Perdendo a Virgindade na Despedida de Solteiro


Click to Download this video!


Bom esse é meu primeiro conto e espero que gostem.
Meu nome é Bruno tenho anos, 1.70 m, 73 kg, tenho um bom físico (nada muito exagerado), pele morena e olhos castanhos claros, nunca me interessei por homens, não tinha preconceito com gays, mas também não era chegado, sempre tive lindas namoradas mas nunca passou de carinhos e beijos.
Certo dia chego em casa normalmente e confiro a caixa do correio, lá tinha algumas contas e um convite para despedida de solteiro de um antigo amigo da família, fiquei feliz, nunca havia ido em uma despedida de solteiro, me arrumei e fui de carro até o endereço, logo que entrei me senti estranho, tinha muita gente e eu estava meio deslocado no meio do povo, parecia mais uma balada, cumprimentei o noivo que já tinha bebido umas e outras, logo com algumas bebidas me soltei, cantei as estripes e conversei com caras que nunca havia visto na vida, logo um deles me deu uma bebida diferente, era servida em uma taça em vez de latinha e tinha uma cor estranha.
Um deles murmurou cuidado, quando virei o copo, mas eu já não tinha certeza, me senti leve e já não via nem ouvia nada. Quando voltei a mim estava nu, todo amarrado e com uma venda, e pelo silencio e pelo que dava pra ver através da venda, a festa havia acabado e já era de manha. Ouvi alguém murmura :
-Eu sou o noivo e eles que se divertem, e no fim ainda sou eu que tenho que limpa a bagunça.
Não ouvia direito mas reconheci a apalavra noivo e ai foi fácil junta com a voz, pedi ajuda e depois ouvi passos e depois um suspiro de surpresa.
-Mas que poha é essa ? - disse o noivo ainda arfando com a surpresa.
Contei rapidamente sobre a bebida e o momento que acordei, e para a minha surpresa ele rio, foi quando percebi que ele ainda estava meio bêbado e pensei, "só podia ser eu pra ter uma sorte dessas". Pedi pra ele me solta, mas ele apenas retirou a venda, quando o vi senti medo, ele era loiro um corpo musculoso mas estava tonto ainda e com um sorriso malicioso que da até medo.
-Finalmente, um pouco de diversão - disse ele abaixando-se:
Não entendi a principio oque ele estava falando e pensei que iria retirar as cordas mas ao invés disso começou a acaricia meu abdômen, arfei de surpresa.
-Cara, para com isso ? - eu disse ficando com mais medo.
Ele abaixou denodo a venda passando por meus olhos e colocando-a em minha boca, tampando-a. Aquilo me deixou com raiva e tentei argumenta mas só saia barulhinhos que nem eu conseguia ouvir direito.
ele recomeçou a passar a mão pelo meu corpo, pernas, braços, abdômen e etc... Foi quando chegou no meu saco, soltou um risinho e segurou dando leves puxões, eu tentava afasta-lo, me remexia mas isso parecia só excita-lo mais, logo me virou e começou a me masturbar de leve, mesmo tentando não dava para controlar e logo meu membro ficou ereto, ele soltou outra risadinha e continuou sem parar, e foi quando senti algo tocando a entrada da minha bunda, ia entrando, entrando, até chegar no meu buraco, senti ele forçando, enquanto eu tentava gritar, ele viu que não dava então retirou e lambuzou o dedo com baba de sua boca, e tentou de novo, dessa vez entrou, e ele retirou a venda da minha boca ao mesmo tempo que enfiava o dedo até o talo, pretendia gritar pra ele para mas acabei soltando um gemido baixo de dor, foi ai que ele surtou, começou um vai e vem frenético com o dedo enquanto me masturbava, e eu acabava soltando gemidos, que naquele momento passaram de dor a prazer, e mesmo tentando me controlar eles não paravam de sair da minha boca.
Ele parou o vai e vem mas continuou com o dedo enterrado no meu buraco, foi quando senti ele tira mão do meu pau e ouvi um abrir de zíper, senti algo duro e quente no meio da minha bunda e me assustei, ele percebeu e me disse já parecendo mais sóbrio:
-Calma, vai doer mas prometo que vai gostar.
E com isso cuspi-o no próprio pau e forçou, doeu muito, e eu quase gritei quando a cabeça entrou mais ele colocou a mão na minha boca, foi forçando até que senti o saco dele encostar em mim, ele parou e logo me acostumei, ele começou novamente o vai e vem e eu gemia como um maluco. Ele tirou o pau de mim e pra minha surpresa senti falta, ele me soltou e retirou a venda por completo, e pensei que havia acabado, quando ele me puxa de volta e fala:
-Aonde você vai, ainda não acabou, Fica de quatro - ordenou ele com uma voz ameaçadora, sexy e doce.
Não tive como não obedecer, fiquei de quatro e logo senti ele forçando de novo, mas foi bem mais fácil, logo me acostumei e ele recomeçou o vai e vem, voltando com a mão no meu pau enquanto a outra ficava em minha cintura, eu gemia cada vez mais e ele também, foi quando senti meu pau incha ele o segurou forte me fazendo endoida e soltou de uma vez, voou poha pra todo lado e ao me fazer goza me fez também contrai o corpo, apertando seu pau e o fazendo urrar de prazer me inundando com sua poha.
ele retirou seu pau de mim e me mandou limpar, não esperei repetir e comecei a chupar freneticamente até tira cada gota de sêmen e fazer seu pau amolece.
Ele me ajudou a achar minha roupas e voltei pra casa feliz, nem me importando com oque meus pais iriam falar da minha demora, pois eu sabia que iria velo de novo.

[] Desculpem os erros mas não sou la essas coisas em português, e comentem oque acharam por favor.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico bruninp

Nome do conto:
Perdendo a Virgindade na Despedida de Solteiro

Codigo do conto:
52754

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
02/09/2014

Quant.de Votos:
18

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erótico calcinha peõesconto erotico kawaiicontos orgia e beijo com porracom a sogra em casa contosCunhados putinhos contoscontos eroticos com fotos madrinhas coroas com novinhos roludosgozei com a minha.irma no meu coloO gay passivo sente o mesmo prazer do ativo ao ser comidoconto erotico olhando bucetao da mulher vizinha buraco murroirmao nem exita em foder buceta da irma dormindoesposa safada com o sobrinho contoconto esposa quer emprenharmeu pai meu irmao minha buceta contos eroticoscomida barbamente contos eroticoscontos erotico coroas e meninos gayContos de gozadas nas calcinhas das sograsconto porno velho roludocontos eroticos comendo a monalisacontos eroticos gls sobremesacontos com fotos esposas loba de cornoconto erótico no cuporno conto erotico de mãe meu filho me fode e eu fijo dormircontos eroticos gravida deixei meu marido cornocontos eroticos novinha rabuda sonha com medingo fudendo ela e ela procura um medingo pauzudo na ruacontos eroticos porteio e moradoraporno meu filhinho me engqavidou contoso dou a buceta para meninos contos coroasporno fodedourosogro barrigundo me comeu contosde vestido curto e sendo encoxada contosa empregada naturista conto eroticodeixei meus filhos transarem para aprender sexo em casa contos de incestoporno gay virando femiacontos eroticos usuariacontos peguei a teepada marido filhaConto de puta vadia vivendo com um estupradorcantos fotos de gay novinho virgem com negao pirocudoLingua na buceta contosputaarrombadacontogozando na mamae quadrinhocontos eroticos de travestis com fotos ,e cdzinhasContos estrupada pelo soblinho na cadeiacontos eróticos de mulher seduzindo sobrinhosmeu padrinho me comeiultimos contos sadoconto incesto desabafo de uma mae capitulo xicontos eróticos inversão bêbadosuco mulher gostosa se apagou querendo rola sem compromissoconto minha mulher fodeu com catador de latinhas roludotira ta doendo 111conto erotico sogro forcadoconto erotico travesticontos erotico porno traicao incestoquadrinhos eroticos leilaConto erótico. picante perdendo a virgindadeContos eróticos Neuza 2017conto erotico o tio da portariatia morna gostosa trazando muito lindamuito sexo e tesaosexo desenho super heroiscontos veridico marido nao sabe que sua mulher trai ele com o garoto mega dotadomenino pirocudo casada crente contosquadrinho erotico jiu jitsu. gayentiadacontoeroticocontosde enfiei uma cenoura na minha bucetaQuadrinhos eroticos minha amiga se tornou minha amantehttp://mozto.ru/conto/74946/526928/comi-a-coleguinha-gorda-por-apostame-apaixonei-e-dai.htmlcastidade masculina contos eróticosmeu tio me fudeu no mato contos eróticosconto erotico freira veronicadano en sala de aula surubacontos eroticosxvidui porno a morena mas o mordo da casa delacontos gozou sem tocar o paufotonovela porno cornosxvideo lesbico iniciaçao lesbicoconto erotico menina de sete anos e o mendigoquadrinhos eróticos engravidando a mamãe contos eroticos de corno dividido no dias das mães 2017Se masturbei conto eroticofotos xxx super calientesconto erotico em quadrinho de vagabundacontos eroticos gays-comi meu amigo quando brincamos de esconde escondecontos eroticos injecao cornoconto tio come a buceta da moça quando ele leva ela pra faculdadesobrinha conto eroticoconto eroticos netinha de saia sentando no colo do avosexo a três conto safadocontos insesto foi fragado transando meteu tanbenContos eroticos flagas em madrastasquadrinhos eroticos big black coocksconto quero outro engravidando minha esposanovinha desafiando roludo contocontos eroticos incesto pauzudo.fudendo prima garotinhacontos eroticos filha brechado pai dotadocontos eroticos de mulheres que trai o marido cm o melhor amigo do pausadoContos porno com bandidocontos incesto meu pai me conquistou tirou meu cabacinhocontosminha esposa na suruba com meus amigoscomendo a vizinha bebada so cuzinhoconto erticoConto agarrei e comi ela