ESPOSA GRITANDO NA VARA DO AMANTE EM NOSSA CASA


Click to Download this video!


Como muitos já leram nossas histórias, irei narrar uma ocorrida a pouquíssimo tempo, para quem não leu nenhuma ainda, somos casados a 14anos, fazemos ménage a 13, eu a libero sozinha também, temos um amigo fixo a uns 12 anos que é um dos únicos que vai em nossa casa quando da. Atualmente tenho 40 anos e ela 36, loira, gostosona, peitos e bunda grande, ta fofinha mas muito gostosa rss.
Pois bem dentre tantas aventuras já contadas e outras tantas ainda não, vou contar uma legal que aconteceu neste fim de semana passado, somos do sul, participamos do CTG onde levamos nossa filha pequena para ensaios de dança e eventos culturais. Pois bem neste domingo que passou tínhamos compromisso o dia todo no CTG, num encontro cultural regional, que na verdade são para as crianças os pais são só expectadores, e assim fomos cedo, ambos pilchados(com roupas típicas gaúchas) ela com seu lindo vestido de prenda. Pois bem logo depois do almoço ainda antes de começar as atividades da tarde ela recebe uma msg no celular, vi que logo respondeu e então com cara de safada me falou que teria que DAR uma saída, bem assim salientando o DAR, eu imediatamente perguntei com quem seria, pois além do amante fixo antigo que ela sai as vezes ela tem atualmente outro amante que é um colega de trabalho mas este ela não recebe em nossa casa e sim vai na dele, seria bem fácil ir na casa dele apesar que com aquela roupa chamaria mais atenção do que de costume mas não ela me falou que era o outro o seu amante mais antigo que estava já chegando na cidade e perguntou se poderia encontra-la e ela aceitou e como não temos motel ou algo parecido é lógico que seria la em casa mesmo, eu só disse para ela tentar ter cuidado e falei que não poderia leva-la naquele momento, ela então falou que iria dizer para ele pegar ela la no CTG mesmo aumentando meu medo, meu tesão da situação de alguém ver, certamente alguém veria mas não imaginaria que ela estaria indo para nossa casa transar. Pois bem minha ansiedade de corno como de costume era imensa, via ela mandando msgs do celular onde certamente indicaria para ele onde a pegar visto que ele não é de nossa cidade, em meio a conversas com amigos e atenção a filha eu ficava de olho nela que tentaria sair discretamente e assim foi, em determinado momento vi ela olhando o celular e me procurando assim que me viu fez sinal com a cabeça que estava saindo, então vi ela sair pela porta lateral do CTG, discretamente fui até a porta da frente e vi o carro dele estacionado e ela já abrindo a porta do carona onde entrou e saíram. Só mandei msg para ela também falando para ir me contando dos acontecimentos, no mesmo instante em que começavam as atividades, ninguém deu por falta de minha esposa, me sentei e fiquei assistindo as palestras sem prestar atenção alguma ao que era dito. Pouco mais de meia hora recebi o primeiro torpedo dela contando que ele havia metido nela de vestido mesmo que tinha achado ela linda com aquela roupa e só tirou toda a parte de baixo, levantou o vestido e a comeu no nosso sofá da sala ainda de 4.
Agora passo a contar os relatos que ela me fez por dias após ter dado para ele, como sempre fazemos ela me conta enquanto transamos loucamente e geralmente dura mais de uma ou duas transas pois ela me conta todos os detalhes, ou quase todos rsss alguns ela me omite, mas o safado do comedor sempre me conta tudo é nossa combinação, ela não sabe disto, mas sempre que ele a come sozinho ele tem q depois me contar tudo pois eu sou o fornecedor rsss, então ele me trata bem e claro, curte falar para o corno tudo o que fez com sua puta.
Pois bem ela entrou no carro e beijou ele no rosto para não chamar tanto atenção, na verdade mesmo quando podem eles não extrapolam são sempre bem discretos, ele dirigiu até nossa casa que não é longe, ela abriu o portão e ele estacionou dentro de nossa garagem podendo descer já sem que alguém visse quem era o motorista, assim que ela abriu a porta da casa ele já a agarrou a chamando de gostosa e tudo mais falando da saudade que estava pois a tempos eles não se encontravam, falou que ver ela com aquelas roupas o deixou tesudo que ele nunca havia comido uma PRENDA então a levou para sala aos beijos, ela queria ir para o quarto mas ele disse que queria a comer um pouco com aquele vestido, então em nossa sala no nosso carpete ela tirou os vestidos de armação a bombacinha e calcinha enquanto ele se despia por completo, ele nem deixou ela mamar naquele cacete de 22 cm que ela tanto adora, para quem não conhece o vestido de prenda armado vai até os pés, ela estava nua por baixo do vestidão então ele a colocou de 4 no sofá e fez ela levantar o vestido exibindo seu lindo rabo fogoso para ele, e assim que ele se posicionou ela sentiu o cabeção quente na entrada de sua vagina já lubrificada de desejo, ela falou que estava mais excitada que o normal pela saudade e pela situação de ter saído com o amante, dele ter a pegado na frente do CTG onde somos bem conhecidos e tudo mais, então já quase gozando ela sentiu a vara lhe invadindo a xota, aquela vara que já a come a mais de 12 anos, que ela tanto gosta e que toda vez que ela vai dar ela sente a primeira metida como se fosse lhe rasgar ao meio, lhe alargando toda e lhe deixando louca pois isto que ela adora se sentir completamente preenchida por um pau grande e grosso ainda mais sem camisinha pois ele lhe come assim a anos, estava frio, mas temos ar na sala e no quarto, ao chegar ele já lhe agarrando mas ela pegou o controle e ligou no ar quente, mas falou que nem precisaria pois seu corpo pegava fogo e assim que ela sentiu o saco dele bater em sua bunda e ver que estava com aquele cacete todo em sua vagina o fogo só aumentou mais assim como a s estocadas dele, ele a segurou forte pelos quadris e meteu forte, bem forte, ela sentia o pau bater no fundo de sua chota mas ela adora a dor misturada com o prazer da cutucada e ela que geralmente ainda acaricia a boceta nestes momentos desta vez não conseguia por estar coberta com o vestido sobre seu corpo, em determinado momento ela abaixou o corpo deixando a bunda bem empinada para ele e o vestido a cobriu toda, para ele foi mais excitante ainda ver a puta só com o rabão de fora oferecido para ele, ela disse que ele a comeu gostoso e controlava para não gozar, ela também queria gozar logo mas ao mesmo tempo queria aproveitar o comedor em nossa cama nua sentindo bem o gostoso, então ele vendo que estava quase gozando falou que queria enrabar ela ali ainda vestida de prenda, ela protestou falou q queria ir para o quarto mas foi em vão quando ela viu ele estava beijando o traseiro dela, primeiro ela sentiu o vazio gostoso como ela fala quando o pau dele abandona a vagina dela e ela senti o ar entrando no buracão que fica aberto, depois ele beijando a bunda e em seguida fazendo algo que nem sempre ele faz e nem sempre ela deixa ou curte, ele começou a lamber o cu dela e ela não resistiu disse que a língua dele quente molhando seu buraquinho estava gostoso demais e então só começou a chingar ele a pedir que não enrabasse ela, mas para quem já leu nossos contos sabe que isto é o que sempre ela faz com este amante, ela adora fingir que não quer, pede, implora para que ele não coma o cuzinho dela dizendo que não vai aguentar, mas é tudo charme, tara dela pois ela adora que ele finja a comer a força, assim como ela foi enrabada uma vez, pois olhem em meus contos o conto onde conto como ela perdeu o cabaço do cuzinho para um pauzudo, o cara fez a força, na época ela odiou mas hj ela adora simular aquele estupro, pois bem, ele lambendo o rabo dela enquanto acariciava o pauzão o mantendo extremamente duro e ela pedindo que não, dizia AHHH SAFADO, METE NA XOTA METE, BOTA NA BUCETA DA TUA PUTA, NO CUZINHO NÃO, e ele que já a conhece bem falava, CALA BOCA PUTA, VOU ARROMBAR TEU RABO E TU VAI GOSTAR SAFAFA, FAZ TEMPO QUE NÃO LEVA PAUZÃO AQUI? Mau sabe ele que ela tem outro pauzudo que fode o cu dela direto rss, então depois de ter lambido bem ela e ela quase chorando pedindo pra ele não maltratar ela pra não enfiar aquele enorme pau no buraquinho dela, ele então se posicionou fez outra coisa que a deixa louca que foi dar uma cuspida bem no seu cu para molha-lo mais e apontou o pauzão para o buraquinho de minha esposa que logo assim como sua buceta receberia todo aquele volume dentro, claro que com mais dificuldade mas só no inicio rsss, o interessante que para mim que tenho a metade do pau dele quase rsss ela tem bem mais dificuldades de dar o cu, mas ele a enraba com perfeição. Assim que ele cuspiu ela deu a ultima gemida e o ultimo pedido para que ele não fizesse aquilo, então sentiu o cabeção na entrada de seu rabo completamente esposto e dai então começou só a gemer e dizer NÃO, NÃO POR FAVOR, então sentiu a pressão em seu rabo vencer a resistência de seu anelzinho, sentiu novamente o outro buraco ir se alargando ao receber aquele ferro em seu interior, ainda dói mas ela aguenta, mesmo assim continuava falando, AIIII, NÃO, AIII MEU CUZINHO, SAFADO, CACHORRO TA ME RASGANNNNNDO AHHHH e o safado para provoca-la mais ainda mete bem devagar mas só até entrar a metade, assim que vence a resistência da entradinha do rabo dela ele pega ela forte pelos quadris e da uma ultima estocada metendo o resto de sua vara na minha vadia, isto adoro ver e já vi várias vezes, mas comigo junto ela se contem mais fica mais quieta, ele me falou que ela fica com medo de eu me meter e parar a foda de tanto que ela reclama rss, mas já ouvi dela as deliciosas palavras enquanto ele a preenchia o rabo ela falou AIII AMOR ELE TA RASGANDO TUA ESPOSA AMOR, TU VAI DEIXAR AHHHH, e claro fiquei louco e bem quietinho rss. Voltanto, após ele novamente meter tudo dentro do rabo de minha esposinha ele deu um tempo para ela se acostumar com todo seu calibre enquanto isto levantou o corpo dela que estava debruçado sobre o sofá, tirou o vestido de cima pois ela estava completamente coberta por ele, ficou encaixado nela só com o saco de fora e a beijou deliciosamente enquanto ela gemia num mixto de dor e prazer, ele adora ficar assim imóvel no rabo dela pois pode sentir o cu dela piscar e apertar o pauzão dele fortemente, ele procurou abraçar ela mas ela ainda estava com o corpo do vestido então ele vendo o zíper nas suas costas o abriu e a ajudou a se livrar da parte de cima e do sutiã dela, agora ela tinha o vestido preso só em sua cintura, estava ainda de 4 mas com o corpo dele por cima do seu, ela suportava o peso dele que a segurava pelos dois peitões deliciosos e assim ela se sente mais tesuda ainda aguentando o peso do macho que a come e bolina, ele adora agarrar todo o peitão dela e por vezes beliscar o bico e ela muito puta deixa, mas quase só nestes momentos, normalmente não curte sentir dor, mas já que esta simulando levar uma vara a força no rabo isto é o de menos rss, e ela gemia baixinho e pedia para ele tirar, então ele voltava a beijar ela que mesmo fazendo este charminho já começava a tentar rebolar na vara dele, ele sabendo bem dominar minha esposa agora ficou novamente com o corpo reto, ele tbm estava ajoelhado no sofá e a puxou contra si fazendo ela que estava de 4 ficar ajoelhada e a abraçou novamente, não há mulher que não adore esta posição ainda mais com um pauzudo, eu quando faço isto com ela meu pau que é curto quase abandona o buraco dela seja o cu ou xota, já aquele pauzudão a agradava a beijando e apertando contra seu corpo enquanto ela permanecia ainda com uma grande quantidade de pau enterrada no rabo, ele beijava ela e mordia seu pescoço a deixando louca até que a mão grande dele desceu até sua xota ensopada e começou a dedilhar o clitóris de minha puta então ela não resistindo mais falou, AHHH ASSIM NÃO AGUENTO, ASSIM TU ME MATA, AHHH e começou a rebolar no pau dele como uma dançarina de axé mas ainda sem retirar mais do que a metade de seu interior rebolava com quase tudo cravado nela sentindo aquela tora alargando seu anus e pressionando gostosamente todo seu intestino, depois de muito amasso, beijos, gemidos e apertões nos bicos dos seios ele falou ao ouvido dela PEDE, PEDE VADIA, e ela que já sabia o que era disse NÃOOOO, então ele novamente a beijou e enfiou um dedo em sua vagina que agora parecia de uma virgem pois com o volume no rabo a vagina fica bem mais apertada que o normal, ela gemeu piscando loucamente o cu quase atorando o pau do macho e ele rispidamente falou, PEDE VADIA, PEDE LOGO, então minha esposa não resistiu e falou o que ele queria, falou o que eu já ouvi ela falando, entrou no jogo dele, ele quase sempre faz isto, faz ela pedir, pedir para ele comer logo o cu dela, e ela adora assim se sentir dominada e faz todo charme possível, então minha puta que estava ali com outro homem em nossa sala, ainda com seu vestido de prenda preso só a cintura, apesar do firo do sul já suava juntamente com seu amante finalmente cedeu pois o dedo em sua xota a penetrava gostoso ao mesmo tempo que rebolava naquela tora dura feito ferro toda cravada em seu rabo, ela finalmente falou AHHH, TA BOM GOSTOSO, COME, FODE, RASGA MEU CUZINHA VAI, É O QUE TU QUERIA SAFADO, JÁ TA TODO DENTRO MESMO, RASGA TUA VADIA VAI, ao mesmo tempo que agora além de rebolar tbm já fazia pequenos movimentos para frente e para trás sentindo o pau sair um pedaço e entrar novamente, o pau do amante dela tem uma cabeça grande mas nem tanto, o tronco do pau é bem mais grosso que o tamanho da cabeça e do resto e claro que ela adora isto, adora ir sentindo entrar e cada vez mais a alargar, ele novamente agarrou violentamente o rosto dela puxou para trás enfiou sua língua na boca dela que chuparia tudo que visse pela frente, e a segurando pelos dois seios começou a sacar o pau de seu rabo, ela tem nestes momentos a impressão que vai fazer cocô rss, mas não demorou muito, assim que a cabeça ameaçou sair do interior dela ele violentamente socou novamente nela arrancando agora um grito mais alto dela, e antes dela poder reclamar daquela violenta penetração foram vindos outras, e mais outras e em instantes aquele homem fodia o cu dela como a uma xota alargada e ela aguentava tudo, seus gemidos se misturavam com gritinhos que de dor não havia mais nada, ele vendo que minha vadia já havia se acostumado com toda aquela penetração a empurrou para frente a fazendo ficar de 4 novamente e agora tendo a visão de sua vara entrando e saindo do rabo de minha esposa, por vezes seu pau escapou do rabo dela e ele sarcasticamente admirava o cu dilatado de minha esposa que ficava a espera do seu gigante novamente, em determinado momento ele mandou ela abrir a bunda para ele para que ele pudesse ir o mais fundo possível, e ela obediente o fez, suas duas mãozinhas delicadas se posicionaram uma em cada nadega abrindo aquela enorme bunda gostosa fazendo com que o máximo de carne lhe preenche-se, ele que estava ajoelhado no sofá também agora a virou mais e ficou de pé ao lado do sofá, mesmo tendo que dobrar um pouco os joelhos agora ele poderia meter mais forte e mais fundo em minha esposa que continuava gemendo e gritando, ele falou para mim depois me contando detalhes de como a comeu que aquela posição seria perfeita para uma foto pois ela estava totalmente arreganhada segurando a bunda aberta e ele enfiava e tirava tudo, novamente por vezes ele sacava o pau e ficava admirando o buraco aberto de minha esposa, algumas vezes novamente cuspiu em seu rabo, por vezes lá dentro de seu anus aberto para lubrificar mais e facilitar aquela penetração que de difícil não tinha mais nada, ele me contou que em algumas vezes que ele tirou todo o pau do cu dela e ficou olhando ela sem parar de gemer mandava ele meter novamente, pedia desesperada para ele enfiar aquela vara nela, dizia mais ou menos assim AHHH BOTA SAFADO, BOTA ESTE PAUZÃO NO MEU RABO, METE LOGO, ele então disse a ela, CALMA PUTA TO OLHANDO O BURACÃO QUE TA ISTO AQUI, TA ARREGANHADA TEU MARIDO VAI ADORAR, e ela, É ELE VAI VER O ESTRAGO QUE TU TA FAZENDO NA ESPOSINHA DELE SEU CAVALO, VAI FODE TUA PUTA, SEU CAVALO PAUZUDO, FODE TUA ÉGUA VAI, e ele entrando na jogada falou, ISTO TO TE FODENDO IGUAL UMA ÉGUA E É O QUE TU MERECE PRENDINHA SAFADA então novamente cuspiu no cu dela e voltou a meter nela, já com as pernas mais cansadas voltou a agarrar ela pelos quadris e comer gostoso, falou para ela que iria gozar e inundar o rabo dela e ela novamente voltou a manhosamente pedir, NÃO, NÃO GOZA AI, SABE QUE ADORO TEU LEITE NA XOXOTA, VAMOS PRA CAMA E ME ENCHE A XOTA VAI, e ele disse pra ela, CALMA PUTA, TEM MUITO LEITE PARA TI, MAS AGORA VOU TE ENCHER O CU, E PODE AVISAR O MARIDO DEPOIS QUE JÁ TA DE CU CHEIO, então a pegou forte pelos quadris e começou a meter o mais forte possível enquanto ela desesperada gemia, tentando gemer baixo mas as vezes soltando um gritinho mais alto e tentando gozar junto com seu parceiro, por vezes o vestido dela atrapalhou a meteção toda pois no embalo das violentas metidas o vestido caia sobre a bunda dela encostando no pauzão lambuzado dele, pude depois que ela voltou para o ctg ver as marcas ainda molhadas no vestido dela, o cheiro forte de sexo, então isto as vezes tirava a concentração dele que tinha que parar e tirar o vestido, até que ele pegou e fez ela tirar o vestido ficando agora totalmente nua, não precisou tirar o pau de dentro dela pois o vestido sai por cima do corpo e novamente ela deitou no sofá para poder abrir as nádegas para ele que esperou por tudo isto dentro dela, ela vendo que ele não mudaria de ideia e iria gozar em seu rabo começou a tentar ajudar enquanto ia para frente e para trás batendo forte de encontro a seu corpo e fazendo o pau dele ir o mais fundo possível, o saco dele que é enorme batia gostosamente em sua xota a deixando louca, ela quase não tinha mais forças de aguentar as investidas dele dentro dela e começou então a provoca-lo falando, VAI CAVALO, GOZA NO MEU RABO, VAI GOZA LOGO PAUZUDO GOSTOSO, ENCHE TUA VADIA, e ele mais forte ainda metia ela ainda tentava sufocar os gritos e gemidos pois nossa casa até não tem vizinhos muito perto que escutem uma foda normal, mas tanto a sala como nosso quarto ficam do lado da rua e se não houver barulho é possível que quem passe escute um gemido um pouco mais alto, e como era um domingo sem movimento na cidade seria bem possível que alguém que passasse pudesse ouvir a foda toda, percebendo que ela tentava abafar seus gritos e se sentindo o dono da situação ele sem parar de meter no cu dela falou, VAI PUTA GRITA, NÃO SEGURA, GRITA VAI, e ela NÃO POSSO, AHHH, ALGUEM PODE OUVIR, e ele falou, TO MANDANDO CADELA, GRITA, E GRITA ALTO, e ela já mais excitada com o perigo disse um NÃO POOOOOSSO um pouco mais raivoso, então ele novamente largou seu corpo sobre o dela e continuava tirando quase todo o pau e enfiando e ao seu ouvido falava, GRITA TO MANDANDO, SENÃO NÃO VOU PARAR DE COMER ESTE RABO, ela apesar do tesão enorme continuava a dizer NÃOOOO, mas claro já quase gritando como ele queria, então ele rapidamente sacou o pau do cu dela ficou de pé e sem que ela entendesse ele a fez levantar, fez ela agora se segurar na guarda mais alta do sofá com o rosto virado para a porta da sala, abriu as pernas dela um pouco e se posicionou novamente atrás dela, falando no ouvido dela, VOU COMER TEU CU ASSIM EM PÉ E TU VAI GRITAR SUA PUTA, VAI GRITAR PARA QUEM PASSAR OUVIR, ela até tentou dizer agora em tom sério que não poderia pois seria perigoso, mas ao sentir o pauzão duro lhe invadir o anus com tremenda facilidade foi perdendo as forças e sua ultima proteção, seu ultimo instinto de proteção a família acabou quando ele já com o pau todo em seu cu se curvou e novamente cravou um dedo em sua vagina, ela gemeu quase gozando e ele em seu ouvido agora mais carinhoso falou, VAI, GEME E GRITA, QUERO QUE FALE QUE TA DANDO O CU PRA TEU AMANTE PAUZUDO e ela se descontrolando ainda dizia um não, mas imagino seu tesão, minha esposa adora o perigo, apesar de tímida com um pau gostoso na xota é capaz de inúmeras loucuras e assim foi, então o dialogo foi mais ou menos assim, VAI GRITA e ela AIIII MEU CUUUUU, AIII TA ME RASGANDO SEU PAUZUDO, e ele QUEM TA TE RASGANDO PUTA, VAI FALA, e ela, TU SEU SAFADO, ela ainda tentando se defender pois se falasse só isto quem ouvisse poderia e deveria imaginar que era eu rsss, mas ele foi claro ao insistir, TU QUEM PUTA, O QUE EU SOU TEU, e sempre metendo e mexendo com dois dedos dentro da xota dela que escorria parecendo alguém já ter gozado dentro dela, E ELA TU É MEU MACHO, MEU COMEDOR, MEU AMANTE GOSTOSO, e ele vendo que ela estava saindo pela tangente falou E TEU MARIDO ONDE TÁ, ai ela viu que não teria saída e desesperada gritou, e ele me disse que ela gritou forte, bem alto, ELE NÃO TA AQUI, SAIU COM NOSSA FILHA, e ele, E TU SAFADA, ela E EU TO AQUI, DANDO O CU PRO MEU AMANTE, VAI COME, METE QUE VOU GOZAAR SAFADO, e ele já se controlando para esperar por ela só judiava da xotinha melada dela enfiando os dedos enquanto a própria vadia rebolava na vara dele com todo cacetão entalado no rabo, já não resistindo mais minha vadia começou a anunciar o gozo entre gritos de GOSTOSO, TA RASGANDO MEU RABO, METE, METE FORTE NA TUA VADIA, ele tentando acompanhala no extase retirou os dedos da vagina dela lhe agarrando pelas ancas voltando a tapa-la toda com seu vestido de prenda enquanto bombava no anus arrombado de minha mulher que piscava descontroladamente quase atorando aquele pau que invadia sem pena, como ela ainda gozava rapidamente ela começou a acariciar a própria chota enquanto gritava quase chorando, quando minha puta já estava perdendo as forças pelos fortes espasmos que sempre tem quando goza, ele seu macho começou a anunciar seu gozo não menos forte que o dela, mas que vinha com estocadas mais fundas e fortes e ela como boa vadia que é então mesmo cansada voltou a rebolar e ajudar na penetração para satisfazer aquele homem que lhe invadia o anus dilatado, não preciso dizer que a gritaria foi muito mais intensa neste momento, ele falando que estava inundando o rabo da puta casada e ela pedindo mais e mais leite, falando que ele tava acabando com ela gozando no fundo do seu cuzinho, e assim ele ejaculou dentro do rabo da minha esposa, pelo que conheço é muito leite, ela ficou morta ainda de quatro e debaixo do vestido de prenda, ele retirou aquela mangueira já meio mole do rabo dela e foi para o wc, depois vi que o vestido dela estava sujo de porra pois o pau ao sair do rabo acabou por sujalo, foi um delicia ver isto, ela quando teve forças de levantar do sofá já não viu seu amante na sala, escutou o barulho do chuveiro pois ele já conhecebem nossa casa, ela acabou de tirar o restante do vestido enquanto por certo seu cu voltava ao normal pois fica extremamente alargado após uma sessão de anal com ele que a come violentamente, claro que ela adora isto, se sentir larga, sentir o rabo e xota molhados vazando, ela retirou o vestido, deixou no quarto de nossa filha pois é bem volumoso e quando foi para o quarto já achou seu macho nú de banho tomado deitado no meio de nossa cama, claro que ela entendeu e de joelhos subiu em nossa cama já entre o meio das pernas dele olhando fixamente para o grande instrumento de prazer dela, o pau GG dele que a esta altura estava meio mole, como uma gata ela foi em direção aquela tora e de 4 entre as pernas dele agarrou aquele gigante semi adormecido, ela adora sentir o pau dele ou de qualquer outro crescer na sua mão, ou sua boca rss, e foi isto que ela fez, primeiro beijando o cabeção do pau dele enquanto o chamava de louco, que fazia ela fazer estas loucuras todas, que deus o livre se algum vizinho tivesse escutado tudo, mas novamente ele mandava ela ficar quieta e chupar o pauzão, e falando novamente alto, ela sentindo aquele pedaço de carne voltar a ficar feito pedra em sua mão e boca novamente ficou excitadíssima e enquanto chupava e era fodida pela boca, conseguia por vezes dizer que agora queria leite na xota, queria leite no útero onde ela adorava e continuava punhetiando e chupando o pauzão dele, ele por vezes batia com a vara dura no rostinho delicado de minha esposa que sentia a xota e o rabo ardido piscar de tesão mesmo fazendo poucos instantes que havia tido um orgasmo, para ele é normal dar uma atrás de outra mas ela geralmente demora mais para se recompor, mas a situação, ela estar em nossa casa com um amante enquanto o maridinho estava no CTG com a filha, ela estar ali gritando e sendo dominada por aquele pauzudo safado, correndo o perigo de nossos conhecidos ouvirem tudo e mesmo assim falava e gemia cada vez mais alto enquanto ele dava ordens a ela, mandando ora chupar ora bater uma punheta no pauzão dele, e por vezes batendo forte em sua cara até que não aguentando mais ela foi subindo em cima dele falando que queria tudo na xota, que a xota tava pingando de desejo e precisava levar leite, precisava gozar completamente estufada arregaçada com sua vara bem da forma que ela adora, assim que ela se posicionou ajoelhada sobre o amante que se mantinha sentado escorado na cama, ela foi sentando sobre aquela pica dura e imensa, o amante me falou que o grito foi quase tão alto ao de instantes atrás quando ela havia gozado com o pau no rabo, mas foi um grito de prazer acompanhado de um AIIII QUE PAU DELICIOSOOOOO e a puta quase gozou já na primeira metida, assim que se acomodou sobre ele pela primeira vez curtiram um pouco uma foda mais carinhosa pois ela ficou imóvel o beijando gostosamente enquanto sentia a cabeça do pau ficar lhe cutucando o fundo de sua vagina, as mãos do safado apertavan-lhe fortemente as nádegas a pressionando tambem contra a vara e novamente agora em tom mais carinhoso um falava ao outro da loucura que estavam fazendo, ela chamava ele de safado se aproveitando dela enquanto ele dizia que ela era a safada por estar fazendo tudo aquilo, tocou bem no ponto que a deixa louca que é o perigo, ela adora situações perigosas, ele lembrou que foi ela quem entrou no carro do amante no centro de nossa cidade e estava naquele exato momento entalado na vara dele na sua própria cama, enquanto o maridinho cuidava da filha, ele me falou que enquanto falavam e se beijavem embora ela permanessesse imóvel sua chota piscava deliciosamente no pau dele, como já comentei em outros relatos ela tem uma enorme força nos musculos e pressiona muito o pau, embora sua buceta já esteja bem esgaçada pelo uso continuo com pauzudos quando ela pisca a xota quase que prende o pau, e ela fazia isto deliciosamente mas não com a intençao de segurar, mas descontrolada mesmo de tesão e ele a provocava cada vez mais falando barbaridades a seu ouvido, sabendo que ela estava se controlando ao máximo para não iniciar a sessão de mexidas fortes que adora dar quando cavalga um macho, esta situação demorou um pouco pois ela adora beijar, e beijos demorados e carinhosos mas o safado continuava a tortura a chamando de vadia e sabia que logo ela novamente perderia a compostura e voltaria a ser a puta que adora ser, então vendo ela se contorcer parada na vara mandou ela rebolar logo, ela ao tentar fazer isto foi segura fortemente por ele a impedindo, então ela perguntou porque? Já que ele mandou pq agora a segurou, e o safado falou quase a ordenando, PODE MECHER MAS TEM Q GEMER E GRITAR NO MEU PAU MOSTRANDO A VADIA QUE É, ela sorriu e quase gozou de escutar, então obedecendo seu amante começou a rebolar na vara dele, inicialmente como ela gosta com tudo enterrado lá no fundo então faz movimentos só para frente e para tras forçando seu clitoris contra a base do cacete mas sem retirar um cm de dentro, enquanto gritava que tava quase gozando denovo pedindo leite dentro, pedindo para ele inundar a xota igual tinha inundado o rabo, ele sarcasticamente se controlava agora melhor q antes pois já havia gozado uma vez e só dizia que ainda não, que ela precisava se esforçar mais para receber seu leite, e ela entrando no jogo começou a fazer o que deixaria qualquer um louco principalmente eu quando assisto ela trepando, ela se posicionou melhor e agora sentava literalmente sobre o cacete, fazia o pau sair quase todo de dentro dela e quando só o cabeção permanecia dentro voltava a sentar com toda sua força e peso sobre o amante e por vezes dizia, GOZA GOSTOSO, GOZA, ME ENCHE, AIIII MINHA BUCETA QUE PAU ENORME, mas embora as palavras fossem estas o pau parecia não ser tão grande de tão facil que entrava naquele bucetão largo dela, e agora ela já curtia a cena porque via que mesmo ele em seu tom autoritário tinha que pensar em várias outras coisas para aguentar aquela seção de senta senta sem gozar, ela ria enquanto gemia alto e esfregava os peitões que balançavam na cara do amante que chupava hora um hora outro, sempre deixando ematomas em suas tetas de puta, quando faço isto ela sempre pede que faça onde não apareça onde ela possa ainda botar uma blusa decotada, com seu amante nem pensava isto e por dias não poderia usar certas roupas, sorte que no pescoço ela era mais comedida, só deixava ele marcar logo abaixo da nuca onde não aparecesse tão facilmente, eles brincaram muito assim agora ela tentando o vencer, mas novamente ele a venceu, antes que ela conseguisse fazer o safado gozar suas pernas não aguentaram ficar agaxando e levantando tanto tempo então novamente ela caiu sobre o corpo dele, enterrando o pau o mais fundo possível, por instantes recuperando o folego enquanto o chingava, pedindo pelo amor de Deus que ele a enchesse de porra pois o que ela mais queria naquela hora era gozar se sentindo alagada, ele nesta hora a segurava forte pelos dois peitos enquanto sugava um e outro e só parava para mandar ela mexer e gritar, então segundo ele a vadia continuou rebolando enquanto elogiava seu cacetão, dizendo que estava completamente preenchida ainda com o rabo ardendo e que iria gozar imensamente com aquela tora entalada, ele que estava sentado na cama escorregou para ficar agora deitado, ela acompanhou seu movimento mantendo sempre os peitos no rosto dele, agora, assim o pau parecia ir mais fundo nela, novamente ficaram se curtindo um pouco, se beijando mais calmamente, ela beijando o peito e pescoço dele enquanto ele agora enfiava dois dedos no rabo ainda largo e alagado dela, assim que ele fez isto acabou o romance e novamente a puta entrou em ação reclamando da dor no rabo o chamando de tarado que estava novamente lhe arreganhando o rabo, e foi rebolando deitada sobre ele, agora ainda mais desesperada para gozar, novamente ele fazia ela gritar sobre ele, gritar alto, gritos e gemidos onde ela falava AIIII SEU SAFADO, TA ARREBENTANDO MEU RABINHO NOVAMENTE, AIII PAUZUDO TIRA, TIRA POR FAVOR, TIRA O DEDO DO MEU CUZINHO, e ele continuava brincando em seu buraco arrombado e isto a deixava louca, sentir uma dupla penetração com seu macho gostoso, o pau batendo em seu útero e os dedos lhe alargando ainda mais o rabo arrombado, e só não durou mais porque ela perdeu novamente o controle, ela que estava deitada sobre ele levantou rapidamente passando a ficar sentada sobre ele deitado com isto o pau foi mais fundo lhe deixando maluca, ele não conseguiu mais ficar com os dedos dentro do rabo dela que se afastou então voltou a segurar-lhe pelos peitos agora mais forte ainda, assim que ela entalou por completo nele, falou, AHHH NÃO AGUENTO MAIS SAFADO, QUERO GOZAR, GOZA LOGO QUE QUERO GOZAR CHEIA, GOZA AMOR POR FAVOR, isto mesmo em determinados momentos quando ela esta com muito tezão ela o chama de amor, a puta não faz isto quando estou junto mas a sós ela faz com frequencia, e isto deixa ele louco tambem, então finalmente ele cedeu e falou, tudo bem puta, meche que vou te encher, meche gostoso que vou gozar vou te dar leite safada, mas geme e grita alto vai puta, nem precisou insistir em instantes ela estava mexendo alucinadamente, com o pau entalado na xota ia para frente e para trás numa velocidade enorme bem como ela adora gozar, mas nesta hora ela não conseguia falar, ela faz muita força e só saiam gemidos enormes e altos de sua boca safada, ele ao mesmo tempo sentia seu corpo todo teso, duro, seu pau pulsando como ferro dentro dela e com extrema força a segurava pelos peitos como que para não fugir, se fosse no meio da foda ela reclamaria da força aplicada em seus seios mas naquela hora nada importava tudo era prazer, ele novamente ordenava para que ela gritasse, que falasse alto e ela só rebolava e grunia no pau, até que ele não aguentando mais falou VOU GOZAR PUTA, GRITA e vendo que ela permanecia segurando a respiração enquanto mexia fortemente, espontaneamente ele deu um tapa no rosto dela, não foi a primeira vez, eu tambem faço e exatamente nesta hora quando ela vai gozar, nesta hora ela permite e adora, e claro aproveito, sento o tapa e forte rs, e assim que ela levou a bofetada na buxexa, soltou um AIIIII forte, mas não de dor, então vendo que agradou o safado começou uma sessão de tapas e tapas na cara da vadia, com uma mão batia na cara e a outra na bunda branca que assim como o rosto ficou vermelha e com marcas de dedos e ao invés dela pedir para ele parar agora ela gritava bem como ele queria e gritava assim. VAI SAFADO, BATE, BATE E GOZA NA PUTA, BATE FORTE, AIII, BATE NA TUA VADIA QUE VOU GOZAR, AHHHH, e enquanto ela ainda fazia força para chegar a seu climax ele anunciou no mesmo momento que ela sentia o pauzão pulsar em sua vagina, anunciou que estava gozando gritando alto tambem, tão alto que certamente alguem escutaria na rua, GOZA PUTA, TOMA NA CARA E NA XOTA, GOZA NO PAU DO TEU AMANTE, GOZA CHEIA DE LEITE, GOOOOOOZAAAAAA, e nos primeiros jatos de porra foi onde tambem vieram os tapas mais fortes nunca antes dados na cara da minha esposinha, pude comprovar mais tarde pela vermelhidão e marcas de dedos em suas buxexas e nádegas, e mais uma vez como acontece comigo tambem ela consegue gozar junto, é um imenso prazer para os amantes, assim que a vadia sentiu sua buceta alagar ainda mais com o leite de seu amante ela começou a gozar, ao mesmo tempo que ele batia nela ela agora gritava tão alto quanto ele, BATE, BATE FORTE QUE TO GOZANDO, AHH, AIII AMOR, BATE NA TUA PUUUUUTA, AHHHHH DELICIAAAA, TO GOZANDO CHEIA DE LEITE, AHHH DELICIA, QUANTO LEITE, AHHH, BATE NA VADIA CASADA, AHHHHH, e novamente gozava enormemente sobre seu macho, o gozo dela é sempre longo, o amante me disse que já havia gozado tudo que podia e seu pau quase doia e ela continuava a remexer, rebolar e piscar forte a xota, tirando todo o leite que podia enquanto pedia mais e mais tapas e leite, até que ele perdeu as forças para bater e ela para mecher,caiu sobre o peito suado dele, ela tambem lavada de suor pois nem o ar deu tempo para ligar, e já parecem que eles fazem para provocar, para mim sentir o cheiro forte dele em nossa cama, assim que ela caiu sobre ele sem forças, rapidamente reclamou da dor no rosto, que estava ardendo dos tapas fortes dele, falou que eu batia as vezes mas nunca assim, ele riu, chamou mais uma vez ela de vadia e disse que só fez o que ela pediu e ambos riram da situação, reclamou tambem da gritaria que fizeram pediu que ele não falasse para mim, pois eu não gostaria, claro que ele concordou mas sempre me conta tudo rss, olharam a hora e já fazia quase duas horas que ele havia a pego no CTG, ele tambem tinha compromissos pois só havia passado por ali, então teria que sair rapidamente, perguntou para ela se queria que ele a levasse até mim, mas ela muito safada disse que não, que me chamaria para pega-la pois eu deveria estar louco e querendo dar uma aliviada, novamente riram, ela que ainda estava sobre ele, lentamente foi saindo, o pauzão que já estava mole ainda tinha uma grande parte dentro de sua xota, quando eu gozo dentro dela mesmo com meu pau dentro a porra vaza, quando ele goza, mesmo o pau meio amolecido fica a preenchendo e não vaza quase nada, o pau mandei a xota dela vedada rss, mas claro que ao sair a porra verte em grande quantidade pois o buraco fica aberto por instantes até se fechar, assim que o cabeçao abandonou seu buraco inchado e ardido ela sentiu a porra escorrendo cocha e cama afora, ela ficou deitada de lado enquanto deliciosamente a porra vertia de sua vagina passando por sua coxa indo cair na cama por trás dela, numa linda cena, ele foi para o banho e rapidamente voltou já arrumado e pronto para ir embora olhou ela deitada com o leite vazando e antes de dar um beijo de despedida falou que eu iria adorar a cena, fez uma foto com o celular do rabo de minha esposa e foi embora, enquanto ela ouvia o carro ligando e saindo ela me mandou mensagem dizendo AMOR, ELE ESTA SAINDO, ESTOU COMO TU GOSTA, CHEINHA, DEIXA A FILHA AI E VEM ME BUSCAR. Claro que entendi o DEIXA A FILHA, era pq ela queria me dar, falei com uma conhecida nossa e pedi para cuidar da filha enquanto buscava a mãe, e em instantes entrava dentro de casa, ao entrar na sala pude ver a bombachinha e a calcinha jogadas na sala o sofá desarrumado e com o pau estourando imaginei que a coisa começou por ali, fui direto para o quarto, a luz estava acesa ele eu sabia que não estava mais la pois o carro não encontrava-se quando cheguei, já na porta do quarto ainda aberto senti o cheiro forte e inebriante de sexo, o cheiro forte do suor dele que já conheço, o cheiro forte da buceta usada de minha esposa, e ao entrar vi ela ainda como estava quando ele saiu, deitada de lado, com uma perna mais a frente expondo sua xoxota carnuda, ela fingia dormir, fiquei instantes admirando ela antes de ir para a cama, a própria cama estava fora do lugar pois fica assim com as mechidas vigorosas dela então de imediato vi que ela cavalgou ele, sentei calmamente na cama ainda por trás dela e avistei sua vagina vazando a porra branca e grossa dele, entre seus grandes lábios eera tanto leite que chegava a espumar, nosso lençol estava com uma poça no fim daquela vertente de porra, me admirei mais desta vez não foi pela rio que descia de minha esposa mas sim pelas marcar vermelhas de palmadas em sua bunda, ela que é bem branquinha estava com as listras vermelhas dos dedos dele, o cheiro agora era forte do leite dele, ela safadamente continuava imóvel até que lhe toquei a bunda e ela soltou um suspiro, peguei aquela bunda e senti suas carnes extremamente quentes,senti o suor ainda de sua pele macia, sabia que ela sentia o que eu fazia mas permanecia imóvel, então não resistindo segurando sua bunda a abri parra observar melhor seus buracos, sua chota que é carnuda naquela posição estava fechadinha e assim que abri o bundão outra golfada de leite saiu de seu interior, vi o lindo clitoris dela vermelho inchado como fica logo após um orgasmo e meu tesão foi maior quando avistei o cuzinho lindo dela tbm inchado, suas nádegas que são grandes e durinhas ficam quase sempre vermelhas e assadas quando ela faz anal forte sem muita lubrificação e assim que vi, a pele em volta de seu anus estava completamente vermelha e daquelee botão inchado tbm brotava um liquido branco, para um corno é o extase, chegar em casa e ver que a esposa foi completamente usada, sentiro o cheiro do macho, ver o estrago todo feito em sua amada, e assim eu via a minha, uma mãe de familia exemplar ali em nossa cama onde havia dado e gozado desesperadamente no pau de outro homem, assim que abri mais ela fingiu despertar e logo gemeu, fazendo charminho como se estivesse com dor, rapidamente me disse, VIU AMOR, VIU O QUE ELE FEZ COMIGO, e eu já louco disse, SUA PUTA, O QUE TU DEIXOU ELE FAZER, e ela toda manhosa como se estivesse machucada disse, ‘ai amor ele me comeu toda primeiro meu cuzinho, me arreganhou e me encheu la na sala, depois me fez gozar naqquele pauzão e me deixou assim cheia’ em seguida me perguntou, TU QUER PROVAR AMOR? E eu claro já fui tirando minhas bombachas e bota, ela foi se virar e não deixei, falei para ela ficar imóvel naquela posição vazando leite, e assim ela permaneceu, antes que ela falasse algo me ajoelhei na cama ao lado da cabeça dela e ela engoliu minha vara, estava cansada mas para fazer um macho gozar ela sempre acha disposição, ainda mais sabendo que eu seria rápido, assim que ela abocanhou meu pequeno pauzinho eu peguei uma de suas pernas e a levantei fazendo ela ainda de lado ficar toda aberta, ela gemendo me chupava e contava alguns detalhes de como ele a comeu, que havia enrabado ela fortemente no sofá ainda, sempre me provocando e fazendo charminho do tipo, AI AMOR, PORQUE TU DEIXA FAZEREM ISTO COMIGO, e claro eu respondo que a puta é ela, que ela adora e merece levar vara desta forma, peguei um pano no bide e limpei a porra que vazava em abundancia de sua buceta, e já me contorcia enquanto ela batia uma punheta e chupava meu pau, sempre falando e gemendo, depois que retirei o excesso de leite que parou de verter coxa afora não resisti e fiz o que faz muito pouco tempo que venho fazendo, para quem não leu meus outros contos por anos trepamos depois dela dar e nunca curti a xupar usadaa nem a beijar com gosto de pau mas como tudo muda rss, como sempre procuramos novas fantasias acabei fazendo e adorando, ainda mais daquele amante em especial que a meu ver não tem o leite tão forte quanto o meu por exemplo, então cai de boca, inicialmente lambi e xupei aquele clitoris maior do que o normal e ali já senti o gosto do leite do macho, ela me mordia e punhetiava o pau, e como ela tem adorado tambem gemia gostoso agora, eu para provocala como sempre faço enquanto dava lambidas em seu grelo perguntei, TU DEIXOU GOZAR DENTRO PUTA? e ela rapidamente perguntou se eu não estava vendo, ai fiz a pergunta que sempre faço tambem, TU QUER SENTIR O GOSTO DO TEU MACHO NA BOCA DO MARIDINHO CADELA? E ela engolindo meu pau dizia SIMMMM entao desci com a lingua até sua vagina ainda algada, nossa que loucura, o gosto da porra dele não é o que mais me facina mas sim a mistura, a mistura da porra dele com os liquidos de minha vadia, liquidos que sei que ela só expele no auge do prazer, então ali eu lambia e enfiava o máximo possivel minha lingua em sua vagina larga, meu nariz e queixo ficaram lambuzados de leite, retirei meu pau da boca dela pq a posição estava incomoda e pude chupar melhor aquela xota usada, ainda de quebra via o cuzão dela piscando tambem largando um pouco de leite, ela bem louca em determinado momento me disse, VEM AMOR, ME BEIJA TRAS PRA MIM, então rapidamente fui beijala, que loucura, que beijo maravilhoso, enfiei minha lingua em sua boca quente que foi sugada completamente, meus labios meu queijo foram lambidos ardentemente como uma cadela que limpa seu filhote, de quebra pude sentir o gosto do meu pau e o cheiro do pau dele na cara da vadia pois ela havia levado uma surra de pica no rosto, ao beijala notei seu rosto vermelho e quente de um lado mais que ooutro então já imaginando perguntei o que havia acontecido, então ela me contou que ele bateu nela, e que bateu forte, enquanto falava empurrou minha cabeça para baixo novamente me fazendo entender o que eu deveria fazer e fiz voltei para sua buceta esporrada e novamente cravei minha cara tentando enfiar minha lingua no fundo da vagina como se fosse possivel e ela safadamente com suas duas mãos abria sua bucetona para mim enquanto me dizia que ele bateu muito e forte nela, que ela havia gozado na vara dele apanhando fortemente na cara, que agora ardia e tinha uma das buxexas vermelha e até inchada, enquanto eu a lambia eu tbm me afastava para apreciar aquela linda cena da chota imensa de minha esposa usada e neste momento via ela piscando a xota, a safada piscava a xota para que todo o leite do interior brotasse para mim lamber, e funcionava por vezes vi aquele buraco vermelho aparecer com um liquido grosso e branco então tratava de lamber e novamente subia para beijala, na verdade eu não tomo a porra do amante, eu lambo e levo na boca para a vadia que se delicia limpando tudo e engolindo o liquido do amante, isto demorou um pouco porque nestas horas ela nem tocava meu pau senão eu gozaria na hora, então pude brincar bastante nem sei quantas vezes mergulhei em sua vagina e fui depois beijala, só sei que não aguentando mais em uma hora destas em que a beijava por cima encaixei entre suas pernas e meu pau foi absorvido por aquele buraco imenso que ela tem entre as pernas, foi só encostar que sua vagina agasalhou meu dote com sobras, e isto que adoro, sentir ela gozada, molhada, quente e principalmente sentir meu pau nadar dentro da vagina dela que torna-se gigante, meti tudo forte como se quisesse machucala tambem, enquanto isto ela me lambia todo o rosto em busca de mais leite de seu amante, tentei ficar parado para não gozar mas não consegui na segunda vez que tirei e meti forte anunciei meu gozo então ela me abraçou forte e deliciosamente mechia forte seus quadris, mesmo debaixo de um macho ela sabe rebolar e extrair todo leite, e assim o fez, quando comecei a gozar fiquei imóvel enquanto ela rebolava e pedia leite, pedia mais e mais leite e ria sentindo eu me desmanchar dentro dela, ela já estava tesuda mas sabia que não tinhamos tempo para que ela gosasse comigo tambem então não protextou por minha precoce ejaculação só pedia mais e mais leite sorrindo e falando que era uma delicia sentir o segundo homem enchendo ela de leite no mesmo dia, e eu quando consegui comecei a meter e meter forte naquela lagoa que era ela enquanto a chingava de puta, vadia, larga alagada, finalmente cai sobre ela, cansado, e depois da gozada paracece que tudo fica mais forte, o gosto que sentia na boca, o cheiro forte do suor do homem que havia estado em nosso quarto, sentia a minha porra vazando da chota dela mesmo eu ainda estando com o pau duro dentro dela, ela rapidamente pediu para mim sair e sai, meu pau tinha meu leite transparente e na cabeça via o leite do macho branco e grosso, ela saiu direto para o wc, fiquei ainda descansando e tbm fui para o wc depois, me lavei e quando sai ela já estava vestida de prenda novamente linda e radiante apesar da buxexa mais vermelha que o normal, enquanto me vesti ela passou um pó para disfarçar no rosto e voltamos para o CTG pois ainda teriamos umas duas horas lá antes de voltar para casa, apesar de ter lavado o rosto eu sentia ainda o cheiro dele em mim, e principalmente nela, o pescoço dela tinha o hálito dele, as mãos dela mesmo depois de seus cremes ainda tinham o cheiro do pau dele, e isto nos excitava, com o tempo antes de irmos embora já nos agarravamos discretamente, e esta é a grande jogada dum casal liberal, uma foda com outro rende várias e várias maravilhosas fodas entre o casal rsss, fiquei mais louco ainda quando antes de irmos embora ela me olhou safadamente e falou que havia lavado só o rosto, ou seja, sua buceta e cu ainda estavam completamente molhados e vertendo leite, isto claro rendeu outra bela chupada quando chegamos em casa, agora mais louco ainda por sentir o cheiro e gosto da porra seca dele nela.
Pois bem amigos este conto é real, tentarei achar a foto que ele tirou e me mandou dela vazando leite mas não sei se conseguirei, temos muitas fotos e estão escondidas fora de ordem rsss. Por favor deixem seus comentarios.
A primeira foto é deste dia, na outra é o amante dela com ela e eu de fotografo rss.
Foto 1 do Conto erotico: ESPOSA GRITANDO NA VARA DO AMANTE EM NOSSA CASA

Foto 2 do Conto erotico: ESPOSA GRITANDO NA VARA DO AMANTE EM NOSSA CASA


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 21/03/2017

colossal

foto perfil usuario mcnn

mcnn Comentou em 31/07/2014

Show muito excitante valeu

foto perfil usuario gugu7l

gugu7l Comentou em 21/07/2014

seus contos são maravilhosamente excitantes, parabens, votado,

foto perfil usuario comedor recife

comedor recife Comentou em 17/07/2014

Ela é maravilhosa.....

foto perfil usuario Soninha88

Soninha88 Comentou em 16/07/2014

delícia de conto, muito excitante, fiquei molhadinha lendo...bjs




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


12342 - Amante da esposa la em casa. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
12371 - Minha esposa me fazendo surpresa(Verídico) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 24
12436 - Esposa perdendo(realmente) o cabaço do rabinho. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
12469 - INICIANDO A ESPOSA NO MENAGE(VERIDICO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 21
12479 - PROSTITUINDO A ESPOSA(PRIMEIRA VEZ) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
12578 - PROSTITUINDO A ESPOSA (NOVOS CLIENTES) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
12645 - ATUAL AMANTE O INICIO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
12666 - OUTRO CLIENTE DE MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
12709 - ESPOSA TRANSANDO NA FESTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
13013 - MINHA ESPOSA COM DOIS AMIGOS - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
13169 - NEGRO GOSANDO NA MINHA ESPOSA(REAL) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
13171 - AMIGO NEGRO LA EM CASA(EDITADO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13325 - ESPOSA TRANSANDO COM ESTRANHO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
13603 - AMANTE FIXO EM CASA A SÓS COM ELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13769 - ESPOSA SENDO GOSADA NA FESTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
13955 - ESPOSA DANDO NO CARRO EU DIRIGINDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
14253 - ESPOSA PASSANDO FINAL DE SEMANA COM AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
14557 - ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
14729 - ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL PARTE2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
14935 - QUARTO MENAGE COM MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
14949 - QUARTO MENAGE COM MINHA ESPOSA(CONTINUAÇÃO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15094 - ESPOSA TRANSANDO GRÁVIDA DE 7MESES - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
15096 - PRIMEIRO AMANTE DO TRABALHO DELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15216 - ESPOSA TRANSANDO COM EX NAMORADO(VINGANÇA DELA) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
15259 - ESPOSA TRANSANDO COM UM COROA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15968 - PRIMEIRO SWING DO CASAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
16110 - PRIMEIRA VEZ DA ESPOSA SOZINHA COM AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
16607 - ESPOSA SOZINHA COM DOIS AMANTES - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
16627 - ESPOSA CEDENDO A CHANTAGEM DO COLEGA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
16934 - PRESENTE PARA O AMANTE(primeira parte) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0
16966 - PRESENTE PARA O AMANTE(Segunda parte) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0
18111 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE FIXO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
18115 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE FIXO parte2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
18295 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE PARTE3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
19314 - ESPOSA FUDENDO COM AMANTE E AMIGO DELE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
19938 - ESPOSA DANDO PARA COROA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
20767 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
20768 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
20769 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
22017 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
22018 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
22019 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO4 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
23307 - ESPOSA SE PROSTITUINDO (VERÍDICO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
25452 - ESPOSA DANDO NO ANO NOVO. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
26816 - O VERDADEIRO PRIMEIRO AMANTE DA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
26852 - O VERDADEIRO PRIMEIRO AMANTE DA ESPOSA 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
27032 - NAMORADA DANDO PARA AMANTE NO WC DA FACULDADE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
27652 - ESPOSA COM AMANTE NO ESTACIONAMENTO(REAL)25/03 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
28366 - ESPOSA PASSANDO FIM DE SEMANA COM COMEDOR 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
28367 - ESPOSA PASSANDO FIM DE SEMANA COM COMEDOR 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
29811 - ESPOSA COM NOVO AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
30123 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE DOIS AMANTES 1º VEZ REAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
31212 - PRIMEIRO ANAL DA ESPOSA COM O NOVO AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
33094 - ESPOSA SENDO GOZADA POR DOIS AMANTES NO MESMO DIA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
36901 - ULTIMA IDA NO AMANTE PREFERIDO DELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
43645 - DANDO PRO AMANTE NA ESCADARIA DE SHOPING - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
46418 - ESPOSA DANDO NO CARNAVAL 2014 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
53229 - PRIMEIRA VEZ COM O AMANTE EM NOSSA CASA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
53992 - AMIGO DE AMANTE COMENDO MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
54589 - AMANTE NARRANDO COMO REALMENTE FOI O ENCONTRO. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
61019 - ESPOSA E NOVO EMPREGO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
62243 - MARIDO NAO COMEU ELA DEU RABO PARA AMANTE. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
65576 - ESPIANDO AMANTE E ESPOSA SEM ELA SABER - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
66277 - AVENTURAS DE ADOLESCENTE DA ESPOSINHA PUTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
66977 - ESPOSA NOVINHA TRAINDO SEU PRIMEIRO NAMORADO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
68118 - PRIMEIRO ANAL COM AMANTE PREFERIDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
70553 - AINDA NAMORADA AMANTE DO CHEFE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
71654 - FESTA COM AMANTE NEGRO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
72266 - ESPOSA LEVANDO ESTRANHO PARA NOSSA CAMA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
73929 - ESPOSA DANDO AO AR LIVRE PARA O CHEFE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
77768 - FINALMENTTE UMA AMANTE AMIGO MEU - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
78053 - Vingança da esposa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
97684 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE NEGRO, PRIMEIRA VEZ - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20
98334 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE NEGRO, PRIMEIRA VEZ - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
98619 - MARIDO ESCONDIDO NA CASA DO AMANTE ASSISTINDO ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12

Ficha do conto

Foto Perfil cacolabin
casalsul

Nome do conto:
ESPOSA GRITANDO NA VARA DO AMANTE EM NOSSA CASA

Codigo do conto:
50214

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
15/07/2014

Quant.de Votos:
15

Quant.de Fotos:
2


Online porn video at mobile phone


orgias anaiscontos gay o irmao mais novo do vizinhotexto e fotos de historia de porno titiu meio safado e inocente e subrinha safadascatvedeovi meu concunhado quase matando minha cunhada com uma rola enormefilho lua de mel contos eroticoscontos eroticos em guadrinhos de joão cavalopai epiona a filha no banho e abusa dela bucetawww.conto erotico de jardineiro estrupando novinha viegemcanto erotico pagando aposta com papaiconto herotico fiz ela grita de dor na buceta mas estorei o cabacinho delaContos eroticos esposa confesa quero da para outro macho voce deixaconto gay hóspede gaycaguei no pau contosContos um caderante estrupou minha bucetafartei me de ser traído pelo meu marido, comecei a lhe trair conto eróticomae e novinho conto erotoicoconto erotico desvirginadaminha namorada contoabusaramcontos enrabei uma cadeirantecontos erotico amiguinha de 11 e filha delira no pau do papaiquadri nho porno escritorioConto erotico seduzindo comadreContos negao arrombou as prega da minha esposacontos eroticos meu.pai comeu meu cubucetas de bruço na camacontos gays ordenhando papaicontos a cdf cabacinhopretinha deu o cu apertdo pro negao chorou e gritouvizinha sozinha carente so de biquinisContos eroticos meu amigo comendo minha maecontos heroticos encoxei de pau duru cuzuda rabuda gostoza punhetacontos como e gostoso dar o cuzinhoContos.eroticos.minha.madrasta.bucetuda.e.peituda.dor.mindo.bebada.contos eroticos de iniciação gay: mete devagarbuceta gostosa da josinha contos erotico e fotosmelhor dormindo eroticoagarrei minha tia velha e transamos contosa professora submissa utimos contos eroticosconto porno mulher adora novinhocontos fantasia de minha esposa cheirar calcinhaporno Emmylle gostozinhapais a emrrabar as filhascontos velho da rola grande arregacou a novinha minha esoosaconto erotico exibionismo para meu paifoto meu marido pauzodocontos eroticos marido liberalcontos comi minha irma por enganoconto erotico meu marido perdeu a apostano churrasco do patrao meu marido bebado eu confessoContos caseiro de sexo sadomasoquismo entre sogras e genroscontos er¨®ticos incesto ensinei minha filha a ser cadelavirei puto dupla penetracao conto gaynudismo sxyultimos contos sadoconto tia nuabandidos obrigaram me a enrabar minha filha contos de sexoeu e meu namorado adoramos uma gay contocontos erotico maê fingindo que esta dormindorevista private anuncios fotoscontos enrabei um cuzinho gostosoporno em quadrinhos obsessão 2 mae e filhocontos eroticos meu marido cumeu minga amiga e enfiou a maoConto erótico. picante perdendo a virgindadeconto erotico eu e minha irmã com meu filhocarroceiro maludofamília favela fodendo na favela com o negrocontos eroticos 2017 de goiasFiquei impressionada com o tamanho da rola do meu genro contos femininocontos eroticos menino adotivo pe de mesapunheta contos videos encoxada publicocontos de bixinhas safadas peerdendo cabacocontos eróticos de i****** com padrinho vizinhoContos e fotos senhoras que gosta de negros pauzudoscontos erótico marido deixa mulher i pro motel e ela fala como foi atrazaimagens de meu filho atrevido e selvagem entre irmaos homens transando em quadrinhosContos eroticos quando depilo meus filhos me assistemcontos porno gay daniel e cirilo do carrosselminha esposaxvquadrinho eroticonifetinha de chortfilha minha femea contoconto real meu vizinho me estuprouprofessora safadaconto erotico bisex 2017 curitibaporno2017noviameus filhos de doze anos metem na nossa frente contos eroticosc.erotico virei puta do meu chefe gay