Tudo que eu quero 02x01 - Aprendendo


Click to Download this video!


Oeeeeee meus amores, tudo bem com vocês? E estou aqui novamente como prometi, e primeiramente, peço perdão a vocês, tipo aconteceu tantas coisas nesses meses, e teve algums momentos que eu tinha certeza, que eu deveria parar o conto, mas não, eu fiz uma promessa, e eu estou aqui comprindo-a. E novamente perdoem-me.
Vamos a alguns detalhes aqui, eu pensei, pensei e pensei, e eu não vou complicar tanto a vida dos nossos queridinhos, vou relevar, nas tretaaaas (adoroo).
Mas é isso ai, e ahhhh muito obrigado a todos que esperaram esse tempo para a segunda temporada, bjs bjs e vamos ao capítulo.

-----

"Vivendo e aprendendo"

.....

- Tenho algo especial, nesse dia tão especial, nesse lugar tão especial - Disse César, com um sorriso inenarrável, apontando para a praia, era onde estavamos, o nome da praia é a famosa Ponta Negra, fica na zona oeste, um lugar belo e mágico, já era de noite, estava, só eu e César e as pessoas longe de nós.
Cesar estava com uma caixinha azul com um laço preto.
Hoje estamos completando 4 meses de namoro.
- Não acredito, não precisava - Digo quase chorando; Tá sei que é coisa boba, mais sei lá nesses últimos meses, foi tudo tão bom, aprendi tantas coisas, tipo, quem eu sou, quem eu amo, aprendi com meus erros, e com os erros das pessoas de quem eu gosto também, aprendi a não deixa o orgulho tomar conta de mim, aprendi a cair, a ter paciência, aprendi, aprendi, aprendi e aprendi, e ainda estou aprendendo muitas coisas.
- Lógico que precisava, ei não se esqueci da nossa promessa "Sempre e para sempre" ou "Always and forever", a mesma coisa rs. Cara não sei, mas esses últimos meses, você me fez tão bem, e... - César parou de falar e me olhou da mesma forma e da mesma intensidade, que me olhou pela primeira vez lá na escola, quando ele era o meu carinha do terceiro. Ele deu um suspiro, e começou a rir feito um bobo, aliás ele é um bobo, um bobo fofo.
- E... Eu quero ver logo o que tem aí dentro, é comida? Sério cara tô com fome... - Digo cortando ele.
- Cara eu te odeio, não corta o clima, e não, não é comida, relaxa aí esse 'buxo', depois vamos para a pizzaria e comemos - Ele responde com um biquinho sexy.
- Aí quanto agressividade, eu não mereço, pra quê isso? - Digo fazendo uma cara de puto chatiado.
- Idiota.
César chega perto de mim, me abraça, e sua mão chega no meu pescoço, e César me puxa carinhosamente, e me beija. Detalhe: Sua barba estava grande, mas estava aparada, aquele barba, tipo "macho alfa", que é de da tesão até numa vaca, mas enfim. Seu cabelo estava menor, e sua aparência havia mudado, a academia estava fazendo efeito, e já estava mais fortinho.
- Ainda é o mesmo? - Pergunta César.
O mesmo o quê? - Digo, confuso, após o nosso beijo.
- O mesmo beijo?
- Em relação ao nosso primeiro beijo?
- Sim.
- Claro que não, tipo já ouviu aquela música : "Nada do que se foi sera de novo como já foi um dia", meu amor a cada beijo, a cada olhar e a cada momento, fica tudo incrível, mágico e vários adjetivos, que se eu fosse falar aqui, ficaríamos até o sol amanhecer pelo horizonte.
César não fala nada, pois o que aprendemos e que alguns momentos não merecem ser dito por palavras.
- São dois anéis - Diz César, olhando e abrindo a caixinha. Alguns metros de distância de nós tinha um grupo de amigos ouvindo: Broken - Jake Bugg numa caixinha de som (isso mesmo renovei o repertório kk ouçam vocês vão amam)
- Ta ouvindo? Essa música, amooooooo cara, ela é perfeita pra... - Comenta César
César pega a minha mão e coloca o anel no meu dedo.
- Você quer se casa comigo? - Diz César fazendo a coisa mais boba, que eu já tinha visto, mas eu estava adorando Tudo, ele, a música, a praia, nós dois o balancear das ondas, e vento frio que estava dando na minha barriga.
- Sim - Digo, pegando o anel, e colocando em seu dedo.

- Na saúde e na doença - César comenta.

- Na alegria e na tristeza - Digo.

- Na riqueza e na pobreza.

- Sempre e para sempre.
César me puxa pela cintura e me beija novamente, como o firmamento do nosso casamento, após o beijo, dançamos no ritmo da música.


GoodDay... - Disse minha mãe abrindo a janela do meu quarto.
Já Era sábado de manhã, corrigindo sábado a tarde para o resto das pessoas
- Acorde querido, já são 13h40, você chegou tarde ontem da Ponta Negra, e como foi lá? Já faz tanto tempo que eu não vou la, podiamos ir lá qualquer...
- Foi normal mãe, não aconteceu nada de mais, só foi legal a parte da pizzaria, César não gosta de maionese, a senhora acredita? Quem criatura no mundo não gosta de maionese? CÉSAR...
- Cada um com gosto diferente, o mundo é diferente,filho.
- É mãe é muito diferente.
- Se arrume, mais tarde temos um jantar, no Picanha Mania.
Picanha Mania é um restaura luxuoso daqui da minha cidade. Minha mãe estava querendo me apresentar a um grande amigo dela, eu não via nenhum sentido nisso, mais enfim.
- Sério que eu preciso ir? Sei lá leva, uma de suas amigas - Digo querendo fugir desse jantar, que por sinal iria ser chato, a melhor parte seria a comida.
- Não, eu que que você vá - Rebate minha mãe.
- Porque? Tipo o que vai ter lá de especial, além das comidas?
Você irá conhecer novas pessoas, isso é bom para a sua idade, acredite.
- Aff, posso levar alguém?
- Nesse não Fernando, no próximo você levar, qualquer pessoa que você quiser. Mas por favor comece a se arrumar, o jantar será as 7h, você sabe que eu sou pontual. Bom, vou sair depois volto.
- Tá, tá. Mãe?
- Sim?
- Eu não sei o que terá de tão especial nesse jantar, mas não tenho um bom precentimento.
- Besteira, coisa de adolescente. Tchau tenho que ir.

Saiu da cama, vou para o banheiro tomo o meu banho e faço minhas necessidades, após sair do banheiro visto uma bermuda e uma camiseta azul. Desço, vou para a cozinha, merendo e em seguida almoço, eu vou para a sala assitir tevê.
Meu celular toca e era Neto.
- Senhora? - Digo com tédio
- Ferdeeeeees, adivinhe? - Grita Neto, do outro lado, quase espocando meu ouvido.
- Eu comprei GTA V.
- Tá, mas e aí? E? Você sabe que eu não sei jogar PN.
- Ué vem pra cá, eu te ensino, o César também te ensina, aliás ele está aqui.
- Não da tenho um jantar hoje com minha mãe. Eiii cuida bem dele, por mim. Cadê ele?
- Tá no banheiro. Bom vou desligar, não quero que vocês gastem meus créditos, como das outras vezes.
- Ahh qual é, diz que eu mandei beijos e vários beijos.
- Se eu não vomitar antes ei digo.
- Idiota kk. Tchau.
- Tchauzinho...
...

Jogo meu celular no sofá e percebo que Neto, não tinha desligado no outro lado da ligação e pego o celular de volta e ponho no ouvido, e ouço a voz de César e de Neto, César já Havia voltado do banheiro e, ouço a conversa deles:
- Quem era no telefone? - Pergunta César.
- Era o Fernando - Responde Neto.
- Ahhh e porque você não me chamou babacão?
- Porque você tava muito ocupado fazendo o número dois.
- Vai te fuder Neto kk
- Foi mal cara kk mas e aí vamos jogar ou não? Eu chamei o Ferdes pra jogar comigo, eu ia ensina-lo mas ele não quis, ele tem um jantar.
- Você ia ensinar é o cassete kk
- Zooooa amigo lol.
- Vamos começar logo então.
- Ahhh tenho que te dizer uma parada.
- Fale?
- A Iza.
- Hum que que tem ela?
- Ela está aqui na cidade, já faz uns 4 meses.
- Sério? E que que tem cara?
- Ah sei lá, você e ela...
- Esqueci isso, já ficou tudo pra trás.
- É, vamos jogar.

- Garotos... - Digo pra mim mesmo
Desligo o telefone, e não vejo nada de interessante na conversa. Além dessa "Iza" que tenho certeza, que não é nada de mais, tenho certeza.

Subo para meu quarto e começo a me arrumar.
Já era 18h20 eu já estava arrumado. Meu "look", digamos, era camisa polo, calça jeans azul e sapatênis, não sei se eu estava bonito só sei que eu estava bem, daquela forma.

Já era 19h e já estávamos, lá, aquele lugar, era muito luxuoso, com pessoas luxuosas e estava vestido como manda o figurino, eu estava me sentindo um playboy.
Minha mãe estava com um vestido azul escuro, até o joelho, com decote que não era vulgar, seu cabelo estava lindo, pois ela tinha passado a tarde no salão.
O amigo da minha mãe estava lá, com uma garota, eu acho que Tinha uns 21 anos, ou 20 anos não sei ao certo.
O amigo da minha mãe, era um cara que tinha mais ou menos uns 40 anos, a idade da minha mãe. O cara tinha olhos escuros, seu cabelo era baixo e liso, sua pele era morena clara, ele é bonito, e está vestido socialmente. A garota era branca, tão branca, que chegava a ser como uma vela, mas ela é linda, tão linda que qualquer pessoa ficaria de 4 por ela. Seus olhos são escuros, muito escuros, que aparentam ser pretos, seus lábios são carnudos e rosados, ela estava com um vestido preto, que destacava sua beleza, seu vestido não era nada vulgar.
Chegamos na mesa e minha mãe comprimenta-os.
- Boa noite - Minha mãe eu falamos ao chegar na mesa.
E os dois fazem o mesmo.
- Carlos, Esse é o meu filho o Fernando, Fernando esse é o meu...
- Alberto, meu nome é Alberto, e essa é a minha filha Isabel - O cara, me comprimenta e apresenta Isabel para a minha mãe.
Nós 4 nos sentamos na mesa, e Alberto e minha mãe, conversam como se fossem íntimos, e eu já estava sacando tudo.
- Fernando, Isabela, temos uma notícia para contar para vocês - Disse Alberto
Já haviamos jantado, e estavamos na sobremesa, que era uma coisa louca que eu não sei dizer o nome, mas que tinha sorvete, frutas e essas besteiras gostosas.
Isabel e eu não tinhamos falado nada. Ela aparentava ser legal.
- Diga papai - Disse Isabel, querendo saber, o que era.
- Fernanda e eu estamos namorando - Disse Alberto.
Eu já tinha imaginado isso, não fiquei assustado com isso.
A unica coisa que eu pude fazer foi apoiar. Fernanda era o nome da minha mãe.
- Parabéns, sejam felizes - Digo, eu não estava mentindo queria que eles realmente fossem felizes.
- É parabéns - Disse Isabel, mas ela estava confusa, mas aceitando como eu.
- Foi para isso o jantar? - Pergunto.
- Também, é que Alberto e Isabel, vão morar conosco - Responde minha mãe.
Isabel olha para a minha cara e eu olho para a cara dela, e solto um leve sorriso. - É muita informação na minha cabeça, presico de ar, preciso ir ao banheiro, dei-me licença - Digo.
Saiu da mesa, vou ao banheiro. Ao chegar no banheiro, vou para frente do espelho e lavo meu rosto. Ao sair do banheiro, dou de frente com...
- Fernando?
- Miguel?!
Sim. Ele estava ali na minha frente, e eu fiquei palido, pensei que nunca mais fosse encontra-lo, estava assustado e percebo que ele não estava, ele estava com um sorriso no rosto,eu tentando esboçar um sorriso, mas foi em vão.
- Cara quanto tempo, você ta mudado - Comenta Miguel.
Miguel estava com aquelas roupas de empresários smoking e essas coisas aí.
- Bom tô aqui, a trabalho - Comenta Miguel.
- Estou jantando com a minha mãe, seu namorado e a filha dele - Digo.
- Poxa então bom jantar, a sua roupa ainda está lá em casa.
- Pode joga-la se quiser, ou sei lá. Tenho que ir bom jantar também.
No momento em que eu estava começando a andar, Miguel fica na minha frente, e vejo ele de mais perto, e ele ainda aquele homem muito bonito, e cheiroso.
- Posso te ligar qualquer dia? - Pergunta Miguel, ainda na minha frente e perto de mais de mim, isso era errado, mas eu fiquei paralisado, la, olhando para seus olhos.
- Miguel tenho namorado, sinto muito - Digo, saindo daquela situação.
- Podemos ser amigos?
- Cara, melhor não, foi mal, foi bom te ver, boa noite aí.
Sai de lá, e ando rápido muito rápido.
Chego na mesa, e minha mãe estava falando com Isabel, elas já eram quase amigas, isso era bom já que timhamos que aprender a ser uma família.
Nos despedimos, eu ia minha mãe vamos embora de táxi.
- Espero que nós sejamos uma grande família - Digo olhando para a minha mãe, no táxi.
- Seremos.
Chegando em casa, vou para o quarto e corro parao banheiro tomar um banho. Visto minha cueca e vejo meu celular, e César havia mandado mensagens dizendo o quão me ama.
Deito e penso, em segunda - feira no começo das aulas, e penso, no James e na Ster, que não deu para ve-los nas férias, pois os dois viajaram. Mas enfim, estava com sono só queria dormir e me preparar para a minha nova vida com os meus novos membros da família.
-----

É isso aí meus amores até a semana que vem, e novamente me perdoem. Efim comentem, me matem, me amem, faça o que quiser.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario starss

starss Comentou em 30/07/2015

Cara kd a continuação.. Continua logo pfvr

foto perfil usuario umanonimo

umanonimo Comentou em 23/05/2015

Continuaaaa, muito boa essa série

foto perfil usuario welli27

welli27 Comentou em 15/04/2015

Até que enfim neh !? Bjss

foto perfil usuario flyrj19

flyrj19 Comentou em 13/04/2015

Que bom que voltou rs Xi, acho que ela é a Isa e ela teve algo com o César !




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


49703 - O Carinha do Terceiro. Capítulo 01 - Categoria: Gays - Votos: 12
49976 - O carinha do Terceiro. Capítulo 02 - Categoria: Gays - Votos: 8
50464 - O Carinha do Terceiro 03 - Categoria: Gays - Votos: 7
50964 - O Carinha Do Terceiro Capítulo 04 - Categoria: Gays - Votos: 9
51419 - O Carinha Do Terceiro Capítulo 05 - Categoria: Gays - Votos: 5
51791 - O Carinha Do Terceiro Capítulo 06 - Categoria: Gays - Votos: 7
52290 - O Carinha do Terceiro Capítulo 07 - Categoria: Gays - Votos: 6
52938 - O Carinha Do Terceiro Capítulo 08 - Categoria: Gays - Votos: 4
53499 - O Carinha do Terceiro Capítulo 09 - Categoria: Gays - Votos: 5
54262 - O Carinha do Terceiro Capítulo 10 - Categoria: Gays - Votos: 4
54474 - O Carinha do Terceiro Capítulo 11 - Categoria: Gays - Votos: 5
54944 - O Carinha do Terceiro Capítulo 12 - Categoria: Gays - Votos: 4
55928 - O Carinha do Terceiro Capítulo 13 - Categoria: Gays - Votos: 1
56871 - O Carinha do Terceiro. Capítulo 14 - Categoria: Gays - Votos: 6
57123 - O Carinha do Terceiro Capítulo 15 - Categoria: Gays - Votos: 5
57352 - O Carinha do Terceiro Capítulo 16 - Categoria: Gays - Votos: 6
57838 - O Carinha Do Terceiro Capítulo 17 - Categoria: Gays - Votos: 4
58112 - O Carinha do Terceiro Capítulo 18 - Categoria: Gays - Votos: 3
58147 - O Carinha do Terceiro Capítulo 19 - Categoria: Gays - Votos: 5
58448 - O Carinha do terceiro Capítulo 20 - Categoria: Gays - Votos: 4

Ficha do conto

Foto Perfil fernando_kalleb
fernando_kalleb

Nome do conto:
Tudo que eu quero 02x01 - Aprendendo

Codigo do conto:
63465

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
10/04/2015

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Minha mãe nua contosponor da travertil da bundona maior di todo mundo I do cu mais glandi e gostozopastor a fuder obreiras de moztirei a virgindade das priminhas inocenti contos eroticosConto eroticos de sogra presenteia genro com uma punhetacache:OYd7x6Hp6DoJ:mozto.ru/perfil.cfm?widn=10491&wa=c kelly e jenny parte 3me tornei mulher pelada dançando nocasa dos contos eroticos descabaçando meninas de nove anoscontos eróticos- novinhas safadsHq incesto enrolada com papaicontos transando com vôvôContos erotico esposa ouvindo a cunhada chorando na pica do marido arrombadorconto erotico fui tirar satisfação e acabei chantageadaporno quadrinho familia e assim parte 3contos eroticos arrombei o cu da mulher do meu irmao k ela chorouconto moleque comeu a sogracutuquei a buceta da minha esposa durmindoquadrinhos de erotico a picadaContos.shortinho.curto.enlouquece.filhoConto no cu da vizinhaconto gaguei mas gostei de dar o cuestuprou minha filha na minha frente contocontos eroticos de lactofiliacontos de incesto iniciandocu da patroa conto eroticoconto da casas do contos lesbica de orgia na colegio de mocas sexo anal lesbic com cosolo de cintacontos avo biigode peludo eeoticos netaver fotos de pedreiros grisalhos de pau duroporno sou amante do sogro contoContos erotico fui brinca com o pirralho do meu piminho e ele quebrou meu cabaçocontos eróticos comendo empregadas coroaso negao do onibus conto eroticoconto estuprada por um pauzudoMinha,sogra Rabudasnovinha vai dá o cuzinho virgem para o padrasto e ela chora de dor ai meu vizinhoconto erotico transex vestindo calca legconto erótico hermafroditaConto gay pentelhosConto de incesto de a garotinha do papaiconto erotico tarado comendo buceta da cabrita no.zoofiliaconto errotico apostando a esposacontos eroticos de meninas que começou a ser putinha bem novinhatrans picuda contos cm fotohospedei casal sem tem pra onde ir contos eroticoContos de corno chingamdo de puta biscateconto eu arrombei a buceta da minha sograesposa bundai ezibe conto eroticocontos erotico em sarandi prcontos eroticos rala rala na infanciacontos gays casados um negao socou forte em meu intestinotroca casais contosconto erotico briga de espadas gay 2017,conto meu pai foi cornocontos porno viagem com sograavó tirando c******** da sua netinha bem gostosinhocanto erotico com boceta vermelinhaengolindo ate otalo cradrinho eroticosQuadrinhoseroticossobrinhascontos eroticos vi mamae fuderdesenho de sexo voConto erotico fiz minha prima virgem chora no meu pau 27cmconto erotico com irmaoconto erotico angelica dei pro amigo do meu maridocontos eroticos mulher que da pro marido e amigo aconteceu sem planejafrancinecross crossdresschequei em casa e mao aquentei ver minha enteada dormindo peladaMilftoon Tia WalquiriaContos gays de fio dental para os pedreiros negrosContos Padrasto tirando cabaçosporno hentai imagen grandecasada que fes zoofilia pela primera vesFotos incesto com nora brazilcontos eroticos coleira vadiaContos eróticos de tio fôlego sobrinhaconto erótico que marido arma com outro cara comer sua esposa sem ela sabertia gostosa senta no sobrinho quadrinhoscontos eroticos minha mulher deu o cu pro ex marido nainha frenteconto de primo fudendo primacontos eróticos gay-meu tio tirou minha virgindadeconto erotico em quadrinho sexo Mt gostosoaprendendo a dirigir contosFilinha putinha dando a bucetinha pro paisinho contos eroticos com fotos e quadrinhos animadosnudes+das+mulheris+mais+lunda+do+mundopênis com mais de 15cm estragando bucetacontos eroticos aprendendo dirigi com tioxvideo.Conto Erotico - Corneando o marido com um travestis !Contos eroticos neta e avôa netinh na horta da pro vovo pornommquadrinhos gay porndoce nanda contos eroticosconto erótico cegonovia de 12 lerva um pau gradewww.professoracontoerotico.com.bro dia que dei minha buceta gostoso pro meu/namorado contovídeo pornô massagista dando gostoso de bruço por Palmacontos eróticos pode ficar com raiva, vou te fuder do mesmo jeito