Traindo o Rex


Click to Download this video!


Olá já faz muito tempo que não conto as minhas aventuras com o Rex, é que já estamos bem estabelecidos como amantes. E com isso até deixei de procurar homens. O Rex consegue me satisfazer por completo, a língua dele é divina! Mais como todo bom relacionamento, chega uma hora que temos que procurar algo novo e conosco não foi diferente.
Depois que comecei a dar para o Rex fui a procurar muita zoofilia na internet e os que mais me deixam com tesão são os vídeos com cavalos, fico totalmente molhada toda vez que vejo um pau grande de um cavalo, e com isso acabei muito tentada a achar um para poder chupa-lo e beber toda sua porra, mais morando em cidade grande as coisas complicam. Foi ai que tive a ideia de procurar um hotel fazenda no interior para passar um final de semana. A parte fácil, é que tem muitos por aqui, o problema é: será que alguém lá vai me deixar fazer o que quero? Não sabendo a resposta, tive que arriscar, não tinha alternativa. Então simplesmente liguei. E claro, perguntei a todos se tinham passeios a cavalos e se os cavalos eram de propriedade do hotel, no final escolhi o que iria aparentar ser mais vazio e menos sofisticado, já que estava no final das contas procurando algo incomum pra fazer. Então marquei o final de semana. Disse aqui em casa que ia tirar essa folga para arejar as ideias. Minha mãe é compreensiva e sempre deixa eu fazer essas coisas, na noite antes de viajar chamei o Rex para minha cama e o chupei durante um bom tempo e bebi metade da sua porra, e ele me lambeu divinamente como sempre.
Quando cheguei no hotel fui direto para o estábulo. Estava cheio. Vi que tinha duas pessoas cuidando dos 10 cavalos que existiam no hotel, um mais lindo que o outro, comecei a ficar molhada só de olhar para eles. Mais só 4 eram machos as demais eram todas éguas. E como já era de se esperar, o hotel estava cheio de crianças e famílias inteiras aproveitando o final de semana, então tive que aproveitar também. Fui na cachoeira, comi comida caseira de interior, subi em arvores e claro andei a cavalo, já escolhendo o que eu iria chupar depois, visei logo o maior fisicamente ele era todo marrom escuro e com a crina e o rabo pretos o nome dele era Espeto comecei o passeio e descobri que ele era muito manso e calmo de deixando cavalgar, andando claro, pela pista. Em seguida fui tentando fazer amizade com os dois cuidadores dos cavalos. Um era novo, com o nome de Carlos aparentava ter uns 30 anos e o mais velho era o seu Cláudio de uns 50 anos, tentei puxar conversa com os dois, o mais novo era muito fechado e não falava muito já o mais velho era mais amigável e convenhamos, mais bonito também. Com isso consegui puxar mais conversa com ele. Descobri que ele morava sozinho em uma casinha nos fundos do estábulo e também que as atividades do hotel a noite são apenas interiores, então nada de crianças e pessoas chatas no estábulo. O dia foi terminando e comecei a ficar observando o seu Cláudio pelo hotel, vi ele indo e vindo dos estábulos olhando as coisas e já se preparando para o dia seguinte. Fui tomar banho. Vesti uma blusa, sem sutiã, calcinha, já que não pretendia fuder com o Espeto, uma calça e sapatilha. E sai decidida. Primeiro dei uma passada pela lagoa, tinha uns dois casais namorando por lá, olhei para o estábulo e vi que não tinha ninguém por perto e caminhei até lá. Entrei no estábulo e comecei a olhar os meus garanhões, fui direto para a cocheira do Espeto. Subi na madeiras que serviam de cerca e comecei a acariciar sua cabeça. Ele estava comendo e comendo mesmo ficou, já descobri que era ainda mais manso do que imaginava. Então subi mais na cerca e a atravessei, andei ao seu lado comecei a alisar o corpo dele com uma mão e a outra foi direto para o meio das suas pernas, comecei a apertar o seu pau, ele ficou levantando lentamente a pata traseira direita mais quando me ajoelhei ao lado dele e coloquei as duas mãos no pau dele fazendo carinho ele parou, assim continuei o carinho esperando o pau dele crescer para que eu começasse um boquete gostoso. Passou alguns minutos mais o pau dele não estava crescendo o quanto imaginava, ele ainda estava começando a ficar duro, e ainda nem tinha saído de dentro dele. E foi ai que ouvi uma voz.
- Tá fazendo o que garota?
Tomei um susto tão grande que caí de bunda no chão, e quando olhei pra cima vi que era o seu Cláudio, me olhando também assustado.
- Há… nada seu Claudio só estava… - Disse com uma vergonha enorme. Nem tinha me passado pela minha cabeça que acabaria sendo pega naquela situação.
Seu Cláudio rapidamente subiu na cerca da cocheira dizendo.
- Você tava excitando o cavalo? É isso mesmo?
- Há… Não… Tava…
- Deixa de mentira garota eu vi bem. Quer ajuda?
Fiquei assustada com a pergunta, hesitei por uma momento mais disse com um tremendo sorriso no rosto.
- Sim!
- Ok, mais posso continuar o serviço depois que o nosso amigo Espeto aqui terminar? - Perguntou ele colocando a mão no cavalo.
Fiquei meio reticente com a proposta, mais esse era o único jeito de fazer o que pretendia. Então respirei fundo e disse.
- Claro!
- Ótimo garota! Vamos lá então, você estava fazendo do modo mais demorado para deixar o Espeto com tesão. Vou fazer de uma coisa que vai deixar ele de pau duro rapidinho. Me espere só um minutinho.
Seu Cláudio abriu a cerca e saiu, foi até a entrada do estábulo e pegou um pano branco que estava em um varal perto da porta, então foi até a cocheira de uma das éguas e colocou o pano dentro da buceta dela, tirou e logo depois foi para outra cocheira e fez o mesmo em mais outras duas.
- Pronto! - disse ele depois da quarta égua - Agora o Espeto vai ficar de pau duro rapidinho, pode ir lá garota eu seguro ele
- Tem certeza seu Cláudio?
- Já perdi a conta de quantas vezes fiz isso garota.
Então me ajoelhei novamente e comecei a acariciar o pau do Espeto e no momento em que o seu Cláudio colocou o pano no focinho do Espeto, bingo! O pau dele começou a ficar duro quase que instantaneamente e em segundos ele já estava todo para fora, era grande, vermelho, quente e pulsante, segurei com as duas mãos e fui direto colocando a boca naquela cabeça de pau enorme, minha boca ficou cheia na hora, só cabia a cabeça e mais nada então comecei a chupar com força enquanto minhas mãos tocavam uma punheta para ele. Comecei a gemer.
O seu Cláudio ficou observando e por fim falou.
- Caralho nunca vi chuparem tão bem, só não gasta a saliva toda porque vou querer um pouco pra mim também tá ouvindo?
Tirei o pau do Espeto a minha boca respondi.
- Pode deixar seu Cláudio, consigo ter tesão para os dois. Você sabe se ele goza rápido?
- Há! Isso depende da égua. Se ela for boa, é rápido! Agora se for meia boca, ele demora.
- Então vou ser uma bem meia boca para aproveitar o máximo desse caralho enorme.
- Mais se quiser pode ser rápida! Ainda tem mais 3 cavalos ai do lado, pode aproveitar o quanto quiser. Mais a minha vez é depois do Espeto!
Dei uma gargalhada e comecei a tirar minha blusa, deixei meus peitos a mostra e voltei a ocupar minha boca com a cabeça enorme do pau do Espeto. Nessa hora me veio um pensamento - Desculpe Rex, mais esse caralho do Espeto é enorme eu tinha que fazer isso, desculpe.
Fiquei chupando, lambendo, lambendo e chupando feito uma louca, passava o pau dele nos meus peitos no meu rosto, as vezes trabalhava bem rápido as vezes bem devagar, foi aproveitando cada segundo e cada centímetro daquele pau enorme. Ficava só ouvindo atrás de mim os pequenos relinchos do espeto e as palavras de incentivo do seu Cláudio. Eram coisas como: Vai putinha, engole mais, lambe vagaba, chupa tudo, nunca viu um pau desse tamanho né putinha.
Continuei me divertindo muito até que o seu Cláudio falou algo que não era o de sempre.
- Acho que ele tá chegando lá, fica esperta, ele tá meio nervoso.
- Obrigado seu Cláudio, vou querer beber toda a goza que ele vai me dar. Disse enquanto passava minha língua por toda a extensão do pau do Espeto.
- Duvido que consiga garota é muita porra de uma vez só, mais se conseguir abro mão da minha parte no acordo.
- Filho da Puta! Só fala isso porque sabe que não dá - Disse isso rindo e olhando para ele que também estava as gargalhadas.
Voltei a colocar a boca no pau do Espeto e instantes depois minha boca foi inundada por uma goza grossa e quentinha que escorreu pelo meu rosto e entre os meus peitos, seguei o pau dele com mão direita e com a esquerda fui trazendo de volta para minha boca tudo que estava escorrendo pelo meu corpo. Consegui engolir um bocado mais como era esperado muita coisa acabou indo parar no chão. Continuei a chupar e a passar o pau dele pelo meu corpo e pelo meu rosto. Até que depois finalmente estava saciada e soltei aquele caralho enorme e sentei no chão. Olhei para o seu Cláudio que disse:
- É minha vez agora putinha? Disse isso já vindo em minha direção.
- É. Mais não aqui - Respondi fazendo o movimento com a mão para que parasse.
- Caralho! Onde então? Nem pense em me enganar...
- Tem uma mesa ali nos fundos né?
- Tem.
- Então vamos lá - disse isso levantando, peguei minha blusa e que estava no chão fui para a saída da cocheira, seu Cláudio a abriu e eu passei. Ele fechou a porta e me seguiu.
Parei em frente a mesa, fiquei de costas para o seu Cláudio e disse.
- Você vai me comer igual um cavalo como sua putinha égua sem ver o rosto dela. Entendeu?
- Claro garota - disse ele com uma voz mansa como se já estivesse bambando.
- Então vou tirar minha calça bem devagar e quando dizer para vir você vem ok?
- Beleza sua eguinha....
Dei uma gargalhada por conta do elogio e comecei a me despir, tirei a calça e a calcinha bem devagar para deixá-lo ainda mais louco esperando. Por fim estava totalmente despida, usava apenas a minha sapatilha, e disse para ele:
- Vem!
Em menos de 2 segundos senti as mãos do seu Cláudio nos meu peitos e seu pau bem no meio das minhas pernas.
- Putinha… - Disse ele no meu ouvido.
- Putinha não! Agora você só vai me chamar de eguinha. Entendeu?
- Claro eguinha, vou te comer tão bem que você nem vai lembrar do Espeto.
As mãos dele começaram a passar pelo meu corpo depois ele foi até a minha buceta, enfiou os dedos nela e eu pensei dinovo -Desculpe Rex estou te traindo novamente, mais ele é um coroa bonitão e me ajudou com o que eu queria, você entende né? - Depois dos dedos dele passearem na minha buceta eles subiram para minha boca e senti o gosto da minha buceta junto com o gosto da goza do Espeto. Eles se uniram e me deixaram com mais tesão ainda.
- O gosto da tua buceta é bom, não é eguinha?
- Sim é delicioso…
- Então tá na hora de provar por completo...
Depois de dizer isso o seu Cláudio me colocou de bruços na mesa e enfiou seu pau a minha buceta, ele entrou todo de uma vez. Demos um gemido juntos e ele começou a me foder com força e tão rápido quanto o Rex e dessa vez acabei pensando em voz alta.
- Desculpe Rex!
- Quem é Rex eguinha? É o seu namoradinho?
- É - Respondi - E você é tão bom quanto ele.
As mãos do seu Cláudio estavam na minha cintura e a cada foda ele empurrava o meu corpo em direção ao dele para que ele pudesse ir ainda mais fundo dentro de mim. Comecei a gemer mais, pois já fazia tempo que não sentia um tesão como aquele. Pedi para que ele não parasse e ele não parou mesmo, e ainda por cima levantou minha perna esquerda me colocando de lado e continuando a me foder com força. Estava começando a ficar realmente cansada quando ele voltou a me deixar de bruços na mesa.
- Vou chegar lá eguinha, quer beber tudo como fez com o espeto?
- Quero!
Então ele tirou o seu pau de dentro de mim, me virei rápido e me ajoelhei na frente dele, coloquei o seu pau inteiro na minha boca, comecei a chupar e segundos depois ele gozou. Seguei o máximo que pude na minha boca, mostrei para ele a goza e em seguida engoli tudo de uma vez.
- Fui uma boa eguinha seu Cláudio?
- Você foi a melhor?
- O senhor tem programa para hoje? - Perguntei olhando para ele com um sorriso no rosto - Tem espaço para mim lá na sua casa?
- Claro que tem! E além do mais acho que nem vamos dormir né? - Respondeu ele com um sorriso ainda maior que o meu.
- Claro que não - Disse pegando as minhas coisas.
Vesti a calça e a blusa, coloquei a calcinha no bolso e fomos direto para a casa dele. Entramos, tomamos banho juntos, e como prometido o chupei um bocado e partimos para mais algumas rodadas sempre com o seu Cláudio comendo a sua eguinha por trás.
Foto 1 do Conto erotico: Traindo o Rex


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario bomaluno1000

bomaluno1000 Comentou em 09/04/2017

Voce é mesmo tarada... Gostosa...

foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 19/10/2016

Já peguei na pica de um cavalo inteiro! Foi muita excitação! Eu era garoto, mas cheio de ousadia! Betto

foto perfil usuario camps

camps Comentou em 22/08/2016

Hum... Muito bom!!!!

foto perfil usuario rafafogoso

rafafogoso Comentou em 11/08/2016

bom conto, votado.

foto perfil usuario dibinhocarinhos

dibinhocarinhos Comentou em 21/06/2016

que delicia, vc é maravilhosa. O homem que tiver vc como mulher, vai ser um cara de muita sorte. Uma puta verdadeira...

foto perfil usuario wannreco

wannreco Comentou em 22/02/2016

muito bom, votado

foto perfil usuario

Comentou em 20/07/2015

Perfeito..

foto perfil usuario gege

gege Comentou em 20/07/2015

Adoro ver uma puta mamando um cavalo e tomando todo o seu leite

foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 20/06/2015

colossal

foto perfil usuario champs00

champs00 Comentou em 01/06/2015

Votado mil vezes sempre quis foder uma gostosa enquanto ela chupá um cavalo se quiser repetir me avise

foto perfil usuario

Comentou em 25/05/2015

Mais um conto delicioso e bem excitante. Você realmente é muito safada, do jeito que todo homem gosta. Adoraria estar no lugar do Sr. Claudio para poder te pegar de jeito e fazer vc gozar muito. Tens meu voto!!! bjs!!

foto perfil usuario semajos

semajos Comentou em 21/05/2015

Adorei, aiaiai que tesao que me da

foto perfil usuario marcospauzudo

marcospauzudo Comentou em 15/04/2015

Adorei, que putinha mais safada, tesão. Bjs e chupadas delicia.

foto perfil usuario grego970

grego970 Comentou em 19/03/2015

Que eguinha vadia e safada hein...e que cara sortudo esse...conto votado e com prazer!

foto perfil usuario homem-rj

homem-rj Comentou em 21/02/2015

Nada contra os cavalos, mas eu prefiro você atuando como cadelinha! Votado!

foto perfil usuario

Comentou em 13/02/2015

Seu conto é um schow de tesão votei

foto perfil usuario

Comentou em 10/02/2015

Delícia excitante e bem escrito mais uma pérola da literatura erótica e mais uma aventura da deusa de luxúria. Vamos passar um final de semana num hotel fazenda ? imagina eu metendo na tua buceta e você chupando o pauzão de um cavalo, se quizer levar o Rex fique a vontade kkkk Beijos,

foto perfil usuario nicosantpar

nicosantpar Comentou em 10/02/2015

Maravilhoso

foto perfil usuario voyspmen

voyspmen Comentou em 09/02/2015

delicia Michele, votei de pika dura de tesão, quero essa cadelinha pra mim




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


59410 - Primeira vez com o Rex - Categoria: Zoofilia - Votos: 67
60303 - No Motel com dois Colegas de Faculdade - Categoria: Heterosexual - Votos: 39
62094 - Fudendo com o sócio do papai. - Categoria: Heterosexual - Votos: 40
64780 - O retorno da eguinha - Parte 1 - Categoria: Zoofilia - Votos: 25
65837 - O retorno da eguinha - Parte 2 - Categoria: Zoofilia - Votos: 15
66818 - Minha colega Tatá - Categoria: Lésbicas - Votos: 32
68018 - O Jonas e o meu cuzinho - Categoria: Heterosexual - Votos: 35
70362 - Meu coroa no interior - Categoria: Coroas - Votos: 25
70779 - Festinha da faculdade - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 39
74788 - Minha chefe gosta de meninas - Categoria: Lésbicas - Votos: 34
82820 - Uma noite com o Namorado e o Coroa do Interior - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 22

Ficha do conto

Foto Perfil michelly88
michelly88

Nome do conto:
Traindo o Rex

Codigo do conto:
60302

Categoria:
Zoofilia

Data da Publicação:
07/02/2015

Quant.de Votos:
56

Quant.de Fotos:
1


Online porn video at mobile phone


minha sobrinha safadaconto erotico novinha nao guenta surubaconto erotico esposa fiel no onibuscontos eroticos gays,meu tio me fez mulhersinha gratisvatia vacabunta fote com cavalo no cural.gay femboy dolacerado[email protected]conto erotico menina senhor barbudoContos e fotos de transando com vizinhas dona dalvacontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anosConto erotico chantageando a mae do amigomeu pai viu eu com a buceta tufada e me tocouconto erodico irma nua com irmao pirocudocamioneiro transando com sua esposa em patio de firmacontos erotico coroacasado comendo onovinhofodendo o rabao da dani peruibecontos dei minha esposa pra um comedorpegol carona sedel malconto gay meu pai fodeu meu amigocontos eroticos boquete galera video gameconto erotico promotora gostosaconto roludo esfola mulheramantes de buceta mozconto erotico esposa entalada até o sacopai não conia o cu da madrasta eu comi incestofotosexo quadrinho mae filhoContos eroticos meu marido levou varios homens para dividirmos as porras delesGostosa conto com fotocontos mulher de corno ficou com medo da rola do comedorquadrinhos eróticos realistacontos gay casado cuesfoladoConto eroticos papakuconto sobrinho safado da o cu para todos da famíliaconto erotico da filhAcontos eroticos gay de dando uma mamada no moleque moreninho clarocontos eroticos desde de novinho adoro me vestir de mulhercenoura conto heroticocontos eroticos gay masculino menino com cowboyconto erótico sendo consolada na rola do papaicontos de pirocudosentado no colo papai incesto contos feliz aniversario mãe quadrinhos de incestoBianca contos eróticoo primeiro chifre do meu maridoxvido novinha chotinho ele comielacontoeroticodevirgemcontos eroticos banheiro incestoGoiânia 2017 cu vigia do conto gayWww contos erotico a madrinha gostosa e o afilhado pirocudo.com.org.conto esposa pelados piscinacontos eroticos mozconto supresa analcontos com foto de emprega mostra bucetacontos do mamador de banheirowww conto erotico gay de irmao com irmao com brfazendo a linda coroa gosarcomendo o cu delaconto erotico porno mc kevinhovideo de porno policial fodeno com doispmpeguei papai cheirando minha calcinha contos eroticosconto eu rotico eu ajudei um cara estrupa minha irmaxvideo lesbico iniciaçao lesbicoso foto dinovinha querendo xupa como eporno doido comendo 3negaconto erotico de novinhoa gp contocontos erótico com fotos a bunda da costureiracontos eroticos pensa nim pau gostosobucetas do brasilconto erotico traveco dengosacomeu a prima no mato porn mozcontos de corno de acailandia maranhao