Durante o filme de terror no quarto da mamãe


Click to Download this video!


INCESTO, ORGIA, VOYEUR...

Olá, me chamo Brian(fictício), sou moreno, corpo malhado devido minha função, estatura mediana 1,69mt, sempre, desde novinho, assustei as mocinhas com o tamanho do meu dote hoje ele tem 19cm e bem grosso com uma cabeça bem desenhada...
O que passo a relatar aconteceu quando morava com a minha mãe e irmã mais velha(Renata), uma bela morena toda bem aparelhada, só usava shortinho que deixava a bucetinha beeem a mostra parece capô de fusca e uns topzinhos. Eu ainda era virgem mas enforcava o "Judas" que era uma beleza kkk...
Minha mãe, que era solteira, contratava uma moça que cuidava de mim e da minha irmã enquanto ela trabalhava (e chegava tarde da noite). Já erámos crescidinhos mas devido as aulas(sempre fomos muito estudiosos) precisávamos de alguém em casa pra cuidar da comida, da casa, das roupas e tudo mais.
Clarice(fictício) era o nome da moça, tinha 18anos, uma bela branquinha com rostinho angelical, baixinha, com os seios medianos e bem firmes, uma cinturinha e um quadril largo... Sempre toda empinadinha, só usava uns vestidinhos que iam até metade da coxa e bem soltinho e mesmo assim eu conseguia perceber tooodo o formato daquele bumbum delicioso e as vezes ate o formato da calcinha, aquilo me deixava enlouquecido.
Quando ela ia lavar louça eu sentava na na mesa da cozinha e ficava apreciando aquele corpo maravilhoso imaginando mil coisas...
Clarice era cúmplice da minha irmã, sempre deixava o filho do vizinho entrar em casa e me levava pra ajudá-la na cozinha enquanto ele enrabava a minha irmã na sala de casa. Eu, sempre malicioso, percebia tudo mas nunca flagrei...
Certa noite minha mãe havia telefonado pra casa e avisado que ia chegar mais tarde que de costume. na mesma noite ia passar um filme de terror no "tela-quente"kkk... não tínhamos sky nesse tempo, Clarice fez pipoca, comprou refrigerante, fizemos todos os preparativos pra assistir o filme eu, minha irmã e Clarice no quarto da mamãe que era bem confortável... Estávamos deitados na cama com a Clarice deitada entre eu e a Renata e cobertos com um edredom bem macio. Em um certo momento, Clarice ficou de ladinho virada pra mim assistindo o filme, ficamos assim uns 20min., depois eu ousei e cheguei mais perto dela, coloquei a minha perna entre as pernas dela e pedi pra ela me esquentar e ela me abraçou dizendo que o filme estava dando medo... Senti aquele seio bem firme encostar no meu ombro, coloquei minha mão por cima da coxa dela, subi um pouco mais minha perna e a deixei quase encostando na sua bucetinha, a mão dela já percorria o meu abdômen, minha respiração ficou pesada e meu pau começou a levantar e acho que ela percebia. Ela começou a descer a mão até o meu short, falou bem baixinho no meu ouvido "_A Renatinha já dormiu, sabia?". Eu me levantei um pouco e minha irmã estava dormindo com o rosto virado pro outro lado... Eu achei que fôssemos continuar as caricias mas ela me disse que tava com sono e que iria dormir também, só que com um ar de malícia... Ela virou de costa pra mim, ficou bem empinada eu fiquei imóvel sem saber o que fazer, quando senti a mão dela puxar a minha até a sua cinturinha e me pediu pra ser um cavalheiro e esquentá-la... Eu coloquei uma das mão embaixo da sua cabeça e a outra na sua cintura e apertei bem firme e meu pau, que a essa altura tava latejando, foi bem de encontro aquela bunda maravilhosa. Na hora ela se assustou e me empurrou dizendo baixinho: "-Meniiino, que isso??" Eu fiquei vermelho na hora, não sabia o que falar, fiquei calado mas meu tesão não passou. Ela virou de frente pra mim e eu nem conseguia olhar na cara dela, aí ela disse:
"- Cê me assustou com essa coisa, é muito grande pra sua idade, menino."
eu perguntei:"-Você acha?"
"-Acho, mas quero ter certeza!"
Geleeei nessa hora... Ela me desembrulhou, colocou meu pau pra fora e começou a literalmente brincar com ele, apertava, balançava, esfolava, aquilo tava me deixando doidinho tentava pegar nela mas tava sem posição pra isso, até que ela ficou de peito pra cima e levantou o vestido e eu consegui colocar minha mão na sua bucetinha lisinha tooda tufadinha por cima da calcinha que tava toooooda melada.
Ficamos ali brincando um com o outro por um tempinho até que ela levantou da cama, devagarzinho pra não acordar a minha irmã, passou por cima de mim e foi pro chão e começou a brincar com a minha pica, só que agora com a boca, ela em pé no lado da cama, lambia, passava no peitinho enquanto eu deitado na cama com a mão por baixo do vestido dela, coloquei a calcinha dela pro lado e tocava naquele grelinho, enfiava dois dedos na bucetinha apertadinha dela, o suco que saia escorria no meu dedo, quando ela me viu tirar o dedo daquela xotinha molhada e apertada e colocar na minha boca e sugar todo suquinho, ela ficou doidinha... Engoliu a minha pica umas três vezes depois disse:
"-Nossa! vc é muito safadinho.". Mal sabia que eu ainda era virgem... Ela ficou de quatro no chão ao lado da cama, quando fui me levantar minha irmã acordou e perguntou pela Clarice e eu disse que havia ido na cozinha ela fez que voltou a dormir e colocou um lençol no seu em cima do seu rosto, como quem diz:"Podem continuar..." Levantei com a minha pica em chamas era a primeira vez que eu ia comer uma bucetinha, fiquei de joelhos atrás da Clarice, posicionei minha rola bem a na entradinha da bucetinha dela, a segurei pela cintura e como todo menino inexperiente cravei forte e fui como uma britadeira naquela bucetinha apertada. Ela me disse pra ir devagar se não eu ia gozar muito rápido tentei me segurar e fiquei imóvel apenas sentindo aquela pulsação gostosa na minha rola... Clarice começou a ir pra frente e pra trás beeem devagar e eu nem a tocava, apenas me apoiava na cama e na parede e olhava pra cima, pois se eu sentisse aquela cinturinha ou aquele rabão branquinho na minha mão era gozada na certa... Ao olhar pro lado tive uma surpresa, minha irmã estava se contorcendo todiiinha na cama, o lençol que ela colocou no rosto era muuito fino e dava pra ver tudinho... Aquilo me excitou mais ainda e não resisti... puxei Clarice pelo cabelo e pela cintura dei umas 7 cravadas valendo nela que chegou a fazer barulho, na sétima ela soltou um gemido tão gostoso que gozei um jato muito forte de leite que quando eu tirei a minha pica escorreu tudinho... Clarice se levantou e desceu pra cozinha pra se limpar e eu deitei na cama com a pica ainda dura sem acreditar no que tinha acontecido. Nesse momento a Minha irmã tirou o lençol do rosto e disse rindo "-eeeu vou contar!".

Se for bem comentado tem a continuação que é a parte mais louca...



Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario souzar

souzar Comentou em 26/01/2015

Pode contar a segunda parte que valeu a pena!! Ótimo conto!!

foto perfil usuario camilaneumann

camilaneumann Comentou em 26/01/2015

Quero continuação posta por favor. Adorei o conto. Votado

foto perfil usuario fudedordecu

fudedordecu Comentou em 26/01/2015

amei

foto perfil usuario aventura.ctba

aventura.ctba Comentou em 26/01/2015

Adorei seu conto querida muito excitante, fiquei toda molhadinha enquanto lia. Votado, leia meus contos, comente, vote se gostar irei adorar. Eu e meu marido temos contos novos postados. Beijos. Ângela: Casal aventura.ctba

foto perfil usuario loiro do prazer

loiro do prazer Comentou em 26/01/2015

ótimo conto, os detalhes mandou muito bem e parabens pela ótima experiencia . votado !

foto perfil usuario axel_rs

axel_rs Comentou em 25/01/2015

Bom conto, a espera da continuação!

foto perfil usuario jordanel

jordanel Comentou em 25/01/2015

Sensacional muito bem escrito, continua logo.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


59860 - Durante o filme de terror no qto da mamãe cont.* - Categoria: Incesto - Votos: 15

Ficha do conto

Foto Perfil briancavalero21
briancavalero21

Nome do conto:
Durante o filme de terror no quarto da mamãe

Codigo do conto:
59606

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
24/01/2015

Quant.de Votos:
25

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos paizinho deliciaavó tirando c******** da sua netinha bem gostosinhoquadrinhos cu invocantecontos eroticos vovos gayssissy conto eroticomulhertrai marido com o pedreiro.conto historicocontos eroticos dividindo corno do Tapajós meu tio me fudeu no mato contos eróticosliga dá justiça pornôbati punheta pro meu filho contos eroticoscontos+eroticosConto de negao comendo putas casadas e cornoos melhores comtos de sexo muito esitanteorgia em sala de aula elas vao sem calcinhaConto erotico 2016, incesto mae japa mijou de tesaopagode porno grelo gosadofogosatoda contoscontos de assalto com incestoeu conto chantagem do meu irmão para mim comerXVídeos gay boa f*** mototáxi comendo um gaycontoerotico esposa e o mulequeajudei um amigo a ser corno conto erotico com foto de mulher casadaContos eroticos marido voyeur esposa pede quero da para outrocontos eroticos gay putinhacontos eróticos gay lambendo rabo peludo de machoMinha esposa saiu de shortinho socado no rabo contosconto gay irmaos gemendo no pirocao do irmao c fotocontos eroticos vovo mim fudeu no canilconto erotico: meu pai e seus amigos me comeram gostosoum touro gozou fundo no meu retobateu punheta no genro contosvideos pornô Pinto Grosso e incerta apertadaadoro contos anaisContos e fotos filhos pauzudosconto erotico rosevirei mulher do meu pai contos pornoConto anal Arrombada por pirocoesconto cu dopadacontos eróticos gay festa faculdadeso mostrei a bunda pro meu cunhado e ele gozoua travestis com o maior penis do mundotroca de casais pornôداستان سکسي تصويري مامانhentai Dragon ball zconto gay papai e vovôconto sexo na entrevistaxvideos eu dei pro cara sem ve o tamanho do pau dele quando eu vi me asusteicontos eróticos de fardados gayscontos gay dei pro meu primo marginalo clima esfriou a jiboia dele no meu c****** sem dó conto eróticocontos gay treinando meu pokemoncontos gay arrombado pelo paiconto visita em casa de amigobolinei minha enteada contos eroticosmeu irmao comeu meu cu aforçatexto e fotos de historia de porno titiu meio safado e inocente e subrinha safadaporno em quadrinhos escrava sexual do padrastoquadrinho erotico a cachorracontos eroticos tarde especialno carnaval conto eróticoconto erotico comi no meio do cafezal uma cdzinha com da fodaso negao virou meu marido contos gaydando a mulher pra negoes contoscontos dormindo sem calcinhafudendo bucetas deliciosas de mulheres gostosas noivassogro chupando a noracontos-comi o czinho apertado da mamepai comendo o cu do filhobundudo virgemcasada trai marido com empregado negro roludo quadrinhospica gg dupla penetracao gay contosConto erótico sacanagempeguei meu marido comendo minha filhacuzinhos todos estragados de rolas todos judiadosGay dando em Alagoas[email protected]Minha lua de mel contos eróticos com fotosconto eroticoflagraminha esposa com um garotao megadotado o na praia do pinhoconto eroticocomendo minha cunhada ia filha dela juntaquadrinho erotico fazendo fila para foder a jenniferxvideis o rabo da mae hetaiconto errotico tive que bater punheta para aliviar o vovoesposa gozada dentri contosHistorias porno levei minha vizinha na academia depois tranzei com ela e ela engravidocartoons eroticos gaysconto erotico primeira gozadaContos de cornos de siliconadasnatysilva/ contos eroticoscontos eroticos de novinha transando com o ficante quadrinho porno a cu-invocanteentiadacontoeroticocontos eroticos guardetes noturna trepandoContos érotico de visinhas vigenscomercuegostosocontos eroticos gay mijoconto erotico perdi minha namorada virgemContos de sogras gostosonasmae deita se nua na cama filho contos eroticos