Com a minha nora


Click to Download this video!


Olá minhas amigas!
Esta é uma estória complicada de contar, nem sei se a classifique de lesbianismo ou até mesmo de incesto. Mas incesto eu nunca me passou pela cabeça concretizar seja com que pessoa fosse da minha família. A pessoa de quem eu vos falar só passou pela minha família durante muito pouco tempo. Ela é a Teresa, a ex companheira do meu filho.
Meu filho a conheceu quando eles tinham dezassete anos, se gostavam muito. E quase sem querer ela ficou grávida do que hoje é meu neto ( verdade, eu já sou avó ) quando nasceu meu neto eles já tinham dezoito anos e parecia que se amavam mais cada dia que passava, daí resolveram se mudar e ir viver sozinhos com a criança, nunca chegaram a casar.
Com a nossa ajuda e dos pais dela no inicio eles foram então morar sozinhos, nos finais de semana eles passavam connosco ou em casa dos pais dela. Nós os ajudavamos no que podíamos.
Tudo corria muito bem entre eles até que faz uns quatro meses Teresa sem ninguém esperar chegou para o meu filho e falou que não aguentava mais e queria se separar. Ele quis saber o porquê daquela sua decisão, mas ela nunca se explicou bem. Até hoje ele acha tudo muito estranho e ainda mantém a esperança que ela vai voltar um dia. Nesses quatro meses eu nunca mais tinha visto aquela que agora eu considero a minha ex nora, por isso eu acho que não pratiquei nenhum acto de incesto.
Como de costume eu toda a quarta feira ao fim da tarde vou em casa do meu filho dar uma arrumação. É o dia em que eu saio sempre um pouco mais cedo do trabalho, por isso aproveito e faço isso. Teresa deve ter mandado alguém ver se entrava gente na casa dele e veio a saber que eu naquele dia ia sempre. Como é costume cheguei e me coloquei à vontade, estava sozinha. Meu filho tinha saído no dia anterior em trabalho para São Paulo, e só voltaria no dia seguinte. Estava arrumando já nem lembro bem o que era quando toca a campainha da porta " quem seria " pensei eu. Dirigi-me então para ir ver quem era. Não abri logo podia ser perigoso, perguntei quem era e ouço aquela voz feminina " sou eu a Teresa, pode abrir Andréia "
Abri então a porta e perguntei o que queria ela dali, continuar a fazer meu filho sofrer? Ela pediu então se podia entrar, que vinha em paz e que só para mim iria contar porque se separou do meu filho. Pediu por favor para eu a ouvir, me contaria tudo e depois eu podia escorraçar ela dali para sempre. Fiquei curiosa para saber o motivo da separação e o porquê de só contar para mim.
Mandei ela entra e se sentar e que fosse logo direta ao assunto, porque eu não tinha tempo para conversa fiada. Ela me pediu para eu não ficar brava com ela, mas o assunto era bem delicado para ser contado assim tao rápido. "Começa logo, vai " falei eu. "Ta bom" retorquiu ela, contrapondo ainda " seja o que Deus quiser".
Então ela começa a falar e perguntou se eu queria saber mesmo o motivo da sua separação, eu falei que sim e então ela fala para mim que o motivo era eu mesma e falou bem claro " o motivo é você Andréia, se não fosse você eu ainda hoje talvez estivesse com seu filho" eu quis logo saber o que tinha feito de errado, sempre a tinha tratado tão bem. Ela então começou a se abrir e foi logo falando que o motivo era o eu ser tao bonita e sensual. Perguntei se ela sentia ciume de mim, ela falou que ciume não sentia. O que sentia era um enorme tesão por mim. E como era difícil naquela altura viver com o filho da pessoa que ela mais desejava. Fiquei estupefacta com o que ela ia falando. Ela ia se explicando e falou então que desde menina que sente atracão por mulher, e que a relação com meu filho foi um acidente. Foi para ela mesma tentar disfarçar perante algumas pessoas da sua família que ela era uma pessoa normal e que era hetero. Ela sem querer estava me chamando de uma pessoa anormal, já que como vocês sabem eu nos últimos meses só transo com mulheres. Mandei ela continuar. Foi logo falando que desde o dia que fomos apresentadas elas ficou fascinada comigo. Que eu era uma mulher linda e muito gostosa, mas entre nós estava seu filho que a impedia de se declarar a mim. Nossa! ( pensei eu) essa moça se é verdade tudo isso deve ter feito um esforço enorme para nunca nenhum de nós se aperceber pelo que ela estava passando
Sempre que ela e seu filho iam em nossa casa e me via com menos roupa, ou seja mais à vontade ela ficava louca e arrumava sempre um pretexto para se afastar do pessoal, muitas vezes foi se trancar no nosso banheiro e masturbar-se pensando em mim. Então falei o que pretendia ela ao ir ali sabendo que me ia encontrar. Ela tinha tudo planeado, sabia que meu filho estava ausente e eu estaria ali sozinha. Entao sem mais nem menos ela falou: "Andréia eu preciso muito transar com você, por favor me dê essa chance" eu falei que ela devia estar louca, que eu não sou nem nunca fui lésbica para entrar nessa loucura. Falei que era casada e que gostava muito de homem ( estava mentindo para ela, claro ) ela me implorou que seria só aquela vez, que depois seguiria sua vida, mas antes queria realizar o seu sonho que era fazer amor comigo, eu me sentia sem saber o que fazer. Meu corpo não se importava nada, até porque ela era uma gata super linda, mas minha mente me proibia totalmente, ela era a ex mulher de meu filho. E se tudo fosse descoberto? Nem queria pensar nisso.
Então falei para ela ir embora e que tudo aquilo ficaria só entre nós, ela nesse momento sentada no sofá começou a chorar e que a vida dela não valia nada. Me aproximei um pouco dela e passei minha mãos nos seus cabelos compridos e falei para ela que um dia tudo se iria compor. Estava com uma saia um pouquinho a cima do joelho e ao sentar-me ao lado dela subiu mais um pouco, deixando minhas coxas bem visíveis e ao seu alcance. Ela reparou logo nesse pormenor e colocou sua mão na parte interior da minha perna um pouco a cima do joelho, na hora eu estermeci toda, me implorava que fizesse amor com ela enquanto sua mão ia subindo e eu não reagia, quando estava mesmo prestes a chegar na minha calcinha eu peguei na sua mao e a tirei de lá, mesmo assim ela ainda conseguiu tocar de leve na minha buceta mesmo por cima da calcinha e falou " nossa você está toda molhada" e estava mesmo, apesar de eu não querer, aquela conversa e vendo uma mulher linda como ela me desejando me excitou demais.
Então eu falei que era melhor ela ir embora, já tinha falado tudo que tinha para falar, eu a entendia mas não podia realizar os seus sonhos e me levantei do sofá para a acompanhar até à porta. Quando ela se levantou ficamos ali bem juntas de pé com nossos corpos bem juntos, ela me encarou bem de frente e de repente se atira literalmente a mim e à minha boca nem me dando tempo de me afastar. Sua boca se colou na minha, sua língua invadiu minha boca e eu nem reagi. Senti então seus seios colados nos meus, só nossas blusas os separavam eu depois de ter tentado reagir e não conseguir, baixei os bracos e deixei ela me beijar loucamente. Eu falava para ela parar com aquilo, mas ela fazia pior ainda, enquanto me beijava meteu uma das suas mãos minhas costas por baixo da minha blusa e com as unhas começou a arranhar de cima a baixo, isso me deixou quase ko e toda arrepiada.
Depois com subtileza desapertou meu soutien, e eu senti logo meus seios soltos colados aos dela, ela sem parar de me beijar enfia a outra mao por baixo da blusa e pela parte da frente arranca meu soutien, e o jogou no chão sem tirar suas mãos do meu corpo foi logo apalpando meus seios primeiro um e depois o outro, eu continuava paralisada com o tesão que estava sentindo. Mesmo assim consegui ter um momento de lucidez e com num gesto brusco joguei ela de novo no sofá e mandei ela parar imediatamente com tudo aquilo. Ela com uma cara de choro que metia pena falava: " nossa estava tao bom, parar porquê? Eu senti que vc me deseja. E a prova disso é que você está toda molhadinha" eu respondi: " você me excitou demais mas nós não podemos fazer o que estamos fazendo"
Ela chorava muito e implorava que eu a chupasse, a beijasse de todos os modos possíveis. Eu ignorava seus pedidos e mandei ela sair. Se recusava dizendo que precisava muito de mim, então dei um tempo para ver o que ela decidia fazer. Não fez nada, ficou ali só chorando. Não tinha jeito, eu tinha de ceder e transar com ela ali mesmo.
Percebi então um pouco de ingenuidade em Teresa . Aquela jovem merecia conhecer um tanto dos bons momentos da vida e ao mesmo tempo fazer ela pagar pelo que fez com meu filho
Eu geralmente sou uma pessoa muito alegre e divertida. E depois do que ela falou para mim achei que não tinha muito a perder, tomei algumas precauções, aquilo podia ser uma cilada para me tramar. Pedi que abrisse sua bolsa e me mostrasse tudo que tinha lá dentro, podia ter algum gravador ou coisa do género mandei ela desligar o seu celular para que não houvesse qualquer tipo de gravações. Coloquei uma música bem romântica e peguei uma garrafa de vinho que tinha por ali ( tinha várias ) e sentamos no sofá da sala coloquei um pouco de vinho em nossos copos e brindámos à nossa amizade. Teresa parecia hipnotizada pelo ambiente, pela bebida, pela bela trilha sonora, pela vivacidade de sua sogra. As duas estávamos encantadas. Fez-se a aproximação. Quem teria poderes de barrar qualquer facto que rolasse? Eu não desperdiçava um momento desses, minha ex nora era gostosa demais. Teresa estava dominada pela novidade. O resultado não poderia ser outro. Um ardente beijo aconteceu. Sabe-se que a razão não vence a força dos sentimentos explosivos, que crescem e explodem como o fogo das paixões.
Parecia que qualquer uma de nós queria engolir a língua da outra. Um duelo de línguas impressionante acontecia. A gente se despiu numa rapidez incrível, então avancei logo nos belos seios de Teresa, mordiscando os mamilos com extrema volúpia, sabendo muito bem como agir, além do mais, eu sou uma mulher que vive para o sexo. Já Teresa não raciocinava: mulher jovem e carente de um sexo ardente sentia só seu corpo arder mais e mais ante as minhas investidas . Despidas, avancei na direção de sua buceta lambendo com avidez a vulva quente e úmida da minha ex nora. Não demorou muito ela tremia na minha boca . Como uma ninfomaníaca contumaz, fui sobre ela e montei em cima da sua buceta começando uma esfregação vulva com vulva espetacular. Deitada Teresa com os olhos fechados só sentia seu mel misturando-se com o meu que de cócoras roçava com velocidade a sua bucetinha
- "Ai, Andréia não paro de gozaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaar"
Após muitos e muitos beijos, Teresa dessa vez avançou sobre a minha buceta para chupar pela primeira vez uma genitália feminina. Explorava como louca meu corpo que transpirava sexo pelos poros. Sua buceta pingava de excitação enquanto sua língua trabalhava como nunca. Senti que a minha ex nora tinha jeito pela coisa. E mais uma vez, agora deitadas as duas passamos a nos roçar mais uma vez, uma roçada bem quente!
- "Vai, danada, trepa gostoso,vai....."
-" Louca!Vc é totalmente louca, Andréia, como faz gostoso!"
As duas chegamos ao orgasmo juntas. Trocamos beijos como se estivéssemos numa luta em um certame erótico.

I
Já um pouco mais relaxadas eu passei a lamber a bucetinha da minha ex nora, enquanto que ela por baixo retribui. Um 69 ardente entre nós duas. Totalmente inebriadas depois daquele sexo inesperado, ambas caímos naquele sofá para mais uma sessão de beijos, e nossos corpos suados se colavam, como velhas amantes.
O tempo passou. As duas depois de algum tempo de descanso quase dormimos um pouco voltamos à realidade, nuas, um pouco afastadas na imensidão daquela sala. Eu me levantei do sofá deixando Teresa ali pensativa. Ela sabia que aquilo teria consequências, não por ter traído o ex companheiro ou transado com a ex sogra, mas no futuro de sua vida sexual. Como se entregara. Parecia uma outra mulher. Não sabia como aceitaria as coisas daqui pra frente. Era cedo demais para saber, só sabia que tinha realizado seu sonho de me ter possuido e ser possuida por mim.
Depois disso ela tem me ligado, mas ainda não repetimos. Mas tenho muita vontade, quando meu filho voltar a viajar para fora vou chamar ela lá a casa. Só que dessa vez eu irei prevenida com minhas rolas artificiais e vou meter nela bem gostoso.
Me digam se consideram esta aventura lesbianismo ou incesto. Eu tenho duvidas.
Ainda consegui essas fotos dela.

Foto 1 do Conto erotico: Com a minha nora

Foto 2 do Conto erotico: Com a minha nora

Foto 3 do Conto erotico: Com a minha nora

Foto 4 do Conto erotico: Com a minha nora


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario marinha

marinha Comentou em 16/07/2017

fiquei molhadinha lendo, queria participar. bjs

foto perfil usuario morenocd

morenocd Comentou em 11/07/2017

Muito bom esse conto, tô com a calcinha toda molhadinha, acredito que não seja um incesto, ex nora, não é família de sangue. Mas adorei

foto perfil usuario bomaluno1000

bomaluno1000 Comentou em 08/04/2017

Assim nao sobra nada pra mim...

foto perfil usuario drkarinhoso

drkarinhoso Comentou em 22/01/2017

Acho que vc devia fazer ela virar sua amante, voltar pro seu filho e depois colocar ele na transa.. Delicioso

foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 20/01/2017

sensacional

foto perfil usuario gonzollini

gonzollini Comentou em 16/01/2017

muito bom...fiquei com muita vontade...

foto perfil usuario pipefisch

pipefisch Comentou em 26/12/2016

se é incesto ou lesbianismo nao sei, mas uma delicia vcs!!!

foto perfil usuario stranho

stranho Comentou em 20/12/2016

Sogrinha sacana!

foto perfil usuario marcosarrow

marcosarrow Comentou em 19/12/2016

Que tesão

foto perfil usuario marcocd

marcocd Comentou em 22/11/2016

Fantastico conto

foto perfil usuario joalumar

joalumar Comentou em 13/11/2016

muito bom nao tem nada incesto mas sim de sexo gostoso parabens

foto perfil usuario rafaelgomeskta

rafaelgomeskta Comentou em 11/11/2016

que delicia de conto se realmente for verdade que ex nora sortuda e como uma mulher tão fogosa quanto você tem um homem que não sabe valorizar e aproveitar este lado sexual seu..... Uns ganham na loteria só que por estupidez não sabem resgatar o premio e vive a vida na miséria

foto perfil usuario joaosonho

joaosonho Comentou em 11/11/2016

Acho que é lesbianismo. vc é sensacional e nenhuma mulher resiste a vc. Vc é deliciosa.

foto perfil usuario thiagohalfmaan

thiagohalfmaan Comentou em 09/11/2016

Que delicia acompanhar seus contos... excitante, apaixonante e extremamente deliciosos!!! Nota 100000000

foto perfil usuario

Comentou em 26/10/2016

acho são os dois lesbiano e incesto .. mais certeza mesmo que é delicioso

foto perfil usuario anjo discreto

anjo discreto Comentou em 18/10/2016

Mulher, que delicia!!! Seus contos estão me enlouquecendo.... Bjs

foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 16/10/2016

Duas delícias, sogra e nora! É de se apaixonar! Betto

foto perfil usuario oliveira956

oliveira956 Comentou em 14/10/2016

Não sei se lesbianismo ou incesto.Me parece mais fome com a vontade de comer.Maravilhoso como sempre.Votado.Aproveite muito as viagens de seu filho.

foto perfil usuario edtarado

edtarado Comentou em 12/07/2016

Que delícia....maravilhoso este seu relato....

foto perfil usuario blancwalt

blancwalt Comentou em 04/07/2016

Parabéns conto muito excitante!! Continue assim!!!

foto perfil usuario medeiros61

medeiros61 Comentou em 20/11/2015

Maravilha de conto, muito excitante, votado e já indo ler os próximos, belas fotos.

foto perfil usuario tatona90

tatona90 Comentou em 20/11/2015

Votado amiga !! Fiquei molhadinha lendo esse conto, que delicia, sou tarada por uma ninfetinha já fui uma e adorava mulheres mais velhas me devorando, agora eu que adoro devorar novinhas e outra a sua norinha é DELICIOSA !!! jamais resistiria uma contada de uma gatinha dessa !! beijinhos na bucetinha Tati

foto perfil usuario olhosverdes014

olhosverdes014 Comentou em 13/07/2015

nada tem de incesto minha gatona..queria estar la e assistir e gozar em vcs ...q delicia...te quero muito amor.. bjs

foto perfil usuario gato preto

gato preto Comentou em 12/07/2015

Muito bom seu conto sempre gostei de ver duas mulheres na cama adoraria ter uma calcinha sua

foto perfil usuario cmrj36

cmrj36 Comentou em 12/07/2015

gozei

foto perfil usuario

Comentou em 11/07/2015

Excelente conto, muito bom . Eu considero esse conto como lésbico mesmo, pois vc e ela não terem nenhum grau parentesco mais Não acho que seria incesto . Eu faria uma proposta ela voltar com seu filho e vocês viveriam feliz para Sempre .....tem meu voto

foto perfil usuario maquina3

maquina3 Comentou em 11/07/2015

Achei ótimo faça sempre ela vai gostar e voce vai amar via o momento faça alegria viva deixe viver

foto perfil usuario Soninha88

Soninha88 Comentou em 11/07/2015

delícia de conto, fiquei molhadinha lendo, essa Teresa é uma gata, tambem quero pegar ela...amei e votei...bjs

foto perfil usuario Soninha88

Soninha88 Comentou em 11/07/2015

delícia de conto, fiquei molhadinha lendo, essa Teresa é uma gata, tambem quero pegar ela...amei e votei...bjs




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


67296 - Eu Andréia me confesso - Categoria: Lésbicas - Votos: 42
67399 - A minha segunda vez. com Viviane, claro - Categoria: Lésbicas - Votos: 39
67514 - Meu sonho se tornou realidade. - Categoria: Lésbicas - Votos: 39
67517 - Com a doutora Patricia ( parte 1) - Categoria: Lésbicas - Votos: 50
67518 - Com a doutora Patricia ( parte 2 ) - Categoria: Lésbicas - Votos: 28
67940 - Mãe e filha recém conhecidas - Categoria: Lésbicas - Votos: 35
68212 - Orgia a cinco - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 24
68213 - Marta e sua filha Sandra - Categoria: Lésbicas - Votos: 17
68388 - As duplas penetrações de Marta e sua filha Sandra - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 52
68794 - As minhas escravas - Categoria: Lésbicas - Votos: 13
68850 - Entreguei Sandra e sua mãe à doutora Patricia - Categoria: Lésbicas - Votos: 15
77663 - A recepcionista - Categoria: Lésbicas - Votos: 11
84909 - A minha dentista linda - Categoria: Lésbicas - Votos: 10
84912 - Um final de semana na chácara da minha amiga - Categoria: Lésbicas - Votos: 8
84926 - Festinha com minha prima - Categoria: Lésbicas - Votos: 8
84969 - Minha vizinha desesperada - Categoria: Lésbicas - Votos: 15
84997 - Sobrinha carinhosa - Categoria: Lésbicas - Votos: 16
85302 - Minha cunhada carente - Categoria: Lésbicas - Votos: 14
85441 - Traí meu marido com seu amigo - Categoria: Heterosexual - Votos: 27
86940 - A esposa do Prefeito - Categoria: Lésbicas - Votos: 13
90464 - Num casamento - Categoria: Lésbicas - Votos: 6
90683 - A visita - Categoria: Lésbicas - Votos: 9
90760 - A policial - Inspeção nocturna - Categoria: Lésbicas - Votos: 10
90963 - Uma estranha deliciosa - Categoria: Lésbicas - Votos: 4
91251 - A médica substituta - Categoria: Lésbicas - Votos: 28
91402 - Esfrega sua boquinha em mim - Categoria: Lésbicas - Votos: 10
91451 - Doutora Vanessa ( ficção) - Categoria: Lésbicas - Votos: 11
91754 - Esfrega sua boquinha em mim II - Categoria: Lésbicas - Votos: 12
92001 - Esfrega sua boquinha em mim III - Categoria: Lésbicas - Votos: 12
92395 - Esfrega sua boquinha em mim IV - Categoria: Lésbicas - Votos: 10
92622 - A portuguesa carente mas muito safada - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
92655 - Debaixo da mesa do restaurante - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10
93298 - Alberto, o amigo de meu filho - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
93386 - Nossaaa!!! Meu tio me comeu toda - Categoria: Heterosexual - Votos: 14
93456 - Com Liliane e seu amigo - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
93459 - Um esclarecimento - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
93530 - Tímida mas maliciosa - Categoria: Lésbicas - Votos: 6
94583 - Um sonho meu - Categoria: Lésbicas - Votos: 7
94730 - Minha amiga pagou para me ver masturbando - Categoria: Lésbicas - Votos: 19
95049 - A Doutora Juíza - Categoria: Lésbicas - Votos: 16
95164 - Gozando muito com a ninfeta no Rio - Categoria: Lésbicas - Votos: 16
95704 - Com um casal da internet - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 15
95705 - Final de semana em São Paulo com Beatriz - Categoria: Lésbicas - Votos: 9
95746 - Fui cantada por uma menininha - Categoria: Lésbicas - Votos: 13
95834 - De volta à chácara da minha amiga - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 16
95873 - A filhinha virgem do casal de evangélicos - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 23
95894 - A minha cunhada carente, alguém se lembra dela? - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 13
96639 - Acabei dando para o meu filho - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 23
96782 - A esposa submissa do administrador - Categoria: Lésbicas - Votos: 9
97051 - A mãe evangélica da minha menina - Categoria: Lésbicas - Votos: 18
97170 - O meu amigo advogado - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
102941 - A minha amiga Rosa ( a mulatinha ) - Categoria: Lésbicas - Votos: 15
103035 - Começou numa noite fria - Categoria: Lésbicas - Votos: 6
103039 - O técnico da internet era uma mulher - Categoria: Lésbicas - Votos: 11
103064 - A minha amiga Rosa ( a mulatinha ) segunda parte - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 17
103153 - Meu filho comendo a titia comigo assistindo - Categoria: Incesto - Votos: 39
103272 - Comemos minha sobrinha com sua mãe dormindo ali ao lado - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 21
103340 - No escuro do cinema ela me convenceu - Categoria: Lésbicas - Votos: 16
103422 - Finalmente minha cunhada e sua filha transaram - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 18
103649 - A minha primeira vez - Categoria: Lésbicas - Votos: 6
103720 - Consegui a reconciliação entre meu filho e minha ex nora - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 23
103824 - Uma viúva me provocou... Teve o que merecia - Categoria: Lésbicas - Votos: 13
103848 - Meu tio queria me comer de novo... Mas fui eu quem comeu sua esposa - Categoria: Lésbicas - Votos: 11
104113 - Uma louca perseguição... E uma noite de sonho - Categoria: Lésbicas - Votos: 11
104607 - Ana agora é submissa... E arrombada - Categoria: - Votos: 14

Ficha do conto

Foto Perfil andreiafelina
andreiafelina

Nome do conto:
Com a minha nora

Codigo do conto:
67583

Categoria:
Lésbicas

Data da Publicação:
10/07/2015

Quant.de Votos:
43

Quant.de Fotos:
4


Online porn video at mobile phone


conto erotico lesbico chupa meu grelinho isso não para ai ai ai to gozandolestoria do rapaz bate ponhetafoto conto erotico mae gostosavideo de encesto mae tirando uma casquinha da filhaIrmas fazendo sexomulher gorda e marido e amigo abrino cu d espisawww.xvideos esposa branquinha depois de uns drinks foi deitar maridoContos eroticos de expoContos eroticos.dervlinconto erotico gay meu vizinho casado conto eroticoContos eroticos tio alisando a sobrinha rabudaconto erotico novidade dia dos namoradostrepando bem gostoso com a ginecologista mulhercontosfudendo com mame quadrinhooldmengirlspornouhhhhh nenem que peito enfermeiraContos erotico com mim enteada novinhahq pornô gay com o professor de violãoContos erotico de fodessao de mulher casada com fotosconto erotico o amigo do namoradocontos real comendo cu da filhacontos eroticos gay forçados 2017contos comi a mulher do meu enteado novinhacomeu a prima no mato porn mozcomto erotico foe a mulher do policial aiiiiii uhhhhcontos de ensesto de novinhas evangelicassou cd zinha sou do meu paicontos de gay dando caronacorno plug submisso contoContos erotico travest baile funkkomik hentai miftoon mama afterchanas de presidente prudente -sp bucetasvidio porno saiafudeno mutosexo no mato hentai canssando frutacontos eroticos vizinha crente kkkkcontos eroticos eu i meu pai ele depilou minha xereca com fotoscontos de flagrasconto erotico com o anaocinto de castidade uretral conto eroticoquadrinho erotico pai fudedo com a filhaegua buCETA PISCANDOcontos de encoxadas nos ônibus em fortalezacomtos arregasei a novinha casada na lua de melcordo ama a esposa com a buceta cheia de porra contoenganado pelo velho conto eroticoconto erotico estrupando uma traveco gay e fazendo ela desmaiacuzinho da sogra bebada e dormindo conto eroticoconto meu filho me brechavacontoeroticoirmãosarrombada contoaquele moleque me trepou com toda sua garra conto eróticobulinei gostosa no onibus lotado contoConto erotico de tianovimha transando em mamauspequenina conto eroticoerotico meu paiconto erotico mulher estrupadoracontos eroticos velhos picarudosentenda me deu seu cuzinho coroas.10mibha amiga travesti conto eróticoquadrinhos eroticos vestidinhoContos eroticos gay no martocontos erótico sogra bucetuda só de calcinhacontos eróticos papai meu amorquadrinhos erodicom com negaoporno gay quadrinho mozto ruprofesora safadonaclimaxcontoeroticoPorno mae gravida e sogrocontos eroticos animacaocontos eroticos comi o cu da minha irma e da minha mae na praiagordinha pelada comiticiane deu cu virgem para sogrobrcaandradefuncionaria laboratorio trai marido pornove contos herotico Minha filha deficirnte mentalservindo sushi em cima de mulher nuacasada dogging carroContos Sexo Coroa donzelasfantasia de mulher no carnaval conto eroticoconto erotico meu primo me enganou e comeu meu cuquero ver o homem enfiando a mão por baixo da saia da mulher no metrô encoxando por baixo da saia da mulher cochichandoconto erotico swing pornocasada no sadomazoquismo xvidiogibi porno antigocomendo a cunhada e fazendo ela gozar duas vezes no banheiroxvideo.comcontos com fotos esposas loba de cornomulher transando flAgrantegozadas fotos do sapatos de dona laura