o primo do meu marido


Click to this video!


Ola Me chamo Carla, tenho 36 anos, sou uma mulher bem ativa sexualmente apesar de nunca ter traído meu marido, esse relato aconteceu numa fase de carência minha, foi uma fraqueza, mas... Me considero atraente, sempre procurei cuidar de meu visual., sempre fico orgulhosa quando meu marido dizem que seus amigos discretamente elogiam minha beleza, claro que eu me cuido, tenho minha barriga plana, seios médios mas empinados traseiro bem firme e o meu rosto também é considerado bonito, segundo palavras dos amigos dele, meus atributos conseguem chamar atenção de qualquer homem, e que meu marido era um felizardo.


Na época eu não trabalhava, e meu marido foi primeiro e único namorado, vivíamos bem, um padrão de vida confortável, eu tinha meu carro e meu marido tinha o carro dele, passeávamos bastante, sempre que dava porque o sucesso financeiro tinha um preço, meu marido era super requisitado na empresa onde ele trabalhava tanto que as vezes ele trabalhava até tarde ou outras fins de semana, a área dele ele era programador então a muitas vezes ele era requisitado pra trabalhar justamente quando outros folgavam,

Vivíamos bem então, só o que faltava pra nós era um filho, mas não conseguíamos porque meu marido tinha uma quantia muito baixa de espermatozoides, depois de tentar por anos sem resultados, foi que procuramos então ajuda profissional, fizemos todos os exames, e o médico nos aconselhou a tentar mais vezes natural, e deu instruções para tal, primeiro ele receitou um remédio pra ajudar e disse pra não fazermos nada de sexo por cerca de 2 meses pra ver se assim a quantidade acumulada de espermatozoides em meu marido aumentasse o suficiente pra conseguirmos engravidarmos, se não obtivéssemos resultados então partiria pra fertilização in-vitro.


Passaram um mês e pouco fomos convidados para uma festa de casamento de um de nossos amigos da faculdade, era um evento em que não poderíamos deixar de ir, Meu marido como sempre atarefado, e um de seus primos mais chegados tb viria para a pois o noivo era amigo comum dos dois, no dia anterior, meu marido havia estado trabalhando até horas da noite e ainda tinha sobrado pepino pra ser resolvido no sábado,

No sábado já desde cedo comecei a me aprontar, fui ao cabeleireiro, tomei um belo banho de espumas com ervas aromáticas como estava calor, eu resolvi vestir um vestido vermelho que eu havia comprado pra essa ocasião, ele tinha uma cava bem generosa, era um vestido vermelho cintilante bem decotado na frente, e cavado atras que deixava minhas costas a mostra, e uma abertura lateral que deixava minhas pernas insinuantes, ele se moldava destacando minhas curvas como uma segunda pele, como era decotado eu não podia usar soutien, mas nem preciso mesmo porque meus seios são firmes, e pra combinar coloquei também uma calcinha de rendas vermelha, o dia estava perfeito para celebrar pena que meu marido não estava presente então preparei um cálice de vinho e tomei sozinha mesmo, e serviu para me descontrair e relaxar e para de certa forma tomar coragem pois nunca havia saído em público com uma roupa tão ousada. Como meu marido não me ligava comecei a me preocupar...parei em frente ao espelho...aquele vestido estava perfeito, minha intenção era excita-lo ao máximo, e o sapato de salto alto me tornava mais sexi ainda naquele vestido vermelho, e faziam brilhar mais minha figura, eu já não me aguentava de ansiedade esperando pela chegada dele, não sei porque mas eu sentia uma sensação úmida em minha calcinha, talvez porque já estava quase completando o prazo do médico, e eu queria comemorar naquela noite em grande estilo.

Para minha decepção tocou o telefone, era ele me dizendo que tinha alguns problemas no sistema de informática e não poderia sair dali tão cedo, então ele combinou que levaria a roupa para o trabalho e iria de lá mesmo nos encontraríamos na igreja ou na recepção, vocês podem imaginar minha decepção, me disse que representar-nos na festa seria chato se não fosse ninguém por que teria vários conhecidos na festa. Peguei um táxi e fui quando cheguei me senti um pouco incômoda, principalmente pela forma com que os homens solteiros e casados me observavam, eu estava chamando mais a atenção que a noiva pela forme sensual que estava vestida, estando eu assentada no banco da igreja assentou-se do meu lado o Fernando primo de meu marido, nos apresentamos bem baixinho, e assim ficamos até terminar a cerimônia, como a recepção era um buffet num restaurante dançante ele me ofereceu carona em seu carro eu aceitei afinal era primo, quando chegamos no restaurante jantamos até que começou a musica e ele me tirou pra dançar, comecei a observa-lo melhor no alto dos seus 1:85 de estatura, eu me sentia baixinha porque tenho 1.63, enquanto dançávamos observei que o seu físico perfeito que faria qualquer mulher estremecer de cima abaixo, posso dizer que me impressionou, e a maneira como me olhava, sua expressão ao me dizer que naquele momento era a mulher mais sensual dentre todas, ele viu que fiquei ruborizada então ele sorriu, se aproximou de mim, beijou meu rosto e perguntou por meu marido, lhe expliquei, como a musica ão parava ele perguntou-me se estava com sede e se desejava descansar um pouco e beber algo, ele atuava como um gentleman o tempo todo, tomamos uma taça de vinho tinto suave, ele me convidou pra dançar novamente, como meu marido não é um bom dançarino e eu gostava de dançar, aproveitei para me divertir.

Enquanto dançávamos falamos um pouco sobre nossa vida de casados, ele em contrapartida me disse sobre seu recente divórcio, que a vida não é sempre perfeita, pela efeito da taça de vinho que tomei lhe relatei que queria ter filho mas a contagem de esperma do meu marido era baixa etc e tal...., falei que nessa noite eu me vesti para o meu marido e estava contando que ele aparecesse, rimos sobre o propósito da noite e lhe disse que sairia mais cedo da festa para tentar salvar a noite ele falou então vamos dançar mais uma ou duas musicas que eu te levo, entre uma musica e outra tomamos mais um cálice de vinho, o que me fez ficar bem descontraída as horas passaram-se rápido e Fernando me parecia bem fascinante e cavalheiro. No decorrer da dança comecei a relaxar e deixei-me envolver ao ritmo da música, seu tórax roçava o fino tecido que protegia meus seios e me estimulava, senti um volume tocar na minha virilha por cima do vestido, senti uma estranha sensação, senti minha calcinha umedecer.

Reparei então que eu estava excitada apenas em dançar com aquele homem, sentia uma quentura que emanava em meu corpo, meus hormônios afloravam pelos meus poros estava até surpreendida de minha reação, pois nunca havia me excitado tanto com alguém a exceção de meu marido, com certeza era efeito do vinho ou seria porque depois de seis semanas sem sexo meu corpo desejava, claro que as bebidas tinham contribuído muito, e quando dançávamos ele com o braço ao redor de meu corpo e começou a alisar discretamente minhas nádegas sentia que sua ereção estava cada vez maior a pressionar entre minhas pernas, no estado em que eu estava fiquei a imaginar como era sentir aquela coisa no meio de minhas pernas senti aquele volume nada discreto, porém tive que deixar de fantasiar quando a música havia terminado, isso me colocou de volta os pés no chão eu era uma mulher casada e já era tarde, e que deveria ir para casa enquanto eu ainda estava no controle falei a ele que precisava ir e que ia chamar um táxi, disse-me que eu não preocupasse que me levaria, aceitei e saímos dali.

No caminho ele propositalmente foi até o hotel que estava hospedado alegando que esqueceu o celular e tinha que pegar seu celular estava em seu quarto perguntou se eu não me importava eu disse que não, então quando chegou lá deixou o carro na frente e me disse que para eu não ficar sozinha ali na portaria que eu poderia subir também se quisesse lhe disse que seria prudente para uma mulher casada, entretanto ele colocou a mão em meu ombro e me disse somos meio primos fica tranquila, assim que aceitei inocentemente e fomos a seu quarto, uma vez la dentro, Fernando abriu a geladeira pegou uma cerveja long net pra cada um, eu a principio recusei mas ele insistiu acabei aceitando, tudo isso pretexto pra que demorássemos mais ali, me surpreendi quando me abraçou por trás e beijou meu pescoço, me virei pra protestar mas ele surpreendendo-me colou sua boca a minha, apesar de eu tentar afasta-lo seus lábios colados aos meus mesmo sabendo que eu não deveria abri minha levemente boca e me entreguei.

Senti sua língua invadir minha boca seu abraço forte me envolver enquanto acariciava minha bunda, eu estava zonza mas sabia que teria que parar, me separei interrompendo o beijo e lembrando a ele que era uma mulher casada, ele então envolveu-me num abraço e sussurrou em meu ouvido que era impossível para ele controlar-se diante de uma mulher tão belamente sexy, eu lhe disse que não era insensível que ele mexia sim comigo e que também tinha desejos mas era casada e pior era com o primo dele, não poderia jamais deixar-me levar por meus impulsos. em vez dele parar sua atitude foi a de me beijar, novamente, eu estava a ponto de interromper novamente nosso beijo, quando ele começou a acariciar suavemente meu seio através do suave tecido de meu vestido, senti meus joelhos tremerem, pensei que aproveitaria só uns momentos e depois eu iria embora, imaginei que eu conseguiria controlar meus impulsos e desejos na hora que eu quisesse eu pararia, mas ele me tratava com tanta gentileza que foi vencendo minhas defesas aos poucos, apesar de tudo ainda tentei me convencer que seriam apenas caricias inofensivas, alem do que meu marido nunca saberia, eu estava me sentindo tão nas nuvens que me permiti continuar aquela sacanagem colegial, porque aquele homem era magnifico, a essa altura do campeonato eu já não estava mais no controle

como eu achava que estaria foi quando afastou os laços que prendiam meu vestido em meus ombros, meu vestido caiu ao chão expondo meus seios me deixando apenas com minha pequena calcinha, começou a lamber, a chupar meus seios, nesse momento minhas defesas naturais já estavam todas vencidas, eu já estava totalmente entregue aos meus desejos carnais, não podia crer no que eu estava fazendo, eu iria trair meu marido pela primeira vez, minha mente estava confusa, meus joelhos tremiam de emoção tanto que tive que sentar-me sobre a cama, e ele do meu lado não parava as caricias, era uma emoção tão apaixonante e tão gostosa, o fato de estar sendo acariciada por alguém que não era meu marido era o seu primo que acariciava meus seios, minha pele, minhas coxas, estava tão excitante que eu esqueci do meu marido e já não queria mais parar, nos deitamos na cama e comecei a sentir sua mão acariciando minha coxa, logo começou a acariciar minha buceta sobre minha calcinha, aquele contato direto fez a minha adrenalina subir, era tudo que eu desejava... gemi... suas mãos separaram mais minhas pernas afastou o tecido de minha calcinha para o lado e começou a brincar com meu clitóris sentia seus dedos a tentar invadir minha apertada buceta... dei mais um gemido.... foi então que de repente me bateu uma crise de consciência quando me dei conta de que inevitavelmente iria transar com ele, tentei num ultimo esforço desesperado como quem está se afogando, um ultimo respiro antes de se entregar, então desesperadamente sussurrei "Fernando... por favor escuta-me....temos que parar... eu não deveria estar aqui" mas ele sem falar nada colocou a mão em minha boca ... e desceu beijando minha barriga até chegar a minha gruta, minha buceta piscava, quando ele colocou a barra da calcinha de lado e chegou ao meu clitóris me desesperei..AAAIII.. ele estava mamando minha buceta... então finalmente foi para arrancar minha calcinha... tentei detê-lo... mas ele me disse que eu não me preocupasse porque ninguém saberia, então levantei minha bunda para facilitar e deixei que terminasse de tirar minha calcinha, levou sua boca ao meu ventre e começou lentamente a beijar e lamber ao redor de meus lábios vaginais e meu clitóris continuando a beliscar meus seios. Estava tão excitada, era tudo o que imaginava que seria, ele sabia o que fazer e como fazer com uma mulher, tive então meu primeiro orgasmo, e gemia em voz alta,

Nem percebi quando ele se despiu e se colocou entre minhas pernas, só fui dar por mim quando senti algo duro fazendo contato com meus lábios vaginais, abri os olhos, ele estava dirigindo seu enorme cacete dentro de meus lábios vaginais, era muito grande e grosso, fechei as pernas na hora e tentei empurra-lo, me desesperei porque estava em dias férteis e ele estava sem camisinha, quase chorei de desespero, eu falei por favor você tem camisinha??? Ele riu e falou camisinha de onde?? Ele não queria saber de nada tal era o estado de excitação, então sem dó começou empurrar aquela coisa enorme pra dentro de minha buceta.... .....Nãooo... por favor...pare...eu não posso!!!Eu não estou protegida!!!, se você quiser eu chupo até você gozar n a minha boca mas dentro da buceta não, sua resposta me surpreendeu. ---fica tranquila prometo que gozo fora...mas por favor...tenho que colocar dentro de você nem que por alguns minutos... eu mantinha minhas pernas fechadas tentando trava-la, mas ele forçou a penetração... continuei implorando ... Não...por favor...!!! Tentei fechar as pernas e mantê-las juntas, porém já era tarde, eu estava tão lubrificada que ele não teve dificuldade para enfiar aquela vara se não tudo pelo menos a metade apesar das minhas pernas fechada, aquele membro foi entrando facilmente em meus lábios vaginais ao mesmo tempo que entrava meio forçado massageava meu clitóris então fui traída pelo meu corpo, meu quadril começou a mover-se aos poucos fui abrindo e liberando as pernas que

já não estavam mais fechada, não tive como reagir, ele era bem forte e me subjugou colocou minhas pernas em seus ombros e enfiou aquela vara em mim tão facilmente, eu já não falava, apenas gemia e chorava baixinho, fui sentindo cada centímetro entrando até me penetrar por completo, só ficou as bolas de fora, eu já nem protestava mais até que senti sua enorme pica tocar meu útero, isso provocou em mim um multi orgasmo, sempre pensei que não existiam, porém agora estava sentindo aquelas ondas de calor invadir minhas entranhas e não parecia ter fim, quando me recuperei notei que minha buceta havia se ajustado aquela imensa ferramenta, entrava e saia dentro de mim. esqueci todo e qualquer pensamento sobre meu marido e que eu estava em dias ferteis, naquele momento eu estava no papel de uma amante com um amante, e com um pau desproporcional dentro de mim, meu corpo finalmente tinha o que havia esperado por toda noite, gemia cada vez que ele golpeava dentro de mim, não poderia fazer oposição ao grande prazer que seu enorme pau me dava. Era fantasticamente delicioso, tinha algo proibido dentro de mim, e de um tamanho fora dos padrões eu estava no auge do clímax aquele pau invadindo-me eu estava prestes a gozar novamente, Ele então começou a empurrar mais forte, sentia seu pau pulsar dentro de mim, ele estava quase ejaculando, pedi pra ele não ejacular dentro, mas foi em vão ele não se controlou e gozou dentro, então senti..., a sensação que havia desejado a semanas, seu corpo inteiro convulsionava-se sobre mim, sentia a ponta de seu cacete em meu útero, gemeu em voz alta e senti o primeiro jato de seu sêmen profundamente dentro de mim...Meu Deus....ele não tirou fora..minha sensação era de prazer e ao mesmo tempo terror absoluto, tentei empurra-lo fora de mim, suas mãos forçavam as minhas por sobre minha cabeça imobilizando-me e sentia toda força e intensidade de seu orgasmo, me surpreendeu, quando meu marido goza dentro de mim somente saem uma ejaculada e fim, porém poderia sentir literalmente seu quente esperma dentro de mim explodindo em meu útero, naquele momento não podia e nem queria pedir a ele que tirasse pois eu já estava gozando novamente...foi maravilhoso, minhas pernas cruzaram seu quadril, Eu estava literalmente Fodida...nos dois sentidos minha buceta que

estava inchada, os poucos pelos pubianos que eu tinha estavam melados de esperma, meus seios estavam marcados das chupadas dele, porém eu estava satisfeitíssima era pecado, era proibido mas jamais eu tinha tido uma experiencia tão prazerosa assim.minha buceta estava tão aberta que fiquei a imaginar se voltaria ao estado normal. depois ficamos uma meia hora namorando na cama pior que aceitei sua vara e aceitei seus carinhos também ele me beijava tocava meu corpo e eu achava delicioso seu toque, me levantei estava na hora de ir pra casa mas eu sabia que não poderia ir a minha casa naquela situação, entrei na ducha com o cuidado de não molhar os cabelos e me limpei o máximo que pude, quando acabei sai do banheiro e vi ele esparramado na cama com aquele maravilhoso pênis já relaxado sobre seu abdômen coloquei meu vestido, vesti minha calcinha, peguei um táxi e durante o regresso a casa ainda sentia minha na calcinha resíduos de seu semem, estava me sentindo suja e ao mesmo tempo excitada só de pensar no que eu havia feito, no trajeto eu pedi pra o motorista parar numa farmácia onde comprei uma pilula do dia seguinte e tomei para evitar justamente uma gravidez de outro homem

Quando cheguei em casa, Luis, meu marido dormia, me despi, coloquei um camisão que cobriam bem meus seios marcados pela boca de Fernando, coloquei outra calcinha limpa e deitei-me ao lado de meu marido. Luis acordou na penumbra de nosso quarto, tentou me fazer carinho, mas eu disse que estava me sentindo um pouco cansada da festa, eu não poderia deixar me possuir porque fatalmente descobriria minha buceta aberta e ainda com resíduos de semem, ele tb deveria estar cansado porque virou para o outro lado e dormiu.

Na manhã seguinte quando meu marido foi trabalhar, a pilula do dia seguinte fez efeito, sangrei como uma menstruação antecipada, felizmente não engravidei nessa aventura como eu explicaria ao meu marido, eu não teria coragem de encara-lo, alisa fiquei sentindo-me culpada por um bom tempo, mas agora já passou e pra mim não passa de um sonho que ficou pra traz, essa foi a primeira e a unica vez que trai meu marido, depois disso passado alguns anos eu tive um lindo menino.... do meu marido mesmo


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario apeduardo

apeduardo Comentou em 02/09/2015

delicia de conto, literalmente uma grande aventura. uma mulher intensa, sendo subjugada pelos desejos e delirios. Mas não acredito que o filho de voces seja de seu esposo, conte a verdade. Voce não será a primeira e nem a última mulher a ter um filho que não é do seu marido, conte pra gente, confesse mais essa infidelidade. Parabens pelo conto, adorei. Visite minha pagina, vai gostar dos contos

foto perfil usuario grego970

grego970 Comentou em 01/09/2015

Delícia de conto hein...adorei e votei!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


42070 - meu primeiro trabalho, e que trabalho - Categoria: Heterosexual - Votos: 23
43626 - Meu padrasto e seu amigo me arrombaram - Categoria: Incesto - Votos: 31
43628 - Fui arrombada por tres amigos na ca de praia - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 16
43629 - Meu chefe me arrombou - Categoria: Heterosexual - Votos: 14
43630 - Rapinha na hora do almoço - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
43739 - mas um dia de xuva c meu patrao - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
43910 - Dando de mmar no metro - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 15
43911 - Traindo meu marido com meu patrao - Categoria: Heterosexual - Votos: 21
43913 - Meu tio meu marido - Categoria: Incesto - Votos: 8
43915 - Fui ao estadio puta e voltei gravida - Categoria: Heterosexual - Votos: 14
44567 - Pedreiro amante fiel - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
49108 - o chefe do meu marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
49496 - Despedida de solteira e uma gravidez - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
62917 - Tesao pelo irmao - Categoria: Incesto - Votos: 8
62955 - Dando para o chefe - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
63898 - Meu marido não quis minha bunda, dei pro vizinho - Categoria: Traição/Corno - Votos: 34
63900 - Estocada na entrevista de emprego - Categoria: Heterosexual - Votos: 20
70068 - Empregada, patrao e o marido corno - Categoria: Traição/Corno - Votos: 34
70102 - quando engravidei do meu cunhado - Categoria: Incesto - Votos: 8
70103 - transei com meu cunhado e acabei engravidando dele - Categoria: Incesto - Votos: 9
70105 - meu ex padrasto - Categoria: Incesto - Votos: 4
70107 - apaixonada pelo meu padrasto - Categoria: Incesto - Votos: 5
70136 - engravidei do meu sogro - Categoria: Incesto - Votos: 13
70146 - ligeiramente gravida - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
70162 - Transei c o chefe do meu marido para ser promovido - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
70171 - feliz por ter traido meu marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
70215 - meu sogro me transformou em putinha - Categoria: Incesto - Votos: 10
73206 - estou gravida do meu pai - Categoria: Incesto - Votos: 11
73207 - Pai tarado - Categoria: Incesto - Votos: 17
73514 - Amante do pastor - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
74311 - SAI PARA CAMINHAR NO PARQUE E ENCONTREI UM JOVEM Q - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
74314 - meu padrasto m come - Categoria: Incesto - Votos: 22
74316 - Perdi a noção do perigo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 31
81628 - Chupei o pastor e fui enrabada - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
81629 - Chupei três velhinhos da minha igreja e dei o cuzi - Categoria: Coroas - Votos: 9
81630 - Meu primo e meu irmao no sofa - Categoria: Incesto - Votos: 6
81631 - quando chupei meu professor - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
81632 - Meu sogro precisava e dei com amor - Categoria: Incesto - Votos: 16
81679 - O filho nao deu conta, mas meu sogro me fodi - Categoria: Incesto - Votos: 14
81690 - Meu pai tarado - Categoria: Incesto - Votos: 10
83093 - comida pelo pai da amiga - Categoria: Coroas - Votos: 9
83109 - Dormi na virgilia e o pastor me comeu - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
83115 - meu padrasto me chupou no aviao - Categoria: Incesto - Votos: 3
83116 - Dando para o padrasto da minha amiga - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
83261 - meu sogro tinha um pauzao e agora é meu macho - Categoria: Incesto - Votos: 16
86755 - Transei com meu pai de criação - Categoria: Incesto - Votos: 6
86758 - Meu tio tirou meu cabaço - Categoria: Incesto - Votos: 7
90557 - engravidei do meu tio - Categoria: Incesto - Votos: 5
90566 - engravidei do meu tio - Categoria: Incesto - Votos: 4
90710 - não sei se o filho é do meu namorado ou do meu pri - Categoria: Incesto - Votos: 6
90712 - meu ginecologista me comeu no seu consultório - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
91029 - dei no ônibus da excursão - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
91469 - caindo na picanha do pedreiro - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
91473 - esposa crente e o pastor safado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20
91474 - era pra ser só um encontro de jovens no sitio do p - Categoria: Coroas - Votos: 6
91631 - meu sogro é o pai dos meus filhos - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
91640 - meu sogro um homem saciavel - Categoria: Incesto - Votos: 10
91643 - meu sogro me ensinou a ser puta - Categoria: Incesto - Votos: 11
91752 - na ausência do marido dei pro vizinho - Categoria: Traição/Corno - Votos: 32
91841 - meu noivo não sabe - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
92347 - meu patrão me comeu de 4 em cima de sua mesa - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
92895 - Paibebado e filha tarada - Categoria: Incesto - Votos: 9
93492 - fudida pelo meu tio na piscina - Categoria: Incesto - Votos: 4
93495 - meu cunhado m comeu no mato - Categoria: Incesto - Votos: 7
94881 - meu pai e eu no aeroporto - Categoria: Incesto - Votos: 8
94882 - meu irmao meu amante - Categoria: Incesto - Votos: 12

Ficha do conto

Foto Perfil thataradinharj
tharada

Nome do conto:
o primo do meu marido

Codigo do conto:
70139

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
31/08/2015

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eroticos meu sogro se acidentou de moto e eu transei com elesogra gordinha nuaporno incesto. Me chantagearo tomei no cú por usar minha calcinha curtachupando rola no chop eexibindo o bucetao no meio de todo mundoWww contos erotico a madrinha gostosa e o afilhado pirocudo.com.org.conto Erotik padastroConto erotico pivete pintudo com gostosaconto erotico taradocontos eroticos com travesti do pau grandecontos eroticos comendo a vizinha e o marido olhandoporno gay virando femiaMinha vó bundudacomi a melhor amiga da minha mae vai mete seu puto cotos eroticoxvideos dormiuporno gay hq mendigoContos eróticos adoro da meu cu escondida do meu maridoconto erotico pau enorme e grossocontos mia mulhezinha arumou u amate muito bemdotado ela gemi muito na rolona dele contoscontos erotico meu filho e amigoscontos eróticos o meu tio picudo arrombou o cabaço da minha namoradaconto de não aguentei a pica grande no meu cu apertadoVovôs peludos cacetudos nusnegão pelado da Biquinhaabsorvente pornver menina novinhagordinhas fodendocontos gay brendonminha prima me vestio com a roupa dela e me comeurelatos de gey dano o cumulher bududa lavado opaminhaesposagostosacontos eróticos de brigas e reconciliaçãocontos com fotos esposas loba de cornocontos reais de mães meu filho me comeuconto tenho pintelhos nas cuequinhas de rendacontos evangelicas sendo abusadas em coletivoscomeram e arregacaram a buceta da minha namorada contomeu padrasto me assedia sexualmentecontos de incesto iniciandoconto erotico esposa cavala fudeno com seu irmãoincesto veridico mae cinquetona filho conto fotocontos eróticos de tia gostosa dormindo de conchinha sobrinhocontos casada encoxada no chou perto do maridoconto gay irmaos gemendo no pirocao do irmao c fotocontos de sexo anal com a minha cunhadinhacomo comi a mana virgem contoconto. erotico. meu. irmaolzinho. dormiu. na. minha. camatesao de mulata contoscontos eroticos violentada na pescariasobrinha contocontos meu amigo pauzudocontos veridico mulher casada fode com um deficientecaguei no pau contoscontos esposa da cu travesti pissudoporno hq negaoconto erotico a forçaminha mae incestoConto erotico/coroa caronistacontos eróticos minha enteada e uma putinha2017conto fudendo crossdesserdei a xana de graca contos eroticoscontos erotico-você me dominagosadas inmensa espixadasmorena boa semana com amizade com entregador ele come ele a forca pornoContos erotico com fotos menageporno contos eroticos mae do amigocontos eróticos meu primo comeu minha b***** no carroconto erotico corno virtual comi a mulher do meu amigo no meu aniversário no banhero ela mi deu o presenteconto porno infanciagozando na mamae quadrinhocontos de bixinhas safadas peerdendo cabacoContos érotico de visinhas vigensWww.bucetabraquinha.com.brquero ver cabacinnha gemer de tesaosendo