TIA INGÊNUA VIRA SAFADA E DÁ PARA SOBRINHO


Click to Download this video!


Durante meu período de puberdade ela foi a musa inspiradora da maioria de minhas masturbações. A primeira mulher a me atrair fisicamente foi ela. E se hoje eu não ligo muito para o tamanho dos seios, mas em compensação sou obcecado por mulheres de bumbum avantajado a culpa é toda dela, a Helena.
Mas um relacionamento entre nós era algo impossível. Não pelo fato dela ser quase 20 anos mais velha, mas pelo fato dela ser casada e ser, nada mais, nada menos do que minha tia. E como quase tudo que é proibido é mais gostoso, tudo isso me dava ainda mais tesão.
Mas como dizem “a esperança é a última que morre”, e acabou acontecendo num sábado, quando a Helena me chamou para arrumar o seu computador. Por telefone ela não soube explicar o problema e disse que iria me buscar em casa. Não demorou muito e em menos de uma hora ela buzinava em frente ao meu portão. Eu entrei no carro e ela me cumprimentou com um beijinho no rosto. De repente, quando olhei para suas pernas notei que ela vestia um shortinho minúsculo, que pelo fato dela estar sentada não passava da virilha e deixava as suas roliças coxas completamente descobertas. Nesse momento eu percebi que aquele sábado prometia.
Ao chegarmos na casa dela fomos direto para a sala onde estava o computador e ela foi dizendo o problema, mas a minha atenção estava voltada mais para suas curvas do que para suas palavras. Enquanto eu fiquei arrumando o computador ela foi tomar um banho, e ao ela sair do chuveiro eu já havia arrumado tudo. Fiquei fuçando no micro dela até que ela chegasse, o que não tardou muito. Quando ela entrou na sala, com um shortinho de lycra verde florescente e uma camiseta branca eu a disse que o serviço estava pronto e ela, após verificar que de fato o computador estava arrumado, pediu que eu ficasse para almoçar com ela. A princípio eu recusei, mas de tanto ela insistir eu acabei aceitando.
Ela foi para a cozinha e me chamou para ajudá-la. Chegando na cozinha ela abaixou-se de quatro ingenuamente para pegar os mantimentos no armário, deixando-me estático atrás dela. Ela se levantou e me perguntou o que eu gostaria de comer, e sem hesitar muito respondi que partindo dela eu comeria qualquer coisa. Nesse momento ela ficou toda orgulhosa e depois de me dar alguns beijinhos na testa começou a preparar nosso almoço. Com o almoço pronto sentamos na mesa e começamos a comer. A comida nem estava grande coisa, mas com o intuito de ganhar pontos com ela resolvi elogiar o seu almoço, dizendo que estava muito gostoso e ela toda feliz me abraçou dizendo que nem estava tão bom assim. Acabando de almoçar fomos lavar os pratos e nessa brincadeira acabei dando uma bela de uma encoxada e me esfregando na bunda dela algumas vezes.
Depois ela me convidou para ver um filme, já que ela havia alugado na locadora e ainda não tinha assistido. Eu já ia sentado no sofá quando ela me disse que nós iríamos assistir na televisão do quarto dela, afinal o video-cassete estava lá. Ela colocou a fita e deitou-se enquanto eu, ainda tímido, me sentei na beirada da cama. Ela tentou me convencer a deitar ao lado dela, mas vendo que seria difícil não hesitou em me puxar pelo braço e me deitar ao seu lado. Quando o filme começou eu não acreditei no que estava vendo. Era nada mais nada menos do que “Ghost”. Era impossível que ela nunca tivesse visto esse filme. Naquele momento eu estava excitadíssimo, já que eu estava deitado ao lado da mulher que alimentava minhas fantasias sexuais desde minha adolescência. Quando o filme começou a temperatura foi subindo e de vez enquanto ela até dava uns beijinhos na minha bochecha. Quando os atores começaram a fazer amor no filme minha tia não agüentou e aos poucos foi deitando-se por cima de mim. Eu fiquei estático e ela começou a me despir até me deixar só de cueca. Foi aí que eu comecei a agir e despi ela todinha. Quando ela pensou em tirar minha cueca eu reverti a situação e deitei-me por cima dela. Comecei mordendo a sua orelha, enquanto ela com muita habilidade e ajuda dos pés conseguiu tirar minha cueca. Em seguida permanecemos alguns minutos enroscando nossas línguas com beijos para lá de molhados. Eu fui descendo e enlouqueci quando vi aquele seus seios miudinhos com os biquinhos durinhos e enchi minha boca. Passado as preliminares botei ela de quatro e mandei ver. O barulho da minhas bolas e minha virilha se chocando contra sua bunda me dava ainda mais tesão, e ela gemia mais alto a cada bombada. Após gozarmos juntos nos deitamos um ao lado do outro e ela disse no meu ouvido que aquela havia sido o orgasmo mais delicioso de sua vida. Para não perder o ritmo ela deitou se em cima de mim e com toda delicadeza penetrou meu pênis em sua vagina e lentamente começou a cavalgar. Eu não perdi tempo e apalpei as suas grandes e deliciosas nádegas e num piscar de olhos ela já cavalgava feito louca até o momento em que eu ejaculei no fundo de sua vagina e levei ela às nuvens. Para encerrar a primeira etapa ela abocanhou meu pênis e numa chupeta maravilhosa me fez gozar em sua boca. Com aquele apetite todo engoliu meu esperma sem desperdiçar uma gota e extasiada deitou-se ao meu lado. Transamos a tarde inteira até o anoitecer e depois de tomarmos um banho juntos ela ainda me levou até em casa.
Desse dia para cá não tivemos mais chances de transar, mas sempre que posso encoxo e apalpo sua bunda arrancando-lhe um sorriso e deixando saudades do dia em que a titia comportada virou uma vaca insaciável e o sobrinho um touro incansável.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


5822 - TIA VIRA ESPOSA DE SOBRINHO EM ILHA DESERTA - Categoria: Incesto - Votos: 1
5985 - ENRABEI MINHA TIA NO MOTEL - Categoria: Incesto - Votos: 0
7963 - MARISA, A COROA GOSTOSA QUE EU COMI NO ÔNIBUS - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
8690 - COMI A LOIRA GOSTOSA DA SAIA CURTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
8766 - Comi minha tia num baile de Carnaval - Categoria: Incesto - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico rela380627

Nome do conto:
TIA INGÊNUA VIRA SAFADA E DÁ PARA SOBRINHO

Codigo do conto:
5823

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
10/09/2005

Quant.de Votos:
0

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos de mae e filhoscontogayporno erotico meu paiconto erotico gay espera a mulher do sai pra da cu pro vizinhobuceta azedaconheci no happn e comeucontos eroticos como deixei meu filho me comerO danado do sobrinho gemia muito - contos eroticos gaycomi o cu da minha madrinha rabuda contoscontos eroticos meu marido e minha amigaComi meu sobrinho gay no motel ele disse goza tio no meu cu conto eroticoVovo especial do pau grande contosconto erotico onibusultimos contos sadocontos dei a buceta virgePutaria no cio gayConto reas rasgaran ucuzinho virgem da minha mulher na minha frenteMulheres casadas quê adora transar com seu chefe casetudo contos erodicosconto erotico com dedo no cu novinho e fotosincesto veridico mae cinquetona filho conto fotocontos sou uma sobrinha safadinha e putinhanovinha rabuda levantando peso e transando na academiaContosminhamulheContos eróticos abusando do cu apertado da esposa a forçadei meu cuzinho poquer meu marido nao fodia porncontos eróticos cdzinha nocarnavalContos Eroticos Gay: Gangbang com o vovosexo com colegas de trabalho esfregando a pica na buceta directamente para a buceta quadradinhos eróticoConto porno desdi pequena pai e mae me comeContos Padrasto tirando cabaçoscontos deu mole ele kreucontos eroticos de sexo com pai da amigaquadrinhos eroticos bruna surfistinhadei gostoso contosContos eróticos vizinha esposa de policial brabo cornofrutaporno sou loca pa trai meu maridocontos eroticos top orgia pag 26conto erotico pau liso de irmaoNegão conto eróticoprono quadrinhos hq porno gaycontocasadasafadinhacomeram meu cu no luau contosconto jardineiro safado com loiramulher de marombeiro sendo fodidacontos eroticos padrinho agora quer todo diaGoiás conto gay cu vigia 2017No meu carro eu levei minha prima pra uma praia de nundismo eu fudi ela nais pedras conto eroticocache:OYd7x6Hp6DoJ:mozto.ru/perfil.cfm?widn=10491&wa=c xxx+whatsappxxx+sex+Negro pirocudo comendo a ninfeta contoconto erotico. fuder com empregadocontos eroticos tio e sobrinhacomercuegostosocontos eroticos fudeno na garupaconto de não aguento a pica grande do meu avô no meu cu apertado virgemarrombei minha mãeconto erotico mae buceta peluda mete com filho dotadocontos eroticos filha casada fode com seu pai que tem um pau de 27cmscontos eroticos pai usava vibrador para filha ficar com o grelaoCONTO EROTICO_ESTUPREI UMA GAROTA GOSTOSAhq porno marvelConto erotico gravidacontos eroticos de advogadasmeu filho mamau meu pau contos gayconto gay encanador parrudodando pro meu padrinho contos eróticosbucetas virgens e nao tem diferenca em orgasmos e visaofomos ao cine pornogenroscontoeroticocontos de cu de ladinhoContos eriticos papai me molestocontos e qudrinho erotico hental familia sacana cunhada gostosaminha mae e ninha tia contocontos erotico ingravidando asogra ja que afilha nao pode te filhocontos eroticos me encoxando na fila do open barcontos eroticos cunhado nao faz isso aiaiaiiiifilho pentelhudo mamando no cacetao do paifamília favela ladrão fodendo vizinhasContinuço do conto erotico fui fuder o cu virgem d minh filh no motelhistoria com o'peão pauzudoNifeta bem gostozacontos eroticos irmmaos engravidando irmasContos trai meu marido com velho negao pedreirocunhada visitAndo conto eroticoincesto de irmãs assistindo filme porno eles ficaram ecitadocOntos minha tia mepegou na punhetaO segredo entre minha irmã e eu PT2 contos eroticos aguado comedo aitiadaconto erótico gay com vizinhosafado boca durapenetrei minha mãe bêbadaesguichos de tremerBianca contos eróticoconto anal surpresaMinha namorada me comeu strapon contoscontos meu amigo pauzudocontos minha mulhe mamando a bucetz de nossafilhaa primeira vez com empregada conto eroticoconto errotico apostando a esposaconto de tia gorda