Saindo de casa NUA para encontrar o Dani – Final


Click to Download this video!



Depois de chupar deliciosamente aquela rola que tinha acabado de me fazer gozar e me encher a bucetinha de porra eu disse ao Dani: “Vamos, para a sua casa gato? Quero trepar muito esta noite! Quero ralar minha bucetinha toda nesta rola e ir para o trabalho amanhã com meu cuzinho todo esfolado!”

Disse aquilo e me deitei no seu colo lambendo aquela pica que me fascinava e fui brincando com ela até chegarmos a sua casa. Quando entramos no portão eu pedi toda manhosa: “Dani, para o carro aqui mesmo, não coloca o carro na garagem ainda não!” Ele desligou o carro e deixou os faróis ligados. Descemos do carro e eu já fui logo pegando meu macho pelo pau e o levei até a frente do carro.

Me deitei de costas no capô com as pernas abertas e chamei: “Vem meu macho! Vem fuder a sua putinha em cima do carro! Hoje quero gozar na chuva levando rola aqui meu macho tesudo! Vem seu puto! Vem me fuder logo vem!” Me ajeitei sobre o capô do carro e fiquei esperando para receber meu macho todo na minha bucetinha. Eu estava toda arreganhada, eu segurava minhas pernas por trás dos joelhos e me abria todinha esperando meu macho me penetrar gostoso com a aquela pica maravilhosa.

Que tesão!! Aquela chuva caindo e apesar disto estava fazendo calor, eu ali deitada sobre o capô do carro, toda aberta e meu macho me fudendo com força socando fundo na minha buceta, me fazendo gozar como uma cadelinha no cio, eu gozava e gemia pedindo mais rola, pedindo “Vem Dani, me fode! Me fode gostoso safado! Me fode como o meu noivo nunca me fudeu! Mete com força na minha buceta vem safado, quero gozar no seu pau, quero deixar seu pau todo melado com meu gozo seu puto! Mete, mete gostoso Dani! Arregaça a sua Sheilinha!”

Ele olhava dentro dos meus olhos e dizia: “Sua Puta! Você quer rola sua vadia? Então toma vagaba! Toma gostoso! Sente a rola de um macho de verdade! É disto que você está precisando Sua Piranha! Você está precisando de um macho de verdade Sheilinha! De um macho com uma pica macho sua vagaba! Seu noivo não te fode assim não é sua piranha? Ele não te faz gozar não é vagabunda? Então toma sua puta!

Eu ouvia aquilo e ficava com mais tesão ainda, eu prendi o Dani com minhas pernas e me levantei ficando sentada no capô do carro com ele todo atolado na minha buceta. Ele metia e eu rebolava gostoso. Eu estava descontrolada, estava fora de mim de tanto tesão que estava sentindo. Ele me pegou e foi me deitando na grama encharcada e veio por cima em um papai e mamãe delicioso, metendo com força, tirando tudo e socando tudo de novo, aquela chuva caindo sobre nós. O safado metia fundo e tirava a rola todinha da minha buceta pincelava no meu grelinho e me fazia implorar para ser penetrada de novo.

Quanto mais ele me torturava mais tesão eu sentia, mais eu implorava por aquela rola me fudendo a buceta., até que eu gritei: “Enfia logo esta pica na minha buceta porra! Me fode caralho! Me fode como uma puta! Me deixa gozar nesta rola seu puto! Vai caralho! Mete tudo mete com força porra!” Ele atendeu o meu pedido e só encostou a cabeça na minha bucetinha e socou tudo de uma vez, com força até o fundo.

Nesta hora eu gozei deliciosamente sentindo aquela rola enorme tocar o meu útero. Que gozo delicioso foi aquele eu ali na chuva, deitada na grama, gozando feito uma cadela no cio na rola do meu macho. Enquanto eu gozava ele não parou de me fuder e até aumentou o ritmo, tirando tudo e socando tudo até o fundo, me fazendo gozar ainda mais. Meu gozo deixava aquela pica toda melada. Ele parou com aquela pica toda dentro da minha buceta e disse” Eu ainda não gozei Sheilinha! Quero gozar no seu cu sua puta!”

Eu olhei nos seus olhos e disse: “Então vem safado! Fode o cu da sua cadelinha! Fode a sua cadelinha de 4 e enche o cuzinho dela de porra. Esfola o cu da sua cadelinha com esta pirocas seu puto! Vem me enraba seu puto!” Fiquei de 4 abri bem minha bundinha com as duas mãos olhei por cima do ombro com aquela minha carinha de puta e disse mais uma vez: “Vem safado! Me enraba gostoso seu puto! Esfola o meu cu todinho! Mete com força no meu cu seu puto!”

Quando disse aquilo ele já estava com a pica encostada na porta do meu cuzinho e me segurando pela cintura. Ele só encaixou a cabecinha, me segurou com as duas mãos na minha cintura e empurrou tudo de uma vez. Socou com força no meu cu toda aquela rola de 23 cm. Eu urrei de dor dizendo: “Seu puto! Você está arrombando meu cu! Está estourando as minhas preguinhas seu safado! Tá doendo, mas, não para! Vai mete com força! Esfola meu cu! Que tesão meu cu está ardendo seu safado! Vai me arromba safado! Arromba o cu da sua puta seu cachorro!”

Ele ficou ali me enrabando de 4 por uns 20 minutos metendo com força e com uma das mãos dedava a minha buceta me levando ao delírio. Eu já tinha gozado tomando no cu e o safado nem sinal de gozar. As vezes ele diminuía o ritmo e dizia que ainda não era hora de gozar. Dizia que meu cuzinho ainda não estava molinho, que ainda tinha mais algumas preguinhas pra estourar e que ia me deixar com o cu todo ardido que teria que me sentar de lado no dia seguinte.

O Dani ficou ali me enrabando na chuva, eu gozava com ele metendo a pica no meu cu e os dedos na minha buceta até que ele se entregou e gozou. Senti aquele jato de porra quente bem no fundo do meu cuzinho. Sentia seu pau pulsando no meu cu antes de soltar outro jato de porra no meu cu. Eu gozei deliciosamente ali de 4 na chuva tomando gostoso no cu e sendo dedada na buceta. Ele tirou seu pau do meu cu e disse: “Vem putinha! Vem limpar o meu pau! Chupa ele todinho sua cadela! Chupa gostoso o pau que arrombou o seu cu todinha sua puta!”

Como uma cadelinha obediente fui até ele e fiquei de 4 chupando o meu macho que estava de pé na minha frente. Eu chupava, esfregava aquela pica na minha cara, lambia ela por toda a extensão, lambia suas bolas, colocava suas bolas na boca e ficava brincando com minha língua nelas até sugar a última gotinha de porra do meu macho. Seu pau amoleceu e ele me levantou, me beijou deliciosamente e disse: “Sheila, você é muito puta, você é uma vagabunda deliciosa! Você é a melhor trepada da minha vida!”

Eu olhei dentro dos seus olhos fiz minha carinha de puta e respondi: “Você me fez ser puta assim meu macho! Eu estava precisando de um macho de verdade para me fazer me sentir uma puta de verdade! Sou a sua puta meu macho tesudo. Quero ser domada por você sempre Meu Garanhão!”

Disse aquilo e nos beijamos deliciosamente embaixo daquela chuva deliciosa.

Peguei meu macho delicioso pelo pau e fui puxando ele em direção a ducha da piscina, pois, precisávamos de um banho antes de continuarmos nossa noite.

Beijos molhados!!

Sheilinha!!!


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario londrino

londrino Comentou em 01/10/2015

Sensacional, demais, delícia...[parabéns

foto perfil usuario

Comentou em 28/08/2015

Enfia logo esta pica na minha buceta porra! Me fode caralho! Me fode como uma puta! Me deixa gozar nesta rola seu puto! Vai caralho! Mete tudo mete com força porra!

foto perfil usuario

Comentou em 29/07/2015

Sensacional, adorei lêr seus contos muito bem contado, muito excitante, gostei De ver como vc é pura safada, adorei tem meu voto ......




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


66809 - Minha primeira transa na academia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 32
66900 - Minha 1ª trepada com o Dani – Parte 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
66917 - Minha 1ª trepada com o Dani – Parte 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
66918 - Minha 1ª trepada com o Dani – Parte 3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
66945 - Minha 1ª trepada com o Dani – Parte 4 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
66961 - Minha 1ª trepada com o Dani - Final - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
67267 - Conhecendo o Negão (amigo do Dani) – Parte 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
67268 - Conhecendo o Negão (amigo do Dani) – Parte 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
67269 - Conhecendo o Negão (amigo do Dani) – Final - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
68175 - Saindo de casa NUA para encontrar o Dani – Parte 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
68255 - Saindo de casa NUA para encontrar o Dani – Parte 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8

Ficha do conto

Foto Perfil sheilinha
sheilinha

Nome do conto:
Saindo de casa NUA para encontrar o Dani – Final

Codigo do conto:
68506

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
28/07/2015

Quant.de Votos:
8

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto gay carona rebolei calcinhacontos eróticos lesbica treme todinhacontos esposas com negaoconto erotico gay em bertiogadragon ball z hentai gaycontos de incestos de conchinha no onibus de viagemporno nora bate punheta pro sogro de baixo da mesaContos gay apelido novinho de deposito de porracontos de incesto iniciandoconto erótico traiçãoConto erotico - Estuprei a mina no baile funkporno cintura remelexoconto porno mulher safadaCarolgostozacontos eróticos gay dei o cu para meu padrinhoFilinha putinha dando a bucetinha pro paisinho contos eroticos com fotos e quadrinhos animadoscontos eroticos comendo o cu da irma goticairmã boa contoFRANCISCA PUTA BUCETAContos eroticos engravidei a mulher do meu irmaomae fitnes milftoonquadrinhopornotraicaoincesto sendo encoxada e rebolando gostoso contos pornocontodebucetonaconto erotico ele me,comeumeu pai me viu nua[email protected]quadrinhos porno meus dois machos 2 castigada pelo filhaocantoerotico dei para negrão na praia de nudismosai os pedreiro comendo minha mãe contos eróticosesposa puta quadrinhosporno travesti japonesaconto erotico de enteada novinha safadaconto velinho comedo ivagelica novinhaestoria menina kereno da abusetaconto erotico desabafo de gayContos eróticos de cornos com dotadoswww.contoerotico.com/coroa gostosahq porno cunhadarelatos de mulheres que trasaram com dotados e se arrependeramhentai em filho come a mae no hotelVOVÓ NEGONA NUAconto de transformação ( o meu irmão minha putaconto erotico quadrinho onibusconto a pipa do vizinha na minha casa mim fodeu no quibtalquadrinhoseroticosrealcontos com fotos não resistir a picona do meu genrinho e virei amante dele vestindo de mulher para virar mulherzinha contover contos eróticos transei com minha sogra taradahentai gay quadrinhodedao do pe no meu cuensinei meu filho de dez anos a bater punhetaamigo meninos conto erotico bairrohq porno negrosquadrinhos pornor filho atrevidoconto porno velho roludocontos de um casal novinho que foi morar lonje da cidade e um velho roludonora bunda gostosa provaca sogro conto eroticoporno cinquentona secretaria sendo pegas na marracontos eroticos de transando com a cunhada casada e com seu marido bi sexualchupando rola com muito sebo conto eroticocontos eróticos gay chutando o cozinho do molequea mae do amigo , conto eróticogay peludo pauzudo 27cmdomcuervomulheres peladas todinha de margarinacontos de negra maniaca por sexoContos eroticos inocente forcaconto erotico sexo escondidocontos eroticos neguinho mega pauzudo fudeu minha mulherNo meu carro eu levei minha prima pra uma praia de nundismo eu fudi ela nais pedras conto eroticoporno contos eroticos filhaConto erotico putaria carnaval