A Vizinha Gorda e Má


Click to Download this video!


A Vizinha Gorda e Má

Boas Camaradas,
Pelos meus 19 anos já era uma pessoa sexualmente muito activa, sempre adorei sexo, de todas as formas, era como sou hoje, estatura média, corpo normal, para o forte, mas nada demais.
Tinhamos uma vizinha ao lado, a casa era germinada, a Lucia de um lado e essa vizinha do outro. Aurora, uma velha de 60 e poucosanos, forte com um rabo e uns seios enormes, vestia sempre saias que não eram para ela, apertadas a mostrar as banhas de gordura e o rabo enorme, e os seios espalmados a pedirem para resperar, muito "jet-set" e cheia de manias, sempre a reclamar de barulho que não existia e não se dava com ninguém.
Um dia fizemos um almoço lá em casa com a familia, como era verão fizemos cá fora, e claro que as pessoas fazem um pouco de barulho e bebem um pouco, passado um bocado do almoço, a Gorda foi lá casa, armou a maior discussão, tratou as pessoas mal, e eu já um pouco bebido respondi!

- Voçês são uns mal educados só fazem barulho, é só bebados! Dizia ela.
- Se não está bem, ponha-se, vá mas é se tratar! Respondi

Saiu dali aos gritos e a insultar e chamar-me de tudo! Fiquei doente, e com uns copos a mais então pior, aquilo acabou com a festa e pessoal foi indo embora!
Bebi mais uns copos e decidi ir responder á letra á gorda da vizinha, cheguei lá cheio de vontade de lhe dizer algumas, fui pelo quintal e bati á porta, que estava só encostada, não atendia, abrir a porta e chamei, nada, fui entrando e ouvi a televisão, parecia um filme porno em alto e bom som, fui até á sala e o meu espanto foi total, estava um filme porno e a Gorda nua, deitada no sófa a meter desenfriadamente um vibrador, na gruta dela, uma vagina rosada, rapadinha para meu espanto, muito carnuda e a pingar de desejo, gemia e contorçia de prazer, nunca tinha visto uma mulher assim, umas coxas gorda, mas bonitas, enormes que levavam ao cu enorme e carnudo, a barriga gorda preenchida por uns seios fartos e uns bicos rosados, uns seios de perder de vista um membro ali metido, um penis a maravilhar-se naqueles seios!
Ela deu por mim! levantou e tentou cobrir! cobrir como ? aquele pedaço de mulher enorme, aquelas curvas de BBW, de cadela com cio, seios de bicos disparados de desejo, a vagina carnuda, escorria desejo!

- Que está aqui a fazer? voçe não pode estar aqui! vá embora! Gritou, atrapalhada e a tremer!
- VInha falar consigo, mas assim é ainda melhor! já vi o seu problema! e porque é assim!

O meu pau estava duro! o meu membro latejava, eu queria usar e abusar daquele corpo enorme, queria penetrar a vagina carnuda e perder-me nos seios fartos, gordos enormes! queria forçar o anus no meio das naldegas fartas da Gorda.

- Sabe que mais? Estou com ele a mil! voçe esta bem para idade, nunca vi uma mulher assim nua!
- O quê? ele quem?
- Este! e ao dizer isto tirei os calções que trazia deixando exposto o meu penis erguido e a latejar por desejo do corpo da velha Gorda!
- Meu Deus, que está voçe a fazer homem? mas já não gritava, já não tirava os olhos, e a vagina carnuda, devia estar agora mais humida do que nunca!

Aproximei-me dela, começei a explorar cada centimetro do corpo carnudo e enorme, os seios fartos são uma sensação fantastica ao toque, as banhas prazerosas são para aproveitar a cada toque, aquele rabo enorme que não á mão que o segure e consiga aproveitar todo aquele prazer da carne!
Ela parecia assustada, mas não rejeitava! quando as minhas mãos tocaram a vagina carnuda, sentiram uma vagina enorme por explorar! deliciosa, que eu movimentava com gosto, a Gorda suspirava, tremia, quando os meus dedos invadiram a gruta humida, extremeceu, tremeu de prazer!

- Á quanto tempo não pegas num pau? Peguntei
- Á muito .... Respondeu baixinho com os meu dedo a provocar gemidos
- Pega nele! Chupa um bocado!

Obedeçeu cautelosamente, chupo com sabedoria, molhou o membro de ponta a ponta, aproveitou um penis de carne que á muito lhe faltava!
Deitei-a no chão e abri caminho entre as coxas cheias de curva, aquela enormidade de mulher em posição e missionario, deitei.-me em cima e chupei os seios fartos onde depois entalei o meu penis a latejar para se perder numa punheta lá dentro!
Ela olhava, como se nada estivesse a acontecer, como se fosse um sonho que desejava mas não fosse possivel.
Encaminhei o meu membro que pedia a vagina carnuda, estava tão humida, entrou todo até se perder na gruta gorda lubrificada por desejo acumulado de muitos anos! Penetrei como um louco um ritmo fantastico, toda aquela carne era um agrado ao penis, que vagina deliciosa a da Gorda!

- Aí não. não, não, meu deus, que bom, que bom! mais mais! gritava

Gemia e gritava, sentia as coxas fartas a apertarem contra mim os seios abanavam a um ritmo alucinante, ela já tinha atingido o climax pelo menos uma vez, num grito libertador, senti a gruta carnuda a envolver ainda mais o meu penis de liquido!
Virei a Gorda de costas, queria a visão daquelas nadegas enormes a fazer desaparecer o meu penis, e ela obedeceu, explorei caminho entre a carna para alcançar a gruta, meti e aquele corpo gemia como um louco a Velha e Gorda, estava a dar prazer ao meu membro a latejar que as novas e magras nunca deram, mais uma vez a Gorda explodiu de prazer num orgasmo e a visão daquele rabo farto quase estava a levar ao meu climax, enquanto penetrava levei o dedo ão anus daquele rabo carnudo, ela não se queixou, meti um dedo, não se queixou, tirei da gruta humida e fui até á porta do anus, metia a cabeça do pénis, ela gemeu, e começou a rebolar o rabinho para entrar, que visão louca, entrou, e voltei a penetrar com força e violencia, o anus apertado da Gorda, era demais para o meu penis, esta para explodir.

- Rápido não aguento mais! disse ela!
Satisfiz o desejo dela!
- Queres que fique no cu? Perguntei!
- Não, quero que me esporres a cara e a quero provar o teu leite! Respondeu

Aquela conversa espantou-me tirei do rabo e ela ajoelhou, pegou no penis meteu e punhetou com vigor, soltei jactos de esperma na cara da gorda, na boca, nos seios fartos e carnudos, quase desmeiava de prazer, guardou até á ultima gota na boca.
Foi deitar no sofá exausta! E fui embora depois de um adeus e um "obrigado" da parte dela!!
Depois disto sempre que ela ia fazer alguma queixa foi só uma forma de me chamar para mais umas belas sessões naquele enorme corpo!

A Vizinha má Gorda e Velha, era afinal uma bela mulher cheia de desejo e eu tive a felicidade de a poder satisfazer e a mim.

Foto 1 do Conto erotico: A Vizinha Gorda e Má

Foto 2 do Conto erotico: A Vizinha Gorda e Má


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario ggsafada

ggsafada Comentou em 11/08/2015

Muito bom, adorei




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


69080 - A Tara por Esperma - Categoria: Masturbação - Votos: 3
69097 - A mãe do Meu melhor Amigo - Minha Deusa (Real) - Categoria: Masturbação - Votos: 3
105334 - Como tudo começou com a Enteada - Categoria: Incesto - Votos: 10

Ficha do conto

Foto Perfil guyvoodoo
guyvoodoo

Nome do conto:
A Vizinha Gorda e Má

Codigo do conto:
69084

Categoria:
Coroas

Data da Publicação:
09/08/2015

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
2


Online porn video at mobile phone


meu pai atolou sua pica grande na minha bucetinha virgemFrogo a irmã na siririca e deu uma forcinha no.xvidiosvideo de corno parando o carro em posto de gasolina e os caminhoneiros comendo sua esposacontos erótico coroa velho enrabou gay novinhoeduk eroticocrossdresser bundafotosbucetavelhasmascate arrombou minha buceta contos eróticosEu e meu ex primo viuvo se amamos contra a vontade da nossa familia eu sou sua mulher conto eroticoBuceta e dindo vibrantescontoerotico esposa e o mulequeconto eroticos de corno com negão e fotosporno 2017 novinha traidora semtira a roupacontos eroticos perdi aposta pro amigo cornocuadrinho porno das primeiras carisiascontos eróticos come minha Irma e sua amiga bebacontoeroticoabusoconto porno velho roludoseios bonitos peladossexo contos eroticos minha esposa me traiuquadrinhos eroticos troca de casais em viagemcontocontoeroticoscontoseroricoscomfotosporno de mãe e filho me fode quero ficar gravidaconto cesto de calcinhacontos corno travestimulheres sendo curradas e bebendo porra peladascontos gay me drogou e me vestiu de mulher pra me comersecretarias rabudas contosconto erotico uberconto eroticos esposa era certinhacorneando o noivo na cara dele sem ele perceber contos eroticosContos eroticos mae gravida do proprio filhoputaria mozcom oito anos meu tio chupou minha bucetinhaporno na praia de nudismo homens com pau monstrosContos eroticos com motorista macho do uberconto fraguei minha cunhada dandoContos erótico errei de quarto e comi a mulher do meu amigoXvidio encoxatriz de frente em conducaoporno braziliam fedom pai ensina filho a trocar punhetamanga eroticoFilho come mae bebada historias em quadrinhoscolegiais com fio detal noonibus sarrando narola durabranquela+deliciosaultimos contos sadoquadrinhos porno madura rabudaporn moz esta me machucar[email protected]quadrinho ponoconto erotico esposa calca suplex negroconto erotico o Rei comendo sua prinContos eroticos de casada puta dos vizinho roludoo corno duplaveridico, flagrei minha mae transandoPorno pokemon femea versioncontos reais minha mae gostosaMamando filho novinhos contoseroticoscontos veridico mulher casada fode com um deficienteQuadrinhoseroticoscoroasconto eroticosafadoEngravidando a filha erótico contos eroticos pai usava vibrador para filha ficar com o grelaoContos eroticos bizarros: pau hiper gigante me arrombouconto erotico com fotos/ rabo da maecontos eroticos gay putinhacinquentão pauzudo quer sexoconto erótico imcesto mãesconto erotico gay pai e amigo no telhado vendo os filhosHq porno gayconto erotico em quadrinho encostando no onibusconto erotico carahoincesto contos cunhadahistorias porno desenhoscontos eroticos guardetes noturna trepandoContos de incestos .,minha bundona estA deixando , meu filho louco tesaoputa exibindo contohq erotica surubaram minha maemulhe de corno baiano comto erotico