Meu padrasto me comeu 'dormindo' - A Enrabada


Click to Download this video!


No último conto contei como meu padrasto me comeu achando que eu estava dormindo, pois bem, agora vou contar pra vocês como isso acabou. Aliás, acabou não porque foi só o começo da vida que temos agora.
No mesmo dia que eu acordei dolorida o dia correu normal sem ninguém tocar no assunto, e ele pensando que eu realmente dormi a transa toda, coitado. Segui a tarde sem nem me insinuar pois estava toda ardida e queria um descanso mesmo.
Durante a noite como sempre minha mãe nn estava em casa e nesse dia eu fui dormir mas cedo porque estava com sono mesmo e como na noite anterior não demorou muito pra aquele homem ir até meu quarto. Se certificou de que eu estava mesmo dormindo (e se certificou errado porque se não saberia que eu não tava nem perto do sono) e depois começou a levantar minha camisola e me tocar. Eu estava de bruços então foi fácil pra ele. Aos poucos fui sentindo aquelas carícias na minha bunda e até umas mordidinhas e depois de um tempo quando ele tirou minha calcinha, deu uma respirada forte na minha boceta puxando meu cheiro pra si e então começou uma massagem de leve na minha xoxota, de leve mesmo. E eu acho que ele viu que estava bem machucada porque ele não tentou nada demais não chegou nem a enfiar os dedos ou me fazer gozar, só deu uma lambidinha gostosa, um beijinho e depois saiu. Dormi o resto da noite.
Pensei que ele tinha desistido de mim e por um lado até achei bom porque se ele me esfolou na primeira vez, imagina nas outras ainda mais comigo fingindo dormir sem poder falar nada. Mas eu estava enganada ele não desistiu.
No outro dia, antes de dormir ele veio de novo com aquele chá pra me dar, só que dessa vez fui esperta: só fingi que bebi e pouco depois fingi cansaço demais e fui deitar. Eu ainda não achava aquilo boa ideia mas queria ver o que tinha de novidade.
Esperei acordada por tanto tempo que achei que ele não ia mais e quando pensei em dormir de verdade, ouvi a porta do quarto abrindo. Ele entrou, eu estava de bruços outra vez. E dessa vez, diferente das outras ele nem se importou em ver se eu já estava mesmo dormindo, parece que já estava mais seguro com o efeito do sonífero (que eu não tinha tomado de verdade). Ele foi logo levantando minha camisola e tirando minha calcinha com força, sem medo nenhum de me 'acordar'.
Quando eu já estava com a bocetinha de fora e o vestido todo levantado ele meteu a cara no meio das minhas pernas e me sugou com tanta força que eu até me assustei. Ele chupava com vontade, mordiscando e enfiando a língua em tudo, sem contar que ia com a língua desde minha xaninha até meu cuzinho. Ele colocou tanta força na chupada que minha boceta recém curada da última foda começou a latejar de dor novamente, mas o que tinha de dor o prazer superava, cheguei a morder o travesseiro pra não gemer alto.
Boceta lubrificada e escorrendo gozo senti ele começar a penetrar os dedos la dentro e ir movimentando com muita força me fazendo gozar sem parar, eu parecia uma cachoeira de tão molhada.
Então ele tirou a roupa, a roupa toda e senti seu corpo se apoiar sobre o meu, e em seguida senti seu pau escorregar entre minhas nadegas, e deslizava com facilidade de tão encharcada que eu estava, que sensacao deliciosa! Ele colocava a cabecinha na entrada da minha grutinha e puxava pra fora de volta bem devagarzinho e só aquela cabecinha já me tirava delírios, ele ficou nisso por um tempo e quando meteu tudo numa só estocada eu senti novamente aquela dor agonizante me rasgando por dentro, estava sendo dilacerada pelo mesmo homem que comia a boceta da minha mãe, com esse pensando na cabeça me sentia uma puta e ai relaxava a boceta pra ela abocanhar aquele pau com mais facilidade, ela foi se abrindo e a cabeça entrava com tudo lá pra dentro seguida pelo resto do pau, aos poucos a dor foi virando tesão e eu estava sendo comida por um homem que parecia um cavalo. Minha boceta nunca foi tão castigada e apesar disso estava gulosa demais. Ainda por cima ele colocou as mãos por baixo de mim e ficava tocando meu grelinho, a essa altura eu já tinha perdido as contas de quantas vezes gozei.
E então depois de tanta penetrada, de tanto pau na boceta ele começou a urrar sem parar e eu senti os jatos quentes de gozo que me invadiam por dentro.
Ele ainda ficou dentro de mim até o pau amolecer e sair sozinha e eu achando que já tinha acabado. Coitada de mim, mal sabia que era só o começo.
Quando ele saiu de mim, parece que ainda estava insaciável, ele voltou pra perto da minha xaninha que a esta altura estava escorrendo na cama de tão molhada e começou a passar o dedo no meu melzinho misturado com o leite dele e ir espalhando no meu cuzinho. Achei que era só isso mesmo mas foi quando ele começou a tentar colocar o dedo e ir empurrando.
Ele ia pondo devagar e eu já logo imaginei o que ele tinha na cabeça: iria comer meu rabinho, foi nessa hora que me arrependi de não ter tomado o sonífero de verdade, se na minha boceta ele já fazia um estrago, imagina lá atrás. Então fui me preparando para o pior. Ele já havia enfiado um dedo todo e estava num vai e vem alucinante. Obviamente que doeu mas eu como boa menina fiquei quietinha.
Quando senti seu corpo vindo sobre o meu denovo, me arrepiei toda, dessa vez de medo, eu estava prestes a ser arrombada literalmente. Ele encostou a cabeça na portinha e tentou forçar mas mesmo assim aquilo estava longe de conseguir entrar em um buraquinho tão apertado e minha posição de fato não ajudava, ainda assim ele forçava sempre mais.
Eu estava mais calma porque vi que ele não ia conseguir e me ferrei porque eu um momento ele ficou com raiva, abriu minha bunda e segurou, meu buraquinho estava livre e numa estocada com uma força de cavalo a cabeça entrou toda. Não tinha como continuar fingindo, a dor foi tão grande que eu dei um grito e mandei ele sair dali que ali não podia.
- Ah então a pirainha ta acordada? Hmmmmm que ddelicia.
Eu estava entre lágrimas.
- Se você não tirar eu vou contar tudo isso pra minha mãe.
- Vai mesmo?
Ele falava e empurrava um pouco mais pra dentro.
Eu comecei a chorar de verdade pois estava doendo mesmo.
- Tudo bem eu paro, vem cá.
Eu comecei a me levantar e quando estava quase de 4, numa velocidade incrível e com força bruta ele montou em cima de mim e meteu de uma só vez, sem dó.
Eu não consegui falar nada só abaixe a cabeça e sentir a dor invadir cada parte do meu corpo.
- Você achou mesmo que eu ia desistir desse cuzinho?
Ele bombava sem se importar se estava me machucando ou não e quando eu passei a mão por baixo de mim vi meu sangue escorrendo.
Não tinha mais o que fazer então, me recompuz com dificuldade, empinei a bunda com vontade e falei:
- Quer comer? Vai em frente.
Nossa foi aí que ele virou um bicho que socava com tanta força que as bolas só não entravam porque não dava. Ele metia como um alucionado. Puxava meus cabelos, me dava tapas na bunda e me chamava de puta e vadiazinha dizendo que ele só estava ganhando o que merecia.
As metidas eram fortes e as gozadas impossíveis de segurar e dor ainda estava presente mas com meu cuzinho apertado engolindo aquele pau ele gozou rápido e encheu meu cú de porra.
Depois que tirou o pau de mim estava todo sujo de sangue e gozo mas satisfeito. Levantando me segurou pelo queixo e disse: É pra isso que boceta serve e esse cú ainda não viu nada.
Depois saiu, não preciso nem dizer a dor que me acompanhou nos dias seguintes né? Agora transamos sempre com meu consentimento. Ou não as vezes porque ele diz que mulher é aquela coisinha chata que fica envolta da boceta e que mete mesmo. E eu gosto, no fundo sou uma putinha mesmo. Minha mãe nem imagina nossas aventuras e fora o machismo dele as vezes da pra fazer um amor gostoso.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario vidaaloka

vidaaloka Comentou em 02/12/2014

caraca que conto e esse?vc e demais teve meu voto

foto perfil usuario mcnn

mcnn Comentou em 15/06/2014

NOSSA PARABÉNS UMA CONTINUAÇÃO MUITO EXCITANTE

foto perfil usuario dibinhocarinhos

dibinhocarinhos Comentou em 13/06/2014

amor que delicia de conto, vc é uma putinha de verdade, gostaria de te conhecer...

foto perfil usuario edtarado

edtarado Comentou em 08/06/2014

delicioso, apesar da violência vc gozou e hj curtem juntos, parabéns pelo conto muito excitante.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


45032 - Fui de chapeuzinho e o lobo mal me comeu - Categoria: Fetiches - Votos: 7
45060 - Não queria minha boceta? Agora come! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 25
45067 - É de boceta que encanador gosta | - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
45078 - É de boceta que encanador gosta || - Categoria: Heterosexual - Votos: 15
45081 - É de boceta que encanador gosta ||| - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
45142 - Bocetadas na Cara - Tudo por emprego - Categoria: Heterosexual - Votos: 21
45188 - O primeiro anal a gente nunca esquece - Categoria: Traição/Corno - Votos: 19
45229 - Chorei sentada na vara do Titio - Categoria: Incesto - Votos: 20
45240 - Fui aprender a dirigir e tomei na boceta - Categoria: Incesto - Votos: 28
47967 - Meu padrasto me comeu 'dormindo' - Categoria: Incesto - Votos: 33
48022 - Com violência é mais gostoso - Categoria: Heterosexual - Votos: 11
48199 - Com violência é mais gostoso - Final - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
48202 - Uma foda com estranho dentro do Trem - Categoria: Exibicionismo - Votos: 15
48250 - Surra de Boceta - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
53871 - Provoquei meu padrasto e fui enrabada - Categoria: Incesto - Votos: 37
53888 - Dopada e Abusada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
54048 - Dei a bocetinha até machucar - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
54390 - Dei a bocetinha pro namorado da minha irmã - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
54842 - O travesti comeu minha bocetinha - Categoria: Travesti - Votos: 23
55969 - Uma boceta pra se aliviar - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
63106 - Gozando no ônibus - Categoria: Heterosexual - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil anne trevisan
annefox

Nome do conto:
Meu padrasto me comeu 'dormindo' - A Enrabada

Codigo do conto:
48162

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
07/06/2014

Quant.de Votos:
16

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


quadrinhoseroticos droguei minha mae para comelawww.fotos porno das velhas bem goatosas dando .com/vai novinhadeu a buceta no presidio contoscontos eroticos negrascontos eroticos vovoultimo contos eroticos com fotos 2017 vizinho roludo engravidou minha mulherconto erotico de novinhoos simpsons hentaiquadrinhos eroticosporno em quadrinhos escrava sexual do padrastoContoeroticofodiQuadrinhoseroticosirmashq porno marvelfarm de putas pornconto ofereci minha mulher para os amigosconto erotico garotoconto herotico homen crossdresser[email protected]conto casei com uma loira do cu largocontos pornor lebian incestuoso com enteadasContos eroticos de Carlaconto porno velho roludoxvideo porno gay tocando pulheta anjos até gozaconti porno mulher do pastorcumi tia da minha namorada contos eroticosChupei a buceta da minha sogra çontoCú arregaçado.com/sadomazoquismo.fiquei bebada traimeu marido pornocontos cd porno climaxtruyện tranh sex loan luancontos eroticos dona veraconto erotico bunda lindasó provocar amigo conto erótico cornoQuadrinhos hentais dona marcia eo mendigoesposas fotos delas com outro macho contoscontos de sexo bebada depiladabunda madrasta contos eróticosconto erotico poliamorultimos contos sadofodendo a buceta da tiacontos eróticos clubes do cornodeixar papai ver essa bucetinha contos incestoMulher pede pro marido do pinto pequeno trazer um negao bem pauzudo cheio de veias grossas pra matar seu tesãoconto erotico comendo a bucetinha da doidinhaquadrinhos porno gayporno bucetas da minha tiameu sogro me arombou meu cú virgem contos eroticoso aluguel atrasado contos pornoporno gay em quadrinnhos Meu avo me arebendou contoscontos pornô de incesto fodi a buceta cabeluda da mamãe no mato igual animaiscontos erotico comendo a filha do meu sociocontos papakuultimos contos sadohistoria em quadrinho mundo erotico gayencoxada dormindo gozadamassagem cariciosaboquete "veias salientes" contosmae e filho conto heroticocontos eróticos verdade ou desafio[email protected] contos de lactantesconto porno minha mulher e sua amiga enfio o dedo no meu cucontoseroticosdpvaginalnovinha cavala cavalgando no vibrado xvidiosconto eroticopapai de penis lindoporno a nao aguentei falei pra minha prima quero comer elavedeo de cantos eroticos de casada narrado por elasContos eroticos viagem com irmaconto herodico em quadrinhoscomi minha cachorra bace zoofiliacontos eroticos cagando na calcinhaporno ai meu cu caralho tira pora ta adendoContos fotos meu genro e meu filho fez uma dp gostosa na minha filhacontos eroticos de menino viadinho que da a bunda para homem no mato e depois no barracãoultimos conto sadocontos erótico sogra bucetuda só de calcinhaarrombada com ajuda da mamaeconto pornquero raxa minha buceta au meio com uma pica bem gramdevideos de cornos que chuupamporno enchendo a bucetuda volumosa da massagista de porra. calcinha branca