Um Sonho


Click to Download this video!


Tinha acabado o ano estava uma semana linda, tudo começou no dia 12 de janeiro. Minha tia tem um amigo, que ela conhece desde infância, o nome dele e João Paulo, ele gostava muito de mim, mais so como amigo mesmo, eu sempre saia com ele e com a minha tia e uns amigos dele, ele sempre me chamava pra poder dirigir o carro na volta pq eu n bebo..
Passou algumas semanas e ele perguntou a minha tia se eu iria viajar,minha tia respondeu q não, ai ele aproveitou logo e mandou a minha tia perguntar se eu queria ir viajar com ele e com a irmã dele e mais uma amiga..
Na mesma hora que a minha tia falou cmg eu aceitei, pq eu n iria viajar mesmo, no dia 20 de janeiro ele foi na minha casa me buscar e partimos pra arraial do cabo, a amiga da irmã dele tinha uma casa..
Eu não comentei, eu sempre olhei ele achei ele um cara muito bonito mais nunca cantei ele e nunca demostrei que eu era gay e que curtia ele, até mesmo pq ele sempre foi muito piranha com mulher, minha tia sempre comenta e quando eu saia com eles parecia criar fila de mulher atrás dele, e meus pais não sabiam de mim ninguém da minha família exceto minha tia e uma prima Hehehehehe
Voltandooooo...
Chegamos em arraial do cabo, liguei pra minha mãe pra avisar que tinha chegado bem, e fui dormi um pouco tínhamos viajado de madrugada, e estava morrendo de sono. A casa era muito bonita parecia casa de novela, mais so tinha dois quartos,então eu e o Joao dividimos o mesmo quarto e as meninas no outro..
No dia seguinte arrumei minhas coisas,e todos da casa já estavam colocando a roupa e partindo pra praia, mais eu estava muito cansado, e só queria dormi..
Dormi bastante, que nem acordei pra almoçar, acordei com os três em cima de mim, foi uma zorra só, trouxeram Comida pra eu comer, levantei tomei banho e dormi passaram algumas horas, já estava de noite e fomos pra rua,eu estava sem sono mesmo então fui com eles.
A cidade já estava cheia,e ainda não tinha chegado nem fevereiro mês do carnaval, foi uma zorra só, encontramos uns amigos da Monique (dona da casa ) junto a galera toda e eles beberam ate as 3h da manha eu estava tranquilo, so o joao Paulo que já estava um pouco animado fomos embora, chegando em casa ele foi logo caindo na cama e eu forrei no chão e dormi muito, acordamos as 12h e todos com fome, fomos no mercado comprar umas coisa, pq não tínhamos feito isso, só foi eu e o João Paulo fomos conversando de vários assuntos
JP- e ae vini ta gostando
Vini- pow João paulo to gostando muito, não deu nem pra te agradecer, pelo convite estava precisando sair um pouco
JP- Pq cara oque aconteceu,me conta se eu puder ajudar em algo,amigo serve pra isso
Vini- Quando vc me chamou, tinha apenas 2 dias que eu tinha terminado meu namoro estou mal, peguei a menina me traindo foi foda
JP- caramba ae e foda.. Parece que a minha noiva e a sua namorada combinaram, pq eu tbm to a 1 mês solteiro, ela conheceu outro cara e quis terminar, azar dela, ela que perdeu,eu ainda vou me da bem..
Terminamos de fazer as compras e fomos embora, essa parada de se dar bem e que a menina era muito ambiciosa, queria tudo do bom e do melhor, ele ganha bem mais n podia com,os luxo dela, ai ela arrumou um carinha rico e foi embora com ele.
Chegando em casa já era quase de noite, as meninas tinham feito um almoço mais pra janta, comemos estávamos mortos de fome, quando terminei lavei meu prato e fui pro quarto,depois de um tempo o João veio, eu estava vendo filme, eu estava na cama quando ele chegou eu ia sair, mais ele manda eu continuar na cama que n tinha nada haver, o filme estava muito interessante, mais como sempre, sou muito dorminhoco e acabei pegando no sono,mais eu tenho um sono leve e de madrugada eu acordo, pq eu sinto o João chegar mais próximo de mim, ficando de conchinha cmg, eu achei estranho, mais estava,gostando e acabei deixando,mais de repente ele ficou de pau duro..
Quando eu acordei ele já tinha levantado, comprado pão, e o dia foi normal, fomos a praia, e eu fui da uma corrida..,
Vou adiantar um pouco, passaram alguns dias tudo foi normal.
Teve uma noite que fomos pra balada, foi só zoaçao João ficou com uma garota e eu so nos beijos e as meninas tbm so no beijo, o único que se agarrou foi o João, perto da balada tinha um hotel maneiro ele foi com a garota e nós três fomos pra casa, quando ele foi pro hotel eu fiquei com um pouco de inveja, mais e a vida né..
No outro dia eu acordei 2h da tarde João n tinha chegado estávamos todos preocupados com ele. Deu 6h da tarde e ele chegou, vimos que estava tudo bem com ele e fomos deitar, quando eu deitei ele veio logo em seguida, veio conversando sobre a garota, mais eu n estava afim de escutar e fingi q tinha dormido, passou alguns minutos e eu percebo que ele começa a passar a mão a minha cabeça, e eu começo a pensar oque esse cara quer comigo.
Amanheceu dei bom dia a todos, menos o João q n me respondeu, nem liguei, fui pra praia corre.
Logo a noite fomos pra balada estava lotada, logo que chegamos a meninas já fora andando com os amigos e os caras q elas estavam ficando eu e o João ficamos juntos, mais ele nem dava papo veio logo uma menina e ele já puxou e beijou, depois veio uma eu comecei a conversa e beijei na hora em que eu beijei, eu tomei um susto o João começou a me puxar eu tentando sair mais ele era mais forte q eu, eu não estava entendendo nada so mandava ele me soltar e nada, ele virou um bicho, entramos no carro e fomos pra casa ele n falou nada só começou a beber e beber, eu estava com muita raiva fui dormi no outro dia quando eu acordei a meninas estavam dormindo e o João no sofá dormindo fui comprar pão, tomei café e fui deitar, fui no banheiro vejo o João dou bom dia mais ele n responde eu puto deixei ele pra la e fui pra rua.
Isso rolou durante 1 semana ele dormia na sala e eu no quarto eu já estava ficando agoniado, mais deixei pra lá quando ele quisesse me procurava pra conversa, mais isso demorou, ele começou a me tratar mal, as meninas vinham me perguntar o pq disso, e eu falava q n sabia, teve um final de semana que a Carla e a Monique foram pra casa de uns amigos em cabo frio ficou so eu e o João em casa, n ia ser fácil ele ainda não estava falando cmg. No domingo eu falei que ia sair,quando eu estava me arrumando no quarto ele vem e começa a gritar falando que se eu sair e pra eu ir de vez, eu n entendia chamava ele de maluco,na mesma hora comecei a arrumar minhas coisas e fui direto pra rodoviária tentar comprar a passagem pro rio, mais so tinha pro outro dia a noite de domingo n tinha mais. Assim que eu sai as meninas chegaram, isso já era no domingo, elas me contaram que pegaram o João chorando e muito de soluçar
Carla- irmão oque aconteceu cadê o vini
O João n falava nada, só chorava. A Carla pegou ele e levou pro quarto, e fechou a porta, e perguntou mais uma vez a onde eu estava e oque tinha acontecido. Ai ele explicou tudo, desde o primeiro dia, falou que estava sentindo algo por mim que ele n sabia oque era e que estava confuso,ele nunca tinha sentido algo assim por outro homem, e que n sabia oque fazer e estava com medo.
A irmã na mesma hora falou q se ele gostasse de mim era pra ir atrás e conversa cmg que ela estaria com ele por que der e vinher, na mesma hora ele ficou parado por um tempo, a irmã dele saiu do quarto e deixou ele sozinho ele foi pro banho se arrumou e foi pra rua,a irmã perguntou a onde ele ia mais n respondeu. As duas ficaram aflitas, mais n podiam fazer nada.
Eu estava com frio,tinha esquecido o casaco e a carteira estava so com 100 reais no bolso e n podia gastar nada se n eu n comprava a passagem,estava dando fome e do nada eu comecei a chorar e a chorar. Eu to sentado no chã, com a cabeça baixa, e do nada eu sinto uma mão levantando, era o joao
João - vini me perdoa, n sei oque aconteceu cmg cara eu nunca senti isso por ninguém, desde o dia em que dormimos juntos eu já comecei a sentir algo fiquei doido não queria isso, mais foi mais forte, naquele dia que vc beijou a menina eu fiquei doido me bateu um ciúme enorme eu so queria sair dali tirar vc dali. Me perdoa eu n quero mais perde vc, e isso que eu quero pra mim eu tenho certeza e eu sei que vc curte homem sua tia tinha comentado cmg... Fala alguma coisa por favor
Vini- João eu te perdoo, eu gosto de vc, acho vc,bonito e tal mais n sinto nada forte no momento mais vamos deixar rolar
Nos abraçamos e fomos pra casa, a irmã dele sabia q tinha dado tudo certo me abraçou e falou no meu ouvido adoro vc e to com vcs dois e no ouvido do João falou a mesma coisa.
A nossa diferença de idade era de 7 anos eu tinha 21 e ele 28.
Mais isso n importa pra nós dois, eu jantei estava morrendo de fome e fui pro quarto o João já estava la, ele já tinha tirado a roupa de cama do chão guardou e mandou eu deitar na cama, depois a irmã dele bateu na porta e entrou, ficou falando pra eu n sair mais assim, que ela ficou preocupada e que está super feliz que estamos juntos.
Conversamos por um tempo e depois ela foi dormi e eu e o João ficamos deitados, e demos o nosso primeiro beijo, ele estava meio q com vergonha ainda mais foi muito bom,dormimos agarradinhos.
Quando eu acordei, ele já tinha levantado, eu estava no banheiro tomando banho e quando eu saio, ele esta com uma bandeja de café da manhã, eu sorri na hora e ele mandou um beijo, eu tomei meu café e ele começou a falar
Joao- vini eu queria dizer q e pra vc ter calma cmg isso tudo que esta acontecendo e novo pra mim, mais eu sei oque eu quero e to disposto a fazer tudo pra ter vc, eu nunca senti isso por nenhum homem, no fundo eu sempre gostei mais nenhum homem tinha me despertado um sentimento tão grande e tão puro e verdadeiro q eu estou sentido por vc.
Isso tudo ele falou chorando, e eu sabia q era verdadeiro. Mais infelizmente eu ainda gostava do meu ex e ia ser difícil deixar de gostar, mais estava disposto a esquecer e tentar algo com o joao. Nos beijamos, foi um beijo demorado,e eu percebi q estava começando a sentir algo por ele não era amor mais com um tempo eu ia ter amor por ele.
Ficamos no quarto por algum tempo, depois fomos pra sala. Nisso a Monique já estava sabendo, não ficou muito feliz pq ela tinha os olhos no João mais nos apoiou, a semana foi tranquila, fomos nos shopping de manhã.
Passaram algumas semanas e chegou os dias de carnaval e o João desfilava todo ano numa escola de samba do grupo especial e ele tinha q voltar a irmã dele n voltou preferiu ficar pq depois ele voltaria pra arraial do cabo, eu já quis ir com ele, pra poder ver o desfile, chegamos de manhã no rio ele me deixou em casa q de tarde me buscaria pra gente ir,me deu um beijo e eu sai do carro e fui correndo logo pro computador postar no face, que tinha conhecido uma pessoa e que estava super feliz, contei pra uma prima minha aquila quê ficou feliz e surpresa, ela nunca imaginária que eu estava ficando com o joao paulo. Ele n quis q eu contasse pra minha tia,pq ele queria contar, eu respeitei a decisão.
Os meus pais perceberam que eu estava super feliz,e oque tinha acontecido, eu na mesma hora disse q nada q estava tudo normal, e aproveitei falando que ia no desfile, que o joao paulo me convidou pra ficar num camarote de uns amigos dele. Almocei descansei um pouco, e meu telefone toca era o joao falando pra eu me arrumar que íamos mais cedo pra poder da uma volta e depois ir pro sambodromo na mesma hora fui pro banho, passou uma hora e o João estava na minha porta, fui me despedi dos meus pais meu pai achou estranho sair a essa hora, ai tive que falar que ia encontrar com umas meninas, e minha mãe gritou de longe sua tia tbm vai. Ai eu pensei porra fudeu, dei um beijo nos meus pais falei que no outro dia ia dormi em algum lugar e ir direto pra arraial do cabo, fui correndo pro carro dei um beijo nele e fomos buscar a minha tia ele me falou na hora que ela ia, antes de chegar na minha tia ele parou o carro me puxou e meu deu aquele beijo, já estávamos chegando na minha avó pra pegar a minha tia fui pro banco de trás e ela foi na frente.
Bia- o Vinicius pq vc,não veio pra cá o joao ainda teve q ir te buscar em casa
Joao- Não se preocupa n Bianca eu que falei que ia buscar ele em casa.
Eu- tia vc vai com a gente pra arraial do cabo
Bia- vou não, na próxima eu vou. Joao e a noiva, to sabendo que ela está solteira terminou com o carinha, quem me falou foi a Simone.
João- Serio? Não fiquei sabendo, não quero saber mais dela, estou conhecendo outra pessoa, estou feliz.
Bia- Que legal, quando q eu vou conhece-la
Joao- Em breve eu te conto
Eu pedi pra ele para o carro em algum lugar pq eu estava apertado, ele parou num posto e aproveitou e foi no banheiro tbm, eu pedi pra ele depois ir comprar um refri ele foi e comprou duas cervejas e pediu pra eu dirigir, ele deixou a minha tia ir na frente e ele foi atrás, ele ficou naquela perte do meio com uma mão segurando a cerveja e a outra no meu banco, quando dava ele alisava meu ombro. Nisso fomos conversando de vários assuntos, pegamos um pouco de engarrafamento na linha vermelha ficamos uns 30 minutos parados, o transito logo fluiu e chegamos no sambódromo era umas 5h fomos pra um bar encontra com os amigos dele de trabalho, nos apresentou aos amigos e foi so alegria todo mundo bebendo, nisso deu 7h e fomos pro camarote,a onde tinha mais cerveja, o joao n estava bebendo mais pq ele iria desfilar na 3 escola ele terminando o desfile iriamos pra uma pousada q ele tinha reservado, so pra uma pessoa ai no dia do desfile ele tentou reservar mais uma pra mim falando q era um amigo mais ele sabia q n tinha mais quarto pra reservar e perguntou na recepção se tinha problema de levar um amigo e se podia arrumar uma cama de solteiro, eles falaram q não,mais poderiam colocar um colchão no quarto, ele achou ótimo, minha tia iria ficar pq no outro dia de manha ela iria pra glória encontrar com umas amigas.
Deu a hora do João ir pra concentração, eu estava ansioso ele sairia no carro alegórico, a escola estava muito linda não quebrou nenhum carro depois q terminou ele demorou um pouco pra vim, quando ele chegou estava todo suado ficamos mais um pouco, minha tia perguntou a onde iriamos dormi, o joao falou que na casa deq uma amiga dele, nos despedimos de todos e fomos embora, foi difícil de encontrar o carro, quando achamos entramos e fomos pra pousada, quando chegamos na pousada a menina da recepção fala q já esta tudo pronto, entramos no quarto ele vai pro banho e depois quando ele sai e a minha vez. Quando eu saio do banho eu vejo ele so de cueca, coisa mais linda moreno com o corpo todo desenhado tatuagem no braço ate o peito e um sorriso lindo, deitei do lado dele com a cabeça em cima do peito. Ficamos conversando sobre nos dois. E foi a primeira vez q ele me chamou de amor.
Joao- amor estou tão feliz que estamos juntos,nunca imaginei isso pra mim mais estou muito feliz. Mais e seus pais amor sabe de vc .
Eu- eu tbm amor estou muito feliz sempre tive olho em vc, mais vc sempre com mulher, nunca imaginava q um dia estaríamos juntos. Meus pais n sabem de mim, devem desconfiar um dia minha mãe me perguntou, mais eu n tive coragem
Joao- isso e foda, de mim ngm sabe, so a minha irmã e a Monique. Mais um dia eu pretendo contar eu quero ficar com vc pra sempre.
Eu fiquei muito feliz quando ele falou isso, mais pra sempre e muita coisa vamos viver o momento se Deus permitir será feito a vontade dele. Isso ficou na minha cabeça, não comentei pra ele pq ele sempre foi pegador de mulher garanhao nunca conseguia ficar so com uma e eu estava pronto pra qualquer coisa. Ele me puxou me beijou e eu comecei a tirar a blusa, eu fiquei por cima dele comecei a ir beijando o corpo dele até chegar no pau dele e começar a mama ele ficava doido e falava q nunca ngm tinha feito tão bom como eu to fazendo, o pau dele deveria ter uns 20 cm e um pouco grosso cabeçudo. Depois ele veio pra cima de mim começou a beijar o meu corpo todo e chegou no meu pau eu pensei q ele ia parar, mais continuou chupou meu pau sem jeito mais foi bom depois ele me beijou mais sentou na cama me colocou em cima dele, eu ficava sentindo o pau dele na minha bunda e eu ficava doido com isso . Ele me colocou na cama deitado de costas foi beijando minhas costas até chegar na minha,bunda começou a lamber meu cu, eu fui sentindo um arrepio, de repente ele levantou e foi no bolso da calça jeans e pegou uma camisinha colocou no pau dele, eu senti um pouco de dor mais so no começo depois foi so prazer. Depois q terminamos tomamos banho juntos, foi a nossa primeira vez e foi mais que perfeito, dormimos agarrados e so acordamos as 12h almoçamos, fomos da uma volta em Ipanema, ficamos la ate de noite andamos um pouco pela farme de amoedo e depois fomos jantar num barzinho deu 1 h da manha pegamos o carro e fomos viajar, depois de algumas horas passamos em araruama pra poder dormi um pouco estávamos cansados ele deitou na cama e eu deitei com,a cabeça no peito dele, ele me deu um beijo, e ficou alisando meu cabelo com isso, eu dormi logo, quando eu acordei ele já estava acordado, ele n quis me acorda esperou, eu dormi a noite toda na mesma posição, tomamos café ele pagou a pousada e pegamos a estrada passaram algumas hora eu pedi pra dirigir o carro nisso era numa quinta feira o telefone dele toca, erado trabalho falando que ele ia embarca na segunda feira a tarde. Quando ele me falou eu fiquei triste já estava acostumado a ficar com ele direto. O joao trabalha em plataforma ficava 14 dias embarcado e 21 dias em casa então teríamos que aproveitar bastante esses dias.
Quando chegamos em arraial do cabo eu liguei pros meus pais so pra avisar q estava tudo bem e q voltaria na sexta feira, fomos sair fazer um passeio de barco eu o joao e a irmã dele. Chegando no barco tinha uma garoto que já ficou logo encarando o joao e eu percebi, mais n liguei, mais a menina era abusada e foi em cima eu já estava ficando puto o joao começou a falar com ela, a irmã dele viu q eu n gostei e foi logo pra perto do João, a menina perguntou se a carla era namorada dele ele disse que não e que namora a homem,a menina n acreditou então o joao foi ao meu encontro eu já estava puto n sabia oque eles estavam falando e nem a Carla vinha me conta, quando o João chegou perto ele me levantou pq eu estava sentado e me deu um beijo q deve ter demorado uns 20 minutos, a menina ficou de boca aberta e depois veio me pedi desculpa e algumas pessoas do barco n gostaram mais a maioria começou a aplaudir e a gritar viramos a sensação do barco, o passeio foi maravilhoso, mais tudo que e bom dura pouco.
O passeio terminou fomos em casa tomar banho e ir sair um,pouco.
Rapidamente chegou o dia de parti, eu n queria ir mais era preciso, arrumamos nossas coisas nos despedimos da Monique e pegamos estrada pra voltar pro rio, pegamos bastante engarrafamento, levamos 6h pra chegar em casa, primeiro o joao levou a irmã dele e depois foi me deixar em casa, me deu um beijo e faloque no outro dia a tarde iria vim me buscar, pq ele agora iria dormi e amanha de manhã arruma a mala pra pode ir viajar, me deu um outro beijo sai do carro e fui pra casa tomei um banho entrei um pouco na net conversei com uns amigos, uns já estavam perguntando se eu estava namorando falei que não, quando eu estava quase saindo o joao entrou pra postar as fotos que tínhamos tirados em arraial do cabo, e um conhecido meu que era mais amigo do meu ex namorado veio falar cmg, que meu ex estava triste e arrependido por ter feito tudo que ele fez cmg e que queria voltar pra mim, eu n vou negar que quando eu li tudo que o menino me mandou me balançou um pouco mais eu n queria mais com ele e respondi falando q já estou com outra pessoa e que estou feliz.
O meu ex conhecia o joao paulo e quando ele soubesse que era ele, ficaria doido e n acreditaria ele sabia que eu sempre achei o joao paulo bonito pq antes da gente namorar eramos amigos e contávamos tudo um pro outro.
Conversei um pouco com o joao Paulo e fomos dormi, depois que saímos do computador ele me ligou falando que gostava muito de mim e que esta muito feliz ao meu lado.
Fomos dormi, quando acordei no outro dia, fui pegar o cel pra ver a hora já era quase 12h e percebi que tinha chegado uma mensagem do João as 8h na mesma hora eu fui ler e quando eu comecei a ler comecei a chorar
" Vinícius
Bom dia meu amor, hj estamos completando 20 dias que estamos juntos, e quero que vc saiba que esse 20 dias ao teu lado foram os mais felizes de toda a minha vida, vc me mostrou oque e sentir algo verdadeiro pelo outro. Sei que pode ser um pouco cedo pra te dizer isso, mais quero q vc saiba que eu te amo muito, o amor que eu sinto por vc e tão forte, que eu seria capaz de tudo so pra vc nunca mais sair do meu lado. Te amo.
E eu gostaria de saber se vc quer ir ao shopping cmg agora."
Na mesma hora eu liguei pra ele falando que estava dormindo, e que adoraria ir ao shopping com ele.
Ai ele disse que já estava no shopping, que tinha ido levar a mãe dele no mercado e que já estava indo embora e que depois q ele deixasse a mãe dele em casa iria vim me buscar, ai eu pedi pra ele n vim me buscar aqui na porta de de casa pq poderiam desconfiar. Fui me arrumar e sair de casa e fui encontrar ele em outro lugar.
Quando eu encontrei ele fomos direto pro shopping, pensei que íamos no shopping mais perto de casa mais fomos pro barra shopping, um pouco longe já estava cansado mais a viagem foi ótimo nunca tinha ido no shopping.
Finalmente chegamos, ficamos olhando umas lojas e gostei muito de uma calça e ele mandou eu entrar esperar ele que já voltava.
Eu experimentei a calça ele estava demorando, liguei perguntando e ele falou q já estava voltando, veio com uma bolsa pequena, perguntei oque era e ele falou q era um presente pra mãe, ele passou o cartão na loja e fomos pro cinema, estava passando um filme de comédia com romance, no horário q fomos estava vazio pegamos um assento compramos pipoca e dois refrigerante e subimos pra sala. Passaram alguns minutos o filme começou, ja começamos a ri, e teve uma hora que tinha um cara com uma menina num jantar e ele ia pedir ela em casamento, foi na hora q ele tirou uma caixinha do bolso e começou a falar.
Joao - meu amor sei que ja te falei que te amo muito, que sem vc eu n consigo viver mais, mais o principal eu n perguntei, hj eu ja falei com a minha mãe sobre oque eu resolvi pra minha vida, ela tem uma cabeça muito boa chorou um pouco mais me apoiou, e estar feliz pq eu estou feliz ao seu lado. Vinicius vc quer namorar cmg
Nisso tinha um casal na nossa frente, eles olharam pra trás e mandavam eu dizer sim.
E eu disse que é oque eu mais queria, que com ele eu pude encontrar a felicidade, e que eu o amava tbm e que sem ele eu n poderia mais viver.
Nos beijamos e o casal começou a gritar no cinema as outras pessoas olharam pra trás e mandaram ficar quietos, ele colocou a aliança no meu dedo e eu coloquei no dedo dele, e voltamos a ver o filme.
Quando terminou saímos e o casal nos deram parabéns e a gente n tinha reparado muito bem mais eram duas meninas sendo q uma parecia com menino, chamamos elas pra nos acompanhar no almoço num restaurante pra comemorar, mais elas n podiam tinham que ir resolver uns problemas. Nos despedimos e fomos almoçar, quando sentamos numa cadeira ele mandou eu tirar a aliança e ver oque estava escrito, eu tirei e quando li fiquei super feliz estava escrito com amor joao paulo e na dele com amor Vinicius.
Ele n bebeu pq ele queria dirigir ficamos só no refrigerante almoçamos depois fomos da uma volta. Eu ja estava cansado e ele tbm minha tia estava ligando perguntando a onde ele estava e que horas voltava tinha uma festa pra ir e estava chamando ele.
Ele falou que já estava indo e que tinha uma novidade. E ela disse q já sabe, e ele ficou nervoso na hora perguntou oque ela sabia, ai a minha tia cotou de nos dois minha prima n conseguiu guarda segredo, e ela ainda falou q estava tudo bem pra ela so era pra ter cuidado com os meus pais. Ate que chegamos em casa rápido ele me deixou a onde ele me pegou cedo e mandou eu ir pra casa se arrumar e ir pra minha avó esperar ele la com a minha tia. Cheguei em casa rápido tomei banho e minha mãe me avisou q a minha tia me chamou pra sair, eu falei q já sabia, terminei o banho e vou colocar a calça que ele me deu era linda eu tinha uma blusa que combinava perfeitamente na calça coloquei meu tênis. Minha mãe n viu a aliança eu tinha tirado, era de ouro ela ia achar muito estranho então em casa eu preferi n usar ela . Chegando na minha avó minha tia pergunta se eu estava feliz, falei que sim e amostrei a aliança a ela e ficou toda boba, e mandou eu tirar isso se n alguém podia ver fui na minha prima amostrar e o João paulo buzina isso já era 8h da noite a festa começava 11h era em Copacabana na casa de uns amigos da minha tia que são gays tbm minha tia tbm é. Minha tia sabendo do nosso namoro já foi na parte de trás do carro e eu na frente. Fomos conversando de tudo era queria saber de tudo em todos os detalhes e o João contou e as vezes ele alisava meu rosto. Com o papo a viagem foi mais alegre e mais rápida chagando na festa descobrimos q so tinha gay e a maioria casal os amigos ficaram abismado quando viram o joao paulo numa festa gls, mais todos sabiam que ele n tinha preconceito nenhum então deixaram quieto, so que teve uma amiga nossa Simone que percebeu logo a aliança no dedo do João e na minha eram idênticas e veio logo em cima.
Simone- é oque eu estou pensando mesmo.
Joao- depende do que vc esta pensando.
Simone- vc e o Vinicius estão juntos n creio
Eu- sim estamos namorando já vamos fazer um mês juntos e de namoro começamos hj.
Simone- É serio joao? Só acredito vendo... Hehehhe
Na mesma hora o joao me puxou e a festa toda parou a maioria das pessoas q estavam ali conhecia o joao e sabia q ele curtia mulher e na hora q ele me beijou a festa parou a Simone ficou de boca aberta e depois todos ficaram fofocando algumas pessoas n gostaram,mais a gente n ficou nem ai pra opinião dos outros. O nosso beijo demorou uns 20 minutos depois do beijo vinheram alguns amigos perguntar como aconteceu o,joao respondeu mais n entrou em detalhes começamos a danças e ficar mais a vontade, nos beijamos bastante depois estávamos cansados e fomos sentar num sofar ficamos conversando eu percebi que tinha um cara cantando o joao, ele rbm tinha percebido mais n deu importância, ate que o joao estava indo muito bem nesse ambiente gls. E cada dia que passava ele demostrava mais o amor que realmente sentia por mim, tudo ao lado dele se tornava perfeito.
Já estava amanhecendo dormimos na casa da dona da festa acordamos era 12h tomamos banho e nos arrumamos pra ir embora pq ele iria embarca no outro dia, mais não fomos embora pra casa fomos em Ipanema pra curti um pouco a praia e o por do sol, todos na hora quiseram ir menos aminha tia ficou com uma amiga dela na casa, chegamos rápido o transito estava perfeito e o João foi bem rápido n queria chegar atrasado.
Chegamos na praia, procuramos algum restaurante pra comer,foi so brincadeira na hora do almoço falando que perderam a chance com o joao que eu tinha roubado ele de todas, so que o joao completo dizendo que n foi eu que roubei ele e sim o joao que me roubou, na hora todos deram aquele gritinho básico pagamos a conta e fomos pra praia, estava lotada, ficamos no posto 9,primeira vez do João la. Assim que chegamos la os carinhas começaram a olhar pro joao paulo teve, um que ficou do lado dele jogando letra falando que ele era gostoso, oque podia fazer pra ganhar um beijo dele, eu e ele so começava a rir, ai teve uma hora que ele me puxou da cadeira e me deu aquele beijo e todos pararam de dar em cima dele. A praia foi muito boa, foi a melhor de toda a minha vida. Vimos o por do sol e resolvemos ir embora as meninas ainda ficaram. Pra ir o transito estava um pouco complicado na linha vermelha mais so por causa de um acidente depois o transito fluiu bem chegamos em casa 9 h da noite. O pai dele n estava em casa então ele me levou pra conhecer a mãe dele. Pq ela queria me conhecer. Parecia que o joao já era assumido a muito tempo a mãe dele foi um amor cmg me tratou super bem e falou quê quando eu quisesse aparecer eu poderia ficar a vontade. Ela fez uma janta rápida pra gente, depois ficamos conversando, e o João me levou em casa,dessa vez me deixou na porta de casa. Chegando no meu portão a rua estava cheia minha mãe estava na rua com uma amiga, o vidro do carro dele era fumer e bem escuro me deu um beijo e falou que me amava muito e que era pra eu esperar ele que passava rápido, ele saiu do carro pra falar com a minha mãe, e ela perguntou logo como foi a noite se a minha tia tinha vindo com a gente, falamos que foi ótima e que ela tinha ficado la, e ele falou pra minha mãe que ele iria viajar e que o carro dele fica parado em casa 14dias e que falou com a minha tia se precisar do carro pra sair que eu poderia ir pegar a hora que eu quisesse, eu fiquei olhando pra cara dele, ele deu um,beijo na minha mãe e na amiga dela e apertou minha mão com um abraço e falou no meu ouvido " te amo meu amor volto logo" ele entrou no carro e foi embora, eu fui pra casa e fui logo pro banheiro tomei um banho demorado pra tirar o sal do corpo.
Minha mãe entrou e perguntou se eu queria jantar, falei que não, e dei um beijo nela conversei um pouco com meu pai e fui pro quarto. Passou alguns minutos o joao Me ligou pra se despedi pq ele já iria dormi pq ia acorda muito cedo pra pegar o avião ele iria pra fortaleza, e disse que todo dia entraria no face depois das 17:30 so n poderia ligar pq n tem sinal mais tem internet liberada depois desse horário e no almoço mais como ele sempre ta ocupado ele nunca entra nesse horário, nos despedimos e eu tbm fui logo dormi pq tinha curso de manha .
No dia seguinte acordei com uma mensagem dele dizendo que me amava e que já estava com saudade, mandei outra pra ele dizendo a mesma coisa, fui tomar banho comer algo e parti pro curso, saindo de casa coloquei a aliança e fui pro curso, uma coisa que eu esqueci de contar e que meu ex faz o curso junto cmg.
Nos encontramos no ponto não dei nem confiança pra ele e fiz questão de mostrar a aliança que estava no meu dedo, percebi que ele estava triste mais n queria nem saber, ele que foi o cafajeste de me trair com outro. O ônibus veio logo sentei la atrás e ele veio atrás, eu queria poder sair dali mais o ônibus estava cheio e so tinha aquele lugar e um do meu lado então ele sentou o meu lado, comecei a cochilar e acordo com o cel tocando era o Joao chamei ele logo de amor pro meu ex ver que eu estava namorando, ele queria saber se eu ja estava no ônibus, conversamos durante 1 h peguei um pouco de engarrafamento e meu ex ouvindo tudo o o joao teve q deligar pq ja estavam chamando o voou dele falei que amava ele e ele tbm, deliguei o telefone e escuto meu ex falando está amando rápido, ai eu respondi tão rápido como vc,deixou de me amar, ai começou o assunto ele falando q nunca deixou de me amar que estava arrependido de tudo que fez pra mim que ele sabe que eu ainda gosto dele e pedia pra eu voltar, e eu falava que não quero mais nada com ele e que era pra ele me esquecer me tirar da vida dele.
Voltei a dormi e chegamos no curso ele que me cutuca pra eu acorda agradeço ele e desço do ônibus. Eu fazia curso em eletrotécnica, a hora foi passando ja estava estava,na hora de ir embora e infelizmente o meu ex foi no mesmo ônibus que eu o joao me liga avisando que já tinha chegado e iria pra um outro lugar pra pegar o helicóptero pra ir pra plataforma, nos falamos ate eu chegar em casa a onde ele desligou pra poder pegar o helicóptero chegando na plataforma ele ja começaria a trabalhar e de noite entraria pra falar cmg. Resolvi ir a noite no bar da minha tia uma amiga minha Ingrid me chamou pra eu ir encontrar ela. Me arrumei e fui pra minha avó, o bar da minha tia era no quintal, cheguei la estava cheio coloquei a minha aliança e sentei na mesa ja começaram a falar da novidade que seria eu, a Ingrid n sabia ficou surpresa e n acreditou então eu amostrei umas fotos pra ela minha e do João juntos se beijando foi assim que ela acreditou, e depois disso o joao começou a falar cmg no face todos queriam le a conversa, e eu n deixava passamos horas conversando, o tempo passou essa minha amiga Ingrid me levou em casa, fui falando como tudo aconteceu e ela mandou eu ter cuidado com meus pais, falei que estava tendo. Cheguei em casa me despedi dela e fui deitar, aquilo ficou na minha cabeça dos meus pais, eles eram muitos preconceituosos e eu sabia que a reação seria a das piores.
Dormi com aquilo na cabeça, e tive um pesadelo horrível, acordei de madruga entrei no face e mandei uma msg pro joao. Só consegui dormi era 6h da manha, nem fui pro curso nesse dia dormi ate as 12h acordei e fui direto pro banho e depois almocei. De noite eu entro no face e vejo uma msg do João dizendo que n era pra eu se preocupar com isso, que daria tudo bem, e que ele estava pra ter uma promoção pra trabalhar em terra so que no rio ele seria gerente geral de uma empresa multinacional na área de petróleo, fiquei feliz por ele, pq desde quando eu conheço ele vem batalhando pra conseguir essa promoção, conversamos por bastante tempo e fomos dormi.
Esse 14 dias foram a mesma coisa. Graças a Deus passou rápido, eu tinha ido na casa do João pega o carro pra buscar ele no aeroporto pq p pai dele n estava em casa, foi eu e a mãe dele. Chegando no aeroporto ele já esta a la esperando a gente, quando eu vi ele fui andando ao encontro dele e dei aquele abraço um beijo no rosto e falei no ouvido dele q estava morrendo de saudade e que o amava muito, peguei a mala dele e fomos pra casa dele, a mãe dele tinha preparado um almoço e quando estávamos comendo a irmã dele tbm estava junto na mesa com a gente, ai ele pedi licença pra falar e diz que conseguiu a promoção e que daqui a 25 dias começava a trabalha em terra, sendo que o escritório era em Copacabana e ele teria que ir morar um pouco mais perto do trabalho e a empresa ia da um apartamento pra ele que seria descontado aos poucos do pagamento dele. Todos ficaram felizes e eu falei que tínhamos que comemorar de noite e ja marcamos pra ir pra um barzinho com os amigos.
Fui pra casa ja era 5h ja cheguei indo pro banheiro tomei banho coloquei a roupa e fui esperar o joao não na minha casa, entrei no carro ja dando um beijo nele e eu perguntei como ficaria a gente agora ele morando longe. E ele responde q continua a mesma coisa e que se eu quisesse poderia ir morar com ele. Infelizmente morar eu n podia ainda n trabalhava e tinha meus pais. Mais ai deixamos rolar. Chegamos no bar, já estavam todos os amigos e infelizmente o meu ex estava la ficava olhando direto mais eu nem liguei. A comemoração foi ótima conversamos de tudo e depois eu e joao fomos embora fomos parar num hotel pra dormi subimos pro quarto tomamos banhos juntos e depois fomos pra cama ele começou a me beijar falando q estava com saudade e tivemos a nossa segunda vez e parecia q foi melhor q a primeira. Depois dormimos abraçados e acordamos ja era 12 h minha mãe estava me ligando, eu atendi e ela queria saber onde eu estava falei q tinha ido dormi na Ingrid e na mesma hora ela falou que era pra eu deixar de ser mentiroso que eu n estava na Ingrid e que se eu n chegasse em casa em 30minutos ela iria na casa do João paulo fazer um barraco la pq ela ja esta sabendo de tudo. Quando ela falou isso eu congelei desliguei o cel e n contei nada,pro Joao, so falei que tinha que ir embora o mais rápido. Na mesma hora ele ligou pra recepção pediu a conta com urgência, rapidamente chegou ele pagou e fomos embora ele perguntava se tinha acontecido alguma coisa eu falava que não, estava distante, ele me deixou na porta de casa dei um beijo nele e sai abri o portão e quando eu chego no quintal eu vejo as minhas roupas espalhadas e meu pai colocando fogo em tudo quando ele me viu ele me puxou pelo braço eu ja estava chorando ele me jogou no sofá começou a me chingar de tudo falando que eu n prestava que eu era um,viadinho que n era seu filho depois que ele n tinha mais palavras, ele começou a me bater, mais a bater com força mesmo que saiu ate sangue e eu cai no chão e so olhava pra minha mãe e pedia pra ela me tirar dali pq eu n estava mais aguentando tudo doía eu n conseguia falar alto eu so sussurrava mãe me tira daqui por favor eu vou morre, ela n fazia nada eu so via ela chorando teve uma hora q eu n aguentei e desmaiei foi ai q meu pai parou, so que eu voltei a si de novo mais eles n perceberam, eu escutava tudo mais n conseguia abrir os olhos pq estava muito inchado eu escutei o telefone de casa tocar e minha mãe atende e era a minha tia bia e eu escuto minha mãe falar que eles fizeram uma besteira que achavam que tinham me matado. Nisso minha mãe n falou mais nada n deve ter demorado muito e eu começo a escutar a voz do João paulo e da minha tia ai eu penso graças a Deus eu vou sair daqui. Depois eu so fui acorda no hospital, estava muito mal, tinha quebrado a perna ja conseguia enxergar um pouco e a primeira pessoa que eu vi foi o joao paulo ele me abraçou e falou que já estava tudo bem que nada daquilo ia acontecer mais e que tinha uma pessoa querendo falar cmg e insistia em falar cmg, ele perguntou se eu queria falar com meu ex, falei que sim. Meu ex entra no quarto chorando e o João sai, ele já vem me pedindo desculpa n queria que nada daquilo tivesse acontecido cmg que ele era ocupado de tudo,no dia em que ele me viu com o joao ele tirou foto da gente juntos e conseguiu o email do meu pai e mandou as fotos pra ele, eu fiquei abismado com oque ele falou, nunca imaginária q ele faria isso cmg, mandei ele sair do quarto e eu comecei a chorar o joao entrou mandou eu me acalmar e eu perguntei pelos meus pais ele falou que estavam em casa e que minha tia n tinha permitido que eles vinham me visitar.
E o joao paulo perguntou se eu queria da queixa dele na policia, falei que não. Eu ainda tive que ficar no hospital, sai de la com a perna engessada, minha tia queria me levar pra casa,mais como o pai do João paulo n estava em casa ele preferiu me levar pra casa dele, minha tia permitiu.
Eu n tinha mais nada, nem roupa cel dinheiro, não tinha nada, o joao sempre me pegava chorando eu tentava disfarçar as vezes mais n conseguia. Passara algumas semanas eu tirei o gesso, o joao me levou no shopping Pra compra umas roupas, e depois fomos no bar da minha tia, chegando la meus pais estavam la, agora eu não precisava esconder de ngm todos ja sabiam do meu caso com o joao paulo, meus pais ficaram me olhando eu n sentia raiva deles, eu so conseguia ter pena deles. Nem fiquei olhando pra eles o joao que falava que eles olhavam pra nossa mesa direto, depois chegou a Ingrid com uma amiga dela e estávamos combinando de ir pra um outro lugar e resolvemos todos ir pagamos a conta no bar da minha tia, eu entrei pra falar com a minha avó que me tratou super bem e com a minha prima e uma outra tia me despedi de todos e fomos embora. Me despedi da minha tia e fui embora meus pais ficaram olhando e eu percebi que a minha mãe estava chorando eu comecei a chorar o,joao perguntou se eu queria sair realmente eu n estava afim e falei que não queria ficar em casa deitado ele ligou pra Ingrid falando que eu não estava me sentindo bem e resolvemos ir pra casa, mais a Ingrid insistiu de fica na casa dela e pedi uma pizza compra uma cerveja, então eu resolvi ir conversamos sobre tudo, e o João lembrou que amanha ele tinha que ir escolher um apartamento pra ele pq o prazo terminava amanha, e a empresa tinha que agilizar a papelada, ele tbm ia começar a fazer um curso durante duas semanas. A pizza chegou logo e ficamos mais um pouco e fomos pra casa eu ja estava cansado e ele queria q eu fosse com ele escolher tudo. Nessa noite não fizemos nada desde do dia em que meus pais descobriram a gente não fez ja estava com saudade dele mais tínhamos que acorda cedo ele me abraçou me beijo e disse que estava cmg por que der e vinher. Dormimos agarrados e acordamos agarrados. Acordamos com a mãe dele batendo na porta levantamos o joao foi tomar banho quando ele saiu eu entrei tomamos café e fomos pra rua compramos um,jornal e ele dirigindo eu ficava olhando as partes dos classificados o primeiro que fomos ver era em botafogo ele n gostou muito so tinha um quarto ele queria com 2 e com piscina. Fomos ver o outro em Ipanema tinha dois quartos piscina tudo que ele queria e fechou logo o negocio. Ficamos por la mesmo almoçamos andamos pela orla e quando deu umas 6h voltamos pra casa. Agora o segundo passo era comprar alguns móveis.
No outro dia fomos num shopping e compramos o essencial geladeira fogão mesa sofá e outras coisas. A situação la em casa ainda estava a mesma coisa meus pais n falavam cmg mais minha tia me,contava q minha mãe sempre perguntava por mim.
Chegou o dia da mudança eu não quis ir morar com ele estava muito cedo pra gente morar juntos ele insistiu muito mais eu n quis, ajudei ele a fazer a mudança foi tudo tranquilo nesse dia fiquei na casa dele, eu ainda estava,liberado do curso. Estávamos na cama deitado de repente começamos a brincar de lutinha foi muito bom, logico que ele venceu era mais forte que eu, de repente o telefone toca era a Ingrid ja querendo marca uma festinha pra comemorar, falamos que ia marca mais so quando tudo estivesse pronto a casa,toda montada ainda falta coisa que o joao ia comprar so no outro mês. Depois q ela desligou ele me puxou falou estava com saudades e começou a me beijar ele tirou minha blusa e fizemos amor, foi maravilhoso estava precisando disso.hehehe
Passaram alguns meses estava tudo bem, eu ja falava um pouco com a minha mãe, so o meu pai que n quis falar cmg. Eu e o João ja estávamos com 3 meses de namoro estávamos muito felizes eu ja tinha terminado meu curso, ele ia muito bem no trabalho eu ja estava morando com ele e trabalhava numa empresa muito boa que eu tinha arrumado.
Chegou final de semana e ele tinha que ir numa festa da empresa e todos iam com suas mulheres ou namoradas, então ele chama uma amiga dele a Simone eu tbm conhecia mais n era muito minha amiga, eu ja não gostei da ideia pq me falaram que eles ja ficaram uma vez, mais ele falou q n tinha nada haver e mandou confiar nele. Chamei a ingrid pra fica la em casa cmg pq ele so voltaria domingo a tarde estava na hora dele ir embora a Simone tinha vindo pra cá pq ficaria melhor pra ir dei um beijo nele mais parecia q tinha uma coisa q estava me alertando que algo daria errado.. Eu n fiquei quieto a noite toda,ficava pensando nele, custei a dormi. Acordei com uma msg dele falando q estava tudo bem, so tinha isso na msg na mesma hora eu liguei ele n me atendeu passou um tempo liguei mais uma vez e telefone desligado, ja fiquei preocupado fiquei o domingo todo sem noticia ja era 20h e nada dele deu 22h e ele chega em casa a Ingrid sai pra gente conversa melhor.
Eu- Joao paulo pq vc chegou essa hora pq n me atendeu não falou cmg eu fiquei preocupado com vc
Joao- desculpa o cel descarregou e eu fui levar a Simone em casa.
Eu n falei mais nada na hora,ele tinha jogado o cel na cama e foi tomar banho na mesma hora eu peguei realmente estava desligado liguei o cel e estava com 70% de carga eu fiquei puto fui nas mensagens e vi uma msg da Simone falando q adorou a noite. Eu comecei a chorar, será que ele tinha me traído, ele saiu do banho veio correndo pegar o cel e começou a gritar eu mandei vc mexer nessa merda eu n mexo no seu então n meche no meu. Eu fiquei sem reação na hora, cadê o joao q eu conhecia q sempre foi carinhoso cmg. Eu cai no chão de joelhos foi ai que ele se ligou que tinha feito besteira, ele veio pra me abraçar mais eu n deixei eu so chorava e criei força pra perguntar se ele tinha feito sexo com a Simone, ele se calou q começou a chorar e começou a,pedir desculpa falou que foi mais forte que ele q do tinha acontecido aquela vez na mesma hora eu levantei e fui pro outro quarto, e tranquei a porta. Pq ele tinha feito isso cmg e o amor que ele tinha por mim. Passou alguns minutos eu escuto soco na porta e gritos, era o joao batendo na porta e falando pra eu abrir que ele me amava muito que tinha sido um deslize dele que nunca mais ia acontecer, nessa hora eu escuto a voz da Ingrid. A Ingrid bate na,porta e pedi pra entrar,eu abro ele empurra e tbm entra
Joao- amor me desculpa eu te amo muito eu mudei minha vida por vc. N fica assim cmg
Eu - eu desde o primeiro dia que te conhecia eu sabia q n ia da certo vc sempre foi galinha nunca foi homem de uma mulher so e essa piranha sabia de nos dois e ainda aceito isso. Eu n quero mais saber de vc joao paulo pra mim acabou.
Quando eu falo isso ele,começa a chorar mais ainda a Ingrid me abraçava e falava pra eu ter calma e conversa outro dia estávamos de cabeça quente. Nisso ela levanta o joao coloca ele no quarto dele e volta pra onde eu estava me coloca na cama e deita cmg. Rapidamente eu dormi e sonhei com uma pessoa que dizia que todo mundo tem o direito de errar e que o amor que ele sentia por mim era puro e verdadeiro e que era pra eu dar uma chance pra ele se eu realmente o amava, pq nossas vidas estão ligadas a bastante tempo e teve que de juntar assim pra concertar uns erros em outras vidas. Eu dormi direto so acordei de manha o joao ainda estava dormindo a Ingrid tbm, eu fui no quarto do João ele dormia todo encolhido alisei a cabeça dele na mesma hora ele acordou no susto levantou e so pedia pra eu perdoa ele que nunca mais iria acontecer isso que ele me amava, e eu fiquei quieto desde quando eu conheço ele eu nunca vi ele chorar por mulher nenhuma, então se ele estava chorando por mim e que realmente ele me amava de verdade. Então eu levantei o rosto dele e falei amor eu te perdoo e dei um beijo nele. Naquele momento eu percebi que o,nosso amor estava mais forte que qualquer coisa e que ninguém poderia destruir.
Na mesma hora eu acordei e percebi que não passava de um sonho lindo que sempre vou me lembrar e quem sabe um dia se torne realidade...
Moral da historia. E que independente do erro da pessoa oque importa e o amor. Se vc ama de verdade não custa nada perdoar os erros dos outros. E se não existisse amor oque seria da humanidade.
historia de Vinicius Cardoso


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario amorzinhokrent

amorzinhokrent Comentou em 30/06/2014

Linda estoria! Adorei! Mas nao sei se seria uma pessoa tao compreensiva a ponto de perdoar.....podera ate perdoar porem continuar confiando na pessoa seria outros 500.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil vinicardoso
vinicardoso

Nome do conto:
Um Sonho

Codigo do conto:
49096

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
24/06/2014

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


anythingxvdeos o meubarastoelise e ernesto pornoA buceta da esposa para um jovem negro 3 -flagrei minha esposa com seu primo na lavoura contoscontos/de dp com esposa e dois negoes e o corno vendocontos eroticos Sandrinha dando para o chefe do Cornocontos casada dando pra velho picudoWww.novinhamoleca.comcontos de casadas que gosta negaoporno em familia em quadrinhosloirinha novinha contos eroticosfoi ao medico e acabou chupando o pau do medico contos eroticos em quadrinho em 3dminha esposa perdeu aconta de quantas rola ja comeu conto eroticoContos Eroticos - Dentista, gaycontos eroticos cunhada fode com cunhado com pau gigante e aguenta 27cmcontos eroticos o empregado de piça gg me comeuconti erotico bisex curitibaseu arlindo contos eroyicocontos eroticos novinha arrebentadacontos bebi tamto que nao sei quem me arromboPrimo skatista conto gayIncentivei meu irmao a usar minhas lingerie conto eroticocontos eroticos dopadassedutoras e marrentas parte dozeapostei e perdi a mulher hentai e contos eroticosfoto porno minama BUETA 2017engasgado com a gala do mendingocontos eróticos novinho roludo judiou de mim contos eróticos meu primeiro quando comecei a me masturbarfui comida feito uma vadia vacabunda e chingada de puta com o sograo contosconto erotico swing pornoMeu pai teve que ensinar meu namorado a fuder minha buceta conto eroticoconto erótico vovo deu o cu pro lixeirocontos sou putinha do cunhadoquadrinho de alunas pornohq porno gayme assustei com a pica na despedida de silteiroداستان سکسي تصويري مامانFilhos tarados fudendo maes porno em quadrinhoscontos gay com estupro por guarda vidasNovinha.contos eroticos fotos de bucetas negras hentai jefe e familia e quadrinhoseiren porno a filha gostosa da empregadaconto gay casado no cinemaMinha mãe nua contoscomendo filha da minha vizinhaxxvideoConto Incesto Meu Irmaoconto erótico cabaço incestocontos do vaqueiro esposa e angelica safadamerens chupando fudendo calcinha molhadaquadradinho porno entregadorPai come menina de menor conto eroticosPatrao coroa rico casado que dava dinheiro para sua empregada virgem ele fudeu sua buceta virgem conto eroticocomercuegostosoo.biquinho da raimunda hentai incestoconto erotico policia e ladraobanho com o sobrinho contomeu namorado rasgando minha bundinhaconto erótico gay passar a mãocontos heroticos de mulheres de manauso padrasto tarado ver a enteada se depilando e que fazer sexoscontos eróticos de mulheres de Alenquerdescabacei a buceta da crentizinha magrela a fora - contos eroticosporn comic familyConto erotico de virgemporno contos limpando quintal por comidapapai descabačando fililha hertaicontos eroticos cu virgens incestoContos gay pau pequeno