Tarados do Presidío

Click to this video!


Após alguns anos vivendo a margem da lei, foi preciso acontecer esse fato em minha vida, para reconhecer que o delito não compensa, e hoje em dia sou outro homem, e não quero jamais voltar a ser preso. O fato é que naquela época praticava algumas infrações e gastava o lucro em pouco tempo, sempre procurava dar tudo de melhor a minha esposa, carros, jóias, pois ela é uma mulher muito vaidosa e também muito gostosa, seios médios, bunda grande e coxas grosas. Apesar do seu corpo perfeito, gastei muito dinheiro com cirurgias plásticas para deixa-la a cada dia um espetáculo só para mim. Até que um dia a casa caiu para mim, e quando menos esperava, já estava dentro de um presídio, dividindo uma cela com três indivíduos de uma facção criminosa. A vida ali não foi fácil, pois os novatos eram espancados e até molestados se não pagassem por proteção lá dentro. E deixei apenas um pouco de dinheiro com minha esposa, minha situação estava difícil, pois os caras começaram a me cobrar dinheiro para eu não ser perturbado pelos outros detentos. No inicio falei que não tinha, mas com o passar dos dias comecei a ser espancado por eles, até que resolvi ligar e pedi a minha esposa que desse um jeito de me trazer algum dinheiro, pois corria risco de vida. E no dia da visita, ela compareceu e me disse que estava tentando trabalhar para ganhar algum dinheiro, e não tinha nada no momento, na hora fiquei perturbado, mas não havia o que fazer, e quando terminou a visita, voltei para cela e expliquei a eles. Os caras disseram que aquilo não era desculpa, e me falaram que tinham visto uma mulher muito gostosa comigo, e perguntaram quem era, eu disse que era minha esposa e ela também não tinha dinheiro, foi então que eles falaram, que havia sim outra forma de pagamento, e no dia da visita intima, ela iria dar um pouco de prazer a eles. Nessa hora pedi calma, e disse que ela iria conseguir o dinheiro para eles, mas eles disseram que era tarde, e que mulher também fazia falta ali, e que eles iriam trata-la com muito carinho. Tentei argumentar outras coisas, mas em seguida levei uma baita sura que fiquei acamado o dia inteiro. No outro dia liguei para minha esposa, e chorando lhe contei tudo, e para não assustá-la, falei que seria apenas um. Ela disse que por tudo que eu havia feito por ela em nosso casamento, não tinha outro jeito, e ela iria fazer esse sacrifício por mim, então lhe pedi para trazer algumas camisinhas e um gel lubrificante, e ela deveria dizer que seria para segurança dele, pois ela estava muito doente. Chegou o dia da visita, e enquanto alguns familiares estavam no pátio, algumas mulheres entravam nas galerias da visita intima. Nas grandes lençóis eram colocados para servir de cortina, e os três filhos da puta já estavam lá dentro esperando ela. Minha esposa mesmo usando um vestido longo, não escondia o quanto era gostosa, e antes dela entrar comecei a chorar e pedi a ela para não fazer aquilo, pois havia três e não um, mas ela pediu para me controlar que final estaria tudo bem, então a deixei entrar e fiquei do lado de fora olhando por uma pequena fenda no lençol. Ela falou para eles usar camisinha, pois ela estava doente, mas os filhos da puta disseram que não tinha problema, que seria sem camisinha mesmo. Ela estava em pé e os cara lhe cercaram e começaram os três a lhe beijar, e passando as mãos em todo seu corpo, e rapidamente começaram a tirar sua roupa e continuaram com o passar de língua, um na bunda, outro na buceta e outro em seus mamilos. Em seguida, a deitaram na cama e abriram suas pernas, e enquanto um chupava loucamente sua buceta, outra agarrava e chupava seu mamilos, o terceiro se posicionou próximo a sua cabeça e mandou ela abrir a boca e enfiou aquele pau garganta a dentro, pareciam loucos e não paravam em nenhum momento, até que um deitou sobre e ela e começou a lhe penetrar, e os outros ficaram revezado em sua boca e seios, quando o que estava em cima gozou, saiu e foi a vez do segundo, que não demorou para gozar dentro dela, até que chegou a vez do terceiro, o mais avantajado, ele deitou sobre ela, e mesmo toda lambuzada de esperma, teve que se contorcer todinha para receber o cacete dele, e novamente mais esperma foi deixado ali. Foi então que a levantaram e um se deitou no colhão e pediu para ela deitar sobre ele, ela abriu as pernas, e após sentar em sua pica, ele com as mãos ficou abrindo intensamente suas nádegas, enquanto outro já se posicionava atrás dela, e passando um pouco de lubrificante da cabeça do pau, foi forçando a entrada. Ela se contorcia toda, mas devido o debaixo abrir suas nádegas, facilitou um pouco e ela foi recebendo o segundo cacete. O o terceiro que era o mais pirocudo, botou aquilo na boca dela que recebia apenas a metade, eu não sei se nessa hora eles gozaram nela, o que sei é que nenhum pau ficava mole, e eles não deixavam ela em paz. Quando o carcereiro veio e falou que faltava cinco minutos para terminar a visita, o mais avantajado mandou os outros saírem de cima e disse que queria comer o cuzinho dela, ela disse que não aguentaria e ameaçou gritar ali, porém ele disse que se não deixasse comeria na cela o meu, então ela se virou de lado e pediu para ele colocar devagar, ele deitou também de lado e abrindo suas nádegas foi gravando aquele mastro nela, ela mordia o lençol mas ele gostava de ouvir seu choro e não tinha piedade, socou até o saco, ele a abraçava fazendo um vai e vem, até ficar mais acelerado e gozar feito um jumento. Eu não sabia o que falar quando ela saísse, estava transtornado, e os filhos da puta começaram a sair falaram que a divida estava paga por enquanto, mas haveria outros pagamentos. Ela colocou a roupa e quando saiu eu a abraçei, e ela falou que tinha que ser assim para minha segurança, ela ia ficar bem e logo foi embora, voltei a cela e pensava alguma forma de me vingar deles, mas não havia o que fazer ali. E naquele tempo em que fiquei preso, minha esposa não conseguiu trabalhar, e o jeito de pagar as outras dividas, foi ela fazer novamente outras visitas ao presídio.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


44787 - Estrada Escura I - Categoria: Interrraciais - Votos: 4
44788 - Estrada Escura II - Categoria: Interrraciais - Votos: 6
45721 - NOITE NO ACAMPAMENTO I - Categoria: Interrraciais - Votos: 7
45722 - NOITE NO ACAMAPAMENTO II - Categoria: Interrraciais - Votos: 6
68626 - Apertada no Busão - Categoria: Fantasias - Votos: 3
68685 - Apertada no Busão II - Categoria: Fantasias - Votos: 3
68710 - Aconteceu em uma rua em Fortaleza - Categoria: Interrraciais - Votos: 1
68874 - Um Lobo Velho e Safafo - Categoria: Interrraciais - Votos: 3
69019 - Chocolate na Boleia do Caminhão - Categoria: Interrraciais - Votos: 3
69247 - Conhecendo a Praia de Nudismo - Categoria: Interrraciais - Votos: 5
69417 - Sogra Gostosa, Genro Feliz - Categoria: Coroas - Votos: 9
69422 - Culpado foi a cachaça - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
69470 - Sanduiche de Esposa - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 8
69606 - Conseguindo um emprego - Categoria: Interrraciais - Votos: 2
69658 - Gosto da mulher, e também da Sogra - Categoria: Coroas - Votos: 4
69791 - Funcionária Excepcional - Categoria: Interrraciais - Votos: 4
69811 - Uma Loba no Acampamento - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10
69894 - Começou na Praia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
69897 - Adorei a Berinjela - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
70022 - Albergue para Caminhoneiros - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
70179 - O Colega do Táxi - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
83631 - Nosso amigo cinquentão I - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
83710 - Nosso amigo cinquentão II - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
84020 - Marido à noite, Pedreiro de dia I - Categoria: Fantasias - Votos: 2
84061 - Marido à noite, Pedreiro de dia II - Categoria: Fantasias - Votos: 0
84282 - Marido à Noite, Pedreiro de dia III - Categoria: Fantasias - Votos: 3
101622 - Minha Fantasia com o Sr. Mano - Categoria: Interrraciais - Votos: 0
101630 - Minha Fantasia com o Sr. Mano II - Categoria: Interrraciais - Votos: 3

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico Siberiano

Nome do conto:
Tarados do Presidío

Codigo do conto:
69352

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
14/08/2015

Quant.de Votos:
5

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erotico namoradaconto porno minha primeira mastubaçaocOntos minha tia mepegou na punhetacontos eroticos gay meu primo duvidou e comi elesexo porno noiva fundedo com padrinhoperdi as preguinhas do cu quando era pequenaeuroticos quadrinhos em familia o melhoresfamilia sacana contos filho doenteconto dei em cima da tia e ela ficou peladaContoeroticobanhomulhe na zoofilia en pe si esfregano no caxorroencoxada na esposa do cara contosNegao tirou meu cabaçinha aos onze anos e ainda gozou dentroporno conto erótico com a sograbuceta e anus arombado emendados pornoconto erotico gay: arrombado por um japonesdei pro meu pai contos eroticoscontos eroticos gay mijocontos enrabei cunhada casada gorda,mas cuzudadou a buceta pro meu filho conto eroticoContos erodico de mães e país com filhos transandoContos eróticos chwpa bocetaContos comi a dengosinhacontos eroticos castidade masculinacasada que fes zoofilia pela primera vescontos eroticos: exibindo a picacontos eróticos mão comendo irmãzinha novinha pequenininhacontos eróticos vovó gayQuadrinho erotico a cu invocante 2 2pegaçao e lanbidas gaysexo contos eroticos minha esposa me traiuconto erotico de primo saradoempreitero gay com rola dura fotoaprendendo a ser putinha/contosconto erotico com foto dividindo a esposa com amigo dotadoconto. erotico. meu. irmaolzinho. dormiu. na. minha. camatravestis pag25festival de fodelana hentaconto erotico de patricinhasexocomsogradormindoeu e a sogra contosfotos de brusquences nuascontos.irmã bebadalanbendo buceta porno doidomuito inchada e molhada de gosocontos eroticos dividindo corno do Tapajós passando a mao no decote e chupando os peitosporno guaxinim putinha libera pro tio safadaoconto erotico meu sogro de 60 anosconto de casada tesudaminha irma mais nova contoscarolzinha santos baixinha gostoza trepanoConto erotico de novinhaultimos contos sadomazoquistaporno a nao aguentei falei pra minha prima quero comer elacontos eroticos com imagensNEGUINHO GOSTOSINHO E O CUZINHO lisinhomenina. motara.abucetaTraiçao com cunhadacontoeroticodfa mulher maravilha beijando com a mulher cilarconto herotico fiz ela grita de dor na buceta mas estorei o cabacinho delacontos churrasco esposavelha goza no pauzao contosfilho cheirando a cueca do pai porno gaya vovo bundudaxxvideos muleque da cu para o coleguinhaultimos contos sadomeu cu ficou muito largo contoso dia que dei minha buceta gostoso pro meu/namorado contohentai hq engravidandoporno em quadrinhos com negroesconto erotico com objetosfrancinecross crossdressaprendendo a dirigir contoscontos eróticos publicados perdi a virgindade com meu padrastoContos erodico so escravo sexual da minha sogracunhadinhacontoeroticocalcinha mijada contos eroticosfamilia favela dando o cu zinho pro papaihentai brasil interracialconto fui a florianopolia gayconto erotico gay escravo hetero pausudocontos erotico maes safadas na praiaporno gay com nsgao xvideo arregouconto eroticos minha enteada abusadaconto gay pepino cremefoi ao medico e acabou chupando o pau do medico contos eroticos em quadrinho em 3dconto erotico perdi mulher em jogocontos novos esposa fodendo com negaoconto erotico perdi a virgindade do cu fotoschiquititas gay pornoperdi as preguinhas do cu quando era pequenadesenhos porno quadrinhospor incubus22 contoa picada hentauconto eróticos de sexo entre mãe e filhoconto erotico pegando no paucontos eroticos camioneiro dando carona pro gordinhoquadrinhos eroticos a cu invocante 1Senti a buceta inchada conto erotico