Tarados do Presidío

Click to this video!


Após alguns anos vivendo a margem da lei, foi preciso acontecer esse fato em minha vida, para reconhecer que o delito não compensa, e hoje em dia sou outro homem, e não quero jamais voltar a ser preso. O fato é que naquela época praticava algumas infrações e gastava o lucro em pouco tempo, sempre procurava dar tudo de melhor a minha esposa, carros, jóias, pois ela é uma mulher muito vaidosa e também muito gostosa, seios médios, bunda grande e coxas grosas. Apesar do seu corpo perfeito, gastei muito dinheiro com cirurgias plásticas para deixa-la a cada dia um espetáculo só para mim. Até que um dia a casa caiu para mim, e quando menos esperava, já estava dentro de um presídio, dividindo uma cela com três indivíduos de uma facção criminosa. A vida ali não foi fácil, pois os novatos eram espancados e até molestados se não pagassem por proteção lá dentro. E deixei apenas um pouco de dinheiro com minha esposa, minha situação estava difícil, pois os caras começaram a me cobrar dinheiro para eu não ser perturbado pelos outros detentos. No inicio falei que não tinha, mas com o passar dos dias comecei a ser espancado por eles, até que resolvi ligar e pedi a minha esposa que desse um jeito de me trazer algum dinheiro, pois corria risco de vida. E no dia da visita, ela compareceu e me disse que estava tentando trabalhar para ganhar algum dinheiro, e não tinha nada no momento, na hora fiquei perturbado, mas não havia o que fazer, e quando terminou a visita, voltei para cela e expliquei a eles. Os caras disseram que aquilo não era desculpa, e me falaram que tinham visto uma mulher muito gostosa comigo, e perguntaram quem era, eu disse que era minha esposa e ela também não tinha dinheiro, foi então que eles falaram, que havia sim outra forma de pagamento, e no dia da visita intima, ela iria dar um pouco de prazer a eles. Nessa hora pedi calma, e disse que ela iria conseguir o dinheiro para eles, mas eles disseram que era tarde, e que mulher também fazia falta ali, e que eles iriam trata-la com muito carinho. Tentei argumentar outras coisas, mas em seguida levei uma baita sura que fiquei acamado o dia inteiro. No outro dia liguei para minha esposa, e chorando lhe contei tudo, e para não assustá-la, falei que seria apenas um. Ela disse que por tudo que eu havia feito por ela em nosso casamento, não tinha outro jeito, e ela iria fazer esse sacrifício por mim, então lhe pedi para trazer algumas camisinhas e um gel lubrificante, e ela deveria dizer que seria para segurança dele, pois ela estava muito doente. Chegou o dia da visita, e enquanto alguns familiares estavam no pátio, algumas mulheres entravam nas galerias da visita intima. Nas grandes lençóis eram colocados para servir de cortina, e os três filhos da puta já estavam lá dentro esperando ela. Minha esposa mesmo usando um vestido longo, não escondia o quanto era gostosa, e antes dela entrar comecei a chorar e pedi a ela para não fazer aquilo, pois havia três e não um, mas ela pediu para me controlar que final estaria tudo bem, então a deixei entrar e fiquei do lado de fora olhando por uma pequena fenda no lençol. Ela falou para eles usar camisinha, pois ela estava doente, mas os filhos da puta disseram que não tinha problema, que seria sem camisinha mesmo. Ela estava em pé e os cara lhe cercaram e começaram os três a lhe beijar, e passando as mãos em todo seu corpo, e rapidamente começaram a tirar sua roupa e continuaram com o passar de língua, um na bunda, outro na buceta e outro em seus mamilos. Em seguida, a deitaram na cama e abriram suas pernas, e enquanto um chupava loucamente sua buceta, outra agarrava e chupava seu mamilos, o terceiro se posicionou próximo a sua cabeça e mandou ela abrir a boca e enfiou aquele pau garganta a dentro, pareciam loucos e não paravam em nenhum momento, até que um deitou sobre e ela e começou a lhe penetrar, e os outros ficaram revezado em sua boca e seios, quando o que estava em cima gozou, saiu e foi a vez do segundo, que não demorou para gozar dentro dela, até que chegou a vez do terceiro, o mais avantajado, ele deitou sobre ela, e mesmo toda lambuzada de esperma, teve que se contorcer todinha para receber o cacete dele, e novamente mais esperma foi deixado ali. Foi então que a levantaram e um se deitou no colhão e pediu para ela deitar sobre ele, ela abriu as pernas, e após sentar em sua pica, ele com as mãos ficou abrindo intensamente suas nádegas, enquanto outro já se posicionava atrás dela, e passando um pouco de lubrificante da cabeça do pau, foi forçando a entrada. Ela se contorcia toda, mas devido o debaixo abrir suas nádegas, facilitou um pouco e ela foi recebendo o segundo cacete. O o terceiro que era o mais pirocudo, botou aquilo na boca dela que recebia apenas a metade, eu não sei se nessa hora eles gozaram nela, o que sei é que nenhum pau ficava mole, e eles não deixavam ela em paz. Quando o carcereiro veio e falou que faltava cinco minutos para terminar a visita, o mais avantajado mandou os outros saírem de cima e disse que queria comer o cuzinho dela, ela disse que não aguentaria e ameaçou gritar ali, porém ele disse que se não deixasse comeria na cela o meu, então ela se virou de lado e pediu para ele colocar devagar, ele deitou também de lado e abrindo suas nádegas foi gravando aquele mastro nela, ela mordia o lençol mas ele gostava de ouvir seu choro e não tinha piedade, socou até o saco, ele a abraçava fazendo um vai e vem, até ficar mais acelerado e gozar feito um jumento. Eu não sabia o que falar quando ela saísse, estava transtornado, e os filhos da puta começaram a sair falaram que a divida estava paga por enquanto, mas haveria outros pagamentos. Ela colocou a roupa e quando saiu eu a abraçei, e ela falou que tinha que ser assim para minha segurança, ela ia ficar bem e logo foi embora, voltei a cela e pensava alguma forma de me vingar deles, mas não havia o que fazer ali. E naquele tempo em que fiquei preso, minha esposa não conseguiu trabalhar, e o jeito de pagar as outras dividas, foi ela fazer novamente outras visitas ao presídio.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


44787 - Estrada Escura I - Categoria: Interrraciais - Votos: 4
44788 - Estrada Escura II - Categoria: Interrraciais - Votos: 6
45721 - NOITE NO ACAMPAMENTO I - Categoria: Interrraciais - Votos: 7
45722 - NOITE NO ACAMAPAMENTO II - Categoria: Interrraciais - Votos: 6
68626 - Apertada no Busão - Categoria: Fantasias - Votos: 3
68685 - Apertada no Busão II - Categoria: Fantasias - Votos: 3
68710 - Aconteceu em uma rua em Fortaleza - Categoria: Interrraciais - Votos: 1
68874 - Um Lobo Velho e Safafo - Categoria: Interrraciais - Votos: 3
69019 - Chocolate na Boleia do Caminhão - Categoria: Interrraciais - Votos: 3
69247 - Conhecendo a Praia de Nudismo - Categoria: Interrraciais - Votos: 5
69417 - Sogra Gostosa, Genro Feliz - Categoria: Coroas - Votos: 9
69422 - Culpado foi a cachaça - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
69470 - Sanduiche de Esposa - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 8
69606 - Conseguindo um emprego - Categoria: Interrraciais - Votos: 2
69658 - Gosto da mulher, e também da Sogra - Categoria: Coroas - Votos: 4
69791 - Funcionária Excepcional - Categoria: Interrraciais - Votos: 4
69811 - Uma Loba no Acampamento - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10
69894 - Começou na Praia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
69897 - Adorei a Berinjela - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
70022 - Albergue para Caminhoneiros - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
70179 - O Colega do Táxi - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
83631 - Nosso amigo cinquentão I - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
83710 - Nosso amigo cinquentão II - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
84020 - Marido à noite, Pedreiro de dia I - Categoria: Fantasias - Votos: 2
84061 - Marido à noite, Pedreiro de dia II - Categoria: Fantasias - Votos: 0
84282 - Marido à Noite, Pedreiro de dia III - Categoria: Fantasias - Votos: 3
101622 - Minha Fantasia com o Sr. Mano - Categoria: Interrraciais - Votos: 0
101630 - Minha Fantasia com o Sr. Mano II - Categoria: Interrraciais - Votos: 3

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico Siberiano

Nome do conto:
Tarados do Presidío

Codigo do conto:
69352

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
14/08/2015

Quant.de Votos:
5

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eroticos novinha espiando seus tios transaremcorno negro hq esposaminha patroa velha me deu o cu sem eu. querer conto eroticoContos eroticos meu marido levou varios homens para dividirmos as porras delespai e filho tomando banho jumto de pau durohentais pornorelatos esposa metendo eo corno dormindoconto herotico.novinha e coroameu irmão me engravidou contos eróticoscontos eroticos cunhado nao faz isso aiaiaiiiicasa dos contos trai minha mulher dandofilho fazendo massagem-contocontos de prima safadinhacontoeroticodfcontos eroticos guardetes noturna trepandosexo casada infiel caiu na labia do amigocontos pai estrupa e rasga cu de filho pequenocontos eroticos gay sendo estuprado por taradosquadrinhos eroticos dona de casa virou putafazendo minha esposa da para o uber contos eroticos quadrinho erotico entao negra e mulata dando o cucamioneiro gay malandro fotocontos eroticos categoria empregada dfporno em quatrinho o prefeitocontos evangelicas sendo abusadas em coletivosver desenho animado gratis porno brancade neveconto gaguei mas gostei de dar o cuporno perdendo o cabasoxvideos medico pau de jumento fodecasadafragante na.esposa no barzinho contos eróticosporno gay em quadrinnhos Conto Incesto Meu Irmaomamae tem sonhos eroticos e acorda o filho com uma chupadaminha mulher é puta contos e relatosconto mae pelada na piscinacontos eroticos os filhos do meu pai me fuderamconto erotico gay imperadorcontoincesto e traiçao com fotocontos camioneros fudeno.com.brquadrinhos eroticos estrupada por negroconto erótico incerto padrasto pervetidobdsm hqs violentadascontos eroticos desde de novinho adoro me vestir de mulherContos ensinando a dirigir enteada pornovideos de sexo de gugagutoconto erotico gay pai também não resistiu ao filho safadinhoFotonovela porno da esposa com o vizinhohistórias em quadrinhos acampando com o vizinho safadoconto erótico bebadovovô chuupando netinhoq u a d r i n h o t r a n s a lanterna samba pornô por tu amorxvideis 2017comi a minha tiacontos eroticos uma doce de cunhadacontos eroticos me amarraram e comeram na obracontos eroticos objeto no cuconto trai 3 percebeu larga contei perdou cornoQuadrinhos eróticos Mãe e filhorajahentaicontos eroticos gay titioconto erotico patriciaprofessora conto eroticoconto erotico garotosexo bizarro zoofilia Contos animais e tigresdechorei na vara do meu vizinho contoenfiado legumes contos eroticoConto erotico. Supositoriotransei com minha sogra quentefotos coroas cu arrrgacadosregaso imtiada xvidioSobrinha pagando no pau do tio. Taradinhacontos eroticos com hupadas e amadadConto eroticos de carnaval 2017 dando o cu na foliadei o cuzinho bem gostoso contosCONTOS EROTICO CHANTAGEANDOcontoerotico so.no.bumbum tiaconto erotico com engenheiro bicontos eroticos engravideiconto sexo aiii uiii rasga mete aiii proibidocontos eroticos gravida de outrosexo com padrasto e seu amigo contos voce e meu tio nao posso dar a bucetacuzuda com celulite babadaContoseroticos no metrôporno de mãe e filho me fode quero ficar gravidafarra com a esposa do amigo contocomic cartoon black and white porncontos eroticos verdadeiros meu esposo levando amigo pra me fuder enquanto eu dormia sem eu saberconto erotico tirando o atraso da tia e da maecoroaconto cu dopadaAgora foi a vez do titio luiz me foder. Conto eróticoprezidiario cumeu mulher casada a força dentro do prezidio comtos eroticocontos eroticos reais boqueteira viciadazoofelia com cazaisMinha namorada me comeu strapon contosporno pai ama filho gaysm u lhergostosaContos gay negro