porraminhas amigas travestis contos eróticosquadrinho erotico a filha do vizinhoputa vendida conto eroticoContos eroticos fodi a bucetinha da minha subrinhamulheres de 30 anos rabudas pag1Bdsm contos eroticos quadrinhoscontos eroticos. dando carona para uma senhoracontos eroticos de pessoas q tiveram q ser levadas ao hospital pk se machucaram fodendo