Papaku - O médico urologista não resistiu


Click to Download this video!


Meu irmão, o Paulo Papaku é mais puto que eu. Esse come tudo que aparecer pela frente, inclusive por dinheiro. Ele deve ter comido alguém com tanta força que machucou o pau. Depois de ir ao médico, ele me ligou, todo eufórico.

- Porra, Betão! Passei num médico gostoso pra caralho! Doutor Artur. Loiro, uns 29 anos, saradão, tesão da porra. Quando ele viu meu pau, ficou fascinado.

O pau do Paulo é bem menor que o meu, tem "apenas" 24 cm.

- E tu passou a rola nele, Paulo?

- Que nada! Fiquei com medo dele não topar. Mas já tenho o retorno marcado pra semana vem. Vou tentar traçar esse puto!

Claro que eu decidi que ia passar a perna no meu irmão e comer o médico tesudo primeiro. Perguntei onde era o consultório, "só por curiosidade", e marquei uma consulta. Fiz questão de deixar bem claro que queria o último horário, para pegar o consultório o mais vazio possível.

No dia marcado, cheguei em cima da hora. Percebi que já não havia mais ninguém na sala de espera, só a secretária. Quando o paciente saiu do consultório, meu pau já começou a se mexer na cueca.

Ouvi então uma voz de macho chamando o próximo paciente:

- Senhor Roberto Papaku!

Levantei-me e quando apertei a sua mão, já fiquei louco de tesão. O doutor era lindo! Loiro, olhos verdes, jovem, sarado, cara e jeito de macho. Na mão esquerda, uma aliança que só serviu para me dar mais tesão.

- Pelo sobrenome, o senhor deve irmão do Paulo.

- Pois é. Foi ele quem me indicou o senhor, doutor Artur.

Quando ele deu a volta para se sentar na sua cadeira eu pude admirar aquele belíssimo rabo. Sarado, carnudo, apertada na calça branca. O sorriso era lindo. Médico simpático, gostoso.

- Pois bem. Qual é o seu problema, senhor Roberto.

- Doutor, pode me chamar só de Papaku. É como todos me chamam. O que acontece é que eu ando tendo umas sensações esquisita nos meu cara... quero dizer, no meu pênis.

- E como são essas sensações?

- Como eu vou explicar? Parece que é uma dor, mas ao mesmo tempo é uma queimação. Parece que fica pegandfogo. E isso também vai para os testículos.

- E quando isso acontece? Quando o senhor acorda? Quando urina?

- Por favor, me chame de "você". Na verdade é mais quando eu estou mantendo relações sexuais.

- Muito bem. Eu gostaria que você deitasse aqui na maca. Por favor, abaixe as calças.

Quando eu tirei minha calça e a cueca, Artur não pôde disfarçar a cara de surpresa. Meu pau estava meia bomba, porque eu tinha me concentrado para evitar uma ereção naquele momento. Queria cercar a vítima lentamente.

- Seu pênis é bastante grande, Papaku.

- É... pra ser sincero, é o motivo da minha fama.

Ele deixou escapar um sorrisinho que era ao mesmo tempo sacana e nervoso.

- Doutor, o senhor já tinha visto um desse tamanho?

- Olha, para ser sincero, não. E repare que nesses anos eu já vi milhares de cace...milhares de pênis.

- Pode chamar de cacete, doutor. Chamar uma tora dessa de pênis é até ofensa.

Outra risada.

- Mas afinal, que sensação estranha é essa? Quando você a sente?

- Por exemplo - disse eu -, quando alguém pega no meu pau e começa a masturbá-lo, eu sinto essa dorzinha estranha. Se eu masturbo, tudo bem, mas se outra pessoa põe a mão, eu sinto.

Finalmente ele colocou a mão no Papaku. Começou a apalpar com jeito, como qualquer médico faria, mas dava para notar um olhar de fascinação nele.

- Dói aqui?

- Não.

- E aqui?

- Também não. Segura com a mão toda, doutor. Isso, agora movimenta um pouco, pra frente e pra trás.

Claro que meu pau foi crescendo, endurecendo, transformando-se no dragão negro, louco pra soltar fogo.

- E agora, dói?

- Não é bem dor... é uma sensação meio de calor, de que vai explodir.

- É que o seu pau é tão grande...

Ele deixou escapar a palavra. "Pau". Não era mais "pênis", era "pau".

- Sabe quando eu sinto mais dor, doutor? Quando algum puto chupa com muita força. Ou quando o cuzinho de um macho puto se contrai com tanta força que quase arranca o cacete fora.

Ele que continuava punhetando meu caralho, deu uma nova risadinha, de putinha louca por uma gozada.

- Espera um pouco. Eu vou dispensar a secretária. Quero examinar com mais calma.

Ele saiu do consultório. Uns cinco minutos depois, voltou, com um sorriso de putinha no rosto.

- Pronto, vamos continuar o exame. Onde estávamos?

- Você estava punhetando meu caralho, e eu dizia que só dói quando chupam ou quando eu fodo um cuzinho de macho safado.

- Bem... talvez eu deva fazer um exame mais.... como direi? Profundo!

Ele disse isso e sem esperar minha ordem começou a mamar. Uma mamada caprichada, tesuda, de quem tinha experiência em dar um trato num cacete. Uma chupada gostosa, que alternava momentos suaves com selvagens. Como aquela boca se abria pra engolir o máximo do meu caralho!

- Ui, doutor! Que exame gostoso é esse? Bem que eu desconfiei você era chegado num caralho!

Ele tirou meu pau da boca e começou a bater com o grande cacete no seu rosto.

- Adoro caralho! Aqui no consultório vem muita gente de pau mole, ou pequeno. Não é sempre que vem um cacetão como esse! Eu já fiquei louco com o trabuco do teu irmão, mas ele não tomou a iniciativa.

- Eu já vim aqui pra te foder, seu puto!

O puxei pelo cabelo e começamos a sessão de beijos deliciosos. O médico era um tesudo gostoso, que sabia virar fêmea nos braços de um garanhão selvagem. Fomos arrancando nossas roupas, até ficarmos completamente nus. Artur não era do tipo que perde tempo. Era puto fodedor, baitola no cio, desesperado por putaria, e o mais rápido possível. Corpo gostoso, saradinho, o puto com certeza praticava esportes. Um rabo que era um sonho!

Comecei a encoxar meu médico safado. Ele estava totalmente entregue, já transformado em fêmea servil.

- Tu gosta de uma piroca preta, né doutorzinho safado?

- Adoro! Minha mulher nem sonha... mas eu adoro sentir um cacete.

- E por falar em cacete, já descobriu que sensações estranhas são essas que eu venho sentindo no meu pau?

- Deve ser vontade de me foder, Beto... Acho que vamos ter que fazer um exame mais... profundo!

Ele disse isso e começou a rebolar como uma verdadeira passista, com meu mastro passando no seu rego. Era puta louca mesmo!

- Você vai ter que introduzir o seu pau nesse buraquinho. É uma espécie de exame de ressonância anal.

Abaixei-me e abri aquele rabão com carnudo com as mãos. Vi um cuzinho ensandecido, que piscava sem parar, pedindo para ser alimentado. Dei uma boa cunetada, só para amaciar. Não podia perder tempo, pois o tesão era enorme.

- Eu vou colocar a piroca todinha nesse rabo pra você examinar. Quer pica no teu cuzinho, doutor?

- Quero muito! Quero ser tua cachorra, engatada no teu pau!

Melei a cabeçona do caralho com saliva e encostei naquela roscona linda e pidona. Como já imaginava, era um anel treinado, que já devia ter levado muita pica, embora nenhuma chegasse próxima do tamanho da minha. Quando a chapeleta passou, ao invés de gemer de dor, o tarado deu um sorrisão. Ali, apoiado na maca, de rabinho empinado ele era um putinha perfeita entregue ao seu violador.

- Ai que tesão! Como é bom sentir teu cacete!

- Doutor, e isso que eu to cutucando agora, com a ponta do cacete, o que é?

- Ai... é minha próstata! É o meu grelinho interno...Ui, que tesão! Será que meu rabinho aguenta examinar essa pica até o fim?

Entendi a dica. Fui enfiando, até meu saco encostar no dele. Realmente aquele cu tinha nascido pra levar pica. Aguentou a tora todinha.

- Teu cuzinho virou buceta, seu puto! Buceta de macho, feita pra receber uma piroca negra! Toma pica filho da puta!

Comecei a acelerar, metendo com força, até a cabeçona chegar no fundo daquele "útero". Quanto mais forte eu metia, mais o meu médico fazia caras e bocas. Gemia, babava, pedia mais.

- Soca fundo, vai! Issoooo! Soca, soca! Ai que tesão que dá! É bom demais.....

- Dá o cu, vagabunda! Você não queria examinar o Papaku? Já chegou a um diagnóstico, doutorzinho baitola?

- A sua doença se chama safadeza! Tomara que não cure nunca... o tratamento pra aliviar é me ter até estourar meu rabo... vai, isso, mete mesmo! Ahhhh tesão! Enfia! Me fodeeeeee!

Quando eu tirei o cacete para ver o estrago, percebi que aquele cuzinho realmente tinha se alargado, virado uma buceta de macho, que parecia pedir a volta do invasor.

- Não tira! Mete mais, por favor.... quero pica! Quero pica!

- Doutor, chegou a hora de coletar material para os exames... vou encher esse teu rabo de esperma.

- Isso, vem! Quero examinar todo o teu leitinho. Deposita tua gala no fundo da minha bucetinha... Vem tesão! Me dá leitinho, dá!

A putice do passivo é que faz o macho delirar. E aquele médico tesudo era muito puto. Para forçar meu gozo, jogava a bunda para tráss, rebolava, relinchava como égua possuída. Seu canal retal realmente apertava meu cacete, como se quisesse ordenhá-lo. Não resisti e explodi, inundando aquele rabo em chamas.

- Ahhhhhh quanta porra no meu rabo! To sentindo! Você me enchendo de leite....

Ele acelerou sua punheta e acabou gozando, com o cu cheio de leite.

- Teu rabo é uma papa fina, meu médico putão! Agora você tem uma boa amostra de esperma do teu paciente pra analisar.

- Mais ainda quero fazer outro exame. Preciso ver o sabor do teu esperma para ver se você não está com alguma anemia.

Meu caralho desencaixou daquele anel, todo melado, pingando. Doutor Artur caiu de boca, deixando minha rola limpa, sugando como bezerro cada partícula de gozo que melava minha pemba.

- Hummmm que leite gostoso! Leite de macho parrudo. Você está super saudável, Beto! O único tratamento que eu posso prescrever é comer meu rabinho mais vezes.

Resolvemos marcar um "retorno" da consulta. Para o mesmo dia em que meu irmão Paulo também faria o seu. Um consulta dupla, se é que vocês me entendem.

Mas isso fica para um próximo conto....


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario aquarius

aquarius Comentou em 30/07/2016

Puta tesão. De cu piscando e pau duro. Tenho uma tara pelo meu urologista. Adoraria que além dos dedos para o exame de próstata, colocasse outra coisa... O médico é peludo do jeito que gosto!!!!

foto perfil usuario lordedante

lordedante Comentou em 21/12/2015

Gente é evidente que é ficção, mas isso não tira o mérito das histórias que são ótimas.

foto perfil usuario salvador@1993

[email protected] Comentou em 24/03/2015

Srº PAPAKU precisa postar uma foto desse seu mastro. ou é tudo ficçã?.......... dlç de conto!

foto perfil usuario rodrigoalemao

rodrigoalemao Comentou em 23/03/2015

me convidaa. q tiro as fotos pra vcs..alegrar seu publico...Papaku

foto perfil usuario rodrigoalemao

rodrigoalemao Comentou em 23/03/2015

me convidaa. q tiro as fotos pra vcs..alegrar seu publico...Papaku

foto perfil usuario andersona

andersona Comentou em 23/03/2015

só queria saber se, esse autor desses contos é ele msm ou apenas ficção ?




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


55437 - Papaku - Descabaçando o missionário evangélico - Categoria: Gays - Votos: 52
55542 - Papaku - O padre gostoso levou leite no cu - Categoria: Gays - Votos: 29
55544 - Papaku - Pai e filho dividindo um caralho - Categoria: Gays - Votos: 39
55585 - Papaku - Arrombei o casado na presença da esposa - Categoria: Gays - Votos: 41
55647 - Papaku - O nerd virgem levou leite e mijo no rabo - Categoria: Gays - Votos: 21
55738 - Papaku - Ator cheirador arrombado no banheiro - Categoria: Gays - Votos: 16
55785 - Papaku - Descabaçamento coletivo de evangélicos - Categoria: Gays - Votos: 17
55848 - Papaku - Meu sobrinho quis sentir no rabinho - Categoria: Gays - Votos: 31
55852 - Papaku - O marido foi comido e humilhado - Categoria: Gays - Votos: 14
55924 - Papaku - O enteado bundudo (Sexo em família) - Categoria: Gays - Votos: 18
55926 - Papaku - O pastor deu o cu no meio da igreja - Categoria: Gays - Votos: 10
56045 - Papaku - Jornalista xereta rebolou no meu caralho - Categoria: Gays - Votos: 14
56047 - Papaku - O sobrinho mais novo também quis pica. - Categoria: Gays - Votos: 24
56137 - Papaku - Putaria no cinemão gay - Categoria: Gays - Votos: 12
56175 - Papaku - Incesto gay (Pai e filho se comendo) - Categoria: Gays - Votos: 15
56323 - Papaku - Deliciosas putarias no Carnaval - Categoria: Gays - Votos: 9
56491 - Papaku - Skatista novinho deu no banheirão - Categoria: Gays - Votos: 18
56756 - Papaku - Enrustido descabaçado nos chuveiros - Categoria: Gays - Votos: 13
56864 - Papaku - Os dois sobrinhos juntos (incesto gay) - Categoria: Gays - Votos: 11
56968 - Papaku - Um PM puto e depravado - Categoria: Gays - Votos: 18
57024 - Papaku - Novinhos flagrados no troca-troca - Categoria: Gays - Votos: 22
57186 - Papaku - O pai de família virou puta na sauna. - Categoria: Gays - Votos: 15
57479 - Papaku - Na festa de casamento, o noivo foi fodido - Categoria: Gays - Votos: 16
57746 - Papaku - Estourei as pregas do caipira inocente. - Categoria: Gays - Votos: 16
57750 - Papaku - Dando leite no cu do gaúcho machão - Categoria: Gays - Votos: 14
57924 - Papaku - Um urso gordo e bundudo com tesão no cu - Categoria: Gays - Votos: 18
57929 - Papaku - Arrombei o alemão na Copa do Sexo - Categoria: Gays - Votos: 12
58473 - Papaku - Um novinho descobrindo o prazer de dar - Categoria: Gays - Votos: 21
58794 - Papaku - Saradão, musculoso... e arrombado! - Categoria: Gays - Votos: 18
59131 - Papaku - Louca fantasia de um casado de calcinha - Categoria: Gays - Votos: 14
59720 - Papaku - Lições anais para um cuzinho juvenil - Categoria: Gays - Votos: 18
60022 - Papaku - O cunhado se revelou um puto depravado - Categoria: Gays - Votos: 22
60369 - Papaku - O sobrinho trouxe um amiguinho - parte 1 - Categoria: Gays - Votos: 17
60450 - Papaku - O sobrinho trouxe um amiguinho - parte 2 - Categoria: Gays - Votos: 13
60921 - Papaku - Não comi o pai, mas comi o filho - Categoria: Gays - Votos: 19
61182 - Papaku - Bombeiro sarado no chuveiro da rodoviária - Categoria: Gays - Votos: 34
61653 - Papaku - Os garotos do time de vôlei juvenil - Categoria: Gays - Votos: 34
62199 - Papaku - Casado traído se vingou dando o rabo. - Categoria: Gays - Votos: 19
62295 - Papaku - Lekão surfista descobriu o sexo na praia - Categoria: Gays - Votos: 20
62570 - Papaku - Ele casou, mas passou a lua de mel comigo - Categoria: Gays - Votos: 26
62869 - Papaku - O delicioso professor de Jiu-Jitsu - Categoria: Gays - Votos: 17
62951 - Papaku - O garoto que eu iniciei virou uma CDzinha - Categoria: Gays - Votos: 14
63658 - Papaku - O filho "tímido" da vizinha. - Categoria: Gays - Votos: 19
64049 - Papaku - Suruba familiar (irmão e cunhado) - Categoria: Gays - Votos: 21
64608 - Papaku - Gozando dentro do cu do casado - Categoria: Gays - Votos: 37
65571 - Papaku - Arrombando o estudante no beco escuro - Categoria: Gays - Votos: 19
65856 - Papaku - Ele só me chamava de papai - Categoria: Gays - Votos: 27
66067 - Papaku - Dois caralhos negros pra o cu do crente - Categoria: Gays - Votos: 24
66379 - Papaku - Descarregando no cu do garoto depravado - Categoria: Gays - Votos: 17
66761 - Papaku - Um putinho no fundo do ônibus - Categoria: Gays - Votos: 35
67074 - Papaku - Um charuto quente no rabo do papai - Categoria: Gays - Votos: 24
67665 - Papaku - Traição sempre dá mais tesão - Categoria: Gays - Votos: 16
68574 - Papaku - Coroa saradão tarado pelo cheiro do macho - Categoria: Gays - Votos: 15
68890 - Papaku - O bumbum do anjinho loiro - Categoria: Gays - Votos: 30
69099 - Papaku - Casal gay experimentou o sexo à três - Categoria: Gays - Votos: 18
69872 - Papaku - A mãe dormiu, o filho aproveitou. - Categoria: Gays - Votos: 27
70451 - Papaku - Maconha e piroca pro garoto curioso - Categoria: Gays - Votos: 30
71517 - Papaku - Tetudo...bundudo...TESUDO! - Categoria: Gays - Votos: 16
72182 - Papaku - Festival do esperma no cu do estudante - Categoria: Gays - Votos: 23
73018 - Papaku - Machão de voz grossa rebolou no pau - Categoria: Gays - Votos: 26
73414 - Papaku - Passeando com o filho do patrão. - Categoria: Gays - Votos: 26
73794 - Papaku - O líder do grupo de jovens da igreja - Categoria: Gays - Votos: 20
74233 - Papaku - O marido da Viviane virou puta louca - Categoria: Gays - Votos: 25
77522 - Papaku - Passei o Natal comendo um bumbum novinho - Categoria: Gays - Votos: 25
77876 - Papaku - O noivo casou com o cu cheio de leite - Categoria: Gays - Votos: 28
80618 - Papaku - Entrevista de emprego acabou em sexo - Categoria: Gays - Votos: 32
80940 - Papaku - A volta do "filho" depravado - Categoria: Gays - Votos: 17
82676 - Papaku - Brincando com os primos (parte 1) - Categoria: Gays - Votos: 22
82678 - Papaku - Brincando com os primos (parte 2) - Categoria: Gays - Votos: 18
86042 - Papaku - Casado levando porra de três negros - Categoria: Gays - Votos: 27
102293 - Papaku - O fisioterapeuta tesudo levou na bunda! - Categoria: Gays - Votos: 36
102678 - Papaku - Um policial com fogo no cu - Categoria: Gays - Votos: 26
102972 - Papaku - Que delícia de cuzinho! - Categoria: Gays - Votos: 22
103376 - Papaku - O anjinho loiro deu na frente do namorado - Categoria: Gays - Votos: 15
103712 - Papaku - Arrombei o cu do caminhoneiro sarado - Categoria: Gays - Votos: 30
104100 - Papaku - O prazer de transformar um machão em puta - Categoria: Gays - Votos: 20
104901 - Papaku - Saradão e bombadão, ele tomou no cuzão - Categoria: Gays - Votos: 15
106997 - Papaku - O casado do parque tomou leitada na bunda - Categoria: Gays - Votos: 26
108607 - Papaku - As fantasias do garoto da igreja - Categoria: Gays - Votos: 13
109312 - Papaku - Putaria gostosa com um novinho casado - Categoria: Gays - Votos: 23
109596 - Papaku - Negros pauzudos e lekes safados numa suruba louca - Categoria: Gays - Votos: 36

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico betopapaku

Nome do conto:
Papaku - O médico urologista não resistiu

Codigo do conto:
62443

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
22/03/2015

Quant.de Votos:
22

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eroticos minha mae traiu meu pai na cara deleporno história de experiência conjugaisconto erotico masturbationsconto eroticoficcao professorincesto tapa na cara contoscoto erotismo novimha tarada por velhimhoقصص زبرXVídeos irmao estrupardo airmar na maldandecontos eroticos sexo com sograContos eroticos com fotos de podolatria com patroascaralhos duro e babandoconto erotico vovo comeu meu cuzio gostozocontos eróticos escravizado pelo office boy5 sado contos eroticoscontos avelha madre e o negrao caseiro do conventocasada contos reclamando do marifo fodedorcontos eróticos i****** minha sogra gostosa e bundudahistorias porno desenhos Contoeroticoestuprada no asalto cu contos massagens heroticasconto erotico pegando a madrastaesposa puta porncontos eroticos provocando o meu paivídeo pornô das coroa buchudinha das coroa do buchãoporno contos eroticos ,apostei meu cu com meu paicontos eróticos de cenoura no cuzinhocontos gay meu irmao me defendeuminha mãe me surpreendeu contos de incestocontos eroticos- suruba no tremcontos eroticos dei pra o meu cunhado quadrinhoscontos gay com os amiguinhos do bairroContos eroticos vi meu cunhado cravado no cu da minha mulherscatvedeonovinha retribuído a encaixada no buzuengravidei de novo conto eroticocontos eróticos de novinhas sendo arombadasmeu rockeiro roludo conto eroticoultimos contos sadomasoquistaconto erotico garotocontos eroticos flagrei meu filho fudendo minha amiga travestiContos erotico fantasia amei duas pica dentro demim meu marido e o amigoconto erotico de enteada rabuda e novinhaQuadrinhoseroticossobrinhasbeijo de língua peladosporno quadrinhos sograconto arebentei cu traveste novinhadesenhos eroticos em 3d de mae e filhotia morna gostosa trazando muito lindano escuro comedo a mae por engano a mae filho incesto travesti comedo a maecontos eróticos suruba de cu arrombado pelo dog e seu donodou a buceta pro meu filho conto eroticoConto erotico bebendo porraroberto papaku contos gaycontos eroticos sou casada minha amiga scat deliciosoFilha da puta comeu meu cu contonoiva traindo Fui comida no dia o meu casamento porno contocontos eroticos sala de esperaxxxx mae e filho hqcontos com fotos cornogravidezcompenisConto porno desdi pequena pai e mae me comecontos eroticos.a professora me deixou mamarpunheteirahentalprimo vendo prima no banho e comexvideoIrmao e irma em uma viagem de feriado de carnaval no hotel conto eroticoconto erotico.comendo abuceta virgemconto erotico pai fudendo filha virgemConto erotico gay o porteirocontos como foi gostosos com travcontos eroticos comendo noracontos eroticos casada aguenta 27cm do cacete do vizinho novinhocontos eroticos de lesbicas praticando lactofiliahomem malhando pelado do pau maior do mundo e do ovo grande comendo masagistaentiadacontoeroticoporno contos eroticos filhas taradas ppr primaswww.sobrinhacontoerotico.com.brconto passando a mao na buceta da mamaeconto.eroticos.2017novinha.safadavídeos porno de corno minha esposa saindo da cabine erótica com o rosto todo gosado e se exibindo na ruao caralho era tao grande e grosso que quase desmaiei com ele dentro do cusimone fazendo boquete conto eroticom com fotosmeu filho me fudeu gostoso com fotosporno ceduzido no jogo de bilharsou casada negão gostoso corno sabiabuceta gostsa de pruwContos eróticos de incesto mamae gulosa mamando no pauzaos dos seus filhos e de mais cinco negao em um gang bang