ESPOSA DANDO NO CARNAVAL 2014


Click to Download this video!


Como muitos já leram nossas histórias, somos casados, agora a 13anos, fazemos ménage masculino desde que casamos e também a libero para sair sozinha, atualmente ela tem três comedores fixos, um antigo que a come a 12anos mas que viaja muito, então a encontra com menor frequência, um outro colega de trabalho que a come a mais de um ano, este acha que eu não sei de nada, ele pensa que ela me trai rss, eles se encontram em média uma vez por semana, as vezes mais, ela vai para a casa dele e diz que eu penso que ela esta na academia enquanto ela esta lá com ele, geralmente são encontros de duas horas por semana o tempo que ela ficaria na academia, como ela faz academia duas vezes por semana estes encontros oscilam entre estes dois dias, as vezes ela vai para academia mesmo, tem semanas que ela vai os dois dias para a casa dele.
Geralmente escrevo contos antigos que vou me lembrando a medida do possível, mas desta vez narrarei algo q aconteceu no carnaval, moramos numa cidade próxima a porto alegre onde quase sempre passamos o carnaval, é ótimo, muito familiar, nosso amigo o amante mais antigo que ela tem que ja foi até la em casa e que saimos tanto os tres como ela sozinha com ele tbm, pois bem, ele mandou msg falando que estaria sozinho em casa no carnaval pois a familia viajou e ele trabalharia na segunda, nos convidou a ir lá, mas não quisemos trocar nossa festa por uma transa rss, então conversei com ela e decidimos convidar ele para vir passar a noite conosco no clube, pulando carnaval mesmo pois não teríamos local para transa pq minha mãe ficaria em nossa casa cuidando de nossa filha, ele topou mesmo que fosse para só ficar como amigo, mas claro eu ja pensava em outras coisas rsss, a nosso pedido ele chegou depois que a festa havia começado no clube para que não tivessemos que ficar fazendo sala para ele em nossa cidade onde somos bem conhecidos, assim q ele deu um toque no celular saimos do clube e fomos encontralo, ele é mto discreto nunca tivemos problemas e assim foi, mas eu via o desejo de minha esposa por te-lo novamente visto que ela é tarada no pau enorme dele, então sugeri um passeio pela cidade e claro na hora dela entrar no nosso carro eu disse para ela ir atrás, ja tinhamos testado e não tem como ninguem ver nada devido as películas, assim que saimos ainda no centro eles conversavam normal ela mostrando a cidade que é mto pequena, propositalmente fikei dando voltas no centro e eles um do ladinho do outro bem comportados, isto foi o que achei pois os cuidava pelo espelho até que senti o cheiro tradicional do pau dele, mesmo de banho tomado quando fica excitado exala o xeiro de pau, então eu que só olhava pelo espelho e ouvia ela falar coisas normais me meti no assunto aproveiando para olhar para trás e vi minh esposa com o pauzão dele na mão ja completamente duro, ele ja estava com a bermuda no joelho enquanto ela discretamente agarrava o pau enorme dele, ja pra provocalos parei a frente de um dos bares mais movimentados da cidade para pegar uma cerveja, ela até protestou então brinquei que não havia mandado ela ja estar de sacanagem, ela então disse que só o fato dela estar ali atrás com ele ja daria margens a comentários, apenas sai rapido do carro e não dei importancia a seus protestos, fechei a porta e olhei pelo vidro de tras do carro e realmente nao dava para ver nada, nem vultos, então falei a eles e fui ao bar, foi rápido peguei um latão de cerveja pois nosso carnaval é sempre regado a muito choop e ela ja havia bebido alguns e estava ja faceirinha onde fica mais safada ainda, quando voltei vi que atrapalhei um beijo pois estavam ja agarradinhos ele a beijando e ela sempre agarrada aquele pau enorme, o cheiro de sexo exalava em meu carro me deixando maluco, qdo abri a porta se alguem prestasse atençao veria eles se agarrando pois a danada da luz interna do carro ascendeu o que fez eles levarem um susto, assim que apagou voltaram a se agarrar, ela estava fantasiada de guerreira romana que era a fantasia de nosso bloco de carnval, era bem simples, a parte de baixo parecia um vestido mas com várias aberturas por isto ela usava uma bermuda curta por baixo, entreguei a cerveja e só ela bebia, ele não quis e eu a pedido dela voltei a dirigir, assim que sai comecei a escutar os beijos deles e ja eram beijos mais ardentes enquanto ele gemia baixinho eu ouvia ela batendo uma punheta naquele pauzão, o centro é bem curto mas até devido ao movimento eu andava bem devagar nunca passando da segunda marcha, e para minha surpresa, ela que estava toda medrosa dele vir e alguem perceber algo, antes de eu sair da rua movimentada do centro comecei a escutar ele gemer mais alto e mais forte mas só percebi mesmo o que ela estava fazendo quando escutei ele dizer um AHHH QUE GOSTOSO, então olhei para trás e vi minha esposa debruçada sobre o colo dele, pelo escuro do carro eu não via bem mas via a cabeça dela no tradicional movimento do boquete, subindo e o descendo tentando engolir com dificuldade aquele pau e o mais gostoso ele segurando a cabeça dela bem como se faz com as putas, meu coração quase explodiu e meu pau então rsss, assim que sai do movimento procurei ruas mais vazias pois a estas horas quem nao estava no clube ja dormia, e voltei a andar devagar, ela chupou um bom tempo até achei q deixaria ele gozar em sua boca então ouvi os beijos novamente, a movimentação dela e memo louco para olhar fingia nem estar ali, até que a safada atirou sua bermuda com calcinha e tudo no banco ao meu lado do carona, ficando só com a sua fantasia, então voltei a olhar e vi minha esposa e ele se arrumando para que ela sentasse no seu colo, ela ajoelhava-se sobre ele pronta para receber aquele pau enorme que a alarga toda e ela adora, antes dela sentar na sua vara ela baixou as alças do vestido liberando seus seios grandes para ele se deliciar, ela nao usava sutiã só um tal de lib que é um adesivo que levanta os seios, e finalmente segurando o pau dele começou a gemer loucamente e mesmo dirigindo nao perdi um segundo daquela penetração que foi rápida, assim que o cabeção entrou ela forçou o restante do pau para dentro só parando quando sobraram só os testiculos de fora, e isto claro juntamente com um mixto de gemido e grito dos dois, assim que pude estacionei o carro sem desligalo, deixei no escuro só apaguei os faróis e fiquei tentando me acostumar a claridade para observar melhor, nisto ela ja rebolava gostoso no colo dele enquanto ele chupava os peitões dela e a segurava forte pela bunda, as vezes ela beijava ele mas preferia esfregar os peitões eu sua cara para que ele os sugasse fortemente, eu consegui ver ja o vestido dela sobre as costas e sua bunda branca sendo massageada pelas mãos dele, ouvia os gemidos dos dois sabendo que ambos aceleravam os movimentos procurando o gozo, nem acreditava que ela iria gozar e ser gozada, que iriamos para o clube depois ela com sua chota cheia do leite do amante, ouvia ela gemer e falar que estava muito gostoso, ouvir a esposa falar AIII QUE GRANDE E DURO, é demais, em um determinado momento agarrei tbm sua bunda mesmo sem ver direito a penetração e quando fui procurar seu anus para acariciar achei ja dois dedos do safado dentro do rabão dela e entendia então os gemidos que escutará pouco antes e ela o chamando de safado, foi quando ele enfiou os dedos em seu rabo, como ja tinha feito algumas vezes sem ela ver segurei o saco do comedor que quase gozou ao sentir minha mão, não fiz isto para lhe dar prazer mas sim para sentir minha esposa e saber que ela engolia toda aquela tora a cada sentada que dava, sentir o liquido da xota dela molhando o saco do macho, e ela continuava delirando falando para ele ajudar que ela ja iria gozar, o carro balançava, as vezes eu olhava em volta para ver se alguem estava por perto mas por sorte nada, então voltava a agarrar aquela bunda enorme, aquele saco enorme do amante, todo lambuzado e os dedos não saiam do rabo de minha esposa que por vezes cravava tudo e ficava fazendo movimentos frenéticos de vai e vem bem como ela gosta, esfregando seu clitores em toda extençao do pau, e em outra ficava subindo e descendo mais no intuito de provocar seu macho visto que ela gosta de ficar com tudo dentro, enquanto se beijavam as palavras ficavam mais confusas, saiam entre coxixos e gemidos mas eu ouvia ela dizer que iria gozar gostoso naquele pau enorme que ela adorava e ele mandava ela mexer que logo inundaria a xota dela de leite, pois como ja relatei ele a come sem camisinha a anos e ela adora sentir o leite dele ser despejado la no fundo, então depois de uma longa sessão de reboladas gostosas agora via mais claro minha esposa com todo o pau cravado na buceta, com dois dedos atolados em seu rabo e começar a ir para frente e para trás com todo pau atolado na xota, movimentos que conheço bem, movimentos que ela faz quando esta alcançando seu orgasmo e assim foi, depois de mais de minuto neste sufoco todo segurando quase q sempre a respiração para fazer mais esforço comecei a ouvir os ais tradicionais dela de quando ta conseguindo gozar e assim minha puta começou a se desmanchar no pau de seu amante, foi um AIIIII, AIIII, AIIII, AHHHHH TO GOSANNNNNNDO, enquanto não parava de mexer frenéticamente e para sua alegria assim que ela começou a gritar e gemer assim, seu amante anunciou o gozo falando assim, ENTÃO GOZA PUTA, GOZA COM MEU LEITE NO TEU ÚTERO PQ TBM TO GOZANDO AHHH GOSTOSA MEXE MEXE, e ela não parava com seus movimentos, ela demora a gozar, quando goza por vezes fica mais de um minuto tendo as contraçoes do orgasmo antes que perca as forças e assim foi, eu não podia nem me tocar que gozaria, nem dei mais bola para cuidar se alguem veria pois nao perdia um movimento dela, ela mexeu sem parar, eu sabia que ele ja havia despejado tudo dentro dela, agora o xeiro do suor deles, do sexo deles ja se misturava ao xeiro forte da porra daquele safado, eu escutava tbm os sons caracteristicos de buceta ensopada, os NHEC NHEC NHAC NHAC, e isto tudo era inebriante, enquanto ela ainda gozava ela gritou um AI MEU CU SEU SAFADO, pois claro o comedor deve ter atolado tudo q pode dos dedos em seu rabo ajudando a puta a gozar mais completamente como gosta, por fim ela foi perdendo as forças e ja gemia com mais dificuldade tendo seus ultimos espasmos sobre o pau dele que ja parecia desfalecido no banco, eu nem dei bola para o estofamento que se fudesse tudo rsss, e realmente escorreu porra para o banco que tive q lavar dias depois, ela caiu morta, eu ja havia ligado o ar condicionado mas os dois suavam bastante, ela ficou deitada sobre ele e só falou, ESTOU MORTA, ambos riram e eu disse q ainda tinhamos uma noite de carnaval pela frente, alcancei uma flanela q carrego no carro para ela tentar conter a porra da buceta, então ele riu e falou que era tarde pois sentia o saco ensopado do leite que ja tinha escorrido, pois ele gozou e ela continuou cavalgando violentamente e como sempre escorre e meleca todo ele, vi minha esposa envolvendo o cacete dele com a flanela e logo desmontou dele deixando a flanela sobre sua xota, enquanto eu dirigia devagar rumo ao clube os dois vestiam suas roupas, chegamos no clube e entramos separadamente, não por cuidado, mas sim pq somos sócios e ele não, assim q entramos nos encontramos e fomos para uma área mais reservada, nada que possibilitasse putarias, como disse em nossa cidade o carnaval é bem familiar e somos conhecidos, as luzes ficam acesas e seria mto dificil fazer algo como em outras vezes que até dar ela ja deu la dentro, eu e ela até bebíamos mas ele não, como ele tinha q voltar dirigindo só tomou refri, como participamos dum bloco temos choop liberado a noite toda, ela aproveitou bastante, eu com medo de acabarmos fazendo alguma loucura me controlei mais deixando ela ficar bem alegre. Claro que houve situações q no embalo da música ela rebolou para ele, alguns olhares de provocação, uma mão boba dela por vezes roçando no pau dele, mas beijos amassos eram impossíveis, por vezes conhecidos vinham nos comprimentar e achei melhor apresentalo como primo dela, pois isto explicaria a intimidade deles. Nesta festa toda se passaram umas duas horas desde que entramos no salão, via que ele ja estava muito afim novamente, e ela então nem se fala, quando bebe fica mais tesuda e ja estava quase perdendo o controle, qdo falava com ele seus labios acariciavam a orelha dele e ele fazia a mesma coisa, ela chegava a fechar os olhos, logo depois vinha me agarrar e se esfregar em mim pois em mim podia rss, em determinado momento os deixei sozinhos para ir ao wc mas fiquei cuidando de longe, se comportaram bem, mas vi que falaram bastante um ao ouvido do outro, assim q voltei ele saiu, não me falou nada, achei q tbm ia ao wc, mas não, ela deu um tempo, me beijou gostoso e disse que ia dar uma saída fez uma cara de safada e então entendi, deixei ela ir a minha frente e a segui, não foi dificil ir sem ela me ver pois o clube estava lotado, achei q como em outras vezes ela o encontraria la dentro em algum local escuro, mas não imaginava onde pois realmente não tinha um local assim, mas me enganei ela se encaminhou a saída, deixei ela sair vi que ela foi em direção a nosso carro, sai atrás a tempo de ver ela entrando no carro pois ja havia dado a chave a ele que a esperava lá dentro, achei q logo eles sairiam novamente para algum local, mas ja estranhei o fato dela entrar na porta de trás, e quando vi que alguns minutos se passaram e nada de dar a partida, vi que seria ali mesmo, e me fiquei mais louco ao ver o carro por vezes balançando, o carro estava propositalmente em um local bem escuro mas eu podia notar claramente o balanço caracteristicos de estocadas fortes, só imaginava como faziam, depois ela me contou que iniciou cavalgando ele, mas logo ele a colocou de 4 e mandou ver na safada, até no cuzão dela ele enfiou mas a pedidos dela inundou mais uma vez sua vagina, para ela ter o prazer de voltar novamente vazando leite para o clube, eles estavam escondidos mas eu mais a mostra, então para que nenhum conhecido visse meu carro balançando e logo após eu observando achei melhor voltar ao clube, eles levaram uma meia hora por lá ou mais, e eu fiquei no clube em um local que fosse pouco visto para não darem falta dela e que eu pudesse cuidar a porta para ver ela ou ele entrando, como ela me disse, ela entrou no carro o safado ja estava nu com o pauzão duro a esperando, ela não o chupou mas se atracaram num beijo só enquanto ela novamente retirava a calcinha e liberava os peitoes para ele mamar, nao demorou e minha puta ja estava sentando no cacetão que invadiu sua vagina sem dificuldade alguma devido a sua excitação sem contar que ainda deveria estar molhada da ultima ejaculada dele dentro dela, o cheiro de buceta e porra dentro do carro era enorme isto vi depois, a transa deveria ser rápida pela excitação dos amantes mas como o macho ja havia gozado naquela noite como sempre ele acaba demorando na segunda, então depois dela muito cavalgar e gozar deliciosamente em seu cacete foi a vez dele botar ela como ele gosta, mandou ela ficar de 4 e apesar do carro ser grande ele para comela tinha q ficar de corpo abaixado para isto e foi nesta posição que vi o carro balançar e bastante, depois ele safadamente me contou que mesmo ela tendo acabado de gozar sentando no pau dele não se entregou e mandava ele meter mais e mais na xota alagada dela, e como ele demorava a gozar falou que ia colocar no rabo de minha mulher que não protextou e aguentou o pauzão invadirlhe o cu ja acostumado ao calibre dele, e novamente mesmo sofrendo ela mandava o macho meter e foi assim que ele anunciou o gozo só não inundando o cu de minha mulher porque cedeu a seus pedidos que imploravam por mais porra na xota, pois ela queria ficar com leite vazando perna afora bem como ela gosta e do cu, como sabemos não acontece, pois apesar do pau dele ser enorme logo o cu se fecha e deixa de espelir o leite. Então ele assim q viu que iria gozar tirou do cu dela e imediatamente enfiou fundo em sua xota fazendo-a quase gozar novamente enquanto ejaculava em seu interior bem no fundo ao mesmo tempo que apertava os peitoes dela que balançavam ao ritmo das estocadas que ela recebia, ela rebolou até retirar todo o leite de seu macho e só dai se desconectaram, ela rapidamente limpou o exesso de porra da chota com o pano e logo colocou a calcinha para contar a cachoeira de leite o que era quase impossivel, eles ficaram um pouco dentro do carro namorando e vendo o tempo q levaram decidiram sair, ele foi na frente, cuidando para ninguem ver, e ela ao ver que a calcinha nao segurava mais a enorme quantidade de leite, e claro para provocar o marido que a esta altura ja sabia o que eles haviam feito, decidiu tirar a calcinha e como em outra ocasião ir dançar no clube de saia sem calcinha e vertendo leite só ai saiu do carro, era calor ela toda suada, a xota ainda piscando e expelindo o leite que até ela chegar ao clube ja escorria em seus joelhos a deixando maluca, eu por outro lado assim que vi o amante entrar no clube e se dirigir ao wc corri para o lugar onde estavamos antes, e não levou 5 minutos ele me encontrou com cara de safado e ao meu ouvido disse que tinha dado novamente o que ela gosta, falou que enrabou minha esposinha dentro do carro mas a pedido dela gozou em seu útero novamente, meu pau quase estourou ouvindo aquilo ali na frente de tanta gente, e quase morri ao ver minha esposa vindo sorrindo a nosso encontro, sorte que dentro do clube tambem estava calor pois ela que é clara e loira, estava um vermelhão só, o pescoço parecia que havia sido chupado sem manchas mas todo marcado de vermelho tambem, seu cabelo desarrumado, tanto que passado algum tempo pedi para ela ir se recompor no wc, mas não antes dela tbm me contar o que havia feito, abraçada a mim e dançando me falou toda manhosa que havia sido fodida violentamente dentro de nosso carro e que o 'pauzudo', pois foi assim que ela o chamou, havia comido o cuzinho dela tbm mas que ela tinha pedido pra ele gozar na bucetinha pois ela gosta de ficar vazando, e que inclusive estava escorrendo ja nas suas coxas, e sem vergonha alguma abriu as pernas me mostrando as cochas melecadas, claro que só eu ali perto inchergariam mas não satisfeita pediu para mim passar a mão, então no meio da multidão que pulava as músicas tradicionais de carnaval a abracei e passei a mão entre as pernas, não perto da xota pq seria arriscado mas la em baixo quase nos joelhos e senti então o leite do amante todo espalhado entre suas pernas, ela que é fofinha e para usar saia pode assar as coxas agora tinha um bom antídoto pois a meleca que ela tava impedia que ela se assasse pois bem, após isto ela foi ao wc e voltou recomposta mas ainda vazando e mesmo estando cansada dançava mais animada ainda, sambava gostoso e agora me provocava ainda mais, chegou a dizer que a cada piscada de sua chota o leite vazava mais e mais, ele chegou a sentar tbm ja cansado o que fez ela provocar ainda mais virando o rabão para ele rebolando quase em sua cara, continuavam a conversar animadamente apesar de não escutar vi ela falar em certo momento que ele havia detonado o rabo dela, que ele deveria ter gozado um litro de leite nela pois ja tinha leite em sua sandália e isto ela fez questão de me mostrar, em determinado momento ela sentou ao lado dele e ficaram conversando e rindo, sem eu saber do que falavam, depois ele me contou que ela falava que estava ensopada, que havai gozado as duas vezes mas tava louca de vontade, que estava adorando ter dois machos assim por perto, etc. Pois bem dançamos mais um pouco e ja se aproximava as 5e30 da manhã hora de término da festa, ela ja quase bebada dava mais pinta ainda de estar afim de mais pau, então decidimos ir embora, pq eu via que teria a saideira e logo clariaria o dia, saimos os três juntos, assim q dobramos a esquina do clube mais no escuro e longe do movimento ela se pendurou nele, indo o beijar e ele para provocar a mim que ia atrás levandou a fantasia dela e foi o resto do caminho apalpando o bundão nu de minha esposa que quase cambaleava de bêbada, ao chegar no carro eu o abri pois ela havia me dado a chave após ter trepado com ele, novamente eles se dirigiram a uma das portas de trás, ele a colocou sentada e rapidamente tirou o pauzão para fora, ficando de pé ao lado do carro, eu rapidamente entrei na posição do motorista para sairmos dali mas ele falou AQUI ESTA BOM É ESCURO NINGUEM VAI VER, e quando vi, minha vadia que é toda nojenta para fazer boquete em pau sujo estava mamando naquele pau que havia a comido por duas vezes e certamente estava com gosto de porra seca e urina pois ele havia ido ao wc algumas vezes, mas pelo barulho que eu ouvia e pelos gemidos dela e dele isto não estava atrapalhando, ouvia ele mandando ela chupar mais, engolir e virado para trás de onde estava assistia minha esposa tentando engolir desesperadamente aquele enorme pau que mais uma vez estava duríssimo, ouvi ele falar, XUPA PUTA, FICOU ME PROVOCANDO A NOITE TODA SAFADA, e ela respondia a altura entre uma chupada e outra, TAMBEM SAFADO ESTE PAU ENORME ROÇANDO EM MIM, então percebi que as provocações eram maiores que eu havia percebido, só depois no outro dia ela me contou que por vezes no meio da multidão enquanto eles conversavam ela segurava o pau dele e ele a bunda dela, até o dedo no cuzão dela ele enfiou, e o diálogo continuava, CHUPA PUTA, QUE AGORA VOU GOZAR NO TEU RABO, AQUELA HORA TU QUIS NA CHOTA MAS AGORA É NO CUZÃO QUE NAO ENCHI DE LEITE AINDA, e ela então disse, TA BOM PAUZUDO GOZA NO CU, MAS ANTES METE NA CHOTA QUE QUERO GOZAR DENOVO, então antes dele pedir ela soltou o pauzão e se virou de 4, mas ele desta vez não entrou no carro, ficou em pé ao lado da porta de trás e eu via minha puta ir se arrumando para que ele pudesse enfiar o pauzão nela, eu num mixto de medo e tesão controlava o movimento e para nossa sorte o pessoal seguia sempre reto pelas ruas do centro não entrando na rua em que meu carro estava, e mesmo que olhassem estavamos debaixo de uma arvore onde não batia luzes dos postes, e só parei de olhar quando vi que ela acertou a distância para que ele a comesse ali, e fiquei mais louco quando ouvi minha mulher reclamando e quase implorando para que ele metesse na buceta, eu ouvi ela assim NÃOO, AI NÃOOO, EU QUERO GOZAR, METE NA CHOTA, AIIIIII SAFADO NO CUZINHO NÃO AIIIIII AHHHHH, e por final ela falou AIIII AMOR, OLHA ELE TA COMENDO MEU CUZINHO, TA ME ARROMBANDO, FALA PRA ELE QUE EU QUERO GOZAR FALA, e como sei que ela adora falei, VAI FAZ MINHA PUTA GOZAR, no que ele respondeu, SE TU QUISER GOZAR PUTA, GOZA COM MEU PAUZÃO NO TEU CU PORQUE DAQUI SÓ VOU TIRAR DPOIS DE GOZAR, então via ela gemer e reclamar fazendo manha gostosa, pedindo implorando para ele comer a buceta dela, e isto tudo enquanto ele ja socava forte nela fazendo o carro balançar, em determinado momento ele escorou os dois braços no teto do carro largando os quadris de minha esposa ficando só no vai e vem, e apesar dos gemidos gostosos de dor e tesão dela, agora eu via que não era só ele quem a puxava forte de encontro ao pau, pois ela agora forçava o cu contra o amante, continuando os movimentos de entra e sai vigorosos e para completar ouvi ele ISTO VADIA, DIZ Q NÃO QUER MAS ADORA REBOLAR COM MEU PAU NO TEU RABO NÃO É, e ela confirmava mas pedia ainda pau na chota, até que ele mais autoritario falou de fora do carro que daria para alguem por perto ouvir, SE QUER GOZAR CADELA, ACARICIA A BUCETONA COMO TU SEMPRE FAZ, isto me matava de tesão em ver ela acariciando a xota enquanto era enrabada por ele, pela escuridão e a posição eu não via se ela estava fazendo até que ouvi ele falar algo que me deu certesa disto, ISTO GOSTOSA, AHHH GOSTOSO, ISTO AGARRA MEU SACO AHHH ISTO SAFADA PUXA ELE SEI QUE TU ADORA, então eu soube q ela estava realmente se masturbando enquanto dava o cu pois ela faz isto comigo tbm, se masturba e por vezes acaricia o saco lá por baixo o que me deixa louco, e fazia isto nele tbm, vi que não seria uma rápida trepada pois seria a terceira gozada do amante, então ele judiaria bstt do cu de minha mulher antes de enchelo de leite, ele parecia alguem apreciando a paisagem, olhando por sobre o teto do meu carro, acompanhando o movimento e aprecisando a paisagem rss, enquanto seus quadris iam e vinham de encontro aos movimentos de minha mulher que gemia baixinho, ficaram um bom tempo assim e eu quase estourando, ainda tive que ouvir a puta falar, AHHH SAFADO MINHA BUCETINHA AINDA TA PINGANDO TEU LEITE, e ele rindo falou, VIU SÓ, E TU AINDA QUERIA MAIS, ela nao deixando barato falou, AHHH GOSTOSO SABE QUE SEMPRE QUERO MAIS DO TEU LEITE NELA, por pior que fosse a posição para ela e a situação perigosoa para todos nem ele nem ela tinham pressa naquela foda isto pq ambos queria gozar, ela eu ouvia mexer mais e mais na xoxota para tentar gozar com o pauzão no cu, e ele estava adorando aquela situação de exibicionismo embora ninguem tivesse visto algo, eu nao aguentando mais decidi descer do carro para ver a cena toda pela visão dele pois mesmo no escuro meus olhos ja habituados podia ver melhor, sai do carro e fiquei ao lado dele, só a porta entre nós, ele me olhou mas continuava gemendo e mandando ela mexer gostoso, pude respirar um ar mais pura, melhor que o ar de dentro do carro carregado com o cheiro de pau, xota e porra, então sai da minha posição e fui para o outro lado do amante agora não tendo a porta aberta entre nós, fiquei louco ao ver a cena, pois quem olhasse de fora veria o amante com as calças abaixadas até os joelhos, veria as duas pernas de minha esposa que saiam de dentro do carro, só os joelhos estavam sobre o banco e melhor veriam uma bunda gostosa entrando e saindo de dentro do carro, pude ver que a mão direita dela estava entre suas pernas certamente mexendo em sua xana, ela não é daquelas que fica tocando só o clitoris ela adora agarrar a xota toda e mexer tudo junto por isto certamente estava com a mão melecada de leite e por vezes enfiava os dedos na buceta, mexendo e a alargando mais pois ela faz movimentos circulares com dois dedos dentro, agora eu ouvia ela gemer menos, via que ela estava fazendo força para alcançar seu orgasmo e embora fosse gostoso ver ele ali fora como se estivesse sozinho senti falta do cheiro inebriante de sexo que estava lá dentro, mas ao invés de ir para o banco do motorista fui para o outro lado do carro e entrei na porta de trás bem onde estava a cabeça de minha vadia, ela ao me ver me deu espaço para sentar a sua frente, e toda manhosa deitou a cabeça em meu colo enquanto levava as fincadas no rabo e gemia gostoso, a puta agora estava ja sem a saia, não só a levantou como nas outras vezes ela retirou completamente e os seios estava de fora, o suor do corpo dela era enorme, ela gemia bufava, via que ela mexia violentamente na xota e por vezes mais devagar onde certamente estava com os dedos enfiados na vagina apertada devido ao volume do pau em seu anus, sentindo tudo isto eu ja quase gozava sem me tocar e quando ouvi ela toda manhosa me dizer AI AMOR, ELE TA RASGANDO MEU CU, foi dificil me controlar, ele eu mau ouvia gemer pois ele estava do lado de fora do carro só enfiando o pauzão no cu de minha esposa que se contorcia de prazer ali dentro, ela na sua ânsia de prazer me pediu o pau para chupar, eu claro a atendi e mais uma vez tive q me controlar muito para não gozar na hora em que ela abocanhou todo meu pauzinho, agora ela bufava com meu pau em sua boca e os movimentos que fazia nele eram os movimentos da cravada do seu amante em seu rabo, mais uma vez ela não se importou em chupar um pau que ja não estava tão limpo pois o suor era inevitável numa noite de verão, ela chupou gostoso enquanto eu me contorcia para evitar o gozo, eu poderia até ter gozado que ela engoliria tudo, mas não era isto que eu queria, eu queria provar a chota dela para ver como estava, ainda bem que ela não suportou ficar me chupando muito pois com a boca cheia ela nao conseguia respirar direito de tão ofegante que estava então deitou o rostinho sobre meu cacete e saco enquanto aguentava as fortes estocadas em seu cu, a gemedeira agora era alta sorte que ninguem passou por ali, pelo menos não vi, eu notava tambem o tesão dela quando ela conseguia enfiar os dedos na xoxota alagada, e por vezes a puta agarrava o saco do amante enquanto ele socava, eu sabia pq ele falava AHH GOSTOSA NÃO APERTA TANTO SAFADA, justamente para me mostrar que ela estava segurando o saco dele, entre toda esta loucura comecei a notar os gemidos mais e mais altos dela ao mesmo tempo que ela agora empurrava mais forte o rabo conta ele começando a dizer AHHH METE QUE VOU GOZAR AHHH COME SAFADO COME MEU CU QUE VOU GOZAR, METE FUNDO GOZA COMIGO GOSTOSO ENCHE MEU CUZINHO DE LEITE TAMBEM, ENCHE QUE VOU GOZAR COM A BUCETA VAZANDO TUA PORRA, AHHH, AII AMOR TO GOZANDO TO GOZANDO, no meio disto nao sabia se o AMOR que ela falava era para mim ou para ele rss, o rosto q estava sobre meu pau balançava com os solavancos dela me fazendo quase gozar tbm, eu via ela mechendo na buceta, mechia rapidinho gemia urrava e enfiava os dedos na xota gemendo mais ainda, depois voltava a mexer rapidinho no clitoris, como sempre disse em meus contos ela demora a tingir o orgasmo mas quando goza leva tempo gozando as vezes mais de um minuto tendo contrações deliciosas e assim foi, como ja não era a primeira gozada da noite esta demorou mais ainda, só vi que seu gozo cessou quando ela tirou a mão da xoxota ao mesmo tempo que seus gemidos passaram de prazer a dor, pois o safado fodia o cu dela alucinadamente, como sempre achei que ela iria desistir mas então ele anunciou o seu gozo falando TOMA PUTA, TOMA LEITE NO RABÃO GOSTOSA, AHHHH DELICIA ISTO REBOLA MEXE VAI, pois ela para satisfazer seu comedor novamente forçava seu bundão contra aquela tora enorme a fazendo sumir em seu interior, ele tambem demorou ejaculando em minha esposa e seus gritos fora do carro foram tambem exagerados ele terminou de gozar escutando minha puta falando ISTO SAFADO ME DA TODO TEU LEITE, CACHORRO, ME ENCHEU O CUZINHO TAMBEM, AHHH QUE QUENTE, TA ARDENDO TUDO AHHH, e agora ela estava novamente de 4 com o corpo levantado olhando para o macho do lado de fora, assim que os movimentos pararam ela caiu em meu colo novamente cansada, exausta mas sorrindo, ele ficou ainda dentro dela e gemia a cada piscada gostosa do cu dela, ela adora fazer isto, ficar provocando, até que ele retirou o pauzão de dentro dela, é lindo de ver isto tbm, gosto de ver entrar mas tbm gosto de ver o pau dele sair pois é enorme vejo o grande movimento que ele faz para trás para sacar tudo de dentro dela, ela não pegou paninho nem nada pois do cu não escorre porra como da sua xota que fica aberta, o cu logo se recompões e segura todo o leite, quando escorre é muito pouco, como a xota dela ja a havai molhada toda um pouco a mais que saisse do rabo não faria diferença, ele ficou escorado ao carro cansadíssimo com a bermuda ainda arriada, o dia ja quase clareava e felizmente eu podia ver tudo, o pau dele enorme mas mole caído para baixo todo lambuzado o pau dele é bem escuro então contrasta com a porra branca que ele tem, ela ao me perceber ali, pois as vezes esquece de mim rss, sacanamente me olhando perguntou COMO EU QUERIA, pois é quase sempre assim que ela faz, ameaçou me chupar mas a interrompi, falei em seu ouvido que queria provar os buracos dela, então rapidamente desci do carro e fiz a volta para a porta onde ele estava ao lado e o bundão de minha esposa ainda permanecia de 4 quase do lado de fora, ela ja me esperava de pernas abertas para que eu encaixasse assim como ele fez, assim que me posicionei ele ainda de bermudas arriadas veio ajudar, ele tbm gosta de ver, abriu a bunda dela que me oferecia aqueles dois buracos vermelhos e ensopados, com meu pauzinho dei uma pincelada de cima abaixo sentindo o leite dele que a molhava toda, quando passei no cuzinho dela ela falou, AMOR AI NÃO, MEU CUZINHO TA PEGANDO FOGO, ele riu, eu não falei nada mas imaginei comigo que mau teria visto que ela havia aguentado um pau duas vezes mais grosso que o meu a fuder violentamente o meu ela nem sentiria rsss, mas a obedeci e assim que achei sua vagina meu pau foi sugado para dentro daquele enorme buraco, largo alagado bem como adoro, na primeira metida meu pau entrou todo senti meu saco umedecer do leite dele que ainda tinha ali e quase me acabei ja nesta hora, ela deu uma gemidinh e só, novamente deitou no banco e não mais expressou nenhuma reação, isto me enlouquece pois parece que ela nem sente meu pauzinho em seu imenso buraco, e é assim mesmo, só quem ja fez isto, corno ou não para saber o enorme prazer que é sentir o pau nadando numa buceta usada e larga, ele olhava minha penetraçao nela e seu pau balançava babado ao meu lado, até queria aproveitar mais aquela penetração mas obedeci ela quando ela falou GOZA LOGO, e assim foi, como vingança assim que comecei a ejacular enfiei tudo que pude nela e deixei la dentro despejando o mais profundo que pude em sua vagina, embora meus 13cm de pau não se comparassem aos 22cm dele, fiquei como que urinando paradinho dentro dela, sem gemer muito para ele não ver, e só depois de quase sair todo meu leite dei mais umas estocadas nela não percebendo nada mais a xota dela continuva alagada como logo que meti, então senti ela segurando o paninho abaixo do meu saco ja se preparando ´para segurar a porra que escorreria da xota e assim ficou, sentou no banco nua como estava ele logo sentou a seu lado, entrei na frente e assumi o volante guardando meu pau melecado como estava, saimos dali devagar eles foram ainda namorando no banco de trás, pude ouvir ela reclamando que ele tinha a deixado de rabo dolorido e ele safadamente disse É PARA LEMBRAR DE MIM e ambos riam e falavam outras coisas, fui perto de nossa casa onde ele havia deixado o carro dele ja era dia, mesmo assim eles ficaram se beijando no carro por um tempo até q ele disse q tinha q ir embora ou teria q dormir dentro do carro pq tava morto, como ja disse em nossa casa não dava pq minha mãe e nossa filha estavam lá, então ele desceu do nosso carro e ela tbm completamente nua, deu mais uns beijos nele e ele apertava o bundão dela até que ele entrou no seu carro e ela ao meu lado, ele foi embora e nós para casa, a puta continuou pelada, desceu na garagem e entrou em casa assim, deixou as roupas jogadas dentro do carro e eu lembrei de pegalas para que minha mãen não estranhasse no outro dia, tomamos banho e dormimos exaustos, no outro dia a comi deliciosamente lembrando de tudo, e assim por vários dias.
Este conto é real, as fotos q postarei não são deste encontro pq nao fotografei, são de outros encontros.
Foto 1 do Conto erotico: ESPOSA DANDO NO CARNAVAL 2014

Foto 2 do Conto erotico: ESPOSA DANDO NO CARNAVAL 2014

Foto 3 do Conto erotico: ESPOSA DANDO NO CARNAVAL 2014


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 21/03/2017

colossal

foto perfil usuario fauro

fauro Comentou em 02/05/2014

parabéns tem meu voto

foto perfil usuario spctrum33

spctrum33 Comentou em 02/05/2014

Muito bommmmmm!!!! fã de seus contos




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


12342 - Amante da esposa la em casa. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
12371 - Minha esposa me fazendo surpresa(Verídico) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 24
12436 - Esposa perdendo(realmente) o cabaço do rabinho. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
12469 - INICIANDO A ESPOSA NO MENAGE(VERIDICO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 21
12479 - PROSTITUINDO A ESPOSA(PRIMEIRA VEZ) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
12578 - PROSTITUINDO A ESPOSA (NOVOS CLIENTES) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
12645 - ATUAL AMANTE O INICIO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
12666 - OUTRO CLIENTE DE MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
12709 - ESPOSA TRANSANDO NA FESTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
13013 - MINHA ESPOSA COM DOIS AMIGOS - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
13169 - NEGRO GOSANDO NA MINHA ESPOSA(REAL) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
13171 - AMIGO NEGRO LA EM CASA(EDITADO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
13325 - ESPOSA TRANSANDO COM ESTRANHO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
13603 - AMANTE FIXO EM CASA A SÓS COM ELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
13769 - ESPOSA SENDO GOSADA NA FESTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
13955 - ESPOSA DANDO NO CARRO EU DIRIGINDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
14253 - ESPOSA PASSANDO FINAL DE SEMANA COM AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
14557 - ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
14729 - ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL PARTE2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
14935 - QUARTO MENAGE COM MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
14949 - QUARTO MENAGE COM MINHA ESPOSA(CONTINUAÇÃO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15094 - ESPOSA TRANSANDO GRÁVIDA DE 7MESES - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
15096 - PRIMEIRO AMANTE DO TRABALHO DELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15216 - ESPOSA TRANSANDO COM EX NAMORADO(VINGANÇA DELA) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
15259 - ESPOSA TRANSANDO COM UM COROA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15968 - PRIMEIRO SWING DO CASAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
16110 - PRIMEIRA VEZ DA ESPOSA SOZINHA COM AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
16607 - ESPOSA SOZINHA COM DOIS AMANTES - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
16627 - ESPOSA CEDENDO A CHANTAGEM DO COLEGA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
16934 - PRESENTE PARA O AMANTE(primeira parte) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0
16966 - PRESENTE PARA O AMANTE(Segunda parte) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0
18111 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE FIXO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
18115 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE FIXO parte2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
18295 - SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE PARTE3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
19314 - ESPOSA FUDENDO COM AMANTE E AMIGO DELE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
19938 - ESPOSA DANDO PARA COROA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
20767 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
20768 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
20769 - ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
22017 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
22018 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO3 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
22019 - ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO4 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
23307 - ESPOSA SE PROSTITUINDO (VERÍDICO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
25452 - ESPOSA DANDO NO ANO NOVO. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
26816 - O VERDADEIRO PRIMEIRO AMANTE DA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
26852 - O VERDADEIRO PRIMEIRO AMANTE DA ESPOSA 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
27032 - NAMORADA DANDO PARA AMANTE NO WC DA FACULDADE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
27652 - ESPOSA COM AMANTE NO ESTACIONAMENTO(REAL)25/03 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
28366 - ESPOSA PASSANDO FIM DE SEMANA COM COMEDOR 1 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
28367 - ESPOSA PASSANDO FIM DE SEMANA COM COMEDOR 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
29811 - ESPOSA COM NOVO AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
30123 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE DOIS AMANTES 1º VEZ REAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
31212 - PRIMEIRO ANAL DA ESPOSA COM O NOVO AMANTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
33094 - ESPOSA SENDO GOZADA POR DOIS AMANTES NO MESMO DIA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
36901 - ULTIMA IDA NO AMANTE PREFERIDO DELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
43645 - DANDO PRO AMANTE NA ESCADARIA DE SHOPING - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
50214 - ESPOSA GRITANDO NA VARA DO AMANTE EM NOSSA CASA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
53229 - PRIMEIRA VEZ COM O AMANTE EM NOSSA CASA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
53992 - AMIGO DE AMANTE COMENDO MINHA ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
54589 - AMANTE NARRANDO COMO REALMENTE FOI O ENCONTRO. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
61019 - ESPOSA E NOVO EMPREGO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
62243 - MARIDO NAO COMEU ELA DEU RABO PARA AMANTE. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
65576 - ESPIANDO AMANTE E ESPOSA SEM ELA SABER - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
66277 - AVENTURAS DE ADOLESCENTE DA ESPOSINHA PUTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
66977 - ESPOSA NOVINHA TRAINDO SEU PRIMEIRO NAMORADO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
68118 - PRIMEIRO ANAL COM AMANTE PREFERIDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
70553 - AINDA NAMORADA AMANTE DO CHEFE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
71654 - FESTA COM AMANTE NEGRO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
72266 - ESPOSA LEVANDO ESTRANHO PARA NOSSA CAMA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
73929 - ESPOSA DANDO AO AR LIVRE PARA O CHEFE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
77768 - FINALMENTTE UMA AMANTE AMIGO MEU - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
78053 - Vingança da esposa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
97684 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE NEGRO, PRIMEIRA VEZ - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20
98334 - ESPOSA LEVANDO LEITE DE NEGRO, PRIMEIRA VEZ - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
98619 - MARIDO ESCONDIDO NA CASA DO AMANTE ASSISTINDO ESPOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13

Ficha do conto

Foto Perfil cacolabin
casalsul

Nome do conto:
ESPOSA DANDO NO CARNAVAL 2014

Codigo do conto:
46418

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
29/04/2014

Quant.de Votos:
12

Quant.de Fotos:
3


Online porn video at mobile phone


olinda contos gaycontos veridico me arrombaram, mas me vinguei do meu maridoabajun pornoconto gay com bêbadoContoeroticocasada anovinhaconto erotico andandoprofessora conto eroticoporno anal filho comendo a maeseduzida por uma novinha em contagem contos eroticosputaria doi contosleomar1111contos eróticos Flagrei minha sobrinha de menor transando aí eu Amei Assim ela tinha contato pai delamulher chuupando rola até gozarcontos eroticos madrasta evangelicacontoseroticossograsContos eroticos com fotos de podolatria com a novinha metelonacontos minha mae me veste com roupas femininasultimos conto sadoTeavesti pauzudo fotosir por tras conto heteropriminha gostosa porno em quadrinhosConto Gays erótico dando o cu gostoso para o primoxvidios gay esperma na baladacontos eroticoscomi minha irma drogadacontos de incesto com fotoconto erotico gay o garanhao bombeirohistorias porno desenhosse eu pudesse fazer sexo anal g****** horasas coxas da minha mâe contos eroticos incestoconto erotico de garotos estrupadas pelo amigo em quadrinhos -banda desenhadacontos eroticos.a professora me deixou mamarsedutoras e marrentas parte 4 contos eroticosConto vendo minha mae sendo arrombadaconto erotico gay pai e amigo no telhado vendo os filhosEncontrei porra na buceta de minha esposa mas finjo não saberconto erotico juliana traindocontos eroticos de mamae rabudasexo signos zona eroticavides porno cazeiro mulher c nega da pro amante na frente do maridoRasgarao meu cu quandi eu era novinha contosogro barrigundo me comeu contosfigurinhas de sexo de adulto a sério Contos eroticos empregada do vizinhocontosComendo a mulher do meu tiocontos de fodas com pai e mãe e filhos travestisconto erotico arronbaro minha mae no churrascoconto pai fode a filha enfrente a maeirmao inocente aprendendo foder com irmaozao incesto gay antigosconto sexo aiii uiii rasga mete aiii proibidoQuadrinho porno estrupadaContos Eróticos De Comendo A Veracontos. eroticos de incestos italianoconto gay garoto hetero pirocudo comendo garoto c fotoConto erotico comendo a sobrinha novinha de minha esposacontos e quando ele gozou em minha garganta ele tiroucontos erótico incestos desde muito pequena papai me ensinou tudocontos eroticos d menininhas perdendo o cabaco com papai e irmaoconto eroticos seduzi meu paicasal dormindo nusNovinha transando pela primeira vez conto eroticobuceta da angelica do huckcasada crente mas gosta de rola,contos eroticosconto erotico esposa entalada até o sacocomentários de mulheres casadas que já treparam com travestisContos eróticos de incesto ai mamae que chupetinha mais gostosa é essacontos erotivos comendo sogra e esposa juntasfoto negra favelada nuacontos de incesto modelo para meu filhocachorro chupando meu pau contocontos eróticosnmoreiracwb45minhaesposagostosavelho metendo em netinha porno incestquadrinhosoquei consolo ate no meu utero contos eroticosobrigado a baixinha da bunda e dois filhos condição de shortinho filme pornôconfissoes e relatos swing brasilContos de incesto gravidacontos casada encoxada no chou perto do marido vaninha coroa gostosa conto erotico com fotocontos eróticos gay eu e o que mais velhoroludos descomunalcontos velha mae de colega dando cucontos porno 2017 esposa estupro