A jovem esposa mal amada e o hóspede adolescente


Click to Download this video!


By aventura.ctba
O Jovem casal e o Hóspede adolescente

O clarão da lua cheia adentrava pelas inúmeras frestas da humilde casa de madeira deixando o interior do ambiente em certo tom prateado.
O senso de organização e limpeza da jovem esposa e a disposições dos moveis deixava aquele ambiente com certa paz e harmonia fazendo parecer bem maior que seus 25m² construídos.
O quarto do jovem casal era dividido apenas por uma fina cortina que separava da pequena cozinha e a sala onde dormia o hóspede adolescente o Alex. Quando o vento entrava pelas frestas a cortina se levantava e o garoto tinha uma visão privilegiada do interior do quarto do casal.
O garoto não tinha nenhum parentesco com o casal, era apenas irmão do cunhado da Letícia. Ele não era má pessoa, mas estava se envolvendo com más companhias na cidade grande e antes que se perdesse de vez, sua irmã pediu para deixar passar algum tempo no interior onde as drogas e as más companhias eram menores.
No início houve um pouco de resistência por parte do garoto, mas com o decorrer do tempo e conhecendo a rotina da vida no interior e dos seus tutores, percebeu que ali era um ótimo lugar para se viver, pois era tratado como membro da família.
O jovem casal era formado por Nilo 24 anos, loiro, 175m, corpo bem modelado não em academia, mas por seu biótipo e a vida dura que levava. Nilo era um rapaz bonito, simpático, brincalhão, bem gente boa.
Letícia era menina ainda com 18 anos, mas ninguém dava mais que 15 aninhos pra ela. Morena de pele clara, 1,62m mais ou menos, cabelos negros até abaixo dos ombros, olhos verdes, bundinha durinha e empinada do tamanho ideal para sua estatura. Coxas grossas, pernas bem torneadas, peitinhos médio durinhos com auréolas rosadas e os biquinhos apontado pra frente que conforme as camisetas que usava parecia quererem furar o tecido. E para completar, a simetria do seu rosto combinando com um nariz perfeito, lábios carnudos e dentes brancos como a neve. Quando Letícia sorria parecia personagem de contos de fadas.
O jovem hóspede na flor da sua adolescência com os hormônios a flor da pele conhecia a rotina do casal como a palma da sua mão. Ele sabia que era uma questão de tempo para que o jovem esposo procurasse a bela esposa e a fodesse como todas as noites fazia. Toda noite era a mesma coisa, ele passeava com suas mãos ásperas que mais parecia uma lixa sobre o corpo delicado da Letícia e em questão de minuto já subia em cima, levantava suas perninhas, encaixava se entre elas e socava sem dó seu pau naquela bucetinha saliente e suculenta até gozar, depois virava para o lado e dormia. Enquanto isso, Letícia deslizava seus dedos na sua bucetinha ainda sedenta por um pau e se masturbava até gozar com os dedinhos atolados dentro dela, talvez pensando em um macho que a fizesse gozar de verdade como merecia. Após gozar solitariamente, a bela jovem calmamente pegava uma toalhinha que ficava sob seu travesseiro se limpava e ficava tempo meditando até pegar no sono.
Alex não entendia como alguém pudesse ser tão egoísta a ponto de não dar valor a uma deusa tão linda, gostosa, carinhosa e responsável como sua jovem esposa. Com certeza Letícia era desejada por todos os amigos do casal e o sonho de consumo de todo homem, além de ser uma mulher séria que o respeitava, pois o garoto tinha visto muitos amigos do seu marido cantar descaradamente a bela jovem sem obter êxito algum. Os mais afoitos ela ameaçava até contar para o marido para se livrar do chato. Claro que ela não contava, falava aquilo para se livrar, não via motivo para envolver seu marido em algo que só iria criar atrito e ciúmes entre o casal.
Transar com sua musa inspiradora de inúmeras punheta passou a ser uma obsessão para o garoto, mas claro que o respeito entre eles impedia de qualquer tentativa de aproximação, então ele se contentava em gozar cheirando sua calcinha usada e lambendo a toalhinha que sua musa limpava a bucetinha após gozar solitariamente todas as noites, pois na sua cabeça, sua fantasia era algo impossível de algum dia ser realizado.
O corpo da sua musa estava mapeado na cabeça do garoto como tatuagem. Foram inúmeras as vezes que a viu metendo com seu marido, sem contar a quantidade de vezes que ele se masturbava espiando-a pelos buracos do banheiro vendo sua deusa peladinha tomando banho quando o marido estava ausente. Parecia que ela sabia que estava sendo observada, pois favorecia sua visão com poses ousadas da sua bundinha, seus peitinhos e sua bucetinha saliente e suculenta com poucos pelinhos bem aparados.
Conforme suas mãos deslizavam sobre sua bucetinha, às vezes ela parava e com seus dedinhos abria os grandes lábios e seu grelinho durinho crescia enquanto era acariciado mostrando aquela flor rosada com todo seu brilho e esplendor.
Vendo aquela delícia de corpo escultural se ensaboando, e, “talvez” se insinuando pra ele, enquanto se masturbava o garoto pensava em como Deus foi generoso com sua musa. Quando a Letícia se abaixava de costa para ensaboar seus pezinhos lindos, no meio das suas coxas aparecia sua exuberante buceta em forma de pão de hambúrguer cortado ao meio, e pouco acima, seu cuzinho rosadinho parecia piscar pra ele. De repente ela desliga o chuveiro, apanha a toalha e antes de começar a se enxugar olha na direção que o garoto estava e sorri ironicamente deixando parecer que sabia que estava sendo observada. Neste dia o garoto sentiu o olhar desafiador da sua musa e correu para frente da televisão com o coração batendo forte e a respiração descompassada.
A bela jovem entrou na sala exuberante como sempre como se nada tivesse acontecido. Sentou ao lado do garoto e perguntou do capítulo da novela que tinha perdido. O garoto ainda meio ofegante gaguejava querendo responder, ao mesmo tempo em que tentava esconder o volume que formava sob a bermuda fina que usava. Letícia percebendo a situação constrangedora que estava impondo ao garoto, com um sorrisinho no rosto calmamente se levantou foi até seu quarto onde delicadamente passava seus cremes hidratantes se embelezando, se perfumando para esperar seu marido que por mais tosco que fosse ela com certeza o amava.
A noite quando jovem esposo chegou, sua bela esposa abraçou na entrada e o beijou apaixonadamente como sempre fazia. Ele chegou todo sorridente trazendo pizza e vinho para comemorarem um bom dinheiro que entrou na sua conta pelo término de um serviço. Por ser sábado, todos exageraram um pouco no vinho e foram deitar. Alex como sempre, sabia que a comemoração naquela noite seria mais picante, e já imaginava as cenas pornôs dos capítulos que veria a seguir.
Para adiantar o espetáculo o garoto logo fingiu que estava em sono profundo e até simulava uns roncos. O casal já meio alto pelos copos de vinhos que tinham tomados, logo se atracaram sem ao menos abaixar a cortina. Desta vez Nilo mais aceso, chupava aqueles peitinhos maravilhosos enquanto seus dedos penetrava fundo na bucetinha da jovem esposa arrancando gemidos e sussurros da sua amada, enquanto ela carinhosamente empurrava a cabeça do esposo de encontro a sua bucetinha que a esta altura estava toda meladinha e sedenta para ser chupada.
O marido entendendo o que queria se ajeitou no meio das pernas da sua esposa e sugava ferozmente sua bucetinha, ela gemia, mordia os lábios e trincava os dentes, não sei se de tesão ou dor causado pelo furor que seu marido a chupava. Em questão de minutos o Nilo saiu dos meios das pernas da Letícia e deitou de costa oferecendo seu pau para que ela chupasse. Meio a contra gosto Letícia foi de encontro ao pau do marido e começou a chupar. Não era um pau grande, pelo contrário, não passava de uns 13 cm e um tanto fino, Alex já tinha reparado quando urinavam ao lado um do outro nas pescarias, no bosque do parque onde frequentavam. Alex tinha amigos ainda criança que tinha o pau maior que o do Nilo.
O pau do Alex era enorme se comparando com o do marido da sua musa, passava dos 20 cm e muito mais grosso. Talvez pela grossura, o pau do garoto, parecia dar o dobro de tamanho do dono da sua musa. Letícia carinhosamente parecia se deliciar com o pau do marido na boca, era fácil pra ela engolir tudo e voltar à cabeça, acho que nem chegava à sua garganta, pois ela engolia com facilidade até abocanhava o saco junto. Mais uma vez a lua cheia favorecia a visão do garoto que já tinha gozado umas três vezes vendo sua musa dando um trato no pau do marido imaginando aquela boquinha dando um trato no seu pau, com certeza não teria essa facilidade para engolir sua rola como fazia com a do seu marido.
Alex pensou que nesta noite Nilo capricharia um pouco mais, mas ledo engano, foi só aquela delícia de mulher deitar de costa o marido se ajeitou no meio das suas pernas e meteu seu pau em sua bucetinha, socou algumas vezes assim que gozou virou para o lado para dormir. Letícia cochichou algo no ouvido do marido, e pude perceber o ar de reprovação no rosto dele. Pela primeira vez Alex viu os dois discutindo e um ar de insatisfação no rosto da bela jovem. O garoto, claro, fingia estar em sono profundo, enquanto sua musa dizia ao marido:
- Pra você eu não passo de um depósito de porra, que usa e abusa não se importando se sinto prazer ou não, você gozando o resto que se foda!
- Você é muito egoísta, a sua sorte é que ainda te amo se não já tinha voltado pra casa dos meus pais.
- Quer ir vai, não estou te prendendo aqui!
- É só beber um pouquinho e você age como uma vagabunda.
Nilo levantou bravo e foi para o banheiro que fica do lado de fora encostado na parede da cozinha. Letícia chorando ficou resmungando baixinho:
- Vagabunda é? Nunca dei motivo para esse filho da puta me chamar assim.
- Bem que esse merda está merecendo um par de chifres, se tivesse coragem já tinha traído esse babaca com os próprios amigos dele.
Letícia estava tão nervosa que nem percebeu que estava andando pela casa peladinha, ainda com porra do marido escorrendo por suas pernas. Alex apertava seu pau que estava duro que nem uma rocha vendo a sua frente sua musa com a bucetinha estufada e vermelha por ter acabado de levar pau há poucos minutos. Quando deu por si, Letícia olhou para o garoto que tentou esconder, mas não deu tempo então só fechou os olhos enquanto Letícia cobriu o corpo com uma toalha. Meio incrédula, parou na frente do garoto e ficou admirando o tamanho e a grossura daquele pau que pra ela daria o dobro do pau do seu marido e muito mais grosso.
Letícia parece que tinha sido hipnotizada pelo pau do garoto, e uma força maior fez que ela se a aproximasse mais. Alex não via, mas podia sentir o perfume suave e ouvir a respiração da sua musa ali agachada na sua frente. O chuveiro ainda estava ligado, mas para ter certeza Letícia foi até a porta para certificar se seu marido ainda estava no chuveiro, então fechou a porta e voltou pra perto do Alex e disse baixinho:
- Aquele desgraçado disse que estou agindo como uma vagabunda, então vou dar motivo para que me chame assim.
- O Garoto não acreditou quando uma mão meio trêmula pegou no seu pau e apertou devagar iniciando uma leve punhetinha.
Letícia percorria com a mão por toda a extensão do pau do garoto parecendo não acreditar que sua mãozinha não conseguia fechar entorno daquele mastro rígido igual um ferro. Alex ainda não acreditando com o que estava acontecendo, sentiu quando a boca da sua amada tentava engolir a cabeça do seu pau mesmo com dificuldade. Quando o garoto abriu os olhos e viu aquela delícia de menina peladinha fazendo um esforço enorme às vezes até se engasgando com seu pau na boca, não aguentou e transformou todo o seu tesão acumulado em um enorme volume de porra e em vários jatos fortíssimos encheu a boca da sua musa com sua gala.
Letícia não estava esperando que o garoto gozasse tão rápido, então ela engoliu o que pode mesmo se engasgando e tossindo. Depois de limpar seu rosto cheio de porra pediu silêncio ao garoto, pegando em suas mãos e levando até seus peitinhos pedindo para que apertasse e sentisse toda a rigidez dos seus biquinhos. Quando o chuveiro desligou, Letícia colou seus lábios nos do garoto e depois cochichou no seu ouvido:
- Este vai ser nosso segredo, se souber guardar vai ter muito mais.
Quando Letícia se levantou, antes que ela saísse o garoto vendo aquela bucetinha estufadinha na sua frente levantou sua mão e enfiou os dedos naquela caverninha. Letícia para facilitar, abriu suas perninhas pegou na mão do garoto se abaixou e empurrou o máximo que pode para dentro da sua grutinha e logo saiu deixando toda lambuzada a mão do garoto que levou a boca para provar o gosto da sua musa. O que ele mais queria no momento era poder chupar aquela suculenta bucetinha mesmo estando cheia de porra do marido, mas agora sabia que mais cedo ou mais tarde se Letícia não se arrependesse por ter agido por impulso ou por estar de pilequinho, teria a oportunidade que sempre sonhou desde que foi morar naquela casa, meter seu pau na bucetinha da sua musa inspiradora de tantas punhetas.
No outro dia Alex levantou cedo e foi para o colégio pensando em tudo que tinha acontecido na noite passada, será que tinha acontecido realmente, ou teria sido só um sonho!
Não poderia ter sido um sonho, pois parecia muito real. As aulas daquele dia pareciam intermináveis e o garoto mal conseguia se concentrar nos estudos, deu graças a Deus quando o sinal tocou para ir embora.
Quando chegou em casa o almoço estava pronto e percebeu que o Nilo não estava. Letícia agia normalmente como se nada tivesse acontecido.
O garoto perguntou do Nilo, e Letícia disse que ele foi ver um serviço na cidade vizinha e retornaria só à noite. Alex pensou consigo mesmo, se tivesse sido apenas um sonho, pelo menos podia tocar uma punheta bem gostosa espiando sua musa tomando banho já que o marido estava fora!
Quando Alex já estava conformado que tinha sido apenas um sonho, Letícia agacha na sua frente olhando nos seus olhos e disse:
- Quero que me desculpe por ontem à noite, agi por impulso.
- Você também acha que sou uma vagabunda como pensa o meu marido?
- Caro que não Letícia, ele que é um idiota pensando isso de você!
- Já vi você brigando várias vezes com os amigos dele quando te cantava!
- Pois então, são todos uns canalhas.
- Jamais teria coragem de trair o Nilo com qualquer um deles.
- Com você é diferente, acho que posso confiar! Espero não estar enganada!
- Posso confiar em você?
- Você promete que este será nosso segredo?
- Claro que sim Letícia, nunca faria algo para te magoar.
Letícia levou sua mãozinha até o pau do garoto e apertou sentindo toda a rigidez daquele falo. Agora sem pressa ela tira o pau pra fora e começa a passar a língua naquela cabeçorra sugando a gala viscosa e salgadinho que emanava do orifício do seu pau.
Alex com os olhos fechados gemia baixinho enquanto sua musa tentava abocanhar seu cacete enorme. Sabendo que o garoto era meio precoce por causa da inexperiência, Letícia queria que o garoto gozasse na sua boca antes de dar sua bucetinha pra ele, pois queria gozar muito naquele pau enorme, pois sua bucetinha estava sedenta por um pau de verdade e há muito estava esperando por isto e não ia perder esta oportunidade de jeito nenhum.
Agora Letícia estava preparada quando o garoto gozou, mas a quantidade ainda era enorme, mesmo engolindo o que pode muita gala ainda escorria pelos cantos da sua boquinha.
Letícia chupou todinha a porra do pau do garoto deixando limpinho, não precisou muito para que o pau do garoto batesse continência outra vez, pra falar a verdade nem chegou a amolecer, esta é a vantagem do poder e do vigor da juventude.
Os dois agiam em sintonia se levantando ao mesmo tempo e Letícia ainda segurando no pau do Alex levou até sua cama.
Alex antes de se deitar levantou o vestidinho colorido que Letícia usava e tirou o pela cabeça. O garoto ficou longos segundos admirando o corpinho nu da sua amada parecendo não acreditar que seu sonho estava preste a ser realizado.
Letícia já tinha planejado aquele momento, pois estava sem sutiã e sem calcinha esperando seu machinho bem dotado chegar.
Ainda de pé um olhando pro outro o garoto pôs as mãos nos peitinhos de Letícia foi apertando e sentindo o calor que emanava daqueles melõezinhos, depois desceu até a bucetinha da sua musa e apertou sentindo aquela saliência encher a palma da sua mão, não se contentando enfiou seus dedos na bucetinha da sua musa enquanto suas línguas duelavam dentro de suas bocas em um beijo molhado de tirar o fôlego.
Alex não aguentando mais, empurrou carinhosamente sua musa sobre a cama, Letícia entendendo o que o garoto queria, abriu suas perninhas oferecendo sua bucetinha para que o garoto chupasse.
Alex superou as expectativas da sua musa, pois agia como gente grande sugando e brincando com a língua no grelinho estufadinho da sua amada até sentir na sua boca o néctar, fruto do gozo intenso que escorria da bucetinha de Letícia. O garoto de inocente não tinha nada, pois não desperdiçava uma gota e foi solvendo aquele líquido como se fosse o mais fino dos licores.
Letícia segurava na cabeça do garoto e esfregava sua bucetinha em sua boca cada vez que gozava. Letícia ainda nunca tinha gozado como agora, pois seu primeiro homem foi o tosco do seu marido e ele não gostava muito das preliminares.
Letícia puxou o seu jovem amante para cima dela implorando:
- Mete na minha buceta, por favor! Não estou aguentando mais!
- Enfia este pauzão na minha buceta! Me fode gostoso!!!
- Não aguento mais, come minha bucetinha, come!!!
Alex se ajeitou no meio das pernas da Letícia, dobrou suas perninhas e pincelou a cabeçorra do seu pau na entrada da sua grutinha e foi empurrando devagar.
Letícia gemia, agarrava o lençol, mordia as fronhas dos travesseiros sentindo ser arregaçada e rasgada por dentro. Sentia aquele pau comprimindo e preenchendo cada espaço que existia dentro da sua bucetinha.
O pau do garoto ia entrando justo, alargando e ocupando todos os espaços do interior daquela caverninha que até então, estava acostumada com uma pica bem menor e mais fina do que a do garoto. Letícia estava perdendo o cabaço da bucetinha pela segunda vez, pois era a primeira vez que estava sendo penetrada por um pau de verdade.
Quando Letícia sentiu algo duro forçando seu útero pediu para parar um pouco, pois nunca tinha sido penetrada tão profundamente e ficou um pouco apreensiva, mas logo o garoto forçou um pouco mais e ela sentiu as bolas do garoto baterem em sua bundinha. Letícia abriu um sorriso vitorioso por ter conseguido agasalhar toda aquela tora em sua bucetinha. Na noite quando chupou o pau do garoto ela quase não dormiu pensando se aguentaria aquilo tudo dentro dela e agora estava satisfeita consigo mesma por ter aquilo tudo atolado nas suas entranhas.
Passado algum tempo Letícia um pouco mais a vontade, começou a mexer bem devagar e foi fazendo movimento pra frente e pra trás dando uns gritinhos quando sentia o pau do Garoto empurrando seu útero.
Pouco a pouco a dor inicial foi passando e Letícia foi sentindo prazer em vez de desconforto.
Ela sentiu sua bucetinha bem mais dilatada e umedecida e percebeu que sua xaninha já não oferecia tanta resistência às investidas do garoto.
Alex percebendo que tinha conseguido seus intentos começou a meter mais rápido e bem mais forte àquela rola descomunal na xaninha da sua musa.
Cada estocada que levava, ela gemia alto e jogava sua bucetinha de encontro ao garoto sentindo aquela tora dilacerar sua cavidade vaginal.
Letícia já estava com o corpo mole de tanto gozar no pau do garoto, tinha hora que chegava até perder o fôlego e o garoto continuava a castigar a bucetinha da menina.
O garoto orgulhoso e feliz Falava a sua musa:
- Agora mexe sua gostosa!
- Sinta minha rola te alargando por dentro! Sua bucetinha nunca mais será a mesma.
- Como é apertadinha sua bucetinha!!! Goza meu tezãozinho!!!
- Geme no meu pau que eu quero ouvir gatinha!
- Aaiii que delícia! Uuuiiiii!!!
- Mete meu gostozinho, come gostoso a bucetinha da sua gatinha!!
- Mete, mete forte amor!!! Vou gozar!!! Aiiii, uiiii!!!
- Vai meu bem! Mete! - Mete tuuuuuudo!
- Arregaça minha buceta vai. - Hum! hum! hum! Goza! Goza dentro de mim neném.
O garoto vendo aquela delícia de gatinha naquele frenesi jogou seu corpo sobre o dela e penetrou forte e profundo seu pau gigante na xaninha da garota e urrando como um animal começou a gozar deixando todo o leite jorrar dentro daquela bocetinha completamente arrombada.
O garoto só tirou o pau de dentro da bucetinha da Letícia quando estava completamente mole. Ela sentiu um vazio enorme por dentro sem aquela tora dentro da sua xaninha.
Letícia virou para o garoto e mostrou sua bucetinha toda vermelha e lambuzada com muita porra escorrendo por suas coxas.
Exausta a garota caiu desfalecida e seu jovem amante também desmoronou ao seu lado.
Ficaram os dois deitados por um bom tempo, depois o casalzinho se levantou e foram tomar banho.
Letícia estava meio sonolenta e cansada quando seu marido chegou. Também pudera, depois de ter levado uma tremenda surra da pica do garoto a tarde toda, sua bucetinha estava toda inchada e ainda ardia quando andava.
O garoto esgotado já tinha pegado no sono há tempo. Dormiu com um sorriso estampado no rosto, talvez orgulhoso e feliz por ter realizado seu desejo e ter feito sua amada a gozar como nunca tinha gozado antes.
Letícia arrumou o jantar do marido, lavou as louças enquanto Nilo tomava banho e se deitou rezando para que ele não a procurasse na cama.
Nilo deitou ao lado da esposa e suas mãos ásperas começou a passear pelo corpo dela, mesmo Letícia implorando que não estava a fim, pois estava com a bucetinha toda dolorida e também com medo que seu marido percebesse que sua bucetinha não era mais a mesma depois que foi arrombada pelo pau do garoto, não teve jeito. Como sempre seu marido se ajeitou no meio das perninhas da sua esposa, meteu seu pauzinho que agora entrou folgado, mas ele nem percebeu deu algumas bombadas, gozou, virou para o lado e dormiu.
Letícia sentiu aliviada por seu marido não ter percebido nada de diferente, se ele tivesse chupado sua bucetinha, talvez tivesse visto o estrago que o pau do garoto tinha feito nela. Passado o susto, Letícia estava feliz por ter seus dois machos em casa, um para amar e ser o pai dos seus filhos, e outro para despertar seu lado putinha, arrombando sua bucetinha e fazendo-a gozar como uma fêmea realmente merece... Continua.
Se gostar comente e deixe seu voto, é muito importante pra quem escreve saber as opiniões dos leitores.
Ângela: Casal aventura.ctba

Foto 1 do Conto erotico: A jovem esposa mal amada e o hóspede adolescente

Foto 2 do Conto erotico: A jovem esposa mal amada e o hóspede adolescente

Foto 3 do Conto erotico: A jovem esposa mal amada e o hóspede adolescente

Foto 4 do Conto erotico: A jovem esposa mal amada e o hóspede adolescente

Foto 5 do Conto erotico: A jovem esposa mal amada e o hóspede adolescente


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario jbcuritiba

jbcuritiba Comentou em 20/03/2018

Nossa que delícia vem da pra mim que corpinho delicioso

foto perfil usuario

Comentou em 15/01/2018

Delicia de conto adoooorei!!

foto perfil usuario kelevra

kelevra Comentou em 07/12/2017

adoro todos os seus contos

foto perfil usuario gersal607

gersal607 Comentou em 02/08/2016

Tesão de conto como sempre .vitado

foto perfil usuario eclipse

eclipse Comentou em 09/06/2016

Delicia de conto ... Votado

foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 21/02/2016

Delicioso relato, acompanhado por fotos provocantes. Parabéns! BETTO

foto perfil usuario forrestgump

forrestgump Comentou em 21/08/2015

Caro, também escrevo histórias fictícias e para mim seria um orgulho poder criar um conto para o casal Aventura...vamo combinar? Skype: licbio (imagem de um tigre) ou : eleicaocaicgama

foto perfil usuario

Comentou em 20/05/2015

Muito bom! Adorei ..e Votei

foto perfil usuario semajos

semajos Comentou em 18/05/2015

Os seus contos sao otimos

foto perfil usuario boquinha de mel

boquinha de mel Comentou em 01/04/2015

Muito bom o seu conto! alias são todos muito bons, boa escrita que nos faz imaginar a situação, como se estivesse lá. Só deviam ser mais curtos bjs

foto perfil usuario gatoderua

gatoderua Comentou em 05/03/2015

Delícia de Conto Angela. Muito bem escrito. Parabéns e continue escrevendo para nós...

foto perfil usuario jhtg

jhtg Comentou em 27/02/2015

conto delicioso, tesão puro, pau duro, fotos ótimas..........votado bjssssss

foto perfil usuario kzadojfora

kzadojfora Comentou em 17/02/2015

Nossa adorei esse seu conto, sempre digo quem não tem competencia abre concorrência, Parabens

foto perfil usuario jhonipaolo

jhonipaolo Comentou em 04/02/2015

Amei o conto,ele é realmente maravilhoso. Adoraria ser eu a ter uma mulher dessas em cima do meu pau. Quanto as fotos, maravilhosas.

foto perfil usuario taramandailha

taramandailha Comentou em 22/01/2015

Belíssimas fotos. Esse cuzão sentando no pau e aquela boca se preparando pra envolvê-lo....hummmmmmm

foto perfil usuario jramon

jramon Comentou em 04/12/2014

como os outro muito sexy e deliciosos continue

foto perfil usuario maridao amigo

maridao amigo Comentou em 01/12/2014

DELICIA DE CONTO, GOSTARIA DE UM PAU GRANDÃO ASSIM NA MINHA PEQUENA.

foto perfil usuario danipintinho

danipintinho Comentou em 29/11/2014

Belo conto gostei muito fiquei louco lendo, esse tipo de coisa me deixa louco de tezao. Mulheres serias casadas que viram uma putinha fora de casa é tudo de bom

foto perfil usuario valdo18

valdo18 Comentou em 29/11/2014

Muito excitante seu conto angela belae fotos gostei tem meu voto

foto perfil usuario rickellme

rickellme Comentou em 28/11/2014

Belo conto. Essa da foto é vc Angela?

foto perfil usuario jeguinho

jeguinho Comentou em 28/11/2014

hummm D+++++

foto perfil usuario nenemdanado

nenemdanado Comentou em 25/11/2014

hum q delicia....

foto perfil usuario pmsafadu

pmsafadu Comentou em 24/11/2014

De novo gozei com seu conto...passei o dia pensando nesse relato que havia lido pela manhã e tive que tornar a ler agora e gozar novamente...que delícia...

foto perfil usuario paulista_casado

paulista_casado Comentou em 23/11/2014

Delícia de conto, muito bem escrito, votado. Parabéns.

foto perfil usuario betogato

betogato Comentou em 21/11/2014

Parabéns pelo conto mtoooo bom gozei d++++++++++==

foto perfil usuario pesarini

pesarini Comentou em 21/11/2014

deliciaaaa

foto perfil usuario fityjhow

fityjhow Comentou em 21/11/2014

Muito massa

foto perfil usuario betocris

betocris Comentou em 20/11/2014

Olá casal, muito tesão neste conto, uma pica cheia de tesão de um garoto deve ser muito bom para uma mulher cheia de tesão, Parabens

foto perfil usuario safado1234sp

safado1234sp Comentou em 20/11/2014

showwww parabensss muito bom o conto e se a historia for veridica, melhor ainda. me add no skype safado1234sp veja meu /safado1234sp/fotos

foto perfil usuario safado1234sp

safado1234sp Comentou em 20/11/2014

showwww parabensss muito bom o conto e se a historia for veridica, melhor ainda. me add no skype safado1234sp veja meu /safado1234sp/fotos

foto perfil usuario betoclaudio

betoclaudio Comentou em 20/11/2014

Vocês são demais! estou me acabando com esses relatos.

foto perfil usuario

Comentou em 20/11/2014

Delícia de conto estremamente excitante e muito bem escrito parabéns você é um desperdício de talento como escritora pode e deve ir muito mais além.Quanto a mulher uma deusa de luxúria,um misto de Afrodite a deusa do amor e Isis a deusa da beleza. Beijos,

foto perfil usuario advogato_007

advogato_007 Comentou em 20/11/2014

Que delicia muito bom, adorei........belas fotos...também....

foto perfil usuario

Comentou em 20/11/2014

Uma delicia de se ler e imaginar e as fotos são deliciosas...bjus safada, fiquei de pau duro...

foto perfil usuario cornoorgulhoso

cornoorgulhoso Comentou em 20/11/2014

Votei! Q conto maravilhoso, tô com o pau latejando e desejando essa buceta

foto perfil usuario antoniolobo

antoniolobo Comentou em 19/11/2014

Muito, mas muito bom! Bem escrito pra cacete e muito erotico! Parabens!

foto perfil usuario joclacaves

joclacaves Comentou em 19/11/2014

maravilha de conto.....que tesaõ.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


596 - ESPOSAS TROCADAS (Incesto, Prazer a quatro) - Categoria: Incesto - Votos: 590
601 - CAMILA, UMA GRATA SURPRESA - Categoria: Heterosexual - Votos: 111
611 - Flagrei minha esposa com meu irmão (continuação) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 119
612 - Flagrei minha esposa com meu irmão - Categoria: Incesto - Votos: 124
616 - NÃO ACREDITEI NO QUE VI - Categoria: Incesto - Votos: 166
617 - Já que o marido não quer - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 129
618 - Comi minha cunhadinha grávida - Categoria: Incesto - Votos: 91
621 - RAPIDINHA COM A CUNHADA COM O IRMAO NO BANHO - Categoria: Incesto - Votos: 100
10411 - COMO DESCOBRI UMA VERDADEIRA PUTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 47
10412 - AO SR. JOSÉ COM CARINHO (Eternas Recordações) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 46
10413 - ARMADILHAS DO DESTINO - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 25
10414 - O IMPORTANTE É GOZAR E SER FELIZ (Ninguém é de nin - Categoria: Traição/Corno - Votos: 39
10416 - QUEM AMA TRAI? (Um doce engano) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 42
10597 - Flagrei meu cunhadinho se masturbando - Categoria: Masturbação - Votos: 118
13853 - Dando o troco no Maridão(Uma história Incestuosa) - Categoria: Incesto - Votos: 115
15519 - Eu, meu marido e o Sr. José. (Eternas Recordações) - Categoria: Heterosexual - Votos: 136
32529 - Descobrindo o Prazer com o Sr. Augusto ( Final ) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 113
32531 - Descobrindo o prazer com o Sr. Augusto. ( parte 3) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 92
32532 - Descobrindo o prazer com o Sr. Augusto. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 141
32554 - Descobrindo o prazer com o Sr. Augusto. ( Parte 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 90
35394 - Obsessão por papai final - Categoria: Incesto - Votos: 145
35395 - Obsessão por papai parte 2 - Categoria: Incesto - Votos: 111
35396 - Obsessão por papai - Categoria: Incesto - Votos: 169
38267 - NA BARRACA COM O MARIDO BÊBADO E DOIS AMIGOS - Categoria: Traição/Corno - Votos: 285
45880 - Minha comadre linda e gostosa dando o troco no mar - Categoria: Traição/Corno - Votos: 67
47042 - Dividindo a esposa novinha com um Sr de idade - Categoria: Traição/Corno - Votos: 101
47348 - Casadinha dando no pomar vendo o marido jogar fute - Categoria: Traição/Corno - Votos: 157
56311 - Comendo a comadre bêbada enquanto todos dormiam. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 44
56944 - SE MEU MARIDO SOUBESSE!!! Verídico) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 115
57947 - ESPOSAS TROCADAS II (Prazer a quatro, a viagem) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 32
59012 - EU, MINHA ESPOSA E UM CASAL AMIGO NO CÂMPING - Categoria: Traição/Corno - Votos: 69
59926 - ENQUANTO NOSSOS PAIS TRABALHAVAM!!! - Categoria: Incesto - Votos: 92
60539 - Meu marido não sabe que fui mulher do meu pai - Categoria: Incesto - Votos: 78
61030 - Eu meu marido e o Sr, José(Eternas recordaçãoes) 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 42
62439 - Como era apertada a bucetinha da minha cunhada! - Categoria: Heterosexual - Votos: 46
63006 - Perdi minha virgindade com um pau enorme - Categoria: Heterosexual - Votos: 50
63408 - FUI CHANTAGEADA PELO PATRÃO DO MEU MARIDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 73
65180 - O CANALHA ALÉM DE TIRAR A CAMISINHA GOZOU DENTRO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 133
65807 - QUANDO O DESEJO FOI MAIOR QUE A RAZÃO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 56
67010 - O TIO DO MEU MARIDO ME COMEU E AINDA GOZOU DENTRO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 117
67284 - DESVIRGINANDO A SOBRINHA NO ANIVERSARIO DE 18 ANOS - Categoria: Incesto - Votos: 60
72275 - FINGIU QUE DORMIA SÓ PARA ME DAR O CUZINHO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 52
74652 - SOBRINHA "DORMINHOCA" um conto veridico de incesto - Categoria: Incesto - Votos: 81
76246 - Mesmo Grávida dei para o filho do meu compadre. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 87
81876 - O safado me comeu com meu marido dormindo ao lado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 129
82961 - MINHA PRIMEIRA NAMORADA DAVA O CU PARA SEU IRMÃO - Categoria: Incesto - Votos: 36
83110 - APAIXONEI-ME PELO PAU DO MEU SOGRO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 55
85584 - A bucetinha da Carol, minha sobrinha recém-casada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 61
90327 - UMA VIRGEM. 4 IRMÃOS E UM TIO TARADO (verídico) - Categoria: Incesto - Votos: 86
95218 - O safado do meu sogro gozou dentro do meu cuzinho enquanto meu marido cortava a grama - Categoria: Traição/Corno - Votos: 130
103147 - ENQUANTO NOSSOS PAIS VIAJAVAM (Verídico) - Categoria: Incesto - Votos: 84
110065 - Nunca consegui dar meu cuzinho para seu Antonio - Categoria: Traição/Corno - Votos: 63
112350 - Papai gozou dentro da minha bucetinha enquanto meu marido bêbado dormia no mesmo quarto (Verídico) - Categoria: Incesto - Votos: 110

Ficha do conto

Foto Perfil aventura.ctba
aventuractba

Nome do conto:
A jovem esposa mal amada e o hóspede adolescente

Codigo do conto:
56471

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
18/11/2014

Quant.de Votos:
68

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


Papai fudeu meu cuzinho virgem sem do conto hentaiConto erotico defoto menina 2017www conto erotico gay de vizinho e vizinho com brconto dei o cu no cinemaPapai fudeu meu cuzinho virgem sem do conto hentaiver desenho animado gratis porno HQ hentai amigo negro do meu filhodei a buceta pro borracheiro contos eroticosConto erotico teen gay free mulatofui fragado pela esposa socando um vibrador no rabo contoscontos meu neto pirocudoconto erotico de mamãe puraconto erotico 18 anosfotonovelas pornos quadrinhoscomi o cuzinho da puta da minha irmacine prive na band vizinho transa com vizinho corno porno brasil videosquadrinho real de sexo com o vovôconto meu amor meu sobrinhoCasa dos contos cornos2017Insesto.virei gay com minha espos comtos eroticosporno mae se Engravidar do meu próprio filhocontos eróticos comi minha vizinhaQuadradinho erotico conto 2006conto erotico o bombeiroArmando a saia da empregadinha e metendoporno beti toparoarelatos reais de casais amadores que iniciaram no menage em familia 2017relatos eoricos prgias com negrosqri bucetascontos esfolando mamaea descoberta de um corno contos eroticoconto erotico filhocontos eróticos meu primeiro orgasmoContos gays de fio dental na obraSe masturbei conto eroticoMinha colega era virgem na casa de praia conto eroticosou casada e transei com o meu padrastoQuadrinhos eroticos de sobrinha safadasexo dormindo corno contoConto porno crente dando na igrejaConto de puta vadia vivendo com um estupradormaconha conto erotico gayconto erotico pega no flagracontoerotico com foto maequadrinho erotico sendo arombadapono gay. de homens taxetaGay picas grandes quadrinhomulher honesta conta tudo quadrinhos pornocontos porno de coroa com meniminhasPorn gay confissao em quadrinhoManuela Monte porncontos eroticos - esposa do amigo peitudavideos de entrei na casa para roubar e tinha uma nifeta virge da buceta e eu comi elamulher ficando pelada na fremte do homemConto erótico d pai acordando sua filhinha d pijaminha com seus peitinhos pequeno delíciaporno conto mamae senhora putaConto porno desdi pequena pai e mae me comecontoeroticoburrohttp://googleweblight.com/?lite_url=http://mozto.ru/maridoamigo/contos&ei=9-IR4lIp&lc=pt-BR&s=1&m=352&host=www.google.com.br&ts=1491934763&sig=AJsQQ1AdU4VixHEPShgralA6aGBMBzxXGwtraiu pelo um pau grande contoconto erotico mulher briga com homem de pinto pequenofilho mimado conto eroticocontos mia mulhezinha arumou u amate muito bemdotado ela gemi muito na rolona dele contossamira conto eroticoconto erotico nora grávida no mato[email protected]minha esposa perdeu aconta de quantas rola ja comeu conto eroticominha prima me vestio com a roupa dela e me comeuincesto irmas ficam brigadas por causa do irmao contossalinas vampdeisnegao comendo o cu da novinhafamiliaincestocontoscoroas10xvideoMeu patrao dono da empresa que eu trabalho ele me convidou eu pra eu ir passear na sua lancha conto eroticoconto bebada fico taradacontos eroticos meu primo doente mental comeu minha bucetaConto erotico dentista mete gay afeminado com calcinhabucetas escurascontos eroticos os filhos do meu pai me fuderamcontos eróticos quadrinhos caverna do Dragãohomem malhando pelado do pau maior do mundo e do ovo grande comendo masagistacontos me assustei na praia de nudismocontos negrinha e o primo dela dando o cu pro cão"[email protected]"cumi tia da minha namorada contos eroticosconto erotico buceta apertadacontos eroticos casadas com novinhosFZIOKaV03vm6GImXosofV3video de sexo bi com incestoicontos porno violentadasContodeputacontos eróticos chantagem com a balconistaContos erótico viciado em chupar bucetaconto porno com fotos dei pro meu padrastoa forçaConto erotico ilustrado coroa dando p novinhocontos eroticos(pirralhinha dando o cuzinho)contos eroticos fudi tanto a buceta da esposa do meu irmao que ela engravidoucontos eroticos sou gordinha e me exibo sem calcinha