O vigia dominador da Loja de carros usados


Click to Download this video!


Recentemente em minhas buscas noturnas por João Pessoa, conheci Edilson.
Um moreno super ativo e muito gostoso, que encontrei na madrugada próximo
de um posto Petrobras na Avenida Presidente Epitacio Pessoa.
Estava eu na "caça" e ja tinha rodado bastante a procura de um macho para
satisfazer meus desejos femininos que estavam já a flor da pele. Não consigo
mais passar uma única noite sem sentir um membro duro, cheio de nervos e pul-
sante em minhas entranhas. Foi quando encontrei um macho dominate que chama-se
Edilson.
Ele estava acompanhado de um amigo em frente ao seu local de trabalho,
trabalha como vigia de uma loja de carros. Estacionei em frente outra loja e
me fiz ser notada, o que não foi nada dificil pois estava vestindo uma calça
legging marron super colada com um minusculo fio dental enterradinho no meu
cusinho, além de uma blusinha preta tipo segunda pele que deixava amostra meu
sutião tipo nadador com bojo também preto. Tipico traje de uma puta sedenta por
sexo, uma verdadeira cadela. Edilson notou minha presença e tratou logo de dis-
pensar seu amigo e atravessou a rua em minha direção. Quando ele aproximou-se
já percebi que eu tinha deixado ele bem excitado tamanho era o volume sob sua
bermuda. Minha presa já tinha mordido a isca (eu é claro) e estava fisgado.
Edilson partiu para cima com tudo, chegou me agarrando e mandando eu entrar no
carro que iria me dar o que eu queria. Nossa... quase fico sem folego, meu corpo
começou a tremer de tesão com aquele macho dominante me dando ordens.
Mandou eu dar partida no carro e já foi indicando para onde eu devia ir. Paramos
numa rua escura próximo de onde saimos e ele todo mandão ordenou que eu reclinasse
os bancos, puxou minha calça e fio dental de uma só vez e eu assustada com toda
aquela dominação pedi para que ele fosse com calma, levei um enorme tapa na bunda
que ardeu muito... muito mesmo. Quase me gozo de tanto tesão mesmo com meu bumbum
inflamado por tamanha espalmada. Ele começo a me invadir com sua lingua agil, esta-
va quase sendo penetrada com sua lingua, quando fomos interrompidos pela luz do
farol de outro carro que passou lentamente ao nosso lado.
A situação nos deixou um pouco nervosos, porque poderia ser a policia e o clima
esfriou um pouco. Conversei com ele e falei que era melhor irmos para um motel
para ficarmos mais a vontade. Ele ordenou novamente que era para eu ligar o carro
e não perder mais tempo, que ele estava louco por arrombar, acabar com qualquer
vestigio de pregas no meu rabo. Falou desse jeito, segurando firmemente meu pescoço,
fato que me deixou bastante assustada, mas nem pensei em contrariar.
No caminho ele só falava em estourar com meu rabo, me xingava de biscate, sem vergonha,
que eu estava vestida igual uma puta que merecia pomba até não aguentar mais. Obedeci o mais
rapido que pude, porque mesmo com medo daquela virilidade toda meu tesão e desejo por
pomba estava transbordando pela pele, eu suava e tremia de desejo ao mesmo tempo, minha
boca estava seca, não encontrava palavras para mostrar o quanto ele poderia me dominar
e fazer todas as suas vontades. Além dos palavrões Edilson explorava meu corpo com dedos
que quase rasgavam minha roupa, praticamente estava me comendo com seus dedos enquanto
eu dirigia a caminho de um motel, e ele me proibindo de gozar, como que advinhando que
eu não aguentaria muito tempo evitando que isso acontecesse. Sempre em tom para lá da
ameassador, dizia que eu iria apanhar muito se não o deixasse satisfeito naquela noite.
Enfim chegamos ao motel e imediatamente fomos para o quarto. Edilson foi tomar banho,
mas não sem antes me ameassar com o dedo na minha cara: -Se prepara cadela, chegou tua
hora de levar muito pomba, vou rasgar você todinha, já te vi outros dias perambulando
pela rua, e comentei com todos na area (outros vigias) que ninguém poderia pegar você
antes de mim!
Engoli em seco e comecei agora ficar preocupada, Edilson já tinha me visto outras vezes
e me queria... Enquanto ele tomava banho, mudei varias vezes de estado... do tesão em
levar pomba ao medo do caso de ele ser violento demais, preocupações que eu sabia ser
em vão pois já estava com ele no quarto com a porta trancada e com a chave da porta em
seu poder. Não tinha para onde fugir. Fiquei deitada na cama de bruços, preparei o ar
condicionado e a televisão com um filme porno para eu entrar de vez no clima. Edilson
saiu do banho, semi molhado e veio para cima da cama, sua pomba era enorme, olhei tudo
aquilo e pensei... Hoje é a noite que vou apanhar, como poderia aguentar tudo aquilo...
Edilson é super dotado. E eu nem pensar em disistir comecei a ficar apavorada e ele
logo percebeu e começo a me xingar muito... Sua vadia, cadela, piranha, fica provocando
os machos na rua sua biscate, hoje você achou um macho que vai te fazer mulher, vai
chorar na minha pomba, vai ter que rebolar para seu macho. E foi avisando que tinha to-
mado uma garrafa de vodka e que isso faz com que ele demore muito para gozar. Dos meus
olhos escorriam lagrimas, tipo menina chorona, queria dar para ele, mas estava em pânico,
com medo de não dar conta e ser espancada por aquele macho dominador e viril.
De repente, Edilson pega uma toalha e enxuga minhas lagrimas e começa a ser carinhoso,
começou a beijar minhas pernas e coxas e falar palavras doces para me acalmar, me beija-
va o corpo todo, sua lingua invadia meu cusinho, que estava novamente doido por um cacete.
Edilson me pôs de quatro e ficava brincando na entradinha, forçando aquela cabeça enorme
no meu cusinho, dando pequenas penetradas só com a ponta da cabeça do seu cacete.
Me deixou doida ao ponto de implorar apara que ele colocasse uma camisinha e me comesse logo.
Ele começou outro jogo, falava que era para eu implorar por pomba, que queria me ver
chorando e pedindo por pomba. Ficamos nesse clima Edilson já com sua pomba encapada, me
torturava, colocava a cabeça de seu membro duro, tirava e ficava pincelando minha entrada.
Foi quando ele me ordenou com outro mega tapa, super dolorido que parecia ter queimado
minha pele da bunda, que eu deveria jogar meu traseiro de encontro a sua pomba, o que fiz
de uma só vez... meus olhos encheram de lágrimas, tamanha era a dor, tentei ficar quieta
imóvel, mas comecei a receber muitos tapas, com toda a sua força, Edlson descia sua mão
no meu traseiro como quem está pondo uma égua para sair do trote disparar em corrida.
Ele me ordenava a rebolar e mesmo com uma dor indescritivel comecei a obedecer e jogar
meu traseiro de encontro aquela pomba enorme, que entrava e saia cada vez em ritmo mais
forte, a dor tinha sumido e em seu lugar só a excitação estavamos transando e obedecendo
o desejo de nossos corpos, fiquei nessa posição submissa de quatro uns quinze a vinte
minutos, quando Edilson me mandou mudar de posição, fizemos a troca sem que ele saisse
de dentro de mim. Agora eu estava cavalgando aquele macho, que não cansava de jeito algum,
explodi num gozo que atingiu meu próprio rosto e logo recebi outro tapa com a ordem de não
parar os movimentos porque ele estava longe de gozar e ninguém tinha mandado eu gozar. Devo
ter cavalgado ele por mais de meia hora, quando ele mandou mudar de posição novamente, agora
era de ladinho que eu recebia sua pomba, ele bombava com muita força meu corpo estava todo
dolorido já, quando Edilson anuncio seu gozo, com urros e palavrões diversos. Me xingava
com todo tipo de palavrão vulgar, me dominava e não deixava eu sair da posição, senti cada
jato da contração de seu enorme cacete que encheu sua camisinha. Ele deixou sua pomba dentro
de mim até que ela fosse perdendo ereção. Que sensação maravilhosa, indescritível de sentir
um macho relaxar ainda dentro do seu corpo.
A coisa ainda não terminou aqui... continua na segunda parte desse conto...
Beijos
Xaiane
Foto 1 do Conto erotico: O vigia dominador da Loja de carros usados

Foto 2 do Conto erotico: O vigia dominador da Loja de carros usados

Foto 3 do Conto erotico: O vigia dominador da Loja de carros usados

Foto 4 do Conto erotico: O vigia dominador da Loja de carros usados

Foto 5 do Conto erotico: O vigia dominador da Loja de carros usados


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 11/09/2018

Um macho assim, ..." sua lingua invadia meu cusinho, que estava novamente doido por um cacete. Edilson me pôs de quatro e ficava brincando na entradinha, forçando aquela cabeça enorme no meu cusinho, dando pequenas penetradas só com a ponta da cabeça do seu cacete"... eu queria todo dia! Vigia, bom de pica! Quero um desses, amiga! Betto (o admirador do que é belo)

foto perfil usuario laureen

laureen Comentou em 07/08/2018

amiga adorei o conto!!!! votado seja bem vindo SÓ peço um voto no meu primeiro conto 58 222 ok grata bjos LAUREEN

foto perfil usuario juniorbiribeiro

juniorbiribeiro Comentou em 20/07/2018

De um macho assim que estou precisando.Amei seu conto.Votado

foto perfil usuario submissaval

submissaval Comentou em 01/07/2017

XAIANE NOTEU LUGAR EU ESTARIA MT APAVORADA JA FUI COMIDA ASSIM MAS OS TAPAS ERAM NO ROSTO;;;A DOOOR NO CUZINHO;;FOI INSUPORTAVEL;;;Q CHEGUEI A DESMAIAR;;MAS ERAM 2 MACHOS;;;MEU ANJO ;;;OLHA A PAGINA ESCRAVA KAYLA;;;LE EU TENHO 1 CONTO MARAVILHSOOO

foto perfil usuario

Comentou em 02/03/2015

Delicia seus contos Xaiane...adoro uma cdzinha safada assim...bjus

foto perfil usuario terranova

terranova Comentou em 27/06/2014

Muito bom. Parabéns!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


10947 - Enraba pelos empreiteiros - Categoria: Travesti - Votos: 17
14498 - Aventuras em Escobar Argentina - Categoria: Travesti - Votos: 7
24038 - Enfim a gozada na cara aconteceu - Categoria: Travesti - Votos: 7
25755 - Continuação do Revelion da Xaiane em SBC - Categoria: Travesti - Votos: 11
43448 - Nova Aventura em São Bernardo do Campo - Categoria: Travesti - Votos: 14
48758 - Parte 2 ... Uma CDzinha Curitibana em João Pessoa - Categoria: Travesti - Votos: 5

Ficha do conto

Foto Perfil xaianecwb
xaianecdzinha

Nome do conto:
O vigia dominador da Loja de carros usados

Codigo do conto:
49174

Categoria:
Travesti

Data da Publicação:
25/06/2014

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


mulher casadaconto erotico com cachorrohisoriaa porno em quafrinhoscontos eróticos machão é transformado em viadinhoultimos contos sadocontoeroticodfcontos erotico de estradacontos de sexo em praia de nudismo com negaoxvidios gay grupal arobando os viadinhosquadrinhos eroticos meu sogro me comeumeninas irmas transandoContos com a tia peludaconto erotico so de tanguia no colo do papai adoroFilha da puta comeu meu cu contomeu filho atrevido e selvagem porndeixei meu cunhado gozar na minha bucetaContos gay pau pequenocdzinhas montadasquadrínhos hentai sogro taradocontos de encestos no metrocontoerotico analcontos eroticos de meninas que perdeiro a virgendadeconto erotico esposa fiel no onibuscontos e qudrinho erotico hental familia sacana cunhada gostosacontos porno fui violentada no presidio femininoeroticocontoxvideos medico pau de jumento fodecasadacontoeroticoburroContos chupei muito o pau dlc (gaysconto erotico de neta sendo castigado pelo avo taradocontoerotico padrasto estouranda cu virgemférias com vovó na roça metendocine pornotravesti e minha esposa contocomto erotico levi minha esposa no puteiro e ela acabou fazendo programa piranhafilinhacontoeroticoContos gay pau pequenoContos gay com malhadoMeu corninho gosta de ver sua mulher espetada numa picona pretaconto erotico lutadoracontos minha esposa safada rabuda nem se importa com minha presençacontos eroticos comeram a minha esposa na marra no hospitalcontos erotico gay na liga da justiçadespedida de solteira fodendo a vontadecontos eroticos corno por acasocontoerotico fudida pelo marido e sogrocontos eroticos sou gordinha e me exibo sem calcinhaconto herotico gay nacir para dar o cuquadrinhos eróticos de gays o amigo negro do meu filho parte 1contos eroticos minha esposa e os amigos do condomínioconto corno viciado em porrarola grande e viado tapado em porno gaycontos eroticos gay papai e eusexo conto banda desenhadabureta iinchadaFotos erlticasconto erotico coroinha sendo estuprado pelo padrecontos eroticos fudi o padrinho gayconto erotico 24/7mulheres vestido curto com bunda grande gostosaconto erotico estuprado pelo.homem.com.penis grandehentai errabada metrô lotado quadrinhoscontos eroticos a cozinheiraboquete da coroa contoconto gay incesto irmãosconto erotico de tanto ciumes meu irmao me fudeocontos eroticos casada crentenegao roludo rasga novinha com srxo exaustivomeninas superpoderosas eroticoex.sogra.solteira.e.gostosa.como comerconto erotico gay: arrombado por japonescontos eroticos marido obrigado a vestir beybidol pros amigoscontos eroticos gays de dotado quicando na rola do amigoconto erotico orgiafrancinecross crossdressconto erótico travestiConto erótico transei com o motorista do uberConto erotico marido surdoMinha esposa fudendo com dois marido brexando historiascontozoofiliaquadrinhomenina pobre conto eroticocontos eróticos rasguei minha namoradaconto gay vizinho militarconto erotico confudiu minha amiga comigoContos e fotos senhoras que gosta de negros pauzudosnovinhas virgens viciadas em transa com cachorros pistoludosConto erotico emquadrinho o camionheiro comedor 3fuderam com minha esposa na casa da minha cunhada