AVENTURAS DE ADOLESCENTE DA ESPOSINHA PUTA


Click to Download this video!


como muitos já leram nossas histórias, somos casados, agora a 13anos, fazemos ménage masculino desde que casamos e também a libero para sair sozinha, atualmente ela tem três comedores fixos, um antigo que a come a 14anos mas que viaja muito, então a encontra com menor frequência, um outro colega de trabalho que a come a mais de um ano, este acha que eu não sei de nada, ele pensa que ela me trai rss, eles se encontram em média uma vez por semana, as vezes mais, ela vai para a casa dele e diz que eu penso que ela esta na academia enquanto ela esta lá com ele, geralmente são encontros de duas horas por semana o tempo que ela ficaria na academia, como ela faz academia duas vezes por semana estes encontros oscilam entre estes dois dias, as vezes ela vai para academia mesmo, tem semanas que ela vai os dois dias para a casa dele.
Pois bem nestes anos de casados e safadisses sempre a deixei a vontade para me contar tudo, tudo que curte, tudo que ja fez, sempre insisti em histórias com seu ex noivo mas ela limitava-se a dizer que não tinha curtido transar com ele que na época parecia bom até me conhecer, como de uns tempos para cá viemos curtindo o papo de corno e puta, coisa que nunca haviamos feito, ela nunca deixou os comedores se referirem a mim como corno, nem eu, até pq corno mesmo é o que não sabe rss, mas bem, andamos curtindo isto agora, ela ta se soltando e sendo mais atrevida, por isto talvez tenha me contado seus antigos segredos e é disto que trata este conto, de parte, na verdade do inicio da sexualidade dela, do primeiro pau de verdade que ela agarrou rsss, e como agarrou.
Pois bem, depois dela se soltar acabou me contando a primeira aventura dela como putinha rss, na verdade ja adianto que não transou com o cara mas se arretou muito e isto voces verão.
No auge dos seus 1? anos ja era uma mulher de corpo, embora uma quase criança na mente, pois nos criamos no interior lugar cheio de restriçoes e preconceitos, o pai dela muito brabo nem sonharia dela ter algum envolvimento com a mulecada. Ela por vezes ia passar suas duas semanas de ferias colegiais na casa de um tio que mora no interior, e desta vez não foi diferente, só que agora com 1? anos era ja um mulherão, com quase a altura que tem hoje, com peitões grandes e firme e uma bunda grande e maravilhosa, e claro uma cinturinha, uma verdadeira baixinha minhom como falam. Pois bem este tio tinha um filho um primo dela da mesma idade, mas mesmo tendo a mesma idade era um menino perto dela mulher feita ja de corpo, mas este primo tinha um amigo de 20 anos, um cara loiro, com quase 2m de altura forte e bonito e claro com 20 anos era um homem, resumidamente o primo arranjou para que os dois ficassem juntos e assim foi, o primo cuidava enquanto os dois se encontravam no galpão que havia nos fundos da casa do tio dela, e com este cara foi o primeiro beijo de minha putinha, ela uma menina com um homem feito, é claro que ela ficou apaixonadinha e impressionada por estar ficando com um homem de verdade e não com so coleguinhas de primeiro grau dela que não passavam de muleques,os encontros eram frequentes, como os tios dela trabalhavam eles passavam muito tempo juntos, sempre no galpão, ele escorado numa mesa e ela de pé, então logo começaram uns amassos mais pesados, ele beijando o pescoço dela, a apertando contra si e fazendo ela sentir o enorme volume de seu penis, e isto o provocava tanto que ele chegou a pedir para transar com ela, mas ela levou um susto e disse que nao podia, que era virgem e morria de medo que o pai descobrisse, imagina se engravidasse, ele respeitou mas os amassos eram muitos, ela ja adorava e por vezes de costas esfregava aquele rabo gostoso em seu volume, numa vez em uma noite, pois eles ficavam até tarde ali, ele estava tão louco e a coisa estava tão forte que quando ela viu ele havia baixado a bermuda e estava com o pau para fora, ela a principio ficou com medo mas com toda a insistencia dele a curiosidade a ja a semvergonhice dela ela acabou agarrando, me disse ela que era enorme, foi o primeiro pau que ela agarrou e ela me disse q dava umas tres mãos dela, ou seja, perto ou mais que 20cm, com muito medo mas tbm com muita tesão e curiosidade ela punhetiou ele, meio desajeitada mas ele foi ensinando ela, e ela fazia até ele gozar, na primeira vez ela se assustou, ela ja havia visto filmes pornos que o pai dela escondia em video cassete e só havia visto um pau adulto, e o dele era parecido com aquele, ela sentiu o leite dele nas suas mãozinhas e na primeira vez ficou com nojo, mas também viu aquele homem que ela estava apaixonadinha se contorcendo de extase em sua mão e isto a deixou louca, como toda puta, adora até hj dar prazer a seu macho, e o nojo pelo leite passou e na segunda ou terceira punheta ela ja fazia com maestria, punhetiava até o fim brincando ainda com o leite em seus dedos, lambuzando bem o cacete dele arrancando mais gemidos de prazer do seu amante, não preciso dizer que ela nao fez oral nele, por pois mais sapéca que fosse, chupar um pau naquela época era raro nem se falava nisto, e seus dias eram assim, eles se encontravam brincavam, namoravam se provocavam, ela ja havia liberado que ele agarrasse e até chupasse seus peitos novos, ela falou que ficavam doloridos mas ela aguentava, e por fim ela batia uma punheta nele, na maioria das vezes ela batia enquanto se beijavam ou ele chupava seus peitos, mas ela gostava mesmo era de olhar o pauzão em sua mão ver a hora que ele começasse a ejacular ver os vários jatos, os gemidos dele, os espasmos e por fim brincar com a meleca em seus dedos, aconteceu tambem que uma hora o arreto foi demais e ao começar a punheta ele ejaculou molhando suas coxas ela estava de bermuda não molhou perto da xota então ela nao se preocupou mas ja gostou de sentir aquilo quente e viscoso entre suas pernas e ao contrário da maioria curtiu ficar toda molhada dele, conheci e vcs leitores devem ter conhecido tbm mulheres que até faziam isto mas detestavam a meleca, até hj a minha é o contrario, adora ficar melecada e pelo que vi, começou cedo, embora gostasse disto tambem nem sempre era assim pois como disse ela gostava de ver o pau pulsando em sua mão e os jatos esguixando longe, mostrando o tesão do macho por ela, assim logo que terminavam eles davam um tempo, ele saia e ela ia se limpar, por vezes ela se masturbava após estes arretos, mas nem sempre chegava ao orgasmo, ela sempre teve dificuldades quanto a isto em sua juventude, mas um certo dia, ou melhor uma certa noite, ele a convidou para que saisse e fosse encontralo após os tios dormirem ou seja, que fugisse do quarto e embora com um pouco de medo ela fez, disse q lá pela 1h da manha foi ao encontro de seu amante, pois ela sabia que assim o era porque com aquela idade não poderia ser seu namorado seu pai nunca admitiria, saiu pela porta dos fundo que ficava sem chave mesmo e nem seu primo soube de sua saida, chegando ao galpão desta vez seu amante a esperava e ja tinha arrumado uma cama, pois levou um macio edredon para que pudessem ficar deitados, ela ficou umida só em ver aquilo e pensar que podia ficar finalmente deitada com ele, chegou a imaginar que ele quisesse transar, mas ele se satisfazia tanto com suas punhetas que não mais insistira nisto, depois ela soube que ele descobriu que naquela época dava cadeia um homem com a idade dele transar com uma menina da idade dela por isto ele se satisfazia com as punhetas e não mais insistia em penetrações, pois bem, nesta noite foi especial, ela havia ido de bermuda e camiseta sem sutiã pois por mtas vezes não usava sutiã mesmo seus peitos apesar de grandinhos eram extremamente rigidos ainda, logo estavam deitados e namorando e foi a primeira vez que ela deitou ao lado de um homem, em minutos ja estavam se beijando e o arreto era demais, até que ele finalmente subiu para cima dela e ela sentiu um homem sobre ela tambem pela primeira vez e foi demais, ela adorou sentir o peso dele, adorou levantar as pernas e deixalas no ar, é assim que ela trepa até hoje e principalmente adorou sentiro o volume enorme e quente pressionando sua chota que certamente babava de tesão, ela demorava a gozar mas sentia que se aquilo se prolongasse ela teria tido naquela posição seu primeiro orgasmo com um homem, ele ficou um bom tempo brincando mexendo a deixando ela louca, ele a beijava lacivamente e sua boca percorria o pescoço indo até seus peitos e os abocanhava com mais fogo ainda, e ela adorava, não demorou para eles os dois tirarem as camisetas e poderem sentir o corpo colado um ao outro, e quando estava demais o arreto ele acabou saindo de cima dela e ficou completamente nu, ficou de pé ao lado dela que deitada assistiu ele tirando a bermuda e cueca, foi tbm a primeira vez que ela via um homem completamente nu e seu fogo só aumentava mais vendo o pauzão dele completamente duro, ele deitou ao lado dela agora para que ela pudesse segurar e brincar com o pauzão, e isto era demais, ela disse que o tesão era muito mas ela conseguia pensar na safadisse que estava fazendo, imaginava suas amigas sabendo que ela tinha um homem como aquele pelado ao seu dispor, imaginava até outros descobrindo estas aventuras dela e falando nela como puta e isto a excitava, desde nova ja se excitava com a ideia de ser vadia se excitava e se excita muito se sentindo puta, pois bem, ela punhetiou ele um bom tempo senpre dando paradas para que ele não gozasse logo e novamente ele subiu por cima dela, ela achou o máximo poder ter ele nu em cima dela sentindo o pauzão livre pressionando sua vagina mas ele não aguentou muito pois a bermuda que ela usava machucava seu pau, então ele convenceu ela a tirar a bermuda e ficar só de calcinha, ela claro ficou com medo mas ele prometeu não passar dos limites, então o fez, ficou quase nua para ele, só de calcinhas e então sentiu ele gostoso novamente em cima dela, agora podendo mecher forte, roçando a base do pau em sua bucetinha que ja molhava bastante a calcinha, o pau ficava com a base encaixada nela mas o restante ficava até seu umbigo ou mais mesmo assim os dois rebolavam como se estivessem transando, ela me contou que pensou várias vezes em pedir para ele meter mas o medo do pai e da gravidez foram maiores, então depois de muito arreto ele finalmente pediu para gozar e saiiu de cima dela, ela foi se preparar para bater uma punheta para ele, mas ele a olhando deitada fez um pedido, pediu para gozar nos peitos dela, como ja disse ela nao fazia e ainda demorou anos para fazer oral, mulher naquela época até podia ser puta, mas chupar um pau só as prostitas mesmo, portanto nem ele nem ela cogitavam isto, ele permaneceu ajoelhado ao lado dela e ela deitada, ele se masturbou ao lado dela mirando o pau para seus peitinhos de adolescentes, duros e gostosos, foi a primeira vez que ela viu um homem se masturbando e até hj adora, por vezes faço para ela ver, ela o máximo que fez foi acariciar o saco dele enquanto ele agitava o pau e não demorou ela ouviu ele gemendo e despejando jatos e mais jatos de porra em seus peitos, os jatos eram quentes e fortes como ela ja sabia, chegou a ultrapassar ela e molhar seu braço e edredon, o leite molhou bem seus dois peitos e antes mesmo dele parar de gozar ela acabou botando a mão e ajudando a tirar aé a ultima gota de leite de seu amante, como nos filmes ela esfregava aquele baita pau por sobre seus peitos ajudando a espalhar todo o leite que escorria por entre eles e ja ia até sua barriga, depois dela fazer ele se retorcer em suas mãos ela mesmo lambuzou todo seu peito e barriguinha com o leite dele enquanto ele olhava e sorria, a chamando de gostosa, por fim ele alcançou um rolo de papel higienico que havia levado ja para isto, ela se limpou mas disse que nao tinha como só com o papel tirar tudo, ficou toda peguenta ainda mas isto tambem nao lhe incomodava, como até hoje não incomoda, só a deixa mais louca então voltaram a namorar deitadinhos um ao lado do outro, ela achou que ele ia parar e a dispensar mas para sua felicidade ele disse que queria ficar mais tempo com ela, que ficariam até quase o amanhecer, então novamente ela foi beijalo e não demorou estava de novo manipulando aquele pau enorme ainda lambuzado da gozada mas isto não importava, em intantes ela sentia novamente o pau pulsar e pela primeira vez sentiu ele crescendo em sua mão, pois sempre que ele dava o pau para ela brincar ele estava completamente rijo, desta vez ela pegou o pau mole e acariciando sentiu ele crescer, e se sentiu feliz com isto, vendo o tesão de seu parceiro novamente aumentar e ele começar a lhe chupar violentamente os peitos novamente, ficaram brincando por um bom tempo, agora ela ja havia cedido aos pedidos dele e ele acariciava sua xota por cima da calcinha, pela primeira vez outra pessoa a tocava ali, quase que nua, a buceta dela queimava mas ela ainda não conseguia chegar ao orgasmo, apesar de toda intimidade ali ela sentia vergonha pois os movimentos em sua chota deveriam ser mais vigorosos e sem paradas para que isto acontecesse e ela nao tinha coragem de dizer isto a seu parceiro, até que ele em determinado momento fez ela virar de costas e encaixou-se nela por trás, ela sentia o pau entre suas nádegas mas virado para cima batendo em suas costas, e foi maravilhoso ficar encaixadinha nele, ele a abraçou e a segurou forte pelos peitos e quando novamente ele procurou sua bucetinha por cima da calcinha ela quase morreu, como por instinto ela levantou a perna e a colocou para trás puxando seu amante mais contra si, a boca dele beijava a dela e mordia de leve seu pescoço sempre a chamando de menina gostosa e tesuda, por vezes ele baixava mais os dedos pressionando sua vagina e só a calcinha impedia a penetração, mas ela recobrava os sentidos e pedia para que ele brincasse só em cima, em cima diga-se no clitoris dela, e a calcinha era uma molhaçada só nem ela acreditava que estava naquele estado, ela sentia seu cheiro de fêmea mas isto não importava, ele novamente ja não aguentava mais e voltou a pedir sexo, ela apesar do tesão dizia não e não, até que ele então pediu para fazer anal com ele, ela a principio disse que não, mas então ele falou que se ela tinha só medo do pai dela descobrir que ela perdeu a virgindade e de engravidar, com o sexo anal não haveria nada disto, ela então acabou cedendo, mesmo porque a ideia lhe deixou maluca, imagina fazer sexo anal e ser virgem, que delicia, então finalmente ele conseguiu baixar as calcinhas dela mas não as tirou, ela não permitiu ficou com as calcinhas nos joelhos, naquela época ela aparava somente os pelos que saiam da regiao das calcinhas no restante eram compridos não é das mais cabeludas rsss, mas tbm não das que tem pouco, é claro que ao ver ela pelada seu tesão só aumentou, ela ficou de lado para ele nao quis ficar de 4 apesar da insistencia, o medo dele errar o objetivo era grande rss, ela disse que seu coração quase explodia, então ele deitou novamente atrás dela, ela ouviu ele cuspir no pau e um arrepio percorreu todo seu corpo ao sentir ele encostar a cabeça dura e quente de seu pau em suas nadegas, a excitação passou a medo, mas nem sequer ela pensou em dor, pensava só em proteger sua vagina para não perder o tão temido cabaço e imaginava qual a sensação de ter todo aquele pedaço de carne duro dentro de si, o cara não parecia ter muita experiencia pois procurava sem sucesso seu buraco e ela sempre preocupada nele errar a metida, então ela mesmo segurou o grosso pau em sua mãozinha e foi esfregando até sentir ele quente no seu buraquinho também virgem, ela guiou e assim que colocou no local deixou q ele segurasse, então veio a primeira investida, apesar dela estar muito molhada tanto dos liquidos da bucetinha que ja inundavam seu anus tambem, mais a saliva dele no cacete fazia parecer facil a coisa, mas não foi, assim que ele achou o local e fez pressão, de inicio demorou um pouco mas quando o cabeção realmente forçou a abertura do anel dela, ela deu um salto muito grande para frente, sentiu como se uma gilete tivesse tentado cortar o cu dela e imediatamente protestou, ele até convenceu ela a uma nova tentativa falando que doeu porque havia sido a primeira e tal, mas quando novamente ela sentiu aquela dor infernal, ela viu que não conseguiria dar o rabo a ele e acabou com qualquer esperança dele, ele apesar do tesão era gentil e não queria machuca-la portanto ficou quieto segurando seu tesão, embora ela tivesse tirado um pouco o corpo do lugar para que o pau saisse da entrada de seu cu, ela permanecia deitada ao lado dele de bunda para ela, então ele rapidamente guiou o pau mais para baixo e se encaixou nela, ela novamente protestou mas ele falou que seria uma brincadeira só e que ele não tentaria transar, mas iria brincar nas coxas dela, ela mesmo com medo pela proximidade do pau e de sua vagina cedeu mais uma vez e seu tesão novamente voltou ao sentir ele ir enfiando o pau entre suas nadegás, escorregando por entre suas coxas, a principio ela manteve o pau mais abaixo, nao deixando roçar a sua xoxota, mas como ele a apertava, beijava e chupava, ela foi cedendo espaço e começou a deixar opauzão subir e subir, até que a brincadeira esquentou mais, agora o pau se encaixava na parte da frente da bucetinha virgem dela, e ai sim ela enlouquecia, sentindo aquele pau duro e enorme, ficar acavalada nele sentindo o cabeção acariciando seu clitoris, até hj ela adora brincar assim com os pauzudos antes de dar, então, assim que ela liberou dele ficar a coxando daquela forma ele a enlaçou nos braços, com uma mão segurava seus peitoes e com a outra novamente desceu e foi explorar a bucetinha dela, assim que ele tocou nela, ela só conseguiu gemer e pedir para que ele ficasse novamente brincando só no clitoris, e pela primeira vez teve outra pessoa tocando sua chota virgem e isto foi o máximo, o pau dele como era grande permanecia roçando la na frente, ia as vezes até sua barriga e ela tratava de acariciar seu cabeção e pressionar novamente contra sua buceta, por vezes quando ele recuava mais o corpo o pau ia muito para tras e entrava roçando pelo anus e vagina, algumas vezes o cabeção ficou completamente encaixado em sua entradinha tanto ela como ele sentiam isto e imediatamente paravam os movimentos, ela só conseguia gemer e dizer um nãoooo, confessou que sem muita vontade, o fogo era grande, ela falou que por vezes quando isto acontecia ela só parava e esperava por ele, e disse que se ele nesta hora insistisse ela nao teria como resistir, mas ele acabou por se controlar e tirar o pau dali voltando a fazer ele sair la na frente dela por sobre seu clitoris e barriga, desta vez ficaram muito tempo nesta, ele beijava chupava o pescoço e ela gemia baixinho descontrolada por vezes chegou a dizer que não estava aguentando mais mas mesmo assim ele foi controlado e não tentou nada a mais que os arretos, ela nao sabe a quanto tempo ficaram nisto até que os movimentos dele ficaram mais fortes, mais rápidos e ele retirou a mão do clitoris dela e a segurou forte com uma mão em cada seio, ela como putinha empinou mais a bunda para ele, sentindo o pauzão ensopado por sua vagina, o cabeção ficou completamente encaixado entre os grandes lábios de sua xota e ela agora quem segurava o pau, ela não o envolveu em sua mão apenas usava dois ou tres dedos para fazer pressão do pau contra seu clitores naquele movimento que ele imprimia de vai e vem qualquer escapada que o pau desce agora entraria nela e acabaria com todo sofrimento dos dois rss, embora ela fosse sentir alguma dor garanto que não pediria para ele parar rsss, ela estava tentando gozar mas antes que pudesse foi ele quem anunciou o gozo, se ela não estivesse com tanto fogo iria tirar o pau dali por medo da porra ir parar perto de sua vagina, mas seu tesão não deixou ela pensar nisto e ela só caprixou mais nas reboladas para seu macho gozar e ele desta vez gozou urrando mais alto, apertando mais ainda seus peitoes ja doloridos de tanto serem mamados e ela então sentiu o leite dele brotando, brotando bem no meio de sua fenda, não na vagina, mas melecando todos seu pelos sua mão, seu clitoris e isto tambem foi demais para ela, a medida q o leite foi espirrando ela ia recolhendo o que podia em sua mão e voltava a espalhar por sobre sua buceta, ele gozou sem muitos movimentos fortes ficou meio que parado o que a ajudou muito pois ela deixou o cabeção beme entre sua vagina e seu clitoris esguixando leite que ela pegava e desesperada esfregava na buceta numa siririca louca, até que ela começou num AI MEU DEUS, AIIII MEU DEUS e ele entendendo o que estava acontecendo e ja tendo despejado todo seu leite nela novamente levou a mão até sua buceta, ela deixou que ele assumisse aquela posição mas continou com sua maozinha por sobre a dele e naquela meleca toda que estava sua buceta ela gozou, gozou descontroladamente, gozou pela primeira vez com outra pessoa, na mão de outro, na mão daquele homem gostoso, gozou com o pau duro ainda entre os lábios de sua xota e as mãos dos dois que a acariciavam extremamente melecados de leite, enquanto ela ainda se contorcia e quase não acreditava que pudesse haver um orgasmo assim, pois ela mau gozava em suas poucas siriricas, ele agora voltava a esfregar o pau por entre suas pernas, a sensaçao era maravilhosa, buceta e coxas numa meleca só, o safado até aproveitou para dar uma pincelada em sua vagina, ela teve calafrios não de medo, mas de gozo, não falou nada porque nem conseguiria, mas ele só fez isto, sentiu a quentura da gruta dela e o lambuzo, ela dpois morreu de medo de estar gravida por ter um pau xeio de leite em sua entrada, mas na hora só teve prazer ao sentir aquela coisa quente e molhada por entre suas pernas, enquanto ele recuperava o folego depois da gozada ela ainda sem acreditar que havai gozado passava a mão na porra que havia entre as pernas e voltava a esfregar em sua xoxota e isto se tornou um vicio naqueles dias, ela deixava ele gozar entre suas pernas e tentava recolher toda a porra para ficar brincando na xoxota, neste dia ainda ele gozou pela terceira vez, pois ficaram até as 5 da manhã no galpão, ela só voltou para o quarto quando o dia amanhecia, assim que gozaram nesta posição e o pau dele amoleceu, ela virou para ele completamente satisfeita, falou que até aquele dia foi o maior orgasmo dela, ficou até envergonhada, mas mais que isto ficou satisfeita e não tinha palavras para falar a ele, se sentiu completamente apaixonada por aquele homem gostoso que a possuia mesmo sem penetrala, ficaram namorando novamente, ela quase chorou nos braços dele de tanta emoção, desta vez demorou mais, conversaram bastante, ela chegou a prometer que seria dele completamente algum dia, mas que por enquanto não poderia, se o pai dela descobrisse naquela época algo era capaz de por ela para fora de casa, ficaram de chamegos até que ela viu que ele estava novamente com o pau dando sinais, então voltou a manusealo, e nisto viram que ja era tarde, então ele falou para ela deixar ele dar mais uma gozada nela antes de sairem, ela só perguntou como ele queria, e embora o pedido fosse mais estranho lhe dando medo, ela ja tinha provas de que ele se controlava até demais rsss, então ela deitou de barriga pra cima e ele subiu para cima dela, agora os dois nus, ela sentiu novamente o pau roçar a sua buceta, ele ficou a beijando e se esfregando nela na posição de papai e mamae mas o pau dele com a base em sua vagina mas o resto por sobre sua barriga, e lógico que ela adorou mas falou que a xota ja doia um pouco devido ao tanto que se esfregaram na outra vez, mas sentir ele sobre ela e agora completamente nu lhe acendeu novamente o fogo apesar da sensibilidade da buceta, ela chegou a temer a penetração pois o pau ficou muito duro e ele ia e voltava sobre ela por vezes deixava o cabeção encostar nos lábios vaginais e se acaso baixasse mais um pouco a penetração aconteceria pois agora ela estava com as pernas completamente abertas e a vagina exposta, ela viu que estava ficando muito perigoso a medida que ele se excitava mais e mais, então mesmo com tesão desta vez conseguiu ficar pedindo para que ele tivesse cuidaddo com ela, quando ele deixava o pauzão baixar demais ela dizia que não, e não, e segurava os quadris dele, ele acabou por parar e vendo que estava clareando o dia decidiu gozar, então ficou de joelhos entre as pernas dela que continuavam abertas e começou a bater uma punheta admirando ela nua a sua frente por vezes segurava o pau e esfregava em sua xota, esfregava o cabeção em seu clitoris a deixando louca novamente, mas ela continuava com medo pois naquela posição era só ele empurrar para dentro, mas ele não fez, ele continhava batendo uma punheta e esfregando a cabeça do pau nela, por vezes ele mergulhou o pau mais para baixo passando por sua vagina molhada, embora o medo fosse grande ela gemia descontrolada sentindo o pau no seu buraquinho e isto tambem faziam com que o cabeção ficasse lubrificado e o esfrega esfrega era mais gostoso, por fim ele mandou ela se masturbar e ela fez, esfregava a mão em sua linda bucetinha enquanto aquele homem enorme tocava outra punheta sobre ela, e não demorou ele anunciou seu gozo, seu terceiro gozo da noite, não saiu tanta porra como no primeiro mas mesmo assim foram alguns jatos que ele mirou na xota e escapoliu pela barriga tbm, ela louca novamente recolhia o que podia do leite e trazia a sua xoxota esfregando desesperadamente, agora sem se importar com o leite que escorria para sua vagina arreganhada na verdade ela nem sentia pois ja não sabia qual liquido era dele ou dela, até tentou gozar mas ele teria que demorar mais fazendo aquilo, mas não deu logo ele acabou por parar sua masturbação assim que o pau parou de jorrar leite então ela tambem parou de se tocar, ele ficou sobre ela só a elogiando a chamando de linda e gostosa por fim novamente ele segurou o pauzão e ficou esfregando na buceta dela, agora espalhando seu leite, e claro fez novamente o cabeção passar em sua vagina onde por instantes ele ficava parado sentindo o vulcão dela, ela chegou a pedir falar em gravidez mas ele riu dela e disse que sem penetração era impossível, embora fosse mentira pois pelo que ela falou o leite certamente escorreu para dentro dela, ele brincou um bom tempo mas pelo que ela disse ele fez isto para ficar admirando a bucetinha, chegou a olhar e ver o cabacinho e como ja era tarde se arrumou e se despediram, ela voltou sem calcinha para seu quarto, não tomou banho até tentou se masturbar pois estava louca ainda sentindo toda aquela meleca, mas naõ conseguiu gozar naquele dia, sua xota ficou muito sensivel e doia, demorou muito a dormir e os tios acharam estranho ela que sempre levantava cedo dormir até tão tarde, mas daquele dia em diante os encontros noturnos aconteceram quase sempre o primo dela cheogu a descobrir mas ele só os ajudava, é lógico que deve ter achado que ela estava transando, mas ela não dava bola para isto, ela só queria encontrar seu amante, dar prazer a ele, gozou inumeras vezes até que teve que ir embora. Não era fácil ela poder voltar, acabou por ficar com outros em sua cidade, e como um vicio, batia punheta para seus ficantes, foi transar só com um namorado que teve por 4 anos, mas antes disto aprontou muito, virou punheteira de varios e adorava o leite, adorava deixar gozar nas coxas, e tem estes vicios até hj. Chegou a transar com esta sua antiga paixão, assim que cedeu o cabaço para o namoradinho quando teve oportunidade foi encontrar sua antiga paixão e fez sexo com ele, mas isto é outra história, colocarei fotos dela com outros, fotos nossas mesmo, pois deste conto é lógico que não existe rss.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario brancoemichelli

brancoemichelli Comentou em 13/06/2015

nossa como queri uma esposa assim delicia de conto




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


12342 - Amante da esposa la em casa. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
12371 - Minha esposa me fazendo surpresa(Verídico) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 24
12436 - Esposa perdendo(realmente) o cabaço do rabinho. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
12469 - INICIANDO A ESPOSA NO MENAGE(VERIDICO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 21
12479 - PROSTITUINDO A ESPOSA(PRIMEIRA VEZ) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
12578 - PROSTITUINDO A ESPOSA (NOVOS CLIENTES) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
12645 - ATUAL AMANTE O INICIO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
12666 - OUTRO CLIENTE DE MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
12709 - ESPOSA TRANSANDO NA FESTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
13013 - MINHA ESPOSA COM DOIS AMIGOS - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
13169 - NEGRO GOSANDO NA MINHA ESPOSA(REAL) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
13171 - AMIGO NEGRO LA EM CASA(EDITADO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13325 - ESPOSA TRANSANDO COM ESTRANHO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
13603 - AMANTE FIXO EM CASA A SÓS COM ELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
13769 - ESPOSA SENDO GOSADA NA FESTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
13955 - ESPOSA DANDO NO CARRO EU DIRIGINDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
14253 - ESPOSA PASSANDO FINAL DE SEMANA COM AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
14557 - ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
14729 - ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL PARTE2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
14935 - QUARTO MENAGE COM MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
14949 - QUARTO MENAGE COM MINHA ESPOSA(CONTINUAÇÃO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15094 - ESPOSA TRANSANDO GRÁVIDA DE 7MESES - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
15096 - PRIMEIRO AMANTE DO TRABALHO DELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15216 - ESPOSA TRANSANDO COM EX NAMORADO(VINGANÇA DELA) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
15259 - ESPOSA TRANSANDO COM UM COROA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15968 - PRIMEIRO SWING DO CASAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
16110 - PRIMEIRA VEZ DA ESPOSA SOZINHA COM AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
16607 - ESPOSA SOZINHA COM DOIS AMANTES - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
16627 - ESPOSA CEDENDO A CHANTAGEM DO COLEGA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
16934 - PRESENTE PARA O AMANTE(primeira parte) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0
16966 - PRESENTE PARA O AMANTE(Segunda parte) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0
18111 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE FIXO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
18115 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE FIXO parte2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
18295 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE PARTE3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
19314 - ESPOSA FUDENDO COM AMANTE E AMIGO DELE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
19938 - ESPOSA DANDO PARA COROA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
20767 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
20768 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
20769 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
22017 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
22018 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
22019 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO4 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
23307 - ESPOSA SE PROSTITUINDO (VERÍDICO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
25452 - ESPOSA DANDO NO ANO NOVO. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
26816 - O VERDADEIRO PRIMEIRO AMANTE DA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
26852 - O VERDADEIRO PRIMEIRO AMANTE DA ESPOSA 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
27032 - NAMORADA DANDO PARA AMANTE NO WC DA FACULDADE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
27652 - ESPOSA COM AMANTE NO ESTACIONAMENTO(REAL)25/03 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
28366 - ESPOSA PASSANDO FIM DE SEMANA COM COMEDOR 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
28367 - ESPOSA PASSANDO FIM DE SEMANA COM COMEDOR 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
29811 - ESPOSA COM NOVO AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
30123 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE DOIS AMANTES 1º VEZ REAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
31212 - PRIMEIRO ANAL DA ESPOSA COM O NOVO AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
33094 - ESPOSA SENDO GOZADA POR DOIS AMANTES NO MESMO DIA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
36901 - ULTIMA IDA NO AMANTE PREFERIDO DELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
43645 - DANDO PRO AMANTE NA ESCADARIA DE SHOPING - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
46418 - ESPOSA DANDO NO CARNAVAL 2014 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
50214 - ESPOSA GRITANDO NA VARA DO AMANTE EM NOSSA CASA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
53229 - PRIMEIRA VEZ COM O AMANTE EM NOSSA CASA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
53992 - AMIGO DE AMANTE COMENDO MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
54589 - AMANTE NARRANDO COMO REALMENTE FOI O ENCONTRO. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
61019 - ESPOSA E NOVO EMPREGO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
62243 - MARIDO NAO COMEU ELA DEU RABO PARA AMANTE. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
65576 - ESPIANDO AMANTE E ESPOSA SEM ELA SABER - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
66977 - ESPOSA NOVINHA TRAINDO SEU PRIMEIRO NAMORADO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
68118 - PRIMEIRO ANAL COM AMANTE PREFERIDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
70553 - AINDA NAMORADA AMANTE DO CHEFE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
71654 - FESTA COM AMANTE NEGRO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
72266 - ESPOSA LEVANDO ESTRANHO PARA NOSSA CAMA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
73929 - ESPOSA DANDO AO AR LIVRE PARA O CHEFE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
77768 - FINALMENTTE UMA AMANTE AMIGO MEU - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
78053 - Vingança da esposa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
97684 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE NEGRO, PRIMEIRA VEZ - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20
98334 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE NEGRO, PRIMEIRA VEZ - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
98619 - MARIDO ESCONDIDO NA CASA DO AMANTE ASSISTINDO ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13

Ficha do conto

Foto Perfil cacolabin
casalsul

Nome do conto:
AVENTURAS DE ADOLESCENTE DA ESPOSINHA PUTA

Codigo do conto:
66277

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
12/06/2015

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


barbara conto eroticocontis eroticos de casadas exibicionistas que adoram homens tarando e se masturbandoContos eroticos secretaria gulosa mamando no pirocao de todos os machos do escritorio na hora do almoço em uma grande orgiafudendo a buceta da menina com síndrome de downcontod eroticos pai mamae nim cumeuconto erotico fui tirar satisfação e acabei chantageadanxnn novinha gritou para para ameu deusConto erotico - Estuprei a empregada da minha mãeViadinho com negão caralho lekão contos eroticosconto erotico o bombeirocontos / traindo o marido com o vizinho negao parte finalporno encoxada na balada sentindo pau na mao e ela gostaconto incesto fotos que pal gostosoquadrinho eroticom com fernanda paesContos de corno amigo dopadocontos veridico de incesto irmao novinho bem dotado seduz sua irma casada e fode elacontos eróticos vizinha venho compra sacoleconto erotico meu primo me enganou e comeu meu cucontos de tio safadoConto erotico corno humilhado e usadocache:96w4Biafn4wJ:mozto.ru/fogoma vedeo porno chupei a rola do meu padrasto ater sai leitinfui durmi na casa da minha tia e ela deixou eu durmi no quarto da minha prima dlc ninfeta linda pornô safadinhacontos eroticos maninha com os peutos cheios de leite pediu e eu fiz massagembdsm esposa viadinho contocontos com mãe.de.namoradacontos eroticos fudendo a mae travesticontos eróticos comi neta loira fotosContos erótico enteada desmaiorcontos papai comeu meu cu com vontadelesbicas esfregando peitinho na bucetatravestis mostrando o cu inchado depois de ter dadocontos eroticos sogra escondida com o genro e um casal de amigoscorno consolo cinco dedos no cu contoContos Eroticos Comi a Namorada do Meu Amigocontos eroticos com animaispai adimirando o bucetao carnudo ixado da filha dormindomeu pastor me chupou contosadestrando a cadela pornoFamily guy porno em quadrinhoscontos eroticos, minha esposa cincoentona. comida por dotadocontos eroticosde esposadando pra outroContos gay fio dental com maduroContos o carcereiro comeu minha bucetacomeram meu cu no luau contosagatacontoseroticosConto erotico de meninacontos dona rose contos eroticos vovo mim fudeu no canilwww.sogro pauzodo comendo cu da noraconto erótico boquete chantagemvideo escorregou e tro errado pornocontos meu neto pirocudoperdendo as pregas contoscontos de crentes caretescontos erodicos minha mulher me deu gostosoirma kavalaContos eu e meu marido fudemos com varios travesti ela da o cucontos eróticos de corninhocontos eroticos dei.o.canecoquadrinhos eroticos filho atrevido 2mulheres vestido curto com bunda grande gostosadando um trato a vizinha do lado quadradinho eróticocantos fotos eroticas de negao pirocudo com vovocontos de casadas que gosta negaoconto erotico -comi minha namorada e airmabuceta inchada e ardida macho deixou para o cornovirgens assustadas contos"MINHA 1ª VEZ FOI NO CUZINHO (FOI ÓTIMO)"colegiais com fio detal noonibus sarrando narola duraxvideos imitando cachorro transa e garrou