Me exibia na Rua e um Coroa me comeu no Fusquinha


Click to Download this video!


Me exibia na rua quando o coroa me pegou no fusquinha.

Quem leu meus outros relatos sabe que eu adoro me exibir peladinho, desde pequeno, esse fato ocorreu quando tinha meus 19 anos. Eu havia acabado de me mudar para um bairro novo e tinha que fazer o reconhecimento da área antes de me aventurar com meu fetiche de exibicionista, já havia feito algumas pela janela do meu ap. quando ficava sozinho, então comecei a freqüentar uns barzinhos de noite usando as calcinhas da minha irmã, quando ia ao banheiro deixava sempre um pedacinho à mostra, já que ninguém me conhecia...naqueles banheiros de botequim freqüentados por todo tipo de homens...uns reparavam mas nunca falaram nada, ficava aquele clima depois que eu saía do banheiro...comentários e risinhos.
Quando saía dos botequins ficava louquinho pra aprontar alguma...uma das vezes tomei coragem e entrei numa rua mais escura na frente de um quartel, bem em frente à guarita de um soldado, fiquei ali arriei minha calça e fingia fazer xixi, mostrando bem a bundinha de calcinha, quando olhei pra trás vi que o soldado me observava, fiquei gelado e ao mesmo tempo com muito tesão...tirei a calcinha e rebolei passando a mão e o dedinho no cuzinho, fiquei assim até reparar que o soldado desapareceu, me vesti e voltei pra casa.
Uma dessas minhas aventuras de madrugada pelas ruas tinha saído de um botequim e estava bem tocado pelo álcool, o que me deixa com mais tesão e coragem, então resolvi parar numa esquina onde havia uma banca de jornal fechada, tirei meu short e fiquei só de camisa e calcinha, olhava para as janelas dos prédios pra ver se alguém aparecia...tocava uma punhetinha de leve, quando passavam carros eu me escondia atrás da banca e deixava minha bundinha de fora, fiz assim algumas vezes e o tesão ia aumentando, então tirei a calcinha e a camiseta, fiquei só de tênis, quando fui olhar novamente pra rua, tomei um susto, um fusca havia parado bem na esquina a uns 20 metros de mim...voltei pra me esconder, mas ouví o cara que dirigia perguntar se eu queria entrar pra uma carona...eu pensei um segundo e resolví colocar a roupa, então foi que percebí que se tratava de um senhor de idade, mais ou menos uns 55 anos, ele desceu mais a janela do carona e disse pra eu entrar do jeito que estava, peladinho, eu obedecí e entrei, meu coração batendo a mil....assim que sentei e fechei a porta ele arrancou com o carro e foi colocando a mão na minha coxa...alisando ele disse que tinha passado duas vezes pela esquina pra poder ver melhor...que não estava acreditando que uma “franguinha” dessas estava dando sopa por ali. Ele perguntou se eu queria dar a bundinha..repondi que sim e perguntei onde ele me levava, respondeu: pode ficar tranqüilo...é um lugar seguro....deixa eu ver essa bundinha....me virei pro lado dele e ainda dirigindo passava a mão na minha bunda, abriu o zíper e botou o pau pra fora, estava mole e parecia bem pequeno...pediu pra eu segurar...fiquei massageando ele e foi crescendo, quando ia botar a boquinha ele parou numa rua sem saída, em baixo de uma árvore e em frente ao muro de uma casa.
Agora minha franguinha mama meu pau, mama o titio....mamei como ele pediu..e o pau foi crescendo...tava com cheiro de xixi e ele tinha um bafo de quem estava bebendo tbm, fiquei mamando até o pau endurecer, então ele pediu pra eu me ajoelhar no banco, fiquei de joelhos com a bundinha empinada e ele abriu bem ela e meteu a língua, ficou fazendo círculos no meu cuzinho e depois enfiou um e depois outro dedo...eu gemia muito e ele mandou eu fazer silencio porque tinha um segurança que fazia ronda na rua.
Ele mandou eu passar pro banco de trás e arriou os dois bancos da frente, fiquei de quatro de joelhos e ele arriou as calças e veio por trás...acho que passou cuspe na cabeça do pau, depois lambuzou um pouco meu cuzinho e apontou a cabeça na minha portinha, eu empinei mais a bunda pra facilitar...então estava com quase a cabeça toda quando me segurou na cintura e outra mão no meu ombro, me puxando com força pra ele...senti entrando tudo...ele batia com as costas no teto e forçava meu cuzinho enfiando o pau de baixo pra cima ficou me comendo assim durante uns 5 minutos, falando palavrões no meu ouvido, me chamando de franguinha gostosa, de repente vi um farol que iluminou um pouco o carro e a rua, tentamos nos abaixar mas ele continuou engatado dentro de mim...eu implorei pra ele gozar com medo e ao mesmo tempo mais tesão de alguém aparecer..ele aumentou as estocadas e numa vez me segurou com firmeza o quadril dizendo que estava gozando...senti o líquido quente me enchendo..ele tirou o pau de dentro bem rápido e se ageitou, peguei a calcinha e limpei um pouco do gozo dele que ficou na portinha do meu cú, fui pra frente do carro e ele deu a partida, me deixando próximo de onde me pegou...ele queria me levar até em casa mas fiquei com receio, tbm não deixei telefone...ele me deu o dele mas nunca liguei....
Essa foi mais uma experiência minha...quem quizer continuar a receber minhas fotos bem desinibidas basta me escrever...quem quizer ver pela primeira vez me escreve também, tenho muitas.
Abraços,
Exibidinho

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico exibidinho

Nome do conto:
Me exibia na Rua e um Coroa me comeu no Fusquinha

Codigo do conto:
5369

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
26/10/2005

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


casa do conto chantagem para esposanovinha viu umpau muito grandepai meteporno guaxinim putinha libera pro tio safadaoporno marido empresto a mulher pros amigo a noitemtpornocomcontos eroticos podolatria chupando pes de casada debaixo da mesaconto esposa aluguelcasado hetero fraga sublinho nu sedus o novinhodei para o principe tesudo porno gayporno erotico eu minha esposa e amantescontos eroticos estourei o cabaco da jessicahistorinha em quadrinho pornocontos eróticos de gay comido pelo amigo do meu paiconto eróticos fui bulinada dormindomae do meu amigo nerd conto eroticoporno filio nuca viu uma bucetaconto porno vendi minha mulherdwolland de coroa gaucha safadinhame chupou na frente do meu marido contofiz fila pra chuparporno quadrinho freirascontos pornor lebian incestuoso com enteadasContos éroticos padrato tarado rasgando o cusinho da entiadinhaamigos e madrasta - conto eroticoperdi as preguinhas do cu quando era pequenacontos de podolatriaquadrinhos eróticos sinucaquadrinho real porno cornoas duas bundinha para o macho contocheirei a calcinha da minha cunhada safada contoscontos meu dog tirou meu cabaco do cu e da buceta23cm de cachorradaleitinho do papai contos inocentecontos eroticos porq muitos homens negam sentir vontade de chupar ou ser chupado por outr homemcontos eroticos lesbica ultimosConto erotico comi minha filhinhaconto crossdressercontos eroticos tio e sobrinhacontos eroticos dei boa cinderela pra minha nene e comi elacontos churrasco esposacontos de incesto estava com medo da chuva e dormir com a mamãeliga da justiça porno gaycontos de scatcontos eroticos minha primeira siriricawww.tava tomado banho minha entra casa de banho e me da sua pucetacontos eroticos dei.o.canecocomi a comadrecontos eroticos esposa coloca coleira no maridoConto erotico bebadaincexto contando no pal do irmo hentai quadrinhoscontos eroticos de avo e netos gaycontos eróticos convenci meu marido a comer nossa filha mais novaIniciada pelo padrasto contoConto erotico interacial quadrinhocomercuegostosoporno gay hq mendigomenina com tezao da sonifero pro irmao e fode gostosohq gay sexo pai e filhome assustei com o tamanho do pau do meu primo pornopassando a mao no decote e chupando os peitosContos e fotos maes e filhos pauzudoscontos sexuiasfilmo a buceta da prima de tualhacontos eróticos i****** minha sogra gostosa e bundudacontos eroticos chule incestoporno enquadrinhos mamae vadiachupando imobiliária conto gayxvideos gay contos eróticos com montado video porno negao enpura arola na novinha ante ela tremerporno em desenhoContos gay pau pequenoconto erotico de ninfetabarbara conto eroticocontos fogosaeu e meu namorado adoramos uma gay contocontos gay ciclistaMinha mulher gostosa e seus vestidinhos curtinhos no barronicleisilvacontos de corno esposa gravida de outroHq hentay o ultimo desejodando pro meu padrinho contos eróticoscontos de tias gostosa com bucetas cabeludas grisalhossou gay e me divirto com meu cão todas as noites engatados contos eróticoscontos eroticos minha filha trabalhando e eu dando pro meu genro